You are on page 1of 8

Ano II — edição XII

Julho de 2013

Apoio

LUTO
O informativo F5 Vital externa a tristeza de seus idealizadores e, em nome da Escola Dep. Vital de Mendonça, consternada neste momento, lamenta profundamente a súbita perda do Profº. Pedro Paes — coordenador do projeto Jovem Cidadão — funcionário do turno vespertino desta instituição de ensino.

Editorial
NESTA EDIÇÃO:
Saudamos a todos os nossos leitores e colaboradores, neste momento em que as nossas atividades se aprimoram. Esta edição do F5 Vital foi mais uma vez produzida por um grupo de novos estagiários (alunos da escola Vital de Mendonça). Para nós, isso tem fundamental importância, haja vista a expansão da prática da escrita e da leitura de modo significativo. A partir deste número, o jornal do Vital passará também a informar os acontecimentos principais da Coordenadoria Regional de Educação de Itacoatiara — CREI, numa parceria firmada pelo próprio coordenador das escolas estaduais, que reconhece, dessa forma, a importância deste veículo de informação para o exercício não só da cidadania, mas também dos conceitos que promovem o conhecimento de quem o realiza e de quem o ler. Boa leitura!

Vaias e aplausos Toma lá, dá cá Tá ligado Aconteceu Bem Lembrado Olha rá Especial

2 2 2 3 5 7 8

OPINIÃO:

ital Jornal F5V os n disponível sites :

“Minha pátria despertou do seu mais profundo sono, minha pátria não quer mais dormir no ponto.” p. 02

www.vitaldemendonca.com.br www.pceamazonas.com.br www.facebook.com/f5vital

PARTICIPANTES DO ESTÁGIO DO F5 VITAL (Jucymara Araújo, Dannielly Costa, Kelem Cristina Lopes, Wendell Luís da Silva e Kevelin Karen da Silva).

Por Dentro
VAIAS
“Para aqueles alunos que pegam a merenda da escola somente para desperdiçar, alguns deles pensam que a alimentação escolar é gratuita, mas, ao contrário, ela é paga com o dinheiro dos nossos impostos! Já está na hora de isso acabar, vamos nos policiar, pessoal, e mostrar a nossa educação”

Expansões no F5 Vital
Motivos para comemorações não faltam na redação do informativo da escola Deputado Vital de Mendonça, F5 Vital. A colaboração dos articulistas vem aumentando; a participação de alunos na atividade de estágio de produção do jornal vem melhorando; as ações do Programa Ciência na Escola — PCE em relação ao aprimoramento do jornalismo dentro do ambiente escolar estão ocorrendo a contento, por meio do projeto Faz sentido a gente ler (coordenado pelo editor do F5 Vital); e uma edição especial do F5 Vital já está em fase de aprimoramento e não deve demorar muito para ser implementada na escola. São conquistas que a determinação e a persistência dos integrantes da escola Vital pelo desenvolvimento do exercício da leitura e escrita no âmbito escolar proporciona. Sem dúvida, muitas outras realizações estão para acontecer em favor do trabalho jornalístico da escola Vital de Mendonça. Recentemente, o Coordenador Regional de Educação, Profº. Reinaldo dos Santos concretizou uma parceria com o F5 Vital, visando à divulgação dos fatos relevantes da Coordenadoria Regional de Educação de Itacoatiara. Para tanto, foi escolhida como correspondente do F5 Vital na CREI a professora da escola Vital de Mendonça Iraneth Andrade. É o nosso jornal em expansão! *

APLAUSOS
“Para os alunos que têm procurado a coordenação do jornal F5 Vital para participarem do estágio jornalístico desenvolvido por este veículo impresso de comunicação!” “Para as alunas da escola Vital de Mendonça que ganharam o título de ‘Musa’ em um programa de TV local, Sabrina Deivlen (1° lugar) e Daiany Azevedo (3° lugar). Parabéns meninas!”

