You are on page 1of 48

Corel DRAW

Apostila
Computação Gráfica

1

Vetorização Colorização

Indice
Introdução Interface Linhas-Guias Vetorização Colorização Transparência Sombra 2 3 4 6 14 19 20

1

Introdução
O CorelDRAW é um programa de desenho baseado em vetores que facilita a criação de arte-final profissional, desde logotipos simples até ilustrações técnicas complexas. Com a vetorização é possível manter a qualidade de um trabalho em 100%, mesmo se ampliado, pois os vetores não sofrem os chamados “serrilhamentos” que acontecem quando expandimos uma imagem. Isso acontece pelo fato dos vetores serem desenhos geométricos obtidos través de fórmulas matemáticas. No CorelDRAW também é possível misturar e usar todas as escalas de cores, além de poder aplicar coloração em degradê.

2

Interface
O CorelDRAW possui uma interface bem simplificada, projetada para que o controle de ferramentas e cores seja feito com facilidade. Para um entendimento um pouco melhor da disposição dos itens no programa, observe a imagem a seguir:

Barra de Ferramentas

Menu Principal Menu de Comando

Barra de Ferramentas Secundária

Paleta de Cores

Área de Desenho

Menu de Páginas

Cores Atuais de preenchimento e contorno

3

vá em exibir > alinhar pelas linhas-guia.Linhas-Guia As linhas-guia são de extrema ajuda quando se vetoriza. 4 . Isso irá garantir que o alinhamento dos itens seja igual. Agora suas linhas-guia irão atuar como ímãs nos objetos que forem carregados pra perto delas. Elas garantem que suas marcações estejam sempre alinhadas de acordo com suas posições. Para obter um alinhamento perfeito entre objetos e marcações através das linhas-guia.

Régua vertical Régua horizontal Linha-guia horizontal Linha-guia vertical 5 . basta clicar sobre a régua horizontal ou na vertical. e arrastá-las para o local desejado.Para se obter as linhas-guia.

é a Bézier . é bom começarmos pelas ferramentas que possibilitam esse trabalho... Ela possibilita a criação de nós.@ . Existem vários tipos de formas já definidas que podem auxiliar na hora de uma vetorização. Os nós também servem para dar forma á uma linha ou mudar a angulação de uma curva que ele faça parte. como por exemplo a ferramenta retângulo ou a de elipse .@ . Exemplo de utilização da Ferramenta Bézier: .@ Nó Nó Nó 6 . que servem de interseção entre linhas e/oucurvas. As ferramenta mais utilizada para criar um vetor.Vetorização Para falar de vetorização.

selecione a ferramenta forma e em seguida.O triângulo feito anteriormente foi feito através de 3 nós. Nesse caso. Para que isso seja possível. os nós também servem para dar forma à uma linha. criados pela ferramenta bézier. o próprio triângulo. Ferramenta de forma Bézier 7 . selecione a forma que acabou de criar. Como dito anteriormente.

clicando apenas naquelenó ao invés de em toda a forma. porém. clique sobre a forma e selecione em curva. faça o mesmo procedimento. todos as linhas retas poderão ser transformadas em curvas. caso queira que apenas um nó específico mantenha as linhas retas ou curvas. 8 . Feito isso.Com o botão direito.

estejam num ângulo de 180°(reto). ou seja. Para fazer isso.A mudança das linhas podem ser feitas clicando sobre elas e arrastando. apenas clique sobre as linhas. Para habilitar as âncoras. tornando as curvas mais suaves. 9 . ou então pelos “braços” dos nós (âncoras). É necessário que todas as linhas estejam como curvas. Há também a possibilidade das âncoras se mexerem sempre simetricamente. Também pode-se mover apenas uma das âncoras como foi demonstrado no exemplo anterior. basta clicar com o botão direto sobre o vetor e selecionar a opção simétrico ou cúspide. ainda com a ferramenta forma.

Isso servirá para garantir a perfeição do vetor. Vá em exibir>aramado.Vamos agora. Perceba que a imagem ficará em tons de cinza. é bom sempre mantermos uma visão muito próxima da imagem. Para vetorizarmos. Primeiro é aconselhável mudar o modo de exibição da imagem. Para isso vamos colocar em aramado. vetorizar uma marca. principalmente nas extremidades. 10 .

Caso precise incliná-la basta clicar uma vez na linha selecionada. 11 . Não esqueça de aproximar a visão para as partes mais detalhadas. use as linhas-guia para garantir que o contorno esteja correto.Sempre que puder.

2) Clique com o botão direito em cima do objeto selecione ordem> trazer para frente. teremos que trazê-lo para frente. Home para que o objeto vá para a frente de todos os outros e End para que ele vá para trás de todos. Podemos fazer isso de 3 maneiras: 1) Selecione o objeto. vá em organizar>ordem>trazer para frente. 3) Selecione o objeto. 12 . Page Down para descer. Segure o botão Ctrl e aperte Page Up para subir uma camada por vez.Após vetorizar todas as letras(ou a marca de escolha). R Caso algum elemento tenha ficado atrás de outro. você deverá teralgo parecido com isso: R Não podemos esquecer dos outros elementos que constituem a marca.

o item que estava oculto. para podermos chegar a um resultado mais satisfatório (bem mais fiel à marca original). Após ter vetorizado toda a imagem e ordenado as posições de cada item. Imagem original. aplicamos mais cor e sombra.Após ter feito isso. Imagem vetorizada. aparecerá novamente. 13 .

Nela pode ser encontrado uma variedade de cores considerável. é bom falar da paleta de cores da interface. apenas acrescente mais cores da seguinte forma: Clique no botão que está acima da paleta. se não estiver satisfeito com o número de cores da sua paleta. vá em editar cor.Colorização Existem diferentes maneiras de colorir um vetor e seu contorno no CorelDRAW. 14 . Porém. Para começar.

e para o contorno. Pronto. Para a cor do preenchimento. selecione uma cor a sua escolha. Então clique em adicionar cor. a nova cor estará na sua paleta de cores. selecione com o botão direito. Para utilizar essas cores é bem simples. clique em adicionar à paleta e depois feche a caixa. 15 .Uma caixa se abrirá. selecione a cor com o botão esquerdo do mouse. No caso abaixo. começaremos preenchendo o círculo de azul e seu contorno de laranja.

2 Espessura: Muda o tamanho da espessura do contorno. 16 . 5 Atrás do preenchimento: Faz com que o contorno se expanda para dentro do vetor. cor ou espessura do contorno. 3 Tipo: Muda o tamanho da espessura do contorno. É recomendado sempre marcar essa opção. clique na ferramenta contorno e uma caixa irá se abrir. 6 Escala com a imagem: Faz com que o contorno seja sempre proporcional ao vetor.Para mudar o tipo. 4 Cantos: Muda o tipo de fechamento do contorno. 1 2 3 4 5 6 1 Cor: Muda a cor do contorno.

Após ter feito isso. 17 . clique na ferramenta preenchimento e em seguida na caixa de preenchimento em degradê. uma janela se abrirá. com número de cores determinado pelo usuário. 2 Duas cores ou Personalizada: Possibilita o degradê em 2 cores ou personalizado. 1 2 3 1 Tipo: Define o tipo de degradê. 3 Ponto médio: Aumenta ou diminui o ponto médio do degradê.Para preencher um vetor com outras cores além das da paleta ou com outros estilos. Isso faz com que uma cor seja mais predominante do que outra na passagem de 2 cores.

É recomendado deixar no nível padrão de 256 etapas. Quanto menor o número de etapas. menos sutíl será a passagem de uma cor para a outra. Você também poderá mudar o número de etapas que esse degradê sofrerá. Agora você poderá definir as cores a ser usadas no seu degradê. Você pode adicionar quantos pontos de cores quiser. 18 .Clique na opção customizado. Para isso basta dar um duplo clique na pequena barra acima da tela de cores.

3-Altera o grau de transparência. 6-Exclui a transparência aplicada. clique sobre o vetor e em seguida selecione a ferramenta interativa de transparência: Observe a barra de comando desta ferramenta. 5-Copia as propriedades de outra transparência já aplicada. quanto maior esse valor mais transparente ficará o vetor. 19 . no preenchimento. 4-Permite escolher onde a transparência será aplicada.Transparência Para utilizar o efeito de transparência. 2-Muda as configurações da transparência. no contorno ou em todo o vetor. 1 2 3 4 5 6 1-Muda a forma como é aplicada a transparência. ou seja.

