Tribunais superiores reconhecem direito a Gratificações de Desempenho entre Servidores e Aposentados

advogadoszonaleste.com.br /index.php/tribunais-superiores-reconhecem-direto-a-gratif icacoes-dedesempenho-entre-servidores-e-aposentados/
Fernando Ciz otto Os funcionários públicos da União (funcionários públicos federais aposentados ou pensionistas) que recebem Gratificação de Desempenho têm direito à equiparação com os funcionários públicos ativos.

As ações de equiparação de Gratificações tem guarida nos tribunais superiores que reconhecem que a falta de critérios objetivos para a avaliação de desempenho dos funcionários público obriga a equiparação dos ativos e inativos.

OS INATIVOS TÊM RECEBIDO MENOR VALOR PARA AS GRATIFICAÇÕES, SENDO QUE ATRAVÉS DE AÇÃO JUDICIAL PODEM IGUALAR OS VALORES DAS GRATIFICAÇÕES RECEBIDAS PELO PESSOAL DA ATIVA TENDO EM VISTA A ISONOMIA.

As gratificações foram criadas com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços mediante o reconhecimento profissional e a avaliação do desempenho individual e institucional.

Com a nova Lei, a maior parte dos servidores da Administração Federal, excluídos os policiais rodoviários federais (que não tem direito), passaram a ter alguma parcela da sua remuneração vinculada ao desempenho ou à produtividade.

Este benefício é dado também aos servidores públicos aposentados e pensionistas, que terão o direito à pontuação mínima, igual a dos que estão na ativa.

Todos os aposentados antes de 19/12/2003 (EC 41/2003), que foram funcionários dos Ministérios, do Ibama, da Funai, Funasa, IBGE, INSS, INCRA, DNER, Professores de Universidades Federais, entre outros, têm direito à essa equiparação que só vem através de ação judicial.

Em regra geral, tem direito o servidor ou pensionista que passou a perceber seu benefício até 19/12/2003!

Dependendo do Ministério em que o servidor trabalhou, ainda, há outras gratificações que estes têm direito a receber com a mesma pontuação dos que estão na ativa.

Não há praz o para ajuiz ar essa ação. Porém, apesar do aposentado ou pensionista poder entrar com esta ação a qualquer momento, o praz o para receber os valores atrasados está correndo e a cada mês que o aposentado ou pensionista demorar a ingressar na justiça, deixará de receber o retroativo referente a um mês, posto que o praz o

404 de 09/01/2002. devida aos servidores alcançados pelo Anexo V da Lei no 9.Procuração. envie ao seu advogado as fichas financeiras de todo o período que recebe o seu benefício para que se possa estimar os valores que o funcionário tem a receber). 1º assim dispõe: “Art. Então. Esta gratificação foi instituída pela lei nº 10. e de 60 pontos de julho de 2004 a julho de 2006.Comprovante de residência/endereço em nome do autor. SAIBA QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA PROMOVER ESSA AÇÃO: . ganhando a equiparação com os funcionários públicos da ativa que.Contracheques de 2002 até o último recebido. havendo uma gritante distorção nos rendimentos mensais.mínimos.367.Cópia da cédula de identidade.5 e 60 pontos. a Gratificação de Desempenho de Atividade TécnicoAdministrativa – GDATA. . . trará um bom valor a título de atrasados para quem ajuiz ar essa ação. que em seu art.550.Cópia do CPF.00 e podem atingir mais de 60 salários. de 16 de dez embro de 1996. (se tiver) – caso não tenha juntar somente os últimos.se de gratificação de 37. a partir de 1o de fevereiro de 2002. quanto antes o servidor ingressar com a ação. de 5 de julho de 1978. (Preferencialmente.prescricional (aquilo que pode ser cobrado a título de atrasados) é de 5 anos.000. Os aposentados e pensionistas (servidores inativos) recebiam pontuação limitada a apenas 10 pontos. Conheça algumas das Gratificações recebidas pelas funcionários públicos: GDATA (Grat if icação de Desempenho de At ividade Técnico Administ rat iva) Trata. . .Documento que comprove a data de sua aposentadoria. 1º Fica instituída. Os valores a título de atrasado partem de cerca de R$5. requerimento justiça gratuita (se for o caso) e contrato de honorários. que não estejam organiz ados em carreira. que não tenham tido . e pela Lei no 6. sendo que aos servidores ativos eram pagos no mínimo 37. a depender do caso. mais irá ter direito a receber. ou o termo inicial da pensão. .5 pontos aos servidores no período de fevereiro de 2002 a junho de 2004. Consulte agora mesmo um advogado e faça valer o seu direito. certamente.

bem como não percebam qualquer outra espécie de vantagem que tenha como fundamento o desempenho profissional.367. conforme Anexo V da Lei nº 9.alteração em sua estrutura remuneratória entre 30 de setembro de 2001 e a data da publicação desta Lei. individual ou institucional ou a produção.” O GDATA só se aplica aos servidores abaixo. sendo: • Carreiras de Diplomata • Auditoria do Tesouro Nacional • Polícia Federal • Polícia Civil do DF e dos Policiais Civis dos Extintos Territórios Federais • Orçamento de Finanças e Controle • Procuradoria da Faz enda Nacional • Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental • Carreira de Ciência e Tecnologia dos servidores da SAE • FCBIA – Fundação Centro Brasileiro para a Infância e Adolescência • Susep – Superintendência de Seguros Privados • CVM – Comissão de Valores Mobiliários • IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada • IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente • EMBRATUR – Instituto Brasileiro de Turismo • INCRA – Instituto Nacional de Coloniz ação e Reforma Agrária • CFIAE – Caixa de Financiamento Imobiliário da Aeronáutica • IBPC – Instituto Brasileiro de Pesquisa em Câncer • IBPC – Instituto Brasileiro de Pesquisa em Câncer • Ibac • FBN • FCRB • FCP • LBA • FUNAI • Funag • FAE .

que garantiu a paridade de vencimentos e proventos entre servidores da ativa.645/70 e 6.2003). e julgado o mérito da questão com fixação dos parâmetros de pagamento da gratificação aos inativos e pensionistas.154). vai de encontro à norma expressa no referido art. deve ser deferida aos inativos nos valores correspondentes a 37.596/87 e aos Cargos do Sistema de Cargos Instituídos pelas Leis nºs 5. na sua redação original).” Para ser devida a GDATA é preciso que a data de concessão do benefício de aposentadoria ou pensão por morte seja anterior à EC 41/2003 (19. . no período de junho de 2002 até a conclusão dos efeitos do último ciclo de avaliação a que se refere o art. conforme art.404/2002. Recentemente.Administrativa – GDATA. nos termos do art. por unanimidade.administrativos das instituições Federais de Ensino. que assim dispõe: “A Gratificação de Desempenho de Atividade Técnico. Ministro Gilmar Mendes. instituída pela Lei 10. Está consolidado o entendimento de que não há direito à extensão equivalente das gratificações.12. da Constituição Federal. da Lei 10. a partir da qual para a ser de 60 (sessenta) pontos. ainda que em caráter geral.• Enap • FNS – Fundação Nacional de Saúde (36205) • Roquette Pinto • FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação • Sudam • Suframa • Sudene • Ceplac • Tabela de Especialista dos Técnico. portanto. § 8º. dos servidores ativos aos servidores inativos cuja aposentadoria/pensão foi instituída posteriormente a EC 41/03 e. na sessão plenária de 19. parágrafo único. A percepção da GDATA entre ativos e inativos.5 (trinta e sete vírgula cinco) pontos no período de fevereiro a maio de 2002 e. 5º. 40. não abrangidos pela regra de transição.2009. o direito ao recebimento. foi reconhecida a repercussão geral em relação à GDATA. ainda que relacionada ao desempenho de função.02. aposentados e pensionistas (antes prevista no art. 3º e seguintes da Lei nº 7. 1º da Medida Provisória 198/2004. tendo sido decidido em Plenário. em abril de 2007.404/2002. com determinação para que as demais instâncias judiciárias sigam o entendimento da Suprema Corte (Repercussão Geral por questão de ordem no RE 597. Há também a súmula vinculante nº 20 do STF. A matéria é pacífica no Supremo Tribunal Federal. e nos termos do voto do Relator. 7º da EC 41/2003. pelos inativos das gratificações na mesma proporção garantida aos servidores inativos (RE 476.550/78.279).

357/06 estabeleceu que a partir de 01/01/09 era criada a GDPGPE da mesma forma que as outras gratificações já abordadas. 7º.784. na Lei nº 11. ocupante de idêntico cargo ao do Autor ou do instituidor da pensão. do mesmo modo que aos ativos. Assim. da Lei 11. A GDPGPE foi criada para substituir a GDPGTAS. Desde a criação da GDPGPE. a avaliação seria estabelecida em regulamento próprio. esta vem sendo paga a parte autora o correspondente a 50% do valor máximo. de 22/09/08. que foi convertida na Lei 11.A introduz ido na Lei nº 11. portanto. O que ocorreu de fato foi somente a substituição da nomenclatura da gratificação. Contudo. de 22/09/08. alterando vários dispositivos da Lei nº 11. denominada Gratificação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – GDPGPE GDPGPE (Grat if icação de Desempenho do Plano Geral de Cargos do Poder Execut ivo) A GDPGPE passou a ser paga a partir de 01/01/09. extinguiu a GDPGTAS. a sistemática de pagamento em nada diferiu da anteriormente utiliz ada para o cálculo da GDATA e da GDPGTAS. enquanto não avaliados os servidores quanto ao seu desempenho. tal qual a GDPGTAS foi instituída para ocupar o lugar da GDATA.A. A Lei nº 11. GDPGTAS (Grat if icação de Desempenho de At ividade Técnico. vem .357/06 (diploma que criou a GDPGTAS) e introduz iu o artigo 7º. O artigo 7º. Esta gratificação (GDPGPE) era devida em raz ão do desempenho do servidor. instituiu o Plano de Reestruturação do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo – PGPE. da mesma forma que a GDATA.784.357/06 estabeleceu que a gratificação será devida a todos os servidores no valor correspondente a 80% do seu valor máximo.357/06.784/08 que converteu a MP nº 41/08. e da mesma forma. porém. foi instituído o §10 no qual constam critérios diferenciados de concessão da GDPGTAS aos servidores inativos. Com a edição da Lei nº 11. a lei estabeleceu que o valor devido fosse de 80% do seu valor máximo (§ 7º).Administ rat iva e de Suport e) O art. a GDPGTAS assumiu caráter de gratificação de naturez a geral devendo.Em junho de 2006 se deu a extinção da GDATA pela MP 304/2006. onde houve a substituição da GDATA pela GDPGTAS. § 7º. A Lei nº 11. enquanto que um servidor da ativa. ser estendida aos servidores inativos.357/2006. criando outra gratificação.

muito menos restou este concluído.percebendo o equivalente a 80%. ASSISTÊNCIA SOCIAL. DA PREVIDÊNCIA. os aposentados e pensionistas. desprovida de naturez a pro labore faciendo. 10 pontos (INATIVOS). Desse modo. Esta situação está equiparada aos servidores inativos que recebem a GDATA e a GDPGTAS. De outro lado. isto é.784/08. GDPST (Grat if icação de Desempenho da Carreira da Previdência. durante toda a sua existência. para uma piora da situação dos inativos.05. é devida a GDPGPE no valor equivalente a 80 pontos. e paga em percentuais aos servidores da ativa. da Saúde e do Trabalho) . a partir de 01/01/09. Através do referido dispositivo legal. recebiam a pontuação limitada em valor inferior. está estabelecido nos Anexos I à V da Lei nº 11. Conclui. A GDASST foi “extinta” em 14. merecendo solução idêntica a proclamada pelo Supremo Tribunal Federal no caso da GDATA. da Previdência e Assistência Social e do Trabalho e Emprego. notadamente porque não foi iniciado o primeiro ciclo de avaliação dos servidores da ativa. permanecendo a aludida gratificação. a classe. observado o cargo. nível e o padrão respectivo. O valor do ponto da GDPGPE. e como valor mínimo. Em seguida essa gratificação foi substituída pela GDPST.483. sendo paga em valores fixos.2008 com a MP 431/2008 sem que os critérios para avaliação de desempenho fossem fixados. a GDASST que era incorporada ao salário nominal. que a gratificação denominada GDPGPE é genérica. DO TRABALHO E EMPREGO E FUNASA – GDASST Grat if icação de Desempenho de At ividade da Seguridade Social e do Trabalho Criada em três de julho de 2002. de forma genérica. Somente este fato já traz ia uma grande diferença nos rendimentos mensais. a referida legislação limitou como valor máximo 100 pontos por servidor. GRATIFICAÇÃO DOS INTEGRANTES DOS MINISTÉRIOS DA SAÚDE. através da Lei nº 10. No entanto. assim.se. foi incorporado/alterado os valores referentes à GDASST para os integrantes dos Quadros de Pessoal dos Ministérios da Saúde. funcionários inativos federais. em função do desempenho institucional e coletivo.

