You are on page 1of 5

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Aspectos críticos que a Literatura identifica

Bibliotecas escolares que cada um acompanhai

Domínio

Pontos fortes

Fraquezas

Oportunidades

Ameaças

Desafios. Acções a implementar

Competências do professor bibliotecário

O professor bibliotecário enquanto especialista em literacias, deve acompanhar as transformações ao nível educativo e tecnológico; Tem papel fundamental na construção e partilha do conhecimento; Deve ser dotado de poder de liderança.

Capacidade de liderança e bom relacionamento entre pares; Representação no C.P. (a manter no R.I. em fase de elaboração)

A reduzida formação do coordenador;

Assumir postura de aprendizagem contínua; O concurso de professor bibliotecário.

Assumir o novo papel da BE na construção e partilha do conhecimento.

Ser coordenador a Inexistência de tempo inteiro; formação no Centro de P.T.E. Formação da área.

Investir na formação pessoal e de toda a equipa.

1

Conhecimento na área

Bibliotecas escolares que cada um acompanhai Forte apoio por parte do coordenador inter-concelhio da RBE; Realização das primeiras sessões de trabalho de SABE; Possibilidade de construção de catálogo colectivo do concelho.

Gerir para o sucesso; Organização e Gestão da BE Gerir procurando a optimização de recursos.

Apoio do coordenador de TIC e restantes professores desta área.

Inexistência de SABE neste concelho até 2008. Formação reduzida, a este nível, entre os vários elementos da equipa.

Horário insuficiente da equipa para a multiplicidade de tarefas que lhe estão atribuídas.

Formação na área de gestão; Dinamização do SABE; Construção de catálogo colectivo do concelho;

Gestão da Colecção

Criar ambientais virtuais de aprendizagem com ligação aos currículos; Organizar e disponibilizar informação em formato digital.

Ausência de verba atribuída Recolha de pela escola, não sugestões junto de permite alunos e actualização nem departamentos. implementação de política documental.

Apoios da RBE e do P.N.L.; Sugestões do P.N.L.

Multiplicidade de informação e documentação.

Disponibilizar recursos actualizados e em diferentes ambientes e suportes. Insistir, junto do órgão de gestão na atribuição de verba.

2

Conhecimento na área Estatística de utilizadores (quer de alunos quer de turmas em contexto de sala de aula) revela taxa de utilização satisfatória. A necessidade, por todos já revelada, de promover projectos de literacia e leitura;

Bibliotecas escolares que cada um acompanhai Trabalhar colaborativamente com professores, equipa, pais e outros intervenientes no processo de ensino/ aprendizagem. Desenvolver projectos colaborativos aos níveis da leitura e literacias; Investir na formação. Sobreposição de funções podem limitar a disponibilidade dos elementos da equipa. A BE deve assumir-se como a estrutura que efectivamente trabalha na produção, organização de

A BE como espaço de conhecimento e aprendizagem. Trabalho colaborativo e articulado com Departamentos e docentes.

Transformar informação em conhecimento; Integrar a BE no processo de ensino/ aprendizagem.

Excessivo número de horas dos professores na escola, em parte motivado pela Avaliação do Pessoal Docente.

Necessidade de articular com departamentos, professores e alunos a planificação de actividades.

Sobrecarga de tarefas e funções do pessoal docente poderão limitar a disponibilidade para trabalho conjunto.

Formação para a leitura e para as literacias

As novas componentes do currículo: literacia, informação e tecnologia; como dar resposta às mudanças? Novos equipamentos, novas responsabilidades e novos desafios criam mais expectativas.

Formação bastante reduzida, a este nível, pelos elementos da equipa.

As áreas curriculares não disciplinares enquanto “espaço” aberto ao desenvolvimento destes projectos.

Falta de oferta formativa na área envolvente.

BE/ PTE e os novos ambientes digitais.

Abertura à utilização de novas tecnologias por parte dos elementos da equipa;

Material desactualizado.

A integração do coordenador na equipa do P.T.E.

3

Conhecimento na área Formação diversificada nesta área.

Bibliotecas escolares que cada um acompanhai informação, criando ambientes virtuais de aprendizagem. Aplicação a curto prazo do modelo de auto-avaliação proposto pela RBE. Receptividade a esta avaliação por parte do órgão de gestão.

Gestão de evidências/ avaliação.

Desenvolver estratégias de gestão baseadas em recolha de evidências. Aferir eficácia e impacto das práticas e definir novas práticas.

Receptividade da equipa para aplicação do modelo de autoavaliação.

Falta de hábito generalizada de recolha de evidências.

Excesso de documentos podem conduzir a dificuldades no tratamento dos dados.

Aplicar de forma consistente e continuada a auto-avaliação da BE.

Gestão da mudança SÍNTESE O papel da BE sofreu transformações que lhe atribuem um novo e preponderante papel na construção do conhecimento. Tal só será

Factores de sucesso

Obstáculos a vencer

Acções prioritárias Formação da equipa.

A integração da BE nas estruturas educativas da escola: -representação no C.P.; - refrência no P.E do Agrupamento, com objectivos definidos;

A articulação com todos os departamentos; Criação de projectos de leitura e de literacia da informação;

Aplicação do modelo da avaliação. Alteração de práticas de gestão e acção com base na recolha de

4

Conhecimento na área possível com a ligação aos - P.T.E. currículos e a utilização das novas tecnologias. Coordenador a tempo inteiro; As novas práticas exigem Motivação da equipa; estratégias baseadas na recolha de evidências e Integração do coordenador na equipa num efectivo trabalho de P.T.E. auto-avaliação conducente à redefinição de acções.

Bibliotecas escolares que cada um acompanhai evidências. Criação de parcerias com outras instituições( B.M. e outras bibliotecas locais). Heterogeneidade de utilizadores. Fazer entender à comunidade educativa os objectivos da BE. Definição de programa tecnológico.

i

Os coordenadores devem realizar aanálise SWOTT à biblioteca que gerem.

Para saber mais sobre análise SWOTT: http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT http://www.infopedia.pt/$analise-swot

5