You are on page 1of 60

1. DESCRIÇÃO Esta folha transmite a Revisão 04 do Boletim de Serviço 110-53-0022.

NOTA: Esta revisão constitui uma reedição completa do Boletim. 2. AÇÃO ADICIONAL As aeronaves que cumpriram este Boletim pelas suas edições anteriores não necessitam de ação adicional. 3. SEQÜÊNCIA DE REVISÕES Edição original: 12/09/1986. Revisão 01: 25/08/1989. Revisão 02: 20/02/1990. Revisão 03: 01/07/1991. Revisão 04: 15/10/2002. 4. RESUMO ASSUNTO/PÁGINA 1.1 EFETIVIDADE/ 01 a 03 1.2 MOTIVO/ 03 1.3 DESCRIÇÃO – PRAZO DE CUMPRIMENTO/ 04 e 05 1.4 APROVAÇÃO/ 05 1.5 MÃO DE OBRA ESTIMADA/ 06 1.6 MATERIAL – PREÇOS E DISPONIBILIDADE/ 06 1.8 PESO E BALANCEAMENTO/ 07 1.9 REFERÊNCIAS/ 07 2. PROCESSAMENTO/ 08 a 12 3. MATERIAL/ 13 a 15 FIGURA 1/ 16 e 17 FIGURA 2/ 18 a 24 FIGURA 3/ 25 a 30 FIGURA 4/ 31 a 36 DESCRIÇÃO DA MUDANÇA Modificado o texto. Modificado o texto e adicionado o motivo da Revisão 04. Modificados os textos. Modificado o texto. Dividida em partes. Modificado o texto. Modificado o texto. Modificadas as referências. Modificados os textos. Modificada a lista de material, o texto e as notas. Modificadas as notas e a tabela. Modificadas as instruções e as ilustrações. Modificadas as instruções e as ilustrações. Modificadas as instruções e as ilustrações. B. S. Nº: 110-53-0022 PÁGINA: 1 de 2

ASSUNTO/PÁGINA FIGURA 5/ 37 e 38 FIGURA 6/ 39 a 44 FIGURA 7/ 45 e 46 FIGURA 8/ 47 e 48 FIGURA 9/ 49 a 56 FIGURA 10/ 57 e 58 5. LISTA DE PÁGINAS EFETIVAS Página 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 Data 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 Revisão 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04

DESCRIÇÃO DA MUDANÇA Modificadas as instruções e as ilustrações. Modificadas as instruções e as ilustrações. Criada nova figura. Criada nova figura. Criada nova figura. Criada nova figura.

Página 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58

Data 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002 15/10/2002

Revisão 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04 04

B. S. Nº: 110-53-0022 PÁGINA: 2

.

FUSELAGEM – INSPEÇÕES QUANTO À TRINCAS NAS FERRAGENS DE FIXAÇÃO DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL

1. PLANEJAMENTO 1.1 EFETIVIDADE 1.1.1 “PARTE I” - INSPEÇÃO DAS FERRAGENS ANTIGAS Aeronaves afetadas: MODELO EMB-110( ) – BANDEIRANTE NS 110001 a 110141, 110143 a 110146, 110148, 110149, 110152, 110153, 110156, 110157, 110160, 110161, 110164, 110165, 110168 a 110170, 110172 a 110178, 110180, 110181, 110183, 110184, 110186, 110187, 110189, 110190, 110192 a 110359, 110361 a 110473, 110475 a 110482, 110484 a 110486, 110490, 110494, 110496, 110498, equipadas com os componentes afetados.

Componentes afetados: Ferragens de fixação do estabilizador horizontal PN 4A-3140-05, PN 4A-314008, PN 4A-3140-09, PN 4A-3140-15, PN 4A-3140-17, PN 4A-3140-18, PN 4A3140-19, PN 4A-3140-20, PN 4A-3140-23, PN 4A-3140-24, PN 4A-1411-1003, PN 4A-1411-10-04, PN 4A-1411-10-24, PN 4A-1411-10-25, PN 110-141107-29, PN 110-1411-07-33, PN 110-1411-07-34, PN 110-3101-14, PN 1103101-17, PN 110-3101-21 e PN 110-3101-24.

DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 – 15/10/2002

B. S. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 1 de 58

110183. 110490. B.1. PN 4A-314008. 110164. 110189. PN 110-3101-21 e PN 110-3101-24. 110172 a 110178.: 04 . PN 1103101-17. 110148. 110161. 110172 a 110178.2 “PARTE II” – SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS Aeronaves afetadas: MODELO EMB-110( ) – BANDEIRANTE NS 110001 a 110141. 110189. 110160. 110192 a 110359. 110165. Componentes afetados: Ferragens de fixação do estabilizador horizontal PN 4A-3140-05. PN 4A-3140-18. 110184. 110161. PN 4A-1411-10-24. 110484 a 110486.15/10/2002 . 110168 a 110170. 110190. PN 4A-1411-10-04. PN 110-3101-14. 110143 a 110146. 110192 a 110359.1. 110490. 110187. 110494. 110153. PN 4A-3140-23. 110153. 110164. 1.. 110183. 110186. PN 4A3140-19.INSPEÇÃO PERIÓDICA APÓS A SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS Aeronaves afetadas: MODELO EMB-110( ) . No. PN 4A-3140-15. 110157. 110152. 110496.“PARTE III” . 110181. 110149. 110143 a 110146. 110165. 110496. S. 110484 a 110486. 110498. 110190. 110498. 110475 a 110482. 110152. 110168 a 110170. 110156. 110361 a 110473. PN 4A-1411-10-25. 110157. PN 4A-1411-1003. equipadas com os componentes afetados. 110186. PN 110-1411-07-33. 110475 a 110482. 110184. 110149. 110361 a 110473. PN 110-141107-29. PN 4A-3140-09. 110187. PN 110-1411-07-34. equipadas com os componentes afetados. 110156. PN 4A-3140-17. 110180. 110181. 1. 110160. PN 4A-3140-24.: 110-53-0022 PÁGINA: 2 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.3 “PARTE III” .BANDEIRANTE NS 110001 a 110141. 110494. 110148. PN 4A-3140-20. 110180.

. coluna PN SUBSTITUIÇÃO) inspecionáveis conforme o P. incluir tarefas do “Manual de Prevenção de Corrosão” como referência para inspecionar as ferragens e atualizar a forma de apresentação do boletim. REVISÃO 01: Para revisar o texto.2 MOTIVO Foram reportados casos de trincas nas ferragens de fixação do estabilizador horizontal. as providências estabelecidas no boletim alerta são aqui neste boletim alteradas e complementadas. FOLHA 06 DE 06). REVISÃO 03: Para revisar o texto. Tornar as ferragens de substituição (tabela I.M. A introdução de novos PN’s de ferragens para substituir as ferragens antigas visa melhorar as características de resistência à corrosão sob tensão com o emprego de ligas de alumínio 2024-T851 e 7050T73651. referentes à fixação do estabilizador com diedro de 10 graus. 110/( )-6 e a O. exceto as ferragens antigas citadas na “PARTE I” deste boletim. coluna PN ANTIGO. DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. 1.T.: 110-53-0022 PÁGINA: 3 . acrescentar notas nas figuras.1C95( )-6. Componentes afetados: Todas as ferragens de fixação do estabilizador horizontal. Por este motivo foi emitido o BSA110-053-A22 (emitido em 06/04/1984). o que ocorrer primeiro. No.: 04 – 15/10/2002 B. acrescentar a figura 6 e novos PN’s na tabela I. seguida de troca. S. submetendo as ferragens afetadas a uma única inspeção. corrigir PN na FIGURA 1 e acrescentar método de identificação da ferragem da caverna 33 (FIGURA 4A. e no caso das ferragens PN 110-3100-03/04 é melhorada consideravelmente a resistência à fadiga modificando-se o raio de concordância para 8 mm de ambos os lados do olhal.2 – nota e FIGURA 4A). dividir o boletim em partes. REVISÃO 04: Para revisar textos e figuras. causados por corrosão sob tensão ou por fadiga. REVISÃO 02: Para tornar o boletim aplicável exclusivamente às ferragens listadas na tabela I. Introduzir método de identificação das referidas ferragens (passo 2. Reunir as “PARTES I e II”. Para melhor controle do problema. a cada 3600 ou 2 anos.

1. 1.3.1 DESCRIÇÃO A “PARTE I” deste boletim consiste de inspeção visual quanto à corrosão e pelo método de líquidos penetrantes quanto à trincas.2.: 04 . B.3.15/10/2002 . Para obter acesso à área inspecionada é necessária a remoção do cone de cauda. de acordo com a tabela mostrada na FIGURA 1 deste boletim. no máximo.: 110-53-0022 PÁGINA: 4 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. carenagens e peças de fixação do estabilizador horizontal. carenagens e peças de fixação do estabilizador horizontal.PN ANTIGO da tabela mostrada na FIGURA 1 deste boletim.2 PRAZO DE CUMPRIMENTO A inspeção descrita na “PARTE I” deste boletim deve ser cumprida dentro das próximas 300 horas de operação ou 2 meses. aplicáveis às ferragens de fixação do estabilizador horizontal listadas na coluna . Para obter acesso à área onde estão localizadas as ferragens.1..2 PRAZO DE CUMPRIMENTO A modificação descrita na “PARTE II” deste boletim deve ser executada. é necessária a remoção do cone de cauda. dentro das próximas 900 horas de operação ou 6 meses. o que ocorrer primeiro.3.2.1 DESCRIÇÃO A modificação descrita na “PARTE II” deste boletim consiste na substituição das antigas ferragens de fixação do estabilizador horizontal (coluna PN ANTIGO) por novas ferragens (coluna PN SUBSTITUIÇÃO). No.3.2 “PARTE II” – SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS 1.1 “PARTE I” .INSPEÇÃO DAS FERRAGENS ANTIGAS 1. 1.3. 1. S.3.1. o que ocorrer primeiro.3 DESCRIÇÃO – PRAZO DE CUMPRIMENTO 1.

todas as demais ferragens de fixação do estabilizador horizontal existentes também devem ser inspecionadas de acordo com esta “PARTE III”.3.: 110-53-0022 PÁGINA: 5 . carenagens e peças de fixação do estabilizador horizontal.INSPEÇÃO PERIÓDICA APÓS A SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS 1. após substituição das ferragens. Os operadores que executarem a inspeção das ferragens de acordo com a “PARTE III” da Revisão 04 deste boletim. a fim de obter uma extensão do prazo de 2 anos ou 3600 horas para 3 anos ou 3600 horas.. Com exceção das ferragens antigas citadas na “PARTE I” deste boletim. DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. 1. No.2 PRAZO DE CUMPRIMENTO Após substituição das ferragens.: 04 – 15/10/2002 B.3. 1.4 APROVAÇÃO Os aspectos técnicos deste boletim são aprovados por: CTA/IFI – Divisão de Homologação Aeronáutica. Para obter acesso à área inspecionada é necessária a remoção do cone de cauda.3. 1. Para execução destas inspeções deve ser consultado o “Manual de Prevenção de Corrosão” (TAREFAS 53-J e 55-D). e não encontrarem corrosão ou trinca durante as duas últimas inspeções.3 “PARTE III” . Este pedido deverá ser técnicamente suportado pela EMBRAER. S.3.tabela da FIGURA 1). as inspeções periódicas descritas na “PARTE III” deste boletim devem ser cumpridas a cada 2 anos ou 3600 horas. o que ocorrer primeiro. conforme os critérios do “Manual de Prevenção de Corrosão” (TAREFAS 53-J e 55-D).3.1 DESCRIÇÃO A “PARTE III” deste boletim consiste de inspeções periódicas aplicáveis às novas ferragens de fixação do estabilizador horizontal (mostradas na coluna PN SUBSTITUIÇÃO . poderão solicitar às autoridades uma AMOC (Alternative Means of Compliance) para o cumprimento da DA 8404-01R6.

