CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS

ENGENHARIA ELÉTRICA

LABORATÓRIO RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA

DISCIPLINA: FUNDAMENTOS FISICOS PROFESSOR RESPONSÁVEL: ALVARO DATA DO EXPERIMENTO: __/__/__

TURMA: L2

DATA DA ENTREGA: __/__/__

TÍTULO DO EXPERIMENTO: MOLAS HELICOIDAIS

NOME DOS COMPONENTES DO GRUPO

RA

BARRETOS, 2013

Elas podem ser de compressão (como as utilizadas nos sistemas de amortecimento dos automóveis. Existem até dispositivos. . usadas em equipamentos odontológicos. titânio e até plástico. etc. Em geral. ao longo de seu eixo. nos selins de bicicleta e furadores de papel) ou de tração (como as encontradas em camas de molas. Consideremos o caso de uma mola helicoidal pendurada por uma das suas extremidades. o que provoca um alongamento x na mola. Abaixo.). como o aço carbono. que são considerados molas. existe um valor limite da força a partir do qual acontece uma deformação permanente no corpo. diz-se que a deformação é elástica. As molas possuem grande potencial elástico e suas características são: flecha (deformação ocasionada por determinada força).1. aço inoxidável. O material é usado de acordo com as características que a mola terá. Há também as molas de torção (usadas em relógios. ela será alongada ou comprimida. como resistência e flexibilidade. há uma relação linear entre a força aplicada e a deformação. Por definição são objetos que dão impulso ou resistência a outras peças. Na presente situação consideramos que a massa da mola será considerada desprezível. devendo reagir quando solicitadas. que o fabricante produz de acordo com a necessidade do cliente. As molas helicoidais são as mais comumente encontradas. Dentro do limite elástico. Diversos materiais são utilizados para a fabricação das molas. relógios). Se aplicarmos uma força a uma mola helicoidal. imprimindo movimentos. e a outra sustentando um corpo de massa m. INTRODUÇÃO Todo corpo sob a ação de uma força de tração ou de compressão. pregadores de cabelo) e as molas em T. pregadores de roupa. fechaduras. Se ao cessar a atuação dessa força a mola recupera sua forma original. amortecendo pancadas. se deforma. curvadas. temos diversas figuras sobre molas e equipamentos em que são utilizadas e sobre os materiais utilizados na produção dessas molas. essas são denominadas molas especiais. rigidez (não deformam permanentemente) e flexibilidade (capazes de serem dobradas.

8m/s².Posicionar a régua no suporte e posicionar a mola junto a ambos e medidos.Medir a massa dos pesos individualmente utilizando a balança de precisão e encontrar as forças utilizando a equação F=m. MATERIAIS E MÉTODOS 3. balança de precisão e paquímetro 4. 4.4. Materiais: Mola de tração.1.3.a. suporte de fixação para mola.Depois de medido construir o gráfico da relação F. 4. suporte para régua. onde "a" é a aceleração da gravidade que é igual à 9.2. a cada novo peso colocado medir o deslocamento da mola e anotar o mesmo para cálculos 4. régua. Procedimentos: 4. .2.d e determinar a constante da mola através do mesmo.10 pesos de medidas em kg diferentes.Colocar os pesos começando com uma peça até completar os 10pesos.

399 4.4031042 0. RESULTADOS E DISCUSSÃO MASSA(Kg) 0.925 3.5.4535042 0.889 D(m) 0.2527042 0.3031042 0.415 3. a força é dada por: Onde: F: é a força em Newtons K: a constante elástica d: o deslocamento em metros.3531042 0.361 0.411 0.987 1.515 Pela lei de hooke.1516042 0.431 2.1013042 0. ⇒ ⇒ .311 0.107 0.209 0.061 0.158 0.0504000 0.939 2. Sendo assim Calculando o modulo das escalas: Para traçarmos o gráfico no papel milimetrado.2025042 0. fazemos Obtendo assim uma reta .260 0.5025042 FORÇA(N) 0.480 1. Porem.905 4.460 0.494 0.

05cm n=25 espiras O modulo de rigidez é então dado por: 6.25cm d = 0.Para encontrar podemos aplicar média: ∑ para cada para de Força e deslocamento e calcular a ⇒ Sendo: D =0. REFERÊNCIAS . CONCLUSÕES 7.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful