You are on page 1of 8

Índice

Anvisa

- Agência Nacional de Vigilância Sanitária -

Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária
VOL. I
Edital n° 1, de 18 de Março de 2013

ARTIGO DO WILLIAM DOUGLAS
LÍNGUA PORTUGUESA
1. Compreensão e interpretação de textos..........................................................................................................................01
2. Tipologia textual................................................................................................................................................................08
3. Ortografia oficial...............................................................................................................................................................09
4. Acentuação gráfica............................................................................................................................................................17
5. Emprego das classes de palavras.....................................................................................................................................19
6. Emprego do sinal indicativo de crase..............................................................................................................................44
7. Sintaxe da oração e do período........................................................................................................................................47
8. Pontuação...........................................................................................................................................................................62
9. Concordâncias nominal e verbal.....................................................................................................................................65
10. Regências nominal e verbal............................................................................................................................................77
11. Significação das palavras................................................................................................................................................82
12. Vícios de linguagem.........................................................................................................................................................83
13. Coesão e coerência..........................................................................................................................................................86

REDAÇÃO

1. Manual de Redação da Presidência da República: Parte I – As Comunicações Oficiais - Capítulos I e II.......... 01 - 19

RACIOCÍNIO LÓGICO E QUANTITATIVO
1. Estruturas lógicas..............................................................................................................................................................01
2. Lógica da argumentação..................................................................................................................................................06
3. Raciocínio sequencial........................................................................................................................................................16
4. Números e grandezas direta e inversamente proporcionais..........................................................................................28
4.1 Razões e proporções........................................................................................................................................................32
4.2 Divisão proporcional.......................................................................................................................................................35
4.3 Regras de três simples e composta.................................................................................................................................37
5. Porcentagem......................................................................................................................................................................40
6. Juros...................................................................................................................................................................................43
7. Princípios da contagem.....................................................................................................................................................46
8. Sistema legal de medidas..................................................................................................................................................50
9. Gráficos..............................................................................................................................................................................52

Didatismo e Conhecimento

Índice
ÉTICA NO SERVIÇO PÚBLICO

1. Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal: Decreto n° 1.171, de 22 de
junho de 1994...............................................................................................................................................................................02
2. Código de Ética da Anvisa - RDC 141, de 30 de maio de 2003.....................................................................................10

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

1. Administração direta e indireta, centralizada e descentralizada..................................................................................01
2. Ato administrativo: conceito, requisitos, atributos, classificação e espécies................................................................03
3. Poderes administrativos: poderes hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia; uso e abuso do poder........06
4. Licitação: princípios, dispensa e inexigibilidade; modalidades....................................................................................08
5. Controle e responsabilização da administração: controles administrativo, judicial e legislativo; responsabilidade
civil do Estado..............................................................................................................................................................................12
6. Lei n° 8.112/1990 (regime jurídico dos servidores públicos civis da União): títulos II, III e IV................................16

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

1. Constituição de 1988: Princípios Fundamentais (art. 1° ao 4°)....................................................................................01
1.1 Dos Direitos e Garantias Fundamentais (art. 5° ao 17)...............................................................................................02
1.2 Da Organização do Estado (art. 18 ao 43); 1.3 Da Organização dos Poderes; 1.4 Da fiscalização Contábil e
Financeira (art. 70 a 75); 1.5 Do Poder Executivo (art. 76 ao 88)...........................................................................................32
1.6 Da tributação e Orçamento (art. 145 a 169).................................................................................................................38
1.7 Da Saúde (art. 196 a 200)................................................................................................................................................48

NOÇÕES DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E SAÚDE PÚBLICA

1. Evolução da vigilância sanitária no Brasil......................................................................................................................01
2. Vigilância Sanitária; 2.1 Conceitos básicos; 2.2 Áreas de abrangência; 2.3 Funções.................................................10
3. Lei n° 9.782/1999 e suas alterações - Define o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, cria a Agência Nacional de
Vigilância Sanitária e dá outras providências........................................................................................................................... 11
4. Decreto n° 3.029/1999 e suas alterações - Aprova o regulamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária e dá
outras providências......................................................................................................................................................................18
5. Regimento Interno da Anvisa...........................................................................................................................................27

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

1. Conceitos de Estado, governo e Administração Pública................................................................................................01
2. Princípios da Administração Pública..............................................................................................................................02
3. Políticas Públicas...............................................................................................................................................................04

Didatismo e Conhecimento

Índice
NOÇÕES DE REGULAÇÃO E AGÊNCIAS REGULADORAS

1. Regulação e agências reguladoras: As agências reguladoras e o princípio da legalidade..........................................01
Órgãos reguladores no Brasil: histórico e característica das autarquias........................................................................01
Abordagens: teoria econômica da regulação, teoria da captura, teoria do agente-principal........................................16
Formas de regulação: regulação de preço; regulação de entrada; regulação de qualidade...........................................17
Princípios de qualidade regulatória, boas práticas de governança regulatória, noções de avaliação de impacto
regulatório Regulação setorial: regulação sanitária.................................................................................................................18

Didatismo e Conhecimento

SAC

Atenção
SAC

Dúvidas de Matéria

A NOVA APOSTILA oferece aos candidatos um serviço diferenciado - SAC (Serviço de Apoio ao Candidato).
O SAC possui o objetivo de auxiliar os candidatos que possuem dúvidas relacionadas ao conteúdo do edital.
O candidato que desejar fazer uso do serviço deverá enviar sua dúvida somente através do e-mail: professores@
novaapostila.com.br.
Todas as dúvidas serão respondidas pela equipe de professores da Editora Nova, conforme a especialidade da
matéria em questão.
Para melhor funcionamento do serviço, solicitamos a especificação da apostila (apostila/concurso/cargo/
Estado/matéria/página). Por exemplo: Apostila do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Cargo Escrevente.
Português - paginas 82,86,90.
Havendo dúvidas em diversas matérias, deverá ser encaminhado um e-mail para cada especialidade, podendo
demorar em média 05 (cinco) dias para retornar. Não retornando nesse prazo, solicitamos o re-envio do mesmo.

Erros de Impressão

Alguns erros de edição ou impressão podem ocorrer durante o processo de fabricação deste volume, caso
encontre algo, por favor, entre em contato conosco, pelo nosso e-mail, nova@novaapostila.com.br.
Alertamos aos candidatos que para ingressar na carreira pública é necessário dedicação, portanto a NOVA
APOSTILA auxilia no estudo, mas não garante a sua aprovação. Como também não temos vínculos com a
organizadora dos concursos, de forma que inscrições, data de provas, lista de aprovados entre outros independe
de nossa equipe.
Havendo a retificação no edital, por favor, entre em contato pelo nosso e-mail, pois a apostila é elaborada com
base no primeiro edital do concurso, teremos o COMPROMISSO de enviar gratuitamente a retificação APENAS por
e-mail e também disponibilizaremos em nosso site, www.novaapostila.com.br, na opção ERRATAS.
Lembramos que nosso maior objetivo é auxiliá-los, portanto nossa equipe está igualmente à disposição para
quaisquer dúvidas ou esclarecimentos.

CONTATO COM A EDITORA:
2242-7998 / 2242-7743

nova@novaapostila.com
@novaconcurso
/NOVAConcursosOficial
NovaApostila
nova_apostila@hotmail.com
Atenciosamente,
NOVA CONCURSOS
Grupo Nova Concursos
novaconcursos.com.br

Didatismo e Conhecimento

Artigo
O conteúdo do artigo abaixo é de responsabilidade do autor William Douglas, autorizado gentilmente e sem cláusula
de exclusividade, para uso do Grupo Nova.
O conteúdo das demais informações desta apostila é de total responsabilidade da equipe do Grupo Nova.

ÁGUIA OU GALINHA: QUE TIPO DE CONCURSEIRO É VOCÊ?

Por William Douglas*
 
Dois grandes teólogos escreveram livros com o tema a águia e a galinha, cada qual com lições distintas e muito interessantes: Frei
Leonardo Boff (Ed. Vozes) e o pastor Jorge Linhares (Ed. Getsêmani). Vou me valer de textos do segundo (LINHARES, Jorge. Águia
ou Galinha? 27ª Ed. Belo Horizonte: Editora Getsêmani, 2005. p. 38-52), e em seguida, comparar suas lições com o concurso público,
convidando o leitor a descobrir-se “águia” ou “galinha”.
“Galinha é caça. Águia é caçadora.” Você olha a matéria, os livros, as provas como alguém que vai lhe destruir ou como algo que você
vai caçar e vencer?
“Galinha tem olhos laterais. A águia, não. Seus olhos são frontais.” Animais que caçam (ao invés de serem caçados) olham para frente,
para focar o que desejam. Concursandos que ficam olhando demais para os lados, para os prazeres excessivos, para os problemas não focam.
Águias e galinhas nascem com os olhos “prontos”, mas você pode escolher para que lado vai olhar: para o objetivo ou para os problemas,
para o que traz resultados ou para o que atrapalha os resultados pretendidos.
“Galinha só enxerga de dia. Quando o sol se põe, vai para o galinheiro ou poleiro, condenada a virar canja de raposa, cachorro ou
gambá. A águia enxerga tanto de dia quanto de noite.” E você, estuda de noite? Vira madrugadas?
“Águia é vigorosa; galinha, frágil.“ Para cuidar da vida atual, para se organizar e AINDA CONSEGUIR estudar, fazer cursos, simulados
etc. é preciso vigor e disposição.
“Galinha é medrosa. Águia é destemida, corajosa.” Estamos voltando à questão de ser caça ou caçador, mas também ao fato de que um
bom concursando não deve temer a quantidade de matéria, nem a relação candidato-vaga, nem coisa alguma que esteja entre sua situação
atual e a situação pretendida.
“Quando adoece, a galinha fica de asas caídas, jururu, dependente de socorro. Ninguém jamais viu uma águia doente. Quando debilitada,
reúne todas as forças que tem para refugiar-se no alto. Não fica por aí à espera de piedade. Autocomiseração não combina com a águia.” E
você, amigo, está esperando piedade alheia ou prefere reunir suas forçar para ir em busca do sonho?
“Galinha se alimenta de milho e restos. A águia, do alto, seleciona a presa, e desce como uma flecha sobre ela.” Aqui vale o cuidado com
a qualidade dos cursos que faz e dos livros ou apostilas que lê. Não se “alimente” de coisa ruim, pois faz mal! Isto também vale para suas
conversas e companhias, para os programas de TV que assiste e tudo o mais que influencie sua mente e sua preparação. O lazer é essencial,
mas um bom lazer.
Se você se negar a ter uma visão e um comportamento limitados como os de uma galinha, pode ter certeza que terá o melhor desta terra.
Mas ainda há mais: “O ninho de galinha é feito de pena e capim. Da águia também. Mas sob o capim e as penas, retiradas do próprio
peito, a águia coloca uma camada de espinhos.”
Às vezes é preciso ter, ou ao menos se lembrar, dos “espinhos” para que não nos acomodemos e para que levantemos vôo. São os
espinhos da vida, as necessidades, as contas, que algumas vezes nos impulsionam para a vitória. Não é raro ver pessoas com tudo a favor
não passarem... Talvez por falta de espinhos no ninho, e pessoas com “espinhos” conseguirem passar nos concursos. Não sei se os espinhos
são as contas, doença, separação ou o que for, mas espinhos não são limitadores para as águias.
A galinha aceita ficar presa, a águia não. Algumas pessoas aceitam uma situação de “prisão”, limitadora, enquanto outras ousam
melhorar de vida. A galinha faz seu ninho ao nível do chão, sem pensar alto, coisa que uma águia não imagina. Ela voa, pensa e aninha-se
no alto, que é para onde se dirige sempre.
Enquanto há várias espécies de galinha, temos na águia uma espécie rara. Concursandos organizados, estudiosos e que fazem o que é o
certo são raros... e são os que passam, mais cedo ou mais tarde!
A diferença não é o que acontece com a águia ou com a galinha, mas como essas duas aves reagem ao que acontece com elas, como elas
encaram sua existência e como lidam com ninhos, espinhos, alimentação, desafios etc. Por isso elas são tão diferentes.
O livro de Obadias, na Bíblia, diz “Se te remontares como a águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas...” (1.4). Este é o desafio:
não importa como você foi até hoje, mas sim que se “remonte” como águia, que é o que você já é ou pode vir a ser. Para ser um concurseiroáguia, basta pensar e agir como um, pois “somos o que pensamos e fazemos”.
Ponha seu “ninho” entre as estrelas: você merece.

*William Douglas é juiz federal, professor universitário, palestrante e autor de mais de 30 obras, dentre elas o best-seller
“Como passar em provas e concursos” . Passou em 9 concursos, sendo 5 em 1º Lugar
www.williamdouglas.com.br
Conteúdo cedido gratuitamente, pelo autor, com finalidade de auxiliar os candidatos.

Didatismo e Conhecimento

LÍNGUA PORTUGUESA