You are on page 1of 2

Avôs: um valor em alta

Por Carmen Quintanilla Barba Há já algum tempo que algumas instituições e ONG’s tentam institucionalizar o dia 26 de Julho como o “Dia dos Avós”, convertendo esse dia no dia de agradecimento merecido, numa jornada em que reconhecemos publicamente o imenso trabalho do idoso e o seu papel dentro das nossas famílias, como cuidadores informais e incansáveis dos seus netos. Por este motivo, e para apoiar esta bonita iniciativa, escrevo esta carta, que reflete a grandeza de todos os avós que diariamente fazem de pais sem se deixar levar pelo desalento, entregando-se ao seu trabalho esperançadamente e sobretudo com muito, muito amor. Ser avô hoje é um valor em alta. Para trás ficaram os avós carinhosos que se viam apenas quando os visitávamos às vezes. (…) Agora os avós se sujam de barro, empurram balanços sorrindo, esperam à porta dos colégios e das escolas, ouvem os sonhos das crianças e os gritos desesperados dos seus netos. E tudo isto só para verem os seu filhos felizes, assumindo que o repouso ainda está por chegar e que depois de tudo, a vida lhes reservava uma terceira atividade que o roteiro inicial não contemplava. Benditos avós. A minha admiração por eles não tem limites. No momento das suas vidas em que as obrigações laborais deram lugar ao ócio, e em que a responsabilidade de educar os seus filhos está por fim completa, recebem de braços abertos, apesar do cansaço que a idade por si já dá e que só vamos saber quando lá chegarmos, a difícil tarefa de cuidar dos netos, dando contas aos seus filhos. Há quem ache que os avós não educam, deseducam, mas estão enganados. (…) Quantos pais não terão ficado de boca aberta ao ver que os seus filhos obedeciam mais às palavras carinhosas e manhosas de um avô do que a disciplina férrea. Por tudo isto e muito mais, obrigado Avós, que apesar de todas as dores, enfrentam cada manhã com alegria e dedicação imaculada ao cuidado, educação, brincadeiras e jogos de nossos incansáveis pequenos, dando-lhes pacientemente o tempo que a outros nos falta.

S abem por que estamos aqui? A o vovô e à vovó viemos homenagear: L ouvamos a Deus por suas vidas, V amos com todo o carinho os abraçar, E lês são para nós verdadeiro tesouro! D ia e noite aos filhos e netos se dedicam, I ntercedendo a Deus por todos nós. A mor de Vô e de Vó não tem igual! D oce ternura vemos no seu olhar, O caminho certo nos ensinam a trilhar, S abios conselhos sempre têm para dar. A o Senhor fazemos hoje esta petição: V em abençoar todos os vovôs e vovós, O coração lhes enche de alegria, S aúde e paz dá-lhes em profusão!

se diz que os avós são pais duas vezes. a continuidade das gerações. . com sua sabedoria. nem nas escolas. de "segundo pai". mas no convívio com as pessoas e com a própria natureza. e os avôs. Celebrar o Dia dos Avós significa celebrar a experiência de vida. reconhecer o valor da sabedoria adquirida. Por isso. O Portal da Família expressa seu profundo carinho por todos os vovôs e vovós que nos visitam. e muitas vezes eles são o suporte afetivo e financeiro de pais e filhos. ou seja. e muitas vezes estão ao lado e mesmo à frente da educação de seus netos.O papel dos avós na família vai muito além dos mimos dados aos netos. As avós são também chamadas de "segunda mãe". Aproveite esta data para mandar uma mensagem de carinho aos queridos vovô e vovó e dizer o quanto você lembra deles. experiência e com certeza um sentimento maravilhoso de estar vivenciando os frutos de seu fruto. não apenas nos livros.