Tiragem: 135000 País: Portugal Period.

: Diária

Pág: 12 Cores: Cor Área: 15,95 x 10,24 cm² Corte: 1 de 1

ID: 48664727

10-07-2013

Âmbito: Informação Geral

TESTE | RENAULT Testámos o renovado Fluence, com o intenso novo motor 1.6 dCi de 130 cv

FLUENCE no melhor lado da Renault
DR

O Renault Fluence até agora parecia uma espécie de berlina ‘patinhofeio’doMégane.Masesteano, uma atualização preciosa e um novo motor prometem alterar o ar menos ‘sem graça’ da versão anterior. Esta berlinadequatroportastemmelhorias estéticasrelevantes, o que é raro neste tipo de renovações. A frente é nova, baseado no novo estilo do Clio e mais condizente com os últimos modelos da marca francesa, a incluir agora um símbolomaior,faróisdexénondesérie com LED diurnos e inserções de cromados e de preto brilhante. No interior espaçoso notam-se menosasmudanças,masagoraosistema de multimédia R-Link (tablet integrado com GPS TomTom) é de série. Um dos maiores trunfos é o novo motor,oexcelente1.6DCide130cvque já dava emoção ao Mégane. Com ele

épossívelperceberqueoFluenceésurpreendentementeequilibradonascurvas e permite mesmo tirar alguma diversãonacondução.Onovomotormais potentepermitecumprirdos0aos100 km/hem9,8segundos,aoníveldoVW

Jettade2.0140cv,quecustaquasemais 7.000 euros do que o Fluence (29.250 euros). E continua boa opção para viagens longas, com o consumo médio anunciadode4,6l/100km.Umreforço de peso para a gama. JOÃOTOMÉ

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful