6º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero REGULAMENTO CAPÍTULO I – O PRÊMIO Art.

1o - O Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero - concurso de redações e artigos científicos na área das relações de gênero, mulheres e feminismos - é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres/Presidência da República, do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, do Ministério da Educação, e do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher. Art. 2º - O Prêmio tem como objetivos estimular e fortalecer a reflexão critica e a pesquisa acerca das desigualdades existentes entre homens e mulheres em nosso país, contemplando suas intercessões com as abordagens de classe social, geração, raça, etnia e sexualidade no campo dos estudos das relações de gênero, mulheres e feminismos; e sensibilizar a sociedade para tais questões. Art. 3o - O Prêmio será atribuído em cinco categorias: 1) Mestre e Estudante de Doutorado 2) Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado 4) Estudante de Graduação 5) Estudante do Ensino Médio 6) Escola Promotora da Igualdade de Gênero § 1o - Na categoria “Mestre e Estudante de Doutorado” podem concorrer candidatas(os) que tenham o título de mestre ou que estejam cursando o doutorado, em instituições de ensino reconhecidas pela CAPES/MEC. § 2o - Na categoria “Graduado, Especialista e Estudante de Mestrado” podem concorrer candidatas(os) que possuem o título de graduado, especialista ou que estejam cursando o Mestrado, em instituições de ensino reconhecidas pela CAPES/MEC. § 3o - Na categoria “Estudante de Graduação” podem concorrer estudantes que estejam regularmente matriculados em cursos de graduação reconhecidos pelo MEC.

1

teclado.Categoria 2 . § 2º . a escola que tenha desenvolvido em 2009/2010 ou esteja desenvolvendo experiências – projetos e ações pedagógicas . para cada um (a) dos(as) 24 (vinte e quatro) candidatos(as) selecionados(as). monitor LCD. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” poderão ser premiadas (os) os 6 (seis) melhores artigos científicos.Nas categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. § 4º .“Estudante de Graduação”: R$ 5 mil para cada um(a) das(os) 2 (dois) candidatas(os) selecionadas(os).Categoria 3 .“Escola Promotora da Igualdade de Gênero”. Art. Etapa Unidade da Federação: Computador (CPU.Na categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero” será premiada.Na categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero” podem concorrer escolas públicas ou privadas reconhecidas pelo MEC que tenham desenvolvido em 2009/2010 ou que estejam desenvolvendo em 2010 projetos e ações pedagógicas na comunidade escolar para a promoção da igualdade de gênero.§ 4o . caixa de som e estabilizador) com sistema operacional LINUX e Open Office instalados.para a promoção da igualdade de gênero no ambiente escolar. até uma por região. no valor estimado de R$ 3. somente poderão candidatar-se novamente após 3 (três) anos contados a partir da cerimônia de entrega do Prêmio. 6º . mouse. Art. 7o – As premiações terão por referência os seguintes valores: § 1º .“Graduado. aplicada na ampliação e/ou fortalecimento de ações para promoção da igualdade de gênero.Categoria 4 . sendo vedada despesas na rubrica “capital”. Art. para cada um (a) dos(as) 3 (três) candidatos(as) selecionados(as).“Mestre e Estudante de Doutorado”: R$ 10 mil para cada um(a) das(os) 2 (dois) candidatas(os) selecionadas(os). poderá ser premiada a melhor redação de cada uma das 27 Unidades da Federação e na etapa nacional serão selecionadas as 3 (três) melhores redações oriundas da etapa Unidade da Federação.“Estudante do Ensino Médio”: Etapa Nacional: LAPTOP com sistema operacional LINUX e Open Office instalados e impressora Multifuncional. Art. 2 .000.00 (três mil reais). que deve ser. Nota: As (Os) agraciadas (os) nas edições anteriores. § 5º . 5º . “Mestre”. § 3º . etapa Unidade da Federação.00 (dois mil e quinhentos reais). Especialista e Estudante de Mestrado”: R$ 8 mil para cada um(a) das(os) 2 (dois) candidatas(os) selecionadas(os). 4o .Categoria 5 . no valor estimado de R$ 2. “Graduado. receberá a quantia de R$10 mil.500.Na categoria “Estudante do Ensino Médio” podem concorrer estudantes que estejam regularmente matriculados em escolas públicas ou privadas reconhecidas pelo MEC e escolas da Rede Federal de Educação Profissional.Categoria 1 . sendo 2 (duas) premiações para cada categoria. necessariamente. até uma por região. envolvendo a comunidade escolar.Na categoria “Estudante do Ensino Médio”. § 5° . Científica e Tecnológica.

poderá ser concedida: bolsa de Iniciação Científica Júnior. poderão ser concedidas bolsas de Mestrado. mediante aprovação nos exames de seleção das instituições de ensino superior.As(os) professoras(es) orientadoras (es) das(os) premiadas(os) das categorias descritas no Art. III – A critério. II – A Comissão Organizadora do Prêmio analisará o relatório e emitirá parecer à escola. s/n. mediante aprovação nos exames de seleção das instituições de ensino e pesquisa. Zona CívicoAdministrativa – CEP 70.150-908. etapa nacional. 3º. 3º e 4º recebem uma assinatura anual da Revista Estudos Feministas e Cadernos PAGU. com dedicação de 10 (dez) horas semanais.cnpq. A(o) agraciada(o) deverá atender às seguintes condições: a) estar regularmente matriculada(o) no ensino médio ou na educação profissional de escolas públicas localizadas nos municípios com acesso às universidades ou a instituições e centros de pesquisa. a escola premiada deverá enviar à Comissão Organizadora do Prêmio. no país. d) apresentar resultados parciais e finais da pesquisa.As instituições de ensino e pesquisa e as escolas premiadas das categorias descritas nos parágrafos 1º. c) executar o plano de atividades.Na categoria “Mestre e Estudante de Doutorado” poderão ser concedidas bolsas de Doutorado. Art. “Graduado. 2º. § 2o . poderão ser concedidas bolsas de Iniciação Científica. para verificar o desenvolvimento dos projetos e ações pedagógicas premiados. sob a forma de painéis ou exposição oral. A concessão será efetivada caso as (os) agraciadas(os) atendam aos critérios normativos do CNPq. um relatório sintético sobre a aplicação dos recursos do Prêmio para a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres – SPM/PR – Via N1 Leste. IV – A escola premiada em um ano só poderá concorrer novamente após dois anos da premiação. § 7º .Praça dos Três Poderes. § 1o . no país. b) estar desvinculada(o) do mercado de trabalho. descritos no endereço: http://www. Nota: Caso a(o) agraciada(o) conclua o ensino médio até 31 de dezembro de 2010.As (Os) 2 (dois) primeiras(os) selecionadas(os) das categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. 4º e 5º recebem uma assinatura anual da Revista Estudos Feministas e Cadernos PAGU. § 3o . com vigência de 12 (doze) meses.htm. Especialista e Estudante de Mestrado”. a Comissão Organizadora poderá realizar visitas in loco às escolas. com vigência de 12 (doze) meses.Na categoria “Graduado. podem receber uma bolsa de estudo do CNPq para desenvolvimento de projeto na área/tema do Prêmio. para as (os) agraciadas (os). § 6º . para as (os) agraciadas (os). 8o .Na categoria “Estudante de Graduação”. Pavilhão das Metas .I – 12 (doze) meses após a data da cerimônia de entrega do Prêmio. 3º. parágrafos 1º. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” e as (os) 3 (três) primeiras(os) “Estudante do Ensino Médio” (etapa nacional). 2º. 3 . a(o) mesma(o) não terá direito à bolsa de iniciação científica em 2011.br/normas/rn_06_017. § 4o .Na categoria “Estudante do Ensino Médio”.

