You are on page 1of 14

Dimensionamento de Equipamentos e Ciclo de Produção

Comportamentos do Solo: .

.

80? Resp. medida no corte.76 m³ de capacidade rasa. sabendo-se que o Fce = 32%? Resp. essse volume solto. sabendo-se que o Fator de Empolamento = 0.: 1 m³. 02 – A caçamba de uma escavadeira tem 0. A que volume corresponderá no corte.: 4 m³. tem capacidade de 5 m³. Qual a sua capacidade em volume solto.Exercícios: 01 – Um caminhão basculante. . que transporta material solto.

.

.

.

.

10) Volume da Concha (VC) = manual do fabricante Densidade média do Material (D) = dada em t/m³ . (geralmente = 1.Etapas para cálculos de produção: Etapas para Cálculo da Produção: Composição dos Ciclos  Ciclo das Escavadeiras/Carregadeiras: • • • Fator de Enchimento (FEnch): utilizado para reajustar o fator de empolamento ao tipo de material.

10 2. T ou m³ Velocidades Carregados e vazios (Vc ou Vv) = dada em quilômetros/hora Tempo Médio de Viagem (Tv) = (DMT / Vc) x 60 + (DMT / Vv) x 60 Número de Passes da Escavadeira = dado em unidade Tempo de Carregamento (Tc) = Tce x Np Tempo de Manobra (Tm) = medidos em campo/prática/experiência Tempo de Basculamento (Tb) = medidos em campo/prática/experiência Tempo Ciclo Escavadeira (Tce) = medidos em campo/prática/experiência Tempo de Ciclo do Carregamento (Tcc) = Tc + Tm Tempo TOTAL do ciclo (Ttc) : Tv + Tcc + Tb Viagens por hora (Vh): 60 / Ttc Taxa horária nominal CAMINHÕES (Thcb): CC x Vh .90 0.• • • Fator de Empolamento (FEmp) = sem porcentagem Densidade Empolada do Material (Demp) = D x FEmp Capacidade da Escavadeira = VC x Demp x FEnch .64 1.86 4.20 2.49 m3 t/m3 t/m3 t  Ciclo dos Caminhões: • • • • • • • • • • • • Capacidade de Carga (CC): carga da caçamba.Ciclo das Escavadeiras/Carregadeiras: Escavadeira: CAT 336 Fator de enchimento Volume Concha Densidade média do Minério/estéril Fator de empolamento Densidade empolada minério Capacidade escavadeira 1.

50 1.6 4.33 4.03 5.20 0. passes (Carregamento) Tempo de ciclo da escavadeira Tempo de carregamento Tempo de manobra Tempo de basculamento Tempo TOTAL do ciclo Viagens por hora Taxa horária nominal CAMINHÕES  Produção das Escavadeiras: • • • • • • • • • • • • Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento = DF x RD Horas Disponíveis (h) = HC x DF Horas Trabalhadas (h) = HC x UT Taxa Horária Nominal (t/h): vide ciclo Eficiência de Produção: dado/experiência Taxa Horária Efetiva (t/h): Thn x Ep OEE (%) = RD x EP Quantidade de Equipamentos (un): de acordo com a frota Produção Total da Frota (t) = HT x The x Qtd Equip 27 0.984 25 30 4.Caminhão: Capacidade DMT Velocidade carregado Velocidade de volta (vazio) Tempo médio de viagem Tempo Ciclo Carregamento No.70 7 0.5 t km km/h km/h min min u min min min min min v/h t/h .00 10.98 161.

835 2014 410 80.0% 2 187.0 246.0% 75.0% 328.8 51.835 Produção Total da Frota (t)  Produção dos Caminhões: • • • • • • • • • • • • Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento = DF x RD Horas Disponíveis (h) = HC x DF Horas Trabalhadas (h) = HC x UT Taxa Horária Nominal (t/h): vide ciclo Eficiência de Produção: dado/experiência Taxa Horária Efetiva (t/h): Thn x Ep OEE (%) = RD x EP Quantidade de Equipamentos (un): de acordo com a frota Produção Total da Frota (t) = HT x The x Qtd Equip .0 449.0% 60.0% 328.0% 381.Indicadores de Produção Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento Horas Disponíveis (h) Horas Trabalhadas (h) Taxa Horária Nominal (t/h) Eficiência de Produção Taxa Horária Efetiva (t/h) OEE (%) Quantidade de Equipamentos (un) 2013 410 80.2 85.2 85.8 51.0 449.0% 75.0% 381.0 246.0% 2 187.0% 60.

0% 145.5 90.Indicadores de Produção Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento Horas Disponíveis (h) Horas Trabalhadas (h) Taxa Horária Nominal (t/h) Eficiência de Produção Taxa Horária Efetiva (t/h) OEE (%) Quantidade de Equipamentos (un) 2013 410 85.3 57.3 57.5 261.4 161.4 161.0% 63.4% 5 189.8% 348.0% 75.946 Produção Total da Frota (t)  Produção das Perfuratrizes: • • • • • • • • • • • • Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento = DF x RD Horas Disponíveis (h) = HC x DF Horas Trabalhadas (h) = HC x UT Taxa Horária Nominal (m/h): vide ciclo Eficiência de Produção: dado/experiência Taxa Horária Efetiva (m/h): Thn x Ep OEE (%) = RD x EP Quantidade de Equipamentos (un): de acordo com a frota Produção Total da Frota (m) = HT x The x Qtd Equip .5 261.935 2014 410 85.0% 63.4% 6 227.0% 75.8% 348.0% 145.5 90.

0% 17.0 95. já que o contrato entre as partes preconiza um fator de empolamento = 0.1 57. considerando que o pagamento é feito por medição topográfica da escavação in situ.1 57.0% 17.0% 75.0 95. qual será o valor a ser pago a esta empresa.9 e um preço unitário R$ 3. se fosse atendidas plenamente os índices de DF e UT firmados no contrato? .0% 328.0% 5 21. Considerando que o contrato exige 85% de DF e 75% de UT. A empresa contratada conta com 03 escavadeiras com capacidade de 07 toneladas de volume de concha e 15 caminhões-basculantes de 30 toneladas.27/m³ transportado? Um gestor de contrato ameaça multar a sua empresa contratada por não atender a produção de 350.0 246.033 2014 410 80.0 18.0% 60.0% 60. que o mês possui 24 dias de trabalho e 14 horas efetivamente trabalhadas.0% 75.0 246.620 Produção Total da Frota (m) Ao serem realizadas 256 viagens com Caminhões-Basculantes de capacidade de 16 m³ de carga em um mês.0% 3 12. qual a capacidade de produção real da contratada.000 toneladas por mês.0% 328.0 18.Indicadores de Produção Horas Calendário (h) Disponibilidade Utilização Rendimento Horas Disponíveis (h) Horas Trabalhadas (h) Taxa Horária Nominal (m/h) Eficiência de Produção Taxa Horária Efetiva (m/h) OEE (%) Quantidade de Equipamentos (un) 2013 410 80.