You are on page 1of 16

NOÇÕES DE CUSTO

Receita
Entrada de elementos para a empresa (dinheiro ou direitos a receber)

Custo (Despesa)
É todo o gasto realizado pela empresa para auferir receita

Investimento
É a aplicação de recursos financeiros nos ativos da empresa

Encaixe (Embolso)
Entrada no caixa através da receita à vista ou outros

Desencaixe (Desembolso)
Saída do caixa pelo pagamento despesa ou outra aplicação

TIPOS DE CUSTO:
Custo Fixo (Despesa Fixa) A quantidade da produção ou da venda não lhe altera o valor. Custo Variável Oscila em razão da produção ou venda do produto/serviço. Em geral, é o custo da mercadoria/serviço/produto, impostos sobre vendas e comissões de vendedores. Custo Total É o somatório dos Custos Fixo e Variável Tecnicamente, o Custo Fixo não deve ser superior a 30% do faturamento

Política de Preços
• • • • • • • •
Em função dos objetivos: Penetração no mercado Aumento de participação no mercado Preço da exclusividade (skimming) Recuperação do caixa Maximização dos resultados Promoção de Produto/Serviço específico Preço/Qualidade Preço/Oportunidade Em função da demanda Em função da concorrência

Formação do Preço de Venda
• Variáveis que influenciam:
• custo • Governo • concorrentes • clientes

COMPOSIÇÃO DO PREÇO DE VENDA

CMV - CPV - CSP

Lucro Líquido

Custo Fixo Impostos Comissões

Custo no Comércio:
• Mercadoria: Preço específico, PEPS, UEPS e Média ponderada móvel.
• Outros custos variáveis: impostos e comissões. • Custo fixo: relação do custo fixo sobre o faturamento.

Preço de Venda no Comércio:
CMV* Impostos + Comissões + Lucro + Custo Fixo Mensal 100 Fatur. Méd. Mensal

P.V. =

1—

(

)

Fator = de Venda

1—

(

1 Impostos + Comissões + Lucro + Custo Fixo Mensal 100 Fatur. Méd. Mensal

)

* CMV = custo mercadoria + frete + seguro

Custo na Indústria:
• Matéria-Prima e embalagem: definição da quantidade
de material para a fabricação do produto e cálculo do custo unitário de cada insumo mais frete.

• Mão-de-Obra Direta (MOD): definição da MOD aplicada durante a fabricação do produto e cálculo do
custo da hora produtiva (com encargos).

• Custo fixo: relação do custo fixo sobre o faturamento ou
relação da MOD com os custos fixos.

• Outros custos variáveis: impostos, comissões e
propaganda (se quiser).

Preço de Venda na Indústria:
1. Considerando o Custo Fixo em relação às vendas
1.1 - Cálculo da produção de cada artigo (CPV): Materiais + Mão-de-Obra Direta 1.2 - Cálculo do preço de venda:

P.V. =

CPV* 1 — ( Impostos + Comissões + Margem Contribuição.** )

* CPV = custo materiais + mão-de-obra direta ** Margem de Contribuição = L. líquido + custo fixo mensal faturam. médio mensal

Preço de Venda na Indústria:
2. Considerando a Mão-de-Obra Direta com o Custo Fixo
1.1 - Cálculo da produção de cada artigo (CPV): Materiais + Mão-de-Obra Direta + custos fixos* * Incidência Administrativa = $ total mês custos fixos $ total mês MOD

1.2 - Cálculo do preço de venda:
P.V. =
CPV ** 1 — ( Imp.s/Fat. + Comissões + Lucro Líquido )

** CPV = custo materiais + mão-de-obra direta + custos fixos

Custo na Prestação de Serviços:
• Mão-de-Obra Direta (MOD): cálculo do custo da hora
produtiva (com encargos) e definição da MOD aplicada durante a prestação do serviço.

• Custo fixo: relação do custo fixo sobre o faturamento ou
relação da MOD com os custos fixos.

• Outros custos variáveis: impostos e comissões.

Preço de Venda na Prest. Serviços:
1. Considerando o Custo Fixo em relação às vendas
1.1 - Cálculo do custo do serviço prestado (CSP): Mão-de-Obra Direta aplicada 1.2 - Cálculo do preço de venda:

P.V. =

CSP* 1 — ( Impostos + Comissões + Margem Contribuição.** )

* CSP = custo da mão-de-obra direta aplicada ** Margem de Contribuição = L. líquido + custo fixo mensal faturam. médio mensal

Preço de Venda na Prest. Serviços:
2. Considerando a Mão-de-Obra Direta com o Custo Fixo
1.1 - Cálculo do custo do serviço prestado (CSP): Mão-de-Obra Direta aplicada + custos fixos* * Incidência Administrativa = $ total mês custos fixos $ total mês MOD 1.2 - Cálculo do preço de venda: P.V. =
CSP ** 1 — ( Impostos + Comissões + Lucro Líquido )

** CSP = custo da mão-de-obra direta aplicada + custos fixos

PONTO DE EQUILÍBRIO
Indica o nível de vendas em que Custos Totais (CF + CV) se igualam às suas Receitas. É o ponto em que não gera lucro nem prejuízo. A partir daí, o empreendimento começa a gerar lucro.

$
C. Fixo

Quantidade

PONTO DE EQUILÍBRIO

Fórmula por quantidade :

P. E. =

Custo Fixo Mensal Preço Venda Unitário — Custo Variável Unitário

Fórmula por faturamento :

P. E. =

Custo Fixo Mensal Margem de Contribuição* 100
* Margem de Contribuição = Lucro + Custo fixo mensal x 100 100 faturamento médio mensal

PONTO DE EQUILÍBRIO

Outra fórmula por faturamento :

Custo Fixo Mensal
P. E. =

1—

Total Custo Variável Mensal* Total de Vendas Mensal

* Custo das mercadorias/produtos vendidos + impostos + comissões