You are on page 1of 30

PlanilhaADC©

Cadastro Preliminar Empresa Analista(s)

Versão Aluno

Versão 3.0

Demonstrações Contábeis - Inclusão dos Valores Balanço Patrimonial DFC - Direto DVA DRE DFC - Indireto

Análise Complementares Análise Fundamentalista Necessidade de Capital de Giro Análise de Insolvência

Análise Horizontal & Vertical Balanço Patrimonial DFC - Direto DVA Relatórios da Análise DRE DFC - Indireto

Inserir Parecer Final

Relatório de Análise

Relatório com Gráficos

No livro texto você encontrará informações sobre como utilizar a planilha, e como interpretar os números, percentuais e indicadores que ela calcula a partir dos dados constante nas Demonstrações Contábeis. Esta PlanilhaADC é parte integrante da 3ª edição do livro "Estrutura, Análise e Interpretação das Demonstrações Contábeis" Editora Atlas – 2012

Declaração de Responsabilidade Ajuda ao Usuário

Conheça o Livro Histórico Alterações Créditos

Copyright© 2012 Prof. Alexandre Alcantara - Todos os direitos reservados - Versão 3.0

http://www.alcantara.pro.br

Menu

Esta planilha é parte integrante da 3ª edição do livro "Estrutura, análise e interpretação das demonstrações contábeis", publicaddo pela Editora Atlas. Este livro oferece como novidade aos interessados no estudo da Análise das Demonstrações Contábeis uma seqüência lógica e abrangente para o estudo da disciplina. A Parte I apresenta os aspectos conceituais e históricos sobre a Análise das Demonstrações Contábeis, sua importância e limitações, os Princípios Fundamentais da Contabilidade e a estrutura das Demonstrações Contábeis no Brasil. São abordadas as demonstrações obrigatórias e não obrigatórias e a divulgação de informações complementares, à vista da legislação societária e normas do CFC, CVM e IBRACON.
Ampliado e revisto conforme Lei nº 11.638/2007, Lei nº 11.941/2009 e Pronunciamentos do CPC

A Parte II estuda as etapas do processo de Análise das Demonstrações Contábeis, iniciando com os conceitos de padronização, consolidação e qualidade das demonstrações contábeis, para em seguida apresentar as etapas a serem seguidas, oferecendo importantes sugestões quanto ao uso de ferramentas eletrônicas e da Internet como suporte ao analista. Inclui ainda as principais metodologias utilizadas na Análise das Demonstrações Contábeis. Cada uma das principais técnicas de Análise de Demonstrações Contábeis é detalhada na Parte III. O livro é inovador no sentido de evitar inclusão de muitos exemplos ao longo do texto, pois a proposta é mostrar ao leitor, a partir da teoria apresentada, como construir sua própria análise, seguindo os roteiros constantes na quarta e última parte da obra. A Parte IV apresenta o passo passo sobre como proceder uma análise real, além da apresentação das demonstrações contábeis completas e respectivas notas explicativas de uma empresa exemplo, a Cia Lucro Certo , cujos dados podem ser utilizados na simulação de uma análise, pois oferece os indicadores de suas principais concorrentes. Traz ainda o Guia do Usuário desta PlanilhaADC©.

APLICAÇÃO Livro-texto para a disciplina ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS dos cursos de Ciências Contábeis, Administração e Economia. Leitura complementar para as disciplinas de ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA. Indicado para programas de atualização e reciclagem profissional e de referência para cursos especiais e de pós-graduação.

.Cadastramento da Empresa a ser Analisada Menu Empresa Analisada Data 1 31/12/12 Data 2 31/12/11 Data 3 31/12/10 Data 4 31/12/09 Origem dos Dados CVM Atenção: A escolha das datas deve ser feita de acordo com as orientações do Guia do Usuário(Capítulo 19 do Livro).

Cadastramento do(s) Analista(s) Menu Instituição de Ensino UNIME ITABUNA Aluno(a) Analista 1 Aluno(a) Analista 2 Aluno(a) Analista 3 Aluno(a) Analista 4 Aluno(a) Analista 5 VALDECI ROCHA CARDOZO RIOS ALDAIR CAMPOS JOSÉ MARCOS DE JESUS MARCOS CAMPOS MARCOS SILVEIRA Professor (a) ALEXANDRE ALCÃNTARA .

0 Menu Parecer Final Insira aqui seu Parecer Final quanto à situação econômico-financeira e patrimonial da empresa analisada. .

429.919.167.537 0 1.009.145 63.645 16.106 2.592 1.406 1.472 1.034.208.288.960.521 1.Versão 3.433.529 2.311 13.436 0 690.991 6.593.257.023.215.508 224.740 1.303.490 1.251 1.265 4.556.605.005 2.267 0 638.355.553.108. Financeiras Clientes – Contas a Receber Estoques Outros 9.257.363.863 1.026 1.885 ATIVO NÃO CIRCULANTE ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Com pessoas ligadas Outros 2.878 0 1.064 1.721 4.861 6.241 8.Todos os direitos reservados .032 1.963 Copyright© 2012 Prof.990 55.920.024.0 .0 BALANÇO PATRIMONIAL Exercícios Findos em: 31/12/12 31/12/11 31/12/10 Menu 31/12/09 ATIVO ATIVO TOTAL ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades e Aplic.177.564 438.086 260.312.479.318 1.375 3.807.343 6.280.737.771 21.320 1.307 0 2.774 2.683 0 1.360.898 0 2.920 0 2.338 4.601.684 3.507 0 934.234 0 2.888 2.099 PASSIVO NÃO CIRCULANTE Financiamentos Dívidas com pessoas ligadas Receita Diferida (deduzido custos) Outros PATRIMÔNIO LÍQUIDO Confira se o Total do Ativo digitado é igual ao Total do Passivo 3.334.701 6.194 12.261 73.182.614.643.915 7.343 2.066 1.768 73.307 55.878 63.221.157 1. Taxas e Contribuições Provisões Diversas Outras Contas a Pagar 7.935.768.622.678 268.529 6.659 0 2.686. Alexandre Alcantara .261 2.860.788 7.032 0 809.456.567 255.457 194.251 5.442 0 1.037.788 2.556.270 0 550.010.369.803 0 2.884.019.739.657.477 2.261 0 2.300.405 ATIVO PERMANENTE Investimentos Imobilizado Diferido Intangível 1.593.385.990.159 PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO PASSIVO TOTAL PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos (inclui Debêntures) Impostos.711 3.223 2.673.247.