To m a l á , d á c á !
Os alunos da 2ª. 02 agradecem as merendeiras da escola Vital de Mendonça pela ótima qualidade da merenda escolar que, após a proibição da venda de lanche no entorno da escola, agora dispõe de um cardápio não só diversificado, mas também muito saboroso! EU PROTESTO!!!
1– “Contra o fechamento dos banheiros no 4° tempo, muitos alunos sentem a necessidade de usá-los nesse horário, já que é após a merenda, no entanto encontram-se fechados.” (Larissa Lima 3° 07) 2- “Contra a falta de manutenção no equipamento de projeção de imagem e vídeo da sala 08. (Profº. Salomão Barros)

TÁ LIGADO?
alunos da e 24 de julho os Entre os dias 18 l de Mendonça: Larissa escola Dep. Vita ão Couto, Gleydson , Jo Tereza Maciel tiveram representando o es a m Li ta is peonato Bat coatiara no Cam município de Ita o. tsu em São Paul Mundial de Jiu-jí to ou C ão Maciel e Jo A dupla Larissa edalha de Bronze! M conquistaram a Parabéns!

Fator pátria.
Chegou a vez de dar vez à voz. Agora é a minha pátria com a cara pintada de verde e amarelo. Chegou a vez das faixas despertarem e irem às ruas. Pátria de miRafael Neves — Pro- lhões enfurecidos fessor de Língua Por- como cães raivotuguesa da escola sos, porém sem qualquer tipo de Vital de Mendonça. anomalia ou contágio. É a minha pátria de chuteiras. Viva Nelson Rodrigues, por essa titulação. Todavia, nesse momento as chuteiras dão lugar às mãos, símbolo do povo unido que jamais será vencido. Pátria minha com fome de justiça. Página 2 Não existe mais coração, existe razão. Não há mais alienação, e sim bom senso. Não há mais ditadura, existe liberdade de expressão. Minha pátria luta por seus ideais, minha pátria luta sem cessar jamais, minha pátria despertou do seu mais profundo sono, minha pátria não quer mais dormir no ponto. Por isso, um ponto a mais a minha pátria amada idolatrada, salve, salve! Aqui declaro um exemplo vivo do radicalismo, sem mais delongas, lenga-lengas ou quaisquer formalismos. Multidões indignadas formam a minha pátria amada. Brasil, um país de todos que acreditam na mudança. Um país de todos que acreditam na abastança, um país de todos que não tolera indiferença, um país de todos contra a corrupção, um país de todos contra a manipulação, um país de todos a favor da união, uma nação de braços-dados por saber usar sua mais possante arma, a voz, que até então andava presa no peito à espera de uma oportunidade e bastou que um filho teu encarasse a luta para inflamar outros milhões em busca de justiça e transparência. Aos governantes, sentados em suas poltronas com decorações de gergelim, ordem e progresso! Honrem o hino nacional e o verde louro de nossa flâmula. Honrem o povo com dignidade. Façam valer o FATOR PÁTRIA sem falsas esperanças. Viva o Brasil! Viva a minha Mãe gentil! E quanto aos “governantes”: Vão pra casa da ética refletir.

F 5 V ¡ T @ L - AT U A L I Z AN D O C O M V O C Ê !

Aconteceu Equipe de Língua Inglesa lança o ‘AMERICAN DAY’.
No dia 17 deste mês, tal idioma tem sido um desafio a equipe de Língua Inglesa para a maioria dos alunos, que da escola Vital de Mendonça em muitos casos concluem o apresentou oficialmente ao ensino médio com poucas habiliF5 Vital o banner de lançadades de uso da língua inglesa mento do novo projeto da em situações reais. escola, o American Day O referido evento, já em fase 2013, com o tema ‘Sing and de execução, realizou inscrições learn’ (cantar e aprender). O dos talentos musicais e coreoobjetivo do projeto é proporgráficos da escola, a fim de cionar ao educando o enrimontar a programação de palco. quecimento de seu vocabuA seleção dos quadros artísticos lário inglês, de forma sutil e está prevista para ser feita no prazerosa, por meio da múpróximo dia 15, com divulgação sica, dança, teatro e leitura, do resultado para o dia 19 de despertando o interesse do Iraneth Andrade, Adriana Rabelo e Meila Lima agosto. — Professoras de Língua Inglesa da escola aluno em relação à cultura As performances inscritas já Vital de Mendonça. norte-americana, como forestão adiantadas com os ensaios ma de motivação à sua permanência no ambiente educacional, instrumentos musicais da escola Vital desde o dia 18 de julho. minimizando a evasão escolar e pro- de Mendonça. O 1° American Day da Escola movendo a interdisciplinaridade enO American Day surgiu do Vital de Mendonça, portanto, ocorretre os conceitos estudados. Além anseio de ajudar os alunos a desper- rá no dia 30 de agosto de 2013, a disso, o projeto visa ainda, arrecadar tarem o interesse pela pronúncia a- partir das 15h, no auditório e no gialimentos para a ação social de fim dequada dos vocábulos e frases do násio poliesportivo da escola, e prede ano da escola. E, através de pa- idioma inglês, utilizando o recurso miará as melhores bandas e coreotrocínios do evento, restaurar alguns musical, visto que a aprendizagem de grafias. *

Coordenador de Educação fala ao F5 Vital.
O informativo F5 Vital esteve com o Coordenador Regional de Educação de Itacoatiara, Profº. Reinaldo dos Santos, a fim de saber da programação da VIII Mostra de Painéis das Escolas Estaduais, que teve sua abertura no último dia 25, na Quadra poliesportiva Herculano Castro e Costa, no Centro de Itacoatiara, iniciando com mais uma carreata da educação e logo após a cerimônia de abertura, a qual contou com a presença do Secretário Estadual de Educação Rossieli Soares e a da Secretária de Educação de Itacoatiara Profª. Ester Araújo. Segundo o coordenador, a Mostra dos Painéis é uma ação da Secretaria de Estado da Educação — SEDUC-AM, que além de mostrar os resultados das ações pedagógicas, também busca planejar interAN O II — E D I Ç ÃO X I I

Profª. Reinaldo Santos — Coordenador Regional de Educação de Itacoatiara. de de visualizar os índices das escolas estaduais, as quais farão a exposição de seus resultados em suas dependências, de acordo com a metodologia escolhida. Lembrando que a rede estadual de educação em Itacoatiara é composta por 15 estabelecimentos de ensino, sendo 13 na área urbana, e mais uma conveniada, a APAE. Em sua fala final, o coordenador enfatizou a importância da sociedade local prestigiar o novo momento da educação em Itacoatiara, e reiterou a parceria da CREI com o informativo F5 Vital, visando à divulgação das principais atividades da coordenadoria regional de educação. *

venções para as problemáticas encontradas no processo educativo. Reinaldo ressalta, ainda, que o município de Itacoatiara respondeu positivamente com os resultados apresentados neste ano. “Nós temos mais alegria neste ano,

porque Itacoatiara deu um salto significativo no processo de construção do conhecimento. (...) Além dos ganhos em relação aos coeficientes pedagógicos, o município tem conseguido realizar uma educação com patamar de frente científica,” esclarece. No dia 29, toda a comunidade itacoatiarense terá a oportunida-

Página 3

Aconteceu

sio poliesportivo da escola. O evento contará não apenas com a participação de todos integrantes da escola e da comunidade em geral, mas também com a presença de autoridades locais e de outras cidades, principalmente do secretário estadual de educação. F5 Vital: O que a escola Vital de Mendonça pode adiantar sobre a sua apresentação?

No próximo dia 29 a escola Dep. Vital de Mendonça fará a exposição de seus índices educacionais, obtidos no ano passado, à comunidade itacoatiarense, durante a programação da VIII Mostra de Painéis, por isso o F5 Vital foi conversar com o gestor da escola Eduardo César para saber um pouco da programação do evento. Acompanhe a entrevista a seguir. F5 Vital: O que é a ‘Mostra de Painéis’ e qual o seu objetivo? Eduardo César: A Mostra de Painéis é uma prestação de contas que todas as escolas do estado realizam sobre as suas ações pedagógicas durante o ano letivo. Esse evento tem como objetivo analisar principalmente os índices de aprovação, reprovação e evasão escolar, paralelo a todos os projetos que aconteceram na escola, além das conquistas e

tudo de positivo que ocorreu. F5 Vital: Quando este evento irá acontecer e quem deverá participar? E. C.: A abertura da ‘Mostra’ será no dia 25/07, mas no dia 29/07, a programação ocorre dentro das próprios estabelecimentos de ensino. A primeira escola a se apresentar será a Vicente

Geraldo de Mendonça Lima, às

7h30min, posteriormente no mesmo dia às 11h, a escola irá disponibilizar 30 minutos para a exibição de seus trabalhos na escola Vital de Mendonça. A apresentação irá acontecer no giná-

E. C.: A escola utilizará recursos audiovisuais, com participação de danças e paródias, por meio das quais os alunos irão explorar seus potenciais artísticos e culturais. A nossa escola, por exemplo, destacará dados como 88, 71% de alunos aprovados em 2012, e mais de 50% de redução no índice de abandono escolar em comparação com o ano anterior. Podem aguardar uma boa surpresa para o público que estiver presente neste Eduardo César — Gestor da dia. * escola Vital de Mendonça.

Serviço de Assistência Social das escolas estaduais.
No dia 19/07, estivemos na Coordenadoria Regional de Educação de Itacoatiara para trazer aos nossos leitores mais informações acerca do serviço de Assistência Social que auxilia nas ações educacionais das escolas estaduais itacoatiarenses. Segundo os assistentes sociais Gisele Santeiro Maciel e Raimundo Pereira da Silva Neto, algumas intervenções são necessárias, no sentido de orientar e encaminhar aos órgãos competentes, haja vista a demanda das problemáticas que interferem no processo educacional, como as questões de indisciplina e transferência de alunos. O trabalho da dupla de assistentes é, evidentemente, orientado pela legislação em vigor, particularmente o Estatuto da Criança e do Adolescente — ECA. Gisele Maciel destacou, de modo geral, alguns dados de um levantamento, realizado por ela no início de 2013, que ainda persistem no ambiente escolar. “Elaboramos um questio-

administrativo), as questões mais alarmantes, como a gravidez na adolescência e DSTs, além dos esclarecimentos sobre os direitos e deveres da criança e do adolescente, e ainda o uso do aparelho celular na sala de aula” ,

Página 4

nário que pontuava, (na visão do pedagogo, do gestor, do

ressaltou Gisele. Ainda conforme a análise da assistente social, a sociedade vive em um novo momento, em que a liberdade está aflorada, acha-se que “pode tudo”, porém não se sabe lidar muito bem com isso. Gisele Maciel enfatizou, respaldada na legislação, que há a necessidade de um trabalho em conjunto, especialmente com a participação da família, que é a principal parceira da escola na formação do educando. A equipe de assistentes sociais apresentou também o seu calendário de atividades, o qual está organizado desta forma: segunda-

Gisele Maciel e Raimundo da Silva Neto — Assistentes sociais da CREI. feira (visitas técnicas), terça e quarta (atendimentos sociais), quinta (palestras pré-agendadas pelas escolas) e sexta-feira (planejamento interno). Finalmente, a Assistente Social Gisele se despediu, reafirmando à juventude a importância do interesse, do foco e do objetivo para galgar o melhor para a sua vida, já que as oportunidades são dadas, por isso devem ser aproveitadas da melhor maneira. *

F 5 V ¡ T @ L - AT U A L I Z AN D O C O M V O C Ê !

Bem Lembrado
Prazer pela leitura.
A arte de “prender” as palavras.
É claro que regularmente encontram-se ótimas justificativas para tal atitude, mas, por outro lado, a sua real eficiência passa logo a ser questionada no momento em que se torna um mecanismo único e prioritário da composição escrita. Em outras palavras, a aplicação de modelos ou

No ultimo dia 17, o jornal `F5 Vital´ esA tarefa de teve com os alunos da 2ª série (turma 05) da escola Vital de Mendonça, Aline Kamila Ribei- transferir para o ro, Ewerton Rebouças e Lucas Gama, para papel, ou para outro saber a opinião deles referente às atividades material parecido, as

palavras que seriam ditas verbalmente tem sido ainda um desafio muito grande para a maioria das pessoas. Porém, desenvolver um conteúdo escrito é uma prática que pode deixar de ser vista como um assunto complexo, basta procurar entender algumas questões.

de leitura desenvolvidas na referida série. Aline Kamila foi a primeira a ser questionada sobre o que achou do contato com as histórias da literatura brasileira no 2º bimestre: “Foi uma experiência muito boa, lendo, a

gente se imagina dentro das histórias, e é bem interessante contá-las para os outros colegas, porque faz com que eles mudem o pensamento deles em relação a cada história, (...) reflitam e tirem algum ensinamento“,
explicou Aline. Em seguida, Ewerton destacou que o trabalho com a leitura precisa continuar em sala de aula: “Com os romances, temos a

chance de conhecer várias experiências e autores. Além de aprender muito, podemos relatar aos colegas com mais clareza o que se passa nas histórias, e assim aprendemos juntos, por isso esse trabalho deve continuar.”
Finalmente, foi enfatizado pelo aluno Lucas algumas lições que a prática da leitura pode deixar: “Eu não costumava ler, mas, agora

com essa atividade, passei a ler mais; a gente se sente bem; perde até a timidez, relatando o que lemos. Conhecemos outras linguagens, formas de se comunicar, modos de agir e de viver, (...) inclusive aprendemos a melhorar a nossa redação“, concluiu.

Vejamos, inicial- Professor de Língua Portuguesa não garante a mente, uma das qualidade do texto e Editor do jornal F5 Vital. definições de texto escrito, uma vez emitida pelo dicionáque o mero corio Aurélio: “[Do latim textu, 'tecido'.] nhecimento sobre esses “padrões” Conjunto de palavras, de frases escri- não elimina os problemas relacionatas.” dos à elaboração de frases, inclusive as dificuldades gramaticais e, sobreOra, então seria correto afirmar tudo, os erros de estrutura dos eque um amontoado de palavras escri- nunciados. tas é um texto? Sendo assim, é necessário acima A ciência que estuda a linguagem, de tudo haver um entendimento no entanto, apresenta uma definição melhor sobre o ato de escrever, pois, que se mostra mais adequada: ao contrário do que “Excerto (fragmento) se pensa, muito do de língua escrita ou que se espera na falada, de qualquer produção de um extensão, que consbom texto está na titui um todo unificaimportante habilidado.” (Aurélio, 1999). de de saber expor pensamentos inteliEssa última congíveis, isto é, fáceis ceituação dá uma de compreender, noção mais exata do com um vocabulário que é o texto enapropriado, sem quanto elemento confusão nem consignificativo, já que, tradição entre as na maioria das veideias propostas e zes, escreve-se (ou sem complicações no fala-se) não aleatorisignificado final. amente, mas por algum motivo, e por Paralelo a isso, ainda isso se emite algo podem-se tornar que tem um signififortes aliados da cado. escrita textual outros Depois de esclarecido esse primeiro aspecto, convém explicitar, de igual modo, um antigo procedimento que acaba interferindo diretamente no trabalho de quem escreve: O uso das técnicas, ditas padrões, de construção textual. A habitual recorrência a esse método tem se transformado numa necessidade quase indispensável sempre que se pretende utilizar a escrita para exprimir uma opinião, narrar, descrever ou informar um fato. recursos

Salomão Amazonas Barros —

fórmulas prontas

como: a natural capacidade de inventar e a predisposição para opinar que a maior parte das

“Eles se destacaram mais que os outros porque se entregaram ao prazer de ler. Ao relatarem as histórias aos seus colegas, conseguiram prender a atenção deles de uma forma impressionante. É a magia da leitura!” Parabéns! (Salomão Barros — professor da 2ª. Série da escola) AN O II — E D I Ç ÃO X I I

pessoas possui. Dificilmente alguém deixa escapar argumentos convincentes quando se quer imprimir um ponto de vista. Agora mesmo, por exemplo, o leitor deste texto está vendo uma breve demonstração disso, visto que o autor aborda um tema de relevante interesse, por meio de razões e opiniões, que ao ser encerrado será exatamente o produto pronto Página

5

Bem Lembrado
do objetivo pelo qual foi produzido. Portanto, escrever requer principalmente, antes de qualquer critério, um pouco mais de atenção para vencer uma série de preconceitos, cristalizados na memória medrosa do ser humano, na hora de “prender” as palavras de uma ideia, de um pensamento, de um juízo de valor. *

As negligências no trânsito itacoatiarense.
tas fatalidades inclusive. Além disso, há o descaso das autoridades com a fiscali- Thalia Kelsyn — Aluna do ensino médio da zação e a escola Vital de Menestrutura donça. adequadas ao desenvolvimento acelerado que ocorre na cidade, não há multas para os infratores, somente em períodos específicos em que há uma maior preocupação para evitar um verdadeiro desastre, como em épocas festivas no município. A estrutura é precária no aspecto de que as ruas não são sinalizadas e estão em péssimo estado de conservação. De fato, os problemas estão evidentes a todos, precisamente para uma melhora verdadeira seria necessária uma reeducação inteira dos motoristas, juntamente com a fiscalização adequada de modo a amenizar as imprudências que existem. *

No final do 2º. bimestre, os alunos da 2 ª. s é ri e (vespertino) do Vital de Mendonça produziram o gênero textual ARTIGO DE OPINIÃO (o mesmo que é cobrado pelos vestibulares) após as explicações sobre a estrutura de tal gênero. Segundo o professor da referida série, Salomão Barros, os princi-

pais equívocos dos alunos ainda se referem ao uso informal da língua, repetições de palavras e ideias, erros ortográficos e falta de argumentos mais consistentes. Mas o professor julgou de modo otimista a média das produções dos alunos. CONFIRA AO LADO UM DOS MELHORES ARTIGOS DA OFICINA, NA OPINIÃO DO PROFESSOR!

Atualmente o trânsito vem se tornando um dos maiores empecilhos na vida do brasileiro, por ser causa de estresse e atrasos para os que o utilizam, deixando assim o seu rastro de desorganização. Na cidade de Itacoatiara, interior do Amazonas, há exemplos de tal desordem. Mesmo havendo um código de trânsito, a lei parece não existir de fato nas ruas, ao que se observa os usuários valem-se da única lei de sobrevivência do mais forte. São diversas as infrações, começando com o desrespeito aos semáforos, algo elementar ensinado na educação primária como não ultrapassar o sinal vermelho, parece não ter sido aprendido afinal. As regras de segurança mínimas também não são atendidas, o uso de capacete não é um hábito frequente nessa cidade, o qual deveria existir pelo excessivo número de motociclistas que há nas ruas, por consequência desse descuido, há elevados índices de acidentes, com mui-

 Norma culta da Língua Portuguesa.  Relação entre o TEMA e o texto.  Seleção e organização dos argumentos.  Construção da argumentação.  Elaboração de proposta de intervenção.
Isabela Campos 02/07 Saymon Alexander 10/07 Alice Tainá 11/07 Lucas Miranda 12/07

Página 6

Adriane Fernandes 12/07

Ediana Dácio 13/07

Ivanete Kato 14/07

Glice Ane 16/07

Adriel Vieira 22/07

Danielly Silva 28/07

Gisely Caroline 29/07

F 5 V ¡ T @ L - AT U A L I Z AN D O C O M V O C Ê !

Olha Rá!!!
Mês de junho, mês dos amigos! Jamais vamos esquecer a companhia de vocês! A galera já se apronta para o ‘American Day’!

3ª. 04 2ª. 05

Banda ‘Other day’ (Eduardo, Milena, Antônio, Elzio, Gabriel, Lorena, Felipe e Raimundo)

1ª. 07 com estilo. Profª. Adriana junto com o 1º. 08 e os coreógrafos Drica & Saulo. Galera do 1ª. 08, no ensaio do ‘American day’.

Hermeson, Jheyme e Irene se preparando para o “American Day 2013”

Formandos 2013

De: Smarlley Britto Para: Thales, Vanessa, Brenda e Tamires. “AMIZADE, palavra que descreve vários sentimentos, mas que não pode ser trocada por coisas materiais, deve ser guardada no coração! :* Thales, Vanessa, Brenda e Tamires sempre estarão presentes na minha vida :)

best

De: Amila Freitas (2ª. 08) Para: Luan Olivei2ª. 03 ra (2ª. 02) “Ei, seu pestinha, nunca pensei que ia dizer isso, mas tu está fazendo uma baita falta, mano. O 2º. 08 não é mais o mesmo sem tu. A sala está precisando daquele garoto que se “achava” “o tal”! “te gosto muitão!” A saudade não significa que estamos longe, mas que um dia estivemos juntos... Mano, bjus...coisa chata...rsrs

De: Amanda (2°. 06) Para: Wendell (2° 08)

friend
“Hoje eu sei, eu Te Amo. No vento de um temporal , muito além do tempo do vendaval. Nos desejos, num beijo que eu jamais provei igual e as estrelas dão um sinal. Se eu não te amasse tanto assim talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vim, dentro do meu coração. O que é verdadeiro o inimigo não destrói!!! Te Amo Muito Meu Amor”

De: Larissa Barbosa Para: Tayná Cunha “Amor queria dizer que você é muito importante, minha melhor sei que com você posso contar sempre. Te amo!” AN O II — E D I Ç ÃO X I I

De: Clicia Kettelen Para: Matheus Barbosa e Einstein Brito “Não sei muito bem o que dizer, mas venho pedir desculpas, pelos meus modos infantis, e dizer que durante esses meses que passei longe de vocês, sentir que amo vocês de verdade. DesPágina culpa meus amigos.”

7

Especial
Leslie Flores Xadrez

Rick Breno Atletismo

Victor Saunier Judô

agosto, em Manaus, a escola Dep. Vital de Mendonça estará representando o município de Itacoatiara nos Jogos Escolares do Amazonas — JEAs 2013, junto com as escolas Profº. Ronaldo Marques e Dep. João Valério. As modalidades que a escola Vital vai disputar são: xadrez, atletismo, tênis de mesa e judô. Segundo o profº. de educação física Alessandro Nisardo — responsável pelos atletas da escola Vital de Mendonça — a delegação itacoatiarense é composta

No

período de 01 a 08 de

Sabrina Deivlen Tênis de mesa

por 15 atletas, envolvendo as 03 escolas. Nisardo diz ainda que, em relação aos resultados, sua expectativa é positiva, pois 03 de seus 04 atletas demonstraram ótimos rendimentos na competição anterior (POLO) que os credenciou para o JEAs, inclusive todos 03 com medalha de ouro. O 4º. competidor passou por seletiva e foi habilitado para a disputa em Manaus. Alessandro lembra também que em 2012, a escola Vital conquistou o 1º. da

competição na categoria de Xadrez com a então aluna Cleize Lima. A profª. Célia Furtado, que integra o componente curricular de Educação física junto com Nisardo, faz questão de desejar sucesso ao grupo de atletas itacoatiarenses e, de modo especial, aos seus alunos que estarão representado a escola Vital de Mendonça nessa competição estadual. Que venham mais títulos para a nossa escola! Boa sorte! *

Vem aí Em Outubro *** mais um grande projeto da Escola vital! participe
Editor: Profº Salomão Barros Estagiários: Dannielly Costa Jucymara Araújo Kelem Cristina Lopes Kevelin Karen da Silva Wendell Luís da Silva

ESCOLA ESTADUAL DEP. VITAL DE MENDONÇA
Rua Álvaro França 1740 Colônia Contato: (92) 3521.1283

Interaja com a gente! Críticas e Sugestões Facebook / F5 Vital