3-Altera o disfoque da sombra. 20 . externa ou centralizada).Sombra Para utilizar o efeito de transparência. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1-Muda a angulação da sombra. 4-Altera a direção da sombra (interna. clique sobre o vetor e em seguida selecione a ferramenta interativa de transparência: Observe a barra de comando desta ferramenta. 8-Muda a cor da sombra. 9-Copia as propriedades de outra sombra já aplicada. 5-Altera o tipo de sombra. 10-Exclui a sombra aplicada. 6-Altera o grau de suavidade na transição da sombra. 2-Muda o grau de transparência da sombra. 7-Estica ou contrai a sombra.

Corel DRAW .

Indice Introdução Faca Layout de Apresentação Arte .Final 2 3 4 5 1 .

cartões de visita. Já parou pra pensar como que acontece o processo de criação? Já pegou algum envelope de carta e desmontou ele? Já fez isso com caixa de sapato? Com a caixa do seu eletrônico favorito? Então. Lyrio Design 2 . Pegue essa marca e vetorize.Introdução É impressionante o número de caixas e compartimentos que circulam pelo mundo. papéis de carta. envelopes etc. é necessário que uma marca seja escolhida para ser trabalhada. após já estarmos mais experientes com a vetorização. Primeiramente. Como por exemplo. vamos começar a aplicar o aprendizado em arquivos à ser enviados para uma gráfica. A marca a ser utilizada nessa apostila será a ‘‘Lyrio Design’’.

3 . Se for apresentar a um cliente. uma dobra e a pontilhada. pois sem ela significa que ele será impresso direto na folha. a linha contínua serve pra determinar um corte. É de extrema importância o arquivo conter a faca. os arquivos deverão ser enviados em uma prancha ou layout de apresentação. uma perfuração. O exemplo prático veremos mais a frente.Faca É chamado de faca. A tracejada. dobra e perfuração que ocorrerá no arquivo. corte dobra perfuração Como visto. o desenho que determina a área de corte. Essas ações são determinadas pelo tipo de linha que é usado em uma faca. sem sofrer a modelagem do corte. Lembrando que esse arquivo será o enviado para a gráfica.

a partir de 72. Veja um exemplo de LDA.: 0000-0000 brunolyrio@globo. Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Lyrio Design Lyrio Design Bruno Benits Lyrio Designer Tel. sendo sujeito à mudanças antes de ser posto em prática.RJ l n ir o 0 0 e s i r a a n 0 0 -0a s il 9 . Caso seja visualizado pelo computador. Pode ser mandado em formatos como JPEG e com dpi relativamente baixa. B e J 10 B r -999 0 A vio d : 2 99 0 0 R C EP 99 . : 0 0 -0 l Te 0 0 X: FA io Ly r De si g n Lyrio Design 0 00 n ° -JR i l ir o 0 asn e 0 B r J a -0 v . destinado ao seu cliente. pasta para CD e papel papel carta 0 0 ° 0 .com envelope carta cartão visita 4 . e 000 l A d 21 a s i i P: Ro CE Br Av.Layout de Apresentação Layout de apresentação (LDA) é um arquivo que contém o material produzido pelo designer. O LDA serve como prévia do serviço pronto antes de ser executado.

É comum um desses medir 9x5cm. o cartão não possui verso. o mesmo ocorre numa segunda página se no seu arquivo houver arte no verso.Arte Final Vamos ter um início com o cartão de visita. porém pode sofrer variações para qualquer tamanho ou forma. serviu de faca. Ou seja. então só será necessário 2 páginas para esse arquivo. Onde a página 2. Levando isso em consideração. será usado o tamanho padrão 9x5cm. na primeira página deverá conter a parte gráfica do arquivo. página 1: Frente do cartão.: 0000-0000 brunolyrio@globo. e os outros impressos? Comece criando um arquivo novo e defina o tamanho da página para o tamanho desejado. Lyrio Design Bruno Benits Lyrio Designer Tel.com Página 1 Página 2 No caso acima. Página 2: Verso do cartão. Geralmente a faca do arquivo aparece na última página. 5 . No caso abaixo. Página 3: Faca. Mas como fazer para a gráfica entender como será o seu cartão.

