You are on page 1of 19

Capítulo 2 Razões e Proporções

Nesse capítulo apresentamos um estudo das Razões, Proporções, Grandezas Proporcionais, Regra de três simples e composta e também Porcentagem.

2.1 Razão
A palavra razão vem do latim ratio e significa a divisão ou o quociente entre dois números a e b. A razão entre esse dois números reais, com b o antecedente e b é o conseqüente. Lê-se: razão de a para b. Exemplo: a razão de 09 para 12 ⇒
9 12

≠ 0, é

a , onde a é b

Razões inversas- duas razões são denominadas inversas quando o antecedente da primeira for igual ao conseqüente da segunda e vice versa. Exemplo:
2 3 e . 3 2

Obs.: A razão de antecedente zero não possui inversa. Qual o resultado produto de duas razões inversas? Exemplo 1 Calcule a razão da área do primeiro retângulo para área do segundo retângulo.

Vamos calcular a área de cada retângulo; • área do retângulo 1: A1 = 60cm . 40 cm = 2 400cm2 • área do retângulo 2: A2 = 1,2 m . 1 m = 120 cm.100 cm = 12 000cm 2
A1 240 1 = = , ou seja, a área do retângulo 2 é cinco A 2 12000 5 vezes a área do retângulo 1.

A razão será dada por:

1

A razão entre as alturas h1 e h2 é dada por: h1 1.50 m 1. sabendo que o primeiro possui uma altura h1=1.20 m e o segundo possui uma altura h 2 = 1. determina-se o quociente entre as medidas dessas grandezas. Exemplos: 1) Calcular a razão entre a altura de dois anões. A resolução deste fica a critério o leitor. 2 . Razões entre grandezas da mesma espécie O conceito é o seguinte: Denomina-se razão entre grandezas de mesma espécie o quociente entre os números que expressam as medidas dessas grandezas numa mesma unidade.Exemplo 2 Qual é a razão entre os volumes dos cubos abaixo? Obs.20 m 1. Essa razão deve ser acompanhada da notação que relaciona as grandezas envolvidas. Razão entre as área da quadra de vôlei e basquete é dada por: Av 162 m 2 162 27 = = = 2 Ab 240 40 240 m Razões entre grandezas de espécies diferentes O conceito é o seguinte: Para determinar a razão entre duas grandezas de espécies diferentes.: O volume dos cubos calcula-se da seguinte forma: V cubo = aresta x aresta x aresta.5 5 2) Determinar a razão entre as áreas das superfícies das quadras de vôlei e basquete.50 m. sabendo que a quadra de vôlei possui uma área de 162m2 e a de basquete possui uma área de 240m2.2 4 = = = h 2 1.

Determine a razão entre o número de habitantes e a área desse estado. 3) Densidade demográfica: O estado do Ceará no último censo teve uma população avaliada em 6.5 km/L = (lê-se "11. Qual a razão entre a medida dessas grandezas? O que significa essa razão? Solução: Razão 450 km = 90 km / h 5h Razão = 90 km/h (lê-se "90 quilômetros por hora") Essa razão significa que a cada hora foram percorridos em média 90 km.Exemplos: 1) Consumo médio: Beatriz foi de São Paulo a Campinas (92 km) no seu carro.5 km. Determine a razão entre a massa e o volume desse corpo. 1 cm . O que significa essa razão? Solução: Volume = 1 cm.São Paulo (450 km) em 5 horas.701.8 g 1 cm 3 = 7.5 km / L 8L Razão 11. Sua área é de 145. 4) Densidade absoluta ou massa específica: Um cubo de ferro de 1 cm de aresta tem massa igual a 7. Essa razão significa que em cada quilômetro quadrado existem em média 46 habitantes.8g.924 habitantes.8 g / cm 3 3 . O que significa essa razão? Solução: Razão = 6 701 924 hab 145 694 km 2 = 46 hab / km 2 Razão = 46 hab / km2 (lê-se "46 habitantes por quilômetro quadrado"). Qual a razão entre a distância e o combustível consumido? O que significa essa razão? Solução: Razão = 92 km = 11.5 quilômetros por litro") Essa razão significa que a cada litro consumido foram percorridos em média 11.694 km2. 1 cm = 1cm3 Razão = 7. Foram gastos nesse percurso 8 litros de combustível. 2) Velocidade média: Moacir fez o percurso Rio .

