You are on page 1of 43

Laboratório de Testes com TestLink

 

 

TestLink – Test Management System
Agenda
 

Introdução a Gerenciamento de Testes; Porque utilizar ferramentas de Gerenciamento de Testes? Porque o TestLink? TestLink Passo-a-Passo

 

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Introdução a Gerenciamento de Testes

Trata-se da parte principal de um processo de testes. É importante para o planejamento e controle das atividades de um projeto de teste. O gerenciamento de testes pode ser implementado por meio de ferramentas automatizadas.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Porque utilizar ferramentas de Gerenciamento de Testes?

Tais ferramentas oferecem um repositório central e padronizado onde os lideres de teste poderão:

Criar suites com os casos de teste; Atribuir os casos de testes aos respectivos testadores; Acompanhar o status da execução dos testes; Emitir relatórios com métricas e estatísticas.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Porque o TestLink?
TestLink é uma ferramenta open source para o gerenciamento de testes que permite os cadastros de planos de teste e casos de teste e o controle da execução dos testes; Com o TestLink é possível que equipes de teste trabalhem de forma sincronizada mesmo em locais distintos; Por ter uma interface Web e permitir níveis de acesso diferenciados, analistas de teste podem gerar as especificações de teste que outras equipes poderão executar. Possui controle de execuções, gerando uma base histórica dos testes aos quais a aplicação foi submetida.
Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 1. Criando um Projeto!

Para criar um novo Projeto de Teste, vá ao menu Test Project Management.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 1. Criando um Projeto!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 1. Criando um Projeto!

Campos importantes:

Name (Nome do projeto) ID (Identificador que deve ser único. Utilizado na nomeclatura de test cases e requirements) Description (Qual a lógica de negócio, quais serão os testes envolvidos, qual o objetivo do projeto, etc)

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 1. Criando um Projeto!

Campos importantes:

Requirements feature - podemos especificar os requisitos e ver se eles estão bem cobertos pelos Casos de Teste Testing priority - podemos atribuir prioridade aos casos de teste (alto, médio, baixo) Test Automation - podemos especificar se o teste deve ser realizado manualmente ou automaticamente Inventory – especificar infraestrutura
Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Título do Test Case Sumamary Preconditions Execution type(manual ou automática) Test Importance(High, Medium ou Low)

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Podemos criar uma nova versão para o test case Copiar/Mover para outro projeto ou suite Alterar ou deletar um test case Criar os passos necessarios para reproduzir o teste

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 2. Criando Casos de Teste!

Podemos também importar e exportar Test Cases & Test Suites (no formato XML.) Exportando de um projeto...

E importando o arquivo em outros...

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 3. Especificando um Test Plan O TestLink não permitirá a execução dos teste se

antes você não criar um Plano de Teste e especificar uma Build. Mais como fazer isso?

Vamos começar a partir do Plano de Teste.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 3. Especificando um Test Plan

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 3. Especificando um Test Plan O Plano de Teste atual, aparecerá no topo do

menu direito

Os Planos de Teste poderão ser alternado rapidamente através deste mesmo comboBox

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 4. Especificando uma Build

Após adicionar um Plano de Teste a opção para adicionar uma Build ficará habilitada

Selecione esta opção no menu para criar novas Builds.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 4. Especificando uma Build

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 5. Adicionar TC em um Test Plan Infelizmente, os Test Cases só podem ser

adicionados individualmente a um Test Plan.

A opção para adicionar não aparecerá caso o elemento selecionado seja por exemplo uma Suite de teste.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 5. Adicionar TC em um Test Plan Aqui você pode escolher o Test Plan no qual você

deseja adicionar o TC selecionado.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 6. Atribuir Execução dos TC para os Testadores.

Antes de atribuir TC aos testadores você deve criar um DB de usuários com funções apropriadas

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 6. Atribuir Execução dos TC para os Testadores.

Para adicionar os usuarios você deverá preencher o formulario.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 6. Atribuir Execução dos TC para os Testadores.

Depois você poderá atribuir a execução do TC

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 6. Atribuir Execução dos TC para os Testadores.

Você pode atribuir TC para testadores e enviá-los notificação via e-mail:

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 7. Executar Testes

Para iniciar a execução de testes o Engenheiro de Testes deve ir para a secção de ensaio de execução: Em seguida escolha um caso de teste:

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 7. Executar Testes

Podemos conectar o TestLink com nosso sistema de bug tracking (Mantis, Trac, Bugtrack) durante a execução:

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 7. Executar Testes

Crie o bug utilizando a interface do bugtracking de preferencia.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 7. Executar Testes

Depois associe o ID do issue criado ao TestLink:

Note que o bug foi associado à execução:

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Assim que a execução do caso de teste é concluída, você pode ver os resultados do mesmo usando seção Relatórios de Teste.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Você irá deparar-se com a seguinte página:

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Test Plain Report - o documento tem opções para definir um conteúdo e uma estrutura de documento. Você pode escolher a informação que quer ficar

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Test Report - O documento tem opções para definir um conteúdo e estrutura do documento. Ele inclui casos de teste em conjunto com os resultados do teste.

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Test Result Matrix

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Charts

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Charts

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

General Test Plan Metrics

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

TestLink – Test Management System

Passo 8. Relatórios e Graficos

Requirements based report

Prof. Plácido Segundo - Arquiteto de Testes CEUT - 2011

Obrigado!

Contatos:
 

Gmail: placydtwo@gmail.com Yahoo: placidocss@yahoo.com.br