É feito quando há desenhos que serão determinados pela borda.: 0000-0000 brunolyrio@globo. é necessário mudar a faca.: 0000-0000 brunolyrio@globo. a figura ‘‘Design’’ seria a primeira página do seu arquivo. A forma do cartão no produto final. com as imagens vazadas para fora das marcações da faca (sangramento*).Para fazer um corte diferenciado no cartão.com Produto final Como pôde ser visto. 6 . foi determinado pela faca. Isso faz com que não tenha risco de ocorrer filetes brancos nas bordas na hora do corte.com Faca Design Lyrio Design Bruno Benits Lyrio Designer Tel. *Sangramento é uma expansão dos desenhos para fora das marcações da faca. Lyrio Design Bruno Benits Lyrio Designer Tel.

00 il A v.0 0 00 X: FA Ly r io D es ig n Resultado final 7 . Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Tel. o verso. Ao invés de uma página ser a frente e a outra. Av. d e Ja 00 Br as : 21 Rio 999 CE P 0 99-9 : 99 -0 00 Te l. Além da página da faca. com apenas uma diferença.Para um papel carta o processo será o mesmo.: 9999-9999 FAX: 0000-0000 Lyrio Design Folha de rosto Folha continuação 00 n °0 -RJ si l ei ro 0 n B ra 0. uma será a folha de rosto e a outra uma folha continuação.

em um arquivo separado. mais as duas abas de cola que serão necessárias) e 24cm de altura (contando com as 2 faces do envelope aberta. Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Após o layout pronto. vamos planificar o envelope para ser enviado à grafica. Teremos 24cm de largura (contando a largura do envelope. Exemplo: Lyrio Design Av. vamos calcular o tamanho que será a planificação. Primeiramente. De acordo com as medidas do envelope.5cm e 3cm de aba de fechamento. com a vista frontal e a do verso. mais a aba de fechamento). 1cm 3cm 21cm 22cm 8 . crie o layout do envelope.Agora vamos preparar um arquivo de um envelope de medidas 22x10.

Lyrio Design Layout com sangramento Av. com a ferramenta bézier. Veremos agora o arquivo que será enviado para a gráfica.Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-0 00 Brasil Faca 9 . As áreas de dobra deverão ser feitas depois.É importante fazer o contorno da faca de uma vez só.

Vamos tomar como base. um envelope saco de medidas 22x31cm. 10 .Para o envelope saco o estilo da faca será um pouco diferente. 1 cm 31cm 3cm 1 cm 22cm 22cm Nesse caso. a planificação ficará com 45x35cm.. com aba de fechamento de 3cm.

Lyrio Design Layout Av. Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Faca 11 .

Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Lyrio Design 12 . Para isso serão necessários 3 páginas no arquivo para a gráfica. outra com o interior e uma página para a faca.Agora vamos fazer uma pasta para papel e CD com medidas 22x31cm. Primeiro vamos montar as vistas da pasta. Uma com o layout exterior. Vamos fazer preenchimento exterior e interior da pasta. Av.

vamos começar a montar o arquivo para a gráfica. então será feito um corte de 13cm. Começando pela faca.Após criar as vistas pra pasta. 1 cm 44cm 10cm 31cm corte para CD 13cm 19cm 13 . temos que ter um arquivo do tamanho 45x41cm(de acordo com as medidas da pasta). Um CD tem aproximadamente 12cm de diâmetro.

vamos completar com os sangramentos e imagens. Lyrio Design Av.Após fazer a faca. Brasil n°000 Rio de Janeiro -RJ CEP: 21000-000 Brasil Exterior Interior 14 .

Lyrio Design 00 0 J n ° -R il ir o 0 asn e 0 B r Ja 0 0 -0 v. e 0 A o d 21 a s il Ri E P : B r C Produto final 15 .

Corel DRAW Apostila Computação Gráfica 3 Fechamento de Arquivo .

Indice Introdução Exportando em Pdf Preparar bureau de serviço 2 3 7 .

aumentar a produtividade e diminuir a dependência do papel. visualizar e imprimir documentos Adobe PDF em qualquer sistema usando o software gratuito Adobe Reader. as imagens. O Adobe PDF tem sido adotado por empresas. em meio digital e o mais fiel possível. Para esse tipo de trabalho o PDF é o mais indicado. 1 . Qualquer pessoa pode compartilhar. o formato de apresentação de um documento concebido para impressão. independentemente do sistema operacional. Os arquivos adobe PDF têm exatamente a mesma aparência dos documentos originais e preservam as fontes. os elementos gráficos e o layout de qualquer arquivo de origem – independentemente do aplicativo e da plataforma que foram usados para criá-lo. educadores e governos do mundo todo para otimizar a troca de documentos. do aplicativo de origem ou das fontes.Introdução Existem várias formas de compactação. Mas o que é PDF? O formato PDF (Portable Document Format) foi criado pela Adobe e sua função é manter. É uma especificação disponível publicamente usada por entidades de padronização do mundo inteiro para a distribuição e a troca mais segura e confiável de documentos eletrônicos.

com o arquivo aberto vá em Arquivo>Publicar em PDF Passo 2: Quando aparecer a próxima janela vá direto em Config. 2 .Exportando em Pdf: Passo 1: No Corel.

Passo 4: Na janela “objetos” vá em “tipos de compactação” e coloque a opção ZIP. Monocromático 1200. Ao lado marque a opção “Compactação texto e linha artística” e “Exportar todo o texto em curvas”. 3 . Tons de Cinza 300. logo abaixo em “Estilo PDF” mude para PDF/x1a.Passo 3: Na aba “Geral” vá em compatibilidade e mude para PDF/x1a. abaixo em “Reamostragem do bitmap para menor” coloque: Cor 300.

lembrando que essa janela é essencial para uma finalização perfeita. abaixo.Passo 5: Na janela “Documento” mantenha selecionado somente essas duas opções conforme abaixo: Passo 6: na janela “Pré-impressão” coloque 0. 4 . em “Marcas da impressora” marque todas as opções.5 cm em “Limite de sangramento”.

pois ela não vai influenciar no resultado final.Passo 7: Na janela “Segurança” não marque nada. Em “Etapas de Gradiente” coloque 256 e em “Arquivos EPS” coloque Post Script ao lado em “Gerenciamento de Cores”. abaixo marque a opção “Aplicar perfil ICC” e “Perfil de impressora de separação”. 5 . Passo 8: Na janela “Avançadas” marque “Preservar impressões sobrepostas do documento” e manter vínculos OPI”. coloque CMYK para “Saída de todos os objetos como”.

Fique sempre atento a essa janela. pois pode ser muito útil para uma exportação segura. Obs. Estando tudo perfeito você já pode enviar o arquivo para a produção.Passo 9: A janela “Nenhuma questão” relata possíveis erros que ficaram pendentes durante o processo de criação do arquivo.: Ao finalizar a exportação abra o arquivo para confirmar se está tudo correto. 6 .

podendo até gerar um arquivo PDF caso seja de sua preferência. Passo 1:Vá em Arquivos> Preparar para Bureau de serviços Passo 2:Marque a opção reunir todos os arquivos a esse documento. Porem quando se envia um arquivo aberto é preciso enviar também as fonts vinculadas ao mesmo caso a gráfica não as tenha. O CorelDraw reunirá as fontes utilizadas e o arquivo.cdr. 7 . Para isso existe “Preparar para Bureau de serviços”. o designer também tem a opção de enviar um arquivo aberto para a gráfica (cdr).Preparar bureau de serviço Alem do arquivo fechado (pdf). Passo 3: Marque copiar fontes. esta forma é bastante simples e completa.

Passo 5: Defina o local em que os arquivos serão salvos e clique em Avança 8 . pois o pdf será de baixa qualidade e não servira para envia para a gráfica.Passo 4: Não gere um pdf por aqui. Para isso use o “publicar em pdf” já explicado antes nesta apostila.

Passo 6: O Corel mostrará os arquivos que foram criados. Clique em Concluir 9 .