0 homens-hora.3 Aplicável a “PARTE III” .0 homens-hora. 1.2 Aplicável a “PARTE II” .Desmontagem: 2. No.: 04 . 1.Montagem: 2. .0 homens-hora.5 MÃO DE OBRA ESTIMADA 1. .Montagem: 2. B. . .0 homens-hora.0 homens-hora.Desmontagem: 2.Inspeção: 4.0 homens-hora.Teste: Não aplicável.7 FERRAMENTAL – PREÇO E DISPONIBILIDADE Não aplicável.5. 1.6 MATERIAL – PREÇOS E DISPONIBILIDADE As ferragens necessárias para a substituição das peças afetadas.Teste: Não aplicável NOTA: O tempo estimado não inclui o tempo de cura dos selantes.0 homens-hora.Desmontagem: 2.: 110-53-0022 PÁGINA: 6 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. MATERIAL.5.1 Aplicável a “PARTE I” . citadas no item 3. devem ser requisitadas à EMBRAER como peças de reposição.Inspeção: 4.0 homens-hora.0 homens-hora. . .Teste: Não aplicável 1.Montagem: 2. . S.15/10/2002 .5. não são fornecidas através de KIT. . 1..Modificação: 10. .

– 110/1625 – “Manual de Prevenção de Corrosão” – TAREFAS 53-J e 55-D. 1EMB-110( )-4-1 . III e IV.8 PESO E BALANCEAMENTO . No.10PUBLICAÇÕES AFETADAS O. O. 1C95( )-3 – “Manual de Reparos Estruturais” – Seção III. O. 1.C.“Catálogo Ilustrado de Peças” – Avião em Geral. 1. 1( )95( )-4-1 – “Catálogo Ilustrado de Peças” – Avião em Geral.: 04 – 15/10/2002 B. T. T. 1.: 110-53-0022 PÁGINA: 7 . T. . DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. M. 1C95( )-3 – “Manual de Reparos Estruturais” – Seção I.P.9 REFERÊNCIAS O.Variação de momento básico: Desprezível. T. S..Variação de peso básico: Desprezível.

B. 2. prossiga a partir do item (c) abaixo. Siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. 2. rejeite a ferragem afetada.3 Inspecione as ferragens de fixação do estabilizador horizontal quanto à corrosão de acordo com o “Manual de Prevenção de Corrosão”.1. 2. os limites de retrabalho são fornecidos pelo “Manual de Reparos Estruturais” – Seção III – Grupo da Empenagem. Consulte a tabela da FIGURA 1 – coluna PN ANTIGO.5. para inspecionar e retrabalhar os furos dos olhais das ferragens. Prossiga a partir do passo 2. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo).1.1.1. S. PROCESSAMENTO Os passos abaixo dão as instruções gerais de processamento.15/10/2002 . TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). Consulte a figura 3 para observar os valores limites de remoção de material. retrabalhe a ferragem afetada para remove-la. como aplicável.e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . do passo “A” ao “D” “D(2)(b)4”. para os operadores que ainda não tenham cumprido a “PARTE I” das edições anteriores deste boletim. (1) Se for detectada corrosão.: 04 .Inspeção e Reparo). do passo “A” ao “D(b)3.2 Identifique a ferragem sob inspeção observando suas características na FIGURA 2. observe qual é a nova ferragem que deverá ser instalada em seu lugar consultando a tabela da FIGURA 1 (PN SUBSTITUIÇÃO) e instale-a conforme a FIGURA 6 ou FIGURA 7.1 Aplicável a “PARTE I” – INSPEÇÃO DAS FERRAGENS ANTIGAS NOTA: Lembre-se que esta inspeção aplica-se somente às ferragens antigas. (a) Se o material removido no retrabalho estiver dentro dos valores permissíveis.: 110-53-0022 PÁGINA: 8 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No caso da ferragem da caverna 33. do passo “D(b)4” até “D(b)12”. (b) Se for ultrapassado algum valor limite para remoção de corrosão.Inspeção e Reparo). As instruções detalhadas são dadas como notas nas figuras.1 Certifique-se de que a aeronave encontra-se em condições de segurança para manutenção e de que o interruptor “SELETOR BATERIA” esteja na posição DESL. No.. 2. 2. do passo “D(b)5” até “D(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 .

1. A figura 3 apresenta os valores limites para remoção de corrosão dos furos. siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. inspecione a região dos furos e a região entre a aba e a base quanto à trincas de acordo com o passo 2. ao retrabalhar os furos.Caso sejam detectadas trincas. Consulte o “Manual de Reparos Estruturais” . (c) Com as buchas removidas dos olhais das ferragens. . DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. do passo “D(b)5” até “D(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 .Inspeção e Reparo). Caso os valores limites não sejam ultrapassados. No.Seção III . instale as ferragens retrabalhadas conforme mostra a FIGURA 4 ou FIGURA 5.. . próximas ao raio de concordância. Observe qual é a nova ferragem que deverá ser instalada em seu lugar consultando a tabela da FIGURA 1 (PN SUBSTITUIÇÃO) e instale-a conforme mostra a FIGURA 6 ou a FIGURA 7. do passo “D(b)4” até “D(b)12”. como aplicável. inspecione a região dos furos e a região entre a aba e a base quanto à trincas de acordo com o passo 2.4. Tabela 3-1 e tabela 3-2. como aplicável. Antes de montar as buchas.4 Inspecione as ferragens quanto à trincas pelo método de líquido penetrante. antes de instalar as buchas nas ferragens.Caso contrário. Solicite-as à assistência técnica da EMBRAER. A FIGURA 8 mostra as regiões das ferragens susceptíveis à trincas. 2.: 04 – 15/10/2002 B. . As buchas devem ser retrabalhadas nas faces laterais até igualarem as faces laterais das ferragens.Inspeção e Reparo).Se for detectada corrosão e forem ultrapassados os valores limites. (2) Caso não seja detectada corrosão nas ferragens e nos furos das mesmas. S.Grupo da Empenagem. Dê especial atenção às regiões entre a aba e a base das ferragens. de acordo com as instruções do “Manual de Reparos Estruturais” – Seção I (I-31) – Generalidades.1. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). serão utilizadas as buchas originais. caso necessário. inspecione os furos para detectar corrosão e retrabalhe-os. susceptíveis à trincas por fadiga e a região dos olhais susceptíveis à trincas por corrosão sob tensão. Ao montar as ferragens.4. a ferragem deverá ser descartada e substituída por uma ferragem de novo PN .1. do passo “D(b)4” até “D(b)12”. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). instale buchas sobremedida.: 110-53-0022 PÁGINA: 9 . do passo “D(b)5” até “D(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . parágrafo 3-18. Ao montar as ferragens.

2. 2. 2. 2. No.2. os operadores que ainda não o tenham feito pelas edições anteriores deste boletim. S. (PN SUBSTITUIÇÃO).4 Substitua as ferragens de acordo com a FIGURA 9 ou FIGURA 10. B.INSPEÇÃO PERIÓDICA APÓS A SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS NOTA: Lembre-se que estas inspeções são quanto às condições gerais e são aplicáveis às novas ferragens de fixação do estabilizador horizontal.2. 2.1 Certifique-se de que a aeronave encontra-se em condições de segurança para manutenção e de que o interruptor “SELETOR BATERIA” esteja na posição DESL. Compreende as ferragens mostradas na coluna PN SUBSTITUIÇÃO da tabela da FIGURA 1 e todas as demais ferragens existentes.15/10/2002 .1. Siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”.: 110-53-0022 PÁGINA: 10 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.2 Identifique os PNs das antigas ferragens a serem substituídas observando suas características na FIGURA 2. com exceção das ferragens antigas citadas na coluna PN ANTIGO.2. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). 2..2.: 04 .3.3 “Aplicável a “PARTE III” .1 Certifique-se de que a aeronave encontra-se em condições de segurança para manutenção e de que o interruptor “SELETOR BATERIA” esteja na posição DESL.6 Registre a aplicação da “PARTE I” deste boletim nos documentos aplicáveis. passo “D(b)1” e “D(b)3” até “D(b)12”.2. 2.2.3 Consulte a tabela da FIGURA 1 para localizar os PNs das novas ferragens. 2. passo “D(2)(b)1” e “D(2)(b)4” até “D(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 Inspeção e Reparo).1. 2.5 Recomponha a aeronave ao normal. 2. como aplicável.5 Recomponha a aeronave ao normal. 2.6 Registre a aplicação da “PARTE II” deste boletim nos documentos aplicáveis.2 “Aplicável a “PARTE II” – SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS NOTA: Somente deverão aplicar a “PARTE II” para substituir as ferragens antigas.

rejeite a ferragem afetada. Siga os procedimentos do “Corrosion Prevention Manual”.5.3. No caso da ferragem da caverna 33.: 110-53-0022 PÁGINA: 11 . (a) Se o material removido no retrabalho estiver dentro dos valores permissíveis. do passo “D(2)(b)5” até “D(2)(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . “Manual de Prevenção de Corrosão”.Inspeção e Reparo). parágrafo 3-18. Consulte o “Manual de Reparos Estruturais” – Seção III – Grupo da Empenagem. etc) de acordo com o “Manual de Prevenção de Corrosão”. trincas. até passo “D(2)(b)3”. caso necessário. No. Consulte a figura 3 para observar os valores limites de remoção de material. Tabela 3-1 e tabela 3-2. (1) Se for detectada corrosão. observe qual é a nova ferragem que deverá ser instalada em seu lugar consultando a tabela da FIGURA 1 (PN SUBSTITUIÇÃO) e instale-a conforme a FIGURA 6 ou na FIGURA 7. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). (c) Com as buchas removidas dos olhais das ferragens. prossiga a partir do item (c) abaixo. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). (b) Se for ultrapassado algum valor limite para remoção de corrosão. desmonte e retrabalhe a ferragem afetada para remover a corrosão. DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. do passo “D(2)(b)4” até “D(2)(b)12”. passo “E”. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo).Inspeção e Reparo). 2.: 04 – 15/10/2002 B. Siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. para inspecionar e retrabalhar os furos dos olhais das ferragens. como aplicável. inspecione-as quanto às condições gerais (corrosão. os limites de retrabalho são fornecidos pelo “Manual de Reparos Estruturais” – Seção III – Grupo da Empenagem. S.e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . passo “E”. Prossiga a partir do passo 2. inspecione os furos para detectar corrosão e retrabalhe-os.Inspeção e Reparo).. A figura 3 apresenta os valores limites para remoção de corrosão dos furos.1. até passo “D(2)(b)4” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 .2 Sem desmontar as ferragens de fixação do estabilizador horizontal.

antes de instalar as buchas nas ferragens. 2. As buchas devem ser retrabalhadas nas faces laterais até igualarem as faces laterais das ferragens. como aplicável.Inspeção e Reparo).Inspeção e Reparo). . No.3.Caso contrário.3. do passo “D(2)(b)5” até “D(2)(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . instale as ferragens retrabalhadas conforme mostra a FIGURA 4 ou a FIGURA 5.3. S. do passo “D(2)(b)4” até “D(2)(b)12”.5 Registre a aplicação da “PARTE III” deste boletim nos documentos aplicáveis. instale buchas sobremedida.Se for detectada corrosão e forem ultrapassados os valores limites. inspecione a região dos furos e a região entre a aba e a base quanto à trincas de acordo com o passo 2.4 Recomponha a aeronave ao normal.: 04 . a ferragem deverá ser descartada e substituída por uma ferragem de novo PN.3. próximas ao raio de concordância. . TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”.3. . Solicite-as à assistência técnica da EMBRAER. 2. do passo “D(2)(b)5” até “D(2)(b)20” e TAREFA 53-J (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal na Caverna 33 . Caso os valores limites não sejam ultrapassados.3. serão utilizadas as buchas originais. Ao montar as ferragens. Antes de montar as buchas. como aplicável. de acordo com as instruções do “Manual de Reparos Estruturais” – Seção I (I-31) – Generalidades. ao retrabalhar os furos. B. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). siga os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”.. 2. do passo “D(2)(b)4” até “D(2)(b)12”. A FIGURA 8 mostra as regiões das ferragens susceptíveis à trincas. de acordo com o passo 2. Ao montar as ferragens.3 Inspecione as ferragens quanto à trincas pelo método de líquido penetrante. inspecione a região dos furos e a região entre a aba e a base quanto à trincas. Observe qual é a nova ferragem que deverá ser instalada em seu lugar consultando a tabela da FIGURA 1 (PN SUBSTITUIÇÃO) e instale-a conforme mostra a FIGURA 6 ou a FIGURA 7.Caso sejam detectadas trincas. (2) Caso não seja detectada corrosão nas ferragens e nos furos das mesmas. Dê especial atenção às regiões entre a aba e a base das ferragens.15/10/2002 .3. susceptíveis à trincas por fadiga e a região dos olhais susceptíveis à trincas por corrosão sob tensão.: 110-53-0022 PÁGINA: 12 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.

Diant 01 01 3 Ferragem/Caverna 36 01 01 3 Ferragem/Caverna 36 01 01 3 Ferragem/Caverna 33 110-1411-07-29 ou 110-1411-07-33 ou 110-1411-07-34 Ferragem/Long. Tras Ferragem/Long. Tras. Diant. 110-3100-04 Ferragem/Long. S.. Tras 4A-3140-05 ou 4A-3140-17 ou 4A-3140-23 4A-3140-15 ou 4A-3140-18 ou 4A-3140-24 4A-3140-08 ou 4A-3140-19 4A-3140-09 ou 4A-3140-20 4A-1411-10-03 ou 4A-1411-10-24 4A-1411-10-04 ou 4A-1411-10-25 01 01 3 01 01 3 110-3100-07 or 110-3140-21 110-3100-08 or 4A-3140-22 110-1411-10-29 or 4A-1411-10-26 110-1411-10-30 or 4A-1411-10-27 110-1411-07-35 or 110-1411-07-36 Ferragem/Long. 3.: 04 – 15/10/2002 B. 01 01 3 Ferragem/Long. de acordo com a lista abaixo PN NOVO DESCRIÇÃO PN ANTIGO QTD QTD DISP KIT USADA 110-3100-03 Ferragem/Long. Ferragem/Long. 110-3101-24 110-3101-14 110-3101-17 110-3101-21 01 01 01 01 01 01 01 01 01 01 3 3 3 3 3 110-3102-17 or 110-3101-54 110-3102-18 or 110-3101-55 110-3102-19 or 110-3101-56 110-3102-20 or 110-3101-57 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. Diant. No. Tras Ferragem/Long. Diant.: 110-53-0022 PÁGINA: 13 . MATERIAL O material necessário para o cumprimento deste boletim não é fornecido através de KIT e deve ser solicitado a EMBRAER como peça de reposição.

: 110-53-0022 PÁGINA: 14 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.15/10/2002 .: 04 . S. No. PN NOVO DESCRIÇÃO PN ANTIGO QTD QTD DISP KIT USADA H14-8 MS21042L4 MS21042L4 MS21042L5 AN960-416 AN960-416L NAS1149F0563P AN960-516L AN960-816 AN960-816L 110-0003-10-09 MS21250-08-014 NAS6204-6 NAS6205-9 NAS6205-12 NAS6205-16 NAS464P4A5 NAS464P4A6 NAS464P4A8 AN3-6A AN4-6A AN5-12A AN3-13A PE21002-4 A-7 HL22-5-3 HL22-5-4 Porca Porca Porca Porca Arruela Arruela Arruela Arruela Arruela Arruela Arruela Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Pino Rebite Rebite H14-8 MS21042L4 H14-4 MS21042L5 AN960-416 AN960-416L AN960-516 AN960-516L AN960-816 AN960-816L 110-0003-10-09 MS21250-08-014 NAS6204-6 NAS6205-9 NAS6205-12 NAS6205-16 NAS464P4A5 NAS464P4A6 NAS464P4A8 AN3-6A AN4-6A AN5-12A AN3-13A PE21002-4 A-7 HL-2277-5-3 HL-2277-5-4 04 24 04 36 28 16 16 32 04 04 04 04 04 08 08 04 02 04 06 04 04 08 08 04 60 20 04 24 04 36 28 16 16 32 04 04 04 04 04 08 08 04 02 04 06 04 04 08 08 04 44 14 7 7 3 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 7 3 3 B..

.
PN NOVO DESCRIÇÃO PN ANTIGO QTD QTD DISP KIT USADA

HL77-5 HST22-6-6 HST22-6-8 HST77DU-6

Colar Rebite Rebite Colar

HL-2277-6-6 HL-2277-6-8 -

80 30 10 40

58 20 06 26

2 3 3 2

DISPOSIÇÃO: 2 = Incorpore a peça de PN NOVO. 3 = Substitua a peça de PN ANTIGO pela peça de PN NOVO. 7 = Substitua por peça de mesmo PN.. NOTA: 1) Os materiais de consumo ou descartáveis apresentados nas tarefas referentes a este boletim, necessárias para sua execução, devem ser adquiridas do estoque do operador.

DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 – 15/10/2002

B. S. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 15

.
PN ANTIGO (INSPEÇÃO 300 HORAS OU 2 MESES. SUBSTITUIR APÓS 900 HORAS OU 6 MESES) 4A-3140-05 4A-3140-15 4A-3140-17 4ª-3140-18 4A-3140-23 4A-3140-24 4A-1411-10-03 4A-1411-10-04 4A-1411-10-24 4A-1411-10-25 4A-3140-08 4A-3140-09 4A-3140-19 4A-3140-20 110-1411-07-29 110-1411-07-33 110-1411-07-34 110-3101-14 110-3101-24 110-3101-17 PN PN SUBSTITUIÇÃO SUBSTITUIÇÃO (INSPECIONAR NOTA MAIS INDICADO NOTA A CADA 2 (INSPECIONAR A ANOS OU 3600 CADA 2 ANOS HORAS.) OU 3600 HORAS.)

LOCAL

NOTA

LONG TRAS – EH LONG TRAS– EH LONG TRAS– EH LONG TRAS– EH LONG TRAS– EH LONG TRAS– EH CAV. 36 CAV. 36 CAV. 36 CAV. 36 LONG DIANT-EH LONG DIANT– EH LONG DIANT–EH LONG DIANT- EH CAV. 33 CAV. 33 CAV. 33 LONG TRAS–EH LONG TRAS–EH LONG DIANT–EH LONG DIANT–EH

(1) (1) (1) (1) (3) (3) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1),(7) (1) (1) (1) (2),(7) (2),(7) (2),(7),(8)

110-3100-03 110-3100-04 110-3100-03 110-3100-04 110-3100-03 110-3100-04 4A-1411-10-26 4A-1411-10-27 4A-1411-10-26 4A-1411-10-27 4A-3140-21 4A-3140-22 4A-3140-21 4A-3140-22 110-1411-07-35 110-1411-07-35 110-1411-07-35 110-3101-55 110-3101-54 110-3101-56

(5) (5) (5) (5) (5) (5) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (3) (4) (4) (4),(8)

110-3100-03 110-3100-04 110-3100-03 110-3100-04 110-3100-03 110-3100-04 110-1411-10-29 110-1411-10-30 110-1411-10-29 110-1411-10-30 110-3100-07 110-3100-08 110-3100-07 110-3100-08 110-1411-07-36 110-1411-07-36 110-1411-07-36 110-3102-18 110-3102-17 110-3102-19

(5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (5) (6) (6) (6),(8) (6),(8)

110-3101-21 (2),(7),(8) 110-3101-57 (4),(8) 110-3102-20 FIGURA 1: TABELA PARA SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 01 DE 02)

B. S. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 16

DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 - 15/10/2002

. NOTAS: 1) PN de liga 2024-T351 – Estabilizador plano. 2) PN de liga 2024-T351 – Estabilizador com diedro 100. 3) PN de liga 2024-T851 – Estabilizador plano. 4) PN de liga 2024-T851 – Estabilizador com diedro 100. 5) PN de liga 7050-T73651 – Estabilizador plano. 6) PN de liga 7050-T73651 – Estabilizador com diedro 100. 7) Peças em estoque do operador em perfeito estado de conservação podem ser utilizadas desde que sejam submetidas a envelhecimento artificial (condição final T851) conforme especificação MIL-H-6088, com prévia remoção das buchas e proteção superficial. Após envelhecimento, recomponha as ferragens ao normal. Certifique-se que a remoção das buchas não causou qualquer dano e reinstale-as na ferragem, aplicando selante de interface espec. MIL-S-81733 Tipo IV-12, no diâmetro externo das mesmas. Consulte o “Manual de Reparos Estruturais”, Seções I e III, como aplicável. Reidentifique as ferragens consultando a figura 2. 8) Sempre que for necessária a substituição, a mesma bucha espaçadora PN 110-3101-01 removida da ferragem original pode ser reutilizada, desde que não apresente qualquer anormalidade.

FIGURA 1: TABELA PARA SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 02 DE 02)

DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 – 15/10/2002

B. S. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 17

: 110-53-0022 PÁGINA: 18 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 04 .15/10/2002 . S. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 01 DE 07) B. 1. No. Identifique qual ferragem está sendo inspecionada de acordo com as características mostradas nas tabelas e nas figuras.

. S.: 04 – 15/10/2002 B. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 02 DE 07) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 110-53-0022 PÁGINA: 19 . No.

S.15/10/2002 . No.: 04 ..: 110-53-0022 PÁGINA: 20 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 03 DE 07) B.

: 110-53-0022 PÁGINA: 21 .: 04 – 15/10/2002 B. No. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 04 DE 07) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.. S.

: 04 .: 110-53-0022 PÁGINA: 22 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.15/10/2002 . No. S.. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 05 DE 07) B.

FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 06 DE 07) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 – 15/10/2002 B.: 110-53-0022 PÁGINA: 23 .. No. S.

: 04 .15/10/2002 . No. FIGURA 2: CARACTERÍSTICAS PARA IDENTIFICAÇÃO DAS FERRAGENS (FOLHA 07 DE 07) B. S..: 110-53-0022 PÁGINA: 24 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.

deste boletim. Retrabalhe as ferragens para remoção da corrosão.3 do item 2. Se for ultrapassado qualquer destes limites.: 110-53-0022 PÁGINA: 25 .1. FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 01 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. Caso contrário. PROCESSAMENTO. 1. Veja passo 2.: 04 – 15/10/2002 B.. S. observando os limites para remoção de material mostrados na figura. No. deverá ser reinstalada a ferragem retrabalhada. a ferragem deverá ser substituída por uma nova ferragem.

No. S.: 110-53-0022 PÁGINA: 26 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 .15/10/2002 . FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 02 DE 06) B..

No.: 04 – 15/10/2002 B. FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 03 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 110-53-0022 PÁGINA: 27 . S.

: 04 .15/10/2002 .: 110-53-0022 PÁGINA: 28 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No.. S. FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 04 DE 06) B.

.: 110-53-0022 PÁGINA: 29 .: 04 – 15/10/2002 B. No. FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 05 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. S.

: 110-53-0022 PÁGINA: 30 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. S.: 04 .15/10/2002 . No. FIGURA 3: TOLERÂNCIAS PARA REMOÇÃO DE CORROSÃO NAS FERRAGENS (FOLHA 06 DE 06) B..

mostrados na FOLHA 04 DE 06. porcas e arruelas. Aplique o torque final às porcas de fixação da ferragem (A).Aplique o torque de aperto de 175-190 lb. mostrada na FOLHA 02 DE 06 e FOLHA 03 DE 06 desta figura. S.Folgas inferiores a 0.in (60-80 Kg. para aplicação de selantes para proteção das ferragens e dos elementos de fixação.. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). como descrito abaixo: .8 mm) para folgas de 0. No caso da ferragem (A).8 mm não necessitam de arruelas.: 04 – 15/10/2002 B. 1. Instale a ferragem retrabalhada. . 2.6 mm) e arruelas PN AN960-816L (espessura de 0. No.in (202-219 Kg. Proceda a regulagem das folgas entre as ferragens e os elos de ligação. 5.cm) às porcas dos elos de ligação. NOTA: Execute os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. Pré-monte os elos de ligação (B) sobre a ferragem existente (C).8 a 2. Movimente os elos (B) encaixando-os na ferragem retrabalhada. de 50-70 lb.in (60-80 Kg.4 mm. FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 01 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.cm) às porcas de fixação das ferragens. Aplique o torque de aperto de 5070 lb. . 3.: 110-53-0022 PÁGINA: 31 .Utilize as arruelas PN AN960-816 (espessura de 1.cm). 4. não dê aperto final às porcas de fixação. utilizando novos elementos de fixação (parafusos.

. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 32 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 02 DE 06) B.15/10/2002 . S.: 04 .

FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 03 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.. S.: 110-53-0022 PÁGINA: 33 . No.: 04 – 15/10/2002 B.

S. FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 04 DE 06) B. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 34 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 04 .15/10/2002 .

: 110-53-0022 PÁGINA: 35 . FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 05 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 04 – 15/10/2002 B. S. No.

FIGURA 4: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS (FOLHA 06 DE 06) B. No.15/10/2002 .. S.: 110-53-0022 PÁGINA: 36 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 .

1. S. FIGURA 5: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS NA CAVERNA 33 (FOLHA 01 DE 02) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 04 – 15/10/2002 B. porcas. mostrados na figura. Reinstale a ferragem retrabalhada. No. arruelas e “Hi-Locks”). utilizando novos elementos de fixação (parafusos.: 110-53-0022 PÁGINA: 37 .

: 110-53-0022 PÁGINA: 38 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. S.: 04 . FIGURA 5: INSTALAÇÃO DAS FERRAGENS RETRABALHADAS NA CAVERNA 33 (FOLHA 02 DE 02) B. No.15/10/2002 ..

No caso da ferragem (A). Movimente os elos (B) encaixando-os na ferragem retrabalhada. como descrito abaixo: . No.. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). utilizando novos elementos de fixação (parafusos. 5.Aplique o torque de aperto de 175-190 lb. de 50-70 lb.4 mm. . Transfira a furação da ferragem antiga que foi removida anteriormente para a nova ferragem.Utilize as arruelas PN AN960-816 (espessura de 1.: 110-53-0022 PÁGINA: 39 .: 04 – 15/10/2002 B. 2.8 mm) para folgas de 0. FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 01 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. 3.Folgas inferiores a 0. . 6.in (60-80 Kg.cm). S. mostrada na FOLHA 02 DE 06 e FOLHA 03 DE 06 desta figura. 4. para aplicação de selantes para proteção das ferragens e dos elementos de fixação.in (202-219 Kg. NOTA: Execute os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. não dê aperto final às porcas de fixação.8 mm não necessitam de arruelas. 1.cm) às porcas dos elos de ligação. Aplique o torque final às porcas de fixação da ferragem (A).6 mm) e arruelas PN AN960-816L (espessura de 0. porcas e arruelas. Proceda a regulagem das folgas entre as ferragens e os elos de ligação. mostrados na FOLHA 04 DE 06.8 a 2.cm) às porcas de fixação das ferragens. Instale a ferragem retrabalhada. Pré-monte os elos de ligação (B) sobre a ferragem existente (C). Aplique o torque de aperto de 5070 lb.in (60-80 Kg.

S.. No.15/10/2002 .: 04 . FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 02 DE 06) B.: 110-53-0022 PÁGINA: 40 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.

S..: 04 – 15/10/2002 B.: 110-53-0022 PÁGINA: 41 . FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 03 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No.

: 04 . S. No.15/10/2002 ..: 110-53-0022 PÁGINA: 42 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 04 DE 06) B.

FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 05 DE 06) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No.: 04 – 15/10/2002 B.: 110-53-0022 PÁGINA: 43 . S..

. FIGURA 6: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS (FOLHA 06 DE 06) B. No.: 04 . S.: 110-53-0022 PÁGINA: 44 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.15/10/2002 .

: 110-53-0022 PÁGINA: 45 .. arruelas e “Hi-Locks”). S. FIGURA 7: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS NA CAVERNA 33 (FOLHA 01 DE 02) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. porcas. No. mostrados na figura. 1. Instale a nova ferragem.: 04 – 15/10/2002 B. utilizando novos elementos de fixação (parafusos.

S. FIGURA 7: INSTALAÇÃO DAS NOVAS FERRAGENS NA CAVERNA 33 (FOLHA 02 DE 02) B.15/10/2002 .: 110-53-0022 PÁGINA: 46 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No..: 04 .

1. instalada na longarina traseira de estabilizadores horizontais plano (diedro 0 0) por ter sido a única que apresentou trinca por fadiga. de forma a mostrar a razão da mesma e a correção efetuada. S. No. FIGURA 8: REGIÕES DAS FERRAGENS SUSCEPTÍVEIS À TRINCAS (FOLHA 01 DE 02) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 110-53-0022 PÁGINA: 47 . NOTA: A figura mostra uma ferragem de fixação PN 4A típica.: 04 – 15/10/2002 B.. Inspecione as regiões assinaladas na figura (válido para todas as ferragens) pelo método de líquidos penetrantes.

15/10/2002 .. S. FIGURA 8: REGIÕES DAS FERRAGENS SUSCEPTÍVEIS À TRINCAS (FOLHA 02 DE 02) B. No.: 110-53-0022 PÁGINA: 48 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 .

utilizando novos elementos de fixação (parafusos.8 a 2. mostrados na FOLHA 04 DE 06. Instale a ferragem retrabalhada.cm) às porcas de fixação das ferragens. não dê aperto final às porcas de fixação. 7. 6.: 04 – 15/10/2002 B.in (202-219 Kg. para aplicação de selantes para proteção das ferragens e dos elementos de fixação. porcas e arruelas. Pré-monte os elos de ligação (B) sobre a ferragem existente (C)..8 mm não necessitam de arruelas. No.8 mm) para folgas de 0. Movimente os elos (B) encaixando-os na ferragem retrabalhada. NOTA: Execute os procedimentos do “Manual de Prevenção de Corrosão”. 1. . Aplique o torque final às porcas de fixação da ferragem (A).Utilize as arruelas PN AN960-816 (espessura de 1.in (60-80 Kg.Aplique o torque de aperto de 175-190 lb. S. como mostra a figura. Remova e rejeite as ferragens antigas bem como seus elementos de fixação. 4. No caso da ferragem (A).cm).cm) às porcas dos elos de ligação. Transfira a furação das ferragens antigas que foram removidas anteriormente para as novas ferragens. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 01 DE 08) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. Aplique o torque de aperto de 5070 lb.: 110-53-0022 PÁGINA: 49 .4 mm. como descrito abaixo: . de 50-70 lb. 3. 5. 2.in (60-80 Kg. .6 mm) e arruelas PN AN960-816L (espessura de 0. TAREFA 55-D (Ferragem de Fixação do Estabilizador Horizontal/Fuselagem – Inspeção e Reparo). mostrada na FOLHA 02 DE 06 e FOLHA 03 DE 06 desta figura.Folgas inferiores a 0. Proceda a regulagem das folgas entre as ferragens e os elos de ligação.

: 04 .15/10/2002 .. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 02 DE 08) B. S.: 110-53-0022 PÁGINA: 50 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No.

: 04 – 15/10/2002 B..: 110-53-0022 PÁGINA: 51 . FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 03 DE 08) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. No. S.

: 110-53-0022 PÁGINA: 52 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 04 DE 08) B.. S.: 04 .15/10/2002 . No.

: 04 – 15/10/2002 B. S. No. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 05 DE 08) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No..: 110-53-0022 PÁGINA: 53 .

No.: 110-53-0022 PÁGINA: 54 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.15/10/2002 . FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 06 DE 08) B.: 04 . S..

: 110-53-0022 PÁGINA: 55 . No. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 07 DE 08) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. S..: 04 – 15/10/2002 B.

15/10/2002 . No. S. FIGURA 9: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DO ESTABILIZADOR HORIZONTAL (FOLHA 08 DE 08) B.: 110-53-0022 PÁGINA: 56 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No.: 04 ..

2. No. Remova e rejeite a ferragem antiga da caverna 33 bem como seus elementos de fixação. porcas..: 110-53-0022 PÁGINA: 57 . 1. FIGURA 10: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DA CAVERNA 33 (FOLHA 01 DE 02) DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. Instale a nova ferragem utilizando novos elementos de fixação (parafusos. como mostra a figura.: 04 – 15/10/2002 B. mostrados na figura. arruelas e “Hi-Locks”). S.

: 110-53-0022 PÁGINA: 58 DATA: 12/09/1986 REVISÃO No. S. No.15/10/2002 .. FIGURA 10: SUBSTITUIÇÃO DAS FERRAGENS DA CAVERNA 33 (FOLHA 02 DE 02) B.: 04 .