You are on page 1of 2

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA VARA DE FAMÍLIA DA COMARCA DE ITAMARAJU/BA PRIORIDADE NA TRAMITAÇÃO Estatuto do Idoso – artigo 71

JOÃO ANTONIO SILVERADO, brasileiro, viúvo, inscrito no CPF sob o nº 000.000.000-00, residente e domiciliado na cidade de Jucuruçu, comarca de Itamaraju/BA, na Rua “............” nº ..., Bairro ......., CEP nº ........., por seu advogado que esta subscreve (doc. 01), com endereço profissional na Rua .............. nº ...., Sala nº ..., ......, nesta cidade, CEP nº .........., onde receberá intimações, vem à presença de Vossa Excelência propor a presente AÇÃO DE ALIMENTOS (COM FIXAÇÃO DE PROVISÓRIOS) contra ARLINDO ANTONIO SILVERADO, brasileiro, empresário, residente e domiciliado na cidade de Vereda, comarca de Teixeira de Freitas/BA, na Avenida ................... nº ..., apartamento n° ...., Bairro ........., CEP nº ............., pelos fatos a seguir expostos: DO ESTATUTO DO IDOSO 1 - Inicialmente, cabe esclarecer que o autor tem 72 anos de idade, conforme faz prova a certidão de nascimento anexa (doc. 02), razão pela qual, devem ser observadas as normas protetivas constantes na Lei nº 10.741, de 01 de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), entre elas, a prioridade na tramitação do presente feito. DA RELAÇÃO DE PARENTESCO 2 - A relação de parentesco entre as partes está demonstrada na certidão de nascimento do réu (doc. 03), na qual se verifica que ele – réu – é filho do autor. DA NECESSIDADE DO AUTOR 3 - O autor foi casado por mais de 50 anos com a genitora do réu, sendo este o único fruto do casamento, estável, sólido, tradicional e feliz. Desempenhava seu trabalho e mantinha a casa, os filhos, a esposa. 4 – Com o falecimento de sua esposa, foi acometido por uma forte depressão. A dificuldade na superação do luto fez com que o autor parasse de trabalhar, e assim deixou de custear a própria subsistência. 5 – Todas as despesas do autor estão sendo custeadas por vizinhos e alguns parentes, compadecidos pela enorme dificuldade financeira enfrentada pelo autor, em razão do grave estado de depressão vivido por este. 6 - Importante esclarecer, que o autor necessita que de acompanhamento psicoterapêutico, diante de sua dificuldade e idade avançada. DA POSSIBILIDADE DO RÉU 7 - Em contrapartida, o réu possui plenas condições de contribuir para as despesas do autor, uma vez que é empresário do ramo hoteleiro, em cidade próxima à que reside o autor.

ao pagamento de prestação alimentícia no valor suficiente para atender as necessidades do autor. de março de 2009. nos termos do artigo 71 do Estatuto do Idoso.DOS PRESSUPOSTOS DA OBRIGAÇÃO ALIMENTAR 8 . no endereço supra. Pede deferimento. senão vejamos: vínculo de família decorrente de parentesco. do CPC.Os pressupostos da obrigação de prestar alimentos estão presentes no caso em tela. depoimento pessoal do réu. DAS PROVAS 20 . decorrendo daí o prazo para contestar.Requer a prioridade na tramitação do presente feito.Pelo exposto.Atribui à causa o valor de R$ 39. sem prejuízo do próprio sustento. requer: a) a fixação de ALIMENTOS PROVISÓRIOS no valor equivalente a 03 (três) salários mínimos (ou determinado percentual sobre os vencimentos brutos. b) Requer. MG. § 3º. e . não inferior aos provisórios fixados.Requer a CITAÇÃO POR OFICIAL DE JUSTIÇA do réu. DOS BENEFÍCIOS DA GRATUIDADE DA JUSTIÇA 19 . DOS PEDIDOS 9 . uma vez que o autor tem 85 anos.00 (trinta e nove mil e sessenta reais). sob pena de serem tidos como verdadeiros os fatos alegados na inicial DA PRIORIDADE DA TRAMITAÇÃO DO FEITO 18 .060. a PROCEDÊNCIA DO PEDIDO. dentro de suas possibilidades. ao final. DO REQUERIMENTO DE CITAÇÃO DO RÉU 17 . a presente ação.000 .Requer o deferimento dos Benefícios da Gratuidade da Justiça. 30). Junta declaração de carência (doc. oitiva de testemunhas a serem oportunamente arroladas e outras provas que se fizerem necessárias no curso desta demanda. Advogado(a) OAB/MG nº 000. por não ter condições de arcar com as despesas processuais e honorários de advogado. c) a condenação do réu no pagamento das custas processuais e honorários advocatícios a serem fixados nos termos o artigo 20. querendo. DO VALOR DA CAUSA 22 . deduzidos os descontos obrigatórios. para condenar o réu. Juiz de Fora. possibilidade econômica do réu e o estado de necessidade em que se encontra o autor. conforme comprovado pela certidão de nascimento anexa (doc. 02). valor este. para comparecer à audiência de conciliação a ser designada.Pretende provar o alegado com os documentos que instruem a presente.