SOCIOCRACIA

O Desafio da Participação nas Decisões Introdução.
Duas tendências de mudanças marcam a Gestão de Negócios nos tempos atuais: A crescente globalização da Economia, quanto ao mercado, conhecimentos e fluxos de capitais, e a importância da disponibilidade de informações a todo o momento e em todo lugar. Ao mesmo tempo podemos caracterizar como principais mudanças nas Organizações: a horizontalização de estruturas e processos, a valorização do intrapreneur e generalista nas organizações e a terceirização ou subcontratação de produção e serviços, permitindo que Empresas e profissionais possam se dedicar ao que é sua própria vocação. Outra necessidade que está se apresentando é a de repensar a relação do Capital e Trabalho e a hegemonia tradicional do poder de decisão do Capital sobre o Trabalho. As mudanças exigem dos fornecedores de capital, dos executivos, profissionais e colaboradores uma postura de co-responsabilidade por resultados e conseqüentemente uma participação mais efetiva na tomada de decisões que afetam os resultados. A Administração Participativa em organizações da vida econômica não tem mais o apelo que tinha nos anos 80; hoje em dia outros temas se destacam na oferta de cursos, seminários e processos de consultoria: Reengenharia, Qualidade Total, ISO 9000, Qualidade de Vida, Responsabilidade Social, etc. Porém, são justamente estes programas que pressupõem uma sistemática e habilidade de tomar decisões e estabelecer acordos e regras de forma participativa. A maior parte dos processos de Gestão Participativa tem se limitada ao que pode ser chamada de participação concedida: abre-se espaço para opinar, discutir, sugerir e até participar na tomada de decisões, porém não há participação no poder de decisão. E justamente quando buscamos maior comprometimento, co-responsabilidade por resultados por parte de executivos e colaboradores, a participação na tomada de decisões é importante e deve ser assegurado; ou seja, deve haver partilha no poder de decisão. A razão que a Gestão Participativa não conseguiu avançar muito para este nível pode estar receio por parte de que esta partilha resulte em perda de poder e domínio sobre a empresa ou instituição. A Sociocracia é um modelo de Gestão Participativa que garante que o poder de decisão seja compartilhado com (não: entregue a) executivos e colaboradores, de forma que a influência do acionista/proprietário se mantém, enquanto para executivos e colaboradores a participação não é apenas 'concedida' mas se torna uma verdadeira co-gestão.

Breve Histórico da Sociocracia.
O termo "Sociocracia" foi usado pela primeira vez pelo sociólogo-filósofo Auguste Comte (1798-1857). O reformador de ensino, Kees Boeke, utilizou o termo para indicar a forma de organização social aplicada na escola dirigida por ele na Holanda e na qual Gerard Endenburg, o criador do modelo Sociocrático, estudou. Os anos pós-guerra deixaram a Europa arrasada e a procura por uma nova ordem social era grande. Para Gerard Endenburg, filho de um industrial de Rotterdam, o cerne do problema estava na qualidade das decisões tomadas e a solução estava em encontrar uma nova forma de tomada de decisão participativa que pudesse ser aplicada inclusive nas Empresas. No final dos anos 60 ele assumiu a direção da indústria de instalações eletro-eletrônicas e recebeu do seu pai 'luz verde' para pôr suas idéias em prática. Assim ele foi desenvolvendo, passo a passo e a partir
Caixa Postal 66, 13.825-000 Holambra – SP - fone: (19) 3802.1297; cel: (19) 9773.6964; email: hermanus@maturi.org.br
NÚCLEO MATURI - Ecologia Social

