ELEIÇÕES PARA O DIRETORIO ACADEMICO 27 DE OUTUBRO

EDITAL Nº 001/2013 – Processo Eleitoral para Diretoria do Diretório Acadêmico de Direito 27 de Outubro.
O COORDENADOR DO CURSO DE DIREITO DIANTE DA INÉRCIA DA ATUAL DIRETORIA DIRETÓRIO ACADÊMICO DE DIREITO 27 DE OUTUBRO, no uso de suas atribuições legais, torna público que está aberto extraordinariamente o Processo Eleitoral para Diretoria do Diretório Acadêmico de Direito 27 de Outubro, gestão 20132014, conforme as seguintes especificações: 1. DOS PRAZOS: 1.1 Início do período eleitoral: 12 DE SETEMBRO DE 2013; 1.2 Data limite para inscrição de chapas: 27 DE SETEMBRO DE 2013; 1.3 Data da eleição: 30 DE SETEMBRO DE 2012; 1.4 Data da apuração: 30 DE SETEMBRO DE 2013; 1.5 Término do período eleitoral: 1º DE OUTUBRO DE 2013; 1.6 Publicação oficial do resultado das eleições: 1º DE OUTUBRO DE 2013; 1.7 Posse oficial da nova diretoria: 02 DE OUTUBRO DE 2013;

2. DA COMISSÃO ELEITORAL: 2.1 A Comissão eleitoral será formada pelos Acadêmicos: 011.2874 - ADRIANA BARBOSA COELHO (Presidente da comissão eleitoral), acadêmico devidamente matriculado no 10º semestre noturno; 012. 3457 – ELISA CECHELE, acadêmica devidamente matriculada no 10º semestre noturno, e o acadêmico devidamente matriculado no décimo semestre noturno 012.4997 EDNEI BENTO RAMOS, os quais não poderão integrar qualquer chapa.

após o deferimento das inscrições. nome. COMPOSIÇÃO E DOCUMENTOS Os interessados deverão realizar a inscrição das chapas no período matutino e noturno.4 É de responsabilidade da Comissão Eleitoral dar posse a nova diretoria. não cabendo recurso. Conselho Fiscal composto por 7 membros permanentes e 7 suplentes. RGM e semestre dos candidatos a cargos dentro da Chapa.1. 2º Secretário. a qual terá poder deliberativo nos casos omissos do presente edital e do estatuto do Diretório Acadêmico. 3. 2.2 O Processo Eleitoral será fiscalizado pelo Professor do Curso de Direito da Unigran CAMILA LALLUCI BRAGA. .1 A ausência de qualquer documento descrito nesse item ensejará o indeferimento da Chapa. bem como é responsável por todo processo eleitoral. 2. desde as inscrições até a posse da nova diretoria. regularmente matriculados no Curso de Direito. 2. 3. 2º Tesoureiro. munidos dos seguintes documentos: 3. COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA. respeitado o prazo descrito no subitem 1.1 A chapa para ser aceita pela Comissão eleitoral e concorrer ao pleito deverá conter os seguintes cargos: Presidente. solicitando autorização e reserva do local e publicidade do mesmo. COMPROVANTE DE MATRÍCULA ATUALIZADO. convocando a diretoria que sai e que entra. no espaço do curso de Direito.4 O deferimento ou indeferimento de inscrições de chapas deverá ocorrer no prazo de 48h.2. Na inércia da Comissão caberá ao Professor Fiscal do Processo proceder ao ato de posse.6 Cabe a comissão eleitoral definir o local de votação. 3.5 A comissão deverá comparecer diariamente tanto no período noturno (até as 21:30) quanto no diurno (até as 11:00). 2.3 É de responsabilidade da comissão eleitoral. Os Acadêmicos de outros Semestres poderão ocupar cargos em comissões desde que devidamente matriculados no curso de Direito. nos termos do Estatuto do Diretório Acadêmico. 2.7. 1º Secretário.1. junto a Secretaria Acadêmica do Curso de Direito. 1º Tesoureiro.3 No ato de inscrição da Chapa devem ser apresentados cópias dos seguintes documentos dos membros: IDENTIDADE. DO LOCAL DE INSCRIÇÃO DAS CHAPAS. 3. 3.1 Relação digitada e impressa da composição da Chapa a qual deverá conter: nome da chapa.3. na secretaria do Curso para recolher inscrições. CPF. fornecer cópia do estatuto as chapas inscritas. Vice-Presidente.2 Os cargos de Diretoria somente podem ser ocupados por alunos.

3 As chapas poderão realizar sua campanha nos corredores ou no horário de intervalo. 4. no saguão do Bloco I.2 É expressamente proibida a participação e/ou auxílio direto ou indireto de qualquer partido político.3 A Chapa que descumprir as proibições desse item terá sua inscrição cassada liminarmente e os integrantes ficarão impedidos de participar do próximo pleito para diretoria do D.3. associações.4 Será indeferida a inscrição de Chapa que contenha integrante que ocupe ou que esteja em vias de ocupar cargo Eletivo nos Poderes Executivo e Legislativo.A. com uso de som previamente agendado e estritamente no período de intervalo de aula. Dourados 12 de setembro de 2013 Joe Graeff Filho – Coord. DISPOSIÇÕES FINAIS Os casos omissos no presente edital serão dirimidos pela Comissão eleitoral e pelo Professor que fiscaliza o processo. DOS LEITORES São aptos a votar todos os acadêmicos devidamente matriculados no curso de direito da UNIGRAN. 6. 4.1 É expressamente proibida a interrupção de aulas para campanha. agremiações e outras do gênero. 4. DA CAMPANHA ELEITORAL 4. do Curso de Direito . 4. 5.