You are on page 1of 10

OSMOSE E O SEU FUNCIONAMENTO NO CORPO HUMANO

.................................................................................1....2 DIFUSÃO FACILITADA .................................... IV CONCLUSÃO .............. II 1. PROCESSOS DA OSMOSE NO CORPO HUMANO ...........................................0 O QUE É OSMOSE? ..............................................1........................................................................................................... III 1........................................3 PRESSÃO OSMÓTICA ......................SUMÁRIO INTRODUÇÃO ... VIII ..................................1 TRANSPORTE PASSIVO .............................................. III 2........ II 1........... VII REFERÊNCIAS ..................................... II 1..........................................................................1 DIFUSÃO SIMPLES ................................................ I 1.................................

membrana. para que por fim os exemplos da osmose no cotidiano sejam compreendidos e analisados com facilidade. para que todos vejam como a linguagem é direta. para a metodologia. . foi métodos como a internet. Mas para isso relembraremos alguns conhecimentos essenciais e simples sobre a osmose. Logo seremos breves e objetivos. a fim de que em meados do trabalho o entendimento deste assunto já se tenha realizado. solvente. Como: soluto. .I INTRODUÇÃO O presente trabalho é sobre os processos da osmose. solução. livros e revistas. propositalmente. A coleta de dados.Diante a esta reunião de ideias sobre a osmose. vamos observar sua relevância para com os seres vivos e ainda sintetizaremos algumas curiosidades científicas. para que a coleta de saberes seja simplória. A partir deste tema construiremos ideias claras e sucintas e assim redigi-las tanto no modo biológico como químico.

ureia. pois é utilizada para dissolver muitas substâncias. difusão facilitada e osmose (como já vimos anteriormente). 1. cloro. a fim de igualar a concentração. sem gastar ATP. a água é um solvente universal. 1. a água que bebemos e os refrigerantes são soluções. que separa dois ambientes meio para o outro. vai de um meio menos concentrado para um meio mais concentrado de soluto (um meio de sais minerais. através de uma membrana semipermeável (que permite somente a passagem das moléculas de água). Esse processo é passivo. Por exemplo. carboidratos. pois o sentido é igualar as concentrações nas duas faces da membrana. Não envolve gasto de energia. Por exemplo. tipicamente plana. ou seja. é um soluto. o cloreto de sódio (sal de cozinha) pode ser dissolvido na água. • Solução: qualquer mistura homogênea. • Gradiente de concentração: diferença de concentração do soluto de um Membrana: estrutura fina. sal.0 O QUE É OSMOSE? Osmose é o movimento de um solvente. • Solvente: substância que vai dissolver o soluto. potássio. etc. a membrana é permeável a ele.).1 DIFUSÃO SIMPLES Já a difusão corresponde ao movimento de um soluto. ou seja.1 TRANSPORTE PASSIVO Não ocorre nem a favor do gradiente nem contra. 1.1. ou seja. Por exemplo. As partículas se encontram em um meio mais concentrado e depois passam para um meio menos concentrado. Dividido em difusão simples.II DESENVOLVIMENTO Para entendermos a osmose. vamos relembrar algumas palavras-chave: • Soluto: substância dissolvida pelo solvente. Através da . entre dois meios com concentrações diferentes. ou seja. Esse movimento. • ou fases. a água sempre vai se movimentar para o meio mais concentrado.

uma célula que contém menor concentração de soluto dentro do que fora. A maioria dos solutos irá fazer essa difusão facilitada. por exemplo. por exemplo. Quanto maior a pressão osmótica maior será a tendência do solvente para entrar na solução. ou seja. modificando o metabolismo celular. estará em equilíbrio. que não são polares. e de certos íons. Nesse tipo de difusão. 1. ocorrem alterações na concentração desse íon fora e dentro da célula. essa pressão evita a osmose. A fibrose cística A fibrose cística é uma doença hereditária caracterizada por abundante secreção de muco nas vias aéreas bloqueando a passagem de ar para os pulmões. 1. algumas proteínas da membrana atuam facilitando a passagem de certas substâncias que. nesse caso a célula possui maior concentração de soluto dentro do que fora dela e então a água vai sair e a célula vai murchar. por exemplo.III membrana plasmática há a difusão de pequenas moléculas. Porem é devido a uma deficiência de uma proteína da difusão facilitada que temos a fibrose cística. responsável pelo transporte do íon cloro. não ocorrerá nada. a glicose. uma célula que contém a mesma concentração de soluto dentro e fora dela.3 PRESSÃO OSMÓTICA É um tipo de difusão. Em soluções de diferentes pressões osmóticas. a solução de menor pressão é chamada de hipotônica. causando pneumonia. os solutos que tem carga (os polares). que deve ser exercida sobre a solução para evitar a entrada do solvente.2 DIFUSÃO FACILITADA A difusão facilitada ocorre através das membranas lipoproteicas. Essa doença genética esta relacionada com a ausência de uma proteína normal nas membranas celulares. Um dos problemas é o acúmulo de água nos pulmões. como as de oxigênio e as de gás carbônico. A água (solvente) vai entrar e a célula poderá romper.1. A de maior pressão é chamada de hipertônica. Com isso. Soluções de mesma pressão osmótica são chamadas de isotônicas. . por difusão simples demorariam muito tempo para atravessar a membrana de modo a igualarem suas concentrações de um lado e de outro da membrana.

Esse tubo fica imerso em uma solução com componentes do plasma sanguíneo.IV 2. 3º EXEMPLO: Um exemplo de osmose nos seres humanos é a hemodiálise. consequentemente. Dessa forma. nosso sangue passa a reter água vinda de outras células (meio hipotônico). O aumento da pressão sobrecarrega não só o coração. é controlada pelo sistema de osmose. Como a membrana que compõe os vasos sanguíneos não permite a passagem de partículas sólidas. que. como as toxinas para o meio extracelular. uma célula necessita de substâncias existentes no meio externo. Como se tentássemos diluir esse excesso de sal. para piorar. Se o volume aumenta e os caminhos percorridos por ele se mantêm inalterados. a pressão sobe. por exemplo. chamada de permeabilidade seletiva. que têm uma capacidade limitada para filtrar e excretar o sal. O excesso de sal aumenta. a membrana plasmática apresenta um comportamento seletivo. E o sangue limpo volta para o corpo da pessoa. PROCESSOS DA OSMOSE NO CORPO HUMANO 1º EXEMPLO: A concentração de sais nas células. faz com que o corpo peça mais água. ainda. Por outro lado. os cálculos renais. aumenta o volume sanguíneo e. ocorre a osmose: as partículas dos resíduos tóxicos presentes no sangue da pessoa passam através da membrana. sendo eliminados. processo pelo qual o sangue da pessoa é bombeado para um tubo. Para permitir a entrada e saída de substâncias. Assim acontece a desidratação. como é o caso dos nutrientes. . eles podem ter seu funcionamento comprometido. os riscos de formação de pequenas "pedras" nos rins. Quando temos muito sal na circulação (meio hipertônico). realizado através de uma propriedade exclusiva. buscando um equilíbrio. a célula deve eliminar outras substâncias. o sal fica retido no plasma do sangue. a sua pressão-força aplicada em uma área. mas também os rins. deixando-o muito mais concentrado do que o normal. Quando o consumo é muito alto. que é revestido de uma membrana semipermeável. 2º EXEMPLO: Para a manutenção de suas funções vitais. Assim.

. ou seja. Por isso vamos sintetizar também alguns experimentos básicos que representarão de uma maneira simples. certo tempo após ser temperada. Desse modo. outras substâncias não passam por ela. os processos da osmose. pois ela permite que algumas substâncias como a água e a ureia a atravessem. ocorre a passagem do solvente na terra. água para o meio e murchem. ao temperarmos a salada. junto com alguns sais minerais. para dentro da planta. CURIOSIDADES E EXPERIMENTOS Todo o conhecimento científico trás consigo algumas curiosidades e fatos. Experimentos: Por que a salada. Um exemplo bem simples para entendermos a osmose é observar a ação do açúcar sobre o morango. por osmose. No caso das plantas. Vemos que ao longo do tempo a água que continha dentro do morango vai reagir com o açúcar (o soluto) que esta fora. por osmose. Dessa maneira. Osmose nos vegetais: exemplo que ocorre nas raízes das plantas. as proteínas e outros componentes do sangue não participam da osmose porque o tamanho de suas partículas é maior que os poros da membrana. o que faz com que as células dos componentes da salada percam. No entanto. de água. Dentro delas existe uma solução mais concentrada do que a terra ao seu redor. estamos submetendo as células das verduras a um meio hipertônico. A osmose torna-se um tema abrangente se analisarmos ainda o reino vegetal. a membrana celular atua como a membrana semipermeável. se apresenta murcha? Isso acontece porque. como a glicose e o íon sódio. ocorre a movimentação da água da raiz em direção às folhas para que ocorra a fotossíntese.V As células sanguíneas.

.VI O mesmo processo ocorre com a lesma. ela vai desidratar. que é úmida. colocando a água para fora. pois quando o sal for adicionado a sua pele. ou seja. ela vai perder água de dentro das células e a membrana vai tentar equilibrar a hidratação.

caso contrário poderíamos sim desencadear alguma situação grave pela deficiência da água no nosso corpo. pois a água em si possui algumas proteínas. por isso despertou mais atenção e valor para com esses assuntos da vida biológica. sem mencionar outros fatores importantes da água. vamos procurar pela saúde que só depende de nós. e certamente aprendemos com o assunto abordado. além de que purifica o nosso sangue. Este trabalho nos ajudou a buscar mais interesses. tanto nos assuntos da biologia como também da química. no qual o individuo precisa repor seus líquidos. e ainda no nosso organismo. nos incentivando à ingestão de água em maiores proporções no nosso dia a dia. Água é vida. Contudo o que nos desperta a atenção no conteúdo do trabalho é a desidratação que a osmose causa no nosso corpo.VII CONCLUSÃO Enfim enfatizamos a importância dos processos da osmose no reino vegetal e animal. Vamos deixar o processo de osmose trabalhar no nosso organismo. .

com/watch?v=XFTPlOih4vs Acesso 564809.sobiologia.youtube.br/content/ABAAABCHgAG/osmose-nafisiologia-bioquimica Acesso em.shtml Acesso em: http://www.abril.todabiologia.br/conteudos/Citologia/cito8.com.ebah.abril.com.br/ensino-medio/sal-organismo- .com.php Acesso em: http://www.VIII REFERÊNCIAS Acesso em: http://www.br/saude/corpo-humano-ai-sedeem: http://revistaescola.com/citologia/transporte_passivo em: http://super.shtml Acesso 440436. http://www.com.