1.

Levando em conta a escola chicago, onde jornalista preocupam com problemas sociais no fundo, com a chegada dos imigrantes na cidade, originaram muitas marginalisação, então começaram a estudar como que os imigrantes se integravam na sociedade americano, mais propriamente na cidade de chicago, utilizavam comunicação como instrumento itregaadora. Essa escola tinha um papel de jornalismo sociologica, faziam muitas pesquisa e invistigações sobre:#problemas sociais, #documentação legal, #como viviam, depois delatavam no jornal os conteúdos. Todos esses problemas passsaram a ser objecto de estudo de vários sociologos, que pretendiam, a partir desse acontecimento, elaborar novas teorias e conceitos a respeito dos fenômenos sociais, além disso, buscavam elaborar métodos para solução e controle desses problemas. Com esses estudos profundos muitas coisas mudaram nessee decorer de tempo. 2. Comunicação é acção e efeito de comunicar, transmisão da informação no seio de grupo, considerada em suas relações com a estrutura deste grupo. Também é conjunto de técnicas que permitem a defusão de mensagens escritas ou áudiosvisuais a uma audência vasta e heterogênea. A comunicação é percepção, cria expectativas e propõem exigências. Os processos de comunicação por sua parte são ferramentas sociais que e permitem a interação humana, ou seja, manter um mínimo de interdependência entre distintos elementos: indivíduos, grupos, oficiais, escritores, departamentos, serviços etc., que a organização requer para ser sistema interno. Também comunicar podemos dizer que é transferir infomaçãode uma pessoa a outra sem levar em conta se desperta ou não a confiança. Enquanto que a infoemação é acção e efeito de informar(dar a alguém notícia de alguma coisa), é um conjunto de notícias. Como podemosobservar, em determinados contextos, informação e comunicação são sinónimos, noutros, podem significar coisas diferentes. A informação aumenta o conhecimento e comunica novidades, desta maneira podemos dizer que a informação complementa a comunicação já que o que se comunica é informação nas mensagens, com que a comunicação dá um passo a mais mas relações entre os empregados já se provoca comportamentos mediante a criação de expectativas. A informação se transfere através de mecanismo de comunicação: #os interlecutores, #o tipo de comunicação, #os canais de comunicação, #a interação entre os canais de comunicação, os indivíduos e os grupos, #as redes de comunicação empregadas. 3. A democracia, opinião pública e imprensa há uma relação entre eles, mas também há um afastamento, dependendo do orgão ou sistema político. A democracia é um regime de governo emque o poder de tomar importantes decisões políticas está co os cidadãos(povo), direta ou indiretamente, por meio de representantes eleitos: forma mais usual. Uma democracia pode ser existirnum sistema presidencialista ou parlamentarista , republicano ou monárquico.

A opinião pública passa a ser o objectivo de manipuladores através da comunicação. cada indivíduo impactado forma sua opinião e atrav´s de uma fusão de informações leva a um processo dialéctico e redes de influência são formadas. É nesse momento que o poder da mídia quando usada para interesses pessoais formam uma opinião pública forjada.As democracias podem ser divididas em diferentes tipos baseado em um número de distinções. mas para ser um facto social deve ter um intermediário. A opinião de um grupo não é a opinião pública. O mais importante é sabermos que a opinião pública está relacionada a um fenômeno social que pode ser de carácter político ou não. quando o povo expressa a sua vontade por meio da eleição de representantes que os elegem. a distinção mais importante acontece entre democraacia direta/algumas vezes chamada “democracia pura”). formaç Opinião pública é conjunto de opiniões individuais que tornam factos sociais. é um pouco mais que simples soma de opiniões. e a democracia representativa(algumas vezes chamada “democracia indireta”).geralmente. quando o povo expressa a sua vontade por voto direto em cada assunto particular. A imprensa é a designação colectivo dos veículos de comunicação que exercem o jornalismo e outras funções de comunicação puramente propagandística ou de entretenimento. é influenciada por um sistema social e pelos veículos de comunicação. ela se forma a partir de informações. notificadas pela imprensa. .