Estudo dos Solos I

Por quê estudar os solos?
Acúmulo de insucessos em obras de Engenharia. - O escorregamento de solo durante a construção do canal do Panamá, 1913; - Rompimento de grandes Barragens de Terra - Recalque em Grandes edifícios;

Definição de solos O significado da palavra solo não é o mesmo para todas as ciências que estudam a natureza. por exemplo. ele é definido como uma mistura natural de um ou diversos minerais (às vezes com matéria orgânica) que podem ser separados por processos mecânicos simples. sem o emprego de técnicas especiais. o solo é todo material que possa ser escavado. Para fins de Engenharia Civil. . Em outras palavras. explosivos. agitação em água ou manuseio. tais como. como.

a necessidade do conhecimento das propriedades além aproveitamento como material de construção. uma vez que cabe a ele absorver as cargas aplicadas na sua superfície e interagir com obras implantadas no seu interior. pois o solo exerce um papel especial nas obras de engenharia. .Para o Engenheiro do solo Civil vai e Técnico do em seu Edificações.

Não possui uma relação única nem linear de tensão x deformação.Características do solo: 1.É diferente em cada local. .Amostragem causa distúrbios no solo. 2. 3.A massa subterrânea não pode ser vista e sim avaliada através de amostras isoladas. 4.

Suportar as cargas da fundação Problema: recalques ou levantamentos (solos expansivos) que causem a ruína da estrutura. etc.) . estradas.Usos do solo na Engenharia: Como material de construção (Aterro. barragens. .

Recalques .

Recalques .

Recalques .

Recalques .

. mais comum e o mais COMPLEXO que o homem dispõe. portanto. imprescindível que se conheça seu comportamento nas mais diversas situações. .É um componente indispensável para obras de engenharia civil sendo. .O solo é o material de construção mais antigo.

Envolve problemas relativos a: -Estabilidade -Obras de contenção -Barragens -Erosão -Fundações .Engenharia geotécnica: interação entre o ambiente geológico e trabalhos (obras) realizados pelo homem.

Estradas .

Obras de contenção .

Obras de contenção .

Obras de contenção

-“Pai” da Mecânica dos Solos .Karl Terzaghi (1882-1963) Com seus estudos..Escreveu os livros “Theorectical Soil Mechanics” e “Soil Mechanics in Engineering Practice” . MECÂNICA DOS SOLOS Aplicação das leis de mecânica e de hidráulica aos problemas de engenharia relacionados com os solos. estabeleceu a unificação dos diversos conceitos da mecânica geral aplicados a solos. criando a..

Água e ar.É a camada superficial da crosta terrestre. orgânica em diferentes fases de .Formada por partículas minerais de vários tamanhos e composição química diversa.Possui matéria decomposição.. . . .

.

o silte e a argila.. como a areia. . o modo como se distribuem no solo e a composição da rocha mãe determinam a sua natureza.Componente mineral do solo resulta dos processos erosivos que levam à progressiva desagregação das rochas em elementos de diferentes tamanhos.As diferentes proporções destes componentes. . variando desde partículas mais grosseiras até partículas de pequenas dimensões.

Solo arenoso .

Solo siltoso .

Solo argiloso .

como bactérias e fungos.A matéria orgânica do solo resulta da decomposição dos restos de animais e vegetais por parte de micro-organismos. . a permeabilidade ao ar e à água e contribui para melhorar a estrutura do solo.. Depois de decompostos estes detritos tomam o nome de húmus.O teor em matéria orgânica favorece a fertilidade. .

