You are on page 1of 104

Apresentação - Mensagem Coordenador

Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS)

Parceiros

Conhecendo Mato Grosso do Sul

Incubadoras e Empresas Incubadas

Arranjos Produtivos Locais (APL's) Sul-Mato-Grossense

02
Potencialidades
das Incubadoras
Sul-Mato-Grossenses

Catálogo
2009 / 2010

Organização

L
Rede Sul-Mato-Grossense de
orem Ipsum is simply dummy text of the Inovação (RedeMS)
printing and typesetting industry. Lorem
Coordenação
Ipsum has been the industry's standard Emerson Augusto
dummy text ever since the 1500s, when an Miotto Corazza
unknown printer took a galley of type and
scrambled it to make a type specimen book. It has Organização e Compilação
Gabriela Carvalho Rodrigues
survived not only five centuries, but also the leap Sylmara Roberta Lustosa
into electronic typesetting, remaining essentially Torres
unchanged. It was popularised in the 1960s with the
release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum Projeto Gráfico e Editoração
Josué R. dos Anjos Jr
passages, and more recently with desktop
publishing software like Aldus PageMaker including Pesquisa
versions of Lorem Ipsum. Adriana Gregório
Andréa Gregório
OSI - Oficina de Soluções
It is a long established fact that a reader will be Integradas Ltda.
distracted by the readable content of a page when
looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum Revisão
is that it has a more-or-less normal distribution of Alan Silus da Cruz Silva
letters, as opposed to using 'Content here, content Impressão
here', making it look like readable English. Many Fumis Consultoria em Gestão
desktop publishing packages and web page editors Empresarial Ltda.
now use Lorem Ipsum as their default model text,
Tiragem
and a search for 'lorem ipsum' will uncover many 200 exemplares
web sites still in their infancy. Various versions have
evolved over the years, sometimes by accident, Fechamento
Maio de 2009
sometimes on purpose (injected humour and the
like).

03
Missão
Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas,
universidades, institutos tecnológicos, centros de pesquisa e outras instituições públicas
ou privadas, mobilizando recursos financeiros e integrando instrumentos para o
desenvolvimento econômico e social do País.

04
Marcos históricos

www.ffinep.g
www.finep.gov.br
fi gov
ov.b
br
br A FINEP é uma empresa pública vinculada ao Ministério de
Ciência e Tecnologia (MCT). Foi criada em 24 de julho de 1967,
para institucionalizar o Fundo de Financiamento de Estudos de
Projetos e Programas, criado em 1965. Posteriormente, a FINEP
substituiu e ampliou o papel até então exercido pelo Banco
Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e seu Fundo de Desenvolvimento Técnico-
Científico (FUNTEC), constituído em 1964 com a finalidade de financiar a implantação de programas de pós-
graduação nas universidades brasileiras.

Em 31 de julho de 1969, o Governo instituiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
(FNDCT), destinado a financiar a expansão do sistema de Ciência e Tecnologia (C&T), tendo a FINEP como sua
Secretaria Executiva a partir de 1971. Na década de 1970 a FINEP promoveu intensa mobilização na
comunidade científica, ao financiar a implantação de novos grupos de pesquisa, a criação de programas
temáticos, a expansão da infra-estrutura de C&T e a consolidação institucional da pesquisa e da pós-
graduação no País. Estimulou também a articulação entre universidades, centros de pesquisa, empresas de
consultoria e contratantes de serviços, produtos e processos.

Iniciativas de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) de empresas em parceria com Instituições Científicas e
Tecnológicas (ICTs), que tiveram grande sucesso econômico, também estão associadas a financiamentos da
FINEP, como, por exemplo: o desenvolvimento do avião Tucano da Empresa Brasileira de Aeronáutica
(Embraer), que abriu caminho para que os aviões da empresa se tornassem um importante item da pauta de
exportações do País; um grande programa de formação de recursos humanos, no País e no exterior, assim
como inúmeros projetos da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e de universidades, que
foram essenciais para o desenvolvimento tecnológico do sistema agropecuário brasileiro, tornando-o um
dos mais competitivos do mundo; projetos de pesquisa e de formação de recursos humanos da Petrobras,
em parceria com universidades, que contribuíram para o domínio da tecnologia de exploração de petróleo
em águas profundas e que estão fazendo o País alcançar a auto-suficiência no setor.

A capacidade de financiar todo o sistema de C,T&I, combinando recursos reembolsáveis e não-
reembolsáveis, assim como outros instrumentos, proporciona à FINEP grande poder de indução de
atividades de inovação, essenciais para o aumento da competitividade do setor empresarial.
05
06
Sebrae promove competitividade e
desenvolvimentos das micro e pequenas empresas

www.ms.sebrae.com.br

O Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas –, é uma instituição técnica de apoio ao
desenvolvimento da atividade empresarial de pequeno porte, voltada para o fomento e difusão de programas e
projetos que visam à promoção e ao fortalecimento das micro e pequenas empresas.

Seu propósito é trabalhar de forma estratégica, inovadora e pragmática para fazer com que o universo dos
pequenos negócios no Brasil tenha as melhores condições possíveis para uma evolução sustentável,
contribuindo para o desenvolvimento do país como um todo.

Em Mato Grosso do Sul, tem sua sede situada na Capital, Campo Grande. No interior, tem quatro escritórios
regionais: Dourados, Corumbá, Coxim e Três Lagoas, e quatro postos avançados: Aquidauana, Nova Andradina,
Paranaíba e Ponta Porã. Essas unidades marcam a descentralização da Instituição, que propõe estar presente
em todas as regiões do Estado.

A missão do Sebrae é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas
empresas e fomentar o empreendedorismo, pois, atualmente, as MPEs são o grande fator gerador de ocupação
– representando 99,2% do total de empresas formais. A Instituição opera justamente para atenuar cinco grandes
gargalos: menor carga tributária, menos burocracia, acesso ao crédito, à tecnologia e ao conhecimento.

Assim, o Sebrae realiza atendimentos, consultorias, assessorias, capacitações por meio de palestras,
treinamentos e oficinas, e tem disponível várias ferramentas, como os projetos: Nascer Bem, Geonegócio, Urbe,
Comércio Justo e Dekassegui.

Com a pretensão de diminuir a mortalidade e elevar a competitividade e a sustentabilidade dos micro e
pequenos empreendimentos, é que o Sebrae em Mato Grosso do Sul implantou o Projeto Nascer Bem. Por meio
do projeto, os empresários são orientados desde a concepção da empresa, com informações, aconselhamentos
e capacitações com palestras e treinamentos.

Uma das preocupações do Sebrae é com a capacitação, por isso, é oferecida uma série de cursos, treinamentos,
oficinas e palestras, como: Buscando Recursos Financeiros, Aprender a Empreender, Juntos Somos Fortes, Como
Vender Mais e Melhor, Excelência em Liderança e Empretec. AssCom/Sebrae/MS

07
A Fundação Manoel de Barros

Em março de 1998, a Fundação Manoel de Barros (FMB)
começou a caminhar lado a lado com pesquisadores, apoiando e
financiando projetos que buscassem soluções para os problemas
sociais e culturais de Mato Grosso do Sul. Neste caminho, a FMB
conta com quem acredita na construção de um mundo melhor. E
h o j e , p o r m e i o d o p ro f i s s i o n a l i s m o, e m p e n h o e
comprometimento de sua equipe, realiza ações junto à
comunidade visando o desenvolvimento social, cultural,
científico e tecnológico de todos os segmentos da sociedade.

08
www.fmb.org.br
PProjetos de Pesquisa

Reconhecemos a grande relevância que as
at i v i d a d e s d e p e s q u i s a , ex te n s ã o e
desenvolvimento tecnológico executados por
pesquisadores vinculados a Instituições de
Ensino Superior e de Pesquisa, públicas e privadas têm para o Estado e
região. A FMB assessora os pesquisadores na elaboração de projetos e
na prospecção de oportunidades, além de gerenciar a pesquisa.

Projetos Sociais

A convicção na transformação social por intermédio de parcerias com
Instituições públicas e privadas, faz a FMB investir cada vez mais em
projetos sociais, respeitando a diversidade, promovendo a redução de
desigualdades por meio de ações e gerando oportunidades aos
diversos segmentos trabalhados. Os programas desenvolvidos e
apoiados pela Instituição incentivam a produção de novos
conhecimentos e tecnologias sociais, visando à melhoria da qualidade
de vida da população, da criança ao idoso. A FMB conta com captação
de recursos governamentais, não governamentais e de organismos
internacionais, buscando viabilizar a realização dos projetos sociais.

Projetos Culturais

Acreditar no desenvolvimento do Estado é dar importância à riqueza
da nossa cultura regional. Por isso, a FMB apóia projetos culturais e
viabiliza futuros investimentos, com o intuito de despertar no cidadão
sul-mato-grossense o orgulho de residir nesta rica região e nos
visitantes, a admiração pela diversidade cultural. AssCom/FMB

09
10
Conhecendo Mato Grosso do Sul

A s idéias separatistas entre as duas regiões, o norte
e o sul do antigo Mato Grosso tiveram início no
começo do século XX, com a revolta chefiada pelo
coronel Mascarenhas, que resultou na derrota dos
rebeldes. O Norte sempre resistiu, por temer o
Área: 357.124,962 km
Localização: Região Centro-Oeste
Gentílico: Sul-mato-grossense
Limites: Norte – Mato Grosso e Goiás
esvaziamento econômico do Estado. Durante a Revolução Sul – Paraguai e Paraná
Constitucionalista de 1932, a região Sul aderiu ao Leste – Minas Gerais e São Paulo
movimento sob a condição de que em caso de vitória Oeste – Paraguai e Bolívia
obteria a divisão. O atual Estado constituía a parte Bacias Hidrográficas: Rio Paraná e Rio Paraguai
meridional do antigo estado, que foi desmembrado pela
lei complementar em 11 de outubro de 1977, finalmente
em 1.º de janeiro de 1979, Mato Grosso do Sul foi
desmembrado e transformado em Estado, tendo como
primeiro governador, o engenheiro gaúcho Harry Amorim
Costa. A primeira eleição ocorreu em 1982. O maior
evento histórico que ocorreu nas terras do atual Estado foi
a Guerra do Paraguai, nos quais os exércitos Brasileiro,
Argentino e Uruguaio combateram o exército Paraguaio,
esse combate praticamente destruiu o Paraguai, potência
econômica durante o período da guerra no Século XIX.

11
Relevo

O arcabouço geológico do Estado apresenta paisagens Vegetação
bastantes distintas, tendo uma relação entre as duas
grandes bacias hidrográficas, a do Paraná, a leste, e a do O cerrado cobre a maior parte do Estado. Na
Paraguai, a oeste. As duas principais formações planície do Pantanal, Oeste do Estado, durante o
montanhosas não sofrem com as grandes altitudes, as período de cheias do Rio Paraguai , a planície vira a
serras da Bodoquena e de Maracaju que formam os maior região alagada do planeta, permitindo a
divisores de águas das duas bacias. A sua maior porção é combinação de várias vegetações de todo o Brasil,
formada pela planície aluvial sujeita a inundações como da Caatinga e da Floresta Amazônica,
periódicas, a planície do Pantanal. Em meio à planície do tornando-se um dos biomas com maior
Pantanal ocorrem alguns maciços isolados, como o do biodiversidade Nacional.
Urucum, com 1.160m de altitude, próximo à cidade de
Corumbá. O relevo além das bacias é constituído de Cultura
chapadões, planaltos e vales pelo lado da bacia do Rio
Paraná e patamares, depressões e planície de acumulação A cultura é fortalecida por meio da linguagem,
pelo lado da bacia do Rio Paraguai. crenças, costumes, arte, culinária, moda, folclore,
entre outros. O local, o meio ambiente e a economia
Clima são aspectos que influenciam o modo de vida da
população Sul-mato-grossense. A cultura local é
No Estado a maior abrangência é o clima Tropical Úmido uma combinação das várias contribuições dadas
com chuvas no verão e inverno seco, porém tem-se com a migração e imigração no Estado.
também o clima Mesotérmico Úmido sem estiagem. A
média térmica no Estado pode variar entre 15ºC a 25ºC - Pratos típicos: arroz boliviano, caribeu, chipa,
anuais. farofa de banana, farofa de carne, furrundu, pacu
assado, puchero, quibebe de mamão, sopa
paraguaia, saltenha;
- Bebidas típicas: caldo de piranha, licor de pequi,
sorvete de bocaiúva e tereré (semelhante ao
chimarrão, porém frio, tomado nos encontros entre
amigos e familiares, sendo também considerado o
estado-símbolo dessa bebida e maior produtor de

12
Meios de transporte

- Ferrovias
erva-mate da região Centro-Oeste do Brasil); -Estrada de Ferro Noroeste do Brasil: extinta com a
- Símbolos: viola-de-cocho, trem do Pantanal; privatização da Rede Ferroviária Federal (RFFSA) em
- Música: Guarânia, Chamamé, Cururu, Siriri, Vanerão 1995.
(influência gaucha), Sertanejo. -Ferronorte: mais recente (construída entre as
décadas de 1980 e 1990), sai de Santa Fé do Sul
Lazer e diversão (passando pela Ponte Rodoferroviária sobre o Rio
Paraná) no Estado de São Paulo e cruza o Rio Paraná
A capital oferece atrativos de lazer, diversão e turismo para até Aparecida do Taboado. Seguindo para o Norte
os mais variados gostos, como museus, monumentos, do Estado, passando por cidades como Inocência e
arquitetura, aldeia indígena urbana, parques, praças, Chapadão do Sul até chegar no Alto Taquari, no Sul
igrejas, artesanatos, feiras, entre outros. do Estado de Mato Grosso. Os principais produtos
de transporte são os grãos para exportações.
Economia

Principais atividades econômicas: Agricultura, Pecuária,
Indústria, Comércio, Serviços, Mineração e Turismo.

Infra-estrutura

- Energia
A energia consumida no Mato Grosso do Sul é produzida
pela usina hidrelétrica de Jupiá, instalada no Rio Paraná, no
Estado de São Paulo, próximo ao município de Três Lagoas,
na qual as indústrias do Estado são responsáveis por vinte
por cento desse consumo.

13
- Rodovias:
O sistema viário contribui com um bom escoamento da
produção agropecuária.
Os principais eixos rodoviários são:
-BR-163: liga Sonora a Mundo Novo
-BR-267: liga Porto Murtinho a Porto Quinze de Novembro,
no rio Paraná, e a Ourinhos, em São Paulo.
-BR-060: liga Chapadão do Sul a Bela Vista
-BR-262: liga Corumbá á Vitória (Espírito Santo)

- Fluvial
A navegação fluvial, já teve importância decisiva, porém
vem perdendo a preeminência. O principal porto é o da
região de Corumbá (Corumbá, Ladário e Porto Esperança)
e Porto Murtinho, todos no Rio Paraguai.

- Aéreo
-Internacionais: Campo Grande, Corumbá e Ponta Porã
-Regionais: Dourados e Bonito

14
A s incubadoras existentes em nossa região trabalham informalmente em rede
desde 2000, quando foram oficializadas no Estado. Inicialmente foram
realizados estudos e planos de negócios para a implantação das três
primeiras Unidades de Incubação, na qual uma localiza-se em Dourados e duas em
Campo Grande. Estas focadas no desenvolvimento tecnológico e conforme as
competências instaladas nas instituições de ensino superior, como Universidade
Católica Dom Bosco (UCDB), Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da
Região do Pantanal (UNIDERP) e Universidade Estadual
do Mato Grosso do Sul (UEMS).

A partir dessa iniciativa, todo o trabalho de planejamento e desenvolvimento foi
realizado em conjunto, inclusive estudos de viabilidade e sensibilização em prol da
criação de outras incubadoras. Assim nasceu a Rede Sul-Mato-Grossense de
Inovação (RedeMS), na ocasião, criada pelos gerentes de incubadoras do Estado e de
entidades de apoio. Cabe ressaltar que a mesma surgiu antes das incubadoras, fato
pioneiro no Brasil.

15
Ela foi estruturada em Outubro de 2000, por meio do convênio firmado entre as
Instituições Fundadoras (UCDB, UNIDERP e UEMS) e em Dezembro de 2001, foi
aprovado por estas instituições, o Regimento Interno, documento que regulamenta as
ações da mesma no Estado, tendo como primeiro nome, Rede de Desenvolvimento
Tecnológico de Mato Grosso do Sul (RedeTecMS), depois passando por Rede Sul-Mato-
Grossense de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (RedeMS). Em
Novembro de 2005, durante o evento "MS Faz Tecnologia", ocorreu a personificação
da RedeMS, oficializando seu Estatuto.

A parceria entre as incubadoras existentes no estado tem ido além da administração
do cotidiano, o que beneficia bastante na elaboração de projetos cooperativos, que
atendem as necessidades das incubadoras e de seus empreendimentos, entre eventos
e ações conjuntas, a Rede possibilita treinamentos para Planos de Negócios;
Conferência Sul-Mato-Grossense de Empreendedorismo; Curso de Planejamento
Mercadológico para Empreendimentos Incubados; Encontro Regional de Incubadoras
do Centro-Oeste (ERINCO); Curso de Elaboração e Gestão de Projetos; Cursos de
Gerenciamento Básico de Incubadoras de Empresas; Reuniões Técnicas do Comitê
Gestor; Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas; e a
Participação em Feiras, como: Feira Industrial do Pantanal (FEIPAN), hoje, ExpoMS
Industrial e Feira do Empreendedor.

www.
www.redems.org.br
w rede
r dems..o
o .br
brr

16
A RedeMS tem como objetivo captar recursos para ações prioritárias; desenvolver mecanismos para
alavancar as incubadoras; desenvolver processo de comunicação entre Rede \Incubadora \
Empreendedor; implementar critérios de seleção para empreendimentos e associados; reduzir os riscos
de mortalidade; aproveitar competências internas para outras funções; transformar gestores em
empreendedores; implantar Programa de Educação Continuada para Empreendedores; desenvolver
competências por meio da capacitação da equipe (comercialização \cooperação \gestão); disseminar a
cultura empreendedora; fortalecer o movimento e as alianças, bem como gerar emprego e renda.

Atualmente no Estado existem onze incubadoras de empresas, atuando em segmentos tradicionais e
inovadores, no desenvolvimento tecnológico, científico e cultural. O rápido crescimento dessas unidades
demonstra a importância adquirida como instrumento de desenvolvimento local e regional.

17
Apresentamos abaixo as incubadoras do Mato Grosso do Sul:

Incubadoras Ativas:
- FÊNIX - Incubadora de Empresas da UEMS – Dourados - Foco: Mista;

- Incubadora Municipal Francisco Giordano Neto – Campo Grande - Foco: Couro;

- Incubadora Municipal Mário Covas – Campo Grande - Foco: Confecção;

- Incubadora Municipal Norman Edward Hanson – Campo Grande - Foco: Alimentos;

- Incubadora Municipal Zé Pereira – Campo Grande - Foco: Artesanato;
- Incubadora Proempresa Confecções – Ivinhema - Foco: Confecção;

- INTERP - Incubadora de Empresas UNIDERP – Campo Grande - Foco: Mista;

- PANTANAL - Incubadora Mista de Empresas da UFMS – Campo Grande - Foco: Mista.

Incubadoras em Reestruturação:
- Incubadora Empresarial de Agronegócios de Maracaju (AGROTEC) – Maracaju - Foco: Agronegócios;

- Incubadora Estação Cidadania Cultural – Campo Grande - Foco: Cultural;

- Incubadora Tecnológica da UCDB (INTEC/UCBD) – Campo Grande - Foco: Mista.

18
Identidade
Ide
Iden
nttidade
id d Corporativa
C orraat
Corpo ativa
vaa
Missão
Promover empreendimentos de
sucesso para o desenvolvimento do
Estado de Mato Grosso do Sul por
meio do fortalecimento das
Incubadoras e dos Pólos Empresariais.
Princípios
Parceiros para o desenvolvimento.

Valores
Articulação, atitude empreendedora,
ética, flexibilidade, inovação,
reciprocidade, transparência e união.

Visão
Ser reconhecido até 2011, como
agente articulador, promotor de
desenvolvimento e gerador de
efetividade nos negócios do Estado.

19
Incubadoras

20
21
Incubadoras
Incubadoras

22
FÊNIX - Incubadora de Empresas da UEMS

INCUBADORA DE EMPRESAS DA UEMS

23
Gestor / Mantenedor: Universidade Estadual do Mato Grosso do Sebrae/MS para participação no Edital Sebrae Nacional.
Sul (UEMS) Assim, foi inaugurada em primeiro de outubro de 2001,
Endereço: Rodovia Dourados/Itahum, Km 12, CP 351, Sala 09, com o nome de INETEC – Incubadora de Empresas
Bloco B, UEMS, Cidade Universitária de Dourados, CEP 79804- Tecnológicas. Porém, considerando a existência de
970, Dourados, MS. muitos nomes com terminação semelhante, resolveu-se
Telefone: (67) 3902-2568 / Fax: 3902-2632 alterar o nome. Após concurso entre acadêmicos da
E-mail: fenixuems@hotmail.com, janete@uems.br, UEMS não se obteve nenhum nome que fosse
duda@uems.br apropriado. Por meio de pesquisa a colaboradora, Regina
Web: www.uems.br/fenix Souza sugeriu “FÊNIX”, o que nos remeteu a ideia de que o
Implantação: 01 de outubro de 2001 empreendedor também muitas vezes “renasce das
Foco: Mista cinzas”. O nome tem uma apelação auditiva e visual forte
e apropriada para os propósitos da incubadora. E assim
Responsáveis: nasceu a FÊNIX – Incubadora de Empresas da UEMS.
Gerente: Janete Genetris Soares
Assessor: Luiz Eduardo de Vinícius Costa e Silva Objetivos Estratégicos Permanentes da FÊNIX:

Parceiros: - Disseminar a cultura empreendedora na comunidade
- Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED) local;
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de - Estimular a criação de negócios inovadores;
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC) - Identificar negócios voltados para as vocações
- Fundação de Apoio ao Desenvolvimento de Ensino Ciência e regionais;
Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (FUNDECT) - Implementar práticas voltadas à educação
- Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e a Cultura de Mato empreendedora na comunidade;
Grosso do Sul (FAPEMS) - Integrar empreendimentos da incubadora ao mercado;
- Empreendimentos locais - Fortalecer parcerias entre a incubadora, instituições e
- Prefeitura Municipal de Dourados empresas com foco no desenvolvimento empreendedor
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) e inovador;
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Facilitar o acesso dos empreendedores à tecnologia,
(Sebrae) - Escritório Regional de Dourados empresas, instituições e mercado com excelência nas
- Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e áreas de seus empreendimentos;
Empreendedorismo - Disponibilizar experiências, informações, conteúdos
inovadores e tecnológicos gerados através da
Área de atuação: incubadora;
Tecnologia e produção - Vincular as atividades dos empreendimentos à
cidadania.
Destaque:
A Fênix foi "planejada" em 2000, por meio de um projeto
elaborado em parceria com IEL, UEMS, UNIDERP, UCDB e

24
Empreendimentos

Empreendimentos Graduados:
(2) Empresa: ECOPLAN PANTANAL – Soluções
(1) Empresa: Exclaim Tecnologia
Sustentáveis para Agronegócios e Meio Ambiente
Empreendedor (es): Ronnei Peterson Dantas da Luz e Adilson
Empreendedor (es): Jayme Juliano Schneider
Barison
Endereço: Rua Barão do Rio Branco, nº 1515, Bairro Jd.
Endereço: Rua Oliveira Marques, nº 5165, Bairro Jardim Ouro
Clímax, CEP 79814-200, Dourados, MS.
Verde, CEP 79833-060, Dourados, MS.
Telefone: (67) 3423-6129
Telefone: (67) 8405-9464 / 8405-9472
E-mail: jayme@uems.br
E - m a i l : r o n n e i p e t e r s o n @ y a h o o . c o m . b r,
Seleção: Maio/2004
adilsonbarison@hotmail.com
Modalidade: Graduada
Web: www.exclaim.com.br
Área de atuação: Agronegócios
Seleção: Outubro/2002
Produtos / Serviços: Projetos de preservação e
Modalidade: Graduada
transferência de tecnologia ao campo.
Área de atuação: Informática
Produtos / Serviços: Softwares personalizados.

25
Empreendimentos

Empreendimentos Incubados:

(3) Empresa: Virtualmark – Comunicação Interativa em 3D (1) Empresa: CEMAPS
Empreendedor (es): Alisson Barison e Adriana Ancelmo da Silva Empreendedor (es): Vagner Cristaldo e Patrícia Martins
Endereço: Rua Manoel Santiago, nº 1308, Bairro Vila São Luiz, Alves
CEP 79825-150, Dourados, MS. Endereço: Rua Guaratuba, nº150, Bairro BNH 3º Plano,
Telefone: (67) 8415-5085 Dourados, MS.
E - m a i l : a l i s s o n _ b a r i s o n @ y a h o o . c o m . b r, Telefone: (67)3422-8567
adriana_as@bol.com.br E-mail: vcristaldo@hotmail.com
Seleção: Maio/2004 Web: www.cemapsconsultoria.com.br
Modalidade: Graduada Seleção: Maio/08
Área de atuação: Informática Modalidade: Incubação
Produtos / Serviços: Projetos de Comunicação interativa em 3D. Área de atuação: Engenharia Ambiental
Produtos / Serviços: Projetos de Agronegócios,
Ecoturismo e Preservação Ambiental.

26
Empreendimentos

(2) Empresa: DOURASOFT (3) Empresa: Intelligence - Soluções em Tecnologia da
Empreendedor (es): Neimar Mariano de Arruda Informação
Endereço: Avenida Joaquim Teixeira Alves, nº1540, Sala 44, Empreendedor: Alexsander Farinha
Bairro Centro, CEP 79801-015, Dourados, MS. Endereço: Rua Maria da Glória, nº 2245, Bairro Jd. Santa
Telefone: (67) 3427-3786 Brígida, CEP 79831-240, Dourados, MS.
E-mail: cliente@dourasoft.com.br Telefone: (67) 8401-4372
Web: www.dourasoft.com.br E-mail: _alexsander.alpha@gmail.com
Seleção: Maio/2008 Web: www.intelligence-.com.br
Modalidade: Incubação Seleção: Junho/2007
Área de atuação: TIC Modalidade: Incubação
Produtos / Serviços: Software personalizado para lotéricas. Área de atuação: Internet
Produtos / Serviços: Provedor de Internet Wireless

27
Empreendimentos

(4) Empresa: ORIGENS BRA (5) Empresa: Quarta Coluna
Empreendedor (es): Alessandra Sério Santos Iguma, Helcio Gil Empreendedor: Karine Arminda de Fátima Segatto,
Santos Junior e Lilian Tamy Iguma Adriano Moretto de Oliveira, Helton Costa, Leandro
Endereço: Rua Coronel Ponciano, nº 3090, Bairro Jd. Estados, Monteiro de Lima
CEP 79831-230, Dourados, MS. Endereço: Rua Antonio Emilio Figueiredo, nº 3124, Bairro
Telefone: (67) 3421-7050 / 3428-4080 Centro, CEP 79802-021, Dourados, MS.
E-mail: liguma2005@yahoo.com.br; Telefone: (67) 3426-7337
alessandraiguma@terra.com.br E-mail: _karinesegatto@yahoo.com.br_;
Web: www.origensbra.com.br _adriano_moretto@yahoo.com.br_;
Seleção: Maio/2008 _costa_jornalista@yahoo.com.br_;_leandro.lima@ufgd
Modalidade: Incubação .edu.br_
Área de atuação: Laboratório de inseminação Web: www.quartacoluna.com
Produtos / Serviços: inseminação in vitro de embriões bovinos Seleção: Junho/2007
(FIVE). Modalidade: Incubação
Área de atuação: Portal Universitário
Produtos / Serviços: Canal eletrônico de integração da
comunidade

28
Empreendimentos

RAPIDEX
restaurante
Tão bom quanto comida de mãe.

(6) Empresa: RAPIDEX Restaurante
Empreendedora: Raquel de Carvalho Bueno
Endereço: Rua Oliveira Marques, nº 826, Bairro Vila Delfus, CEP
79805-020, Dourados, MS.
Telefone: (67) 3441-3558
E-mail: _raquelanacleto@yahoo.com.br_
Web: www.rapidexrestaurante.com.br
Seleção: Junho/2007
Modalidade: Incubação
Área de atuação: Prestação de Serviços
Produtos / Serviços: Entrega de Refeições a Domicílio.

INCUBADORA DE EMPRESAS DA UEMS

w
29
Incubadoras
Incubadoras

30
INTERP - Incubadora de Empresas da UNIDERP

31
Gestor: Fundação Manoel de Barros (FMB)

Endereço: Rua Ceará, nº 333, Bairro Miguel Couto, CEP
79003-010, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3348-8113 / Fax: 3348-8147
E-mail: interp@fmb.org.br
Web: www.interp.com.br

Responsáveis:
Gerente: Emerson Augusto Miotto Corazza
Assessor: Marcos Henrique Marques

Implantação: 18 de junho de 2001
Foco: Mista

Parceiros:
Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do
- Associação Comercial e Industrial de Campo Grande
Sul (FUNDECT)
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de
- Instituto de Pesquisas Tecnológicas de Mato
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC)
Grosso do Sul (IPETEC/MS)
- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e
- Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT)
Tecnológico (CNPq)
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS)
- Conselho de Jovens Empresários
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas
- Financiadora de Estudos e Pesquisa (FINEP)
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS)
- Fundação de Apoio ao Desenvolvimento de Ensino
- Universidade Anhanguera – UNIDERP
- Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)

Área de atuação:
Agronegócios, Automação, Comércio, Indústria,
Serviços e Turismo.

32
Destaque:

A Incubadora de Empresas UNIDERP (INTERP), iniciou
sua história como sendo um programa de
desenvolvimento e extensão da UNIVERSIDADE
ANHANGUERA – UNIDERP, contudo, estando o programa
de incubação consolidado e a necessidade de ampliar a
prospecção de novos empreendimentos, passou a fazer
parte da Fundação Manoel de Barros (FMB), sua atual
gestora.

33
Empreendimentos

EDIPLAN
Edificações & Planejamento

Empreendimentos Graduados:

(1)Empresa: EDIPLAN - Sistema Integrado Construtivo (2) Empresa: Catwork Informática Ltda.
Empreendedor: Eng. Geraldo Rolim Rosa Junior Empreendedor: Renato Paniago da Silva
Endereço: Rua Antonio Vieira, nº 241, Bairro Bela Vista, Endereço: Rua Ceará, nº 333, Módulo 04/INTERP,
Campo Grande, MS. Bairro Miguel Couto, CEP 79003-010, Campo
Telefone: (67) 3348-8113 Grande, MS.
E-mail: ediplan@pop.com.br Telefone: (67) 3348-8148 / 8409-1554 / 3324-4865
Seleção: Outubro/2004 E-mail: suporte@catwork.com.br
Modalidade: Graduada Web: www.catwork.com.br
Área de atuação: Construção Civil e Industrial Seleção: Maio/2005
Produtos / Serviços: Sistema Integrado Construtivo (SIC) Modalidade: Graduada
que permite a execução simultânea dos baldrames, Área de atuação: Tecnologia em informática
pilares, vigas, lajes e paredes divisórias de qualquer Produtos / Serviços: Prestação de serviço de
edificação, tanto térrea como de vários andares, por suporte a rede, micro e usuários, e
meio de um conjunto único de fôrmas que permitem a desenvolvimento de sistemas para a web.
utilização de materiais alternativos e de descarte, tais
como: garrafas pet, papelão, latas de alumínio, peças de
bambu, isopor, blocos de adobe, solo-cimento e outros
para enchimento das paredes. O sistema apresenta
vários benefícios e vantagens, como a preservação do
meio ambiente, redução de custo, utilização de descarte
e impacto social.
34
Empreendimentos

(3) Empresa: Eva Medeiros – Bolsas e acessórios de (4) Empresa: Kardol Indústria Química Ltda.
couro exótico Empreendedor (es): Elton Caetano Fávero e Otilia
Empreendedora: Eva Maria Corrêa Medeiros Mrozinski
Endereço: Rua Praia do Forte, nº 84, Jardim Endereço: Rua Carlos Henrique Spengler, nº 902,
Autonomista, CEP 79022-392, Campo Grande, MS. Pólo Empresarial Norte, CEP 79018-800, Campo
Telefone: (67) 2109-7456 / 9985-0719 Grande, MS.
E-mail: evamedeiros.couroexotico@hotmail.com Telefone / Fax: (67) 3042-9009
Seleção: Março / 2008 E-mail: admfin@kardol.com.br
Modalidade: Graduada Web: www.kardol.com.br
Área de atuação: Confecção de artefatos em couro Seleção: Julho/2002
exótico Modalidade: Graduada
Produtos/Serviços: bolsas e acessórios em couro exótico Área de atuação: Indústria Química
Produtos / Serviços: Cardol, Ácido Anacardico,
fármacos, cosméticos, agronegócio e prestação de
serviço.

35
Empreendimentos

Empreendimentos Incubados:
(2) Empresa: Jóias do Pantanal
(1) Empresa: Fazenda das Abelhas
Empreendedor (as): Anita Muxfeldt e Isabel
Empreendedor (es): Gustavo Nadeu Bijos e Ricardo
Doering Muxfeldt
Nadeu Bijos
Endereço: Av. Mato Grosso, nº 4527, Apart. 202,
Endereço: Rua Das Garças, nº 3263, Bairro Coophafé,
Bloco 03, Bairro Carandá Bosque, CEP 79031-000,
CEP 79021-110, Campo Grande, MS.
Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3326-6405 / 3352-4432 / 9983-4942
Telefone: (67) 3326-6583 / 9902-1803 / 3327-2515
E-mail: fazendadasabelhas@yahoo.com.br,
/ 9912-3487
gnbijos@yahoo.com.br
E-mail: isabel@joiasdopantanal.com.br,
Seleção: Maio/2006
anita@joiasdopantanal.com.br
Modalidade: Incubação não residente
Web: www.joiasdopantanal.com.br
Área de atuação: Gestão e desenvolvimento de um
Seleção: Março/2008
sistema de rastreabilidade nos processos da produção
Modalidade: Incubação não residente
apícola
Área de atuação: Artesanato - Confecção de
Produtos / Serviços: Produção e comercialização do mel
Biojóias em chifres bovinos e prata
e outros produtos das abelhas.
Produtos / Serviços: Acessórios femininos
(adereços p/ cabelo, anéis, brincos, pulseiras e
colares); Botões; Linha Prata (acessórios
femininos); Peças avulsas; Utilidades & Decoração.

36
Empreendimentos

(3) Empresa: Liartte Oficina e Materiais para Artesanato (4) Empresa: Maruzem Agentes Especializados em
Ltda. - ME Limpeza e Conservação
Empreendedor (es): Ligia Yoshiko de Almeida Oizumi, Empreendedor (es): Álvaro Oshiro e Isaura
Elaine Lemes de Oliveira Oizumi e Laudison Yassumo de Moramizato
Almeida Oizume Endereço: Rua Raposo Tavares, nº 187, Bairro Jd.
Endereço: Av. Mato Grosso, nº 2462, Bairro Vila Célia, Paulista, CEP 79050-050, Campo Grande, MS.
CEP 79020-201, Campo Grande, MS. Telefone / Fax: (67) 3027-3061 / 8409-3719 /
Telefone: (67) 3025-7412 / 3361-3931 / 8415-2827 9963-9672
E-mail: ligia@liartte.com.br E-mail: maruzem@yahoo.com.br
Web: www.liartte.com.br Web: www.maruzem.com.br
Seleção: Março/2008 Seleção: Julho/2005
Modalidade: Incubação não residente Modalidade: Incubação não residente
Área de atuação: Artesanato - Artefatos em madeira Área de atuação: Conservação predial
Produtos: fabricação e comércio de artefatos em Produtos / Serviços: Terceirização de serviços para
madeira, peças em MDF recortadas a laser (porta- a conservação residencial e empresarial.
retrato, caixas, utilidade & decoração, e outros).
Serviços: cursos de artesanato

37
Empreendimentos

(5) Empresa: Nippolimp - Comércio de produtos de
limpeza e higiene
Empreendedor: Samuel Braga Yamasaki
Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, nº 1703, Bairro Vilas
Boas, CEP 79051-050, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3029-6954 / 8123-9508
E-mail: nippolimp@limpezaonlaine.com.br
Seleção: Março/2008
Modalidade: Incubação não residente
Área de atuação: Comércio de produtos de higiene e
Conservação predial
Produtos / Serviços: Distribuidora de produtos de
higiene e limpeza predial, com fornecimento exclusivo de
produtos químicos da marca Oleak, materiais,
equipamentos, e outros.

38
ww erp.uniderp.br
INCUBADORAS MUNICIPAIS DE CAMPO GRANDE

39
sentido de desenvolver a economia do município,
buscando alternativas de geração de emprego e renda,
principalmente para as populações de baixa renda.
Dentre essas ações, destaca-se o projeto pioneiro das
Incubadoras Municipais de Empresas, Incubadoras
Tradicionais que são ambientes favoráveis para o
nascimento e desenvolvimento de pequenos negócios
informais, que tem como objetivo a formação de micro
empresas, gerando trabalho, emprego e renda nas
comunidades em que estão inseridas.
As incubadoras são dotadas de toda infra-estrutura, com
prédios próprios e com 960m² de área construída em
alvenaria. No espaço estão distribuídos hall de entrada,
recepção, sala da gerência e secretaria, sala de
treinamento e reuniões, copa, banheiros, sala para
telecentro, estacionamentos e salas de 35m² e de 70m²,
Gestor: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico,
equipadas conforme a necessidade de cada segmento
de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio (SEDESC)
para a incubação, e também de acordo com as
Mantenedor: Prefeitura Municipal de Campo Grande
potencialidades identificadas nas regiões periféricas da
capital.
SEDESC
Endereço: Rua Dom Aquino, nº 2383, Bairro Centro, CEP 79002-
Funcionalidade
183, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-3965
As incubadoras consistem em criar um ambiente
Web: www.pmcg.ms.gov.br
adequado ao desenvolvimento de novos
empreendimentos por meio de consultorias específicas,
Responsáveis:
treinamentos e capacitações gerenciais e na área de
Secretário da SEDESC: Edil Afonso Albuquerque
produção, acesso a novas tecnologias, assessoria em
Secretário-Adjunto da SEDESC: Sebastião Mendonça Rogado
marketing, participação em eventos, feiras, encontros
Coordenadoria das Incubadoras: Irene Teodoro da Silva
técnicos e rodas de negócios, bem como a
disponibilização de serviços de recepção, secretaria,
A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria
Internet, fax, segurança e endereço comercial. Além das
Municipal de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e
atividades específicas, as mesmas promovem
Tecnologia e do Agronegócio (SEDESC) tem realizado ações no
efetivamente atividades paralelas, como a Inclusão
Digital e a Cultura Empreendedora, utilizando
ferramentas como a educação e a capacitação em
diversas áreas técnicas, melhorando a autoestima da

40
população nas regiões em que estão inseridas. O programa
Campo Grande Digital está presente no Telecentro de
Informação e Negócios das Incubadoras. Por meio dele, a
comunidade próxima às incubadoras e outros bairros locais, tem
acesso a cursos de informática básica, como Windows, Word,
Excel e também os mais avançados, como Internet e PowerPoint.
A proposta do programa é garantir a inserção da comunidade no
mundo digital, o que permite uma chance no mercado de
trabalho.

Prioridades

• Capacitar os Recursos Humanos para que as empresas
nas fases de pré-incubação e incubação possam ter
planejamento, organização, direção de controle e
desenvolvimento de produtos nas áreas de confecção têxtil, Conclusão
couro e artefatos de couro, artesanal e de alimentos, abordando
tecnologias de produção e marketing; A implantação do projeto é de relevante importância
• Desenvolver empresas competitivas no segmento de para que se possam atingir seus objetivos gerais e
cada incubadora, para que possam explorar novos mercados e específicos. Os investimentos feitos pela Prefeitura e
que não utilizem mecanismos de produção e comercialização de Instituições Parceiras foram significativos, portanto,
forma empírica; espera-se um grande impacto social nas comunidades, as
• Desenvolver o espírito de liderança e integração dos quais as incubadoras estão instaladas, ou seja, a geração
núcleos existentes; de empresas competitivas com funcionários capacitados
• Gerar produtos de qualidade respeitando o Meio e produtos de qualidade para serem comercializados no
Ambiente e o ser humano; mercado interno e externo.
• Promover uma mudança de cultura empresarial no Como complemento de ações, o projeto aborda também
sentido de melhorar os processos produtivos. o plano de capacitações com abrangência local para
promoção de novas oportunidades de negócios, resgate
da confiança, auto-estima e credibilidade de cada
participante como cidadão, com capacidade de produzir
e melhorar a sua qualidade de vida após a saída da
incubadora.

41
Incubadora Municipal
Francisco Giordano Neto

42 47
Endereço: Rua Marques de Leão, nº 1.214, Estrela Dalva,
CEP 79034-520, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-8265 / Fax: (67) 3314-8266
E-mail: incestreladalva@pmcg.ms.gov.br
Web: www.pmcg.ms.gov.br

Implantação: 04 de junho de 2004
Foco: Tradicional - Segmento do Couro e Artefatos

Responsável:
Gerente: Neila Aparecida de Freitas Lopes Galletti

Parceiros:
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC)
- Brasil Telecom Área de atuação: Transferência de tecnologia no
- Caixa Econômica Federal setor de couro – desenvolvimento de produtos em
- CRA, OAB, CRC, CORECON, CREA (Clínica Empresarial) couro e artefatos de couro
- Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT)
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) Destaque:
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas A incubadora foi implantada após a identificação
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS) das potencialidades para pequenos negócios
formais e informais focada na cadeia produtiva do
couro - cultura do nosso Estado - e demais setores
tradicionais da economia que desenvolvem
atividades relacionadas ao setor do couro.

43
Empreendimentos

Empreendimentos Incubados:

(1) Empresa: Babel Indústria e Comércio (2) Empresa: Botinas Rancharia
Empreendedores: César Gonçalves Annunciação e Empreendedor (es): Moacir José de Castro Jorge e
Rosimeire Pelk Moraes José de Castro Jorge
Endereço: Rua Marques de Leão, nº 1.214, Estrela Dalva, Endereço: Rua Marques de Leão, nº 1.214, Estrela
CEP 79034-520, Campo Grande, MS. Dalva, CEP 79034-520, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3355-2828 Telefones: (67) 3314-8266 / 99573536
E-mail: babel.contato@gmail.com E-mail: moacir@fiems.org.br
Seleção: Junho/2008 Seleção: Dezembro / 2008
Modalidade: Incubação residente Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Indústria de produtos de couro Área de atuação: Indústria e comércio de calçados
Produto: Bolsas, Cintos, Freedom Boot e outros. e acessórios em couro
Produtos / Serviços: Produção e comercialização
de calçados para o trabalho e passeio, por suas
características populares, o produto tornar-se
economicamente acessível aos consumidores da
classe social C e D.

44
(3) Empresa: MS Crinas (4) Empresa: Protege Equipamentos de Proteção
Empreendedores: Celso Eduardo Câmara de Azevedo e Individual
Diego de Souza Barreto da Silva Empreendedores: Antônio Alves e José Luiz de
Endereço: Rua Marques de Leão, nº 1214, Bairro Estrela Souza Freire
Dalva, CEP 79034-520, Campo Grande, MS. Endereço: Rua Marques de Leão, nº 1.214, Estrela
Telefones: (67)9212-4161 / 9207-4489 Dalva, CEP 79034-520, Campo Grande, MS.
E-mail: mscrinas@hotmail.com Telefones: (67) 8411-2462 / (65) 8119-0707 /
Seleção: Dezembro / 2008 3354-2274
Modalidade: Incubação residente E-mail: protegecg@gmail.com
Área de atuação: Beneficiamento da crina Web: www.protegeepi.com.br
Produtos / Serviços: Produção de matéria prima, Seleção: Janeiro/2008
beneficiamento da crina do animal (rabo do boi, do Modalidade: Incubação residente
cavalo e pelo da orelha) para atender as indústrias de Área de atuação: Indústria de artefatos em couro -
vassouras, escovas e pincéis. Setor têxtil
Produtos / Serviços: Produção de produtos de
raspa de couro: (Luvas de raspa, luvas de vaqueta,
perneiras, aventais, mangotes); e Comércio de
Equipamentos de Proteção Individual – EPI´s:
(Óculos protetores, protetor auricular, abafador de
ruído, capacetes, cintos anti-queda, botinas de
elástico, luvas canavieiras, luvas tricotadas, luvas
de látex, luvas nitrilon).

45
Incubadora Municipal
Mario Covas

46
Endereço: Rua Leandro da Silva Salina, nº 668, Mário
Covas, CEP 79072-244, Campo Grande, MS.
Telefones: (67) 3314-5091 / Fax: (67) 3314-5074
E-mail: incmariocovas@pmcg.ms.gov.br
Web: www.pmcg.ms.gov.br

Implantação: 01 de agosto de 2003
Foco: Tradicional - Segmento de confecção têxtil

Responsável:
Gerente: Ivone Serafim da Silva
Área de atuação: Transferência de tecnologia no
Parceiros: setor de confecção - vestuário infantil, adulto e
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de esportivo.
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC)
- Banco do Brasil Destaque:
- Brasil Telecom Após a identificação de potencialidades no setor
- Caixa Econômica Federal de vestuário na Região Centro-Oeste de Campo
- CRA, OAB, CRC, CORECON, CREA (Clínica Empresarial) Grande a incubadora foi inaugurada. A partir deste
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) momento procurou-se apoiar empreendimentos
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas no setor de vestuário, tendo como objetivo a
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS) geração de trabalho, emprego e renda, bem como
- Sindicato das Indústrias do Vestuário, Tecelagem e a promoção da auto-estima da população local.
Fiação do Mato Grosso do Sul (Sindivest/MS)
- Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da
Região do Pantanal (UNIDERP) / Anhanguera Educacional

47
Empreendimentos
Empreendimentos

Empreendimentos Graduados:

(1) Empresa: Silvana Pereira dos Santos Corrêa - ME (2) Empresa: Souza Costa & Costa Neto Ltda. - ME
“Extim Camisaria” “Lanifício Pantanal”
Empreendedores: Eugênio Mendoza Corrêa e Silvana Empreendedores: Adma Rubia Souza Costa e João
Pereira dos Santos Corrêa Rubens Jorge Costa Neto
Endereço: Rua Leandro da Silva Salina, nº 668, Sala 06, Endereço: Rua Perciliana Barbosa Ferreira, nº 391,
Bairro Mário Covas, CEP 79072-244, Campo Grande, MS. Bairro Jardim Paulo Coelho, CEP 79072-430,
Telefone: (67) 9292-0610 Campo Grande, MS.
E-mail: extimcamisaria_@hotmail.com Telefone: (67) 3393-0238
Seleção: Maio/2007 Seleção: Agosto/2004
Modalidade: Graduada Modalidade: Graduada – Incubação à distância
Área de atuação: Indústria de confecção - Setor têxtil Área de atuação: Setor têxtil com produção com lã
Produtos/Serviços: Confecção de camisas esporte e de carneiro
social, camisetes, calças, shorts e uniformes em geral. Produtos / Serviços: Cardagem de lã de carneiro,
confecção de baixeiros, mantas, coxinilhos,
pelegos, e outros para uso em montaria.

48
Empreendimentos

Empreendimentos Incubados:

(3) Empresa: Yori Comércio e Confecções Ltda. – ME “BB (1) Empresa: Cambará Malharia
Kid Confecções infantil” Empreendedora: Margareth Sanches Lima
Empreendedora: Mirnevina de Araújo Pimenta Endereço: Rua Barão de Ubá, nº 80, Bloco 01, Apt.
Endereço: Rua Guilherme Ferreira Dutra, nº 162, Bairro 23, Bairro Tiradentes, CEP 79041-430, Campo
Maria Aparecida Pedrossian, CEP 79044-410, Campo Grande, MS.
Grande, MS. Telefone: (67) 9941-6313
Telefone: (67) 3314- 5091 / 9225-4761 E-mail: margarethsanches1@hotmail.com
Seleção: Dezembro/2005 Seleção: Dezembro/2008
Modalidade: Graduada – Incubação à distância Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Indústria de confecção - Setor têxtil Área de atuação: Setor têxtil
Produtos / Serviços: Confecção de vestuário infantil - Produtos/Serviços: Confecção de camisas esporte
linha de 0 a 13 anos (body baby, pagãos, conjuntos de e social; camisetas; pijamas masculino, feminino,
calça e short, vestidos, saias, calças, enxoval para bebê, juvenil e infantil.
umbigueira, pantufas para bebê); conjunto para berço
(lençol, fronha, edredons, manta, suporte para berço).
Em 07 de agosto de 2008, a empresa passou a Incubação
à Distância junto à Incubadora Mário Covas.

49
Empreendimentos

(2) Empresa: Cambará Serigrafia (3) Empresa: Tina Confecções
Empreendedor: Emerson da Silva Lopes Empreendedora: Albertina de Lima Almeida
Endereço: Rua Barão de Ubá, nº 80, Bloco 01, Apt. 23, Endereço: Rua da Enseada, nº 1135, Bairro
Bairro Tiradentes, CEP 79041-430, Campo Grande, MS. Coophavila II, CEP 79097-080, Campo Grande, MS
Telefone: (67) 9619-9169 Telefone: (67) 3373-4761 / 9204-8172
E-mail: emersonslopes72@hotmail.com E-mail: tininhalimaa@hotmail.com
Seleção: Dezembro/2008 Seleção: Dezembro/2008
Modalidade: Incubação Residente Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Serigrafia Área de atuação: Confecção e geral
Produtos/Serviços: Design gráfico, arte finalista, Produtos/Serviços: Costura sob medidas;
computação gráfica. customização; uniformes para empresas, igrejas
colégios e entidades.

50
Incubadora Municipal
Nor man Edgward Hanson

51
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça
Lima, nº 2251, Bairro Santa Emília, CEP 79093-290,
Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-6363 / Fax: (67) 3314-6362
E-mail: incsantaemilia@pmcg.ms.gov.br
Web: www.pmcg.ms.gov.br

Implantação: 01 de maio de 2005
Foco: Mista setorial - Segmento Alimentício

Responsável:
Gerente: Shirley Mara Freitas Jorge

Parceiros:
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de Destaque:
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC) A incubadora foi inaugurada em 14 de setembro
- Brasil Telecom de 2004, após a identificação de potencialidades
- Caixa Econômica Federal para pequenos negócios formais e informais no
- CRA, OAB, CRC, CORECON, CREA (Clínica Empresarial) setor de alimentos. A partir daí iniciou-se os
- Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) trabalhos artesanais que processam vegetais, leite
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) e panificação, doces e salgados, temperos e outros
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas produtos que fazem parte do programa de
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS) incubação, e que abrange a capacitação tanto
- Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) gerencial como produtiva. A Incubadora Santa
- Sindicato das Indústrias de Alimentos de Mato Grosso Emília, como também é conhecida, orienta sobre
do Sul (SIAMS) as regulamentações sanitárias e de higiene na
manipulação dos produtos a nível municipal,
Área de atuação: Transferência de tecnologia no setor de proporcionando informações com que as
alimento - produção de alimentos empresas possam obter o selo de inspeção, bem
como evitando problemas com o órgão de
vigilância sanitária.

52
Empreendimentos

Empreendimentos Graduados:
(2) Empresa: Donadelli Pães e Massas
(1) Empresa: Bisukinho
Empreendedor (es): Edson Antonio Ismael
Empreendedor (es): Abner Jhoyson Xavier Rocha e
Gimenez e Ana Moura de Campos Gimenez
Rosemeire Araújo Souza
Endereço: Avenida General Alberto Carlos
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça
Mendonça Lima, nº 2251, Sala 02, Bairro Santa
Lima, nº 2251, Sala 09, Bairro Santa Emília, CEP 79093-
Emília, CEP 79093-290, Campo Grande, MS.
290, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-6363 / 3386-1247 / 9231-2652
Telefone: (67) 3314-6363 / 3386-1247 / 8114-8267
/ 9226-2764
E-mail: abner_rocha@msn.com
E-mail: donadelli_paes@hotmail.com
Seleção: Fevereiro/2007
Seleção: Janeiro/2007
Modalidade: Graduada
Modalidade: Graduada
Área de atuação: Indústria Alimentícia
Área de atuação: Indústria Alimentícia
Produtos / Serviços: Produção de sorvete de iogurte
Produtos / Serviços: Pão: Integral, integral diet,
sabores (morango, maracujá, coco, cupuaçu, leite
cenoura, abóbora, soja, batata, italiano e fatia
condensado, frutas vermelhas, uva e babaloo).
húngara; Bisnaguinha: Integral, integral diet,
cenoura, abóbora, soja; Cuca (recheios):
Bananada, goiabada e doce de leite.

53
Empreendimentos

Empreendimentos Incubados:

(1) Empresa: Api Arte (2) Empresa: Doce da Tia Nice
Empreendedora: Rosita das Graças Teixeira Empreendedora: Luiz Carlos da Fonseca Martins
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça Endereço: Avenida General Alberto Carlos
Lima, nº 2251, Sala 04, Bairro Santa Emília, CEP 79093- Mendonça Lima, nº 2251, Sala 02, Bairro Santa
290, Campo Grande, MS. Emília, CEP 79093-290, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-6363 / 3386-1247 / 8126-6924 Telefone: (67) 3314-6363 / 9233-4560 / 9291-1905
E-mail: apiarte@hotmail.com E-mail: luizcar.fm@gmail.com
Seleção: Fevereiro/2007 Seleção: Fevereiro/2009
Modalidade: Incabação residente Modalidade: Pré-incubação residente
Área de atuação: Indústria Alimentícia Área de atuação: Indústria Alimentícia
Produtos / Serviços: Produção de mel (sachê, bisnaga e Produto / Serviço: Doce de leite
pote); própolis, pólen, geléia real, cera de abelha e
compostos com guaco, agrião, etc.

54
Empreendimentos

(3) Empresa: Docelli Doces Finos (4) Empresa: Estância Colussi
Empreendedora: Célia Moreira da Cunha Carneiro Empreendedora: Maria Borge Colussi e Valdeci
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça Colussi
Lima, nº 2251, Sala 08, Bairro Santa Emília, CEP 79093- Endereço: Avenida General Alberto Carlos
290, Campo Grande, MS. Mendonça Lima, nº. 2251, Sala 05, Bairro Santa
Telefone: (67) 3314-6363 / 3025-2109 Emília, CEP 79093-290, Campo Grande, MS.
E-mail: docelli.balas@gmail.com Telefone: (67) 3314-6363 / 9248-6597 / 9248-6481
Seleção: Janeiro/2005 E-mail: estanciacolussi@hotmail.com
Modalidade: Incubação residente Seleção: Fevereiro/2009
Área de atuação: Indústria Alimentícia Modalidade: Pré-incubação residente
Produtos / Serviços: Produção de balas de coco gelada, Área de atuação: Indústria Alimentícia
tradicional e recheada sabores (brigadeiro, beijinho, Produto / Serviço: Hortifruti
maracujá, nozes, limão, morango, abacaxi, café,
prestígio).

55
Empreendimentos

(5) Empresa: Kibim Culinária Árabe (6) Empresa: Mandioca Chips
Empreendedor: Leonardo Lima Anache Empreendedor: Maria Emília Franco
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça Endereço: Rua 15 de Novembro, nº 3018, Bairro
Lima, nº 2251, Sala 03, Bairro Santa Emília, CEP 79093- Jd. dos Estados, Campo Grande, MS.
290, Campo Grande, MS. Telefone: (67) 3314-6363
Telefone: (67) 3314-6363 / 9233-1077 E-mail:
E-mail: kibim10@gmail.com Seleção: Julho/2008
Seleção: Agosto/2006 Modalidade: Pré-incubação residente
Modalidade: Incubação residente Área de atuação: Indústria Alimentícia
Área de atuação: Indústria Alimentícia Produtos / Serviços: Produção de mandioca e
Produtos / Serviços: Produção de kibes, kaftas, charutos banana chip.
de arroz, hommus, arroz marroquino, esfihas, tabule e
chamburas.

56
Empreendimentos

(7) Empresa: O Pomar - Lanchonete (8) Empresa: Ótis Alimentos
Empreendedora: Tânia Cruz e Carlos Cruz Empreendedora: Célia Regina Araújo Almeida e
Endereço: Rua Rui Barbosa, nº 750, Centro, CEP 79002- Vandercley Borba
365, Campo Grande, MS. Endereço: Avenida General Alberto Carlos
Telefone: (67) 3324-6294 / 9924-2192 Mendonça Lima, nº 2251, Sala 07, Bairro Santa
E-mail: Emília, CEP 79093-290, Campo Grande, MS.
Seleção: Março/2009 Telefone: (67) 3314-6363 / 3380-0007/ 9985-5992
Modalidade: Pré-incubação à distância E-mail: otisalimentos@hotmail.com
Área de atuação: Alimentação Seleção: Janeiro/2008
Produto / Serviço: Diversos Fast Food Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Indústria Alimentícia
Produto/Serviço: Mandioca descascada, resfriada
e congelada.

57
Empreendimentos

(9) Empresa: Vó Ermínia
Empreendedores: Rui Murilo Galvanini e Viviane Magda
Ferreira Galvanini
Endereço: Avenida General Alberto Carlos Mendonça
Lima, nº 2251, Sala 01, Bairro Santa Emília, CEP 79093-
290, Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-6363 / 3380-0224 / 9981-0769
E-mail: ruigalvanini@globo.com
Seleção: Dezembro/2005
Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Indústria Alimentícia
Produtos / Serviços: Produção de compotas doces
(abóbora, caju, figo, goiaba, leite, leite c/ ameixa,
mamão, queijadinha, banana, laranja, misto, banana
com canela, geléia de pimenta, geléia de manga e geléia
de goiaba), conservas (cogumelo, broto de bambu,
jurubeba, licor de pequi, ovos de codorna) e temperos
(açafrão, alho e cebola, alho fatiado, alho em flocos
granulado, alho em flocos laminado, alho em pó, canela
em pó, canela Java, colorau, cravo-da-índia, erva-doce,
ervas finas, louro, manjericão, orégano, pimenta branca,
pimenta calabresa, pimenta do reino, pimenta Síria,
temperinho, caldo de galinha, canela 6 cm, cebola em
flocos, cebolinha verde, cravo-da-índia-flor, mostarda
grãos, noz-moscada, páprica picante, pimenta calabresa
em flocos, pimenta branca moída, pimenta preta moída,
pimentão em flocos, salsa em flocos).
58
59
Área de atuação: Transferência de tecnologia no
setor do artesanato - oficinas de fibras naturais,
tecelagem, cerâmica, osso, chifre, madeira,
bambu, sementes e papel artesanal.

Destaque:
A incubadora foi inaugurada com o objetivo de
oferecer condições à população de baixa renda do
município, em especial da Região do Popular, que
abrange os bairros: Popular, Sayonara, Zé Pereira,
Bellinate, Aeroporto I e II, Pantanal, Pulo do Sapo,
Competições e Aeroporto, como uma iniciativa de
capacitação na produção artesanal com vista a
geração de renda. É uma forma de proporcionar
Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 676, Bairro Zé Pereira, empreendimentos a baixo custo, uma vez que as
CEP 79107-380, Campo Grande, MS. despesas do negócio são compartilhadas entre os
Telefone / Fax: (67) 3314-7472 / 3314-7408 participantes. Como está voltada para o
E-mail: inczepereira@pmcg.ms.gov.br desenvolvimento social das comunidades
Web: www.pmcg.ms.gov.br carentes, passa a ser um forte elemento
aglutinador de programas que possibilita a
Implantação: 02 de agosto de 2004 ampliação local, bem como na melhoria da
Foco: Tradicional - Segmento do Artesanato qualidade de vida das populações da região. Vale
ressaltar que a forma de atuação da incubadora é
Responsável: pioneira com o foco no empreendedorismo, na
Gerente: Ângela Moura de Quevedo cooperação e na sustentabilidade dos núcleos
produtivos de aprendizes gera produção e
Parceiros: interação de processos, agregando valor ao
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de produto, e também preparando o grupo para a
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC) gestão e práticas comerciais inerentes ao negócio.
- Brasil Telecom Atualmente trabalha com microempresários,
- Caixa Econômica Federal atuando no segmento de tecelagem, fibras, papel
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) artesanal, osso e chifre, cerâmica e madeira.
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS)

60
Empreendimentos

Empreendimentos Graduado: Empreendimentos Incubados:

(1) Empresa: Teart – Núcleo Produtivo de Tecelagem (1) Empresa: Feito à Mão – Produtos de papel
Empreendedor (es): Aparecida de Oliveira Silva, Geny da artesanal
Silva Melo, Joana Catia da Silva, Ruth da Conceição Silva, Empreendedora: Solange Cardinal Vieira
Sandra Pires da Silva, Simone Pires da Silva, Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 594, Sala 05 e
Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 594, Bairro Jardim Zé 07, Bairro Jardim Zé Pereira, CEP 79107-380,
Pereira, CEP 79107-380, Campo Grande, MS. Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-7408 / 9214-4223 / 8116-3627 / Telefone: (67) 3314-7408 / 9216-4987
3361-3936 / 9223-9549 E-mail: solangecardinal@yahoo.com.br
E-mail: Seleção: Janeiro/2008
Seleção: Agosto / 2004 Modalidade: Incubação residente
Modalidade: Graduada Área de atuação: Confecção de produtos em papel
Área de atuação: Confecção de artesanato em tecelagem artesanal
Produtos / Serviços: jogo americano, caminho de mesa, Produtos / Serviços: Agendas, convites, álbuns,
almofadas, tapetes, toalhas para lavabo, bolsas, mantas, luminárias, embalagens para presentes, bloco de
etc. anotações, etc.

61
Empreendimentos

E-mail: lucimarmaldonado_1@rotmail.com
Seleção: Julho/2008
Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Confecção de artesanatos
especiais em fibras naturais
Produtos / Serviços: bandejas, quadros, bancos,
(2) Empresa: Puro Osso – Acessórios em Osso e Chifre pufs, mesas e outros.
Empreendedora: Neidir da Silva
Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 594, Sala 06 e 08,
Bairro Jardim Zé Pereira, CEP 79107-380, Campo Grande,
MS.
Telefone: (67) 3314-7408
E-mail: neidir_silva@hotmail.com
Seleção: Janeiro/2008
Modalidade: Incubação residente
Área de atuação: Confecção de artesanatos especiais em
osso, chifre, prata e sementes.
Produtos / Serviços: Botões e acessórios em osso e
chifre, acessórios para vestuário, bolsas, calçados, etc. (4) Empresa: Tecelagem e Cia.
Empreendedora: Ruth Conceição da Silva
Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 594, Sala 06 e
08, Bairro Jardim Zé Pereira, CEP 79107-380,
Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 3314-7472 / 3314-7408
E-mail: tecelagemecia@hotmail.com
(3) Empresa: Fibra Morena Seleção: Julho/2008
Empreendedora: Lucimar Maldonado Silva Modalidade: Pré-incubação residente
Endereço: Rua Eugênio Perón, nº 594, Sala 06 e 08, Área de atuação: Confecção de artesanatos
Bairro Jardim Zé Pereira, CEP 79107-380, Campo Grande, especiais em tecelagem
MS. Produtos / Serviços: Produção de artigos em
Telefone: (67) 3314-7408 tecelagem, como jogo americano, caminho de
mesa, almofadas, tapetes, toalhas para lavabo,
bolsas e mantas.
62
PANTANAL - Incubadora Mista de Empresa da UFMS

63
Gestor: Universidade Federal do Mato Grosso do Sul desenvolvimento, consolidação e desincubação,
(UFMS) fornecendo-lhe ambiente e condições de
funcionamento apropriado.
Endereço: Estádio Pedro Pedrossian (Morenão), Portão Objetivos Gerais
13, CEP 79070-900, Caixa Postal 549, Campo Grande, MS. - Apoiar a formação e consolidação de empresas
Telefone: (67) 3345-7542 mistas caracterizadas pelo conteúdo inovador e
E-mail: pantanalincubadora@batlab.ufms.br contribuição para o desenvolvimento do mercado
Web: brasileiro e internacional de modo a assegurar seu
www.batlab.ufms.br/pantanalincubadora/home.html fortalecimento e melhoria do seu desempenho.
- Desenvolver na UFMS e na comunidade externa
Responsáveis: uma cultura empreendedora.
Prof. Dr. João Onofre Pereira Pinto - Presidente do Objetivos Específicos
Colegiado - Desenvolver iniciativas de incentivo às pesquisas
Profª. M.Sc. Cristiane de Castilho Merighi - CCHS - e projetos empreendedores com bases
Membro do Colegiado tecnológicas voltados para a vocação regional;
- Ampliar o relacionamento com a comunidade
Implantação: Outubro / 2002 externa oportunizando o intercâmbio de
Foco: Mista conhecimentos e experiências;
- Viabilizar oportunidades de empregos e negócios
Parceiros: aos alunos e ex-alunos da UFMS e comunidade
- Associação Nacional de Entidades Promotoras de externa;
Empreendimentos Inovadores (ANPROTEC) - Facilitar o acesso das empresas incubadas aos
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) serviços e recursos de apoio científico e
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas tecnológico, administrativo, jurídico e de suporte
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS) técnico da UFMS e ou de outras instituições de
- Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) forma compartilhada para implantação e
gerenciamento de novos negócios;
Área de atuação: - Disponibilizar espaço físico, facilidades e serviços
Automação, Informática hardware / software, Eletrônica, básicos de infra-estrutura às empresas incubadas
Química fina, Mega-optoeletrônica, Instrumentação, mediante condições e obrigações estabelecidas
Novos Materiais, Biotecnologia, Mecânica de Precisão. em convênio de participação no sistema de
incubação celebrado entre empreendedor e a
Destaque: UFMS.
A PANTANAL - Incubadora Mista de Empresas da UFMS é
uma instituição que se destina manter e apoiar
empreendedores nas fases de implantação,
64
Empreendimentos

H iperon
Empreendimentos Incubados:
Engenharia

cinema e vídeo

(1) Empresa: Híperon Engenharia Ltda. (2) Empresa: Photon 3D Cinema e Vídeo Ltda.
Empreendedor (es): Rene Capitanio e André Soares Empreendedor (es): Hélio Godoy e Sara Grubert
Endereço: Estádio Pedro Pedrossian (Morenão), Portão Endereço: Estádio Pedro Pedrossian (Morenão),
13, CEP 79070-900, Caixa Postal 549, Campo Grande, Portão 13, CEP 79070-900, Caixa Postal 549,
MS. Campo Grande, MS.
Telefone: (67) 9919-4982 / 3351-5224/ 9205-0698 Telefone: (67) 3352-6884 / 8125-4296 / 8126-2332
E-mail: renalfcap@hotmail.com; E-mail: hgodoy@uol.com.br;
andreengcomp@batlab.ufms.br saragrubert@uol.com.br
Seleção: Março / 2008 Seleção: Março / 2008
Modalidade: Pré-incubação residente Modalidade: Pré-incubação residente
Área de atuação: Novas tecnologias Área de atuação: Mercado Audiovisual
Produtos / Serviços: Sistemas de monitoramento para Produtos / Serviços: Produção e exibição de filmes
aplicação em agricultura de precisão; Sistema para tridimensionais para aplicações diversas, bem
detecção de umidade em óleo lubrificante; Equipamento como a implantação de sistemas domésticos e
para auxilio na fabricação de prótese dentária; institucionais - publicidade e propaganda, filmes
Equipamento para detecção de água no álcool; Sistema educativos e científicos, filmes para cinema e
de Rastreamento de Ativos Físicos via Rádio de televisão 3D.
Frequência (RFID); Sistema de monitoramento de
Pressão e Temperatura para automóveis; e Controle de
motores para aplicação em veículos elétricos.

65
Empreendimentos

(3) Empresa: Olimpo - MMHCC Tecnologia da Informação (4) Empresa: Wat Consultoria Ltda. - ME
Ltda. Empreendedor (es): Ruben Godoy e Luigi Galotto
Empreendedor (es): Marcelo Turine e Hercules Sandim Endereço: Estádio Pedro Pedrossian (Morenão),
Endereço: Estádio Pedro Pedrossian (Morenão), Portão Portão 13, CEP 79070-900, Caixa Postal 549,
13, CEP 79070-900, Caixa Postal 549, Campo Grande, Campo Grande, MS.
MS. Telefone: (67) 3388-6120 / 9241-0100/ 9264-1708
Telefone: (67) 9216-5507 / 8138-7986 E-mail: ruben@batlab.ufms.br;
E-mail: mrsluan@gmail.com; luigi@batlab.ufms.br
herculessandim@gmail.com Seleção: Março / 2008
Seleção: Março / 2008 Modalidade: Pré-incubação residente
Modalidade: Pré-incubação residente Área de atuação: Novas tecnologias
Área de atuação: Agronegócios Produtos / Serviços: Filtro ativo de energia
Produtos / Serviços: Portal pecuário elétrica; Motor de combustão rotacional; Cadeiras
de rodas com movimentação na posição ereta;
Mostrador de preços digital.

66
Incubadora Próempresa Confecções

67
Destaque:
Gestor: Secretaria de Assistência Social e do Trabalho Em 09 de fevereiro de 2004, foi criado um grupo
Mantenedora: Prefeitura Municipal de Ivinhema de costureiras com cerca de 80 mulheres para
prestar serviços à Empresa B&B de Paranavaí/PR,
Endereço: Rua Soitti Nakata, n° 354, Bairro Guiray, que enviava Bichos de Pelúcia já cortados para
Ivinhema, MS. serem costurados, após o acabamento final eram
Telefone: (67) 3442-3482 devolvidos a mesma. Entretanto, o grupo
E-mail: sastivinhema@alphasys.com.br trabalhava sem cumprir horário, sem
compromisso formal com a Indústria, sem
Implantação: 03 de novembro de 2005 qualquer tipo de capacitação, ou seja, totalmente
Foco: Confecções irregular.

Responsáveis: O Município não acompanhava o desenvolvimento
Gerente: José Corte Real Coelho do grupo, que ficava num barracão cedido pela
prefeitura. Em 2005, a prefeitura sob nova
Parceiros: administração, interditou o local para reparos e
- Fundação do Trabalho (FUNTRAB) / Fundo de Amparo para avaliação dos processos. Após várias reuniões
ao Trabalhador (FAT) o projeto foi formalizado e o local reformado,
- Rede Sul-Mato-Grossense de Inovação (RedeMS) dando continuidade às atividades. Nesta nova
- Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas etapa, a prefeitura vê a necessidade em criar
Empresas do Mato Grosso do Sul (Sebrae/MS) mecanismos efetivos para dar apoio e
sustentabilidade às micro e pequenas empresas
Área de atuação: existentes por meio da abertura de Editais.
Confecções
A partir do diagnóstico do grupo, do investimento
na organização, na qualificação profissional e com
a disseminação da proposta de incubação a vários
empreendedores, foram surgindo novos grupos,
nascendo assim a Proposta do Programa de
Incubadora de Empresas, projeto desenvolvido
pela Secretaria Municipal de Ivinhema. Então, em
novembro de 2005 sai o primeiro Edital. Em 2006
e 2007, foram realizados cursos de qualificação

68
encaminhado a FUNTRAB, por meio do ofício nº
317 de 08/12/2006, e também à Comissão
Estadual de Emprego e Renda para pleitear novos
cursos com recursos do FAT.

Implantação
Em consideração as questões centrais, tais como:
escassez de empresas geradoras de empregos,
informalidade dos trabalhadores e a necessidade
de interromper a migração no município de jovens
e adultos em busca de oportunidades de trabalho,
a administração Municipal de Ivinhema,
consciente da responsabilidade de construir junto
profissional, pela Prefeitura Municipal de Ivinhema, à sociedade políticas objetivas de enfrentamento
através da Secretaria de Assistência Social e do Trabalho, da situação de exclusão produtiva e social, e com
com o intuito de qualificar a mão-de-obra para inserção intuito de gerar emprego e renda para o município
no mercado de forma competitiva e especializada. Com promovendo a inclusão social, oportunizando
os cursos de qualificação foram obtidas 511 pessoas melhorias na qualidade de vida da população, em
capacitadas, das quais grande parte foi empregada nas especial das famílias em situação de
empresas incubadas do programa Proempresa vulnerabilidade, bem como o apoio aos pequenos
Confecções. empresários, criou-se o Programa de Incubação de

Histórico
Para o fortalecimento de uma política Municipal de
Trabalho, o Município implantou no ano de 2005,
vinculada a Secretaria Municipal, a Comissão Municipal
de Emprego e Renda. No ano de 2006 apresentaram-na
para a Comissão Estadual de Emprego e Renda e a
FUNTRAB o seu plano Municipal de Qualificação
Profissional, no qual foi contemplado no ano de 2006
com um curso de costura industrial – recursos FAT/PNQ
(Fundo de Amparo ao Trabalhador/Plano Nacional de
Qualificação Profissional). O Plano Municipal de
Qualificação Profissional para o ano de 2007 foi

69
Empresas – Proempresa Confecções, através da Lei
Municipal n° 803, de 03 de Novembro de 2005,
regulamentado pelos Decretos n° 466 e pelo Decreto nº
081 de 03 de abril de 2007.
O programa Proempresa Confecções seleciona empresas
interessadas em participar, conforme critérios
estabelecidos pelo Conselho Gestor, sendo que as
empresas selecionadas ficam incubadas e são abrigadas visa beneficiar, preferencialmente, a população
em instalações próprias do município ou locadas pelo mais humilde do município em situação de
mesmo, por um período de 02 (dois) anos, podendo ser desemprego.
prorrogado por mais 06 (seis) meses, conforme decisão O programa conta com a coordenação e
do Conselho Gestor. O programa oferece como acompanhamento de técnicos da Secretaria
benefícios a isenção de tarifas de energia elétrica, água e Municipal de Promoção e Assistência Social e do
tributos municipais, pois durante o período em que se Conselho Gestor. E seu objetivo é estimular por
encontram incubadas, os empreendimentos recebem meio de incentivos financeiros, fiscais,
assessoramento técnico em gestão empresarial e assessoramento técnico, contábil e Gestão
contábil, bem como qualificação profissional de mão-de- Empresarial, o desenvolvimento e fortalecimento
obra. A seleção de jovens e adultos nos cursos de de novas empresas, bem como das já existentes
qualificação das empresas também é realizada conforme no município, proporcionando a geração de novos
os critérios do Conselho Gestor do Programa, em que postos de trabalho e renda, bem como o
fortalecimento da economia local do município, e
oportunizando as famílias em situação de
vulnerabilidade econômica a possibilidade de
inserção no mercado formal de trabalho.
A Proempresa Confecções é acompanhada com
grande interesse e esperança pela população local
e Sociedade Civil Organizada. O Conselho Gestor
por suas representações servem como modelo
para novas Políticas Públicas, buscando
alternativas econômicas de inclusão social viáveis
para o município.

70
(2) Empresa: Quality Têxtil Confecções Ltda.
Empreendedor (es): Carlos Alberto Medeiros e
Empreendimentos Incubados:
Odete Fortunee de Robert Corsi
Endereço: Rua Iutaka Takegawa, n°158, Bairro
(1) Empresa: Malharia Sol de Verão
Vitória, Ivinhema, MS.
Empreendedor (es): Ivone de Lima dos Santos e José Luiz
Telefone: (67) 3442 1207 / 3442-1143 / (11) 3362-
Lourenço dos Santos
0707
Endereço: Avenida Reinaldo Massi, nº 2310, Bairro
E-mail: dirceu.carmo@superig.com.br
Guiray, Ivinhema, MS.
Seleção: Agosto/2006
Telefone: (67) 3442-1770
Modalidade: Incubação
E-mail: toquedeanjo2007@hotmail.com;
Área de atuação: Confecções, Estamparia e
jll.santos@hotmail.com
Malharia.
Seleção: Fevereiro/2006
Produtos / Serviços: Surf Ware
Modalidade: Incubação
Área de atuação: Confecção em malha
Produtos / Serviços: Blusas, Vestidos e Modinhas.

(3) Empresa: Sinhá Moça
Empreendedor (es): Célia Regina de Sá
Endereço: Avenida Antonio Soares Branquinho,
nº133, Bairro Centro, Ivinhema, MS.
Telefone: (67) 3442-4853 / 8133-5887
E-mail: celiaregina_bs@hotmail.com
Seleção: Fevereiro / 2006
Modalidade: Incubação
Área de atuação: Confecção
Produtos / Serviços: Lingerie – Roupas Íntimas
Femininas
71
Arranjos
Produtivos
Locais

72
APL
C
onstitui um tipo particular de
conglomerados ou clusters de pequenas
e médias empresas agrupadas em torno de
uma mesma especialização produtiva e que se localiza ou agronegócios precisam estabelecer alguns aspectos
em um mesmo espaço geográfico. Os APL’s se mantêm por para serem completo e competitivo:
meio dos vínculos de articulação, interação, cooperação e
aprendizagem entre si e com outros agentes locais, tais como, • Alta concentração geográfica (estabelecer-se em um
o governo, as associações empresariais, instituições de crédito, único município);
ensino e pesquisa. Além da proximidade física e da forte • Aproveitar todos os tipos de materiais reciclados ou
relação, as empresas que compõem os APL’s têm em comum a subprodutos;
mesma dinâmica econômica. • Estabelecer intensa disputa;
• Que a cultura local seja adaptada às atividades do
Assim, é importante considerar a dinâmica na qual as APL;
empresas estão inseridas, tendo em vista as atividades • Ter empresas altamente especializadas;
semelhantes, mão-de-obra específica disponível, • Ter grande cooperação entre as empresas;
mercado/cliente, potencial de crescimento, mesma matéria- • Ter todos os tipos de empresas e instituições de apoio
prima, suas diversificações, seus processos sociais, históricos, referente a produtos e serviços do APL;
culturais, econômicos, políticos, ambientais, entre outros • Ter uniformidade do nível tecnológico.
aspectos.
Ao estimular processos locais de desenvolvimento é
Os Clusters requerem um diagnóstico das suas principais preciso ter em mente que qualquer ação nesse sentido
características com a identificação de gargalos (demandas e deve permitir a conexão do arranjo com os mercados, a
necessidades), entre outros, tecnológicos, de formação, sustentabilidade por meio de um padrão de
qualificação e especialização de mão-de-obra, bem como a organização que se mantenha ao longo tempo, a
análise da relevância regional, setorial, econômica e social. E promoção de um ambiente de inclusão de micro e
também, manter ou ter a capacidade de promover a pequenos negócios em um mercado com distribuição
convergência de expectativas para o desenvolvimento, de riquezas, e a elevação do capital social por meio da
estabelecer parcerias e compromissos para manter e promoção e a cooperação entre os agentes da região. A
especializar os investimentos de cada um dos agentes na principal conseqüência passa a ser a vantagem
própria região, e promover ou ser passível de uma integração competitiva das empresas que estão no APL em relação
econômica e social no âmbito local. às empresas de fora.

Os APL’s industriais, de serviços, artesanais e agroindustriais Entre as cidades que compõem o Estado, destacam-se
as cidades identificadas com maior índice de
potencialidades, conforme pesquisa in locu pela
RedeMS em 2006.

73
74
Bonit

O núcleo habitacional que se transformaria na sede do Potencialidades: A rede hoteleira é bem
município, iniciou-se em terras da Fazenda Rincão estruturada, há pousadas que oferecem
Bonito, adquirida por Sr. Euzébio, pelo Capitão Luiz da excelentes acomodações a preços acessíveis e
Costa Leite Falcão em 1869, sendo considerado o hotéis de luxo que oferecem aos turistas todo o
desbravador de Bonito e também o primeiro escrivão e conforto existente nos grandes centros do Brasil e
tabelião. Sob a Lei Estadual nº 693, de 11 de junho de exterior.
1915, foi criado inicialmente o Distrito de Paz de Bonito,
com área desmembrada do município de Miranda e a O artesanato encontra-se integrado ao APL, há
este subordinado administrativamente. A fundação entre 10 e 15 artesãs participantes ativas dos
oficial ocorreu em 24 de fevereiro de 1927, pelo Capitão grupos: natureza e arte de bonito. Produzem semi-
Manoel Ignácio de Faria, genro do Capitão Luiz. jóias e comercializam no comércio local. Hoje
Finalmente sob a Lei Estadual nº 145, de 02 de outubro possuem uma loja própria, na principal Rua de
de 1948, cria-se o Município. Bonito, com grande potencial para o
desenvolvimento do artesanato local. Há uma
Área: 4.934,318 km² vocação quase que natural, apresentam os
Distância da capital: 297 km trabalhos em grande diversidade como: madeira,
Gentílico: Bonitense fibras, sementes, argila e doces. As empresas
População: 17.275hab. estão na sua maioria informatizadas, buscam o
Ramos de Atividade: Comércio, Indústrias (metalúrgica e apoio da tecnologia para o desenvolvimento do
moveleira), Pisicultura e Turismo. seu negócio. Com expansão das atividades a
Associação Comercial e Industrial (ACI) possui 120
Destaque produtivo: associados.

A pecuária é a primeira vocação do município, há um
grande rebanho de bovinos e uma concentração entre
médias e grandes propriedades.

75
76
Campo Grande

Área: 8.096,051 km²
Reduto histórico de divisionistas entre o sul e o norte, Gentílico: Campograndense
Campo Grande foi fundada há mais de 100 anos por População: 724.638hab.
colonizadores mineiros, que vieram aproveitar os Ramos de Atividade: Comércio e Serviços
campos de pastagens nativas e as águas cristalinas da
região dos cerrados. É considerado o mais importante Destaques produtivos:
centro catalizador de toda a atividade econômica e social
do Estado, posicionando-se como o de maior expressão Setor primário
e influência cultural, sendo também o pólo mais Agricultura - As principais culturas agrícolas são
importante de toda a região do antigo estado, soja, arroz e mandioca. É o 4º produtor de leite, 6º
desmembrado em 1977. O Município foi planejado em produtor de mel-de-abelhas (juntamente com os
meio a uma vasta área verde, com avenidas e ruas municípios de Amambai, Laguna Carapã e
amplas que se cruzam nos sentidos norte-sul e leste- Maracaju), 11º produtor de ovos de galinha, maior
oeste, formando um desenho semelhante a um tabuleiro produtor de lã e 17º produtor de trigo do estado.
de xadrez. Uma cidade arborizada e com diversos jardins Pecuária - O rebanho bovino abastece os
por entre suas vias, apresentando ainda nos dias de frigoríficos locais, que exportam carne para outros
hoje, forte relação com a cultura indígena e suas raízes estados do Brasil. Outra atividade importante é a
históricas. Por causa do seu solo avermelhado é pecuária leiteira. Possui o 3º rebanho suíno, 6º
carinhosamente chamada de Cidade Morena. Tem como rebanho bovino, 14º rebanho ovino e o 12º efetivo
bebida típica o tereré, semelhante ao chimarrão, porém de aves (galinhas, galos, frangos) do estado.
frio de fácil preparo e tomado nos encontros entre
amigos e familiares.

77
78
Campo Grande

Setor terciário
Setor secundário Comércio - Com um razoável desenvolvimento
Agroindústria - A junção dos setores primário e comercial, Campo Grande dispõe de variados
secundário, especialmente na agroindústria, estabelecimentos, entre eles supermercados,
desempenha papel importante na economia local. hipermercados, lojas de conveniências e alguns
Indústria de transformação - Segundo o IBGE, há um shoppings centers.
total de 1300 indústrias de transformação no município. Serviços - Campo Grande dispõe de variados
Principais Ramos: indústria extrativa, editorial e gráfica, serviços (restaurantes, padarias, confeitarias,
roupas (vestuário, calçados e artefatos de tecidos), bancos, financeiras, órgãos públicos-federais,
mobiliário, entreposto de ovos, fábrica de conservas, estaduais e municipais, clubes, hotéis, pousadas, e
frigorífico (abate de aves, coelhos e bovinos), outros).
beneficiamento e fábrica de laticínios, sucos e extrato de Turismo – O municipío dispõe de uma grande
frutas, água mineral e refrigerantes, material de limpeza, infra-estrutura turística tanto para o turismo
farelo e farinha de soja, fábrica de produtos e tradicional quanto para turismo de eventos e
subprodutos de origem animal, metalúrgica, transporte, turismo histórico. Também oferece várias opções
madeireira, mecânica, material elétrico e de de hotéis e equipamentos de lazer rural e urbano,
comunicação, papel e papelão, borracha, produtos sendo um importante pólo turístico em território
farmacêuticos e veterinários, perfumaria/sabões/velas, brasileiro. É por Campo Grande que começa toda
produtos de matérias plásticas, têxtil, curtume, fábrica aventura turística dos que se propõem a conhecer
de óleo de soja, fábrica de massas e biscoitos, moinho de o Pantanal.
trigo e fecularia.

Potencialidades:
Agricultura, Comércio e Indústrias.

79
80
Corumbá

Após a fundação do presídio de Nova Coimbra, em 13 de Destaque produtivo:
setembro de 1775, o Governador Luiz de Albuquerque e
Cárceres determinou que João Leme do Prado Possui a maior área do Estado; 2º maior rebanho
encontrasse ao longo do rio Paraguai outros locais que bovino; maior rebanho ovino; maior rebanho
servissem para a construção de um segundo presídio. equino; maior rebanho de asinino; maior rebanho
Definido o local, em 31 de agosto de 1778, ali se de muares; 2º em arrecadação de ICMS; 3º
estabeleceu João Leme do Prado e diversas famílias, produtor de mel-de-abelhas; 2º rebanho de
dando início a uma nova população. A ata de fundação bubalino; 3º em população; 5º produtor de lã; 7º
foi lavrada em 21 de setembro de 1778, com a produtor de banana; 6º produtor de melancia; 3º
denominação de Albuquerque. Foi elevada a Distrito efetivo caprino.
pela Lei n.º 04, de 19 de abril de 1838, e a município pela
Lei n.º 712, de 05 de julho de 1850. No dia 21 de Potencialidade:
setembro, comemora-se o aniversário e dia 13 de junho
a retomada de Corumbá. O município é um dos destinos mais procurado
pelos turistas no Mato Grosso do Sul, seja ele
Área: 64.960,863 km² voltado para o ecoturismo, pesca ou eventos. O
Distancia da capital: 415 km artesanato faz parte da cultura pantaneira em que
Gentílico: Corumbaense apresenta a cultura, a fauna e flora da região. O
População: 96.343hab. projeto Massa Barro, abriga meninos de baixa
renda, proporcionando ao grupo dignidade,
Ramos de Atividade: Comércio e Serviços. profissionalização e inclusão social, com o mesmo
objetivo, porém voltado para a inclusão das
mulheres foi criado o Amor Peixe, hoje destaque
em nível nacional. O comércio e serviços são os
dois grandes arrecadadores do município.

81
82
Coxim

O município foi fundado em 1729 por Domingos Gomes
Belliago sob o nome de Arraial de Belliago, servindo de
apoio às monções que iam de São Paulo à região norte
de Mato Grosso. O governador da província, Herculano
Ferreira Vena pela Resolução nº 09 de 1862 criou o
núcleo colonial de Taquari junto ao Arraial Belliago, ao Potencialidades: Agronegócios, Artesanato,
qual teve a denominação de Herculânea, dando origem a Indústria e Turismo.
Coxim. Tornou-se Distrito em 1872 e município pela Lei A indústria cerâmica de Coxim é voltada para
nº 202, de 11 de abril de 1898. A origem do nome produção de telhas e tijolos. Os produtos
Coxim, vem do bororo Cotxo-i que significa pé de caju, melhoraram muito com as ações do APL. A jazida
como a gramática da língua portuguesa prevê cajueiro, de argila Ponta Grossa vai de São Gabriel até
então Coxim é cotx-o. Sonora. No APL de artesanato

Área: 6.411,552 km² o destaque é para a coleção Mulher Peixe da
Distancia da capital: 257 km ARPEIXE, que fez muito sucesso no Rio Fashion
Gentílico: Coxinense Week, congressos em Brasília e Paraná e também
População: 31.797hab. recebeu o Prêmio TOP 100 de Artesanato em
2006, uma iniciativa Sebrae. O artesanato em
Ramos de Atividade: Comércio e Pecuária cerâmica evoluiu e manteve a identidade local. É
vendido em eventos e na Casa do Artesão.
Destaques produtivos: Tem como sua primeira vocação a
pecuária, seguida do turismo e cultura. O comércio é o
responsável pela maior arrecadação de ICMS da cidade.
Há grande potencial para exploração da pisicultura.

83
84
Dourados
São João Batista de Dourados, hoje Dourados, foi fundada Destaque produtivo:
no século XIX. Em 1910, Marcelino Pires proprietário da Tem como sua primeira vocação a agricultura,
Fazenda Alvorada, doou uma gleba para a criação de um agroindústria e comércio, já que atende a 38
patrimônio, cuja área havia sido tombada pelo tenente municípios que fazem parte da região de Dourados. A
Antônio João Ribeiro, herói da Guerra do Paraguai, sendo maior arrecadação de ICMS é oriunda do comércio,
seu primeiro morador Januário Araújo. Foi elevada a Distrito seguida da agricultura e pecuária. No ranking
em 1914 e a município pelo Decreto nº 30, de 20 de estadual é o 1º. produtor de feijão, milho e mel, 2.º
dezembro de 1925. Dourados teve desenvolvimento lento Produtor de trigo, 2º. Rebanho suíno, 2º. Efetivo de
até a segunda década do século XX, por causa das Galinhas, 2.º Produtor de ovos de galinha e de ovos
deficiências de meios de transporte e vias de comunicação, de codornas, 2º em população e em arrecadação de
principalmente com Campo Grande. ICMS, 2.º produtor de soja e 3º. produtor de leite. É
um pólo educacional, hoje com 15 mil universitários.
A partir da década de 1950, com a abertura de rodovias,
acelerou seu desenvolvimento e tornou-se importante Potencialidades:
centro agropecuário. Seus meios de comunicação, comércio Agroindústria, Bioenergia, Confecção, Escargo,
e serviços atendem a mais de trinta municípios de Mato Pisicultura, Turismo.
Grosso do Sul, além de uma parte do Paraguai. Pelo seu
tamanho e importância, é uma capital econômica e social, O município quer ser reconhecido como a capital
sendo considerada a maior cidade do interior do estado e a nacional da agroindústria, assim aproveita o
segunda depois da capital, é conhecida por ser um potencial produtivo e agrega valor ao beneficiamento
importante centro comercial, industrial e agropecuário do de pelo menos um dos processos do setor primário,
estado (o que vale o título de Portal do Mercosul). com subprodutos para consumo. A região é rica em
águas e possui tecnologia de reprodução em
Área: 4.086,387 km² cativeiros para a atividade de pisicultura. O APL da
Distancia da capital: 224 km piscicultura é composto por Dourados, Fátima do Sul,
Gentílico: Douradense Itaporã, Caraapó, Mundo Novo e Douradina com 60
População: 182.747hab. produtores. A indústria de confecções vem se
fortalecendo na região, em Dourados se destaca o
Ramos de Atividade: Agricultura e Comércio. setor de lingeries e uniformes.

85
86
Ivinhema

As terras da região foram adquiridas por Reynaldo Massi
com intuito de implantar uma colônia agrícola e um novo Destaque produtivo:
núcleo urbano. Em 25 de novembro de 1957, foi O município conta com a plantação de café, café
constituída a SOMECO – S/A (Sociedade de em coco, mandioca e produção de leite. Ivinhema
Melhoramentos e Colonização), a qual iniciou os possui estabelecimentos industriais nos
trabalhos de ocupação da área. Em 1961, chegaram os segmentos de usina de beneficiamento de leite;
primeiros grupos de trabalhadores, e no dia 01 de frigorífico; laticínios; fecularia; madeira;
setembro iniciou-se a construção dos pavilhões para vestuários; fábrica de café ou mate solúvel e
instalação de sua infra-estrutura. O município foi criado outros. A pecuária ocupa o destaque nos
pela Lei nº 1.949, de 11 de novembro de 1963. agronegócios, possuindo o 5º rebanho bubalino.

Área: 2.009,887 km2 Potencialidade:
Distancia da capital: 282 km Agronegócios, Artesanato, Comércio e Serviços,
Gentílico: Ivinhemense Indústrias e Turismo. Há grande potencial para a
População: 20.583hab. instalação da fabrica de cerâmica na Vila
Adamantina, local onde há oferta de argila de
Ramos de Atividade: Comércio e Pecuária. excelente qualidade. O turismo pode ser
explorado na região por meio do turismo rural.

87
88
Jardim

Área: 2.201,725 km²
Distância da capital: 238 km
Fundada em 1946, seus primeiros moradores foram Gentílico: Jardinense
operários da construção da rodovia que ligaria o Brasil à População: 23.295hab.
fronteira com o Paraguai, a qual permitiu ao município
tornar-se uma cidade-pólo e ter uma posição geográfica Ramos de Atividade: Comércio.
privilegiada. Em 27 de novembro de 1938, a Comissão
de Estrada de Rodagem (CER-3), a 2 km de Guia Lopes, Destaque produtivo:
impulsionou o desenvolvimento do vilarejo de nome A pecuária é a maior arrecadadora do município,
Jardim. O comandante da CER-3, Major Alberto com um rebanho expressivo de bovinos.
Rodrigues da Costa, loteou e vendeu aos seus
funcionários as terras da Fazenda Jardim, doadas pelo Potencialidades:
proprietário, Fábio Martins Barbosa. A data de entrega Agronegócios, Artesanato, Comércio e Serviços,
dos lotes é considerada a data de fundação de Jardim, na Indústria e Turismo. O comércio é um dos grandes
época distrito de Bela Vista, fato ocorrido em 14 de maio alavancadores do desenvolvimento no município,
de 1945. Elevado a Distrito-sede pela Lei N.º 677, em 11 é sem dúvida o maior empregador. Por ser um dos
de dezembro de 1953 e a comarca em 15 de novembro municípios que integram o complexo turístico do
de 1969. Em 30 de Janeiro de 1981, foi criada a Diocese Parque Nacional da Serra da Bodoquena,
de Jardim. apresenta grande potencial turístico com o
turismo Histórico-Cultural.

89
90
Mar aju
Indústrias/Fábricas: óleo de soja, girassol,
milho, algodão, arroz, fábrica de celulose, ração,
Fios e tecelagem, embalagem de sacos plásticos,
O mascate João Pedro Fernandes de Uberaba-MG mudou-se calçados, vestuários, móveis e estofados, cerâmica e
de Nioaque para a região onde atualmente ergueu-se lajotas, adubos e sal mineral;
Maracaju. Trouxera na bagagem uma pequena farmácia, e Indústrias de Transformação: milho, soja, algodão, couro e
além da venda de remédios, foi forçado pelas circunstâncias a gelatinas, plásticos, leite e derivados, derivados de
tornar-se médico, atendendo a região. Em meados de 1923, os mandioca;
fazendeiros construiram uma casa para João Fernandes, que Hortifrutigranjeiros: aptidão e disponibilidade de terras
ao invés da casa, solicitou a construção de uma escola, para produção;
intitulada “Associação Incentivadora de Instrução”. No dia 11 Lingüiça de Maracaju: produto famoso - criaram selo de
de junho de 1924, nasce o “Distrito da Paz”, e quatro anos certificação para os produtores da cidade, para preservar a
depois, em 07 de julho de 1928, foi elevado a Município de tradição.
Maracaju, que na língua Tupi-Guarani significa “Papagaio Pequenas Indústrias: conservas de hortaliças, palmitos,
Verde da Cabeça Amarela”. cogumelos, ovos e derivados, polpa de frutas,
Área: 5.298,840 km² sabão/sabonetes, detergentes, triparia, plásticos,
Distância da capital: 157 km reciclagem de embalagens de agrotóxicos e resíduos
Gentílico: Maracajuense domésticos;
População: 30.924hab. Piscicultura: a região é rica em água e a prefeitura
Ramos de Atividade: Agricultura e Comércio disponibiliza terraplanagem para os interessados em
Destaque produtivo: Tem como primeira vocação a desenvolver a atividade.
agropecuária. Estão em atividade no município em torno de Reflorestamento: erva-mate, eucaliptos, palmitos, etc.
1600 empresas (entre pessoas físicas e jurídicas). Maracaju é a Turismo de eventos: festas mais importantes, tais como: o
única cidade do Estado com 100% das ruas do seu perímetro Festival da Lingüiça de Maracaju, Festival do Milho Verde,
urbano asfaltadas. No ranking estadual é o 1º. produtor de Festa de São Sebastião e de Nossa Senhora Aparecida, que
soja e aveia, 2.º produtor de cana-de-açúcar e milho e 3º. atraem grande público.
produtor de trigo, girassol e coelhos, 5º produtor Nacional de Turismo tecnológico: a Fundação MS realiza o Showtec,
milho safrinha e 5ª. economia do Estado. evento voltado para tecnologias da agricultura, a região
Potencialidades: Agroindústrias, Linguiça de Maracaju e possui solos férteis e emprega alta tecnologia, podendo ser
Turismo. um centro de referência.
As potencialidades industriais são: Usina de Maracaju: que possui capacidade para processar
Agroindústria: integrados de frango, suínos, bicho da seda, 950 mil toneladas de cana, 55 mil toneladas de açúcar e 25
etc.; milhões de litros de álcool.
Apicultura e a produção de ovos: a Granja Santa Clara
distribui ovos para todo Estado.
Frigorífico: bovinos, suínos, aves, ovinos, etc.;

91
92
Nova Andradina

A região foi colonizada por Antonio Joaquim de Moura
Andrade por volta de 1938, quando adquiriu a Fazenda Ramos de Atividade: Comércio e Pecuária.
Caapora e mais tarde denominada Fazenda Primavera.
Antonio logo se empenhou na construção de um Porto Destaque produtivo:
Fluvial à margem direita do Rio Paraná. Anos mais tarde O município possui 54 estabelecimentos
ampliou sua posse de terras, adquirindo a Fazenda Santa industriais, beneficiando a produção com
Bárbara, dez anos mais tarde comprou a Fazenda Baile, laticínios, usina de beneficiamento de leite,
onde planejou a cidade de Nova Andradina, registrando frigorífico, curtume, fábrica de massas alimentícias
seu loteamento e vendendo-os por preços razoáveis e a e biscoitos, vestuários, sucroalcooleiro, fecularia,
longo prazo, em consequência houve migração de todos agropecuária e outros.
os Estados, sendo a maioria de nordestinos, paulistas,
paranaenses e mineiros. Nova Andradina foi elevada a Potencialidades:
Município pela Lei nº 1.189, no dia 20 de dezembro de Agronegócios, Artesanato, Comércio e Serviços,
1958. Comemora-se a emancipação política e o Turismo e Indústrias.
aniversário da cidade no dia 31 de maio. O nome
originou-se da cidade de Andradina, do Estado de São Há muitos artesãos no município que oferecem
Paulo, terra do fundador. treinamentos. O artesanato local trabalha muito
bem com madeira, osso, couro, fibras, pinturas,
Área: 4.776,096 km2 ferro e doces caseiros.
Distancia da capital: 288 km
Gentílico: Novandradiense
População: 43.508hab.

