You are on page 1of 28

Editorial

DIA 18

Dia 18, em grande, marcando os “EDG” como a actividade de maior visibilidade de todo o evento. A primeira
actividade, intitulada de “nine2five”, teve lugar na EPB, consistindo numa competição criativa para designers grá-
ficos durante 8horas. Ao todo, participaram cerca de 30 concorrentes, vindos de cidades como Viana do Castelo,
Coimbra, Covilhã, Barcelos. Aos participantes foi-lhes pedido que criassem a imagem e meios de comunicação para
a marca “Braga - Capital do Barroco”, um projecto sem fins comercias, pensado pela organização, somente para
utilização no evento.

Foi solicitado aos participantes que realizassem três propostas das 9h às 17h. Os concorrentes instalaram-se
na cantina da EPB, por volta das 8h30, trazendo portáteis. Por parte da organização foram fornecidos computado-
res, mesas digitalizadoras, scanners, livros e ligação a uma impressora digital.

O briefing foi entregue às 9h com três propostas de trabalho, das quais os participantes tinham de realizar
duas. A proposta um, de execução obrigatória, consistia na criação de um logótipo. Após a realização desta pro-
posta teriam que realizar uma das outras duas: desenvolvimento de um layout para uma página web ou criar um
layout para uma revista onde seria necessário a criação da capa, índice e uma página interior, tendo ambos como
“finalidade” a divulgação da marca «Braga - Capital do Barroco». Todos desenvolveram uma proposta gráfica para
posterior avaliação de três empresas de Braga e, caso considerassem haver trabalho de qualidade, proporiam aos
seus autores um estágio remunerado com possibilidade de emprego.

3Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
5 Serigrafia

6 Cinema 4d Studio

7 Banda Desenhada

8 Cartoonismo

9 Edição de Vídeo
DIA 21 Serigrafia

“seria óptimo poder escolher e per-
Workshop ministrado por dois alunos do 2º ano. sonalizar ao máximo a nossa maneira
No dia 21, Mário Duarte e Luís Vilaça, saindo do que é leccionado no curso, de vestir e os nossos adereços como
exploraram esta técnica de impressão, usada numa grande diversidade de pulseiras e as mochilas que levamos
materiais, para depois a apresentarem aos colegas de uma forma simples e para a escola. o workshop de seri-
de fácil aplicabilidade. Esta actividade teve lugar no átrio da EPB, chaman- grafia abriu essa porta.a porta para
do à atenção do resto da comunidade escolar. Depois de uma abordagem o mundo da serigrafia e dos têxteis.
sobre a área, Mário e Luís fizeram uma demonstração aos colegas das três para quem gostava de saber mais e
turmas assim como aos professores acompanhantes das mesmas. Todos não sabia por onde começar teve a
puderam ver uma apresentação deste método, aplicando o logo do CCDAT sua resposta na actividade. muito bem
em t-shirt’s. No fim da demonstração os alunos puderam experimentar e, conduzida, explícita e com a opor-
desta forma, imprimir a imagem em algumas T’shirt’s. tunidade de passar pela prática o
aprendido. gratificante.”
Eduardo Silva (1ºDG)

5
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
Cinema 4d Studio DIA 21

Emanuel Ferreira, designer de produto da região de Braga, esteve na “para este workshop só tenho uma
EPB para iniciar os alunos numa aplicação de 3d, uma área pouco abordada palavra: “ espectacular”. o programa
no curso, complementando assim a formação dos alunos com algo de bas- é muito fácil de usar e permite-nos
tante interesse para o seu futuro profissional. explorar a criatividade e gozar a arte
Emanuel apresentou o ambiente do programa, abordando as ferra- 3d sem limites. parabéns para o desig-
mentas, menus, opções, efeitos, etc. ner emanuel ferreira pela actividade
Esta aplicação abriu portas aos alunos presentes, mostrando-lhes os que efectuou.”
bastidores de jogos, filmes, entre muitos outras animações conhecidas, Cesário Alves (3º DG)
deixando-os assim com um grande interesse pela aplicação.

6
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 22 Banda Desenhada

Quarta-feira dia 22, Pedro Alves, ilustrador profissional vindo de Al-
mada, administrou um workshop de Banda Desenha para alguns alunos
dos três anos do curso. Pedro Alves é um ilustrador português de sucesso
nacional, com trabalhos seus presentes em muitos livros escolares nacio- “acho que foi extremamente enrique-
nais. Este autor aceitou o convite por parte da organização para partilhar cedor para quem gosta desta área e
um pouco do seu conhecimento e das sua técnicas com os alunos do curso que foi um workshop muito bem con-
Técnico de Design Gráfico, onde os formandos com mais aptidões para a cebido pela organização.”
área se juntaram para aprender com o profissional. Depois de umas noções Patrícia Costa 1ºDG
e técnicas de banda desenhada, o ilustrador pediu aos alunos que criassem
duas páginas de Banda Desenhada, acompanhando-os em todo o processo,
orientando-os e dando-lhes dicas.

7
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
Cartoonismo DIA 23

Depois de umas horas de descanso, Pedro Alves foi ainda responsável “foi um workshop interessante, e uma
por um workshop de cartoonismo, ficando assim com uma participação de grande descoberta, pois por de trás
relevo nos “Encontros de Design Gráfico”. de um bom cartoon há um grande es-
forço mental e uma grande reflexão.
Aos alunos foram disponibilizados jornais para a escolha de um tema esta parte deixou os alunos mais sur-
para realizar o cartoon a partir de uma noticia “fresca”. Depois de uma bre- presos mas com a ajuda do forma-
ve introdução dada ao alunos presentes sobre este tipo de ilustração, em dor os conceitos e reflexões foram
que se falou de técnicas para a realização de expressões de figuras, fez melhor estudados e analisados. após
uma demonstração de cartoons com noticias fictícias. Depois, todos os par- a parte teórica concluída foram pro-
ticipantes realizaram um cartoon baseado nas notícias dos jornais daquele duzidos bons trabalhos.”
mesmo dia. No final foram apresentados e comentados todos os cartoons Tiago Cunha (3º DG)
feitos pelos alunos.

8
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 23 Edição de Vídeo

Na tarde do dia 23, os alunos foram levados para a UM para participa-
rem num workshop de edição de vídeo, leccionado por Fernando Jesus, res-
ponsável pelo Departamento de Audiovisuais do Instituto de Ciências da Co- “a experiência que tive na u.m. foi na
municação. O workshop foi leccionado nesse mesmo departamento, onde minha opinião positiva, porque tive
Fernando Jesus apresentou ao alunos como funciona uma régie quando um oportunidade de aprender um pouco
programa está no ar. Os alunos puderam experimentar alguns dos materiais sobre edição de vídeo para televisão.
usados pelo curso daquele instituto, enquanto eram explicadas algumas achei uma actividade interessante.”
técnicas de captura, como ângulos e enquadramentos. Para finalizar foi fei- Tiago Oliveira (3º DG)
ta uma visita às instalações de forma a que os nossos alunos conhecessem
um pouco do curso, desde as saídas profissionais até aos conteúdos que
são leccionados.

9
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
Iniciação à Fotografia DIA 24

Marco Rosário, um ex-aluno do curso de fotografia, actualmente aluno “este workshop veio de encontro
do 2º de Desenho Gráfico, dirigiu um workshop de fotografia, cativando os às minhas expectativas. fiquei a per-
alunos do 1º ano do curso para as técnicas, materiais e métodos de traba- ceber mais sobre o vasto mundo da
lho nesta área. fotografia. ensinou-nos as bases
da fotografia e os factores que in-
No workshop foi realizada uma breve introdução à fotografia, visto que fluenciam a sua criação, as experiên-
o tempo era reduzido para uma área um pouco complexa. Numa primeira cias de laboratório foram realmente
fase, Marco apresentou a constituição de uma máquina fotográfica, assim elucidativas para perceber como tudo
como deve ser feita a sua utilização e falou um pouco de enquadramento. funcionava à uns anos a revelação de
Para finalizar, os alunos foram levados para o mini laboratório de fotografia fotografia. resta dizer obrigado a
da escola para uma breve demonstração de revelação a preto e branco, em todo o staff deste evento.”
que os alunos puderam fazer alguns fotogramas. Pedro Ribeiro (1º DG)

10
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
“SecondDG” 12

“Olhares sobre o centro da cidade” 13

Banda Desenhada 14

Caricaturas 15

Arte de Rua 16
“SecondDG” DIA 18

Um dos pontos de referência dos Encontros de Design Gráfico foi a presença de uma exposição de Banda De-
senhada na “feira do livro de Braga”, realizada no âmbito do evento. A Banda Desenhada foi criada por alunos do 2º
DG, Philippe Tina e Pedro Figueiras, que em conjunto desenvolveram o guião. Ricardo Coelho criou as personagens
e Ana Cerdeira colaborou com Philippe Tina na concepção das tiras de Banda Desenhada.

Este trabalho é constituído por mini-histórias, passagens de aventuras vividas pela turma no horário de almo-
ço. A exposição esteve aberta ao público desde o dia 18 de Abril (dia da inauguração da feira).

12
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 20 “Olhares sobre o centro da cidade”

No contexto da programação dos Encontros de Design Gráfico, para a qual foi pensada uma exposição sobre
o centro da cidade, e de forma a envolver os alunos do 1.º e 2.º ano do Curso de Design Gráfico, foram realizadas,
durante das aulas de Desenho e Comunicação Visual, várias investidas exploratórias ao Centro da cidade. Se numa
primeira abordagem, o registo dos imóveis classificados segundo a pertença a determinado período artístico fora a
premissa, as imagens seleccionadas para a exposição acabam por revelar um pouco mais do que isso. O resultado
é o registo fotográfico duma cidade em mutação, são uma série de imagens realizadas com diferentes intenções,
que nos mostram a visão dos alunos sobre um espaço em permanente mudança.
catarina miranda

13
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
Banda Desenhada DIA 22

Quadradinhos alinhados com imagens e balões ou histórias brilhantes com um princípio, meio e fim?
Para mim a segunda opção! Um trabalho que exige um grande esforço mental permanente conseguido pelo
Pedro Alves. A banda desenhada é um filme em versão papel onde vivemos emoções semelhantes.
Um bom exemplo a seguir para quem gosta! Exemplar digo!
eduardo silva 1º dg

14
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 22 Caricaturas

A ilustração foi algo que sempre me fascinou desde a minha infância, especialmente ilustração relacionada
com banda desenhada, desenhos animados. Foi algo que me marcou desde criança e que contribuiu bastante
para definir a minha personalidade, ajudou-me a traçar caminhos, a fazer escolhas e que juntamente com o Design
Gráfico. Pretendo fazer disto o meu futuro, felizmente já está a dar frutos e pretendo continuar de modo a contribuir
não só para o meu futuro como técnico de Design Gráfico mas também para contribuir para o trabalho de outras
pessoas.
ricardo coelho 2º dg

15
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
Ilustração Científica DIA 23

Depois de alguns anos com um gosto enorme pelo desenho de ilustração científica tive oportunidade de reali-
zar um evento para o qual podia convidar “mestres” da área. Resolvi propor o certame e mostrar um pouco daquilo
que eu gosto de fazer, que muito calmamente vou dando vida nas folhas de papel branco.
Na ilustração científica encontro os meus momentos de reflexão e quando me encontro irritada, não há dese-
nho para ninguém: um deslize e já era. Como actividade dá-me muito gozo e apesar de não ser das mais criativas
(recriação) precisa de muito empenho na sua elaboração. Talvez um dia ganhe a coragem de um auto-retrato, sorrio
até lá e pratico e isso faz-se desenho a desenho, com montanhas de horas e nada de nervos.
filipa oliveira 2º dg

16
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 25 Arte de Rua

No seguimento dos objectivos dos “EDG”, com a diversidade de áreas, foi feita uma visita à galeria do Mr.
Dheo, um jovem artista que se dedica essencialmente à decoração de espaços exteriores e interiores através da
ilustração e graffiti. Os seus trabalhos de maior destaque baseiam-se, sem dúvida, no graffiti.
Nuno Silva, aluno do 2º ano de Design Gráfico, fotografou a galeria do artista, em Valadares, V. N. de Gaia.
Posteriormente foi feita uma exposição no Museu D. Diogo de Sousa, onde se pôde ver a qualidade de trabalho de
dois jovens, Mr. Dheo o criador dos graffiti’s e Nuno retratando o seu trabalho com excelentes fotografias.

17
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
19 “Técnica e criatividade na fotografia”

20 “Design Gráfico no Mundo dos Têxteis”

21 “BD- criação por autor e trabalho por encomenda”

22 “Fotografia de Eventos”
23 “Ilustração Científica”

24 “Do Graffiti ao Design”
DIA 20 “Técnica e criatividade na fotografia”

Esta foi a primeira grande saída do evento, uma tertúlia realizada no “embora aprecie fotografia, estou
fórum da Fnac - Braga, dia 20, a qual teve bastante adesão, ficando a sala ciente que não é de todo uma arte
repleta de espectadores. Daniel Camacho, um jovem fotógrafo de Braga, ao alcance de qualquer um, mesmo
que terminou à pouco a sua profissionalização, falou um pouco sobre ques- com formação em design. foi um bom
tões técnicas de fotografia, uma fase introdutória para todos aqueles que momento com um fotógrafo de qua-
não têm formação na área. Para abordar questões de criatividade o fotógra- lidade, que soube explicar com rela-
fo apresentou algum do seu portfólio, baseando-se essencialmente no seu tiva facilidade, alguns dos processos
projecto final de curso e falou-nos de temas como fotografia publicitária, que lhe permitiram alcançar aqueles
fotografia de moda, fotografia de arquitectura e fotojornalismo. resultados.”
André Magalhães (3º DG)

19
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
“Design Gráfico no Mundo dos Têxteis” DIA 21

“desde já, obrigado ao hugo que nos
proporcionou esta actividade em que
Dia 21, dedicado aos têxteis, o designer têxtil Pedro Pinto, com larga aprendemos muito sobre esta área.
experiência na área, veio à EPB falar um pouco do seu percurso profissional, tivemos conhecimento da experiência
desde os seus tempos de escola até aos dias de hoje - os passos que deu de vida profissional do pedro pinto
para alcançar o sucesso profissional e os seus principais trabalhos. e a sua batalha e esforço ao longo
dos anos para chegar ao patamar em
Uma perspectiva muito interessante, mostrando aos alunos uma car- que se encontra hoje. após uma apre-
reira de sucesso e sensibilizando-os para o esforço e dedicação necessário sentação do tema, foi-nos pedido um
para que os objectivos profissionais sejam alcançados. Numa segunda fase, desenho ao nosso gosto para o qual
Pedro Pinto falou de que forma o Design Gráfico poderá estar ligado ao de- foram distribuídos suportes para im-
sign têxtil, passando para um workshop de preparação de ficheiros para pressão. penso que foi uma actividade
impressão por sublimação (método utilizado em têxteis). Os alunos criaram bastante interessante e fascinou-me
imagens que, posteriormente, foram passadas para tecidos através deste bastante, e todos os participantes ti-
método de impressão. raram partido da actividade. um mun-
do fascinante sem dúvida!”
Cláudia Ferreira (3ºDG)

20
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 22 “BD- criação por autor e trabalho por encomenda”

Pedro Alves auto-intitula-se como fazedor de bonecos, mais do que
como ilustrador, cartoonista ou caricaturista. O seu trabalho, publicado em
diversas revistas da actualidade, entre as quais a Visão e o Expresso, reflec- “achei a tertúlia bastante interessan-
te o humor e a boa-disposição com que nos presenteou, no passado dia 22 te e enriquecedora.
de Abril, numa tertúlia que teve lugar na FNAC. Durante a tarde Pedro Alves o cartoonista pedro alves, com o
tinha estado na Escola Profissional de Braga a realizar um workshop sobre seu humor e boa-disposição tornou
banda desenhada. Agora contava-nos um pouco do seu percurso, desde a a tertúlia muito mais cativante, sendo
passagem por um estúdio de animação, onde re-aprendeu a desenhar, às assim impossível não estar atento e
investidas pela ilustração editorial e demais áreas da ilustração. O papel da cativado para conhecer e aprender o
tecnologia no seu processo criativo, o seu método particular de trabalho, mundo da bd”
o relato da sua experiência pessoal em diferentes encomendas, foram as- Ricardo Ferreira (1º DG)
suntos abordados pelo autor, com especial importância para os alunos de
Design Gráfico.
catarina miranda

21
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
“Fotografia de Eventos” DIA 23

“nesta tertúlia podemos ver várias
No dia 23, representantes de três empresas de fotografia, dedicadas formas de trabalhar em fotografia.
essencialmente a esta área e com história na região, vieram-nos falar um foi um evento interessante e vanta-
pouco de como é a vida profissional de um fotógrafo de eventos, das difi- joso para os alunos do curso de
culdades e potencialidades do trabalho nesta área. Os três representan- design gráfico. para quem pretende
tes utilizaram algum do seu portfólio para dar a conhecer esta realidade seguir esta área de trabalho ou sim-
profissional, utilizando vídeos, fotografia e álbuns realizados por eles. Por plesmente para quem quer obter mais
fim, debaterem um pouco sobre as ferramentas usadas na área e quais as formação neste campo (como é o meu
melhores ou mais adequadas para cada serviço. caso) foi uma excelente oportunida-
de.”
Laurinda Cunha (2ºDG)

22
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 23 “Metodologia Projectual em Design Gráfico”

“pessoalmente partilho da opinião
de que esta tertúlia foi uma das me-
lhores actividades realizadas nos
encontros de design gráfico. foi
uma tertúlia muito interessante,
A noite do dia 23 foi preenchida por uma tertúlia orientada pelo ex- principalmente para jovens designers
aluno João Loureiro, actualmente freelancer e um caso de sucesso já com que estão a sair para o mercado de
alguns clientes de relevo na região. Esta acção encheu por completo uma trabalho, poderíamos estar ali ho-
das salas do “estaleiro cultural Velha-a-Branca”. O João mostrou um pouco ras e horas a falar sobre a temática.
do seu processo de trabalho, apresentando alguns dos seus projectos os gostaria de dar os parabéns o joão
quais deram para abrir debate, discutindo processos de criação. loureiro, ao coordenador do curso
professor joão paulo teixeira e prin-
cipalmente ao hugo antunes que se
esforçou muito e com muito empenho
teve êxito em todo o evento.”
Rafael Mota (3ºDG)

23
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
“Ilustração Científica” DIA 24

Filipe Franco brindou o auditório da Escola Profissional de Braga com
uma conferência que ficará para a história da instituição. O jovem ilustra- “tínhamos como objectivo nesta pa-
dor português, natural de Lisboa, formado em Design Gráfico, começou por lestra, dirigida por filipe franco,
uma cuidada abordagem histórica da ilustração. Mostrando os mais belos descobrir novos horizontes e áreas
espécimes da ilustração científica realizados desde a Idade Média até aos de trabalho para as nossas carreiras
dias de hoje, o ilustrador conseguiu captar a atenção dos alunos do curso profissionais. foi uma palestra muito
de Design Gráfico, motivando mesmo alguns deles para a prossecução de interessante para os amantes desta
estudos na área. Filipe Franco abordou ainda os diversos campos de actu- arte – ilustração científica, pois ti-
ação do ilustrador científico – desde a infografia à ilustração conceptual – veram a oportunidade de ficar a co-
terminando a sua conferência com a apresentação do desenvolvimento de nhecer a história e as técnicas mais
uma ilustração científica, com todos os passos até à apresentação final. Os utilizadas neste campo artístico.”
alunos tiveram ainda a oportunidade de observar in loco, alguns trabalhos Andreia Magalhães (2ºDG)
desenvolvidos pelo autor, e de ver satisfeita a sua curiosidade quanto às
técnicas e suportes usados na ilustração científica.
catarina miranda

24
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 25 “Do Graffiti ao Design”

“gostei bastante de assistir à
tertúlia,o convidado possui uma car-
reira bastante boa enquanto writter
Dedicando o dia 25 à arte de rua, levamos os alunos e outros interes- e designer.
sados para o Museu D. Diogo de Sousa, onde Daniel Vieira, actualmente durante a tertúlia o convidado foi
estudante do ensino superior na área de Design Gráfico, falou-nos do seu demonstrando, muitos dos seus tra-
percurso até aos dias de hoje, desde os seus trabalhos nas ruas até ao balhos e das suas experiências que
Design Gráfico. contribuíram bastante para a nossa
motivação enquanto estudantes.”
Isabel Louro (1ºDG)

25
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
“SecondDG” DIA 22

Uma turma especial. Às vezes complicados de perceber. Mas são to- “o lançamento da bd ‘2 nd
dg’ foi ponto
dos esses mistérios e todas essas características que tornam aquela turma de chegada e simultaneamente ponto
única. de partida num contexto de dinamis-
A banda desenhada desenvolvida por alguns elementos da turma do 2º mo formativo, incluído no espírito do
ano do curso de Desenho Gráfico ajuda a perceber melhor e a descodificar evento. se por um lado a publicação
o “código 2nd DG”. Para quem não consegue perceber o que vai naquelas da bd “ ilustra” um percurso de for-
cabeças e naqueles pensamentos, aquela banda desenhada é o ponto de mação técnica, criativa e autónoma,
partido e um guia prático para realmente aproveitar e conhecer todas as por outro lado potencializa e torna
potencialidades da turma. evidente o rumo futuro que os alu-
Ponto de partida. Para todos os que são mais tímidos e recolhidos e nos poderão tomar face aos desafios
que têm os seus lápis envergonhados num canto no estojo este pode ser da sua própria formação pessoal e
um ponto de partida para se soltarem, para soltarem a criatividade e para social. resta observar que o espaço
deixarem a criatividade falar mais alto. eleito, 100ª página concebeu a máxi-
Para uns e para outros, a banda desenhada torna-se útil, independen- ma “ouro sobre azul” estreitando a
temente dos resultados que queremos obter. A apresentação, entre outros escola como instituição educativa e
locais, marcou presença na livraria 100ª página, no dia 22 de Abril. formativa com o espaço público.”
eduardo silva (1ºdg) Lucília Cardoso (Professora)

26
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009
DIA 25 Mural de Graffiti

O Mural de Graffiti constitui uma marca profunda do curso de design na
EPB, pela criatividade empenho esforço que exigiu dos alunos . Para criação “na minha opinião o mural ficou exce-
da imagem do graffiti foram reunidas várias ideias das turmas do 1º e 2º lente. os alunos do 2º dg envolvidos
ano do curso. Posteriormente foram fundidas todas as ideias pelas mãos do no projecto têm muito jeito para a
Ricardo Coelho (2º DG). Feito isso foi iniciado o processo para a pintura na área e esforçaram-se bastante. pelo
pedreira da escola. Feita a limpeza da parede os alunos começaram a sujar tamanho do mural julgo que não foi
as mãos aplicando um produto empremiabilizador para aumentar a dura- fácil, tendo em conta as proporções,
bilidade do graffiti. Posto isto os alunos iniciaram o processo de desenho e mas eles lá se conseguiram arranjar e
pintura durante 4 dias. O mural foi realizado por Ricardo Coelho, Filipa Oli- devo dizer que ficou muito bem. gos-
veira, André Pereira, Pedro Figueiras (alunos do 2ºDG) auxiliados por Isidro to da maneira como exprime liberdade
Norberto (3ºDG). e alegria. é um mural muito engraça-
Face à impotância e simbolismo do mural, e impacto que iria ter na do que agrada qualquer pessoa.”
escola foi feita uma apresentação no dia 25 onde professores, alunos, fun- Sérgio Sousa (1º DG)
cionários, directores e outros convidades se juntaram para a inauguração
do graffiti.

27
Encontros de Design Gráfico - Braga :: Abril 2009