estruturas. O Modelo Sociocrático Algumas observações iniciais como pontos de partida sobre o modelo: 1. até juridicamente.1297. Os organismos sociais se desenvolvem e escapam da lei da 'entropia'. testando-o na sua própria Empresa.br . Todas as pessoas de uma organização fazem parte de um Círculo e a participação nas reuniões é livre. A 'equivalência' das pessoas.da prática. 13.Ecologia Social Caixa Postal 66. estratégias. A arte de dirigir uma organização é de conduzir o processo para o equilíbrio dinâmico através de um circuito de retro-alimentação contínuo que corrige constantemente os desvios. A qualidade das decisões depende dos argumentos trazidos e da sua qualidade. A dupla Conexão entre os Círculos A conexão entre círculos de níveis diferentes se dá por duas pessoas.6964. O equilíbrio dinâmico. as pessoas são 'equivalentes' na hora de tomar uma decisão: cada um tem o seu valor. O Princípio do Consentimento NÚCLEO MATURI . Por isso o processo de tomada de decisões deve garantir que os participantes possam trazer argumentos de qualidade e que a decisão seja baseada em argumentos. Porém. divulgar e implantar a Sociocracia. políticas. Por outro lado participação não deve resultar em perda de objetividade e flexibilidade na condução das atividades. ao buscar sempre um equilíbrio dinâmico. 2. e desde 1989 do Brasil têm iniciado processos de introdução do modelo. A Estrutura em Círculos Um Círculo é um grupo de pessoas funcionalmente ligadas entre si com um objetivo comum. a diversidade é importante e traz riqueza e criatividade na tomada de decisões. foi fundado no final desta década de 70. sistematizar. Participação verdadeira existe. A estrutura de círculos é adicionada à estrutura normal de funcionamento.org. além da própria Holanda e outros países da Europa. delegação de poder) necessárias para o seu funcionamento. O "Sociocratisch Centrum". Organizações maiores têm mais círculos. empresas e organizações dos Estados Unidos. ou seja. Já na década de 70 a sua experiência começou a suscitar interesse na Holanda e em outros países e diversas outras empresas e organizações começaram a aplicar o modelo.825-000 Holambra – SP . 4. do Canadá. um modelo de tomada de decisão participativa. 3. email: hermanus@maturi. 3. cel: (19) 9773.fone: (19) 3802. O Círculo se reúne para tomar decisões de policy (objetivos. inclusive de diversos níveis. instituto fundado para pesquisar. Atualmente. Quatro regras básicas definem o cerne do Modelo Sociocrático: 1. seu espaço. Pessoas não são 'iguais'. Participação efetiva e objetiva. se ela for aplicada para todas as decisões e se ela estiver garantida. 2. duas pessoas participam do círculo imediatamente superior: o líder funcional e um ou mais representantes eleitos pelo círculo. A qualidade das decisões.

org. a Sociocracia oferece conceitos e subsídios para outros aspectos fundamentais para uma organização participativa: . Além dos pontos citados acima. principalmente pelos aspectos de desenvolvimento da organização. e requer formação tanto para participar. Numa avaliação de todo o processo até o presente momento. com atividades diversificadas que vão desde produção de grãos.SP. Todas as decisões de importância estratégica e política (Planejamento estratégico. que há quando todos estão a favor. o modelo requer um comprometimento total do topo da organização. o modelo viabiliza a atuação em muitas Unidades de forma flexível. A formação deve criar as condições para atender aos objetivos institucionais e para poder participar e permitir a participação. tanto os sócios como executivos reconhecem o valor e importância e. cel: (19) 9773. Numa organização como a Terra Viva. Caixa Postal 66. sem perder a unicidade e visão de conjunto.O princípio do consentimento rege a tomada de decisões.825-000 Holambra – SP . com a característica de descentralização através de Unidades autônomas. portanto. uma decisão é tomada.Relação entre Capital e Trabalho . Estruturação. Faz parte do papel dos Círculos cuidar que haja uma formação permanente das pessoas integrando as necessidades das atividades-fim da organização com as do processo participativo sociocrático. que tratam mais da estrutura e funcionamento da tomada de decisões.1297. citrus.Fundamentos para Participação em Resultados . Por outro lado. Políticas.Ecologia Social . O conceito do consentimento difere do consenso. de equipes e indivíduos. se nenhum dos participantes tiver uma objeção fundamentada em argumentos. email: hermanus@maturi. Uma assessoria profissional pode ser recomendável. O primeiro contato com a Sociocracia ocorreu em 1983/84 que foi seguido por diversas visitas e eventos para que os sócios e principais executivos pudessem dar conscientemente o sinal verde para dar início ao processo de implantação do modelo a partir do início de 1990. bulbos e mudas até comércio de atacado e exportação.6964. a necessidade de manter os princípios sociocráticos para a Empresa. Desde 1988 ela opera em Unidades de Negócio autônomas com algumas áreas de suporte central. As contribuições criativas feitas durante o processo de tomada de decisão tornam as propostas e decisões significativamente melhores.Processo participativo para um programa de Qualidade Total . 4. o Círculo Geral alguns Círculos ao nível de Unidades.Aplicação do modelo em outros setores da sociedade A Experiência com o Modelo na Terra Viva A Terra Viva é uma Empresa Familiar (da Família Schoenmaker) do ramo agrícola. Eleição de pessoas Pessoas são eleitas com base em argumento. sediada em Holambra .br NÚCLEO MATURI . após discussão aberta e por consentimento. flores. ou seja. como para deixar participar. exige uma mudança ou adequação da cultura organizacional. Investimentos) são tomadas pelos Círculos. Atualmente funcionam o Círculo Superior.fone: (19) 3802.Estruturação jurídica para uma organização sociocrática . 13. de modo que estas decisões recebam suporte de todos os participantes.

825-000 Holambra – SP .fone: (19) 3802. email: hermanus@maturi.org.1297.Ecologia Social .br NÚCLEO MATURI .Revisto em 24 de abril de 2008 Hermanus J Meijerink Núcleo Maturi – Ecologia Social Caixa Postal 66. cel: (19) 9773.6964. 13.

é quando a decisão confere com o que eu quero. Uma objeção sempre é acompanhada pelos argumentos que a fundamentam. 1 – O princípio do consentimento CONSENTIMENTO O Consentimento rege a tomada de decisão..1297.” 3.. um processo de decisão por consentimento pressupõe que todos os participantes estejam voltados para um objetivo comum. ele concluiu que a situação desastrosa da Europa era causada em grande parte porque as decisões não tinham a qualidade que deveriam ter.. o que resultou numa estrutura de cogestão compreendendo todos as pessoas envolvidas com a empresa.. Podemos dizer que numa decisão por consentimento eu devo estar disposto a aceitar a segunda melhor decisão.. “Não é o argumento do poder...Ecologia Social Caixa Postal 66. No final dos anos 60 começou a aplicar o modelo na sua própria empresa. identificando a pessoa que escolheu e a pessoa escolhida: “Eu . Definição da função e do prazo de atuação A definição da função e do prazo de atuação da pessoa a ser eleita. Não é a quantidade de votos. Após a 2a Guerra Mundial.6964. considerando que a melhor decisão sempre é a minha! ARGUMENTO O fundamento da tomada de decisão por consentimento é o argumento. Argumentação sobre os votos NÚCLEO MATURI . A presença de objetivos divergentes ou particulares frustra a tomada de decisão.. mas a qualidade dos argumentos.fone: (19) 3802.... mas o poder do argumento que leva a uma boa decisão..” OBJETIVO COMUM Finalmente...O princípio do consentimento e a eleição sociocrática O modelo sociocrático de gestão participativa foi desenvolvido pelo engenheiro e empresário Holandês Gerard Endenburg.. O modelo se resume em quatro regras básicas: Duas se referem à estruturação em si (a estrutura em Círculos e a dupla Conexão entre os círculos).. É um processo onde se olha para os argumentos que baseiam a proposta. Consentimento não significa o mesmo que “consenso”... Ele buscou uma estrutura que assegurasse a tomada de decisões verdadeiramente participativas.. 2....org........ 13. elejo . Deve estar claro o que a função compreende e quais qualidades requer....825-000 Holambra – SP ..... embora a minha decisão pudesse ser outra. cel: (19) 9773......br . Preenchimento da cédula de votação Cada um preenche uma cédula de votação. Consenso é a expressa concordância. que não tenho objeção contra a proposta.. a terceira se refere à tomada de decisão em si (o princípio do Consentimento) e a última descreve o processo de Eleição.. email: hermanus@maturi... Consentimento significa que eu posso consentir.. nem a posição ou importância das pessoas que determinam uma decisão. 2 – O procedimento de uma eleição Sociocrática 1....

que a escolha é por tempo determinado. Objeções e nova proposta Caso haja objeção (com base em argumentos) o grupo pode buscar condições que retiram a objeção ou o coordenador fará nova proposta.6964. Proposta do coordenador e rodada de consentimento Com base nos argumentos o coordenador faz a proposta da pessoa que melhor possa receber o consentimento de todos e faz a rodada de consentimento. email: hermanus@maturi. o coordenador poderá lembrar que o “problema” é do grupo todo. 5.Sociocracy. • Se houver dificuldade para se chegar a uma decisão. a pessoa pode convocar uma reunião para apresentar a sua objeção (com base em argumentos). • Durante as rodadas não há discussão sobre o que cada um coloca. 4. Porém. citando os argumentos para a mudança. Discussão e Mudança de voto Após esta rodada em que os argumentos de todos se tornaram visíveis. O objetivo é tornar visível (audível) o que vive no grupo. • É permitido eleger a si próprio. • Não se pede “quem quer” ou “quem não quer” assumir a função. não tem sentido da pessoa ser afastada. não se faz “lobby” ou campanha prévia de convencimento. no momento em que surgirem razões para retirar o consentimento dado. • Uma eleição por consentimento prevê um prazo para o eleito. 6. deverá ser feita uma nova eleição. Literatura Recomendada Gerard Endenburg: . Eburon.825-000 Holambra – SP . No processo de eleição sociocrática deve-se observar os seguintes pontos: • Não há “candidatos” nem “não-candidatos”. Caixa Postal 66.br NÚCLEO MATURI . Em seguida faz uma nova rodada para cada um confirmar ou mudar o seu voto. até que se obtenha consentimento de todos.As cédulas são recolhidas pelo coordenador que pede a cada um colocar os seus argumentos para a escolha feita.1297. o coordenador abre espaço para discussão se necessário. 13. sugerir uma redução de prazo ou pensar em condições complementares. apresentando os argumentos. Não há discussão durante esta rodada. porque enquanto existirem argumentos para manter uma pessoa e não houver objeção. Se prevalecer a objeção. Não há “chapas”. • Na eleição sociocrática a reeleição é sempre possível. cel: (19) 9773. Nem sempre “quem quer” é a pessoa mais capacidade para assumir a função. que o consentimento poderá ser retirado.Ecologia Social . Delft Holanda. no máximo pergunta de esclarecimento.org. the organization of decision making. Revisto em 24 de abril de 2008 Hermanus J Meijerink Núcleo Maturi – Ecologia Social Anexo: Cédulas para eleição sociocrática.fone: (19) 3802.

Ecologia Social .6964.br NÚCLEO MATURI . email: hermanus@maturi.825-000 Holambra – SP . cel: (19) 9773. 13.org.fone: (19) 3802.ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu _____________________ Elejo ___________________ ELEIÇÃO SOCIOCRÁTICA Eu ___________________________ Elejo _________________________ Caixa Postal 66.1297.

email: hermanus@maturi.br NÚCLEO MATURI .Ecologia Social .org.6964.fone: (19) 3802.825-000 Holambra – SP . 13.1297. cel: (19) 9773.Caixa Postal 66.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful