You are on page 1of 4

ESCOLA
SECUNDÁRIA
SÁ
DE
MIRANDA
 Matriz
do
6º
teste
 12º
5/9

 Maio
2009


Grupo
I
–
 Grupo
II
–
 resposta
 aberta


Tema


Capitulo


Objectivos


escolha
 multipla


Funções
exponenciais
e
logarítmicas
 • Função
exponencial
de
base
superior
a
um;
crescimento
exponencial;
estudo
das
 propriedades
analíticas
e
gráficas
da
família
de
funções
definidas
por:
 



f(x)
=
ax
com
a>1.
 • Função
logarítmica
de
base
superior
a
um;
estudo
das
propriedades
analíticas
e
 gráficas
da
família
de
funções
definidas
por:
 



f(x)
=
loga
x
com
a>1.
 • Regras
operatórias
de
exponenciais
e
logaritmos.
 • Utilização
de
funções
exponenciais
e
logarítmicas
na
modelação
de
situações
 reais.
 


Interpretar
gráfica
e
analiticamente
as
propriedades
das
 funções:









‐
exponencial
 






‐
logarítmica
 • • • Aplicar
 as
 regras
 operatórias
 sobre
 exponenciais
 e
 logaritmos.
 Resolver
 problemas
 envolvendo
 funções
 exponenciais
 e
 logarítmicas.
 Interpretar
 fenómenos
 descritos
 por
 funções
 2
questões
 
 
 
 exponenciais
e
logarítmicas.
 1
questão
 • • • • • Calcular
limites
de
funções.
 Usar
as
regras
operatórias
sobre
limites.
 Levantar
indeterminações.
 Determinar
equações
de
rectas
assíntotas.
 Estudar
a
continuidade
de
uma
função.
 
 


2


Teoria
de
limites
 • Limite
de
funções
segundo
Heine.

 • Propriedades
operatórias
sobre
limites
notáveis
(informação).
 • 
Indeterminações.

 • Assíntotas.

 • Continuidade.
 Cálculo
Diferencial
 • Funções
deriváveis.
Regras
de
derivação
(demonstração
da
regra
da
soma
e
do
 produto:
informação
das
restantes
regras).
Derivadas
de
funções
elementares
 (informação
baseada
em
intuição
numérica
e
gráfica).

Teorema
da
derivada
da
 função
composta
(informação).
 • Segundas
derivadas
e
concavidades
(informação
baseada
em
intuição

Fernanda Carvalhal

• • • •

Calcular
derivadas.
 Estudar
funções
usando
derivadas.
 Localizar
o
desenvolvimento
do
Cálculo
diferencial
na
 história
da
Matemática.
 Resolver
problemas
usando
funções.


1

Matriz
6º
teste



 geométrica).
 • Estudo
de
funções
em
casos
simples.


2008/09


 


• Integração
do
estudo
do
Cálculo
Diferencial
num
contexto
histórico.
 • Problemas
de
optimização.
 


3


Trigonometria
 • Estudo
intuitivo
com
base
no
círculo
trigonométrico,
tanto
a
partir
de
um
gráfico
 particular,
como
usando
calculadora
gráfica
ou
computador.


Indicar
características
de
funções
trigonométricas
(sinal,
 zeros,
monotonia,
paridade,
período,
continuidade,
 extremos,
gráfico,…)


sen
x • Estudo
intuitivo
do
 lim 


 x→0 x 

• Derivadas
do
seno,
co‐seno
e
tangente.
 • Utilização
de
funções
trigonométricas
na
modelação
de
situações
reais.


• • •

Calcular
limites
aplicando
o
 lim 
 x→0

sen
x 

 x

Derivar
funções
trigonométricas.
 Resolver
problemas
envolvendo
funções
 trigonométricas.


Números
complexos
 • Introdução
elementar
de
problemas
de
resolubilidade
algébrica
e
do
modo
como
 se
foram
considerando
novos
números.
Apropriação
de
um
modo
de
 desenvolvimento
da
Matemática,
através
da
evolução
do
conceito
fundamental
de
 número.
Experimentação
da
necessidade
de
i,
à
semelhança
da
aceitação
da
 necessidade
dos
números
negativos
e
fraccionários.
 • Números
complexos.
O
número
i
.
O
conjunto
C
dos
números
complexos.
 • A
forma
algébrica
dos
complexos.
Operações
com
complexos
na
forma
algébrica.
 • Representação
de
complexos
na
forma
trigonométrica.
 



Escrita
de
complexos
nas
duas
formas,
passando
de
uma
para
a
outra.
 



Operações
com
complexos
na
forma
trigonométrica.
 



Interpretações
geométricas
das
operações.
 Domínios
planos
e
condições
em
variável
complexa


• • • • • • • •

Operar
com
números
complexos
na
forma
algébrica.
 Calcular
raízes
quadradas
de
um
número
real
negativo.
 Interpretar
geometricamente
o
produto
de
um
número
 complexo
z
por
i
e
por..
–i.
 Converter
a
forma
algébrica
na
trigonométrica
e
vice‐ versa.
 Operar
com
complexos
na
forma
trigonométrica.
 Representar
geometricamente
as
n
raízes
de
índice
n
de
 um
complexo.
 Resolver
equações
simples.
 Identificar
domínios
planos
definidos
por
condições
em
 z,

com

z ∈ 
 1
questão
 4
questões


Fernanda
Carvalhal


2


Matriz
6º
teste

 1

Análise
Combinatória



• •

2008/09


Resolver
problemas
de
contagem,
utilizando
tabelas,
 diagramas
em
árvore,
etc.
 Utilizar
as
fórmulas
do
Cálculo
Combinatório
para
 simplificar
e
organizar
melhor
as
contagens.
 Demonstrar/utilizar
as
propriedades
nCp
=
nCn‐p
e
nCp
+

nCp+1
=
n+1Cp‐1


• Arranjos
completos,
arranjos
simples,
permutações
e
combinações.
 • Triângulo
de
Pascal.
 • Binómio
de
Newton.
 


• •

Desenvolver
potências
de
um
binómio
(Binómio
de
 Newton)
 Aplicar
as
fórmulas
do
Cálculo
Combinatório
na
 determinação
de
probabilidades.



 Introdução
ao
cálculo
de
probabilidades
 • Experiência
aleatória;
conjunto
de
resultados;
acontecimentos.
 • Operações
sobre
acontecimentos.
 • Aproximações
conceptuais
para
Probabilidade:
 



‐
aproximação
frequencista
de
probabilidade;
 ‐
definição
clássica
de
probabidade
ou
de
Laplace;
 • definição
axiomática
de
probabilidade
(caso
finito);
propriedades
da
 probabilidade.
 • Probabilidade
condicionada
e
independência;
probabilidade
da
intersecção
de
 acontecimentos.
Acontecimentos
independentes.

 
 ‐ • 
 

Fernanda
Carvalhal


• • • • • • •

Descrever
e/ou
identificar
experiências
aleatórias.
 Determinar
o
espaço
amostral
de
uma
experiência
 aleatória.
 Calcular
a
probabilidade
de
um
acontecimento.
 Distinguir
acontecimentos
independentes
de
 acontecimentos
dependentes.
 Verificar
as
propriedades
da
axiomática
aplicadas
aos
 vários
conceitos
de
probabilidade.
 Aplicar
as
propriedades
das
operações
com
 acontecimentos.
 Resolver
problemas:
 ‐ Partindo
de
jogos,
actividades…,
seleccionar
 e
estruturar
os
dados
importantes
para
 organizar
o
raciocínio
dos
alunos.
 Criando
estratégicas
de
contagem
–
modelos
 para
conduzir
à
solução.
 Explicar
raciocínios,
usando
correctamente
a
linguagem
 específica
das
probabilidades.

 3
questões
 3
questões


3


Matriz
6º
teste

 
 Nota:
O
teste
contemplará
toda
a
matéria
desde
o
inicio
do
ano.
Assim:
 • • •

2008/09


Quer
no
grupo
I
quer
no
grupo
II
haverá
questões
dos
três
temas:
Funções
III,
Trigonometria
e
Complexos,
e,
Análise
 combinatória
e
Probabilidades
(aproximadamente
35%
para
o
tema
1,
25%
para
o
tema
2
e
40%
para
o
tema
3)
 Poderão
existir
questões
que
relacionem
os
vários
temas.
 Uma
das
questões
do
grupo
II
envolverá

raciocínios
demonstrativos
e
outra
uma
composição.


.


Fernanda
Carvalhal


4