93
94
Paranaíba
apresentando um rebanho estimado em 1,2 milhões de
Entre 1736 e 1755, a região permaneceu sob a liderança de cabeças e uma das maiores bacias leiteiras do estado.
Antônio Pires de Campos, o “Pai Pira”, como era conhecido Apresenta a 5ª maior bacia leiteira do Estado e a 1ª do
entre os índios. Por volta de 1830, a região foi povoada por Bolsão. A suinocultura também é forte no município e a
famílias de Minas Gerais, conduzidas por José Garcia Leal. Em avicultura vem surgindo com apoio municipal.
1836, com os esforços dos Garcias e do Pe. Francisco Sales de
Souza Fleury, foi erguida a primeira Igreja. Elevada a Distrito Potencialidades:
em 1838 e a município em 10 de julho de 1857. Localiza-se -Aptidão e disponibilidade de terras para produção
estrategicamente numa região de integração das economias hortifrutigranjeira;
do Brasil (MS, Bolívia e Paraguai), situação explorada mais -Aptidão e recursos para diversificação agropecuária
intensivamente com a construção do gasoduto e o (piscicultura, apicultura, leite etc.);
fortalecimento das relações comerciais do Mercosul. -Disponibilidade de infra-estrutura para escoamento de
Situa-se no entroncamento de três macro-eixos de produção (rodovia, ferrovia e hidrovia);
desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul: -Disponibilidade de recursos naturais para exploração
1) Está ao lado do eixo aquaviário leste, formado pelo Rio de agricultura irrigada;
Paraná, rota de ligação fluvial com o Mercosul; -Disponibilidade de recursos naturais para exploração
2) É o ponto de partida do eixo Nordeste, que corta Costa Rica de água mineral;
e segue a linha da Ferronorte, unindo e integrando-se aos -Existência de matéria-prima para agroindústrias;
demais estados do Centro-Oeste e outras regiões; -Oferta de mão-de-obra;
3) Insere-se no raio de influência do eixo Leste-Oeste pela rota -Parque Industrial com indústrias instaladas no
do gasoduto no trecho Corumbá-Campo Grande-Três Lagoas. segmento calçadista, metalurgia e projetos em fase de
É o portal do nordeste de Mato Grosso do Sul e famosa pela implementação de usinas de álcool e fecularia de
ponte metálica. mandioca;
-Posição geográfica privilegiada;
Área: 5.402,778 km² -Presença de demanda local e regional para instalação
Distancia da capital: 398 km de cursos universitários;
Gentílico: Paranaibense ou Paranaibano -Programa de Incentivo ao Desenvolvimento
População: 38.692hab. Econômico, que proporciona benefícios para as
Ramos de Atividade: Pecuária. indústrias que se instalarem, como: terraplanagem,
doação de terreno, incentivos fiscais, entre outros;
Destaques produtivos: A atividade econômica predominante é -Recursos hídricos para exploração turística.
a pecuária extensiva, com metade das pastagens melhoradas,

95
96
Rio V de de Ma o Grosso
Potencialidade:
Após ter adquirido do Estado em 1885 um extensa faixa Artesanato, Indústria de Cerâmica e Chapéus e
de terra localizada à margem direita do Rio Verde, Turismo.
Américo de Souza Brito acabou vendendo a maior parte
das terras a Antônio Vitorino da Costa, que instalou a O APL da Cerâmica melhorou seus produtos e
Fazenda Campo Alegre. Com a chegada de novos conquistou novos mercados, vendem para todo o
imigrantes vindos de São Paulo, começou a formação de Brasil. Possuem agora o NCT - Núcleo de
um novo povoado onde seria atualmente a cidade de Rio Tecnologia Cerâmico de responsabilidade do
Verde de Mato Grosso. Antes do nome atual, recebeu SENAI, com modernos laboratórios para atender
vários nomes: Herculânea (1936) e Coronel Galvão as demandas de inovações, análises laboratoriais
(1940), quando passou a ser Distrito de Coxim. Em 1953 em matérias-primas e produtos acabados,
houve sua emancipação, já com o seu nome atual. Desde assessoria técnica e controle de qualidade regido
que começou a ser povoada, a cidade sempre conviveu pela NBR ISSO IEC 17025, valorizando ainda mais
com o garimpo, prática comum na região. Foi elevada a os produtos, conforme relatório de atividades de
Distrito em 1831 e a município pela Lei nº 707, de 12 de 2005 do APL. A Associação dos Ceramistas do APL
dezembro de 1953. Terra Cozida do Pantanal tem um braço social por
meio da ONG – Kolping de MS, que tem o objetivo
Área: 8.151,975 km2 de apoiar e criar ambiente propício para micro
Distancia da capital: 201 km empresas. Ocorre a estruturação de uma
Gentílico: Rioverdense Incubadora, o Ninhal, em que é adquirida a
População: 18.586hab. estrutura física e a elaboração do regulamento.
Querem priorizar as vocações da região, não só a
Ramos de Atividade: Comércio e Pecuária cerâmica. Já apóiam a RIVERARTE – Associação de
Artesãos em Argila de Rio Verde de Mato Grosso,
Destaque produtivo: que trabalha com a argila vermelha na produção
Tem como sua primeira vocação a pecuária, seguida do de travessas, vasos, panelas entre outros, sendo a
turismo e indústria. Apesar disto, o comércio é o ganhadora do Prêmio TOP 100 do Artesanato
responsável pela maior arrecadação de ICMS da cidade. 2006.

97
98
São Gabriel D’Oes
ICMS da cidade. Maior produtor de soja e de
suínos do estado, 2º. produtor de milho, 4º.
Em 10 de maio de 1937, Balduíno Mafissoni e outros produtor de ovos de galinha e principal produtor
adquiriram a Fazenda Rosada. Em visita as propriedades, de avestruz.
verificaram que a rodovia, Campo Grande – Cuiabá
estava em estruturação e resolveram implantar um novo Potencialidades:
povoado. Com a ajuda de Gabriel Abraão deram Agronegócios, Avicultura, Comércio e Serviços,
andamento ao projeto. A primeira casa construída Estrutiocultura, Indústrias, Pecuária de corte e
pertenceu a Ângelo Brizot. leite, Suinocultura, Turismo e Potencial para
Incubadoras e Investimentos.
Foi elevado a Distrito pela Lei nº 3.784, de 30 de A suinocultura cresceu e é forte na cidade,
setembro de 1976 e a município pela Lei nº 74, de 12 de estimulada e tecnicamente assistida pela
maio de 1980. Fundada por gauchos, tem como tradição Cooperativa Central Oeste Catarinense Ltda. -
os costumes gauchos, desde o churrasco ao chimarrão. Frigorífico Aurora, hoje são 8 mil matrizes (cerca
Também recebeu influência dos primeiros colonizadores de 180 mil animais). A Cooperativa Agropecuária
da região, vindos de Minas Gerais no final do século XIX. de São Gabriel do Oeste (COOASGO) desencadeia
o processo para a duplicação do número de
Área: 3.864,859 km² matrizes no município, devendo chegar a 20 mil
Distância da capital: 140 km matrizes. A suinocultura gera mais de 1000
Gentílico: Gabrielense empregos diretos. A criação de avestruzes é o mais
População: 21.052hab. novo e forte ramo, já existe projeto para a
construção de um frigorífico. O município estimula
Ramos de Atividade: a exploração do turismo de eventos e tecnológico.
Agricultura, Comércio e Indústria. Já é tradicional a Festa Estadual do Leitão no
Rolete que atrai mais de 15 mil visitantes para o
Destaque produtivo: município.
Tem como primeira vocação o agronegócio, seguida do
comércio que é o responsável pela maior arrecadação de

99
100
T ês Lagoas
O município foi colonizado em 1880 por Luís Correia Neves,
Antônio Trajano dos Santos e Protásio Garcia Leal. Protásio aderiram ao Portal de Hospedagem
instalou-se na região de Piaba e Antônio no que se chamou <www.portaldehospedagem.com.br>.
de Fazenda das Alagoas em virtude das Lagoas existentes
ali. Em 1909, um grupo de engenheiros instalou O APL proporcionou capacitações e consultorias,
acampamento à margem da Lagoa Maior. Assim em 1911, o proporcionando a elaboração do Mapa Turístico de
acampamento motivou a construção de várias casas dando Três Lagoas e o Calendário de Eventos da Costa
início ao novo povoado. Tornou-se distrito em 1914 e Leste. O APL de Artesanato da Costa Leste teve início
município sob a Lei nº 706, de 15 de junho de 1915, e seu em 2002, e tem a participação das cidades de Três
nome se originou das três lagoas que existem na região. Lagoas, Aparecida do tabuado, Brasilândia,
Bataguassu, Santa Rita do Pardo, Anaurilândia e
Área: 10.206,370 km² Sevilha. Foram realizadas capacitações, visitas
Distancia da capital: 313 km técnicas e algumas ações para o mercado, como
Gentílico: Trêslagoense eventos, feiras e exposições. Artesãos participantes:
População: 85.376hab. Ana Vitorino (gamelas e utensílios de cozinha e
decoração em madeira); Edvaldo Márcio (vasos em
Ramos de Atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços. cerâmica e objetos de decoração); Eduardo
Nakamura (tear manual); Eunice (patchwork); ATAR –
Destaque produtivo: A atividade que mais arrecada é a Associação Treslagoense de Artesanato (trabalhos
pecuária, é o 2º. rebanho bovino do estado, perdendo para em cerâmica, artes manuais, licores, entre outros);
Ribas do Rio Pardo, é também o 2º. rebanho eqüino e Cerâmica Eurico de Aparecida do Tabuado; Bichinhos
ovino, 1º. em produção de abacaxi, 4º. em população e 10º. do Pantanal de Bataguassu; Patchwork de Santa Rita
produtor de leite. do Pardo. O município possui 27 indústrias instaladas
e com projeção para mais 20 indústrias, sendo a
Potencialidade: Agronegócios, Artesanato, Comércio e maioria na área têxtil (malharia, cama, mesa, banho,
Serviços, Indústrias e Turismo. cortinas, fiação de poliéster, tecidos para indústria
A rede hoteleira vem crescendo em quantidade e moveleira, confecções de jeans e acessórios de
qualidade, em 1997 eram 392 leitos, hoje 1800, com vestuário).
estrutura voltada para o turismo de negócio. Alguns hotéis

101
Referências
BARROS, Valter Mangini. Potencialidades Sul-Mato-Grossenses. 2ª edição. Campo Grande, MS: Editora
Oeste, 2008, 166 p.

Wikipédia, a Enciclopédia Livre. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Mato_Grosso_do_Sul Acesso
em 23 set 2008.

Links
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) www.finep.gov.br
Fundação Manoel de Barros (FMB) www.fmb.org.br
Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Mato Grosso do Sul SEBRAE/MS
www.ms.sebrae.com.br
Governo do Estado de Mato Grosso do Sul www.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Campo Grande www.pmcg.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Bonito www.portalpublicobonitoms.com.br
Prefeitura Municipal de Corumbá www.corumba.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Coxim www.coxim.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Dourados www.dourados.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Ivinhema www.ivinhema.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Jardim www.jardim.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Maracaju www.maracaju.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Nova Andradina www.novaandradina.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Paranaíba www.paranaiba.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Rio Verde de Mato Grosso www.rioverde.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de São Gabriel D’Oeste www.saogabriel.ms.gov.br
Prefeitura Municipal de Três Lagoas www.treslagoas.ms.gov.br

102
Fontes de Pesquisa

APL da Costa Leste de Três Lagoas | ARPEIXE Associação Artesanato do Couro do Peixe de Coxim/MS|
Associação Comercial e Industrial de Coxim/MS (ACI)| Associação Comercial e Empresarial de Dourados
(ACED) | Associação Comercial e Industrial de São Gabriel do Oeste (ACISGA) | Associação Comercial e
Industrial e Comerciante de Três Lagoas | Associação Empresarial de Maracaju (ASSEMA) | Assessoria de
Turismo da Prefeitura Municipal de Três Lagoas | Blue Red Camisaria de Maracaju | Cerâmica Fênix,
Cerâmica Figueira e Cerâmica Fornari de Rio Verde de Mato Grosso | Consórcio Intermunicipal para o
Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio | Taquari (COINTA) | Cooperativa MS Peixe de Dourados |
Fundação Professora Clarice Rondon de Cultura, Desporto e Lazer de Coxim/MS (FUNRONDON) |
Gorethy G. Lingerie | Incubadora Empresarial de Agronegócios de Maracaju | Prefeitura Municipal de
Rio Verde de Mato Grosso | Secretaria Municipal de Dourados de Desenvolvimento Econômico e
Empreendedorismo | Sebrae/MS | Sebrae Unidade Região Norte | Sindicato Rural de Dourados |
Sindicato da Indústria do Vestuário (SINVESUL) | Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Maracaju
| Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente de Coxim/MS | Secretária Municipal de Turismo,
Lazer e Meio Ambiente de Rio Verde de Mato Grosso | Chapéus Karandá | Secretaria de
Desenvolvimento Econômico de São Gabriel D’Oeste | Secretaria de Agricultura de São Gabriel D’Oeste |
Secretaria de Turismo de São Gabriel D’Oeste | Secretaria Indústria, Comércio, Ciência, Tecnologia e
Meio Ambiente de Três Lagoas | Sebrae de Três Lagoas | UNIDERP/Campus IV Rio Verde/MS

* Dados das fontes de pesquisa: Realização da Meta Física 9 – Elaboração do Planejamento Estratégico
do Movimento de Incubadoras no Estado de Mato Grosso do Sul / Atividade 2 - Confirmação in locu das
informações levantadas / Projeto FINEP (ano 2006/2007)

103
www.redems.org.br