55% 9. Alexandre Alcantara .57% 26.14% 0.614.59% -42.768.00% 72.00% 0.00% 0.39% 0.919.24% 2.00% 47.312.62% -12.010.58% 0.740 1.343 2.303.78% 0.62% 0.385.00% 0.45% 0.884.066 1.88% 14.307 55.684 3.00% 100.064 1.26% 0.00% 100.41% 100.00% 100.36% 28.433.00% 75. compara os saldos das contas deste exercício com os das contas do primeiro exercício.00% 0.037.00% 32.00% 100.00% 100.69% 14.00% 57.00% 26.234 0 2.343 0 0 0 690.00% 100.42% -13.991 6.00% 100.878 0 1.14% 3. A análise Horizontal Acumulada.51% 17.592 0 1.645 16.41% -1.00% 100.91% 0.91% 0.529 0 0 0 550.605.288.18% -13.960.261 73.29% 32.508 224.35% 0.00% 100.005 2.80% 30.60% 5.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise Horizontal e Vertical do Balanço Patrimonial 0 31/12/12 Descrição da conta Valor AV AH AH acumulada 36.49% 36.241 100.29% 0.81% 0.990 55.78% 7.472 7.280.457 194.788 0 0 0 809.67% 100.00% 14.96% 23.00% 100.43% 20.00% 100.257.00% -1.00% 8.35% 33.711 3.556. Taxas e Contribuições Provisões Diversas Outras Contas a Pagar PASSIVO NÃO CIRCULANTE Financiamentos Dívidas com pessoas ligadas Receita Diferida (deduzido custos) Outros PATRIMÔNIO LÍQUIDO 7.32% 28.Versão 3. 2 .75% 14.00% 17.00% 23.00% 100.00% 0.00% 75. IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 11 do Livro Texto. Copyright© 2012 Prof.00% 13.00% 27.88% 0.58% 0.00% 46.26% 13.00% 15.80% 31.721 4.803 0 2.106 2.00% 0.673.82% -24.30% 30.601. LÍQUIDO PASSIVO CIRCULANTE Fornecedores Financiamentos (inclui Debêntures) Impostos.00% 14.91% 0.00% 100.223 2.360.737.521 1.00% 0.51% 0.537 0 1.529 2.36% 16.68% 0.267 0 638.01% 8.00% 24.26% 23.860.25% 0.00% Observações 1 A análise Vertical de todos os grupos e subgrupos do Balanço Patrimonial toma como base o valor Total do Ativo e Passivo respectivamente.00% 16.20% 0.00% 100.12% 33.019.51% 0.556.00% 25.22% 15.701 6. Financeiras Clientes – Contas a Receber Estoques Outros ATIVO NÃO CIRCULANTE ATIVO REALIZÁVEL A LP Com pessoas ligadas Outras ATIVO PERMANENTE Investimentos Imobilizado Diferido Intangível 9.00% 100.00% 100.768 73.31% -25.898 0 2.00% 100.97% -0.41% 0.53% 0.00% 31.31% 18.145 63.22% -5.65% 0.355.25% 17.30% 1.00% 54.00% 100.47% 28.88% 0.00% 23.07% 0.593.56% 0.429.00% 0.257.69% 0.00% 100.300.45% 0.14% 100.00% 42.13% -13.215.00% 100.00% 31.477 2.16% 0.0 .90% 1.00% 48.00% 100.68% -24.65% 17.00% 33.553.00% 31.17% 3.20% 31.00% PASSIVO TOTAL + PATRIM.00% 10.024.00% 100.13% 13.307 0 2.678 100.00% 30.00% 32.771 21.03% 0.334.251 5.89% 0.990.251 1.00% 100.66% 29.507 0 934.788 2.194 12.80% 54.43% 13.00% 100.406 0 1.888 2.108.00% 14.00% 8.26% 0.00% 58.00% 9.00% 32.80% 20.42% 0.086 260.23% 8.622.00% 25.00% 100.87% 17.00% 0.363.00% 13.442 0 1.66% 0.41% 0.25% 15.00% 100.00% 68.71% 100.24% 0.50% 0.Todos os direitos reservados .157 1.456.369.00% 0.920 0 2.034.53% 0.25% 0.34% 0.29% 0.88% 0.490 6.00% 11.78% 0.69% 26.920.89% 19.593.878 63.33% 0.00% Valor (mil) 31/12/11 AV AH Valor (mil) 31/12/10 AV AH ATIVO TOTAL ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades e Aplic.915 100.683 0 1. demonstrada no exercício mais recente.86% 32.32% 0.31% 0.51% 34.66% 18.261 2.00% 72.265 4.320 1.935.182.318 1.00% 0.00% 0.00% 109.39% 7.00% 30.50% 24.861 100.261 0 2.659 0 2.51% -24. .73% 17.

0 . Alexandre Alcantara .Versão 3. Vendidos (=) Resultado Bruto (+) Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Gerais e Administrativas Receitas/Financeiras Líquidas Receitas Financeiras Despesas Financeiras Resultado da Equivalência Patrimonial Outras Receitas/Despesas Líquidas Outras Receitas Outras Despesas (=) Resultado Operacional (=) Resultado Antes da Tributação/Participações (–) Provisão p/ IR/Contrib.Todos os direitos reservados .0 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO Exercícios Findos em: Descrição da conta Receita Bruta de Vendas/Serviços (–) Deduções da Receita Bruta (=) Receita Líquida de Vendas/Serviços (–) Custo de Bens e/ou Serv. Social (–) IR Diferido (–) Participações/Contrib. Estatutárias (–) Reversão dos Juros sobre Capital Próprio (–) Part. de Acionistas Não Controladores (=) Lucro/Prejuízo do Exercício 0 0 0 0 0 0 0 0 0 31/12/12 31/12/11 31/12/10 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Copyright© 2012 Prof.

.

Alexandre Alcantara .00% 0.00% 100.00% 0.00% 100. A análise Horizontal Acumulada.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 100. IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 11 do Livro Texto.00% 0.00% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.Todos os direitos reservados .00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! 100. Copyright© 2012 Prof.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! 0. A análise Vertical de todos os elementos da Demonstração de Resultado toma como base o valor da Receita Líquida.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. Social (–) IR Diferido (–) Participações/Contrib.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 100.00% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 100.Versão 3.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. 2.0 .00% 100.00% 100. de Acionistas Não Controladores (=) Lucro/Prejuízo do Exercício 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! Observações 1.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise Horizontal e Vertical da Demonstração do Resultado 0 Exercícios Findos em: 31/12/12 AH acumulada 31/12/11 31/12/10 Descrição da conta Valor (mil) AV AH Valor (mil) AV AH Valor (mil) AV AH Descrição da conta Receita Bruta de Vendas/Serviços (–) Deduções da Receita Bruta (=) Receita Líquida de Vendas/Serviços (–) Custo de Bens e/ou Serv.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0. Vendidos (=) Resultado Bruto (+) Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Gerais e Administrativas Receitas/Financeiras Líquidas Receitas Financeiras Despesas Financeiras Resultado da Equivalência Patrimonial Outras Receitas/Despesas Líquidas Outras Receitas Outras Despesas (=) Resultado Operacional (=) Resultado Antes Tributação/Participações (–) Provisão p/ IR/Contrib.00% 0.00% 0. compara os saldos das contas do terceiro exercícios com os das contas do primeiro exercício.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.Estatutárias (–) Reversão dos Juros sobre Capital Próprio (–) Part.00% 0. demonstrada no terceiro exercício.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.

Todos os direitos reservados .0 Menu DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA .0 . Copyright© 2012 Prof.Versão 3.Método Direto 31/12/12 Fluxos de caixa das atividades operacionais Recebimento de Clientes Recebimento de Juros Duplicatas Descontadas Pagamentos: Fornecedores Impostos Salários Juros Despesas pagas antecipadamente Outros Caixa líquido proveniente das atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimento Recebimento pela venda de ativo permanente Pagamento de compra de ativo imobilizado Investimentos em controladas Juros recebidos Dividendos recebidos Outros Caixa líquido usado nas atividades de investimento Fluxos de caixa das atividades de financiamento Aumento Capital (recebimento pela emissão de ações) Captação de Empréstimos e Financiamentos Liquidação de Empréstimos e Financiamentos Pagamento de dividendos Outros Caixa líquido usado nas atividades de financiamento 31/12/11 31/12/10 0 0 0 A 0 0 0 B 0 0 0 C D A+B+C 0 0 0 Aumento líquido de caixa e equivalente de caixa Caixa e equivalente de caixa no início do período Caixa e equivalente de caixa no fim do período Variação observada no período E F G F-E 0 0 0 Se houver divergência entre o aumento líquido de Caixa e Equivalentes (Total D) com as variações ocorridas no "Caixa e Equivalentes de Caixa" (Total G) confira se não houve erros de digitação. Alexandre Alcantara .

00% 0.00% 0.00% 0 100.0 .00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. 2.4).00% 100.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% Observações 1.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.Versão 3.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% A 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0. B ou C).00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0.00% C D A+B+C 0 Aumento líquido de caixa e equivalente de caixa 0 0.00% 100.00% 0 0.00% 0.00% 100.00% 0. demonstrada no terceiro exercício.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% B 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0. compara os saldos das contas do terceiro exercícios com os das contas do primeiro exercício.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.6).Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise Horizontal e Vertical da Demonstração dos Fluxos de Caixa .00% 100.00% 0.00% 0.5) do Livro Texto.00% 100. (seção 10.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0 0 0 100.5.00% 0.00% 0. IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 4 (seção 4.00% 0. Capítulo 10. A análise Horizontal Acumulada.00% 0.00% 0.00% 0.00% Caixa e equivalente de caixa no início do período Caixa e equivalente de caixa no fim do período Variação observada no período E F G F-E 0 0 0 0.00% 0. A análise Vertical de todos os elementos da Demonstração dos Fluxo de Caixa toma como base o valor de cada um dos totais de caixa líquido gerado (A.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0.00% 0.00% 0.Todos os direitos reservados . Alexandre Alcantara .00% 100. Copyright© 2012 Prof.00% 0.00% 0. e Capítulo 11 (seção 11.Direto 0 31/12/12 Valor (mil) AV AH AH acumulada Valor (mil) 31/12/11 AV AH Valor (mil) 31/12/10 AV AH Fluxos de caixa das atividades operacionais Recebimento de Clientes Recebimento de Juros Duplicatas Descontadas Pagamentos: Fornecedores Impostos Salários Juros Despesas pagas antecipadamente Outros Caixa líquido proveniente das atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimento Recebimento pela venda de ativo permanente Pagamento de compra de ativo imobilizado Investimentos em controladas Juros recebidos Dividendos recebidos Outros Caixa líquido usado nas atividades de investimento Fluxos de caixa das atividades de financiamento Aumento Capital (recebimento pela emissão de ações) Captação de Empréstimos e Financiamentos Liquidação de Empréstimos e Financiamentos Pagamento de dividendos Outros Caixa líquido usado nas atividades de financiamento 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0 0 0 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.

0 Menu DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA .Valor Residual (alienação Imobilizados ou Investimento) Lucro Ajustado .Aumento em Despesas Pagas Antecipadamente + Aumento em Fornecedores . Alexandre Alcantara .0 .Redução em Salários a pagar Outros Caixa líquido proveniente das atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimento Recebimento pela venda de ativo imobilizado Recebimento pela alienação em investimentos permanentes Pagamento de compra de ativo imobilizado Investimentos em controladas Títulos e Valores Mobiliários Juros recebidos Dividendos recebidos Outros Caixa líquido usado nas atividades de investimento Fluxos de caixa das atividades de financiamento Aumento Capital (recebimento pela emissão de ações) Captação de Empréstimos e Financiamentos Liquidação de Empréstimos e Financiamentos Pagamento de dividendos Outros Caixa líquido usado nas atividades de financiamento 31/12/11 31/12/10 0 0 0 0 0 0 A 0 0 0 B 0 0 0 C D A+B+C 0 0 0 Aumento líquido de caixa e equivalente de caixa Caixa e equivalente de caixa no início do período Caixa e equivalente de caixa no fim do período Variação observada no período E F G F-E 0 0 0 Se houver divergência entre o aumento líquido de Caixa e Equivalentes (Total D) com as variações ocorridas no "Caixa e Equivalentes de Caixa" (Total G) confira se não houve erros de digitação. Copyright© 2012 Prof.Redução em Provisão para IR a pagar .Versão 3.Aumento em Estoques .Método Indireto 31/12/12 Fluxos de caixa das atividades operacionais Lucro líquido antes do imposto de renda e contribuição social Ajustes por: + Depreciação .Todos os direitos reservados .Aumento nas contas a receber de clientes e outros + Aumento na Provisão Devedores Duvidosos + Aumento nas Duplicatas Descontadas .

00% 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.Redução em Provisão para IR a pagar .00% 100.00% 0.00% 100.00% 0 0 0 100. compara os saldos das contas do terceiro exercícios com os das contas do primeiro exercício.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.Aumento nas contas a receber de clientes e outros + Aumento na Provisão Devedores Duvidosos + Aumento nas Duplicatas Descontadas .00% 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0.Indireto 0 31/12/12 Valor (mil) AV AH AH acumulada Valor (mil) 31/12/11 AV AH Valor (mil) 31/12/10 AV AH Fluxos de caixa das atividades operacionais Lucro líquido antes do imposto de renda e contribuição social Ajustes por: + Depreciação .00% 100.00% 0 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. e Capítulo 11 (seção 11.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.0 .00% 100. demonstrada no terceiro exercício.5) do Livro Texto.00% 0.00% 0.00% 0.00% Caixa e equivalente de caixa no início do período Caixa e equivalente de caixa no fim do período Variação observada no período E F G F-E 0 0 0 0.00% 0.00% Observações 1.00% 0.00% 100.00% A 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% B 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.Aumento em Estoques .00% 0.00% 0. A análise Vertical de todos os elementos da Demonstração dos Fluxo de Caixa toma como base o valor de cada um dos totais de caixa líquido gerado (A.00% 0.00% 0.5.00% 0.00% 0 0 0 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.Aumento em Despesas Pagas Antecipadamente + Aumento em Fornecedores .00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0. Copyright© 2012 Prof.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.4).00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. 2.00% 0. B ou C).00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0 100.00% 100.00% 0.00% 0.Todos os direitos reservados . (seção 10.00% 0.00% 0.00% 0. Capítulo 10.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.Versão 3. IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 4 (seção 4.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise Horizontal e Vertical da Demonstração dos Fluxos de Caixa .00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0. Alexandre Alcantara .00% 100.Ganho/perda na venda de Imobilizados ou alienação de investimento Lucro Ajustado .00% 100.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.Redução em Salários a pagar Outros Caixa líquido proveniente das atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimento Recebimento pela venda de ativo imobilizado Recebimento pela alienação em investimentos permanentes Pagamento de compra de ativo imobilizado Investimentos em controladas Títulos e Valores Mobiliários Juros recebidos Dividendos recebidos Outros Caixa líquido usado nas atividades de investimento Fluxos de caixa das atividades de financiamento Aumento Capital (recebimento pela emissão de ações) Captação de Empréstimos e Financiamentos Liquidação de Empréstimos e Financiamentos Pagamento de dividendos Outros Caixa líquido usado nas atividades de financiamento 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0. A análise Horizontal Acumulada.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.6).00% 0.00% 100.00% C D A+B+C 0 Aumento líquido de caixa e equivalente de caixa 0 0.

serviços de terceiros e outros Perda / Recuperação de valores ativos Outras 3 .DEPRECIAÇÃO.Versão 3. Alexandre Alcantara .Todos os direitos reservados .0 . taxas e contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de capitais de terceiros Juros Aluguéis Outras Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Dividendos Lucros retidos / Prejuízo do exercício Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) Outras Observação: O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7.S Impostos.VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 . energia. Não há diferença 31/12/11 31/12/10 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Não há diferença 0 Não há diferença 0 Copyright© 2012 Prof.VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 .G.VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA Resultado de equivalência patrimonial Receitas financeiras Outras 7 . produtos e serviços Receitas relativas à construção de ativos próprios Provisão p/créditos liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) Outras receitas 2 .T. PIS e COFINS) Custos dos produtos.DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) Pessoal Remuneração direta Benefícios F. das mercadorias e dos serviços vendidos Materiais.0 DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO 31/12/12 1 – RECEITAS Vendas de mercadorias. IPI. AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 5 .INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS.VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 .

00% 0.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0. compara os saldos das contas do terceiro exercícios com os das contas do primeiro exercício.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0. demonstrada no terceiro exercício.00% 100.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.6 do Livro Texto.00% 0.Versão 3.00% 0.00% 0.Todos os direitos reservados .00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0. A análise Vertical de todos os elementos da Demonstração do Valor Adicionado toma como base o valor total dos Itens 7 e 8.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 .00% 0.00% 0. tópico 4.00% 0.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 100.00% 0.00% 0.00% 0.VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 .00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO Pessoal Remuneração direta Benefícios F.00% 0. serviços de terceiros e outros Perda / Recuperação de valores ativos Outras 3 .00% 0.00% 100.00% Observações 1.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0. PIS e COFINS) Custos dos produtos.00% 100.00% 0.00% 100.00% 0.00% 100. IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 4.00% 0.VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA Resultado de equivalência patrimonial Receitas financeiras Outras 7 .00% 0.T.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 .7.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.00% 100. A análise Horizontal Acumulada.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.DEPRECIAÇÃO.00% 0.00% 0.00% 100.0 .00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. produtos e serviços Receitas relativas à construção de ativos próprios Provisão p/créditos liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) Outras receitas 2 .00% 0.5.00% 0. energia.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0. das mercadorias e dos serviços vendidos Materiais.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0. IPI.00% 100.00% 0. AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 5 . tópico 10.INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS.00% 100.00% 100.S Impostos. taxas e contribuições Federais Estaduais Municipais Remuneração de capitais de terceiros Juros Aluguéis Outras Remuneração de Capitais Próprios Juros sobre o Capital Próprio Dividendos Lucros retidos / Prejuízo do exercício Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) Outras 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 0.00% 100. Alexandre Alcantara . e Capítulo 10.00% 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 0.00% 0.00% 0. 2.G.00% 0.00% 0. Copyright© 2012 Prof.00% 0.00% 100.00% 0.00% 0.00% 0.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise Horizontal e Vertical da Demonstração do Valor Adicionado 0 31/12/12 Valor (mil) AV AH AH acumulada Valor (mil) 31/12/11 AV AH Valor (mil) 31/12/10 AV AH 1 – RECEITAS Vendas de mercadorias.00% 100.00% 0.00% 100.00% 100.00% 0.

391 4.066 260.810 5.638.363.803 0 2.706 3.884.508 1.064 1.024.659 0 3.005 1. Copyright© 2012 Prof.086 2.261 31/12/10 5.596.192.024.622.508 646.960.061.318 1.919 313.052.182.433.819 2.920 0 2.360.086 1.369.318 2.363.477 1.771 21.431 2.586.962 2. Alexandre Alcantara .234 6.010.289.223 4.385.553.019.005 2.553.192.010.521 224.457 951.391 3.888 2.234 0 3.456.457 1.920.472 3.860.433.106 3.360.289.748.596.457 1.614.385.108.477 1. Taxas e Contribuições Provisões Diversas Outras Contas a Pagar Total do Circulante Operacional 2.506.Versão 3.645 16.019.898 0 3.614.261 2.106 2.537 0 3.004.788 3.888 1.0 .Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno Análise da Necessidade de Capital de Giro 0 Exercícios Findos em: ATIVO CIRCULANTE Não Operacional Disponibilidades e Aplic.969 Ativo Circulante Operacional Passivo Circulante Operacional Necessidade de Capital de Giro Ativo Circulante Não Operacional Passivo Circulante Não Operacional Saldo de Tesouraria Ativo Circulante Passivo Circulante CCL = Capital Circulante Líquido 3.919 2.108.531 2.962 4.586.320 3.086 1.385.339.711 3.261 1.300.010.360.320 1.251 1.223 2.355.711 4.506.300.363.108. Financeiras Total do Circulante Não Operacional 31/12/12 6.318 Operacional Clientes – Contas a Receber Estoques Outros Total do Circulante Operacional 1.629 IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 14 do Livro Texto.969 692.335 3.508 PASSIVO CIRCULANTE Não Operacional Financiamentos (inclui Debêntures) Total do Circulante Não Operacional Operacional Fornecedores Impostos.320 31/12/11 6.157 1.433.429.Todos os direitos reservados .638.960.431 1.788 2.804 6.740 194.194 12.

a apuração do valor das compras.94 1.98 0. Desta forma para obtenção do valor mais próximo das compras.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/10 0.45 1.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE GIRO DO ATIVO MARGEM LÍQUIDA RENTABILIDADE DO ATIVO (ROA ou ROI) RENTABILIDADE DO PATRIM.04% 362.86 1. LÍQUIDO (ROE) RENTAB DO ATIVO – Sistema Dupont Nota: Vendas Líquidas = Receitas Líquidas Capital de Terceiros = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante INDICADORES DA ESTRUTURA DE CAPITAL (Endividamento) Exercícios Findos em: PART.34 0. estará desprezando os custos agregados aos estoques decorrentes do processo industrial.336 2228 #DIV/0! 31/12/11 #DIV/0! #DIV/0! 27.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno RELATÓRIO DE ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA E PATRIMONIAL Razão Social da Empresa: 0 Analistas: VALDECI ROCHA CARDOZO RIOS ALDAIR CAMPOS JOSÉ MARCOS DE JESUS MARCOS CAMPOS MARCOS SILVEIRA Professor: ALEXANDRE ALCÃNTARA Instituição de Ensino: UNIME ITABUNA INDICADORES DE ROTATIVIDADE/ATIVIDADE (CICLO OPERACIONAL.67% 87.47% 31/12/10 1129. apenas com os dados constantes nas demonstrações contábeis.86% 59. Para fins didáticos. energia.86% 67.58% Nota: Capital de Terceiros = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante 7/25/2013 Página 19 de 30 .59 31/12/10 0. seria necessário aplicar ao valor dos estoques de forma dedutiva o valor ou percentual destes custos agregados.14 0.68 31/12/11 0.51 INDICADORES DE RENTABILIDADE Exercícios Findos em: Vendas Líquidas/Ativo Médio (Lucro Líquido/Vendas Líquidas) x 100 (Lucro Líquido/Ativo Médio) x 100 (Lucro Líquido/Patrimônio Líquido Médio) x 100 (Margem Líquida x Giro do Ativo) x 100 31/12/12 0./Capital Terceiros) x 100 (Ativo Permanente/Patrimônio Líquido) x 100 (Ativo Permanente/(ELP + Patrimônio Líquido)) x 100 31/12/12 878.PMPC 31/12/12 #DIV/0! #DIV/0! 427.32% 64.92 1.79% 320. não foi incorporado a esta planilha nenhum percentual ou valor de ajuste. NÃO CORRENTES (Capital Terceiros/Patr.15% 63.21% 31/12/11 957. DE CAPITAL DE TERCEIROS COMPOSIÇÃO DO ENDIVIDAMENTO IMOBILIZAÇÃO DO PATRIM.76% 60.04 0.69% 303. INDICADORES DE LIQUIDEZ Exercícios Findos em: LIQUIDEZ GERAL LIQUIDEZ CORRENTE LIQUIDEZ SECA LIQUIDEZ IMEDIATA (Ativo Circ + RLP)/(Passivo Circ + ELP) Ativo Circulante/Passivo Circulante (At Circ – Estoque)/Passivo Circulante Disponibilidades/Passivo Circulante 31/12/12 0. LÍQUIDO IMOB. água e outros insumos da produção). Liquido) x 100 (Passivo Circ.361 31086 #DIV/0! 31/12/10 #DIV/0! #DIV/0! 181.50 1. DOS RECUR. ECONÔMICO E FINANCEIRO) Exercícios Findos em: (Estoque Médio/CMV) x 360 (Contas a Receber de Clientes Médio/Receita Líquida) x 360 CMV + Estoque Final – Estoque Inicial (Fornecedores Médio / Compras) x 360 (PMRE + PMRV) .652 4125 #DIV/0! PMRE – ROTAÇÃO DOS ESTOQUES (Dias) PMRV – RECEBIMENTO DAS VENDAS (Dias) COMPRAS ESTIMADAS (R$ mil) PMPC – PAGAMENTO DAS COMPRAS (Dias) CICLO OPERACIONAL (Dias Financiados) Nota Técnica: Indicadores de Atividade: PMPC – Prazo Médio de Pagamento das Compras No caso de análise de empresa industrial. além das matérias-primas (depreciação.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/11 0.

363.385.431 1.969 692.429.086 1.360.553.596.052.0 7/25/2013 Página 20 de 30 .919 3.506.234 0 3. Nota de Responsabilidade Este é um relatório produzido em ambiente acadêmico.Versão 3.106 3.360.335 3.477 1. Taxas e Contribuições Provisões Diversas Outras Contas a Pagar Total do Circulante Operacional Ativo Circulante Operacional Passivo Circulante Operacional Necessidade de Capital de Giro Ativo Circulante Não Operacional Passivo Circulante Não Operacional Saldo de Tesouraria Ativo Circulante Passivo Circulante CCL = Capital Circulante Líquido 4.192.884.920 0 2.234 6.010.363.456.472 3.860.433.019.969 3.192.004.819 2.553.391 6.157 1.962 2.064 1.363.261 2. Leia a íntegra da Declaração de Responsabilidade IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 12 Livro Texto.318 2.919 313.086 1.369.629 PARECER FINAL DE ANÁLISE Insira aqui seu Parecer Final quanto à situação econômico-financeira e patrimonial da empresa analisada.385.086 2.289.457 2.659 0 3. como resultado de aulas práticas de Análise de Demonstrações Contábeis.433.061.962 5.960.645 16.711 3.920.586.300.223 2.066 260.537 0 3.508 2.005 2.508 1.960.385.457 951.005 1.888 2.506.888 1. Alexandre Alcantara .300.Todos os direitos reservados .706 4.223 4.771 21.108.622.355.339.804 6.320 1.194 12.810 5.320 1.360.614.318 1.010.Análise das Demonstrações Contábeis Versão Aluno RELATÓRIO DE ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA E PATRIMONIAL 0 ANÁLISE DA NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO Exercícios Findos em: 31/12/12 31/12/11 31/12/10 ATIVO CIRCULANTE Não Operacional Disponibilidades e Aplic.740 194.788 2.638.010.614.521 224.391 3.803 0 2.531 2.638. Financeiras Total do Circulante Não Operacional Operacional Clientes – Contas a Receber Estoques Outros Total do Circulante Operacional 6.108.261 2.182.711 4.289.251 1.320 3.019.508 646.788 PASSIVO CIRCULANTE Não Operacional Financiamentos (inclui Debêntures) Total do Circulante Não Operacional Operacional Fornecedores Impostos.748.024.457 1.261 1.596.477 1.106 2.024.318 1.108.433.431 3.586. Os resultados constantes neste Parecer Final de Análise não deve ser considerado para fins de investimento tendo em vista seu cunho didático-pedagógico. Copyright© 2012 Prof.898 0 3.

5.472 690.0 INDICADORES DA ANÁLISE FUNDAMENTALISTA Exercícios Findos em: PL (Preço/Lucro) Lucro por Ação (LPA) Dividend Yield (DY) Valor Patrimonial por Ação (VPA) Pay-out Valor de cotação da ação / Lucro por Ação (Lucro Líquido / Número de ações) X 100 (Dividendo por Ação / Valor de cotação da ação) X 100 Patrimônio Líquido / Número de ações Dividendo pago por Ação/Lucro por Ação Menu 31/12/12 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 31/12/11 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! 31/12/10 #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! Para o cálculo dos Indicadores da análise fundamentalista será necessário informar os dados das células em cor azul.8) do Livro Texto.678 IMPORTANTE A interpretação destes indicadores deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 10 (seção 10. Elementos para o cálculo dos Indicadores Valor de cotação da ação Lucro por ação Lucro Líquido do Exercício Número de ações Dividendo por ação Patrimônio Líquido 31/12/12 #DIV/0! 0 31/12/11 #DIV/0! 0 31/12/10 #DIV/0! 0 809.490 550. .

2.30 SOLVENTE 31/12/10 0.00 31/12/12 31/12/11 31/12/10 Nota A interpretação do fator de insolvência encontra-se definida no Capítulo 15 (seção 15.05 x 1.00 1. onde é apresentado as bases de determinação do fator de insolvência elaborado por Kanitz.59 3.54 2.55 x 1.Versão 3.0 Avaliação no nível de Insolvência Fator de Insolvência de Kanitz ARentabilidade do Patrim.69 1. Copyright© 2012 Prof.55 3.42 3.00 1. Alexandre Alcantara .04 10.90 9.16 10.67 9.47 1.00 1.2) do Livro.33 FI = (A+B+C-D+E) 31/12/12 0.Todos os direitos reservados .30 10.00 9.04 SOLVENTE Se a Maior 0 Entre 3e0 Menor que -3 Será SOLVENTE PENUMBRA INSOLVENTE Avaliação Fator de Insolvência de Kanitz 11.73 10.0 .67 SOLVENTE 31/12/11 0. assim comosuas limitações.03 1.65 x 3.52 4.42 3.Liquido BLiquidez Geral CLiquidez Seca DLiquidez Corrente EEndividamento Fator de Insolvência de Kanitz x 0.06 x 0.00 10.

51 1.RELATÓRIO DE ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA E PATRIMONIAL INDICADORES & GRÁFICOS Razão Social da Empresa: 0 Analistas: VALDECI ROCHA CARDOZO RIOS ALDAIR CAMPOS JOSÉ MARCOS DE JESUS MARCOS CAMPOS MARCOS SILVEIRA Professor: ALEXANDRE ALCÃNTARA Instituição de Ensino: UNIME ITABUNA INDICADORES DE ROTATIVIDADE/ATIVIDADE (CICLO OPERACIONAL.00 0.94 1.00 2010 LIQUIDEZ GERAL LIQUIDEZ CORRENTE 2011 LIQUIDEZ SECA 2012 LIQUIDEZ IMEDIATA #REF! 7/25/2013 Página 23 de 30 .68 31/12/11 0.98 0.652 4125 #DIV/0! PMRE – ROTAÇÃO DOS ESTOQUES (Dias) PMRV – RECEBIMENTO DAS VENDAS (Dias) COMPRAS ESTIMADAS (R$ mil) PMPC – PAGAMENTO DAS COMPRAS (Dias) CICLO OPERACIONAL (Dias Financiados) 1 1 1 0 0 0 40000 30000 20000 10000 0 2010 2010 2011 2012 2011 PMRE – ROTAÇÃO DOS ESTOQUES (Dias) PMRV – RECEBIMENTO DAS VENDAS (Dias) 2012 CICLO OPERACIONAL (Dias Financiados) PMPC – PAGAMENTO DAS COMPRAS (Dias) Nota Técnica: Indicadores de Atividade: PMPC – Prazo Médio de Pagamento das Compras No caso de análise de empresa industrial.20 0.PMPC 31/12/12 #DIV/0! #DIV/0! 427. seria necessário aplicar ao valor dos estoques de forma dedutiva o valor ou percentual destes custos agregados.20 1. Para fins didáticos.40 1.59 31/12/10 0. energia.361 31086 #DIV/0! 31/12/10 #DIV/0! #DIV/0! 181.14 0.92 1.60 1.86 1. a apuração do valor das compras. Desta forma para obtenção do valor mais próximo das compras.40 0.45 1. água e outros insumos da produção).50 1.60 0. INDICADORES DE LIQUIDEZ Exercícios Findos em: LIQUIDEZ GERAL LIQUIDEZ CORRENTE LIQUIDEZ SECA LIQUIDEZ IMEDIATA (Ativo Circ + RLP)/(Passivo Circ + ELP) Ativo Circulante/Passivo Circulante (At Circ – Estoque)/Passivo Circulante Disponibilidades/Passivo Circulante 31/12/12 0.80 0. além das matérias-primas (depreciação.34 0. estará desprezando os custos agregados aos estoques decorrentes do processo industrial. não foi incorporado a esta planilha nenhum percentual ou valor de ajuste. ECONÔMICO E FINANCEIRO) Exercícios Findos em: (Estoque Médio/CMV) x 360 (Contas a Receber de Clientes Médio/Receita Líquida) x 360 CMV + Estoque Final – Estoque Inicial (Fornecedores Médio / Compras) x 360 (PMRE + PMRV) .336 2228 #DIV/0! 31/12/11 #DIV/0! #DIV/0! 27.04 0. apenas com os dados constantes nas demonstrações contábeis.

Versão 3.00% 0.79% 320.00% 2010 MARGEM LÍQUIDA 2011 2012 2010 2011 GIRO DO ATIVO 2012 RENTABILIDADE DO ATIVO (ROA ou ROI) RENTABILIDADE DO PATRIM.04% 362.67% 87.00% 60.50 0.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/10 0.70 0. Alexandre Alcantara .21% 31/12/11 957.32% 64.0 7/25/2013 Página 24 de 30 .69% 303.20 0. DE CAPITAL DE TERCEIROS 2011 COMPOSIÇÃO DO ENDIVIDAMENTO 2012 IMOBILIZAÇÃO DO PATRIM. LÍQUIDO (ROE) RENTAB DO ATIVO – Sistema Dupont 1.60 0.00 100.86% 67./Capital Terceiros) x 100 (Ativo Permanente/Patrimônio Líquido) x 100 (Ativo Permanente/(ELP + Patrimônio Líquido)) x 100 31/12/12 878.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/11 0.76% 60. LÍQUIDO Nota: Capital de Terceiros = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante IMOB.00% 40.INDICADORES DE RENTABILIDADE Exercícios Findos em: Vendas Líquidas/Ativo Médio (Lucro Líquido/Vendas Líquidas) x 100 (Lucro Líquido/Ativo Médio) x 100 (Lucro Líquido/Patrimônio Líquido Médio) x 100 (Margem Líquida x Giro do Ativo) x 100 31/12/12 0.00% 600.00% 200.00 0.80 0.00% 1000.30 0. Liquido) x 100 (Passivo Circ.40 0. LÍQUIDO (ROE) Nota: Vendas Líquidas = Receitas Líquidas Capital de Terceiros = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante INDICADORES DA ESTRUTURA DE CAPITAL (Endividamento) Exercícios Findos em: PART.90 0. LÍQUIDO IMOB.15% 63. DOS RECUR.00% 80.00 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE GIRO DO ATIVO MARGEM LÍQUIDA RENTABILIDADE DO ATIVO (ROA ou ROI) RENTABILIDADE DO PATRIM.10 0. DOS RECUR.47% 31/12/10 1129.Todos os direitos reservados .00% 20.00% 0.86% 59. NÃO CORRENTES Copyright© 2012 Prof. DE CAPITAL DE TERCEIROS COMPOSIÇÃO DO ENDIVIDAMENTO IMOBILIZAÇÃO DO PATRIM.58% 1200.00% 2010 PART. NÃO CORRENTES (Capital Terceiros/Patr.00% 800.00% 400.

391 3.810 5.748.Versão 3.0 7/25/2013 Página 25 de 30 .433.638.385.108.711 3.969 692.086 1. Alexandre Alcantara .431 1.457 951.457 2.506.508 646.106 2.508 2.010.182.024.360.629 PARECER FINAL DE ANÁLISE Insira aqui seu Parecer Final quanto à situação econômico-financeira e patrimonial da empresa analisada.645 16.508 1.521 224.385.960.289. Taxas e Contribuições Provisões Diversas Outras Contas a Pagar Total do Circulante Operacional Ativo Circulante Operacional Passivo Circulante Operacional Necessidade de Capital de Giro Ativo Circulante Não Operacional Passivo Circulante Não Operacional Saldo de Tesouraria Ativo Circulante Passivo Circulante CCL = Capital Circulante Líquido 4.261 2.788 PASSIVO CIRCULANTE Não Operacional Financiamentos (inclui Debêntures) Total do Circulante Não Operacional Operacional Fornecedores Impostos.898 0 3.962 2.234 0 3.019.066 260.061.106 3.234 6.108. Leia a íntegra da Declaração de Responsabilidade IMPORTANTE A interpretação deste demonstrativo deverá ser feita com base no referencial teórico contante no Capítulo 12 Livro Texto.638.385.431 3.622. Os resultados constantes neste Parecer Final de Análise não deve ser considerado para fins de investimento tendo em vista seu cunho didático-pedagógico.919 313.919 3.320 1.086 2.884.004.960.355.261 2.052.318 1.320 1.788 2.962 5.819 2.888 2. Financeiras Total do Circulante Não Operacional Operacional Clientes – Contas a Receber Estoques Outros Total do Circulante Operacional 6. como resultado de aulas práticas de Análise de Demonstrações Contábeis.086 1. Copyright© 2012 Prof.010.335 3.300.363.318 1.553.192.771 21.531 2.596.289.360.339.860.920.706 4.888 1.108.010.261 1.363. Nota de Responsabilidade Este é um relatório produzido em ambiente acadêmico.005 2.457 1.318 2.472 3.ANÁLISE DA NECESSIDADE DE CAPITAL DE GIRO Exercícios Findos em: 31/12/12 31/12/11 31/12/10 ATIVO CIRCULANTE Não Operacional Disponibilidades e Aplic.969 3.740 194.477 1.477 1.320 3.804 6.192.429.157 1.586.391 6.586.614.506.803 0 2.433.553.019.194 12.920 0 2.360.456.251 1.300.363.223 2.659 0 3.711 4.369.064 1.433.614.Todos os direitos reservados .005 1.537 0 3.024.596.223 4.

86% 67.34 0.58% .04 0.04% 362.79% 320. NÃO CORRENTES 878.67% 87.32% 64.14 0.21% 31/12/11 957.76% 60.98 0.86% 59.47% 31/12/10 1129.69% 303.59 31/12/10 0.94 1.68 31/12/11 0.92 1. DOS RECUR.00 31/12/12 MARGEM LÍQUIDA RENTABILIDADE DO ATIVO (ROA ou ROI) RENTABILIDADE DO PATRIM. DE CAPITAL DE TERCEIROS COMPOSIÇÃO DO ENDIVIDAMENTO IMOBILIZAÇÃO DO PATRIM.INDICADORES DE ROTATIVIDADE/ATIVIDADE 31/12/12 PMRE – ROTAÇÃO DOS ESTOQUES (Dias) PMRV – RECEBIMENTO DAS VENDAS (Dias) PMPC – PAGAMENTO DAS COMPRAS (Dias) #DIV/0! #DIV/0! 2228 31/12/11 #DIV/0! #DIV/0! 31086 31/12/10 #DIV/0! #DIV/0! 4125 31/12/12 CICLO OPERACIONAL (Dias Financiados) #DIV/0! 31/12/11 #DIV/0! 31/12/10 #DIV/0! INDICADORES DE LIQUIDEZ 31/12/12 LIQUIDEZ GERAL LIQUIDEZ CORRENTE LIQUIDEZ SECA LIQUIDEZ IMEDIATA 0.15% 63.50 1.86 1.00 31/12/11 0.45 1.00 31/12/10 0. LÍQUIDO IMOB.51 INDICADORES DE RENTABILIDADE 31/12/12 GIRO DO ATIVO 0. LÍQUIDO (ROE) Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/11 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE 31/12/10 Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE Prejuizo na DRE INDICADORES DA ESTRUTURA DE CAPITAL (Endividamento) 31/12/12 PART.

teorias e/ou exemplos apresentados no livro ou nesta planilha. da performance ou do uso dos modelos.alcantara. Visite o site do autor: http://www. textos. O autor e a editora não se responsabilizam por quaisquer incidentes ou danos decorrentes da compra. implícita ou explícita.PlanilhaADC© Versão 3.pro. incluindo modelos. Embora os melhores esforços tenham sido colocados na sua elaboração. e é parte integrante da 3ª edição do livro "Estrutura. análise e interpretação das demonstrações contábeis ". documentos e demais informações contidas na planilha. sobre todo o material.0 Menu DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE Esta planilha foi desenvolvida para fins exclusivamente didáticos. publicado pela Editora Atlas (2012). o autor e a editora não dão nenhum tipo de garantia.br .

0 Menu Ajuda ao Usuário O Guia do Usuário consta no Livro (Capítulo 19). . Consulte o Guia antes de usar a PlanilhaADC. A leitura do livro texto auxiliará o usuário na interpretação dos números. percentuais e indicadores calculados pela PlanilhaADC.PlanilhaADC© Versão 3.

.PlanilhaADC© Versão 3. em especial a Roberto Magalhães. pela revisão criteriosa das fórmulas e a Matheus Alcantara na diagramação.0 Menu Créditos Registramos aqui nossos agradecimentos aos professores e alunos que fizeram sugestões quanto ao conteúdo desta Planilha.

PlanilhaADC© Versão Aluno Versão 3. análise e interpretação das demonstrações contábeis" .0 Aluno/Professor Data 3/1/2012 Alterações Integrante da 3ª edição do livro "Estrutura.0 Menu Histórico das alterações Versão Planilha 3.