3º e 4º) não poderá ser superior a 12 (doze) meses.CEP 70. Pavilhão das Metas . para o endereço: Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM/PR – 6º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero – Via N1 Leste. no endereço: www.Para a categoria “Mestre e Estudante de Doutorado” a) ficha de inscrição preenchida. resultados da pesquisa e discussão. Zona CívicoAdministrativa – Brasília – DF .Para as categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. Nota: não serão aceitos trabalhos incompletos.Para a categoria “Graduado. metodologia. b) currículo atualizado na Plataforma Lattes . autor(a). 4 . título do trabalho.150-908. no máximo.título. sobre o tema proposto. e professor(a)-orientador(a). Especialista e Estudante de Mestrado” a) ficha de inscrição preenchida. com resultados parciais. § 2º .O prazo para o início da utilização desses benefícios (§ 1º. b) currículo atualizado na Plataforma Lattes .introdução. contendo necessariamente: nome da(o) candidata(o). no endereço: www. s/n.introdução. d) resumo do artigo científico que deverá ter entre 500 e 1000 palavras.cnpq. instituição de ensino e pesquisa. no máximo. as inscrições devem ser efetuadas. com resultados parciais. 10 . d) resumo do artigo científico que deverá ter entre 500 e 1000 palavras.cnpq.br/index.Não serão aceitas inscrições eletrônicas e Correios simultaneamente.igualdadedegenero. 2º.igualdadedegenero. objetivos. contados a partir da data da cerimônia de entrega do referido prêmio. e nome do professor(a)-orientador(a. resultados da pesquisa e discussão. autor(a). conclusões e referências bibliográficas.30 páginas. instituição de ensino e pesquisa. CAPÍTULO II . . obrigatoriamente: § 1º . e professor(a)-orientador(a). .htm. metodologia. A(O) candidata(o) deverá escolher uma única forma de envio dos documentos exigidos. Nota: não serão aceitos trabalhos incompletos.título. Art.cnpq.br/index.Para a categoria “Estudante do Ensino Médio” e “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”.http://lattes. às 18horas.cnpq.Praça dos Três Poderes.htm. § 1o .A inscrição terá início no dia 01 de junho e término no dia 15 de setembro de 2010.A inscrição incluirá. e nome do professor(a)-orientador(a. instituição de ensino e pesquisa. . conclusões e referências bibliográficas.br § 2o .http://lattes. instituição de ensino e pesquisa. identificando as palavras-chave (até cinco). “Graduado. c) artigo científico contendo: . preferencialmente. objetivos.DA INSCRIÇÃO E ENTREGA DE DOCUMENTOS Art.br ou pelos Correios. c) artigo científico contendo: . contendo necessariamente: nome da(o) candidata(o). (horário de Brasília). título do trabalho.20 páginas. sobre o tema proposto. identificando as palavras-chave (até cinco). por meio eletrônico.§ 5o . 9º . § 3o . . Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” as inscrições devem ser efetuadas somente por meio eletrônico.

. Nota: não serão aceitos trabalhos incompletos. fonte . tais como: artigos e matérias publicadas em jornais. -INTRODUÇÃO (início ou começo).htm).Times New Roman. . contendo: .justificativa (breve descrição do contexto. .potencial de impacto (mudanças que almeja). por orientação sexual. no máximo. título do trabalho.Para a categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”: a) Ficha de inscrição preenchida b) Relato de experiência contemplando os seguintes aspectos: .§ 3º . Nota: Os trabalhos deverão abordar a experiência da escola no campo da promoção da igualdade de gênero e do enfrentamento a todas as formas de discriminação – sexual. entre outros.cnpq. objetivos. materiais didáticos produzidos. . metodologia. 11 . racial. DOC ou RTF com a seguinte formatação: página . Nesse caso é recomendada a inscrição por meio dos Correios. autor(a). . DESENVOLVIMENTO (meio ou corpo) e CONCLUSÃO (fecho ou final).objetivos (a finalidade do trabalho).br/index.Para a Categoria “Estudante de Graduação” a) ficha de inscrição preenchida. instituição de ensino e pesquisa. revistas e internet.tamanho A4. instituição de ensino. .resultados imediatos (esperados/alcançados). e professor(a)-orientador(a).As redações. . c) artigo científico elaborado pela estudante durante o seu curso de graduação. d) resumo do artigo científico que deverá ter entre 500 e 1000 palavras.Para a Categoria “Estudante do Ensino Médio”: a) ficha de inscrição preenchida. b) redação com o mínimo de 2 (duas) páginas e o máximo de 4 (quatro) páginas. os relatos de experiência e os artigos científicos necessários para a inscrição eletrônica (Internet) ou pelo correio devem ser apresentados em arquivo tipo: PDF. nome e endereço da escola. resultados da pesquisa e discussão.15 páginas. § 5º . dados da realidade relativa ao trabalho e envolvimento de estudantes. com resultados parciais.nome do(a) professor(a) que orientou a redação. registro fotográfico e/ou em vídeo. sobre o tema proposto contendo: .embasamento teórico que orientou o trabalho (citar fontes/referências utilizadas). conclusões e referências bibliográficas. . abrangência territorial. enfatizando a gestão democrática da escola e do ambiente escolar. sumário e anexos. .mínimo de 10 (dez) páginas e máximo de 15 (quinze) páginas. c) Apresentar a documentação comprobatória da realização da experiência que evidencie sua qualidade e os resultados obtidos. c) as (os) concorrentes agraciadas (os) com o Prêmio deverão comprovar a matrícula nas respectivas escolas. . 5 . b) currículo atualizado na Plataforma Lattes (http://lattes.título.metodologia (como o trabalho foi desenvolvido – “passo-a-passo”). autor(a).perspectivas de continuidade e sustentabilidade do trabalho. professores e funcionários). público. folha de rosto. excluindo capa. contendo necessariamente: nome da(o) candidata(o).título. étnica. e nome do professor(a)-orientador(a.introdução. sobre o tema proposto. Art. identificando as palavras-chave (até cinco). § 4º .

Art.tamanho da fonte . “Graduado. esquerda e direita de 2. CAPÍTULO III – DO PROCESSO SELETIVO DOS TRABALHOS Art. Art 17 .DA COMISSÃO JULGADORA Art. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” considerando os Arts.A inscrição efetuada pela(o) candidata(o) na categoria inadequada será eliminada automaticamente.Não serão aceitas inscrições enviadas por e-mail (correio eletrônico). por meio eletrônico.A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. para as categorias “Estudante do Ensino Médio” e “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”. 14 . 2º e 10. 19 .A documentação enviada após o dia 15/09/2010. observando os Arts. As redações não poderão ser manuscritas.As inscrições com dados ou informações incompletas não serão aceitas.1.superior. 6 .O CNPq realizará a pré-seleção dos artigos inscritos nas categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação”. e a seleção final das(os) premiadas(os) será realizada por um comissão julgadora. considerando os Arts. 18 . 12 .corpo 12. Art. observando os critérios definidos no Art. o Ministério da Educação. e a outra destinada à categoria Estudante do Ensino Médio e a categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”.A escolha das(os) premiadas(os). 21 e 22.Cada Comissão Julgadora será composta de 07 (sete) integrantes. 15 . não será aceita. e a seleção final das (os) premiadas (os) será realizada por uma Comissão Julgadora.5.Em todas as categorias da premiação cada candidata ou candidato poderá inscrever somente um trabalho e este deverá ser individual. 20. inferior. margens . § 5º . § 2º . o Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher e o CNPq realizam a préseleção das redações inscritas na categoria “Estudante do Ensino Médio” e das iniciativas e/ou experiências inscritas na categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”. etapa nacional. CAPÍTULO IV . “Graduado. Art. 13 . Art. § 4º . receberá um Certificado de Participação encaminhado pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) até três meses após a divulgação dos resultados. § 3º . 2º e 10. Art. Vale a data do carimbo dos Correios. será feita por 2 (duas) Comissões Julgadoras. § 1º .A apresentação da inscrição implica a concordância e aceitação de todas as cláusulas e condições do presente Regulamento por parte da(o) candidata(o).A ficha de inscrição.As Comissões Julgadoras serão designadas pelas instituições promotoras.5 cm. § 1º . de acordo com este Regulamento. para fins da inscrição valerá a maior titulação que a/o candidata/o possui. espaçamento de linhas .Serão aceitos trabalhos somente em Língua Portuguesa. o artigo científico e o resumo não poderão sofrer alterações nos seus respectivos conteúdos após terem sido enviados ao CNPq. em disquetes ou CD-ROM. Uma comissão destinada às categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. 16 .A/O candidata(o) que tiver sua inscrição aceita.

