You are on page 1of 83

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.

Moraes Junior

Aula 02
Patrimônio.

Conceitos de Capital.

Conteúdo
3. Patrimônio ................................................................................................................................... 2 3.1. Introdução .............................................................................................................................. 2 3.2. Aspectos Patrimoniais ........................................................................................................ 6 3.3. Bens, Direitos e Obrigações............................................................................................. 7 3.4. Equação Fundamental do Patrimônio......................................................................... 13 3.5. Situação Líquida ................................................................................................................. 17 3.5.1. Situação Líquida Nula ou Compensada (SL = 0)............................................... 17 3.5.2. Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa (SL > 0) ....................................................................................................................................................... 17 3.5.3. Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto (SL < 0) .............................................................................................. 18 3.6. Conceitos de Capital ......................................................................................................... 26 3.7. Outros Conceitos que podem ser cobrados em prova:....................................... 30 3.8. Memorize para a Prova .................................................................................................... 32 3.9. 3.10. Exercícios de Fixação .................................................................................................. 34 Resolução dos Exercícios de Fixação .................................................................... 45

Prof. José Jayme Moraes Junior

www.pontodosconcursos.com.br

1

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior 3. Patrimônio 3.1. Introdução Como vimos na aula anterior, o patrimônio é o objeto da Contabilidade e é representado pelos bens, direitos e obrigações de uma entidade. Relembrando: Patrimônio: Objeto da contabilidade, formado por bens, direitos e obrigações.

Os bens e direitos do patrimônio são localizados, na representação patrimonial, à esquerda e também são denominados de ativo. Por outro lado, as obrigações são localizadas à direita, na representação patrimonial, e também são conhecidas como passivo. Patrimônio Bens + Direitos (Ativo) Obrigações (Passivo)

- lado esquerdo: representa os bens e direitos do patrimônio (ativo). - lado direito – representa as obrigações do patrimônio (passivo).

Já caiu em prova!(Contador-STM-2010-Cespe) O objeto da contabilidade é o patrimônio, constituído pelo conjunto de bens, direitos e obrigações próprios de determinado ente. O objeto da Contabilidade é o patrimônio, que corresponde ao conjunto de bens, direitos e obrigações referentes à azienda ou entidade econômico-administrativa. Por azienda, entende-se toda entidade organizada passível de ter um patrimônio (bens, direitos e obrigações), ou seja, são pessoas jurídicas com fins lucrativos, empresas informais, entidades sem fins lucrativos, empresas públicas, pessoas físicas e etc. O item está correto.

Prof. José Jayme Moraes Junior

www.pontodosconcursos.com.br

2

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Vamos relembrar os conceitos de ativo e passivo: Ativo é um recurso controlado pela entidade como resultado de eventos passados e do qual se espera que resultem futuros benefícios econômicos para a entidade. Passivo é uma obrigação presente da entidade, derivada de eventos já ocorridos, cuja liquidação se espera que resulte em saída de recursos capazes de gerar benefícios econômicos. E o patrimônio líquido? Esqueceu? Então veja a questão abaixo para relembrar. Já caiu em prova!(Contador-STM-2010-Cespe) Patrimônio líquido é o conjunto de recursos controlados e utilizados pela entidade, fruto de suas transações passadas e cujo objetivo é a geração de benefícios futuros. Patrimônio Líquido é o valor residual dos ativos da entidade depois de deduzidos todos os seus passivos. A definição do item se refere ao ativo. O item está errado. Agora, você deve estar se perguntando: Tudo bem, professor, você falou que o patrimônio é dividido em bens, direitos e obrigações, mas o que são bens, direitos e obrigações? Bom, então vamos ver a definição desses termos para que possamos entender melhor a matéria. Bens: tudo aquilo que pode ser objeto de direito e é suscetível de ser utilizado e apropriado. São “itens” de propriedade da entidade, ou seja, a entidade possui o domínio sobre eles e são passíveis de avaliação monetária. Exemplos: Terrenos, edifícios, salas, veículos. Direitos (ou Créditos): são os valores a receber ou a recuperar nas transações com terceiros. Exemplos: títulos a receber, empréstimos a receber, despesas pagas antecipadamente. Professor, mas por que as despesas pagas antecipadamente são direitos? Lembra do princípio da competência? Nas despesas pagas antecipadamente, você pagou por um serviço que ainda não foi prestado ou por uma mercadoria que ainda não foi recebida. Portanto, o fato gerador da despesa, pelo princípio da competência, ainda não ocorreu. Ocorrerá somente com a efetiva entrega da mercadoria ou a prestação do serviço.
Prof. José Jayme Moraes Junior www.pontodosconcursos.com.br

3

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Não entendeu? Então veja o seguinte exemplo: se você contrata um marceneiro para fazer os armários de seu apartamento e dá um sinal de 40% do valor cobrado para que ele faça o serviço. Ele já te entregou os armários? Não. Portanto, você pagou por um serviço ainda não prestado e, com isso, possui o DIREITO de receber tal serviço, ou pelo, menos uma “parte do direito”, tendo em vista que adiantou um valor de 40%. Entendido? Então vamos em frente. Obrigações (ou Débitos): são os valores a pagar ou a recolher nas transações com terceiros. Exemplos: títulos antecipadamente. a pagar, empréstimos a pagar, receitas recebidas

Epa, epa, epa, professor! O que é isso? Receitas recebidas antecipadamente são obrigações? Como assim? Continuando o exemplo anterior, o marceneiro, por ter recebido uma parte do valor do serviço a ser prestado, tem a OBRIGAÇÃO de prestar o serviço ou entregar os armários (pelo menos, a parte referente aos 40% já recebidos). Ou seja, foi uma receita recebida antecipadamente, pois o fato gerador da receita, que é a entrega da mercadoria ou a efetiva prestação do serviço, ainda não ocorreu. Outra definição que pode facilitar o entendimento é: – Bens da empresa, que estão em seu poder, correspondem aos BENS. Exemplos: Imóvel, veículo, máquinas, dinheiro em caixa. – Bens da empresa, que estão em poder de terceiros, correspondem aos DIREITOS. Exemplo: Venda a prazo de mercadorias. É direito de a empresa receber o dinheiro referente à venda de seus bens a terceiros (título a receber), ou seja, a empresa comprou os bens (mercadorias) para revenda, vendeu e entregou a terceiros, para pagamento a prazo. Portanto, ela tem o direito de receber o valor acertado entre as partes por esta venda. Ou seja, o que diferencia os bens dos direitos é a posse. – Bens de terceiros, em poder da empresa, são as OBRIGAÇÕES da empresa.

Prof. José Jayme Moraes Junior

www.pontodosconcursos.com.br

4

eu paguei para virar “Hulk” ou “Feiticeira”. ainda. certo? Ou seja. você pode perguntar: E se eu não for à academia. O dinheiro. ou seja. Por outro lado. Suponha que você está sem grana e pede um dinheiro emprestado ao seu pai. ou seja. o bem de seu pai (bem de terceiros) passou a ficar em seu poder. A academia estava a sua disposição e você não utilizou o serviço. inicialmente. o dinheiro era um bem de seu pai. Provavelmente.com. Ao comparecer à academia para fazer a matrícula. seu direito “acabará” e a obrigação da academia também. Outro ponto importante em relação ao patrimônio corresponde aos aspectos patrimoniais. você faz o pagamento do primeiro mês. O que ocorreu aqui? Você transferiu um bem seu para a academia (seu dinheiro) e não houve. como ele emprestou um bem dele (dinheiro) para você.pontodosconcursos. e ter um corpo de Hulk ou da Feiticeira. Logo. tendo em vista que você já efetuou o pagamento. a academia possui uma OBRIGAÇÃO de prestar o serviço para. você tem um DIREITO em relação à academia. E para o seu pai? Bom. você pagou antes de começar. Quando passar o mês e você. pois o dinheiro não é seu. Seu objetivo. pague seu pai! Risos. Prof. mas não utilizei o serviço? Aí. Vamos estudá-los. efetivamente. Então.br 5 . tiver utilizado os serviços da academia. para ficar sarado(a)! Risos. Tudo bem? Agora. bens de terceiros em seu poder correspondem a uma OBRIGAÇÃO sua. efetivamente. para passar em um concurso público. Ainda está em dúvida? Vamos ver um exemplo de nosso cotidiano. visto que o fornecedor possui o direito de receber pela venda e a empresa possui a obrigação de pagar pela compra (título a pagar). pois o serviço pelo qual você pagou foi prestado. é ter um cérebro de Einstein. por favor. Portanto.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Exemplo: Compra a prazo de mercadorias. ele tem um DIREITO de recebê-lo de volta. Portanto. uma contraprestação. no momento. de seu pai. o problema é seu! Risos. Você pagou e ainda não recebeu o serviço. Sabemos que seu pai não vai te cobrar. a academia. Seu pai pegou o dinheiro dele e te emprestou. Vamos ver mais um exemplo? Suponha que você resolveu malhar em uma academia próxima a sua casa. José Jayme Moraes Junior www. era de quem? Exato. você não conseguirá seu dinheiro de volta. mas é uma obrigação sua pagar este empréstimo.

tais como dinheiro.com. Já caiu em prova! (Contador-CEB-2010-Funiversa) Assinale a alternativa que apresenta o aspecto que caracteriza-se pela natureza dos elementos que compõem o patrimônio.000. Prof.000.00 14. direitos e obrigações) e de resultado (receita ou despesa). (A) Qualitativo. estoques de materiais ou mercadorias.00 23.00 40. José Jayme Moraes Junior www. Moraes Junior 3. A alternativa “a” é a correta.2.00 (*) Conta: Nome ou título atribuído a atos e fatos contábeis de mesma natureza. Aspecto Qualitativo: corresponde à identificação da natureza dos elementos que compõem o patrimônio (bens.000. (E) Rotativo e gerativo.br 6 . Aspecto Qualitativo: corresponde à identificação compõem o patrimônio (bens.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 4. Aspecto Qualitativo Conta (*) Caixa Dinheiro Móveis e Utensílios Mesas e Armários Mercadorias Mercadorias para Revenda Lucro Receitas > Despesas Dívidas por compras a prazo Fornecedores Direitos gerados em vendas Duplicatas a Receber a prazo Capital Social Investimento dos sócios Elemento Patrimonial Aspecto Quantitativo Expressão Monetária 1. (B) Quantitativo.000. direitos e obrigações). (C) Gerativo. Aspectos Patrimoniais O patrimônio é representado por dois aspectos: aspecto qualitativo e aspecto quantitativo.00 10.000. valores a receber ou a pagar. máquinas. A função das contas é representar os itens patrimoniais (bens.000.000.00 3.pontodosconcursos. (D) Rotativo. direitos e obrigações). dos elementos que Aspecto Quantitativo: corresponde à identificação dos elementos em valores monetários.

aplicações financeiras de liquidez imediata (*1). de venda. Exemplos: estoques de mercadorias. móveis e utensílios. os bens materiais podem ser divididos em numerários. obras de arte. de renda e fixos. Bens Materiais de Venda: destinados à venda pela empresa. depósitos bancários (*1). Bens. terrenos não utilizados pela empresa.br 7 . estoque de matérias-primas. cheques recebidos na empresa e ainda não depositados no banco. Direitos e Obrigações Vamos verificar de que maneira os bens. terrenos. direitos ou obrigações podem ser divididos: os bens podem ser divididos em materiais e imateriais. aplicações financeiras de natureza não imediata. ferramentas. Moraes Junior 3. Prof. instalações elétricas e hidráulicas. numerários em trânsito (*2). Exemplos: dinheiro em espécie. dinheiro em conta-corrente. equipamentos. imóveis. veículos. produtos em elaboração e de produtos acabados. estoques de mercadorias. Além disso. Bens Materiais Numerários: bens de liquidez imediata (disponível): dinheiro em espécie.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Bens Materiais de Renda: adquiridos com a finalidade de produzir renda para a empresa.3. instalações. Exemplo: participações societárias de caráter permanente (sem a intenção de venda) ou temporário (com intenção de venda). Bens Materiais Fixos (Bens de Uso): bens de caráter permanente ou quase permanente que constituem os meios de produção da empresa Exemplos: imóveis destinados às instalações do estabelecimento industrial. (*2) Numerários em Trânsito: corresponde ao dinheiro que está em trânsito Exemplos: ordens de cobrança. móveis e utensílios. remessas para filiais. veículos. imóveis para aluguel. que não são destinados à manutenção das atividades da empresa.pontodosconcursos.com. representando o objeto de seu negócio. Vamos aos conceitos: Bens Materiais (Tangíveis ou Corpóreos): possuem existência física (podem ser tocados e são visíveis). máquinas e equipamentos. José Jayme Moraes Junior www. (*1) Há autores que consideram os depósitos bancários e as aplicações financeiras de liquidez imediata como direitos.

pontodosconcursos. dividendos a distribuir. Obrigações (ou Débitos) com Terceiros (Capitais de Terceiros): representam valores de propriedade de terceiros que estejam em poder da empresa. Concessões Obtidas. as obrigações com terceiros podem ser divididas em débitos de funcionamento e débitos de financiamento.com. impostos a pagar.Direitos Realizáveis Reais: bens realizáveis de propriedade da companhia.Débitos de Financiamento: recursos obtidos para a ampliação e desenvolvimento da empresa. empréstimos a terceiros.Créditos (ou Direitos) de Funcionamento: valores a decorrentes da própria atividade da empresa. . Exemplo: empréstimos e financiamentos bancários. ICMS a recuperar. .Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. etc. Exemplo: estoques de mercadorias e estoque de materiais de consumo. adiantamentos fornecedores. Prof. salários a pagar. José Jayme Moraes Junior www.Créditos de Financiamento: valores a receber decorrentes de financiamentos a terceiros e que não são diretamente relacionados com o objeto da atividade da empresa. Exemplos: Programas de Computador. a As obrigações podem ser divididas em obrigações com terceiros ou obrigações com sócios. Ponto Comercial. Podemos dividir os direitos em créditos de financiamento e créditos de funcionamento. contas a pagar. Patentes da Empresa. adiantamento de clientes. Há outra classificação que também costuma ser cobrada em prova: . duplicatas a receber. ICMS a recuperar.Direitos Realizáveis Pessoais: são os créditos da companhia. . Direitos Autorais. impostos a recolher. Exemplo: contas a receber.br 8 . Exemplo: fornecedores. receber . . mas podem ser traduzidos em moeda. Exemplo: duplicatas a receber. Propriedade Científica. Além disso.Débitos de Funcionamento: recursos obtidos para o funcionamento normal da empresa. Moraes Junior Bens Imateriais (Intangíveis ou Incorpóreos): são bens que não existem fisicamente (não podem ser tocados e não são visíveis). Marcas de Propaganda. Exemplo: empréstimos compulsórios à União.

000.000.00 emitidas por terceiros = 13.000. os entregam. pois estes não emprestam recursos para que ela possa ter vida própria.00 Prof.pontodosconcursos.500. pois os sócios já se comprometeram com a empresa quando fizeram a subscrição do capital e ainda não fizeram a integralização.00 concedidos a terceiros = 3.500.00 notas promissórias: emitidas pela empresa = 5.00 máquinas: para uso próprio = 30.com. mas.500. pois está no PL e é um crédito (direito) da empresa. Já caiu em prova! (AFTN-Esaf) Ao examinarmos o patrimônio da empresa Comercial Ltda.00 emitidas por terceiros = 5. reservas de capital.00 capital registrado na Junta Comercial = 40.br 9 . Exemplo: capital social. José Jayme Moraes Junior www.00 duplicatas: emitidas pela empresa = 11.000. para que com eles forme o Patrimônio da Entidade.00 para revender = 25.000. sim.000.000. O Patrimônio Líquido não é uma dívida da Entidade para com seus sócios ou acionistas.00 empréstimos: obtidos pela empresa = 26. encontramos os seguintes elementos: dinheiro: na tesouraria = 800.00 material de consumo = 2.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 equipamentos para uso próprio = 10.00 depositado no Banco = 2. Memorize para a prova: Investimentos (Aplicações) de Recursos Ativo Bens Numerários Créditos de Funcionamento Bens de Venda Créditos de Financiamento Bens de Renda Bens Fixos Bens Imateriais Financiamentos (Origem) de Recursos Passivo Total Capitais de Terceiros (Passivo Exigível) Débitos de Funcionamento Débitos de Financiamento Capitais Próprios (Patrimônio Líquido) Capital Social (-) Capital a Integralizar Reservas Prejuízos Acumulados Nota: Capital a integralizar é uma exceção. Moraes Junior Obrigações (ou Débitos) com os Sócios (Capitais Próprios ou Patrimônio Líquido): conjunto de contas representativas dos recursos dos sócios que estejam em poder da empresa. reservas de lucros.000.500.

com. o devedor se compromete a pagar o valor da dívida no local e data estipulados.00 Antes de resolver a questão.00 e 19. José Jayme Moraes Junior www. Duplicatas Recebidas (pela empresa) de funcionamento).500. cuja atividade fim também é o financiamento.00 b) 45.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.800. ⇒ direito da empresa (crédito de ⇒ obrigações da empresa (débito Duplicatas Emitidas pela Empresa = Duplicatas Emitidas = Duplicatas Recebidas por Terceiros = Duplicatas a Receber Duplicatas Emitidas por Terceiros = Duplicatas Recebidas = Duplicatas Recebidas pela Empresa = Duplicatas Aceitas = Duplicatas a Pagar Nota Promissória: é um título de crédito utilizado em operações financeiras (Exemplo: empréstimos efetuados por estabelecimentos bancários a seus clientes). Pode ser emitida por pessoas físicas ou pessoas jurídicas e representa uma promessa de pagamento. respectivamente. em suas relações com terceiros.500. temos: Notas Promissórias Emitidas (pela empresa) (débito de financiamento).000. Logo. Prof. ⇒ obrigação da empresa Notas Promissórias Recebidas (pela empresa) ⇒ direito da empresa (crédito de funcionamento se for instituição financeira.500.00 e 42.00 e 45.000. Moraes Junior A composição do patrimônio acima descrito e o conhecimento de que todos os títulos a ele incorporados foram pela empresa ou contra ela emitidos evidenciam que a Comercial Ltda. Por meio da Nota Promissória.00 e 22. de: a) 42.000.00 e) 19.500.000. A duplicata garante ao vendedor o direito de receber do comprador o valor das vendas de mercadorias efetuadas a prazo.br 10 .pontodosconcursos. temos: Duplicatas Emitidas (pela empresa) funcionamento).00 e 89.00 d) 22.00 c) 85. vamos aproveitar para ver mais dois conceitos importantes: Duplicatas: é um título de crédito emitido pelas empresas que efetuam vendas de mercadorias. ou crédito de financiamento). Logo.000. possui créditos e débitos.

Prof. memorize o quadro abaixo para a prova: Emitidas Direito Obrigação Recebidas Obrigação Direito Duplicatas Notas Promissórias Vamos à resolução da questão: I – Créditos ou Direitos: duplicatas emitidas pela empresa = 11.00 Total = 45.00 ⇒ patrimônio líquido (não entra na resolução da questão.00 ⇒ bem de uso para revender = 25.00 notas promissórias emitidas pela empresa = 5.00 ⇒ bem numerário (há autores que consideram como direito = crédito). A alternativa “e” é a correta.com.00 ⇒ bem numerário depositado no Banco = 2.000. máquinas: para uso próprio = 30.00 notas promissórias emitidas por terceiros = 5.00 empréstimos concedidos a terceiros = 3.500.00 Total = 19.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000.000.500.500.00 ⇒ bem de venda material de consumo = 2.00 ⇒ bem de uso capital registrado na Junta Comercial = 40.500.00 empréstimos obtidos pela empresa = 26.000.00 ⇒ bem de uso equipamentos para uso próprio = 10.000. pois foram pedidas as obrigações com terceiros – débitos com terceiros – e o patrimônio líquido corresponde a obrigações com sócios).500.000.000. José Jayme Moraes Junior www.000.br 11 . Moraes Junior Notas Promissórias Emitidas pela Empresa = Notas Promissórias Emitidas = Notas Promissórias Recebidas por Terceiros = Notas Promissórias a Pagar Notas Promissórias Emitidas por Terceiros = Notas Promissórias Recebidas = Notas Promissórias Recebidas pela Empresa = Notas Promissórias a Receber = Notas Promissórias Aceitas Portanto.00 Demais contas: dinheiro: na tesouraria = 800.000.00 II – Débitos ou Obrigações: duplicatas emitidas por terceiros = 13.pontodosconcursos.

a empresa possui uma obrigação com seus clientes. Caixa: é um bem numerário. ERRADO! O item está ERRADO. Portanto. 2. sendo. O que importa para você é como a banca pensa. Veja: Adiantamento de Clientes: é uma conta representativa de um dinheiro que o cliente adiantou para empresa sem ainda ter recebido a mercadoria ou o serviço. sinceramente. ainda não é uma receita realizada pelo princípio da competência (Lembra das quatro possibilidades do princípio da competência? Espero que sim).pontodosconcursos. Moraes Junior Repare que a Esaf considerou “dinheiro depositado no banco” como um bem numerário. O item está correto. tendo em vista que o dinheiro da empresa está depositado.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Já caiu em prova! (Assistente de Saneamento-Técnico Contábil-Embasa2009-Cespe) A respeito dos nomes utilizados para representarem os elementos patrimoniais e as mutações sofridas pelo patrimônio.br 12 . você não deve se importar com a forma de pensamento deste ou daquele autor. O item está correto. A conta é “Adiantamento de Clientes” e o item fala em “Adiantamento a Clientes”. 1. Aí você diria (se não ler atentamente o item). Ou seja. A conta adiantamentos a clientes é considerada uma conta do passivo porque representa adiantamentos dos clientes à empresa. Pegadinha mortal da banca!!!! O concurseiro mais desatento cairia como um “cordeiro”.com. 3. uma conta do passivo. A conta bancos conta movimento representa um direito da empresa junto ao banco depositário dos recursos financeiros disponíveis em conta-corrente. certo? É isto que fará diferença na hora da prova e que o levará a acertar a questão. José Jayme Moraes Junior www. Contudo. Então o item está correto. julgue os próximos itens. E ponto final. Prof. Bancos conta Movimento: há autores que consideram como bem numerário e há autores que consideram como direito da empresa junto banco. Consequentemente. para o Cespe: Bancos Conta Movimento: representa um direito da empresa junto ao banco depositário dos recursos financeiros disponíveis em conta-corrente. Risos. portanto. Nesta situação o cliente possui um direito em relação à empresa. A conta caixa representa um bem patrimonial e não um direito.

até agora. é comum aparecer em provas e livros a palavra passivo como uma representação das obrigações com terceiros (passivo exigível). riqueza da empresa e ativo líquido. é igual ao passivo total. normalmente. recursos próprios ou passivo não-exigível. a empresa possui um direito em relação a seus clientes.br 13 . estávamos considerando o passivo como todo o conjunto de obrigações. CUIDADO!!!! Leia os itens com atenção! 3.pontodosconcursos. Na Lei das Sociedades por Ações (Lei no 6.404/76). ou seja. enquanto o passivo representa a parte negativa do patrimônio.4. Moraes Junior No caso de “Adiantamento a Clientes”. Contudo. um direito da empresa (ativo). sendo também denominado capital de terceiros (obrigações com terceiros). também conhecido como patrimônio bruto. o ativo. Equação Fundamental do Patrimônio A equação fundamental do patrimônio é representada por: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido ⇒ ⇒ Patrimônio Líquido = Ativo – Passivo Repare que. foi a empresa que adiantou algum dinheiro ao(s) seu(s) cliente(s). Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido Ativo = Bens + Direitos Passivo = Obrigações com Terceiros Patrimônio Líquido = Obrigações com Sócios Patrimônio Líquido = Bens + Direitos – Obrigações (com terceiros) Patrimônio Líquido = Ativo . ficando. pela equação fundamental do patrimônio. Nesse caso. O patrimônio líquido apresenta os seguintes sinônimos: situação líquida (*). sendo. José Jayme Moraes Junior www. portanto. representa a parte positiva do patrimônio. Prof. o item está errado. a empresa fez uma espécie de empréstimo ao(s) seu(s) cliente(s). Portanto. a palavra passivo corresponde ao conjunto das obrigações.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. por conseqüência.com. o patrimônio líquido como uma representação das obrigações com sócios (passivo não-exigível). capital próprio. ou seja. grandeza patrimonial.Passivo Portanto.

000 Patrimônio Líquido 12. Moraes Junior (*) Considera-se patrimônio líquido como sinônimo de situação líquida positiva.br 14 .com.000 5. José Jayme Moraes Junior www.000 Títulos a Pagar 5. Passivo Não Exigível = Passivo Não Circulante “Receitas Diferidas” (será visto em aula posterior) + Patrimônio Líquido Passivo Total = Passivo Exigível + Passivo Não-Exigivel Capital Total a Disposição da Empresa = Capital de Terceiros + Capital Próprio Origens dos Recursos = Capital de Terceiros + Capital Próprio Aplicações dos Recursos = Ativo Prof.000 40.000 15. sendo denominada de passivo a descoberto. Exemplo: Patrimônio Ativo Caixa Duplicatas a Receber Mercadorias Móveis e Utensílios Máquinas Total Passivo 10. Elementos do Passivo: são organizados à direita.000 10.000 Capital Social Lucros Acumulados 40. Caso a situação líquida seja negativa haverá uma ausência de recursos próprios.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000 Fornecedores 10.pontodosconcursos. Patrimônio Líquido (Capital Próprio): os sócios emprestam recursos para que a empresa forme o seu patrimônio (não possui natureza de dívida).000 Total 10.000 Elementos do Ativo: são organizados à esquerda. Passivo Exigível: representa as obrigações da entidade com terceiros (Capital de Terceiros).000 Passivo Exigível 3. Elementos do Patrimônio Líquido: são organizados à direita.

Direitos (R$ 280.00) e depositado no banco (R$ 370. por ele aceitas (R$ 1.580 – 2.100.00. e dívidas decorrentes de salários (R$ 350. vamos verificar as contas do ativo (bens e direitos): Contas do Ativo Notas Promissórias Aceitas 200 ⇒ direito Duplicatas Emitidas 1. acabou encontrando a documentação que comprova a existência de: Notas promissórias.00) e por ele emitidas (R$300. b) R$ 3. quitados ou não.580.00) e por ele emitidas (R$ 1. A alternativa “a” é a correta.pontodosconcursos.00) e para consumir (R$ 230.00).00.280 (*) Salários do período.00). Primeiramente.00. pode-se dizer que esse empresário possui um patrimônio líquido de a) R$ 1.00). para usar (R$ 600.00).00).00.100 ⇒ direito Direitos 280 ⇒ direito Dinheiro 100 ⇒ bem numerário Bancos 370 ⇒ bem numerário Bens para Vender 700 ⇒ bens de venda Bens para Usar 600 ⇒ bens de uso Bens para Consumir 230 ⇒ bens de uso Total do Ativo 3.200 ⇒ 350 ⇒ 450 ⇒ 2. Duplicatas.180.00. José Jayme Moraes Junior 15 .00) e obrigações (R$ 450.00) decorrentes de aluguel. c) R$ 3. por ele aceitas (R$ 200. Do ponto de vista contábil.280.00).480.00).br Prof. Dinheiro.580 As contas do passivo seriam: Contas do Passivo Notas Promissórias Emitidas Duplicatas Aceitas Salários a Pagar Obrigações Total do Passivo 300 ⇒ 1.300 obrigação obrigação obrigação obrigação Equação Fundamental do Patrimônio: PL = A – P ⇒ PL = 3. guardado na gaveta (R$ 100. direitos ou obrigações). Salários do período. quitados ou não (R$ 400. Moraes Junior Já caiu em prova! (APO-MPOG-2010-Esaf) O empresário Juvenal Bonifácio ao organizar o que possuía em sua microempresa. www.200. e) R$ 880. d) R$ 1.com.300 = 1. são “Despesas de Salários” (não são bens. Bens para vender (R$ 700.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.

000. (B) Os recursos de terceiros totalizam no exercício R$ 240.pontodosconcursos. Valores a Receber ou a Recuperar Sempre que aparecer “XXXXX a Receber ou a Recuperar”.00. Patrimônio Líquido (Capital Próprio = Recursos Próprios) = R$ 160. o Ativo Total registrado pela empresa foi de R$ 400. Exemplos: Duplicatas a Receber e Impostos a Recuperar. o Ativo ficou menor que o Passivo em R$ 40. Moraes Junior Vou aproveitar a questão para ensinar um “macete”: Contas a Pagar ou a Recolher Sempre que aparecer “XXXXX a Pagar ou a Recolher”. Apurou um lucro líquido de R$ 40. (A) Após o fechamento do balanço. (D) Após o fechamento do balanço. se aparecer somente “Salários” ou “Impostos”.com. No mesmo período. José Jayme Moraes Junior www. somado a outros componentes do Patrimônio Líquido.000 A alternativa “b” é a correta. assinale a alternativa correta.000 ⇒ ⇒ Passivo (Capital de Terceiros = Recursos de Terceiros) = 240. (C) Os recursos próprios totalizam no exercício R$ 240.00. o “a Receber” ou “a Recuperar” indica que é um direito da empresa.000.00 Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo – Passivo = Situação Líquida ⇒ ⇒ 400. Considerando essa situação hipotética.00 Ativo Total = R$ 400.00.000 ⇒ ⇒ Passivo = 400. será um direito da empresa (ativo). Repare que. Já caiu em prova!(Administração Financeira e Contábil-Seplag/DF-2010Funiversa) A empresa Coimbra Ltda. será uma conta de despesa (veremos receitas e despesas em aula posterior).00.000. será uma obrigação da empresa (passivo). Logo.000. o “a Pagar” ou “a Recolher” indica que é uma obrigação da empresa.000.00. o Ativo ficou maior que o Passivo em R$ 40. Este valor. Logo.000.000.000 – 160.000. Exemplos: Salários a Pagar e Impostos a Recolher.000.br 16 . Empresa Coimbra Ltda.000.000 – Passivo = 160.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. resultou em R$ 160. Prof. (E) Os recursos de terceiros totalizam no exercício R$ 120.00 no exercício de 2008.00.00.

pela equação fundamental do patrimônio teríamos: Ativo (A) = Passivo (P) + Situação Líquida (SL) ⇒ ⇒ Situação Líquida (SL) = Ativo (A) – Passivo (P) Vamos estudar cada uma das situações líquidas.pontodosconcursos. o ativo é maior que o passivo exigível. 3. Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL > 0 ⇒ A – P > 0 ⇒ A > P Prof. Moraes Junior 3. Situação Líquida Nula ou Compensada (SL = 0) Nesta situação.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.1. José Jayme Moraes Junior www. Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL = 0 ⇒ 0 = A – P ⇒ A = P Situação Líquida Nula: Ativo = Passivo Exigível A P A=P SL = 0 3. que pode ser dividida em três tipos: situação líquida nula.5.5.br 17 . positiva ou negativa. o ativo é igual ao passivo exigível.2. Portanto. Situação Líquida A diferença entre o ativo e o passivo exigível (considerando que o Passivo Não Circulante “Receitas Diferidas” é nulo) é denominada situação líquida.com.5. Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa (SL > 0) Nesta situação.

Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto (SL < 0) Nesta situação. ou seja. o ativo é menor que o passivo exigível.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. ao ser constituída. e ocorre na abertura da empresa. Moraes Junior Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa Ativo > Passivo Exigível P A SL A > P (passivo maior que zero) SL > 0 A situação abaixo corresponde a um caso especial de situação líquida positiva.pontodosconcursos.3. desde que estes valores possam ser avaliados em dinheiro. Para a integralização do capital social os sócios podem utilizar dinheiro (moeda corrente) ou qualquer espécie de bens e direitos.5.com.br 18 . José Jayme Moraes Junior www. Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL < 0 ⇒ A – P < 0 ⇒ A < P Prof. 3. posteriormente o integralizam. tem o seu capital subscrito pelos sócios ou acionistas que. a empresa ainda não possui dívidas. pela integralização do capital inicial. A SL A > P (passivo = 0) SL > 0 Nota: Integralização do Capital: a sociedade.

com. José Jayme Moraes Junior www. Exemplos: I) Ativo = 100. Passivo = 80 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 80 SL < Passivo Ativo > SL ⇒ SL = 80 ⇒ SL = 20 Prof. igual em módulo ou menor que a situação líquida. Moraes Junior Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto Ativo < Passivo Exigível A SL P A<P SL < 0 A pior situação possível ocorrerá quando não existir mais ativos para liquidar os passivos ainda existentes.pontodosconcursos. SL P A=0 SL = .P Algumas relações importantes: Ativo: A > 0 ou A = 0 (não pode ter valor negativo) Passivo Exigível: PE > 0 ou PE = 0 (não pode ter valor negativo) O ativo pode ser maior ou igual à situação líquida. igual.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. mas nunca menor. Passivo = 20 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 20 SL > Passivo Ativo > SL II) Ativo = 100.br 19 . O passivo exigível pode ser maior.

A situação patrimonial é superavitária quando o valor total do ativo é maior do que o valor total do passivo (passivo circulante + passivo não circulante). quando aparecer um número entre parênteses. Ativo > Passivo ⇒ Situação Líquida > 0 (superavitária) A alternativa “b” é a correta. José Jayme Moraes Junior www.br 20 . Passivo = 0 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 0 ⇒ SL = 100 SL > Passivo Ativo = SL IV) Ativo = 20. Passivo = 100 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 20 – 100 ⇒ ⇒ SL = (80) ⇒ em Contabilidade. (C) Ativo e valor do Passivo são iguais. (B) Ativo é maior do que o valor total do Passivo. Passivo = 50 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 50 SL = Passivo Ativo > SL ⇒ SL = 50 Já caiu em prova! (Procuradoria Geral–RJ–Técnico Superior de Análise Contábil–2009–FCC) A situação patrimonial é superavitária quando o valor total do (A) Ativo é superior ao valor total do Permanente.com.80. (E) Realizável é maior do que o valor do Permanente.pontodosconcursos. Moraes Junior III) Ativo = 100. SL < Passivo Ativo > SL V) Ativo = 100.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Nesse exemplo: (80) = . (D) Passivo supera o valor total do Ativo. significa que esse número é negativo. Já caiu em prova! (Analista Judiciário-Contabilidade-TRE/BA-2009Cespe) Entidade A Ano 1 Ano 2 Passivo Ativo Passivo Ativo Prof.

de quatro entidades contábeis hipotéticas — A.pontodosconcursos. B. para o período de dois anos consecutivos. Moraes Junior Entidade B Ano 1 Ano 2 Passivo Ativo Passivo Ativo Entidade C Ano 1 Ativo Passivo Ativo Ano 2 Passivo Entidade D Ano 1 Ativo Passivo Ativo Ano 2 Passivo Considere as representações patrimoniais. julgue os itens abaixo.com.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Vamos analisar todos os casos: I – Entidade A: Ano 1 Ativo Passivo Ano 2 Ativo Passivo Situação Líquida Situação Líquida Prof.br 21 . 1 Comparando o período. Com base nessas informações e em relação à situação líquida dessas entidades. José Jayme Moraes Junior www. a situação líquida tornou-se desfavorável apenas para uma das entidades contábeis apresentadas. C e D — ilustradas acima. em forma de diagrama de barras.

Portanto.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. III – Entidade C: Ano 1 Passivo Ativo ⇒ Tanto no ano 1 como Ano 2 Ativo Passivo Situação Líquida Ano 1: Ativo > Passivo Ano 2: Ativo < Passivo Situação Líquida ⇒ Situação Líquida (Ano 1) = Ativo – Passivo > 0 ⇒ Situação Líquida (Ano 2) = Ativo – Passivo < 0 Repare que a situação líquida era favorável no ano 1 e se tornou desfavorável no ano 2 (passivo > ativo). para a entidade “C” (situação líquida desfavorável). José Jayme Moraes Junior www. II – Entidade B: Ano 1 Passivo Ativo ⇒ Tanto no ano 1 como Ano 2 Ativo Passivo Situação Líquida Ano 1: Ativo > Passivo Ano 2: Ativo > Passivo Situação Líquida ⇒ Situação Líquida (Ano 1) = Ativo – Passivo > 0 ⇒ Situação Líquida (Ano 2) = Ativo – Passivo > 0 Repare que não houve alteração do valor da situação líquida do ano 1 para o ano 2.br 22 . Prof. o Passivo (passivo exigível) é maior que o Ativo no ano 2. Situação Líquida (Ano 1) > Situação Líquida (Ano 2) no ano 2 as situações líquidas são favoráveis. tendo em vista que o passivo exigível e o ativo não sofreram alteração de valor.com.pontodosconcursos. Situação Líquida (Ano 1) = Situação Líquida (Ano 2) no ano 2 as situações líquidas são favoráveis. Moraes Junior Ano 1: Ativo > Passivo ⇒ Situação Líquida (Ano 1) = Ativo – Passivo > 0 Ano 2: Ativo > Passivo ⇒ Situação Líquida (Ano 2) = Ativo – Passivo > 0 Repare que apenas ocorreu a diminuição do valor da situação líquida do ano 1 para o ano 2. tendo em vista que o passivo exigível do ano 2 é maior que o do ano 1 e o ativo não teve seu valor alterado.

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. tendo em vista que o passivo exigível do ano 1 é maior que o do ano 2 e o ativo não teve seu valor alterado. que é igual ao ativo total ou ao passivo total. O item está errado. não houve variação quantitativa no patrimônio dessa entidade. Prof.br 23 .com. variou de 100 para 200. O item está correto. comparando o período. ⇒ Tanto no ano 1 como Portanto. Moraes Junior IV – Entidade D: Ano 1 Ano 2 Passivo Ativo Passivo Ativo Situação Líquida Ano 1: Ativo > Passivo Ano 2: Ativo > Passivo Situação Líquida ⇒ Situação Líquida (Ano 1) = Ativo – Passivo > 0 ⇒ Situação Líquida (Ano 2) = Ativo – Passivo > 0 Repare que apenas ocorreu o aumento do valor da situação líquida do ano 1 para o ano 2. mas o patrimônio da entidade (patrimônio bruto). sendo correto afirmar que. foi uma “pegadinha” da banca examinadora. 2 A situação líquida de uma das entidades manteve-se inalterada no período. a situação líquida tornou-se desfavorável apenas para uma das entidades contábeis apresentadas (Entidade “C”). José Jayme Moraes Junior www. Situação Líquida (Ano 1) < Situação Líquida (Ano 2) no ano 2 as situações líquidas são favoráveis. nesse caso. Percebe-se que a situação líquida da entidade “B” manteve-se inalterada no período.pontodosconcursos. Vamos entender por meio de um exemplo: Ano 1: Ativo = 100 Passivo = 50 Patrimônio Líquido = 100 – 50 = 50 Ano 2: Ativo = 200 Passivo = 150 Patrimônio Líquido = 200 – 150 = 50 Ou seja. Contudo. Aqui. a situação líquida permaneceu inalterada. não há como afirmar que não houve variação quantitativa do patrimônio da entidade.

Moraes Junior 3 Entre as entidades citadas. no ano 2. a entidade A.pontodosconcursos. convenciona-se denominá-la (A) passivo desfavorável. em relação aos recursos possuídos pela entidade.obrigações é negativo. capazes de gerar benefícios econômicos futuros. mas nunca menor. Já caiu em prova! (Contabilidade-Iphan-2009-Funiversa) 1. é a entidade “C”. quando o resultado da operação bens + direitos . tendo em vista que a situação líquida é negativa. Já caiu em prova! (Contador-Ceb-2010-Funiversa) Com relação ao patrimônio. igual. (B) passivo nulo. Prof. (A) Situação Líquida igual ao Ativo (B) Situação Líquida maior que o Ativo (C) Situação Líquida menor que o Ativo (D) Situação Líquida maior que o Passivo Exigível (E) Situação Líquida menor que o Passivo Exigível Ativo: A > 0 ou A = 0 (não pode ter valor negativo) Passivo Exigível: PE > 0 ou PE = 0 (não pode ter valor negativo) O ativo pode ser maior ou igual à situação líquida. Assinale a alternativa que indica situação patrimonial inconcebível. (E) ativo desfavorável. O passivo exigível pode ser maior.com.br 24 . apresentou o maior percentual de capital de terceiros em relação aos recursos possuídos pela entidade. A entidade que possui maior percentual de capital de terceiros. (D) ativo nulo. José Jayme Moraes Junior www. igual em módulo ou menor que a situação líquida. A alternativa “c” é a correta. isto é. O capital de terceiros corresponde às obrigações da empresa com terceiros.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. o capital total à disposição da empresa ou seu passivo total. o ativo é menor que o passivo exigível. O item está errado. (C) passivo a descoberto. Repare que na entidade “C” o capital de terceiros é maior que o capital total à disposição da empresa (passivo total). no ano 2. Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto (SL < 0): Nesta situação.

José Jayme Moraes Junior www.com.00 De acordo com a Teoria das Equações do Patrimônio. a situação líquida nunca será maior que o ativo. Empresa A B C Ativo 1. 2.000. Considere o quadro a seguir onde os valores são dados em reais. (E) A empresa A revela Situação Líquida positiva igual a R$ 400.00.br 25 . assinale a alternativa correta.00 600.00 800.00. Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo – Passivo = Situação Líquida Prof.00 600. (A) A empresa A revela Situação Líquida negativa. (C) A empresa C revela Situação Líquida negativa de R$ 100. (B) A empresa B revela Situação Líquida negativa de R$ 200.00. (D) A empresa C revela Situação Líquida positiva de R$ 200.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Passivo = 100 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 20 – 100 ⇒ SL = (80) SL < Passivo Ativo > SL V) Ativo = 100. Passivo = 50 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 50 SL = Passivo Ativo > SL ⇒ ⇒ SL = 50 Portanto. Moraes Junior Exemplos: I) Ativo = 100.00. Passivo = 20 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 20 SL > Passivo Ativo > SL II) Ativo = 100.00 Passivo exigível 400. Passivo = 0 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 0 SL > Passivo Ativo = SL ⇒ SL = 80 ⇒ SL = 20 ⇒ SL = 100 IV) Ativo = 20. Passivo = 80 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 80 SL < Passivo Ativo > SL III) Ativo = 100.pontodosconcursos. A alternativa “b” é a correta.00 500.

6. o capital é sinônimo de ativo líquido ou patrimônio líquido da entidade. Assim. Se. A seleção do conceito de capital apropriado para a entidade deve ser baseada nas necessidades dos usuários das demonstrações contábeis.com.000 Passivo = 400 Situação Líquida = Ativo – Passivo = 1. Conceitos de Capital O conceito financeiro de capital é adotado pela maioria das entidades na preparação de suas demonstrações contábeis. Outros conceitos importantes cobrados em prova: Capital de Giro = Ativo Circulante (*) Capital Social = Capital Subscrito Prof. embora possa haver dificuldades de mensuração em se tornar operacional esse conceito. tal como o dinheiro investido ou o seu poder de compra investido. Por outro lado. por exemplo.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000 – 400 = 600 (positiva) II – Empresa B: Ativo = 800 Passivo = 600 Situação Líquida = Ativo – Passivo = 800 – 600 = 200 (positiva) III – Empresa C: Ativo = 500 Passivo = 600 Situação Líquida = Ativo – Passivo = 500 – 600 = (100) (negativa) A alternativa “c” é a correta.br 26 .pontodosconcursos. O conceito escolhido indica a meta a ser atingida na determinação do lucro. o conceito físico de capital deve ser usado. José Jayme Moraes Junior www. 3. entretanto. a principal preocupação dos usuários é com a capacidade operacional da entidade. segundo o conceito físico de capital. o conceito financeiro de capital deve ser adotado se os usuários das demonstrações contábeis estão principalmente interessados na manutenção do capital nominal investido ou no poder de compra do capital investido. o capital é considerado como a capacidade produtiva da entidade baseada. Moraes Junior I – Empresa A: Ativo = 1. De acordo com o conceito financeiro de capital. nas unidades de produção diária.

mas.500.000.00 Capital Autorizado no valor de R$ 5.000.000.500. Moraes Junior Capital Fixo = Ativo Não Circulante Imobilizado (*) Capital Alheio = Capital de Terceiros = = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante (longo prazo) (*) Capital Autorizado = Capital máximo autorizado no estatuto ou contrato social Capital a Subscrever = Capital autorizado não subscrito Capital a Realizar = Capital subscrito ainda não integralizado Capital Investido = Ativo Total Capital Integralizado = Capital Subscrito e integralizado = = Capital Subscrito – Capital a Integralizar Capital Próprio = Ativo Líquido = Patrimônio Líquido (*) Veremos novamente na aula de Balanço Patrimonial.00 Lucros Acumulados no valor de R$ 500.00 Capital Social no valor de R$ 5.00 Prof.000.00 Prejuízo Líquido do Exercício no valor de R$ 1.000. segue a divisão do ativo e do passivo em grupos e subgrupos: Ativo Ativo Circulante Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Investimentos Imobilizado Intangível Passivo Passivo Circulante Passivo Não Circulante Patrimônio Líquido Capital Social (-) Ações em Tesouraria Ajustes de Avaliação Patrimonial Reservas de Lucros Reservas de Capital (-) Prejuízos Acumulados Já caiu em prova! (AFRF-2002-Esaf) Da leitura atenta dos balanços gerais da Cia. podemos observar informações corretas que indicam a existência de: Capital de Giro no valor de R$ 2.00 Capital Fixo no valor de R$ 6. como esses termos já apareceram aqui e podem aparecer em algumas questões de prova.500.br 27 .com.00 Capital Integralizado no valor de R$ 3.01 para publicação. e dos relatórios que os acompanham.pontodosconcursos.00 Capital Alheio no valor de R$ 5. José Jayme Moraes Junior www.000.00 Capital Investido no valor de R$ 8. levantados em 31. Emile.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.12.00 Capital a Realizar no valor de R$ 1.

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior A partir das observações acima, podemos dizer que o valor do Capital Próprio da Cia. Emile é de a) R$ 5.500,00 b) R$ 5.000,00 c) R$ 4.000,00 d) R$ 3.500,00 e) R$ 3.000,00 Capital Próprio = Capital Investido – Capital Alheio ⇒ Capital Próprio = 8.000 – 5.000 = 3.000 ou Capital Próprio = Capital Social – Capital a Realizar + Lucros Acumulados – Prejuízos do Período ⇒ ⇒ Capital Próprio = 5.000 – 1.500 + 500 – 1.000 = 3.000 A alternativa “e” é a correta. O capital social pode ser aumentado: I - por deliberação da assembléia-geral ordinária, para correção da expressão monetária do seu valor; II - por deliberação da assembléia-geral ou do conselho de administração, observado o que a respeito dispuser o estatuto, nos casos de emissão de ações dentro do limite autorizado no estatuto; III - por conversão, em ações, de debêntures ou parte beneficiárias e pelo exercício de direitos conferidos por bônus de subscrição, ou de opção de compra de ações; IV - por deliberação da assembléia-geral extraordinária convocada para decidir sobre reforma do estatuto social, no caso de inexistir autorização de aumento, ou de estar a mesma esgotada. O aumento mediante capitalização de lucros ou de reservas importará alteração do valor nominal das ações ou distribuições das ações novas, correspondentes ao aumento, entre acionistas, na proporção do número de ações que possuírem. Na companhia com ações sem valor nominal, a capitalização de lucros ou de reservas poderá ser efetivada sem modificação do número de ações. Já caiu em prova! (Analista Administrativo-Ciências Contábeis-Antaq2009-Cespe) O aumento de capital nas companhias, com aproveitamento de
Prof. José Jayme Moraes Junior www.pontodosconcursos.com.br

28

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior lucros ou reservas, poderá ocorrer sem aumento do número de ações, com distribuição de ações novas ou com alteração do valor nominal das ações. O aumento de capital social nas empresas, que ocorrer por meio do aproveitamento das reservas de lucros, poderá ser realizado: sem aumento do número de ações (aumenta-se o capital, por exemplo, por incorporação de reservas e, nas companhias com ações sem valor nominal, não há alteração do número de ações); com distribuição de novas ações (faz-se nova emissão de ações no mercado); ou com alteração do valor nominal das ações (aumenta-se o capital, por exemplo, por incorporação de reservas e aumenta-se o valor nominal das ações, sem alterar o número de ações).

-

-

Outros conceitos importantes na questão: Bônus de Subscrição: são títulos de crédito emitidos por companhias no limite do capital autorizado no estatuto, que dão aos seus titulares o direito de subscreverem ações da companhia, mediante a apresentação do referido título e o pagamento do preço de emissão das ações (os atuais acionistas têm preferência na aquisição dos bônus). Partes Beneficiárias: são títulos de crédito sem valor nominal, emitidos por companhias fechadas, por um prazo máximo de dez anos, que conferem a seus titulares o direito de participação, no máximo em 10%, nos lucros das referidas companhias. Caso não sejam resgatados no prazo de sua emissão, serão convertidos em ações da companhia, podendo haver ágio na emissão de ações. Cabe ressaltar que as partes beneficiárias só darão origem à Reserva de Capital se forem vendidas, ou seja, se forem atribuídas gratuitamente a acionistas ou terceiros, não darão origem à Reserva de Capital. Debêntures: são títulos de crédito com valor nominal emitidos por companhias, os quais conferem a seus titulares (debenturistas) o direito de participação nos lucros da companhia (rendem juros e são atualizados monetariamente). Caso não sejam resgatados no seu prazo de emissão, serão convertidos em ações da companhia. O item está correto.

Prof. José Jayme Moraes Junior

www.pontodosconcursos.com.br

29

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior 3.7. Outros Conceitos que Podem ser Cobrados em Prova Ações de Fruição: Correspondem a ações emitidas em substituição às ações amortizadas integralmente, as quais atribuem a seus titulares direitos estabelecidos no estatuto, normalmente dividendos, não representando parcela de capital e nem direito a voto. Ações Ordinárias: As ações ordinárias de companhia fechada poderão ser de classes diversas, em função de: - conversibilidade em ações preferenciais; - exigência de nacionalidade brasileira do acionista; ou - direito de voto em separado para o preenchimento de determinados cargos de órgãos administrativos. A alteração do estatuto na parte em que regula a diversidade de classes, se não for expressamente prevista, e regulada, requererá a concordância de todos os titulares das ações atingidas. Ações Preferenciais As preferências ou vantagens das ações preferenciais podem consistir: i. em prioridade na distribuição de dividendo, fixo ou mínimo; ii. em prioridade no reembolso do capital, com prêmio ou sem ele; ou iii. na acumulação das preferências e vantagens de que tratam os itens i e ii. As ações ordinárias da companhia fechada e as ações preferenciais da companhia aberta (com ações em bolsa de valores) e fechada poderão ser de uma ou mais classes. Reembolso: é a operação pela qual, nos casos previstos em lei, a companhia paga aos acionistas dissidentes de deliberação da assembléia-geral o valor de suas ações. O estatuto pode estabelecer normas para a determinação do valor de reembolso, que, entretanto, somente poderá ser inferior ao valor de patrimônio líquido constante do último balanço aprovado pela assembléiageral, se estipulado com base no valor econômico da companhia, a ser apurado em avaliação. Se a deliberação da assembléia-geral ocorrer mais de 60 (sessenta) dias depois da data do último balanço aprovado, será facultado ao acionista dissidente pedir, juntamente com o reembolso, levantamento de balanço especial em data que atenda àquele prazo. Nesse caso, a companhia pagará imediatamente 80% (oitenta por cento) do valor de reembolso calculado com base no último balanço e, levantado o
Prof. José Jayme Moraes Junior www.pontodosconcursos.com.br

30

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior balanço especial, pagará o saldo no prazo de 120 (cento e vinte), dias a contar da data da deliberação da assembléia-geral. Se o estatuto determinar a avaliação da ação para efeito de reembolso, o valor será o determinado por três peritos ou empresa especializada. O valor de reembolso poderá ser pago à conta de lucros ou reservas, exceto a legal, e nesse caso as ações reembolsadas ficarão em tesouraria. Se, no prazo de cento e vinte dias, a contar da publicação da ata da assembléia, não forem substituídos os acionistas cujas ações tenham sido reembolsadas à conta do capital social, este considerar-se-á reduzido no montante correspondente, cumprindo aos órgãos da administração convocar a assembléia-geral, dentro de cinco dias, para tomar conhecimento daquela redução. Resgate: consiste no pagamento do valor das ações para retirá-las definitivamente de circulação, com redução ou não do capital social, mantido o mesmo capital, será atribuído, quando for o caso, novo valor nominal às ações remanescentes. Amortização: consiste na distribuição aos acionistas, a título de antecipação e sem redução do capital social, de quantias que lhes poderiam tocar em caso de liquidação da companhia. A amortização pode ser integral ou parcial e abranger todas as classes de ações ou só uma delas.

Prof. José Jayme Moraes Junior

www.pontodosconcursos.com.br

31

José Jayme Moraes Junior www.br 32 .pontodosconcursos.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. direitos. inexistente ou compensada) A<P SL negativa (Passivo a Descoberto) A = PL Passivo Exigível (PE) igual a zero Origens e Aplicações de Recursos: Origens: Passivo Recursos próprios PL (capital. segundo o regime de competência: Receitas: aumentam o PL Despesas: diminuem o PL Prof.com. Moraes Junior 3. obrigações ou patrimônio líquido) ou um componente de resultado (despesa ou receita). lucros etc) Recursos de terceiros PE (empréstimos. financiamentos etc) Aplicações: Ativo Os conceitos abaixo serão vistos com mais detalhes em aulas posteriores.8. mas já vale uma introdução: Conta: elemento que representa um componente patrimonial (bens. Despesas e Receitas: Fatos que alteram o total do PL. Memorize para a Prova Bens (corpóreos e incorpóreos) Direitos Obrigações Bens (B) + Direitos (D) = Ativo = Patrimônio Bruto (PB) Obrigações (O) = Passivo Exigível (PE) B + D – O = Ativo – Passivo Exigível = Situação Líquida (SL) B + D = O + PL (Equação Fundamental) Patrimônio Ativo Passivo Bens Direitos ou Créditos Obrigações ou Débitos (PE) Patrimônio Líquido (PL) PL = B + D – O Situações Patrimoniais: A>P SL positiva (Patrimônio Líquido) A=P SL igual a zero (SL nula.

br 33 . Com base nessa situação.00. que ver se você está estudando mesmo. Resolva a questão abaixo (resolução ao final da aula): (STF-Contador-2010) Considere que determinada companhia metalúrgica fabricante de artefatos para cozinha tenha adquirido cinco toneladas de chapas de aço pelo valor de R$ 250. julgue os itens subsequentes. José Jayme Moraes Junior www.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. a serem pagos em trinta dias. Prof. Moraes Junior Conceitos de Capital: Capital de Giro = Ativo Circulante Capital Social = Capital Subscrito Capital Fixo = Ativo Não Circulante Imobilizado Capital Alheio = Capital de Terceiros = = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante (subgrupo longo prazo) Capital Autorizado = Capital máximo autorizado no estatuto ou contrato social Capital a Subscrever = Capital autorizado não subscrito Capital a Realizar = Capital subscrito ainda não integralizado Capital Investido = Ativo Total Capital Integralizado = Capital Subscrito e integralizado = = Capital Subscrito – Capital a Integralizar Capital Próprio = Ativo Líquido = Patrimônio Líquido Questão referente a um assunto da última aula: Agora. O momento adequado para contabilização da transação mencionada independe da data de entrada da mercadoria na metalúrgica.000.com.pontodosconcursos.

000.000. e) A Situação Líquida é positiva quando o Ativo é maior que o Passivo Exigível.000.2-Esaf) José Rodrigues Mendes.000. Prof.br 34 .00 b) R$ 72.00 Adiantamento de Clientes 2.00 Capital Social 29. a) R$ 71.000. tempos atrás.000.000.00 Depreciação Acumulada 2.00 e) R$ 75. na forma de Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada. conforme segue: Valores em R$ Adiantamento a Fornecedores 1.00 3. criaram uma empresa para comerciar chinelos e roupas. completamente integralizado.000.00 Despesas Antecipadas 1. c) Na constituição da empresa.(AFC-CGU-2008-Esaf) Em relação ao patrimônio de uma empresa e às diversas situações patrimoniais que pode assumir de acordo com a equação fundamental do patrimônio. sendo dois quartos para José Rodrigues.00 Realizável a Longo Prazo 2.00 Disponibilidades 1.00 c) R$ 73. dividido em quatro quotas iguais. José Jayme Moraes Junior www..pontodosconcursos.00 Estoques 20. no encerramento do exercício de 2002.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 Contas a Pagar 40.00.000.000.9.(TRF-2003-Esaf) A empresa Primavera Ltda.000. Maria Helena Souza e Pedro Paulo Frota. Moraes Junior 3.000. b) A Situação Líquida negativa acontece quando o total do Ativo é menor que o passivo exigível.00 Ativo Imobilizado 20. o Ativo menos o Passivo Exigível é igual a zero. obteve as seguintes informações.000.00 d) R$ 74.(AFRF-2002.000. d) A situação em que o Passivo mais o Ativo menos a Situação Líquida é igual a zero é impossível de acontecer.00 Reserva Legal 2.com.000.00 Assinale a opção correta.000. que corresponde ao valor do Ativo que estará presente no Balanço Patrimonial. 2. Exercícios de Fixação 1.000. com capital inicial de R$ 20.000. indique a opção incorreta. a) A empresa tem passivo a descoberto quando o Ativo é igual ao Passivo menos a Situação Líquida.00 Duplicatas a Receber 30.

pontodosconcursos.600.00.00 4. para isto.000.900. José Jayme Moraes Junior www.00 Títulos a Receber = R$ 4.000.300.800.300.00 Os bens para vender estão avaliados em R$ 5.00 b) R$ 21.100.00 900.00 600.00 900.000. e o carro da firma foi comprado por R$ 8. Bens fixos Notas Promissórias emitidas Débitos de Funcionamento Créditos de Financiamento Bens de Venda Créditos de Funcionamento Bens Numerários Bens de Renda Débitos de Financiamento Reservas de Lucros Reservas de Capital R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 2.000.00 450.00 e) R$ 24. a empresa vai encontrar capital próprio no valor de: a) R$ 20.100.200.00.00.br 35 .800.100.00.800.300.00 1.00 600.(AFC-STN-2002-Esaf) O patrimônio da Indústria Luzes & Velas é constituído pelos elementos que abaixo apresentamos com valores apurados em 30 de setembro. Ao elaborar a estrutura gráfica patrimonial com os valores acima devidamente classificados.00 1.00 c) R$ 23.00 Empréstimos Obtidos = R$ 5.000.00 Móveis de Uso = R$ 5.300. No último período.00 Duplicatas Emitidas = R$ 6. realizou despesas de R$ 2.00 d) R$ 22.00 Sabendo-se que essa empresa apresenta lucros acumulados correspondentes a 25% do valor do capital de terceiros.00 Adiantamento a sócio = R$ 1.00. podemos afirmar que o valor do seu Capital Social é Prof.00 Duplicatas Aceitas = R$ 2.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. a relação de contas da empresa é: Dinheiro = R$ 2.500.com.00 300.00 Adiantamentos a Empregados = R$ 200. o aluguel da loja está atrasado em R$ 1. mas.00 750.000. a empresa conseguiu ganhar R$ 4. Moraes Junior Hoje.00 750.

050. camisa. Chegando ao CONIC.80 de passagem.000.00 A representação gráfica do patrimônio que acima se compõe evidenciará um ativo total no valor de a) R$ 2.01.800. tomou uma refeição de R$ 12.com.00 100. era composto pelas seguintes contas e respectivos saldos. em valores simbólicos.00 1.800. em 31. cansado.400. várias caixas de bombons e chicletes e passou a vendê-los no calçadão.550.00 6. mas que sua mãe lhe deu de presente.00 500.00 emprestados de seu pai.pontodosconcursos.00. tomou o ônibus pagando R$ 1.200.850.00 e) R$ 1. Vestiu o traje novo (calça.00 b) R$ 2.00 d) R$ 2.00 50. comprado por R$ 105.00 e) R$ 3. Em seguida.(TRF-2002-Esaf) O patrimônio da Empresa Alvas Flores. comprou o jornal por R$ 1. conseguindo um Prof.12. José Jayme Moraes Junior www.600.00 100.00 450.(AFRF-2001-Esaf) José Henrique resolveu medir contabilmente um dia de sua vida começando do “nada” patrimonial. No fim do dia.000.00 100.00 b) R$ 3.00 200.00.00 200.00 100.00 800.00 350.00. comprou fiado.200. De manhã cedo nada tinha. etc).00 c) R$ 2.00 150.00 100.00 250.00 150.00 d) R$ 1. Moraes Junior a) R$ 4.00 200. mas só pagou R$ 10.00 5. por R$ 50.00 500. sapatos.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Caixa Capital Social Empréstimos Obtidos LP Bancos c/Movimento Lucros Acumulados Fornecedores Contas a Receber Empréstimos Concedidos LP Dividendos a Pagar Duplicatas Emitidas Notas Promissórias Emitidas Adiantamento de Clientes Impostos a Pagar Equipamentos Clientes Reserva Legal Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Duplicatas Aceitas Patentes R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ R$ 100.00 200.br 36 .00.20.00 c) R$ 2. tomou R$ 30.

00.00 e) R$ 107.00 d) R$ 187.(AFTN-1998-Esaf) A Cia.00 R$ 150. A empresa tem dívidas calculadas em 20% do patrimônio bruto.500. Após determinado período.00 R$ 300.000. Os restantes R$ 450. pode-se afirmar que a) Abel Bastos aceita o capital de Caio Dantas com deságio. Moraes Junior desconto de R$ 2. Abel Bastos aceitou a compra.00. Caio Dantas resolveu retirar-se da sociedade oferecendo sua parte à venda.000. José Jayme Moraes Junior www.000. que integralizaram de imediato o capital de R$ 25. dos quais R$ 150.000.00 ao sócio Abel Bastos. A partir dessas informações.00 ao sócio Caio Dantas e R$ 10.000.500.00 b) R$ 189.00.00 d) o valor patrimonial do capital de Caio Dantas atualmente é R$ 9.000.00. por decisão dos próprios sócios. dos quais apenas R$ 5. Eira & Eira foi constituída com capital de R$ 750.00. com um ágio de 10%.00 b) Abel Bastos quer vender seu capital com ágio.(AFC-STN-2000-Esaf) A empresa Comercial Aurífero foi constituída por três sócios.000.000. o histórico de resultados da empresa era o seguinte: lucros auferidos nas operações: R$ 20.00 e) o patrimônio bruto dessa empresa já soma o total de R$ 50. cabendo R$ 10. Contou o dinheiro e viu que vendera metade dos bombons e chicletes por R$ 40. Por esta época.000.00 ao sócio Élcio Freitas. no fim do dia. que realizaram suas ações como segue: Adão Macieira Bené Pereira Carlos Pereira R$ 300.00 7. por R$ 5.00.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Élcio Freitas fez proposta de compra a valor patrimonial. mas com deságio de 10%. R$ 5. podemos ver que.000.000. Os restantes R$ 15.000.00.br 37 . nada mais Prof. Com base nessas informações. por três sócios.000. foram reinvestidos na empresa coma reserva para aumento de capital.00 foram reinvestidos na empresa na conta Reserva para Aumento de Capital.00 8.000. O Sr.000. o Sr.pontodosconcursos.000.000.00 Após determinado período. o Sr. a empresa verificou que nas suas operações normais lograra obter lucros de R$ 600. por R$ 4.00 foram distribuídos e pagos aos sócios.00 foram distribuídos e pagos aos sócios.00 c) R$ 2.com.00 c) a empresa já tem um passivo de R$ 8. José Henrique possui um capital próprio no valor de: a) R$ 120.

00 b) R$ 1. Sabendo-se suas as dívidas da empresa representam 20% dos recursos aplicados atualmente no patrimônio bruto. de: a) R$ 1.00 c) R$ 600. R$ 216.00 dos sócios.000. R$ 288.00 10.00 e R$ 504.000. nada mais havendo em seu patrimônio líquido. Beatriz Itabira deve receber pela venda de sua participação acionária o valor de: Prof.00. Os referidos recursos foram aplicados no mesmo mês. podemos afirmar que a Sra.500.00 Após determinado período.00 em poupança bancária.000. e o restante em despesas normais.00 c) R$ 1. Os restantes R$ 450.000.00 9.00 de terceiros. a empresa verificou que nas suas operações normais lograra obter lucros de R$ 600.00 em mercadorias.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. por três sócias.00 Creuza Mambira = R$ 300.00 e R$ 7.000.00.pontodosconcursos. dos quais R$ 150.00 Beatriz Itabira = R$ 150.000.044.00 na concessão de empréstimos. vendendo sua participação às duas outras sócias.00 d) R$ 1. Nesta oportunidade. como capital registrado. Beatriz Itabira decide retirar-se da sociedade.000.584.044. a firma Papoulas Ltda foi registrada e captou recursos totais de R$ 7.00 e) R$ 7. pode-se afirmar que a empresa ainda tem um patrimônio bruto e um patrimônio líquido.000. sendo R$ 7.00 e R$ 864.br 38 .044.00 e R$ 684.000. e R$ 540. sendo 2/3 como empréstimos obtidos e 1/3 como receitas ganhas.350.00 foram distribuídos e pagos às sócias.540.00. Considerando as informações acima fornecidas.000.000.00 b) R$ 750.044. podemos afirmar que o valor total dos seus ativos é de: a) R$ 1. com ágio de 20% sobre o valor patrimonial.540.00 d) R$ 1.com.200.000. que integralizaram suas ações como segue: Amélia Macambira = R$ 300. Após realizados estes atos de gestão.00 e) R$ 1.(AFTN-1998-Esaf) A Cia Bira & Bira foi constituída com capital de R$ 750.000.(AFTN-1998-Esaf) No mês de julho. respectivamente.00 foram reinvestidos na empresa na conta Reserva p/ Aumento do Capital.00 e R$ 1.000. Moraes Junior havendo em seu Patrimônio Líquido. sendo R$ 540. José Jayme Moraes Junior www.

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. 14.000.pontodosconcursos. (C) a obtenção de um resultado nulo no período examinado.br 39 .000. A conta em que ficará registrado o direito da empresa em receber esses recursos é Capital Social a (A) Autorizar. Dois sócios fizeram a transferência dos recursos no ato da reunião da diretoria e os demais acordaram em transferir os recursos em dois meses. (C) Capital Social + Duplicatas a Pagar.000. (C) Receber. 12. (D) um ativo maior que as exigibilidades. Neste caso. cada um com 25%. (D) Integralizar. os recursos totais à disposição da empresa são: (A) Capital Próprio + Capital de Terceiros. (D) Capital Social + Lucros Acumulados. A sociedade é formada por 4 sócios.(TCE–MA–Analista de Controle Externo–2008–FCC) A apuração de uma Situação Líquida negativa indica (A) um passivo a descoberto. (E) Capital Social + Capital Próprio.000.com.(CVM-Analista-Normas Contábeis e Auditoria-2008-NCE) Com base nos conceitos de origens e aplicações de recursos.00. Moraes Junior a) R$ 144.00 d) R$ 180. (B) um Patrimônio Líquido positivo. (D) um Passivo a descoberto.000. (E) que as Receitas obtidas do período são maiores que as Despesas.00 11. (B) Duplicatas a Pagar + Lucros Acumulados. essa demonstração evidencia (A) um Ativo com valor negativo. (B) Capitalizar. (B) um patrimônio líquido positivo.(Ministério Público–SE–Contabilidade–2009–FCC) Ao examinar o Balanço Patrimonial de uma entidade verifica-se que o total do Passivo é superior ao total do Ativo.00 b) R$ 36. (E) um resultado operacional negativo. (C) ausência de reservas estatutárias.(Agente Fiscal de Rendas–SP–2009-FCC) A empresa Capital Ltda. Prof. 13.00 c) R$ 288. José Jayme Moraes Junior www. (E) Subscrever.00 e) R$ 324.000. Aumentou seu capital em R$ 200.

00 4.510.00 8.580.930.00 (d) R$ 20.110. (D) sua participação no capital social da sociedade.000. (B) valor de mercado das suas ações.00 530.100.00 (c) R$ 10.00 990.00 2.00 550.00 320. pode-se verificar que os créditos da empresa são: (a) R$ 7.00 350.(CVM-Analista-Normas Contábeis e Auditoria-2008-NCE) Nos termos da Lei nº 6404 de 15 de dezembro de 1976.00 19.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 700.500.00 850.00 500. no último dia do exercício social: Contas Ações de Coligadas Aluguéis a Pagar Aluguéis a Receber Caixa Capital a Integralizar Capital Social Clientes Duplicatas Aceitas Duplicatas Emitidas Fornecedores Juros Ativos Juros Passivos Máquinas e Equipamentos Materiais Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Notas Promissórias Emitidas Receitas a Receber Receitas a Vencer Saldos (em R$) 1. do livro Razão da Cia KAPRISMA. Moraes Junior 15.00 (e) R$ 22.00 710.00 (b) R$ 9.000.580.(Inédita) Considerando os dados da acima.00 200.pontodosconcursos.000.com.00 16. (C) preço de emissão das ações subscritas ou adquiridas. (E) valor econômico da companhia. entre outras contas.00 890.200.00 400.br 40 .00 2.00 Prof.00 500. a companhia ou sociedade anônima terá o capital dividido em ações e a responsabilidade dos sócios ou acionistas está limitada ao seguinte parâmetro: (A) valor do patrimônio líquido da companhia. José Jayme Moraes Junior www. As contas e saldos listados a seguir foram extraídos.

o objeto é sempre o patrimônio de uma entidade. (Analista Judiciário-Contabilidade–TRT 17R-2009–Cespe) 23 Créditos de funcionamento e créditos de financiamento são contas a receber distintas. 24 Quando. tendo como critérios a prioridade na distribuição de dividendos. ou à conta de lucros ou reservas — exceto a legal —. é igual ao passivo total.com.pontodosconcursos. constituído pela soma dos patrimônios dos entes que o compõem. Na contabilidade. na equação patrimonial de uma entidade. mediante redução do capital. somado à situação líquida. define-se patrimônio como um conjunto de bens. Moraes Junior (Contador-Advocacia-Geral da União-2010-Cespe) O objeto delimita o campo de abrangência de uma ciência. como a administração e a economia. o ativo total. cabendo à contabilidade estudar seus aspectos quantitativos. (Analista Administrativo-Ciências Contábeis-Antaq-2009-Cespe) 21 As ações ordinárias das companhias fechadas poderão ser de diferentes classes. José Jayme Moraes Junior www. é um exemplo típico de entidade contábil. julgue os itens que se seguem. 18 Em contabilidade. 20(Analista Judiciário-Área Administrativa-Contabilidade-TRT/21R2010-Cespe) Muitas são as condições em que a equação patrimonial de uma entidade pode apresentar-se. 17 O patrimônio é objeto de estudo também de outras ciências. 22 A operação de reembolso das ações poderá ser efetuada diretamente.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. a exigência de dispersão da propriedade e o direito de voto em separado para determinadas decisões. das quais fazem parte as ciências sociais. caso em que as ações ficarão em tesouraria. Prof. 19 Um conglomerado econômico-financeiro. tanto nas ciências formais quanto nas factuais. direitos e obrigações pertencentes a determinada entidade. para recolocação. a situação financeira da entidade pode ser considerada bastante confortável. no prazo máximo de 120 dias. mas o ponto de vista sob o qual esse objeto é estudado difere de uma ciência para outra.br 41 . sendo autônomo em relação aos demais patrimônios existentes. Acerca desse assunto. mas em nenhuma hipótese a situação líquida pode ser maior do que o ativo total. porque os créditos de funcionamento referem-se a valores decorrentes de atividades normais da empresa e os créditos de financiamento consistem em valores de operações estranhas às atividades da empresa.

R$ 500. respectivamente. o custo dos veículos for R$ 120. o valor total do ativo será R$ 390. (Auditor-FUB-2009-Cespe) 33 Na equação fundamental do patrimônio.pontodosconcursos. 26 Salários a pagar.00. José Jayme Moraes Junior www.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Com relação aos componentes patrimoniais classificados no ativo. 27 A conta mercadorias é considerada um bem do ativo circulante. em determinado patrimônio. 32 A conta ICMS a recuperar é uma obrigação da empresa junto ao fisco estadual. Moraes Junior (Assistente de Saneamento-Técnico Contábil-Embasa-2009-Cespe) Acerca da equação fundamental do patrimônio. passivo e patrimônio líquido.000. 25 O ativo corresponde à soma do passivo e do patrimônio líquido. sob o aspecto quantitativo do patrimônio de uma entidade. o custo dos utensílios for R$ 200. 30 Se.00. as contas a pagar forem R$ 300. (Técnico de Atividades do Meio Ambiente-Ténico em ContabilidadeIBAM-2009-Cespe) O patrimônio é conhecido dentro do cenário contábil como o objeto da contabilidade. tendo em vista os diversos elementos que o compõem. Acerca desse tema.000. os bens somam R$ 300.000. o capital à disposição da empresa corresponde aos recursos aplicados na entidade por seus sócios. na maioria das vezes. R$ 400. julgue os seguintes itens.00. julgue os itens seguintes.00 e R$ 50. 34 De acordo com a equação fundamental do patrimônio — ativo – passivo = situação líquida —. que são da mais alta complexidade e dificuldade de avaliação através da mensuração monetária.00. então o valor do patrimônio líquido é de R$ 200. julgue os itens que se seguem. fornecedores e ferramentas são componentes do ativo. somados aos lucros obtidos com as operações. Ele é um dos temas mais discutidos e estudados na atualidade.00.br 42 .00 e a depreciação acumulada for R$ 30. ocorre a situação de passivo a descoberto. o valor total do ativo será de R$ 90.00.com.00 e os direitos.00.00. 28 Se o passivo e o patrimônio líquido de uma empresa totalizarem R$ 40. o ativo — bens e direitos — suplanta o passivo — Prof.00. 29 Quando o valor do passivo é maior que o do ativo. 31 Quando o dinheiro disponível em caixa for R$ 100.00. as obrigações.

os quais. devem ser considerados como partes do patrimônio. 35 De acordo com os componentes patrimoniais da contabilidade. devido exclusivamente ao fato de o lucro superar o prejuízo por meio da apuração dos resultados conforme legislação vigente.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. e bens imateriais.pontodosconcursos.br 43 . que são determinados gastos que a empresa faz. Prof. os bens são considerados coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis de avaliação econômica. por sua natureza. Moraes Junior obrigações —. José Jayme Moraes Junior www. e podem ser divididos em bens materiais móveis e imóveis.com.

com.pontodosconcursos. Moraes Junior GABARITO: 1 – Anulada 2–C 3–C 4–E 5–C 6–E 7–E 8–D 9–A 10 – C 11 – D 12 – A 13 – D 14 – A 15 – C 16 – B 17 – Errado 18 – Certo 19 – Errado 20 – Certo 21 – Errado 22 – Certo 23 – Certo 24 – Errado 25 – Certo 26 – Errado 27 – Certo 28 – Certo 29 – Certo 30 – Certo 31 – Certo 32 – Errado 33 – Errado 34 – Errado 35 – Certo Prof. José Jayme Moraes Junior www.br 44 .Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.

teríamos que considerar o valor em módulo da situação líquida negativa (provavelmente. O Patrimônio Líquido compreende os recursos próprios da Entidade. e seu valor é a diferença positiva entre o valor do Ativo e o valor do Passivo. o resultado é denominado Passivo a Descoberto. a expressão Patrimônio Líquido deve ser substituída por Passivo a Descoberto.(AFC-CGU-2008-Esaf) Em relação ao patrimônio de uma empresa e às diversas situações patrimoniais que pode assumir de acordo com a equação fundamental do patrimônio. Moraes Junior 3. Resolução dos Exercícios de Fixação 1.(-100) ⇒ 100 = 300 (FALSO) A alternativa está INCORRETA. Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passivo a Descoberto ou Passiva: Ativo < Passivo Exigível Ativo < Passivo Ativo – Passivo = Situação Líquida Exemplo: Ativo = 100. foi o pensamento da banca examinadora). Passivo = 200 Ativo – Passivo = .com. a) A empresa tem passivo a descoberto quando o Ativo é igual ao Passivo menos a Situação Líquida. teríamos: Ativo = Passivo – SL 100 = 200 .10. d) A situação em que o Passivo mais o Ativo menos a Situação Líquida é igual a zero é impossível de acontecer.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.100 = Passivo a Descoberto = Situação Líquida Negativa De acordo com esta alternativa. para que alternativa estivesse correta. José Jayme Moraes Junior www. e) A Situação Líquida é positiva quando o Ativo é maior que o Passivo Exigível. Portanto. Aqui. o Ativo menos o Passivo Exigível é igual a zero. Prof.pontodosconcursos. c) Na constituição da empresa. indique a opção incorreta. b) A Situação Líquida negativa acontece quando o total do Ativo é menor que o passivo exigível. Resolução Vamos analisar as alternativas: a) A empresa tem passivo a descoberto quando o Ativo é igual ao Passivo menos a Situação Líquida. Quando o valor do Passivo for maior que o valor do Ativo.br 45 .

a alternativa estaria CORRETA.(100) ⇒ 100 = 100 (VERDADEIRA) Se foi esta a interpretação dada pela banca examinadora. a alternativa estaria INCORRETA. a alternativa está CORRETA. no nosso exemplo. Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa: Ativo > Passivo Exigível Logo. Esta situação é impossível. também há a possibilidade de a alternativa estar incorreta. Passivo + Ativo – Situação Líquida = 0 ⇒ ⇒ Passivo + Ativo = Situação Líquida. Contudo. José Jayme Moraes Junior www. Situação Líquida Nula ou Compensada: Ativo = Passivo Exigível ⇒ Ativo – Passivo Exigível = 0 Na constituição da empresa: Passivo Exigível = 0 Ativo = Patrimônio Líquido Logo. teríamos: Ativo = 100 e Passivo = 200 Situação Líquida Negativa = -100 (Valor em módulo = 100) Pela alternativa. Por exemplo.br 46 .Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. d) A situação em que o Passivo mais o Ativo menos a Situação Líquida é igual a zero é impossível de acontecer. Se Ativo < Passivo ⇒ Ativo – Passivo < 0 (Situação Líquida Negativa) A alternativa está CORRETA. o Ativo menos o Passivo Exigível é igual a zero. a alternativa está INCORRETA. se considerarmos a situação abaixo (com certeza. e) A Situação Líquida é positiva quando o Ativo é maior que o Passivo Exigível. a alternativa está CORRETA. Logo. c) Na constituição da empresa. GABARITO: ANULADA Prof. a banca examinadora não pensou nesta situação na hora de elaborar a alternativa): Passivo = 0 ⇒ Ativo – Situação Líquida = 0 ⇒ ⇒ Ativo = Situação Líquida (constituição da empresa) Ou seja. teríamos: Ativo = Passivo – SL (em módulo) 100 = 200 .pontodosconcursos. para esta situação.com. b) A Situação Líquida negativa acontece quando o total do Ativo é menor que o passivo exigível. Moraes Junior Neste caso.

com.00 Resolução Ainda não vimos Balanço Patrimonial.000.00 Duplicatas a Receber 30.pontodosconcursos.000.000 Contas a Pagar 40. mas vamos identificar as contas do Ativo e do Passivo.00 d) R$ 74. José Jayme Moraes Junior www.000. que corresponde ao valor do Ativo que estará presente no Balanço Patrimonial.000 Adiantamento de Clientes 2.000 Ativo Não Circulante Realizável a Longo Prazo Patrimônio Líquido Realizável a Longo Prazo 2.000. Moraes Junior 2.000 Duplicatas a Receber 30.000 Reserva Legal 2.00 Ativo Imobilizado 20.000.00 b) R$ 72.00 Estoques 20.00 Assinale a opção correta.000. I – Elaboração do Balanço Patrimonial: Ativo Passivo Ativo Circulante Passivo Circulante Disponibilidades 1. para começarmos a nos familiarizar com o assunto.000 Total do Ativo 73.00 Adiantamento de Clientes 2.000 Capital Social 29.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000.00 Disponibilidades 1.00 Realizável a Longo Prazo 2.00 Depreciação Acumulada 2.000. a) R$ 71.000.000 Adiantamento a Fornecedores 1.000 GABARITO: C Prof.000 42.00 Capital Social 29. conforme segue: Valores em R$ Adiantamento a Fornecedores 1.000 Estoques 20.00 Reserva Legal 2.000.000 Ativo Imobilizado 20.00 Despesas Antecipadas 1.000.00 c) R$ 73.00 e) R$ 75. no encerramento do exercício de 2002.000 2.000.000 Imobilizado 31.000.br 47 .000) 18..(TRF-2003-Esaf) A empresa Primavera Ltda.000 53.000.000 Despesas Antecipadas 1.00 Contas a Pagar 40.000.000 Total do Passivo 73. obteve as seguintes informações.000 Depreciação Acumulada (2.000.000.

300.00 Adiantamentos a Empregados = R$ 200. para isto.00 d) R$ 22.000.000 Duplicatas Emitidas 6.300. José Jayme Moraes Junior www.300.100.800. na forma de Sociedade por Quotas de Responsabilidade Limitada. dividido em quatro quotas iguais.00 e) R$ 24.500.pontodosconcursos. realizou despesas de R$ 2. com capital inicial de R$ 20.br 48 .Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. e o carro da firma foi comprado por R$ 8.000 Títulos a Receber 4.800 Estoques (bens para vender) 5. Maria Helena Souza e Pedro Paulo Frota.00 Duplicatas Emitidas = R$ 6.300.00. No último período. criaram uma empresa para comerciar chinelos e roupas. tempos atrás.00 Móveis de Uso = R$ 5.400 ⇒ bem numerário ⇒ direito ⇒ direito ⇒ bem de uso ⇒ direito ⇒ direito ⇒ bens de venda ⇒ bem de uso Prof.2-Esaf) José Rodrigues Mendes.300 Veículos (carro da firma) 8. Ao elaborar a estrutura gráfica patrimonial com os valores acima devidamente classificados. completamente integralizado.000.00 Os bens para vender estão avaliados em R$ 5.100.00.00 Empréstimos Obtidos = R$ 5.00 Títulos a Receber = R$ 4. a empresa conseguiu ganhar R$ 4.100 Ativo 32.00.00. o aluguel da loja está atrasado em R$ 1.000.00 c) R$ 23.00 Resolução Ativo Dinheiro 2.00.00 Adiantamento a sócio = R$ 1.00 b) R$ 21.000 Adiantamento a Empregados 200 Adiantamento a Sócios 1.600. Hoje.000.000.800.(AFRF-2002.000. sendo dois quartos para José Rodrigues. mas. Moraes Junior 3.000.com.00 Duplicatas Aceitas = R$ 2.900.000 Móveis de Uso 5. a relação de contas da empresa é: Dinheiro = R$ 2. a empresa vai encontrar capital próprio no valor de: a) R$ 20.00.

00 Notas Promissórias emitidas R$ 600.00 www. José Jayme Moraes Junior R$ 450.pontodosconcursos.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.800 ⇒ obrigação 1.00 Bens de Venda R$ 900.200.000.550.500 ⇒ obrigação Empréstimos 5.00 R$ 600.00 R$ 750.00 Débitos de Funcionamento R$ 900.00 Bens de Renda R$ 750. Moraes Junior Passivo Exigível Duplicatas Aceitas 2.000. Bens fixos R$ 2.com.br 49 .100.800.00 R$ 2.00 Débitos de Financiamento R$ 300.00 Créditos de Funcionamento R$ 1.300 Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo (A) = Passivo (P) + Situação Líquida (SL) ⇒ SL = A .400 – 9.P PL (Capital Próprio) = A – P = 32.000 ⇒ obrigação Aluguéis a Pagar (aluguel atrasado) Passivo 9.300 = 23.00 Resolução Ativo Bens Numerários Bens de Venda Bens de Renda Bens fixos Créditos de Financiamento Créditos de Funcionamento Total do Ativo Prof.00 R$ 900.200. podemos afirmar que o valor do seu Capital Social é a) R$ 4.00 c) R$ 2.00 R$ 1.00 R$ 6.00 Reservas de Capital R$ 1.00 Bens Numerários R$ 450.00 b) R$ 3.00 d) R$ 1.00 e) R$ 1.800.200.(AFC-STN-2002-Esaf) O patrimônio da Indústria Luzes & Velas é constituído pelos elementos que abaixo apresentamos com valores apurados em 30 de setembro.200.100.00 Créditos de Financiamento R$ 600.100 GABARITO: C 4.00 Reservas de Lucros R$ 750.00 Sabendo-se que essa empresa apresenta lucros acumulados correspondentes a 25% do valor do capital de terceiros.

01.pontodosconcursos.00 Adiantamento de Clientes R$ 200.00 Bancos c/Movimento R$ 200.00 Empréstimos Obtidos LP R$ 150.200 GABARITO: E ⇒ 5.800 + CS + 450 + 750 + 1.00 Clientes R$ 450.com.00 R$ 900.00 Notas Promissórias Emitidas R$ 500.00 Notas Promissórias Aceitas R$ 250.00 Dividendos a Pagar R$ 150.00 Impostos a Pagar R$ 50.00 Reserva Legal R$ 100.00 Ativo = Passivo + PL 6.(TRF-2002-Esaf) O patrimônio da Empresa Alvas Flores.00 Contas a Receber R$ 100.00 Duplicatas Aceitas R$ 1. Caixa R$ 100.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.400.050.00 Patentes R$ 200.00 Capital Próprio (PL) Capital Social (CS) Lucros Acumulados = 25% x 1.00 Duplicatas Emitidas R$ 800.800.600.12.800.00 A representação gráfica do patrimônio que acima se compõe evidenciará um ativo total no valor de a) R$ 2.00 Prof.00 e) R$ 3. Moraes Junior Passivo Capital de Terceiros Notas Promissórias emitidas Débitos de Funcionamento Débitos de Financiamento Total R$ 600.000. era composto pelas seguintes contas e respectivos saldos.br 50 .800 = R$ 450.00 Reservas de Capital R$ 1.00 b) R$ 2.800.000 – 4.00 R$ 300.00 Reservas de Lucros R$ 750.00 Empréstimos Concedidos LP R$ 100.00 Capital Social R$ 350.850.00 Lucros Acumulados R$ 200.00 d) R$ 2.00 c) R$ 2.00 Fornecedores R$ 100.800 ⇒ Capital Social = 1. em valores simbólicos. em 31.000 = 1.800 ⇒ CS = 6. José Jayme Moraes Junior www.00 R$ 1.00 Equipamentos R$ 100.00 Mercadorias R$ 500.

00 R$ 450.00 Ativo Circulante R$ 1.00 R$ 100.Intangível R$ 2.Imobilizado R$ 450.000.800.00 Saldo Credor Característica Saldo R$ 100.00 R$ 200.00 R$ 250.00 R$ 200.00 ANC – Realizável a LP R$ 150.00 Ativo Circulante R$ 200.00 Passivo Circulante R$ 200.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 PNC – Longo Prazo R$ 200. mas bastava saber se as contas são do ativo.00 Patrimônio Líquido R$ 100.00 R$ 2.br 51 .00 Passivo Circulante R$ 100.Intangível www. Moraes Junior Resolução I – Classificação das contas (já colocarei a característica de acordo com o balanço patrimonial.00 Ativo Circulante R$ 500.00 Patrimônio Líquido R$ 150.Imobilizado Ativo Circulante Ativo Circulante Ativo Circulante ANC .00 Ativo Circulante R$ 100.00 R$ 100.pontodosconcursos.00 Saldo Devedor R$ 100.00 Ativo Circulante R$ 100.800.800.00 Passivo Circulante R$ 800.00 Passivo Circulante Passivo Circulante R$ 50.00 Característica Ativo Circulante Ativo Circulante Ativo Circulante ANC – Realizável a LP Ativo Circulante ANC .00 R$ 100.00 ANC .00 R$ 100.00 Passivo Circulante R$ 200. José Jayme Moraes Junior Ativo Circulante R$ 350.com.00 R$ 800.00 Patrimônio Líquido R$ 500.00 Ativo Circulante R$ 250.00 R$ 500.00 R$ 2.00 ANC . do passivo ou do patrimônio líquido): Conta Caixa Capital Social Empréstimos Obtidos LP Bancos c/Movimento Lucros Acumulados Fornecedores Contas a Receber Empréstimos Concedidos LP Dividendos a Pagar Duplicatas Emitidas Notas Promissórias Emitidas Adiantamento de Clientes Impostos a Pagar Equipamentos Clientes Reserva Legal Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Duplicatas Aceitas Patentes Total ANC = Ativo Não Circulante PNC = Passivo Não Circulante II – Ativo Total: Conta Caixa Bancos c/Movimento Contas a Receber Empréstimos Concedidos LP Duplicatas Emitidas Equipamentos Clientes Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Patentes Total GABARITO: C Prof.

Vestiu o traje novo (calça. De manhã cedo nada tinha.00. conseguindo um desconto de R$ 2.00 Resolução I – Doação de traje novo pela mãe (roupas) = R$ 105.pontodosconcursos. Em seguida. Passagem de ônibus = R$ 1.00 Ativo Caixa Roupas Passivo 30 Passivo Exigível 105 Empréstimo Patrimônio Líquido Doações 135 Total 30 105 135 Total III – Despesas: Jornal = R$ 1.(AFRF-2001-Esaf) José Henrique resolveu medir contabilmente um dia de sua vida começando do “nada” patrimonial. por enquanto.00.00 e) R$ 107.80 de passagem.80 = 3 (reduziram o caixa e geraram. Moraes Junior 6. Com base nessas informações. Ativo Roupas Passivo 105 Passivo Exigível Patrimônio Líquido Doações Total 105 Total 105 105 II– Empréstimo do Pai = R$ 30.br 52 .20 + 1. cansado.00 c) R$ 2. por R$ 50.20. mas que sua mãe lhe deu de presente.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00. tomou R$ 30.00 (a doação é classificada no patrimônio líquido). Prof.00. José Henrique possui um capital próprio no valor de: a) R$ 120. Contou o dinheiro e viu que vendera metade dos bombons e chicletes por R$ 40.80 Total de Despesas = 1.00 b) R$ 189. no fim do dia.00 emprestados de seu pai. camisa. um prejuízo do período de 3). podemos ver que. No fim do dia. comprou fiado.20. sapatos. tomou o ônibus pagando R$ 1.00.com.00 d) R$ 187. etc). José Jayme Moraes Junior www. comprado por R$ 105.00. várias caixas de bombons e chicletes e passou a vendê-los no calçadão. comprou o jornal por R$ 1. mas só pagou R$ 10. tomou uma refeição de R$ 12. Chegando ao CONIC.

Moraes Junior Ativo Caixa Roupas Passivo 27 Passivo Exigível 105 Empréstimo Patrimônio Líquido Prejuízos Doações 132 Total 30 3 105 132 Total IV – Compra fiado de R$ 50. José Jayme Moraes Junior www.com.00 (somados ao caixa). pois foram vendidas) Lucro na operação = Receita de Vendas – Custo das Mercadorias ⇒ ⇒ Lucro na operação = 40 – 25 = 15 Prof.br 53 .pontodosconcursos. Custo das Mercadorias Vendidas (Despesa) = metade do valor da compra de mercadorias = 25 (dar baixa no estoque de mercadorias.00 (foi R$12.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00. mas conseguiu um desconto de R$ 2.00 em caixas de bombom e chicletes (mercadorias para revenda) Ativo Caixa Mercadorias Roupas Passivo 27 Passivo Exigível 50 Fornecedores 105 Empréstimo Patrimônio Líquido Prejuízos Doações 182 Total 50 30 3 105 182 Total V – Despesa com Refeição = R$ 10.00) Ativo Caixa Mercadorias Roupas Passivo 17 Passivo Exigível 50 Fornecedores 105 Empréstimo Patrimônio Líquido Prejuízos Doações 172 Total 50 30 13 105 172 Total VI – Receita da Venda de metade das caixas de bombom e chicletes = R$ 40.

000. Moraes Junior Resultado do Período = Receitas .000.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000.00 Prof. Após determinado período.00 ao sócio Élcio Freitas.Despesas Receita de Vendas 40 (25) (-) Custo das Vendas (-) Despesas com jornal e ônibus (3) (-) Despesa com refeição (10) Lucro do Período 2 ⇒ transferido para o Patrimônio Líquido Ativo Caixa Mercadorias Roupas Passivo 57 Passivo Exigível 25 Fornecedores 105 Empréstimo Patrimônio Líquido Lucro Doações 187 Total 50 30 2 105 187 Total Capital Próprio = Patrimônio Líquido = 107 GABARITO: E 7.00 b) Abel Bastos quer vender seu capital com ágio. A empresa tem dívidas calculadas em 20% do patrimônio bruto.000.000. R$ 5.00 foram distribuídos e pagos aos sócios. Abel Bastos aceitou a compra.00. o Sr. Por esta época. por decisão dos próprios sócios.000.000.(AFC-STN-2000-Esaf) A empresa Comercial Aurífero foi constituída por três sócios. Caio Dantas resolveu retirar-se da sociedade oferecendo sua parte à venda.000. pode-se afirmar que a) Abel Bastos aceita o capital de Caio Dantas com deságio.pontodosconcursos.00. José Jayme Moraes Junior www.00 ao sócio Caio Dantas e R$ 10.000. Os restantes R$ 15.00 ao sócio Abel Bastos. o histórico de resultados da empresa era o seguinte: lucros auferidos nas operações: R$ 20.500.00 d) o valor patrimonial do capital de Caio Dantas atualmente é R$ 9. foram reinvestidos na empresa coma reserva para aumento de capital. o Sr. dos quais apenas R$ 5.00 e) o patrimônio bruto dessa empresa já soma o total de R$ 50. A partir dessas informações.com. Élcio Freitas fez proposta de compra a valor patrimonial.br 54 . com um ágio de 10%. cabendo R$ 10. O Sr.00. mas com deságio de 10%.500. que integralizaram de imediato o capital de R$ 25.000. por R$ 4. por R$ 5.00 c) a empresa já tem um passivo de R$ 8.

000 – 10% x 8.000 (40%) Caio Dantas (CD) = 5. por R$ 4.000 Passivo Capital Social 25.000 III .000) = 16.500.200 Logo. José Jayme Moraes Junior www.000 Ativo Caixa 40.000 V – Análise das Alternativas: a) Abel Bastos aceita o capital de Caio Dantas com deságio.000 IV – Restante do lucro do período reinvestido em Reserva de Capital Ativo Caixa 40.000 = 7.000 Lucros Acumulados 20. por R$ 5.000 Passivo Capital Social 25.00 Abel Bastos não quer vender seu capital.500.com.000 AB = 10.000 Lucros Acumulados 15. Moraes Junior Resolução I – Constituição da Empresa: Ativo Caixa 25.000 (20%) Élcio Freitas (EF) = 10.00 Abel Bastos aceita a compra das ações de Caio Dantas com deságio de 10%.000 + (40% de 15.000 = 40.000 Compra com Deságio de 10% = 8.000 Abel Bastos (AB) = 10.000) = 8.pontodosconcursos.Distribuição de Dividendos = 5. CD = 8.000 + (40% de 15.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000 EF = 10.000 Passivo Capital Social 40.000 + 8.000 (40%) II – Lucros Auferidos = 20.000 CD = 5.000 Capital Próprio (PL) = 16. a alternativa está INCORRETA.000 = 6.000 Passivo Capital Social 25.000) = 16.br 55 . Logo.000 Ativo Caixa 45.000 + 16. Prof. a alternativa está INCORRETA.000 = 3.000 = 6. b) Abel Bastos quer vender seu capital com ágio.000 + (20% de 15.

José Jayme Moraes Junior www. Moraes Junior c) a empresa já tem um passivo de R$ 8.000.000.00 foram reinvestidos na empresa na conta Reserva para Aumento de Capital.00 d) R$ 1.pontodosconcursos.(AFTN-1998-Esaf) A Cia.00.00 Após determinado período.00 De acordo com o enunciado. Os restantes R$ 450. A alternativa está CORRETA.000.00 b) R$ 750.00 c) R$ 600.00 PE + PL = Patrimônio Bruto ⇒ ⇒ 20% x Patrimônio Bruto + 40.200.000. GABARITO: E ⇒ 8. a empresa verificou que nas suas operações normais lograra obter lucros de R$ 600.000. Eira & Eira foi constituída com capital de R$ 750.000. Logo. por três sócios.000/0. PE + PL = Patrimônio Bruto ⇒ ⇒ 20% x Patrimônio Bruto + 40.000. a alternativa está INCORRETA.000. Sabendo-se suas as dívidas da empresa representam 20% dos recursos aplicados atualmente no patrimônio bruto.000. e) o patrimônio bruto dessa empresa já soma o total de R$ 50.br 56 .00 Prof. nada mais havendo em seu Patrimônio Líquido.000/0.8 = 50. podemos afirmar que o valor total dos seus ativos é de: a) R$ 1.000. que realizaram suas ações como segue: Adão Macieira Bené Pereira Carlos Pereira R$ 300.000. Logo.000.000 = Patrimônio Bruto ⇒ Patrimônio Bruto = 40.com.00 Caio Dantas = 5.000 = 3.00 foram distribuídos e pagos aos sócios.000.000 Passivo = 20% x 50.00 e) R$ 1.000. a empresa tem dívidas calculadas em 20% do Patrimônio Bruto.00.350.000.000.000.00 R$ 300.000 = Patrimônio Bruto ⇒ ⇒ Patrimônio Bruto = 40.000) = 8.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. dos quais R$ 150.000 = 10.00 R$ 150.8 = 50.500.000.000 + (20% de 15. d) o valor patrimonial do capital de Caio Dantas atualmente é R$ 9. a alternativa está INCORRETA.

000 (*) Não foi citado na questão.000 Patrimônio Líquido Capital Social 750.000 Direitos/Bens (*) 300.000 Prof.500.000 Distribuição de lucros aos sócios = 150.000 – 150.500. mas para “fechar” a equação fundamental do patrimônio.000 750.000 Lucro incorporado ao patrimônio (Reserva para Aumento de Capital) = 600.000 ⇒ ⇒ Lucro Incorporado ao Patrimônio = 450.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.500.8 = 1. Moraes Junior Resolução Ativo = Patrimônio Bruto I – Patrimônio inicial: Ativo Caixa Passivo 750.00 em direitos/bens.000 Total 1.500.000 Total GABARITO: D Passivo Passivo Exigível Dívidas = 20% x 1.000 Passivo Exigível Patrimônio Líquido Capital Social Total II – Patrimônio final: Lucro Obtido = 600. 1.000 Passivo Exigível = 20% x Patrimônio Bruto = 20% x Ativo Pela equação fundamental do patrimônio: Ativo Total = Passivo + PL ⇒ ⇒ Ativo Total = 20% x Ativo Total + PL ⇒ ⇒ PL = Ativo Total – 20% x Ativo Total ⇒ ⇒ PL = 80% x Ativo Total ⇒ ⇒ Ativo Total = 1.000 Reserva p/ Aumento de Capital 450.000 750. José Jayme Moraes Junior www.000.000 Ativo Caixa 1.com.000 Total 750.200.br 57 . deve haver R$ 300.000/0.200.000 300.pontodosconcursos.

Após realizados estes atos de gestão.540. Os referidos recursos foram aplicados no mesmo mês.316 = 684 Prof.000.com.000 – 6.316) Patrimônio Líquido = 7.00 em poupança bancária.000.00 Resolução Recursos obtidos = 7.00 c) R$ 1.00 e R$ 7.044 Despesas do Período = 7.00 d) R$ 1.044. sendo R$ 540.540. e o restante em despesas normais. R$ 216. respectivamente.00 b) R$ 1. José Jayme Moraes Junior www.044.000 Capital de Terceiros = 540 Empréstimos Obtidos (Passivo Exigível) = 2/3 x 540 = 360 Receitas Obtidas = 1/3 x 540 = 180 Aplicação dos Recursos Obtidos = 7.00 em mercadorias.br 58 . sendo 2/3 como empréstimos obtidos e 1/3 como receitas ganhas. Moraes Junior 9. pode-se afirmar que a empresa ainda tem um patrimônio bruto e um patrimônio líquido.496 = (6.(AFTN-1998-Esaf) No mês de julho.00 e) R$ 7.pontodosconcursos.496 Passivo Exigível = 2/3 x 540 = 360 Patrimônio Líquido = Ativo – Passivo = 1. de: a) R$ 1.044.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 e R$ 864.00 e R$ 1. e R$ 540.044.00 de terceiros.044 = 6.044 – 360 = 684 Ou Patrimônio Líquido Capital Social = 7. como capital registrado. a firma Papoulas Ltda foi registrada e captou recursos totais de R$ 7.00.00 na concessão de empréstimos.540 – 1.540 Capital Social (Sócios) = 7.000 Resultado do período transferido para o patrimônio = Receitas – Despesas ⇒ Resultado do período transferido para o patrimônio = 180 – 6.540 Ativo (Patrimônio Bruto) Mercadorias Poupança Empréstimos Concedidos Total 540 216 288 1.00 dos sócios. R$ 288. sendo R$ 7.584.00 e R$ 684.00 e R$ 504.

00 Resolução I – Patrimônio inicial: Ativo Caixa Passivo 750.000. José Jayme Moraes Junior www.000 Total 750.000.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 Beatriz Itabira = R$ 150.00.000 750. vendendo sua participação às duas outras sócias.com.000.00 b) R$ 36.000.000. Os restantes R$ 450.316) 1. por três sócias.000 (6.000.00 Creuza Mambira = R$ 300.000. dos quais R$ 150.000. com ágio de 20% sobre o valor patrimonial. a empresa verificou que nas suas operações normais lograra obter lucros de R$ 600. nada mais havendo em seu patrimônio líquido.000 Prof.000.000.pontodosconcursos. Nesta oportunidade. Moraes Junior Passivo Ativo 540 Mercadorias Passivo Exigível Poupança 216 Empréstimos Empréstimos Concedidos 288 Patrimônio Líquido Capital Social Prejuízo 1.00 foram reinvestidos na empresa na conta Reserva p/ Aumento do Capital. Considerando as informações acima fornecidas.044 10.000.(AFTN-1998-Esaf) A Cia Bira & Bira foi constituída com capital de R$ 750.00 foram distribuídos e pagos às sócias.044 Total Total GABARITO: A 360 7.000. Beatriz Itabira deve receber pela venda de sua participação acionária o valor de: a) R$ 144. Beatriz Itabira decide retirar-se da sociedade.00.br 59 . que integralizaram suas ações como segue: Amélia Macambira = R$ 300. podemos afirmar que a Sra.00 Após determinado período.00 d) R$ 180.000 Passivo Exigível Patrimônio Líquido Capital Social Total 750.00 e) R$ 324.00 c) R$ 288.

000 Reserva p/ Aumento 450.200. Passivo = Passivo Circulante + Passivo Não Circulante Situação Líquida = Ativo .000 Total 1.000 1.000 = 240.000 Distribuição de lucros aos sócios = 150. ou seja.Passivo Passivo > Ativo ⇒ Situação líquida < 0 (Passivo a Descoberto).com.000 Total Beatriz Itabira = 20% de participação = 20% x 1. considerou como o passivo total.200.000 Venda com ágio de 20% = 240.000 Patrimônio Líquido Capital Social 750.000 Lucro incorporado ao patrimônio (Reserva para Aumento de Capital) = 600.br 60 . essa demonstração evidencia (A) um Ativo com valor negativo.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.000 + 20% x 240. Moraes Junior II – Patrimônio final: Lucro Obtido = 600. GABARITO: D Prof.(Ministério Público–SE–Contabilidade–2009–FCC) Ao examinar o Balanço Patrimonial de uma entidade verifica-se que o total do Passivo é superior ao total do Ativo.2 x 240.200.000 GABARITO: C 11.000 = 1. o somatório do Passivo Circulante com o Passivo Não Circulante. Resolução Quando a questão falou em Passivo. (E) que as Receitas obtidas do período são maiores que as Despesas.200.000 Ativo Caixa Passivo Passivo Exigível 1. (B) um Patrimônio Líquido positivo.000 = Venda com ágio de 20% = 288. (D) um Passivo a descoberto.000 – 150.pontodosconcursos. (C) a obtenção de um resultado nulo no período examinado.000 ⇒ ⇒ Lucro Incorporado ao Patrimônio = 450. Neste caso. José Jayme Moraes Junior www.

Resolução Capital a Realizar = Capital a Integralizar = Capital subscrito ainda não integralizado Diversos a Capital Social (PL) Caixa (AC) 100.000. (C) ausência de reservas estatutárias. A conta em que ficará registrado o direito da empresa em receber esses recursos é Capital Social a (A) Autorizar. cada um com 25%. (B) um patrimônio líquido positivo.00.pontodosconcursos. (E) um resultado operacional negativo. (D) um ativo maior que as exigibilidades. José Jayme Moraes Junior www. Dois sócios fizeram a transferência dos recursos no ato da reunião da diretoria e os demais acordaram em transferir os recursos em dois meses.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.br 61 . (B) Capitalizar.com. Moraes Junior 12. (C) Receber.000 Prof.000 Capital a Integralizar (PL . A sociedade é formada por 4 sócios. (D) Integralizar.000 GABARITO: D 200.(TCE–MA–Analista de Controle Externo–2008–FCC) A apuração de uma Situação Líquida negativa indica (A) um passivo a descoberto. Aumentou seu capital em R$ 200. (E) Subscrever. e indica a existência de um passivo a descoberto.(Agente Fiscal de Rendas–SP–2009-FCC) A empresa Capital Ltda. Ativo < Passivo ⇒ Situação Líquida < 0 (passivo a descoberto) GABARITO: A 13.Retificadora) 100. Resolução A situação patrimonial é deficitária quando o valor total do ativo é menor do que o valor total do passivo (passivo circulante + passivo não circulante).

Resolução Coloquei esta questão aqui para chamar a sua atenção.(CVM-Analista-Normas Contábeis e Auditoria-2008-NCE) Com base nos conceitos de origens e aplicações de recursos. José Jayme Moraes Junior www. (B) Duplicatas a Pagar + Lucros Acumulados. muitas vezes. (E) valor econômico da companhia. (C) Capital Social + Duplicatas a Pagar. (D) sua participação no capital social da sociedade. pois. (D) Capital Social + Lucros Acumulados.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. e a responsabilidade dos sócios ou acionistas será limitada ao preço de emissão das ações subscritas ou adquiridas. Moraes Junior 14. Resolução Capital Total a Disposição da Empresa = Capital de Terceiros + Capital Próprio Origens dos Recursos = Capital de Terceiros + Capital Próprio Aplicações dos Recursos = Ativo GABARITO: A 15.pontodosconcursos.(CVM-Analista-Normas Contábeis e Auditoria-2008-NCE) Nos termos da Lei nº 6404 de 15 de dezembro de 1976.br 62 . a companhia ou sociedade anônima terá o capital dividido em ações e a responsabilidade dos sócios ou acionistas está limitada ao seguinte parâmetro: (A) valor do patrimônio líquido da companhia. estudamos vários pontos complicados da matéria e esquecemos os conceitos mais simples. (E) Capital Social + Capital Próprio. 1º A companhia ou sociedade anônima terá o capital dividido em ações. (B) valor de mercado das suas ações. que está determinado no artigo primeiro da Lei das SA: Art. os recursos totais à disposição da empresa são: (A) Capital Próprio + Capital de Terceiros.com. (C) preço de emissão das ações subscritas ou adquiridas. como este. GABARITO: C Prof.

00 2. Prof.000.pontodosconcursos.00 200.00 16.100.580.580. 2 . Moraes Junior As contas e saldos listados a seguir foram extraídos.000.(Inédita) Considerando os dados da acima. Exemplo: A empresa recebeu um adiantamento de clientes e ainda não entregou a mercadoria ou prestou serviço.00 19. do livro Razão da Cia KAPRISMA. entre outras contas. ou seja. José Jayme Moraes Junior www.com.00 850.00 990.00 500.br 63 .00 320.500.00 4.000.00 (e) R$ 22.00 890.00 (b) R$ 9.00 400.00 2. não são créditos.110. é uma obrigação. pode-se verificar que os créditos da empresa são: (a) R$ 7. direitos ou obrigações.00 710.00 Resolução Atenção!!! Memorizar para a prova: 1 .Receita Juros Passivos .00 550.930.00 530.200.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 700.Juros Ativos .00 8.Receita a Vencer = Receita recebida antecipadamente.00 (d) R$ 20.00 500.510. no último dia do exercício social: Contas Ações de Coligadas Aluguéis a Pagar Aluguéis a Receber Caixa Capital a Integralizar Capital Social Clientes Duplicatas Aceitas Duplicatas Emitidas Fornecedores Juros Ativos Juros Passivos Máquinas e Equipamentos Materiais Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Notas Promissórias Emitidas Receitas a Receber Receitas a Vencer Saldos (em R$) 1. Por isso.00 350. o fato gerador ainda não ocorreu.Despesa Logo.00 (c) R$ 10.

José Jayme Moraes Junior Saldos Créditos (em R$) 1.00 530. são créditos para a empresa.00 710.00 4.00 500.com.00 890. Repare que é o inverso das notas promissórias.100.00 890. ⇒ direito da empresa (crédito de ⇒ obrigações da empresa Duplicatas Recebidas (pela empresa) (débito de funcionamento).00 2. Logo.br .00 530.00 2.00 710.00 2. mas ainda não integralizaram.00 700.00 400.00 2.00 500.00 Obrigações 850.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 19.00 4.00 400. Moraes Junior 3 . Vamos repetir? Nota Promissória Emitida pela Empresa ⇒ obrigação da empresa Duplicatas Emitidas pela Empresa ⇒ direito da empresa Duplicatas Recebidas (Aceita) ⇒ obrigações da empresa Nota Promissória Recebida (Aceita) ⇒ direito da empresa Duplicatas Emitidas por Terceiros ⇒ obrigações da empresa Nota Promissória Emitida por Terceiros ⇒ direito da empresa Vamos à resolução da questão: Contas Ações de Coligadas Aluguéis a Pagar Aluguéis a Receber Caixa Capital a Integralizar Capital Social Clientes Duplicatas Aceitas Duplicatas Emitidas Fornecedores Máquinas e Equipamentos Materiais Mercadorias Notas Promissórias Aceitas Prof.100. 4 – Duplicatas: é um título de crédito emitido pelas empresas que efetuarem vendas de mercadorias.000. visto que os sócios subscreveram o capital. temos: Duplicatas Emitidas (pela empresa) funcionamento).110.110.00 8.00 8.00 700.00 19.000.000.00 350.000.00 Bens 1.000.é uma obrigação dos sócios com a empresa. Logo.pontodosconcursos.500.000.00 850.Capital a Integralizar .00 64 www. A duplicata garante ao vendedor o direito de receber do comprador o valor das vendas de mercadorias efetuadas a prazo.500.00 350.

da Economia. José Jayme Moraes Junior www.00 . 17 O patrimônio é objeto de estudo também de outras ciências. Resolução De acordo com a Resolução CFC no 774/94. Moraes Junior 550. como vimos na teoria. pois.00 320. o estudam sob ângulos diversos daquele da Contabilidade. o item omitiu a palavra “qualitativos”.Aspecto Quantitativo: corresponde à identificação dos elementos em valores monetários. 550.00 200.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.Os créditos da empresa são iguais aos direitos. Acerca desse assunto.580. o patrimônio tem aspectos quantitativos e qualitativos.00 Receitas a Receber 200.Aspecto Qualitativo: corresponde à identificação dos elementos que compõem o patrimônio (bens. GABARITO: Errado Prof. pois está no PL e é um crédito (direito) da empresa. mas o ponto de vista sob o qual esse objeto é estudado difere de uma ciência para outra. como a administração e a economia.com.pontodosconcursos. da Administração e do Direito – que.As obrigações da empresa são iguais aos débitos. Vamos aproveitar para estudar o que são os aspectos quantitativos e qualitativos do patrimônio: . GABARITO: B (Contador-Advocacia-Geral da União-2010-Cespe) O objeto delimita o campo de abrangência de uma ciência. .br 65 .Capital a integralizar é uma exceção.00 10. das quais fazem parte as ciências sociais.00 22.282/10: O Patrimônio também é objeto de outras ciências sociais – por exemplo.930. . pois os sócios já se comprometeram com a empresa quando fizeram a subscrição do capital e ainda não fizeram a integralização. julgue os itens que se seguem. Na contabilidade. o objeto é sempre o patrimônio de uma entidade. que o estuda nos seus aspectos quantitativos e qualitativos. que foi revogada pela Resolução CFC no 1. entretanto. Ou seja.200. direitos e obrigações).00 Notas Promissórias Emitidas 320. tanto nas ciências formais quanto nas factuais.00 Receitas a Vencer 9.00 Total . cabendo à contabilidade estudar seus aspectos quantitativos.

da racionalidade econômica e administrativa. notadamente pelas suas repercussões de natureza prática: as somas e agregações de patrimônios de diferentes Entidades não resultam em nova Entidade. claro que nos limite estabelecidos pela ordem jurídica e. ou a uma sociedade ou instituição de qualquer natureza. constituído pela soma dos patrimônios dos entes que o compõem.pontodosconcursos. Moraes Junior 18 Em contabilidade. a um conjunto de pessoas. Resolução O Patrimônio da Entidade corolário de notável importância. O essencial é que o patrimônio disponha de autonomia em relação aos demais patrimônios existentes. define-se patrimônio como um conjunto de bens. A razão básica é a de que as Entidades cujas demonstrações contábeis são consolidadas mantém sua autonomia patrimonial. isto é. Tal fato assume especial relevo por abranger as demonstrações contábeis consolidadas de Entidades pertencentes a um mesmo grupo econômico. pois seus Patrimônios permanecem de sua propriedade. o objeto é sempre o PATRIMÔNIO de uma Entidade. de um conjunto de Entidades sob controle único. como ocorre nas sociedades informais. direitos e obrigações pertencentes a determinada entidade. Prof. Resolução Na Contabilidade. que pode. sendo autônomo em relação aos demais patrimônios existentes. José Jayme Moraes Junior www.br 66 . sob certo aspecto. em que os qualificativos ressaltam os dois aspectos de maior relevo: o atributo de controle econômico e a fundamentação contábil da sua estruturação. independentemente da sua finalidade. mantendo-se a observância dos Princípios Fundamentais de Contabilidade no âmbito das Entidades consolidadas. pertencente a uma pessoa física. o que significa que a Entidade dele pode dispor livremente. não pode haver formação de novo patrimônio. ou não.com. é um exemplo típico de entidade contábil.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. condição primeira da existência jurídica de uma Entidade. incluir o lucro. definido como um conjunto de bens. Como não há transferência de propriedade. O segundo ponto a ser considerado é o de que a consolidação se refere às demonstrações contábeis. GABARITO: Certo 19 Um conglomerado econômico-financeiro. resultando em uma unidade de natureza econômicocontábil. direitos e de obrigações para com terceiros.

Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL > 0 ⇒ A – P > 0 ⇒ A > P Prof.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. o ativo é maior que o passivo exigível. Resolução Vamos estudar os conceitos: Situação Líquida A diferença entre o ativo e o passivo exigível é denominada situação líquida.br 67 .com. José Jayme Moraes Junior www. Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL = 0 ⇒ 0 = A – P ⇒ A = P Situação Líquida Nula: Ativo = Passivo Exigível A P A=P SL = 0 Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa (SL > 0) Nesta situação. Portanto. Moraes Junior Portanto. mas em nenhuma hipótese a situação líquida pode ser maior do que o ativo total. GABARITO: Errado 20(Analista Judiciário-Área Administrativa-Contabilidade-TRT/21R2010-Cespe) Muitas são as condições em que a equação patrimonial de uma entidade pode apresentar-se. que pode ser dividida em três tipos: situação líquida nula. o ativo é igual ao passivo exigível. um conglomerado econômico-financeiro. constituído pela soma dos patrimônios dos entes que o compõem. positiva ou negativa.pontodosconcursos. não é um exemplo típico de entidade contábil. pela equação fundamental do patrimônio teríamos: Ativo (A) = Passivo (P) + Situação Líquida (SL) ⇒ ⇒ Situação Líquida (SL) = Ativo (A) – Passivo (P) Situação Líquida Nula ou Compensada (SL = 0) Nesta situação.

A SL A > P (passivo = 0) SL > 0 Nota: Integralização do Capital: a sociedade. ao ser constituída.pontodosconcursos. o ativo é menor que o passivo exigível. Equação Fundamental do Patrimônio: SL = A – P Se SL < 0 ⇒ A – P < 0 ⇒ A < P Prof.com.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Para a integralização do capital social os sócios podem utilizar dinheiro (moeda corrente) ou qualquer espécie de bens e direitos. posteriormente o integralizam. Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto (SL < 0) Nesta situação. pela integralização do capital inicial. desde que estes valores possam ser avaliados em dinheiro. Moraes Junior Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa Ativo > Passivo Exigível P A SL A > P (passivo maior que zero) SL > 0 A situação abaixo corresponde a um caso especial de situação líquida positiva. tem o seu capital subscrito pelos sócios ou acionistas que.br 68 . José Jayme Moraes Junior www. e ocorre na abertura da empresa.

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passiva ou Passivo a Descoberto Ativo < Passivo Exigível A SL P A<P SL < 0 A pior situação possível ocorrerá quando não existir mais ativos para liquidar os passivos ainda existentes.P Algumas relações importantes: Ativo: A > 0 ou A = 0 (não pode ter valor negativo) Passivo Exigível: PE > 0 ou PE = 0 (não pode ter valor negativo) O ativo pode ser maior ou igual à situação líquida. O passivo exigível pode ser maior. Passivo = 20 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 20 SL > Passivo Ativo > SL II) Ativo = 100.br 69 . Passivo = 80 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 80 SL < Passivo Ativo > SL Prof. igual em módulo ou menor que a situação líquida.pontodosconcursos. SL P A=0 SL = .com. Exemplos: I) Ativo = 100. José Jayme Moraes Junior ⇒ SL = 80 ⇒ SL = 20 www. mas nunca menor. igual.

exigência de nacionalidade brasileira do acionista.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior III) Ativo = 100. . Prof. vou retirar estes conceitos de um trecho de meu livro de Contabilidade Geral – Ed.Risos): Ações de Fruição: Correspondem a ações emitidas em substituição às ações amortizadas integralmente. Ações Ordinárias: As ações ordinárias de companhia fechada poderão ser de classes diversas. É estranho. Nesse exemplo: (80) = . Resolução Antes de resolver o item. significa que esse número é negativo.br 70 . ou . mas aqui é o autor citando o próprio livro . normalmente dividendos. Passivo = 0 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 0 ⇒ SL = 100 SL > Passivo Ativo = SL IV) Ativo = 20.com. SL < Passivo Ativo > SL V) Ativo = 100. Campus – Segunda Edição. Passivo = 100 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 20 – 100 ⇒ ⇒ SL = (80) ⇒ em Contabilidade. não representando parcela de capital e nem direito a voto. em função de: .conversibilidade em ações preferenciais. as quais atribuem a seus titulares direitos estabelecidos no estatuto.direito de voto em separado para o preenchimento de determinados cargos de órgãos administrativos.80. José Jayme Moraes Junior www. Passivo = 50 ⇒ SL = Ativo – Passivo ⇒ SL = 100 – 50 SL = Passivo Ativo > SL ⇒ SL = 50 Portanto. vamos estudar os diferentes tipos de ações (se você me permite. o Ativo sempre será maior ou igual à situação líquida. tendo como critérios a prioridade na distribuição de dividendos.pontodosconcursos. a exigência de dispersão da propriedade e o direito de voto em separado para determinadas decisões. quando aparecer um número entre parênteses. GABARITO: Certo (Analista Administrativo-Ciências Contábeis-Antaq-2009-Cespe) 21 As ações ordinárias das companhias fechadas poderão ser de diferentes classes.

no prazo máximo de 120 dias. caso em que as ações ficarão em tesouraria. entretanto.tendo como critérios: . e regulada. .a prioridade na distribuição de dividendos (errado. que. As ações ordinárias da companhia fechada e as ações preferenciais da companhia aberta (com ações em bolsa de valores) e fechada poderão ser de uma ou mais classes. O estatuto pode estabelecer normas para a determinação do valor de reembolso.A. Ações Preferenciais As preferências ou vantagens das ações preferenciais podem consistir: i. a companhia paga aos acionistas dissidentes de deliberação da assembléia-geral o valor de suas ações. Portanto. ou à conta de lucros ou reservas — exceto a legal —. José Jayme Moraes Junior www.404/76) e está prevista no artigo 45. GABARITO: Errado 22 A operação de reembolso das ações poderá ser efetuada diretamente. mediante redução do capital.poderão ser de diferentes classes (ok). na acumulação das preferências e vantagens de que tratam os itens i e ii. ii. Vejamos: Reembolso: é a operação pela qual.a exigência de dispersão da propriedade (errado. nos casos previstos em lei.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. pois este critério não está previsto na lei). somente poderá ser inferior ao valor de patrimônio líquido constante do último balanço aprovado pela assembléiaProf. em prioridade na distribuição de dividendo. pois o critério de prioridade na distribuição de dividendos é das ações preferenciais). para recolocação. analisando o item.o direito de voto em separado para determinadas decisões (ok). Resolução Outra questão literal da Lei das S. (Lei no 6.br 71 . em prioridade no reembolso do capital.com. se não for expressamente prevista. Moraes Junior A alteração do estatuto na parte em que regula a diversidade de classes. teríamos: As ações ordinárias das companhias fechadas: . fixo ou mínimo. e . com prêmio ou sem ele.pontodosconcursos. ou iii. . requererá a concordância de todos os titulares das ações atingidas.

a ser apurado em avaliação. sendo limitadas pelo saldo dos lucros acumulados e reservas. o valor será o determinado por três peritos ou empresa especializada. cumprindo aos órgãos da administração convocar a assembléia-geral. Por enquanto.pontodosconcursos. Se. Se a deliberação da assembléia-geral ocorrer mais de 60 (sessenta) dias depois da data do último balanço aprovado. O valor de reembolso poderá ser pago à conta de lucros ou reservas. dentro de cinco dias. basta saber: I . a contar da publicação da ata da assembléia. Nesse caso. este considerar-se-á reduzido no montante correspondente. exceto a legal. não forem substituídos os acionistas cujas ações tenham sido reembolsadas à conta do capital social.com.br 72 . se estipulado com base no valor econômico da companhia. exceto a legal. para tomar conhecimento daquela redução. dias a contar da data da deliberação da assembléia-geral.Existem as reservas de capital e as reservas de lucros. no prazo de cento e vinte dias. e nesse caso as ações reembolsadas ficarão em tesouraria. As ações em tesouraria não terão direito a dividendo e a voto. José Jayme Moraes Junior www. juntamente com o reembolso. Moraes Junior geral. a companhia pagará imediatamente 80% (oitenta por cento) do valor de reembolso calculado com base no último balanço e. Se o estatuto determinar a avaliação da ação para efeito de reembolso. levantado o balanço especial. II – Todas as reservas são classificadas no Patrimônio Líquido.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. e III – A Reserva Legal é um tipo de reserva lucro. Prof. As ações em tesouraria deverão ser destacadas no balanço como dedução da conta do patrimônio líquido que registrar a origem dos recursos aplicados na sua aquisição (conta redutora do patrimônio líquido). pagará o saldo no prazo de 120 (cento e vinte). será facultado ao acionista dissidente pedir. Outro conceito importante diz respeito às ações em tesouraria: Ações em tesouraria: são as ações da empresa adquiridas pela própria empresa e mantidas em tesouraria. Ainda não falamos em reservas. levantamento de balanço especial em data que atenda àquele prazo.

a título de antecipação e sem redução do capital social. dividendos a distribuir. GABARITO: Certo Prof. . adiantamento de clientes.Débitos de Financiamento: recursos obtidos para a ampliação e desenvolvimento da empresa: empréstimos e financiamentos bancários. pois estes conceitos costumam aparecer em provas: . presentes no artigo 44 da Lei das S.A. impostos a pagar. José Jayme Moraes Junior www.Débitos de Funcionamento: recursos obtidos para o funcionamento normal da empresa: fornecedores. será atribuído. contas a pagar.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. . mantido o mesmo capital. impostos a recolher. empréstimos a terceiros. Resgate: consiste no pagamento do valor das ações para retirá-las definitivamente de circulação.Créditos de Financiamento: valores a receber decorrentes de financiamentos a terceiros e que não são diretamente relacionados com o objeto da atividade da empresa: empréstimos compulsórios à União.pontodosconcursos. vamos estudar os débitos de funcionamento e financiamento. porque os créditos de funcionamento referem-se a valores decorrentes de atividades normais da empresa e os créditos de financiamento consistem em valores de operações estranhas às atividades da empresa. Amortização: consiste na distribuição aos acionistas. GABARITO: Certo (Analista Judiciário-Contabilidade–TRT 17R-2009–Cespe) 23 Créditos de funcionamento e créditos de financiamento são contas a receber distintas. duplicatas a receber.: O estatuto ou a assembléia-geral extraordinária pode autorizar a aplicação de lucros ou reservas no resgate ou na amortização de ações. O raciocínio é o mesmo: . salários a pagar. ICMS a recuperar. com redução ou não do capital social. Resolução Atenção. novo valor nominal às ações remanescentes. A amortização pode ser integral ou parcial e abranger todas as classes de ações ou só uma delas. Aproveitando.com.br 73 . vamos estudar também o resgate e a amortização.Créditos de Funcionamento: valores a receber decorrentes da própria atividade da empresa: contas a receber. Moraes Junior Já que estudamos o reembolso de ações. determinando as condições e o modo de proceder-se à operação. de quantias que lhes poderiam tocar em caso de liquidação da companhia. quando for o caso.

na equação patrimonial de uma entidade. José Jayme Moraes Junior www. o ativo total. Vamos aos conceitos (novamente): Situação Líquida (SL): é a diferença entre o ativo e o passivo exigível. é igual ao passivo total.br 74 . Resolução Questão que trata de situação líquida.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. positiva ou negativa. Moraes Junior 24 Quando. Situação Líquida Nula ou Compensada: Ativo = Passivo Exigível A A=P SL = 0 P Situação Líquida Positiva ou Favorável ou Superavitária ou Ativa: Ativo > Passivo Exigível P A SL A > P (passivo maior que zero) SL > 0 A situação abaixo ocorre na abertura da empresa. A A > P (passivo = 0) SL > 0 SL Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passivo a Descoberto ou Passiva: Ativo < Passivo Exigível Prof. somado à situação líquida. pela integralização do capital inicial (a empresa ainda não possui obrigações).pontodosconcursos. a situação financeira da entidade pode ser considerada bastante confortável.com. que pode ser dividida em três espécies: nula.

Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. pois ela escreveu passivo total pensando em capital de terceiros somente. é igual ao passivo. acredito que a banca tenha se equivocado na elaboração da questão. teríamos: Ativo + Situação Líquida = Passivo ⇒ ⇒ Ativo – Passivo = . Moraes Junior A SL A<P SL < 0 A pior situação possível seria: não há mais ativos para liquidar os passivos ainda existentes. pois a equação fundamental do patrimônio é: Ativo Total – Passivo = Situação Líquida O Passivo da equação não é o Passivo Total (Capital de Terceiros + Capital Próprio). na equação patrimonial de uma entidade. De qualquer maneira. Se considerássemos que a banca quisesse dizer o seguinte: Quando. o item está incorreto. somado à situação líquida.com. Neste caso.br 75 . Portanto. José Jayme Moraes Junior www.Situação Líquida (Passivo a Descoberto) ⇒ Situação desfavorável para a empresa GABARITO: Errado Prof. P SL A=0 SL = . o passivo total também engloba a situação líquida. o ativo total. a situação financeira da entidade pode ser considerada bastante confortável. Ou seja.P P De acordo com a questão: Ativo Total + Situação Líquida = Passivo Total Repare que a fórmula é totalmente inconsistente.pontodosconcursos.

Portanto. I. se são bens. os direitos realizáveis no curso do exercício social subseqüente e as aplicações de recursos em despesas do exercício seguinte (art. Moraes Junior (Assistente de Saneamento-Técnico Contábil-Embasa-2009-Cespe) Acerca da equação fundamental do patrimônio. julgue os itens seguintes.404/76): . Fornecedores: sempre que aparecer o nome “fornecedores”. José Jayme Moraes Junior www. da Lei no 6. é um componente do passivo. Resolução Mercadorias: são bens de venda e são classificados no ativo. são componentes do ativo. fornecedores e ferramentas são componentes do ativo. 25 O ativo corresponde à soma do passivo e do patrimônio líquido.pontodosconcursos. Resolução Salários a Pagar: qualquer coisa “a pagar” é uma obrigação da empresa. Veja o conceito de ativo circulante: No ativo circulante serão classificadas as seguintes contas: as disponibilidades. Resolução Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo = Passivo + PL GABARITO: Certo 26 Salários a pagar. Prof.com. que será tratado na aula de balanço patrimonial. passivo e patrimônio líquido. Ferramentas: são bens de uso da empresa. Por enquanto. Aplicações Financeiras de Liquidez Imediata e Numerários em Trânsito. 27 A conta mercadorias é considerada um bem do ativo circulante. você terá que entender que corresponde a uma dívida da empresa em virtude de compras a prazo (obrigação). GABARITO: Errado Com relação aos componentes patrimoniais classificados no ativo. Ainda não vimos a diferença entre circulante e não circulante. 179. Portanto. é componente do passivo. vamos guardar que mercadorias ou estoque de mercadorias estão classificados no ativo circulante. Logo. Bancos Conta Movimento.br 76 .Disponibilidades: elementos do ativo que representam dinheiro ou que possam ser convertidos em dinheiro imediatamente.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. julgue os seguintes itens. Ex: Caixa.

tais como as despesas com seguros.Direitos Realizáveis Pessoais: são os créditos da companhia. cheques recebidos na empresa e ainda não depositados no banco.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Adiantamentos a Empregados.000. Exemplo: Suponha que o aluguel de janeiro de 2010. aluguéis. isto é.Aplicações de Recursos em Despesas do Exercício Seguinte: são as despesas antecipadas (fato gerador ainda não ocorreu e.Numerários em Trânsito: corresponde ao dinheiro que está em trânsito (Ex. Apesar de o pagamento ter sido realizado em 2009.Direitos Realizáveis Reais: são os direitos sobre a coisa própria (bens realizáveis de propriedade da companhia). for pago em dezembro de 2009.: ordens de cobrança. este aluguel deve ser classificado como “Despesas Antecipadas” (Ativo Circulante) em 2009. no final do mês de janeiro. Ex: Estoques de Mercadorias e de Materiais de Uso ou Consumo. Moraes Junior . devido ao comportamento que possuem. No exercício de 2010. . o fato gerador do aluguel ocorrerá em 2010 (no último dia do mês janeiro).00. Adiantamentos a Fornecedores. pelo princípio da competência. no valor de R$ 8. esta despesa deverá ser apropriada (incorrida) no resultado (Despesas de Aluguel). salários.Aplicações Financeiras de Liquidez Imediata: aplicações cujo período para resgate não ultrapasse 90 dias.br 77 . etc). .Direitos Realizáveis no Curso do Exercício Social Subseqüente: podem ser divididos em direitos realizáveis reais (bens) e direitos realizáveis pessoais (créditos): I . são despesas cujos fatos geradores ocorrerão no exercício seguinte. e II . No exercício atual. .pontodosconcursos. Ex: Duplicatas a Receber. Ou seja. são classificadas no Ativo Circulante. Por essa razão. Impostos a Recuperar. por conseguinte. José Jayme Moraes Junior www. ainda não são despesas pelo princípio da competência). que é semelhante aos créditos da empresa. esta despesa compete ao exercício de 2010. GABARITO: Certo Prof.com. etc. remessas para filiais. ICMS a Recuperar. pois é um direito da empresa usufruir do imóvel em janeiro de 2010.

00.00 e os direitos.com. Passivo = R$ 40.00.00. as obrigações. José Jayme Moraes Junior www.000 = R$ 90. quando o valor do passivo é maior que o do ativo. então o valor do patrimônio líquido é de R$ 200.br 78 . Resolução Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido Repare que. ocorre a situação de passivo a descoberto. o valor total do ativo será de R$ 90.000.00 e R$ 50. GABARITO: Certo 30 Se. os bens somam R$ 300. Resolução Situação Líquida Negativa ou Desfavorável ou Deficitária ou Passivo a Descoberto ou Passiva: Ativo < Passivo Exigível A SL A<P SL < 0 P Ou seja.00 Passivo = Obrigações = R$ 500. R$ 400.000. em determinado patrimônio. Moraes Junior 28 Se o passivo e o patrimônio líquido de uma empresa totalizarem R$ 40.000 + 50.000.00 GABARITO: Certo 29 Quando o valor do passivo é maior que o do ativo. R$ 500. temos que entender que é o passivo exigível e não o passivo total.00.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof.00 Prof.000.00 Patrimônio Líquido = R$ 50.00. Resolução Ativo = Bens + Direitos = 300 + 400 = R$ 700.000.000.00 Ativo = 40. respectivamente.pontodosconcursos. ocorre a situação de passivo a descoberto. quando a banca falar em passivo.

as contas a pagar forem R$ 300.00 GABARITO: Certo 31 Quando o dinheiro disponível em caixa for R$ 100. que sofre depreciação pelo uso.00.00. Por enquanto. é um direito da empresa.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. José Jayme Moraes Junior www.00. ou seja. para o cálculo do ativo.00. ela está relacionada à conta Veículos. o valor total do ativo será R$ 390.com. será um direito da empresa junto ao fisco estadual. Moraes Junior Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido Patrimônio Líquido = Ativo – Passivo = 700 – 500 = R$ 200.00 (obrigação = Passivo) Custo dos Veículos = R$ 120. o custo dos utensílios for R$ 200.pontodosconcursos.00. é isso que precisamos saber sobre ICMS a Recuperar. Resolução Dinheiro Disponível em Caixa = R$ 100. o custo dos veículos for R$ 120.00 (Esta é uma conta do Ativo. e será redutora da conta do bem a que está relacionada.0 (bem numerário = Ativo) Custo dos Utensílios = R$ 200. Portanto.00 (bem de uso = Ativo) Depreciação Acumulada = R$ 30. No caso do ICMS a recuperar. Resolução ICMS a Recuperar: qualquer conta “a recuperar” será um crédito para a empresa. pois falaremos mais desse assunto na aula de operações com mercadorias. teríamos: Dinheiro Disponível em Caixa 100 Custo dos Utensílios 200 Custo dos Veículos 120 Depreciação Acumulação (30) Total do Ativo 390 GABARITO: Certo 32 A conta ICMS a recuperar é uma obrigação da empresa junto ao fisco estadual. é isso que precisamos saber).00 (bem de uso = Ativo) Contas a Pagar R$ 300. Por enquanto. GABARITO: Errado Prof.br 79 .00 e a depreciação acumulada for R$ 30. No caso.

sob o aspecto quantitativo do patrimônio de uma entidade. Resolução Mais uma pegadinha da banca examinadora. há lucro no período. o capital à disposição da empresa corresponde aos recursos aplicados na entidade por seus sócios.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. devido exclusivamente ao fato de o lucro superar o prejuízo por meio da apuração dos resultados conforme legislação vigente. que corresponde aos recursos aplicados na entidade por seus sócios. José Jayme Moraes Junior www. há prejuízo no período.com. somados aos lucros obtidos com as operações. Resolução Equação Fundamental do Patrimônio: Ativo = Passivo + Patrimônio Líquido Capital Total à Disposição da Empresa = Passivo + Patrimônio Líquido Ou seja. pois só considerou o patrimônio líquido. faltaram as obrigações com terceiros (passivo). Vejamos: Como apuramos o resultado do período? Lembra? Receitas menos despesas. na maioria das vezes. Portanto. Prof. GABARITO: Errado (Técnico de Atividades do Meio Ambiente-Ténico em ContabilidadeIBAM-2009-Cespe) O patrimônio é conhecido dentro do cenário contábil como o objeto da contabilidade.pontodosconcursos. certo? Se as receitas forem maiores que as despesas. somados aos lucros obtidos com as operações. o capital total à disposição da empresa corresponde às obrigações com terceiros (passivo) somadas ao patrimônio líquido. O item está errado. Ele é um dos temas mais discutidos e estudados na atualidade. Se as receitas forem menores que as despesas. tendo em vista os diversos elementos que o compõem. julgue os itens que se seguem. que são da mais alta complexidade e dificuldade de avaliação através da mensuração monetária. Acerca desse tema. Moraes Junior (Auditor-FUB-2009-Cespe) 33 Na equação fundamental do patrimônio. 34 De acordo com a equação fundamental do patrimônio — ativo – passivo = situação líquida —. para pegar o concurseiro mais desatento. o ativo — bens e direitos — suplanta o passivo — obrigações —.br 80 .

reservas de lucros. ou seja.. Resolução Bens: tudo aquilo que pode ser objeto de direito e é suscetível de ser utilizado e apropriado. reservas de capital. e bens imateriais. pois o ativo pode ser maior que o passivo.. devido exclusivamente ao fato de o lucro superar o prejuízo por meio da apuração dos resultados conforme legislação vigente. José Jayme Moraes Junior www. GABARITO: Errado 35 De acordo com os componentes patrimoniais da contabilidade. devem ser considerados como partes do patrimônio. vamos verificar o item: De acordo com a equação fundamental do patrimônio — ativo – passivo = situação líquida —. o ativo — bens e direitos — suplanta o passivo — obrigações —.com. e podem ser divididos em bens materiais móveis e imóveis. mesmo com prejuízo no período. os quais. São “itens” de propriedade da entidade. por capital social. Vamos corrigir o item: De acordo com a equação fundamental do patrimônio — ativo – passivo = situação líquida —. devido. na maioria das vezes.” Atenção! Não é o lucro que supera o prejuízo!!!! As receitas é que superam as despesas. o ativo — bens e direitos — suplanta o passivo — obrigações —.pontodosconcursos. sob o aspecto quantitativo do patrimônio de uma entidade.br 81 . na maioria das vezes. ao fato de as receitas superarem as despesas por meio da apuração dos resultados conforme legislação vigente. a entidade possui o domínio sobre eles e são passíveis de avaliação monetária. Moraes Junior Agora.devido exclusivamente ao fato de o lucro superar o prejuízo por meio da apuração dos resultados conforme legislação vigente. tendo em vista o patrimônio líquido (situação líquida positiva) é formado. Os bens são considerados coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis de avaliação econômica. gerando um lucro no período. Achou o erro? Ainda não? Repare o final do item: “. entre outros fatores. Portanto. se houver prejuízos acumulados (conta retificadora do Patrimônio Líquido). sob o aspecto quantitativo do patrimônio de uma entidade. os bens são considerados coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis de avaliação econômica.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Além disso. entre outras contas. e podem ser divididos em bens Prof. por sua natureza. o “exclusivamente” também está errado. que são determinados gastos que a empresa faz. ainda assim o Patrimônio Líquido pode ser maior que zero.

com. Ou seja. que estão em poder de terceiros. portanto. etc. Resolução De acordo com o artigo 6o da Resolução CFC no 750/93: Art. os quais. por sua natureza. É direito da empresa receber o dinheiro referente à venda. Portanto.000. e bens imateriais. A falta de integridade e tempestividade na produção e na divulgação da informação contábil pode ocasionar a perda de sua relevância. devem ser considerados como partes do patrimônio. máquinas. Moraes Junior materiais móveis e imóveis. Exemplo: Venda a prazo de mercadorias. Prof. Exemplo: Compra a prazo de mercadorias.00. em poder da empresa. 2 – Bens da empresa. São as obrigações da empresa. temos os direitos da empresa. temos os seguintes pontos importantes: 1. O Princípio da OPORTUNIDADE exige a apreensão. que estão em seu poder. a serem pagos em trinta dias. veículo. Parágrafo único. o registro e o relato de todas as variações sofridas pelo patrimônio de uma Entidade. julgue os itens subsequentes.pontodosconcursos. Exemplos: Imóvel.br 82 . por isso é necessário ponderar a relação entre a oportunidade e a confiabilidade da informação. O Patrimônio da empresa. Os bens são determinados gastos que a empresa faz. o que diferencia os bens dos direitos é a posse. 3 – Bens de terceiros. no momento em que elas ocorrerem. visto que o fornecedor possui o direito de receber pela venda e a empresa possui a obrigação de pagar pela compra. GABARITO: Certo Resolução de questão referente a um assunto da última aula: (STF-Contador-2010) Considere que determinada companhia metalúrgica fabricante de artefatos para cozinha tenha adquirido cinco toneladas de chapas de aço pelo valor de R$ 250. Nesta situação. dinheiro em caixa. O momento adequado para contabilização da transação mencionada independe da data de entrada da mercadoria na metalúrgica.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. José Jayme Moraes Junior www. Com base nessa situação. 6º O Princípio da Oportunidade refere-se ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais para produzir informações íntegras e tempestivas. pode apresentar três formas diferentes: 1 – Bens da empresa.

mesmo na hipótese de alguma incerteza. GABARITO: Certo Espero que tenha gostado desta aula. 6. José Jayme Moraes Junior www. 3.br Normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). diagnósticos e prognósticos. O Princípio da Oportunidade é a base indispensável à fidedignidade das informações sobre o patrimônio da Entidade. A integridade diz respeito à necessidade de as variações serem reconhecidas na sua totalidade.org.pontodosconcursos. Moraes Junior 2. Falta de integridade e tempestividade na produção e na divulgação da informação contábil: pode ocasionar a perda de sua relevância. Moraes Junior moraesjunior@pontodosconcursos. São Paulo. www. A tempestividade obriga a que as variações sejam registradas no momento em que ocorrerem. convertida na Lei no 11. Sem o registro no momento da ocorrência. 4.638/07 e pela MP no 449/08. de acordo com o Princípio da Oportunidade.com. Manual de Contabilidade Societária sociedades). 2010.941/09. Editora Atlas. sem qualquer falta ou excesso. Rio de Janeiro.br Bibliografia Lei das Sociedades Anônimas com as alterações trazidas pela Lei n o 11. José Jayme.cfc. relativas a um determinado período e com o emprego de quaisquer procedimentos técnicos. Contabilidade Geral. na forma relatada no item anterior. e. (aplicável a todas as MORAES JUNIOR.Contabilidade Geral – Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Elsevier Editora. Portanto. de ser realizado de forma oportuna (no momento da entrada da mercadoria na metalúrgica) e integra (pelo valor da transação). o registro da aquisição de chapas de aço a prazo. mas complementares: a integridade e a tempestividade. Até a próxima aula! Bons estudos. isto é.com. ficarão incompletos os registros sobre o patrimônio até aquele momento. razão pela qual muitos autores preferem denominá-los de Princípio da UNIVERSALIDADE. O Princípio da OPORTUNIDADE abarca dois aspectos distintos. insuficientes quaisquer demonstrações ou relatos. Prof. Normas do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).gov.cvm.br 83 . www. por isso é necessário ponderar a relação entre a oportunidade e a confiabilidade da informação.br FIPECAFI. e falseadas as conclusões. em decorrência. 5. Segunda Edição. 2010.