You are on page 1of 2

Caso Concreto 1 Em plena Copa do Mundo de Futebol, Augusto é torcedor fanático da seleção da Argentina.

No setor que trabalha, há grande rivalidade “amistosa” entre os funcionários, sendo que a maioria maciça é torcedora da seleção brasileira. Na tentativa de preservar-se um pouco mais, requereu que fosse reservado um local de trabalho para uso exclusivo seu e de outros colegas de trabalho que também torcem pelo país vizinho e por outras equipes, haja vista que os deboches e as provocações têm sido difíceis de suportar. Embasa sua pretensão no fato de o Código Civil dispor ser vedada a limitação de exercício de direitos sem expressa previsão legal, bem como a Constituição garantir a liberdade de expressão. Analise o caso concreto a partir dos seguintes tópicos: 1) Diante do exposto, poderíamos afirmar que a ausência de um local reservado para Augusto poderia caracterizar lesão aos postulados constitucionais e legais? R: Não. Princípio da Socialidade, da isonomia e até do individualismo. A pessoa está se socializando com outras, não fere a sua individualidade, não lhe cabendo um espaço reservado. A Norma procura harmonizar interesses coletivos, porque todos possuem o mesmo direito de estar presentes assistindo aos jogos. Não pode Augusto impor a sua personalidade aos demais, nem seu ponto de vista. 2) O que é a constitucionalização do Direito Civil ? R: é a integração ao Direito Civil de Normas constitucionais e à Constituição Federal as Normas do Direito Civil. No sentido de que algumas Normas e Princípios do Direito Civil, com o passar do tempo, estão sendo incorporados na Constituição Federal. Em outro momento a inserção, no Código Civil, de valores constitucionais, tudo em busca de uma unidade sistêmica do Direito, tendo a Constituição Federal como valor maior, que ela é. Caso Concreto 2 A Indústria Farmacêutica XYZ coloca no mercado um eficaz remédio, recentemente descoberto pelos seus químicos, que neutraliza os efeitos da Síndrome da Imunodeficiência adquirida, conhecida como AIDS. O valor do medicamento inviabiliza a compra pela maior parte dos que sofrem da doença. É certo que a Lei 9.279/96, nos artigos 40 e 42, dispõe que o prazo será de 20 (vinte) anos para vigência da patente, ou seja, poderá o titular (Indústria farmacêutica XYZ), durante este tempo, usar, gozar, dispor e impedir terceiro de reproduzir a fórmula. Contudo, a Constituição Federal (art. 5º, XXIII ) e o Código Civil, artº 1.228, § 1º, reconhecem para o ordenamento pátrio o princípio da função social da propriedade, que tem natureza de cláusula geral. Pergunta-se: 1) O princípio da função social da propriedade decorre de qual princípio do Código Civil de 2002 ? R: do Princípio da Socialidade – ressalva o bom domínio do social sobre o individual, sem anulá-lo. 2) A função social se apresenta no Código Civil como uma cláusula geral. Qual o conceito de cláusula geral e qual sua finalidade? R: As Cláusulas Gerais são conceitos normativos intencionalmente vagos, abertos, são os chamados, pelo Doutrina, “Conceitos Jurídicos Indeterminados”; no lugar de traçar pontualmente a Norma para o Código Civil e suas conseqüências, a Cláusula Geral constitui uma disposição normativa, que utiliza, no seu enunciado, uma linguagem “aberta”, “vaga”, caracterizando-se pela amplitude do campo semântico (Normas genéricas, porque não é possível enquadrar no mundo normativo tudo o que acontece no mundo natural). 3) O tema direito de propriedade pode ao mesmo tempo ser previsto e disciplinado no Código Civil e na Constituição? Esclareça: R: Claro, não há qualquer empecilho. Tome como exemplo a função social da propriedade, na CF e no CC).

º 33 . do tratamento da saúde.4) Poderíamos sustentar que seria lícito ao Poder Público determinar a suspensão do privilégio da patente. A função social deve atender a todos. d) apenas as alternativas I e III estão corretas. b) todas as alternativas estão corretas. a fim de atender a demanda social pelo remédio fabricado pela Indústria Farmacêutica ? Qual seria a justificativa da sua resposta? R: Sim. Assinale. mitigando as regras mais rígidas. QUESTÃO OBJETIVA No Código Civil. abrandar as desvantagens do estilo excessivamente abstrato e genérico da lei. portanto. Mais importante que a patente é a vida das pessoas que dependem daquele remédio. II – a de atuar de forma a concretizar o que se encontra previsto nos princípios gerais de direito e nos conceitos legais indeterminados. Interesse público. a função das cláusulas gerais é: I – dotar o sistema interno do Código Civil de mobilidade. c) apenas a alternativa II está correta. a alternativa ou alternativas corretas: a) nenhuma das alternativas está correta. também. III – a de. e) apenas as alternativas II e III estão corretas (TJ-SC-04/08/2002 – Direito Civil – Questão n.