You are on page 1of 4

ESCOLA DE ENGENHARIA

Aula 05 Disciplina de Teoria das Estruturas I Semestre 2013.1 Vigas contínuas Prof. Fernando Peroba

Para a viga biapoiada da figura abaixo, pretende-se determinar os diagramas de esforços internos. A viga é isostática, pois existem 4 reações de apoio a serem calculados (3 do engaste e 1 do apoio móvel) e uma rótula, que acrescenta mais uma equação às três equações de equilíbrio da estática. Segue o passo a passo deste procedimento:

1. CÁLCULO DAS REAÇÕES DE APOIO Antes de proceder ao cálculo das reações de apoio por meio das equações de equilíbrio da Estática, deve-se primeiramente determinar o valor da resultante (setas pontilhadas) para as cargas distribuídas e o seu respectivo ponto de aplicação. Carga uniforme (Retangular): Carga triangular: agudo) ⁄ e ̅ e ̅ ⁄ ⁄ (do ângulo 𝓂𝐴

𝐻𝐴 𝑉𝐴 𝑘𝑁 𝑘𝑁 𝑚 𝑚 𝑚 𝑉𝐷

concentradas ( Estas não causam descontinuidade em hipótese alguma. A rótula não interfere no cortante. sendo de livre escolha o sentido positivo dos momentos. ESFORÇO CORTANTE ( ) Usando a convenção de sinais . levam-se em consideração todos os momentos envolvidos na viga como um todo. Desta forma. deve-se calcular o cortante antes e depois da seção estudada. obedecendo a convenção de sinais. Não se podem confundir cargas ) com as resultantes das cargas distribuídas ( ). observa-se que forças concentradas causam descontinuidade do esforço cortante. onde houver força concentrada. por tratar-se do método das seções. por não transmitir flexão. Por isso.ESCOLA DE ENGENHARIA ∑  ∑  A rótula. escolhendo olhar para direita: 2. levam-se em consideração apenas os momentos à esquerda ou à direita do nó estudado. O aluno deve observar que: i) Na equação da estática. { . fornece a condição de que não há momento fletor sobre ela. ii) Para o cálculo do memento fletor.

Não haverá descontinuidade de fletor. MOMENTO FLETOR ( ) O gráfico do fletor é muito simples de ser traçado. 3. Vale ressaltar que. o gráfico abaixo da carga triangular é uma parábola do 2º grau. côncava para baixo. para este problema. devido à descontinuidade. Calculam-se os momentos ponto a ponto e depois “penduram-se as parábolas” abaixo das cargas distribuídas. Nos apoios simples o fletor é zero e no apoio de 3º gênero o momento fletor é o próprio momento de engaste acrescido do respectivo sinal.ESCOLA DE ENGENHARIA O gráfico abaixo da carga retangular é uma reta decrescente. o gráfico do cortante não cortou o eixo x onde há carga distribuída. Por fim. Já a carga concentrada de produz uma região de cortante constante alterada bruscamente em seu respectivo nó. pois não existem momentos concentrados nesta viga. Isso indica que não haverá pontos críticos (presença de vértice onde muda o crescimento de uma função) no gráfico de momento fletor. (Rótula) (apoio simples) .

ESCOLA DE ENGENHARIA Atividade do aluno Determine os diagramas de esforços internos para a viga contínua a seguir: GABARITO DIAGRAMA DE ESFORÇO CORTANTE DIAGRAMA DE MOMENTO FLETOR .