You are on page 1of 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

SETOR DE TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA
1° Trabalho Escolar da Disciplina TM 121 - Elementos de Máquinas I, realizado às 17h 30min do dia 05/05/2000.
Aluno: ____________________________________________________________________________
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------01)
0,6
Esboce um gráfico da tensão (S) x vida à fadiga (N) para um material ferroso e um não ferroso.
S

S

Material ferroso

N

Material não ferroso

N

02)
0,3
Quando um parafuso de elevação de cargas, normalmente com rosca quadrada, é auto-travante?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
03)
0,3
Qual característica de um parafuso é utilizada para descrevê-lo dentro das classificações usuais?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
04)
0,3
Por que a lubrificação da rosca na montagem de uma união aparafusada melhora a eficiência da
união?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
05)
0,3
Quais as principais funções da pré-carga em uma união por parafusos?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
06)
0,3
O diagrama da figura representa os momentos torçores em um eixo apoiado nos pontos "B" e
"D", e que suporta engrenagens nos pontos "A", "C" e "E". Em qual ponto está montada a engrenagem que transmite
potência ao eixo?

_____________________________________________________________________________________________
07)
0,4
A expressão para a tensão limite de fadiga de um componente (S n) em relação ao valor obtido
para um corpo de prova (Sn’) é: Sn = Sn‘.ka . kb. kc . kd . ke . kf . Descreva quatro dos parâmetros empregados.
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________

contra o tempo.17 mm2. A distribuição de cargas nas rodas direita e esquerda. As molas são construídas de aço para mola.2 mm e das molas traseiras é de 116.UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA 1° Trabalho Escolar da Disciplina TM 121 . Com um coeficiente de segurança de 1.3 GPa. A constante elástica das molas traseiras é k = 15 N/mm. O parafuso é montado com 90% da carga de prova. Quatro regiões aparecem no gráfico: a pré-carga. Uma carga variável de 0 a P tende a separar as placas. resistência à tração Srt = 827 MPa. qual é o máximo valor de P que não causaria falha por fadiga no parafuso. As molas têm 16 espiras ativas.0 Um parafuso construído de aço com uma curva tensão – deformação perfeitamente linear é pré-carregado até atingir a tensão de escoamento com uma carga de 80kN. Desenhe um gráfico qualitativo para a carga total sobre o parafuso e sobre as peças a unir. d) Calcular o peso do veículo. é simétrica.6 mm. resistência de prova de 586 MPa.3 e confiabilidade de 95%. partes da estrutura de um Boeing 767.0 Duas placas de alumínio. b) Calcular o coeficiente de segurança das molas dianteiras e traseiras. são mantidas unidas por um parafuso laminado de ½” – 20 UNF classe 8. um carregamento externo leve.Elementos de Máquinas I. realizado às 17h 30min do dia 05/05/2000. c) Calcular a constante elástica das molas dianteiras. módulo de elasticidade E = 207 GPa). O diâmetro médio das molas dianterias é de 114. Aluno: ____________________________________________________________________________ ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------01) 2.5 A suspensão do Gol Mil é constituída por quatro molas helicoidais de compressão. A carga total do veículo é de 13145 N. A rigidez das peças a unir é três vezes a rigidez do parafuso. com resistência ao escoamento por torção de 640 MPa. o comprimento das molas dianteiras é de 194 mm e das molas traseiras é de 240 mm. a) Calcular o diâmetro do arame das molas.8 (área transversal A t = 103. distribuidos com 6769 N no eixo dianteiro e 6376 N no eixo traseiro. 03) 3. todas construídas com o mesmo arame. 02) 2. A seguir cessa a carga externa. A figura mostra a pré-carga do conjunto e a carga externa aplicada à união. O comprimento livre das molas é de 373 mm. O módulo de elasticidade torcional é G = 79. na temperatura ambiente? . um carregamento externo pesado e um carregamento externo leve. Sob o peso próprio do veículo. em cada eixo.