You are on page 1of 5

ANTROPOLOGIA CULTURAL

ANTROPOLOGIA CULTURAL
Graduação

EXERCÍCIOS

1

Passagem da soberania católica para a soberania política com o nascimento do Estado Moderno. Desenvolvimento da concepção de indivíduo como membro de uma “societas” e não mais como participante de uma “universitas”. a) b) c) d) e) Somente as alternativas II e III estão corretas. II. De acordo com Marshall Sahlins. II. Produção – tribais – capitalistas – amizade. funciona como um mecanismo de controle do comportamento humano quando situado à cena pública é atribuída ao seguinte autor: 21 . As alternativas I. por um emaranhado inextricável de teias de significados que no conjunto. Assinale a alternativa que expressa os principais aspectos que. a perspectiva teórica que concebe a cultura como um código simbólico formado. Parentesco – capitalistas – tribais – consumo. a) b) c) d) e) Parentesco – capitalistas – tribais – produção. II e III estão corretas. III. IV estão todas corretas.ANTROPOLOGIA CULTURAL UNIDADE 4 ANTROPOLOGIA CULTURAL APLICADA AO ESTUDO DAS CHAMADAS SOCIEDADES COMPLEXAS: ALGUNS OBJETOS DE ANÁLISE 01. Produção – capitalistas – tribais – parentesco. as relações de ___________ constituem o lócus privilegiado da produção simbólica nas sociedades ______________enquanto que nas sociedades ______________este lócus se desloca para as relações de ______________. Somente as alternativas I e III estão corretas. teriam contribuído para a compartimentalização da totalidade social em domínios separados e distintos no seio da sociedade ocidental moderna. Emergência de uma economia de mercado fortemente alicerçada em processos de monetarização. III. I. 03. Derrocada do sistema feudal. IV. 02. Somente as alternativas I. III e IV estão corretas. Somente as alternativas II. Consumo – tribais – capitalistas – amizade. segundo Louis Dumont . Em Antropologia.

a) b) c) d) e) As alternativas I e IV são falsas. 05. Cuja alteridade lhe era descontínua em termos geográficos. 06. III.ANTROPOLOGIA CULTURAL APLICADA AO ESTUDO DAS CHAMADAS SOCIEDADES COMPLEXAS: ALGUNS OBJETOS DE ANÁLISE a) b) c) d) e) Claude Lévi-Strauss. Definidas por uma pluralidade de visões de mundo e pela forte diversificação das funções e dos papéis sociais. Bronislaw Malinowski. Adquirido pelo homem no decorrer da sua socialização em um grupo social. para a análise de sociedades: I. a atividade de tradução ou decodificação de um determinado sistema cultural. Trabalhadores – força de trabalho – burgueses – força de trabalho – capital. os indivíduos participam de modo desigual do processo de produção. Assinale (V) ou (F) nas afirmativas que representam as contribuições que a afirmação do conceito de cultura como um código simbólico trouxe para o estudo antropológico da diversidade das sociedades e culturas humanas: 22 . Louis Dumont. Determinado pela estrutura biológica do organismo humano. De acordo com o “modelo clássico de etnografia” estabelecido na Antropologia durante os anos de 1920. não depende da ação humana. era mais facilmente realizada pelo antropólogo pelo fato do seu estudo. IV. voltar-se naquele momento. Marcadas por certo grau de uniformidade e homogeneidade em termos da diferenciação social. a uma divisão entre classes sociais que se expressa através de dois grandes grupos assim descritos respectivamente: a classe dos__________ que detém____________ e a classe dos ___________que vende ____________ donos do ___________. prioritariamente. As alternativas II e III são falsas. Destituído de uma dimensão social. 07. Clifford Geertz. a) b) c) d) e) Burgueses – meios de produção – trabalhadores – força de trabalho – capital.UNIDADE 4 . pois. As alternativas III e IV são falsas. O conceito de cultura elaborado por Tylor possibilitou em Antropologia. II. As alternativas I e III são falsas. Burgueses – meios de produção – empresários – força de trabalho – capital. Caracterizadas por uma intensa divisão social do trabalho. 04. tal como concebida pela tradição marxista. Trabalhadores – meios de produção – empresários – força de trabalho – capital. As alternativas I e II são falsas. No contexto de uma sociedade capitalista clássica . Operários – meios de produção – trabalhadores – força de trabalho – capital. o que conduziu historicamente. Marshall Sahlins. o reconhecimento da cultura como um atributo: a) b) c) d) e) Adquirido de forma inata pelo homem. Geneticamente herdado pelo homem. com a obra de Malinowski.

respectivamente: I. a) b) c) d) e) F–V–F–F V–F–V–V V–V–V–F F–F–V–V F–F–V–F 08. De acordo com Louis Dumont a sociedade ocidental moderna e as sociedades tradicionais podem ser caracterizadas pelos seguintes aspectos. Prevalece à concepção de “universitas” de acordo com a qual os indivíduos são pensados como socialmente determinados.ANTROPOLOGIA CULTURAL ( ) Reforçou a afirmação do caráter sistêmico das culturas humanas que devem ser entendidas como possuindo uma lógica e dinâmica internas que lhe são específicas e particulares. O indivíduo constitui o centro do sistema. III e IV descrevem a sociedade ocidental moderna e os itens II e IV as sociedades tradicionais. ( ) Deslocou o foco da observação antropológica para a análise dos processos de simbolização através dos quais os indivíduos interpretam suas ações e comportamentos visando atribuir sentido ao mundo e a realidade que os envolve. concretas e instrumentais. Os itens I e III e V descrevem as sociedades tradicionais e os itens II e IV a sociedade ocidental moderna. Os itens I e II descrevem a sociedade ocidental moderna e os itens III. IV e V a sociedade ocidental moderna. Os itens I. IV. V . a noção de complexidade como um dos aspectos definidores das chamadas sociedades complexas em contraposição às ditas sociedades tribais ou tradicionais. Os itens I e V descrevem a sociedade ocidental moderna e os itens II. III. ( ) Possibilitou a Antropologia consolidar sua prática investigativa e avançar através do exercício relativizador em direção a uma compreensão cada vez mais etnocêntrica da diferença. As relações estabelecidas entre os indivíduos apóiam-se na concepção de “societas” e evocam a idéia de contrato. O princípio organizador básico reside na interdependência e na hierarquia. ele é primeiro em relação aos grupos. a) b) c) d) e) Os itens I e II descrevem as sociedades tradicionais e os itens III. II. Caracterize em Antropologia. O todo social e político está em primeiro lugar em detrimento do indivíduo. ( ) Permitiu o reconhecimento da dimensão expressiva do comportamento humano conferindo-lhe uma amplitude de sentido que não se esgota em sua completude nas suas manifestações puramente empíricas. 09. III e IV as sociedades tradicionais. 23 . IV e V as sociedades tradicionais. por meio do qual. seres autônomos se associam de forma voluntária.

24 . caracterize o que Roberto Da Matta denomina como “dilema brasileiro” apontando para as conseqüências daí advindas na compreensão do universo ideológico da sociedade brasileira. aos inimigos a lei”. “Aos amigos tudo.UNIDADE 4 . Com base nesta máxima popular fortemente veiculada pelo senso comum englobante.ANTROPOLOGIA CULTURAL APLICADA AO ESTUDO DAS CHAMADAS SOCIEDADES COMPLEXAS: ALGUNS OBJETOS DE ANÁLISE 10.