§ 2º . estabelecendo conexões lógicas entre os argumentos Pontuação 40 30 30 Art. E Coerência entre os objetivos e os resultados esperados/alcançados F Envolvimento dos(as) estudantes e da comunidade escolar na concepção e execução do trabalho G Potencial de replicabilidade da experiência em outros contextos Pontuação 10 10 15 15 20 20 10 Art.Caso a(o) candidata(o) tenha justificativa e deseje contestar o resultado do julgamento do seu trabalho. as áreas do conhecimento e temática. § 3º . CAPÍTULO V . desde que estejam presentes as (os) respectivas(os) Presidentes. 21 .As redações.Os artigos científicos das categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”. B Clareza e objetividade na exposição C Relevância do trabalho D Criatividade.Os relatos de experiências pré-selecionadas da categoria “Escola Promotora da Igualdade de Gênero” serão avaliados pela Comissão Julgadora observando-se os seguintes critérios: Critérios A Apresentação e descrição da experiência. 7 .CRITÉRIOS DE JULGAMENTO Art. 22 . 20 . 23 . no prazo de cinco (5) dias úteis a contar da publicação do resultado do julgamento no site do Prêmio. serão analisadas pela Comissão Julgadora observando-se os seguintes critérios: Critérios A Qualidade do texto quanto ao conteúdo: tema relevante problematizado consistentemente B Qualidade do texto quanto à abordagem do tema: originalidade e criatividade C Qualidade do texto quanto à forma de apresentação: introdução. desenvolvimento e conclusão objetivos e coesos.As Comissões Julgadoras serão preferencialmente constituídas levando em conta a diversidade regional. “Graduado. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação” serão avaliados pela Comissão Julgadora observando-se os seguintes critérios: A B C D Critérios Qualidade do texto quanto ao conteúdo e forma de apresentação Originalidade da abordagem Contribuição ao conhecimento sobre o assunto Adequação teórica e metodológica Pontuação 25 25 25 25 Art. da categoria “Estudante do Ensino Médio”.As Comissões poderão deliberar com a presença da maioria de seus integrantes. o CNPq e a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres receberão o recurso.

dos trabalhos selecionados. 9º. pelas entidades conveniadas. 30 . em Brasília.igualdadedegenero. 24 . 25 . 28 . em parte ou em texto resumido pelo(a) autor(a). CAPÍTULO VI – DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS Art. Art. da categoria “Estudante do Ensino Médio”. § 1 .Serão convidadas(os) a comparecer na cerimônia de entrega do Prêmio as(os) 2 (dois) premiadas(os) das categorias “Mestre e Estudante de Doutorado”.Os casos omissos serão resolvidos pelas Comissões Julgadoras.A cerimônia de entrega do 6º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero deverá ser realizada até o dia 10/12/2010. CAPÍTULO VIII . não estabelecerão ranking ou classificação das (os) candidatas (os). e um representante da “Escola Promotora da Igualdade de Gênero”.br CAPÍTULO VII – CERIMÔNIA DE ENTREGA DO PRÊMIO Art.cnpq. Art. 26 . Art. Especialista e Estudante de Mestrado” e “Estudante de Graduação”.Serviço de Prêmios .As (Os) candidatas(os) serão responsáveis pela veracidade das informações prestadas. no todo. 8 . em forma a ser definida.Os trabalhos e os documentos encaminhados não serão devolvidos.SEPN 507 – Sala 203 – Brasília – DF – CEP 70740-901 (estudantes de graduação e pós-graduação) e à Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (estudante do ensino médio). Art. para o endereço apresentado no Art. Parágrafo Único: As pessoas agraciadas concordam com a divulgação do resultado de forma apropriada a eventos desta natureza. ouvidas as instituições promotoras. “Graduado. da etapa nacional.DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS Art. 27 . sendo uma por região. no endereço: www.Os promotores do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero não divulgarão notas. bem como imagens. no portal do Prêmio.As (Os) concorrentes ao Prêmio concordam com a eventual publicação. as(os) três premiadas(os).Nota: O recurso deverá ser dirigido ao CNPq . 29 .A divulgação dos resultados ocorrerá até o dia 19/11/2010.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful