You are on page 1of 4

Valores:

É a partir da condição humana é que os valores adquirem relevância.São eles que garantem o sentido de esperança, sucitam solidariedade e estabelecem regras de consciência. Como as culturas se revelam plurais, torna-se difícil definir o que são valores,pois os valores presentes numa cultura não necessariamente são considerados em outra, podendo inclusive ser entendidos como contra-valores, emergindo a necessidade de alguns parâmetros.

Liberdade: Liberdade, em filosofia, designa de uma maneira negativa, a ausência de submissão, de servidão e de determinação, isto é, ela qualifica a independência do ser humano. De maneira positiva, liberdade é a autonomia e a espontaneidade de um sujeito racional. Isto é, ela qualifica e constitui a condição dos comportamentos humanos voluntários.

Igualdade: Igualdade é a inexistência de desvios ou incongruências sob determinado ponto de vista, entre dois ou mais elementos comparados, sejam objetos, indivíduos, idéias, conceitos ou quaisquer coisas que permitam que seja feita uma comparação.

Solidariedade:A solidariedade é uma virtude eminentemente cristã que pratica a partilha dos bens espirituais mais ainda que dos materiais. A solidariedade se manifesta antes de mais nada na distribuição dos bens e na remuneração do trabalho. Supõe também o esforço em favor de uma ordem social mais justa, na qual as tensões possam ser mais bem resolvidas e os conflitos encontrem mais facilmente sua solução por consenso.

Tolerância : A tolerância, do latim tolerare (sustentar, suportar), é um termo que define o grau de aceitação diante de um elemento contrário a uma regra moral, cultural, civil ou física.

Do ponto de vista da sociedade, a tolerância define a capacidade de uma pessoa ou grupo social de aceitar, noutra pessoa ou grupo social, uma atitude diferente das que são a norma no seu próprio grupo. Numa concepção moderna é também a atitude pessoal e comunitária face a valores diferentes daqueles adotados pelo grupo de pertença original.

O conceito de tolerância se aplica em diversos domínios:

Tolerância social: atitude de uma pessoa ou de um grupo social diante daquilo que é diferente de seus valores morais ou de suas normas. Tolerância civil: discrepância entre a legislação e sua aplicação e impunidade. Tolerância segundo Locke : «parar de combater o que não se pode

mudar».

Tolerância religiosa: atitude respeitosa e convivial diante das confissões de fé diferentes da sua.

Tolerância farmacológica ou medicamentosa: diminuição da responsividade a um fármaco, ou seja, a diminuição do efeito farmacológico com a administração repetida da substância.

Tolerância técnica: margem de erro aceitável (ver Tolerância (engenharia)), ou capacidade de resistência a uma força externa.

Tolerância: em gestão de riscos constitui o nível de risco aceitável normalmente definido por critérios pré-estabelecidos.

Esses valores são muito importantes para nossa vida, pois sem esses valores não há organização em sociedade.

mudar». Tolerância religiosa: atitude respeitosa e convivial diante das confissões de fé diferentes da sua. Tolerância

A importância da tecnologia na vida das pessoas:

No inicio dos tempos o homem primitivo não mantinha contato algum com a tecnologia, no entanto não devemos esquecer que foi este que deu os primeiros passos para as grandes descobertas tecnológicas que detemos hoje.

Devido a grande necessidade e curiosidade dos homens estes vem,ao longo dos tempos,fazendo descobertas espetaculares e fundamentais para nossa vida.O homem primitivo por exemplo descobriu o fogo e através desta descoberta muitas outras vieram a tona como a energia elétrica e etc.As quais se tornaram fundamentais para a sobrevivência do homem moderno no mundo.

No entanto o grande marco do desenvolvimento tecnológico foi o avanço no meio da comunicação e da informação ,pois no inicio os já citados homens primitivos,usavam símbolos para se comunicar já que não detinham conhecimento algum de linguagens.

Estes símbolos,tempos depois,tornara-se linguagens e fundamentais para para comunicação entre povos"mais desenvolvidos",no entanto surgiu uma outra necessidade,pois não havia como povos distantes se comunicarem a longa distância por um curto período de tempo,foram criados,então,os meios de comunicação como os rádios e logo depois os tefelones e outros meios.

Hoje através das grandes descobertas e aperfeiçoamentos nestas áreas,pessoas trocam informações,que antes levavam dias ou até meses,em questão de segundos independente da distância que se encontram.

A Internet,por sua vez,é a grande responsável atualmente por tal rapidez e esta troca imediata de informações proporcionou e proporciona enormes melhorias para a vida das pessoas.Não esquecendo é claro,que os avanços tecnologicos podem trazer,também, malefícios para algumas pessoas,as quais não sabem usar adequadamente estas tão preciosas descobertas.

Então,vivemos na era da comunicação e da informação e devemos saber usufruir o que isto tem de bom para nos oferecer,pois hoje já é costumeiro dizermos e ouvirmos dizer que não conseguimos mais viver sem tecnologia pois no mundo moderno tudo depende dela.