You are on page 1of 1

Pág.

5 / 08 a 14 de Junho de 2009 - Edição 105

BALANÇO GERAL

Frederico Jayme propõe volta à Assembleia
Secretário de Planejamento de Goianésia se coloca à disposição para as eleições de 2010, avalia ações de sua pasta e “lança” Gilberto para governador
Fotos: A Folha do Vale

POLÍTICA
mar que “é um partido que está com uma ação absurda, fisiologista, e nós aqui na base temos que combater”. Em nível estadual, Frederico Jayme avalia o Encontro Regional do PMDB, realizado no fim da semana passada, em Goianésia, classificando-o de “encontro extraordinário”. “Tivemos mais de 40 cidades presentes em Goianésia nesse dia, debatemos temas importantes a respeito das questões partidárias, discutimos as possibilidades para 2010 e também as questões administrativas com os nossos prefeitos presentes”. Sobre o nome do PMDB para o governo do estado, em 2010, lembrou que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende, lembrou do nome de Gilberto Naves como provável candidato do PMDB ao Governo de Goiás. “Eu acho que o Iris lembrou muito bem. Ele, Iris, é um grande nome, é o prefeito de Goiânia, está preparado para isso, foi governador, grande governador, mas o Gilberto seria uma novidade, porque é um grande prefeito, é um homem honrado, honesto, ético, é um excelente orador, de uma invejável bagagem intelectual, cultural, um homem preparado tanto no aspecto político quanto no aspecto administrativo, foi um grande prefeito, está sendo um grande prefeito. Acho uma grande novidade, que o PMDB poderia apresentar”, conclui.
PMDB regional

não poderemos perdê-la”. “Por isso, eu iria à disputa na ausência de um outro ou de uma outra candidata”, anuncia. Falando de sua pasta, o secretário municipal de Planejamento avalia positivas as ações desenvolvidas até agora. Entre os benefícios advindos do planejamento do novo Governo de Goianésia, ele cita a criação do GGim (Grupo de Gestão Integrada do Município), que tem a missão de coordenar as ações de segurança pública em Goianésia, integrando prefeitura, PM (Polícia Militar), Corpo de Bombeiros, Ministério Público, conselhos e comunidade; e as construções da nova delegacia e do Hospital Materno Infantil, entre outras obras. Ex-secretário de Segurança Pública, Frederico Jayme foi testemunha, no início desse ano, da ocorrência de vários homicídios, furtos e roubos a residências, que chegou a preocupar a comunidade goianesiense, a qual não estava acostumada com tais ações marginais. Dono de trâmite no estado de Goiás junto à Secretaria de Segurança Pública, Frederico Jayme teve a iniciativa de criar o G-Gim, em convênio com a Secretaria de Segurança Pública. Para tanto, trouxe a Goianésia o secretário Ernesto Roller e várias outras autoridades na área de segurança. Além disso, agendou um encontro, em Goiânia, no gabinete do
Segurança

secretário Roller, para o qual convidou a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e sua diretoria, o prefeito Gilberto Naves, os deputados estaduais Mara Naves e Helio de Sousa, as igrejas católica e evangélica e vários outros segmentos da sociedade. “Foi uma discussão importante que fizemos lá no gabinete do secretário de Segurança Pública. E resultou em benefícios, como na questão, já em funcionamento, do Banco de Horas da Polícia Militar; no pagamento de combustíveis, alimentação, gratificações, para a área de segurança pública, que é de responsabilidade do estado, mas a prefeitura está bancando. Então, hoje, nós temos a cidade mais tranquila”, avalia. Sobre o seu partido, em nível nacional, Frederico Jayme analisa: “É o partido mais forte do Brasil, tem o maior número de votos; tem o maior número de vereadores, de prefeitos, de deputados estaduais, federais, senadores, governadores, tem a presidência da Câmara, a presidência do Senado. Não consigo entender por que é que um partido, assim, não tem o seu candidato à Presidência da República. Então, fica a reboque de outras legendas”. O secretário municipal de Planejamento cita a discussão, de momento, em que um grupo quer a Dilma [Rousseff, ministra-chefe da Casa Civil] e outro quer [ José] Serra [governador de São Paulo], para afirPMDB nacional

Frederico Jayme diz que pode voltar à Assembleia Legislativa

D

e volta à cena política como secretário de Planejamento de Goianésia, nomeado pelo prefeito Gilberto Naves, Frederico Jayme já pensa numa possível volta à Assembleia Legislativa do estado. O ex-parlamentar, filiado ao PMDB, diz que, talvez, deva sair candidato a deputado estadual, mas condiciona sua intenção à não existência de outro nome, do seu partido, com chance real de eleição. “Se tivermos um outro nome

competitivo, eu terei o maior prazer em apoiá-lo”, garante. “Agora, se não tivermos, possivelmente, eu tenha que preencher essa lacuna, em função até da história política muito vinculada ao Vale do São Patrício, Vale dos Pirineus, Médio Norte Goiano, Norte Goiano, Anápolis e seu entorno. É uma responsabilidade que temos”. Frederico Jayme cita que “essa é uma cadeira que foi conquistada por mim, em 1978; temos essa cadeira até hoje, no Parlamento goiano, e

ELEIÇÕES 2010

Bittencourt prestigia inaugurações em Santa Rita e reafirma base para reeleição
O deputado federal Luiz Bittencourt (PMDB-GO), que havia estado em Goianésia no último 30 de maio, para o 2º encontro regional de seu partido, voltou à região nessa sexta-feira, 5 de junho, para prestigiar o prefeito José Eustáquio (PMDB) na entrega de reformas e ampliações de obras em Santa Rita do Novo Destino. “Estamos aqui porque temos um compromisso com Santa Rita e com o prefeito: compromisso de trazer recursos do governo federal, de melhorar a qualidade de vida da nossa população e de fazer aqui, nesses próximos 4 anos, uma revolução administrativa”, anunciou o parlamentar, para quem os primeiros 5 meses do governo José Eustáquio foi demonstrado esse interesse: “Obras estão sendo inauguradas, novos projetos sendo realizados, mudança no desenho urbano da cidade e no atendimento que a prefeitura presta à comunidade”. Bittencourt, que era presidente da Assembleia Legislativa de Goiás quando do plebiscito para emancipar Santa Rita do Novo Destino e foi um dos apoiadores na eleição de Eustáquio à prefeitura, diz que contribuirá, agora, carreando recursos para o município. “Vamos colocar mais de R$ 1 mi para viabilizar obras importantes para consolidar Santa Rita como um grande município do Vale do São Patrício”, anunciou. “Vi esse município nascer, a sua fundação e quero vê-lo progredindo cada vez mais. Meu compromisso é de trabalho e luta, primeiro, para ajudar José Eustáquio e, segundo, para corresponder à confiança que sempre tive dos eleitores desse município”. PróxiMaS eleiçõeS Em entrevista à Folha do Vale, o deputado federal Luiz Bittencourt garantiu ser candidato à reeleição no ano que vem. “Mantenho o meu trabalho, avanço nessa discussão cumprindo meus compromissos àqueles que têm me ajudado e respondendo ao compromisso que temos com o estado de Goiás”, afirmou o parlamentar, satisfeito por integrar a bancada campeã, segundo ele, na captação de recursos da União. “Nós éramos o 14º estado na captação de recursos do governo federal, hoje já estamos classificados em 9º, em função da nossa luta, do empenho e do prestígio que a bancada conquistou. Nossa ideia é continuar fazendo esse trabalho motivados pelos companheiros que nos apóiam”. x Thiago PeixoTo Sobre o futuro, a reportagem indagou o deputado a respeito da parceria, até as últimas eleições existente, com o grupo do hoje prefeito de Goianésia Gilberto Naves e da deputada Mara Naves, ambos do PMDB, atualmente mais ligado ao deputado estadual Thiago Peixoto, também peemedebista, pretenso candidato à Câmara dos Deputados, para o que Luiz Bittencourt respondeu: “Olha, toda eleição você tem adversários internos e externos na busca pelo voto. Nas duas eleições que disputei em Goianésia, por exemplo, eu enfrentei o Tatico, que fazia parte da nossa aliança. Então, eu tenho um grupo muito grande de pessoas que me ajudam, que são fiéis à minha liderança, que tivemos a oportunidade de trabalhar juntos, que me estimulam e vão estar comigo. Naturalmente, respeito a liderança do prefeito Gilberto Naves, respeito a força que o partido tem em Goianésia, mas tenho um grupo de pessoas que vai me ajudar e vamos estar trabalhando em toda a região”. Apesar do distanciamento do grupo do prefeito e da deputada por Goianésia, Luiz Bittencourt não prefere o confronto direto: “Não, a cada eleição uma nova realidade. Quer dizer, o que se passa num momento político tem relações próprias. O que ocorre é que, num determinado momento, um grupo mais ligado a um candidato se aproximou do Gilberto Naves; um grupo mais ligado a mim prefere continuar com esse apoio. Isso vai, faz parte da vida política, você tem sempre forças que se recompõem a cada processo eleitoral”. Se perde o apoio do casal Naves, o deputado contabiliza, na região, o trabalho para sua reeleição dos prefeitos de Santa Rita do Novo Destino, de Barro Alto, de Vila Propício, de Rialma, de um grupo muito grande em Santa Isabel e Uruaçu. “Enfim, essa região já faz parte do meu raio de ação de atividade parlamentar e vou continuar defendendo e lutando, buscando corresponder aos votos, à relação política que eu tenho com esses municípios”. Mesmo se não tiver o apoio de Gilberto e Mara para sua reeleição, Bittencourt, que apesar de ser do PMDB foi o deputado federal que mais apresentou emendas ao Orçamento da União auxiliando o governo do ex-prefeito Otavinho (PSDB), confirmou que continuará cumprindo esse papel: “Vou continuar ajudando ao Gilberto Naves, à nossa população, aos mais carentes e as pessoas que precisam do apoio do poder público. Muitos dos projetos que nós trabalhamos no passado começa a colher frutos agora”, concluiu.

Deputado Luiz Bittencourt trabalha para garantir recursos federais para municípios da região

INFORME PUBLICITÁRIO

Prefeitura Municipal

de Niquelândia
Administração 2009/2014