Constituição da Terra .

temperatura: 800°a 1000°C b) Manto: .constituída pelo SIMA (silício + magnésio) e pelo SIAL (silício + alumínio).Constituição da Terra a) Crosta ou Litosfera: .constituído de níquel (Ni) e ferro (Fe).constituído de sulfetos e óxidos de ferro e magnésio. . .temperatura: 4000°C .temperatura: 2000°C c) Núcleo: . .

de onde é trazida à superfície pelos vulcões. Crosta – 30 a 40 km Magma – 6400 km . princípio de todas as rochas existentes no globo terrestre. . .A matriz geradora dos solos é o magma. constituinte do núcleo terrestre.Crosta Terrestre .Magma = matéria incandescente.Os solos constituem a camada mais superficial da crosta terrestre.

.

2) Solo Transportado .3) Rocha Metamórfica 3) Solo 3.2) Rocha Sedimentar 2.1) Rocha Ígnea ou Magmática 2.1) Solo Residual 3.Materiais formadores da Crosta Terrestre 1) Minerais 2) Rocha 2.

MINERAL É um elemento químico ou uma combinação química formado por um processo inorgânico natural o qual possui uma estrutura cristalina. mica. portanto sua estrutura possui uma forma geométrica definida.: quartzo. calcita . Ex. tridimensional ordenada. ou seja. feldspato.

1)ÍGNEAS (magmáticas): formada magma na superfície da crosta. necessitando de explosivo para o seu desmonte. Ex. Ex.: rocha calcária. 3)METAMÓRFICAS: formada pela alteração (mudança de composição) de rochas existentes devido ao extremo calor ou a extrema pressão.: mármore. pelo resfriamento do 2)SEDIMENTARES: formada em camadas a partir da sedimentação ou deposição de partículas de rochas. .ROCHAS Definição na Engenharia: Agregado de um ou mais minerais. que é impossível de escavar manualmente.

Estão divididos em 2 grupos básicos: .Solo transportado: é o material intemperizado que sofreu um transporte natural pela ação dos agentes geológicos.SOLOS É o resultado final da decomposição de rochas ou dos minerais pela ação dos agentes do intemperismo. .Solo residual: é o material que se decompõe e permanece no mesmo local onde sofreu sua decomposição. .

Origem e formação dos Solos .

Fatores de formação do solo Na paisagem. . os solos diferenciam-se devido à ação de seus fatores de formação.

A água excedente atua no desenvolvimento do perfil do solo conforme a sua quantidade: regiões onde a quantidade de água excedente é grande. geralmente apresentam solos mais profundos.vento . com conseqüente colapso e destruição dos minerais) onde ocorre a hidratação do solo.radiação solar (calor) . .precipitação pluvial (água) .Clima .Elementos do clima: . .A água promove a reação de hidrólise (ataque de íons H+ à estrutura de minerais.O calor influi diretamente nas atividades das reações químicas e processos biológicos que ocorrem no perfil do solo. . pois a velocidade dos processos pedogenéticos é mais acentuada.

Clima . .O vento causa a erosão eólica e o ressecamento da superfície do solo.O clima relaciona-se diretamente com o tipo de vegetação local. . que pode ter grandes variações botânicas.

que é uma mistura complexa de substâncias amorfas. macroflora. . microfauna. -Papel importante na diferenciação dos horizontes do solo. liberam o húmus.Organismos vivos -Microflora. principalmente) e a microfauna (especialmente os protozoários e nematóides) decompõem os restos vegetais e animais e. fungos e bactérias. em consequência. pois a microflora (algas. macrofauna e o homem.

A macroflora protege os solos dos efeitos erosivos. minhoca. criando galerias no solo e.Organismos vivos . em conseqüência aumentando a circulação de ar.A macrofauna (tatu. . principalmente) age no perfil de solo devido à ação escavadora. . cupim e formiga.

Por outro lado. no relevo mais acidentado. .Relevo Relevo X Profundidade do solo . o escorrimento superficial é maior do que a infiltração. e o escorrimento superficial não é tão acentuado. no relevo pouco acidentado.A água pluvial. . mais profundos do que nas áreas com declive acentuado. os solos que ocorrem em relevo pouco acidentado são. . em geral. encontra condições favoráveis para infiltrar no solo.Nas regiões mais úmidas.

. . . .Materiais de origem ricos em quartzo.Rochas basálticas dão origem a solos de textura argilosa ou muito argilosa enquanto que solos derivados de arenito são arenosos.Material de origem .Esse material pode já ter sofrido transporte e deposição.É o material intemperizado. de natureza mineral ou orgânica que deu origem aos solos. . conferem ao solo cor clara.Constituído por minerais com diferentes graus de suscetibilidade ao processo de intemperismo. o que é muito comum nas condições de clima tropical.

Tempo .

quando comprimidos entre os dedos.Tempo Rocha Sã Materiais tenazes Saprolitos Rocha parcialmente decomposta Solos Materiais friáveis Rocha Tenaz – rocha vigorosa. . que oferece resistência ao ser rasgada. Solos Friáveis – seus torrões podem ser facilmente rompidos em frações menores. dobrada ou triturada. moída. sem aderir aos mesmos.

Solo Saprólito Rocha sã .

.

processo de extração de uma substância presente em componentes sólidos através da sua dissolução num líquido .recebe ou ganha materiais de outros horizontes.Mecanismos de formação do solo eluviação . iluviação .porção do perfil do solo que sofre perdas de material. lixiviação . .

. ou seja.ORIGEM E FORMAÇÃO DOS SOLOS Os solos são oriundos da decomposição da rocha através de um processo denominado intemperismo. . As várias formas de intemperismo podem ser classificadas em três grandes grupos: .Intemperismo Físico. a ação do tempo.Intemperismo Químico. .Intemperismo Biológico.

.Logo. -Calcula-se que cada centímetro do solo se forma em intervalo de tempo de 100 a 400 anos. que permite a desagregação e decomposição das rochas. químicos e biológicos. por agentes físicos. .Processo lento. o solo é o resultado de mudanças ocorridas nas rochas – denominadas intemperismo. ocorrendo ao longo dos anos. .As condições climáticas existentes são a principal influência das características de cada solo.Intemperismo . transformando-os em solos.O grau de alteração da rocha diminui sua resistência mecânica. .

Processos de Intemperismo -Físico -Químico -Biológico .

desintegração) da rocha sem alteração química dos seus componentes. Os principais agentes são: Variação de temperatura Vento Congelamento de água no interior Ação do homem .Intemperismo Físico É o processo de desagregação (fragmentação.

Processo de aquecimento e resfriamento da rocha.Intemperismo Físico • Variação da temperatura . . .Coeficientes de dilatação diferenciados dos minerais.

Intemperismo Físico .

provocando a desagregação da rocha devido as tensões de dilatação e compressão internas no maciço rochoso. por ação do sol. Em algumas regiões. apresentando temperaturas acima de 60° C.Intemperismo Físico • Variação da temperatura As rochas. são aquecidas 1. À noite elas passam a ter temperaturas da ordem de 20° C.5 vezes mais que a atmosfera. . pode chegar até 10° C e em outras.5 a 2. até de 0° C. Cada mineral possui um coeficiente de dilatação diferenciado.

Intemperismo Físico Vento .

Intemperismo Físico • Congelamento de água no interior (2000 kgf/cm2) – repetição periódica .

Congelamento de água no interior da rocha .

Esse tipo de intemperismo é caracterizado por rochas que perdem alguns de seus nutrientes essenciais para organismos vivos e plantas que crescem em sua superfície.Intemperismo Biológico Fenômeno produzido pelas decomposição biótica de presentes nas rochas. . bactérias. levando a materiais orgânicos As plantas também podem emitir ácidos orgânicos que podem penetrar a rocha e quebrá-la quimicamente.

Intemperismo Biológico Os mais importantes agentes do intemperismo biológico são as raízes das árvores. pois são capazes de penetrar através das fendas das rochas e destruir as paredes internas das rochas promovendo sua desagregação. .