1° Artista:Umberto Boccioni Obra:"Formas Únicas de Contrinuidade no Espaço“

Gesso - Ano: 1913 Tamanho: 116.0 x 85.0 x 38.0 cm - Movimento: Futurismo

Iniciamos o nosso trabalho de análise de imagens nos deparando com uma escultura do artista Umberto Boccioni, importante teórico do período Futurista. Formado em Roma, com Gino Severini, no ateliê de Giacomo Balla, no início do séc. XX. Tendo aprendido a pintura neo-impressionista, tornou-se um mestre menor no divisionismo italiano. Morando em Milão conheceu Marinetti, em 1908 e em 1909 se juntou aos outros artistas do movimento Futurista, entre eles: Balla, Carlo Carrà e Luigi Russolo, tendo assinado em 1910, junto com estes o manifesto Futurista, no mesmo ano seria redigido o manifesto técnico da pintura futurista. Tendo sido convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, morreu em 1916 devido a queda de um cavalo durante exercícios militares. O poder de transmitir dinamicidade às suas obras é algo que fica explícito no trabalho de Boccioni, devido também a uma certa influencia do movimento neoimpressionista e do Cubismo, tendo tido contato com Pablo Picasso e outros cubistas em 1912. Foi inovador ao procurar solucionar todos os aspectos da forma dinâmica tridimensional, a dinamicidade do corpo humano em contato com o espaço é estudado de forma intensa por Boccioni, assim como podemos notar na imagem a ser analisada. A versão original desta obra foi produzida em

em Londres. alcançando o valor de 74. Em 3 de fevereiro de 2010 se transformou na obra de arte de mais alto valor a ser vendida em um leilão na Sotherby´s. em São Paulo. Londres e Los Angeles. Boccioni pôde criar uma impressão além do movimento. 6° Artista: Alberto Giacometti Obra: L’homme qui marche I (O homem que anda I) Bronze . parecendo uma luta contra um inimigo invisível. .Movimento: Expressionista O Homem que marcha é uma escultura em bronze produzida pelo artista expressionista Alberto Giacometti (1901-1966).83m .gesso e se encontra no Museu de Arte Contemporânea da USP.Ano: 1960 Tamanho: 1. intencionando explorar a velocidade e força da peça. filho do pintor impressionista Giovanni Giacometti (1868-1933). tanto que a escultura ultrapassa os valores anatômicos do ser humano e tende a se parecer mais com uma bandeira esvoaçante ao vento. tendo cinco fundições posteriores em bronze que se encontram em museus de Nova York.2 milhões de euros sendo considerada uma das peças mais importantes do artista e considerada um dos ícones da Arte moderna. Com esta obra.

br/mac/templates/projetos/seculoxx/modulo1/construtivism o/cubismo/futurismo/boccioni/index. como de um poderoso símbolo da humanidade". Giacometti descreveu a escultura.html?cid=8234132 http://www.ch/por/cultura/O_homem_caminhando_de_Giacometti_bat e_recorde_mundial. Existem seis originais desta série de esculturas produzidas entre 1947 e sua morte em 1966. por ter visto "o equilíbrio natural do passo" como um símbolo de força" do homem na sua própria vida" A escultura foi produzida em 1961 e representa um homem com estatura de 1. Após a fusão de maio de 2008.org/ http://www. tanto de um homem comum.swissinfo.83m a caminhar completamente solitário e sem rumo.usp.A peça é descrita como uma "humilde imagem.html .wikipedia. tendo todo o dinheiro arrecadado na venda da obra investido em fundações do Commerzbank. Fontes: http://pt. ela passou a ser de propriedade do Commerzbank e decidiu se desfazer da peça por pensar que a figura do homem emagrecido poderia fazer um simbolismo à crise bancária da época. a museus e a projetos de restauração. A escultura fazia parte do acervo contendo mais de 3 mil obras de arte do Dresdner Bank e ficava exposta no hall de entrada do banco em Frankfurt.mac.