uma proporção. a razão Essa proporção é indicada por: a c = b d a c é igual à razão . então dizemos que essas razões formam uma proporção. Rogerião pesa 120 kg. e somente se. c e d são números reais não nulos e formam. Lemos: 3 está para 4.c b d Exemplos  O produto dos extremos é igual o produto dos meios 4 . por sua vez.c . assim como. Observe a razão entre o peso dos dois rapazes: Observe. ou seja. Proporção. nessa ordem.8 gramas por centímetro cúbico"). e seu cão. Exemplo do dia-dia: Rogerião e Claudinho passeiam com seus cachorros. todos diferentes de zero. Observe que a razão de 3 para 4 e razão de 9 para 12 exprimem mesmo quociente. agora. Podemos então definir Proporção. Essa razão significa que 1cm3 de ferro pesa 7.d = b. Propriedade fundamental das proporções Em toda proporção. o produto dos extremos é igual ao produto dos meios. formam nessa ordem uma proporção se. b.Razão = 7. Claudinho. 40 kg. b. então a. b d em que a e d são chamados extremos e b e c são chamados meios.2 Proporção Uma igualdade entre duas razões é dita “proporção”.d = b.8g. Os números a. a razão entre o peso dos cachorros: Verificamos que as duas razões são iguais. Assim. c e d. pesa 48 kg. e seu cão. se a. 16 kg. Nesse podemos afirmar que a igualdade 120 40 = é uma 48 16 caso. a c = ⇒ a. 2. 9 está para 12.8 g/m3 (lê-se "7.

o valor de x é 24.x = 8.2 3 = → 2 ⋅ 9 = 3 ⋅ 6 → 18 = 18 6 9  Proporção contínua é a que tem meios iguais 4 6 = 6 9  Na proporção a c = .15 5. b e c. o valor de x é − Exemplo 3 19 . sendo x ≠ − 2x + 1 5 2 Solução: 5x −15 = 8x + 4 5x − 8x = 4 +15 − 3x = 19 3x = −19 −19 x= 3 5. b d Determinação do termo desconhecido de uma proporção Exemplo 1 Determine o valor de x na proporção: 5 15 = 8 x Solução: 5. dizemos que d é a quarta proporcional em a.x = 120 120 x= 5 x = 24 (aplicando a propriedade fundamental) Logo. 3 5 . Exemplo 2 Determine o valor de x na proporção: x −3 4 1 = .( x − 3) = 4.( 2 x + 1) (aplicando a propriedade fundamental) Logo.

Demonstração Considere as proporções: a c = b d b d = a c Adicionando 1 a cada membro obtemos: a c +1 = +1 b d a b c d + = + b b d d a +b c +d = b d b d +1 = +1 a c b a d c + = + a a c c a +b c +d = a c Exemplo Determine x e y na proporção y = 4 . nessa ordem. o valor de x é 56. a soma dos dois primeiros termos está para o 2º (ou 1º) termo. Solução: x 3 6 . assim como a soma dos dois últimos está para o 4º (ou 3º). uma proporção. 35 e x formam.35 5x = 280 280 5 x = 56 x = Logo. sabendo que x + y = 84. Determine o valor de x.Os números 5. Propriedades das proporções Propriedade I Numa proporção. Solução: 5 35 = 8 x (aplicando a propriedade fundamental) 5. 8.x = 8.

Demonstração Considere as proporções: a c = b d b d = a c Subtraindo 1 a cada membro obtemos: a c −1 = −1 b d a b c d − = − b b d d a −b c −d = b d b d −1 = −1 a c b a d c − = − a a c c a −b c − d = a c Exemplo: Sabendo-se que x – y = 18 determine x e y na proporção y = 2 . Solução: Pela 2ª propriedade temos que: x 5 x − y = 18 ⇒ x = 18 + y ⇒ x = 18 + 12 ⇒ x = 30 Logo. x = 36 e y = 48. assim como a diferença dos dois últimos está para o 4º (ou 3º). x = 30 e y = 12. 7 . Propriedade II Numa proporção.Assim: x + y = 84 ⇒ x = 84 − y ⇒ x = 84 − 48 ⇒ x = 36 Logo. a diferença dos dois primeiros termos está para o 2º (ou 1º) termo.

igual a de suas idades é 48 anos. nessa ordem. A soma 7 P + L = 48 (I) e P 5 = (II) L 7 propriedade das proporções múltiplas obtemos. uma ração. Pedro tem 20 anos e Luis tem 28 anos. daí P = 20 e L = 28 5 7 Logo. finalmente obtemos: a+c c a = = b+d d b Exemplo: As idades de Pedro e Luis formam. obtemos: a+c b+d = c d Permutando os meios. temos: a b = c d Aplicando a 1ª propriedade. Qual a idade dessas pessoas? Solução algébrica: P: idade de Pedro L: idade de Luis Dessa forma. a soma dos antecedentes está para a soma dos conseqüentes. Demonstração Considere a proporção: a c = b d Permutando os meios. Aplicando-se a 5 7 5 . assim como cada antecedente está para o seu conseqüente. Propriedade IV 8 . segue-se 5 7 5 + 7 12 P L = 4 e = 4. P L P + L 48 = = = = 4 .Propriedade III Numa proporção. observe que (II) pode ser escrito P L = .

Demonstração Considere a proporção: a c = b d Permutando os meios. a diferença dos antecedentes está para a diferença dos conseqüentes. Demonstração Considere a proporção: 9 . 5 7 Propriedade V Numa proporção.Numa proporção.b = -24 determinem a e b na proporção Solução: Pela 4ª propriedade. o produto dos antecedentes está para o produto dos consequentes. temos que: a b = . finalmente obtemos: a −c c a = = b−d d b Exemplo Sabendo que a . assim como o quadrado de cada antecedente está para quadrado do seu conseqüente. obtemos: a −c b −d = c d Permutando os meios. temos: a b = c d Aplicando a 2ª propriedade. assim como cada antecedente está para o seu conseqüente.

sabendo que x + y = 90.Multiplicando os dois membros por a . 5 4 y x = .y = 12. Exemplo: Atividades 1) Em uma sala há 30 mulheres e 40 homens.A 7 x 3 5) A soma de dois números é 96 e eles são proporcionais aos números 5 e 3. sabendo que x . uma razão. b) 3 = y . temos: b Assim: Observação: a 5ª propriedade pode ser estendida para qualquer número de razões. a b = . e) 6 5 x 5 7 x x 1 d) 10 . sabendo-se que x + y = 28 4) As idades de Pedro e Luiz formam. c) y = 4 . Qual a razão entre o número de mulheres e o número pessoas? 2) Qual o valor de x abaixo? x 6 = 5 30 3) Determinar x e y na proporção y = 4 . Quais são esses números? 6) Aplicando as propriedades. sendo a + b = 108. resolva as proporções: a) y = 2 .b = 15. igual a soma de suas idades é 48 anos. sabendo que x + y = 80. nessa ordem. Qual a idade dessas pessoas? 5 . sendo a .

a velocidade. a produção também triplica. Por exemplo: em uma corrida de "quilômetros contra o relógio". as grandezas são o tempo e a produção. As grandezas podem ter suas medidas aumentadas ou diminuídas. 8 5 2 7) Num dia de futebol. No dia-a-dia existem situações em que relacionamos duas ou mais grandezas. a superfície. Nesse caso. as torcidas do Santos e do Corinthias compareceram no estádio na razão de 3 para 4. Observe que: Quando duplicamos o tempo. Aqui as grandezas são a velocidade e o tempo. maior será a produção de ferro. Grandezas diretamente proporcionais Um forno tem sua produção de ferro fundido de acordo com a tabela abaixo: Tempo (minutos) 5 10 15 20 Produção (kg) 100 200 300 400 Observe que uma grandeza varia de acordo com a outra. contado. menor será o tempo gasto nessa prova. sabendo que x + y + z = 90. quanto maior for a velocidade. Num forno utilizado para a produção de ferro fundido comum. quanto maior for o tempo de uso. a capacidade. a produção também duplica. o custo e a produção. o comprimento.f) y z x = = . 5 min ----> 100 kg 10 min ----> 200 kg Quando triplicamos o tempo. 5 min ----> 100 Kg 15 min ----> 300 Kg Assim: Duas grandezas variáveis dependentes são diretamente proporcionais quando a razão entre os valores da 1ª grandeza é igual à razão entre os valores correspondentes da 2ª 11 . o tempo. Essas grandezas são variáveis dependentes. quantos eram os Santistas? Grandezas Proporcionais Entendemos por grandeza tudo aquilo que pode ser medido. Alguns exemplos de grandeza: o volume. a massa. Dado que a lotação nesse dia foi de 77 000 torcedores.

5 m/s ----> 200s 20 m/s ----> 50s Assim: Duas grandezas variáveis dependentes são inversamente proporcionais quando a razão entre os valores da 1ª grandeza é igual ao inverso da razão entre os valores correspondentes da 2ª.5 50 Observe que uma grandeza varia de acordo com a outra. Essas grandezas são variáveis dependentes. o tempo fica reduzido à metade. conforme a tabela abaixo Velocidade (m/s) 5 8 10 16 20 Tempo (s) 200 125 100 62. Grandezas inversamente proporcionais Um ciclista faz um treino para a prova de "1000 metros contra o relógio". um tempo correspondente. assim. 12 . Verifique na tabela que a razão entre dois valores de uma grandeza é igual ao inverso da razão entre os dois valores correspondentes da outra grandeza. 5 m/s ----> 200s 10 m/s ----> 100s Quando quadruplicamos a velocidade. o tempo fica reduzido à quarta parte. mantendo em cada volta uma velocidade constante e obtendo. Observe que: Quando duplicamos a velocidade.Verifique na tabela que a razão entre dois valores de uma grandeza é igual à razão entre os dois valores correspondentes da outra grandeza.

Aumentando-se essa área para 1. Devemos. uma lancha com motor movido a energia solar consegue produzir 400 watts por hora de energia. (II) Identificar se as grandezas são diretamente ou inversamente proporcionais.2 m2. Montando a proporção e resolvendo a equação temos: 13 .5 Energia (Wh) 400 x Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x (2ª coluna).2 1. Como as palavras (aumentando . Observe que: aumentando a área de absorção. determinar um valor a partir dos três já conhecidos. Exemplos: 1) Com uma área de absorção de raios solares de 1.3 Regra de três simples Regra de três simples é um processo prático para resolver problemas que envolvam quatro valores dos quais conhecemos três deles. (III) Montar a proporção e resolver a equação. podemos afirmar que as grandezas são diretamente proporcionais .5 m2.aumenta ) correspondem. qual será a energia produzida? Solução: montando a tabela: Área (m2) 1. colocamos outra seta no mesmo sentido (para baixo) na 1ª coluna. a energia solar aumenta.2. Passos utilizados numa regra de três simples: (I) Construir uma tabela. agrupando as grandezas da mesma espécie em colunas e mantendo na mesma linha as grandezas de espécies diferentes em correspondência. Assim. portanto.

o tempo desse percurso seria de 2. Em quanto tempo faria esse mesmo percurso. Como as palavras são contrárias (aumentando .Logo. Atividades 1) Diga se é diretamente ou inversamente proporcional: a) Número de pessoas em um churrasco e a quantidade (gramas) que cada pessoa poderá consumir. a energia produzida será de 500 watts por hora. Montando a proporção e resolvendo a equação temos: Logo. Assim. podemos afirmar que as grandezas são inversamente proporcionais . o tempo do percurso diminui. c) Número de erros em uma prova e a nota obtida. faz um determinado percurso em 3 horas. colocamos outra seta no sentido contrário (para cima) na 1ª coluna. Tempo (h) 3 x Observe que: aumentando a velocidade. b) A área de um retângulo e o seu comprimento. sendo a largura constante. se a velocidade utilizada fosse de 480 km/h? Solução: montando a tabela: Velocidade (Km/h) 400 480 Identificação do tipo de relação: Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x (2ª coluna). 14 .diminui). 2) Um trem.5 horas ou 2 horas e 30 minutos. deslocando-se a uma velocidade média de 400Km/h.

Durante a viagem ocorreram imprevistos que antecipam o fim de semana. Quanta volta dará em 13 minutos? 6) Em uma viagem foi levada certa quantidade de alimentos para um número de participantes. 2) Um automóvel fez 120 km com 10 litros de gasolina. Quanto a essa mesma torneira levará para encher um tanque com 1 800 litros de água? 5) Uma roda dá 200 voltas em 25 minutos. Em relação às grandezas envolvidas no problema (alimentos x participantes) e à situação em questão. Quantos litros de gasolina consumirá esse automóvel para percorrer 200 km? 3) Um ônibus com velocidade 60 Km/h percorre a distância entre duas cidades em 3 horas. 12 metros mais curta.00. c) São diretamente proporcionais e sobrará alimento. custou R$ 528. quantos caminhões serão necessários para descarregar 125m3? Solução: montando a tabela. Que tempo levará se aumentar a velocidade média para 90 Km/h? 4) Uma torneira despeja 15 litros de água por minuto. podemos dizer que: a) São inversamente proporcionais e faltará alimento. 7) Um comerciante comprou duas peças de um mesmo tecido. as grandezas de espécies diferentes que se correspondem: 15 . Quanta volta terá dado a menor quando a maior der 10 voltas? 2. Em 5 horas. e) São diretamente proporcionais e não sobrará alimento. d) São diretamente proporcionais e faltará alimento. colocando em cada coluna as grandezas de mesma espécie e. direta ou inversamente proporcionais.d) Número de operários e o tempo necessário para eles construírem uma casa. Quanto media a mais comprida? 8) Duas rodas dentadas estão engrenadas uma na outra. 20 caminhões descarregam 160m3 de areia.00 enquanto a outra. A mais comprida custou R$ 660. Exemplos: 1) Em 8 horas. A menor delas tem 12 dentes e a maior tem 78 dentes.4 Regra de três composta A regra de três composta é utilizada em problemas com mais de duas grandezas. e) Quantidade de alimento e o número de dias que poderá sobreviver um náufrago. em cada linha. b) São inversamente proporcionais e sobrará alimento.

Devemos igualar a razão que contém o termo x com o produto das outras razões de acordo com o sentido das setas.Horas 8 5 Caminhões 20 x Volume 160 125 Identificação dos tipos de relação: Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x (2ª coluna). 2) Dois pedreiros levam 9 dias para construir um muro com 2m de altura. Depois. Portanto a relação é inversamente proporcional (seta para cima na 1ª coluna). serão necessários 25 caminhões. A seguir. * Aumentando o volume de areia. Trabalhando 3 pedreiros e aumentando a altura para 4m. Como mostra a figura abaixo: 16 . podemos diminuir o número de caminhões. Observe que: * Aumentando o número de horas de trabalho. Montando a proporção e resolvendo a equação temos: Logo. qual será o tempo necessário para completar esse muro? Inicialmente colocamos uma seta para baixo na coluna que contém o x. devemos aumentar o número de caminhões. Portanto a relação é diretamente proporcional (seta para baixo na 3ª coluna). devemos comparar cada grandeza com aquela onde está o x. colocam-se flechas concordantes para as grandezas diretamente proporcionais com a incógnita e discordante para as inversamente proporcionais.

Montando a proporção e resolvendo a equação temos: Logo. Quantos metros de tecido. em 30 dias. números ou quantidades. a uma velocidade média de 60 km/h? 13) Com certa quantidade de fio. Razão centesimal 17 . Quantas horas levarão 10 torneiras para encher 2 piscinas? 10) Uma equipe composta de 15 homens extrai.00 O cliente recebeu um desconto de 10% em todas as mercadorias. viajando 8 horas por dia. Atividades 9) Três torneiras enchem uma piscina em 10 horas. Se for aumentada para 20 homens. uma fábrica produz 5400m de tecido com 90 cm de largura em 50 minutos. Significa que em cada R$100 foi dado um desconto de R$10. trabalhando 8 horas por dia. Alguns exemplos: A gasolina teve um aumento de 15% Significa que em cada R$100 houve um acréscimo de R$15.00 Dos jogadores que jogam no Grêmio. para completar o muro serão necessários 12 dias. sempre tomando por base 100 unidades. em quantos dias conseguirão extrair 5. Quanto tempo levará uma turma de 16 operários. com 1 metro e 20 centímetros de largura.5 Porcentagem É freqüente o uso de expressões que refletem acréscimos ou reduções em preços. gastam 18 dias para construir um muro de 300m. 90 são craques. trabalhando 9 horas por dia. Quantas horas por dia ele deveria viajar para entregar essa carga em 20 dias. 90% são craques.6 toneladas de carvão.6 toneladas de carvão? 11) Vinte operários. a uma velocidade média de 50 km/h. para construir um muro de 225m? 12) Um caminhoneiro entrega uma carga em um mês. Significa que em cada 100 jogadores que jogam no Grêmio. seriam produzidos em 25 minutos? 2. 3.

ele vendeu 25 cavalos. Calcular 25% de 200kg. Quantos cavalos ele vendeu? Para solucionar esse problema devemos aplicar a taxa percentual (50%) sobre o total de cavalos. 16% e 125% são chamadas taxas centesimais ou taxas percentuais. Considere o seguinte problema: João vendeu 50% dos seus 50 cavalos. 18 . Alguns exemplos: Podemos representar uma razão centesimal de outras formas: As expressões 7%. transformando em gols 8% dessas faltas. Logo.Toda a razão que tem para consequente o número 100 denomina-se razão centesimal. Logo. Exemplos: Calcular 10% de 300. Quantos gols de falta esse jogador fez? Portanto o jogador fez 6 gols de falta. ao longo de um campeonato. cobrou 75 faltas. EXERCÍCIOS: 1) Um jogador de futebol. 50kg é o valor correspondente à porcentagem procurada. que representa a porcentagem procurada.

Portanto. onde somando os R$250. qual a taxa percentual de lucro obtida? Montamos uma equação.00 e a revendi por R$300. a taxa percentual de lucro foi de 20%.2) Se eu comprei uma ação de um clube por R$250.00 iniciais com a porcentagem que aumentou em relação a esses R$250. resulte nos R$300.00.00. 19 .00.