no Ministério da Saúde. convertida na Lei nº 11. faz endo acrescer o art. GDAP (Grat if icação de Desempenho de Aposent ados e Pensionist as) Extensão para inativos e pensionistas do INSS. no Ministério do Trabalho e Emprego e na Fundação Nacional de Saúde – FUNASA. quando lotados e em exercício das atividades inerentes às atribuições do respectivo cargo no Ministério da Previdência Social. OUTRAS GRATIFICAÇÕES EXISTENTES GADF (Grat if icação de Desempenho de Função) Ação que objetiva assegurar o pagamento da GADF sobre o maior vencimento básico do serviço público. da Saúde e do Trabalho. assim como ocorreu com a GDASST. ocorrida em 1999 servidores públicos federais que percebem GADF. da pontuação definida para os servidores ativos. a Lei 11. Ocorre que em 22/03/2010 foi publicado o Decreto nº 7. GID (Grat if icação de Incent ivo a Docência) Extensão do pagamento a inativos e pensionistas da carreira de professor de instituição Federal de Ensino. de 22/09/2008. Os critérios para aferição do “desempenho” permanecem carentes de regulamentação. que regulamentou os critérios e procedimentos gerais a serem observados para a realiz ação das avaliações de desempenho individual e institucional e o pagamento das gratificações de desempenho de que trata.784. considerados os valores vigentes após a reestruturação das tabelas de fiscais e procuradores. . sendo devida aos titulares dos cargos de provimento efetivo da Carreira da Previdência.133 de 19/03/2010.355/2006. em função do desempenho individual do servidor e do alcance de metas de desempenho institucional do respectivo órgão e da entidade de lotação. GADT (Grat if icação de Desempenho de At ividade Tribut ária) Extensão do pagamento a inativos e pensionistas da carreira de Fiscal Federal Agropecuário. por meio da MP 431. em outras.Foi criada em 14/05/2008. da Lei nº 11.355/2006. 5ºB.

devendo. não há dúvidas que a ausência de avaliação de desempenho institucional torna a “gratificação” genérica. ser extensiva aos servidores aposentados no mesmo percentual (80 pontos) até que venha a ser regulamentado e processado os resultados da primeira avaliação individual e institucional. Fica instituída a Gratificação de Desempenho de Atividade Técnico. em função do alcance de metas de desempenho institucional e do efetivo desempenho individual do servidor. GDAR (Grat if icação de Desempenho de At ividade Rodoviária) Ação para requerer a extensão da Gratificação de Desempenho de Atividade Rodoviária a todos os servidores do DNER que ainda não recebem (só recebem hoje quem integrou a ação judicial ajuiz ada pela ASDNER anos atrás). RESUMO CRONOLÓGICO DAS PRINCIPAIS GRATIFICAÇÕES DE DESEMPENHO GDATA – de 02/2002 a 18/10/2006 . devida aos titulares dos cargos do PECMA. Ora. cabendo ao Poder Executivo dispor sobre os critérios gerais a serem observados para a respectiva avaliação.GDAT (Grat if icação de Desempenho de Audit or Fiscal do Trabalho) Extensão do pagamento a inativos e pensionistas da carreira de Auditor Fiscal do Trabalho. em seu capítulo II. de 19 de outubro de 2006. GTEMA (Grat if icação de Desempenho de At ividade Técnico.357/2006. Dessa forma. pelo percentual de oitenta pontos sem que tenha havido a respectiva avaliação de desempenho institucional. 17. dispõe sobre o PECMA – Plano Especial de Cargos do Ministério do Meio Ambiente e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA. O artigo 17 da mencionada lei assim dispõe: Art. 12 desta Lei. ao faz ermos uma análise acurada observamos que o pressuposto fático para a percepção da GTEMA (servidores ativos) no percentual de oitenta pontos seria o resultado obtido na avaliação de desempenho institucional. Entretanto. de que trata o art. portanto. desde a edição da Lei.Executiva e de Suporte do Meio Ambiente – GTEMA.357. 11. todos os servidores ativos vêm recebendo a GTEMA. no Ibama ou no Instituto Chico Mendes. quando lotados e em exercício das atividades inerentes às atribuições do respectivo cargo no Ministério do Meio Ambiente.Execut iva e de Suport e do Meio Ambient e) A Lei nº 11.

GDPGTAS – de 19/10/2006 a 21/09/2008 GDPGPE – a partir de 22/09/2008 GDATEM – a partir de 29/06/2006 GDASST – 03/07/2002 a 28/02/2008 GDPST – 01/03/2008 a 21/03/2010 Fonte: Macohin & Siegel Advogados Editado por Rafael Perales de Aguiar Share and Enjoy .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful