You are on page 1of 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE QUÍMICA Profa. Andréa F.

Arruda
MÉTODOS ELETROANALÍTICOS e TERMOANALÍTICOS

1. Responda questões A – F baseando-se na figura abaixo: Duas células eletrolíticas estão ligadas em série e conectadas a uma fonte de energia (power source). A fonte produz uma corrente de 2,0A a 0,5V. Os elétrons fluem como indicado pelas setas. Semi-reação E0 (V) Na+ + e- ↔ Na -2,71 + 2 H + 2e ↔ H2 0,00 2+ SO4 + 4H + 2e ↔ H2SO3 + H2O 0,20 Cu2+ + 2e- ↔ Cu 0,34 O2 + 2H2O + 4e- ↔ 4OH0,40 A. É permitido fluir corrente por 07 minutos na célula, quanto cobre será depositado no eletrodo de redução? (1F = 96500C/mol) B. Em quais eletrodos o gás oxigênio é liberado? C. Qual das seguintes reações acontecerão no eletrodo 3?
a. Na+ +e– → Na b. 2H+ + 2e– → H2 c. Na + H2O → ½ H2 + NaOH d. 2O2– → O2 + 4e–

D. Qual a razão do volume de gás H2 para O2 na célula eletrolítica da esquerda? E. Quais eletrodos são catodos? F. Qual o propósito do NaOH na célula eletrolítica da esquerda?
a. proteger a Pt de corrosão durante a eletrólise; b. suprimir a autoionização da água, que facilita a eletrólise; c. catalisador da reação de oxidação/redução; d. servir como eletrólito, que facilita o fluxo de corrente.

2. Num balão aferido de 1 L dissolveram-se, em água, 4.473 g de um sólido contendo a substância a analisar X. Prepararam-se em seguida as soluções indicadas na tabela, que conduziram aos polarogramas representados na figura. Calcule a percentagem (p/p) de X no sólido analisado. (R:23,9%)
padrão 1 solução padrão, 1 mg/cm3 de X (cm3) solução a analisar (cm3) volume total (cm3) padrão 2 padrão 3 padrão 4 amostra

2.5 50.0

4.0 50.0

4.8 50.0

5.0 50.0 3.5 50.0

(a) Qual a concentração do cátion mais prontamente reduzido no início da deposição do menos reduzível? (R.80mA.8202 g de uma amostra foi determinado pela redução coulométrica a Fe(II) em um cátodo de platina. Determine a duração da eletrólise.356 2.50.6 a –1. fez-se uma toma de 25.37mA.1%) 9. 0.103 V) (c) Podemos realizar uma separação quantitativa com base nos resultados obtidos em (a) e (b)? .5x10-3 ppm e :[Cd2+] = 1.3. 26.1mM) 6.5mM.L-1 em Co2+ e tem pH igual a 2.2775 C foram requeridos para promover a redução. [BiO+] = 5 x 10 -28 M) (b) Qual o potencial do cátodo quando a concentração do mais facilmente reduzível for 1. Para determinar o teor em chumbo e em cádmio de uma so1ução. Considere que 1 mol de Fe2(SO4)3 consome 2 mols de elétrons. id = 9.4 4.373 6.386 8.0x10-4 ppm) 5. recorreu-se à voltametria de redissolução anódica diferencial por impulsos. A redução de uma solução de Cd2+ em catodo de Hg oferece Id = 14 μA. A corrente pela célula é 100 A.L-1 em BiO+ e 0.349 1. E (V) i (cm) -0. 7.0 -0.410 9.12%) 8. Quando adicionou-se 2mL de Librium 3mM em H2SO4 0.337 0. Com base nos dados polarográficos que se seguem.324 0. O Fe(III) presente em 0. A solução contém 25mL de Cd2+ 0. utilizando o método da adição de padrão. Calcule a porcentagem de Fe2(SO4)3 (M = 399.395 8.3 -0.2V.7 cm.88 g/mol) na amostra se 103. 0. Calcule o teor em chumbo e em cádmio da sua solução.05M tem E1/2 = -0. referentes à redução do íon Pb2+ a 25 ºC. O medicamento Librium em H2SO4 0. (R. (R.8 -0.0 -0. qual a % de Cd2+ que será reduzido durante 3. Uma solução é 0. (R:[Pb2+] = 3.0 -0. Pb2+).0 cm3 de solução à qual se fizeram adições sucessivas de 20 ml de so1ução padrão (5 ppm em Pb2+ e 2 ppm em Cd2+).8 -0.040 mol. 0.0500 mol. Uma amostra de 50mL do medicamento tem uma onda polarográfica de altura 0. Qual a concentração de Librium na amostra? (R.00 x 10-6 mol L-1? (R.8 -0.8 -0.4min necessários para varrer o potencial de –0.05M a altura da onda foi de 0. se exatamente 1 kg de cobre metálico é desejado.368 5. Para o efeito.265V (vs ECS). Determine a carga necessária em uma célula eletrolítica usada para purificar cobre em processo redox Cu(II)/Cu. verifique se a reação é reversível e calcule o potencial de meia-onda respectivo. Os 5 voltamogramas obtidos estão representados na figura (pico à esquerda.

+ NH4+ + 2e. A determinação de Cu.00 mL de água de poço.0 μC relativo ao Pb e 38.75g contendo CCl4. a) Cu(NO3)2.0V até i = 0. através de uma célula eletrolítica com eletrodos de platina.60C e amostra 2 de 45. Calcular a concentração de cada metalno efluente em partes por bilhão (partes por 109) . Um excesso de HgNH3Y2.22C.foi introduzido a 25. uma corrente constante de 1. Pb e Cd na água de efluente de uma fábrica foi feita pela análise de desgaste em um eletrodo. 41.98C.63 C e amostra 2 de 6. Traços de anilina em água potável podem ser determinados pela reação com um excesso de Br2 gerado eletroquimicamente: O excesso de Br2 é determinado por titulação coulométrica revertendo a polaridade do eletrodo de trabalho: Br2 + 2 Cu+ → 2 Br. Qual a percentagem de CCl4 e CHCl3 em cada mistura? 13.8V e a carga requerida para amostra 1 foi de 68.27 min 12. A célula contém excesso do eletrólito mencionada abaixo. (R.3 ppm CaCO3) HgNH3Y2. que consistia de uma delgada película de mercúrio depositada em um metal-suporte.0V em 200 mL de amostra. (R.+ 2 Cu2+ Qual a massa de anilina (ug) para uma amostra de 25 mL contendo anilina.5 μC relativo ao Cd. A carga requerida para completar a reação da amostra 1 foi de 11. CHCl3 e uma espécie orgânica inerte foram dissolvidas em metanol e eletrolisadas a a -1. 68.→ Hg(l) + 2NH3 + HY3- 11.+ 6Hg(l) → 2CH4 + 3Hg2Cl2(s) Duas amostras diferentes de 0. b) K4Fe(CN)6.76 min e catodo 0. CCl4 em metanol é reduzido a CHCl3 em catodo de Hg no potencial de -1. tempo de geração – anodo 3.+ 2Hg(l) → 2CHCl3 + Hg2Cl2(s) CHCl3 é reduzido a CH4 em catodo de Hg em potencial de -1.7 mA.51 mA.05 min por uma corrente constante de 52.0V (vs EPC): 2CCl4 + 2H+ + 2e. Para cada um. diga qual a substância depositada no catodo e calcule a quantidade em gramas. a análise dos picos de dissolução indicou 12. c) Ag(NH3)2Cl 14. O potencial do catodo foi ajustado para -1.8V (vs EPC): 2CHCl3 + 6H+ + 6e.9 ug) Dados: i = 1. No experimento manteve-se o potencial do eletrodo a – 1. Expresse a dureza da água em termos de ppm de CaCO3 se o EDTA necessário para a titulação foi gerado em um cátodo de mercúrio (ver Equação 22-9) em 1.50 A escoa durante um período de 1h. Considere 100% de eficiência de corrente.10. 50.2 μC para o Cu.