DIREÇÃO MIUNICIPAL DE CULTURA | DEPARTAMENTO DE AÇÃO CULTURAL DIVISÃO DE PROMOÇÃO E COMUNICAÇÃO CULTURAL ITINERÁRIOS DE LISBOA ESCRITORES DA CIDADE

NOVEMBRO DE 2013 Dias 5, 28 Hora 10 Itinerário Local de encontro

Lisboa de Almada Negreiros Miradouro de São Pedro de Almada Negreiros, figura incontornável da cultura Alcântara portuguesa do século XX, nasceu em São Tomé e Príncipe em 1893 e faleceu em Lisboa em 1970. Ocupa um lugar central na geração de modernistas portugueses, sendo um dos nomes mais importante ligados à revista Orpheu. Foi escritor, pintor, bailarino e coreógrafo. Multifacetado, criou desenhos, gravuras, tapeçarias, vitrais, pinturas murais. Lisboa de Eça de Queirós Rua da Escola Politécnica, José Maria de Eça de Queirós nasceu na Póvoa de junto à escadaria da Varzim (1845) e morreu em Paris (1900). Tendo faculdade ingressado na carreira diplomática, viveu largos anos afastado do país. A distância, contudo, não impediu um conhecimento profundo de Portugal, dos seus conterrâneos, de Lisboa e da sua vida mundana, notavelmente retratada em obras como A Tragédia da Rua das Flores, O Primo Basílio ou Os Maias. O itinerário percorre a Lisboa do fim do século, iniciandose na Rua da Escola Politécnica e terminando no Largo Barão de Quintela. Lisboa de Cesário Verde Junto à Sé de Lisboa Apesar das escassas três décadas de vida, Cesário Verde é tido como o principal representante da poesia realista em Portugal. Não obstante as suas origens – nasceu numa família da média-alta burguesia – o autor foi dos primeiros a descrever as condições de vida dos seus contemporâneos menos favorecidos. O percurso acompanha os principais desenvolvimentos da história portuguesa da época em que viveu (segunda metade do século XIX), e percorre os locais da Baixa lisboeta frequentados pelo poeta. Lisboa de Camões Praça Luís de Camões, junto Luís de Camões nasceu provavelmente em Lisboa em à estátua data incerta (entre 1520 e 1534). Nesta cidade frequentou a corte e viveu uma vida boémia. Terá sido aqui que iniciou a escrita de Os Lusíadas, obra maior da literatura nacional que relata a epopeia dos Descobrimentos e os feitos heroicos dos portugueses. Este percurso revela alguns dos locais associados à sua vida e obra, iniciando-se na Praça Luís de Camões e terminado no Pátio do Tronco. Lisboa de Fernando Pessoa Largo de São Carlos Fernando Pessoa passou praticamente toda a sua vida adulta em Lisboa, frequentando cafés, restaurantes, teatros, tertúlias. Este percurso segue os passos do poeta, desde o Largo de São Carlos, onde nasceu, até

7 Quinta-feira

10

13 Quarta-feira

10

19 Terça-feira

10

21 Quinta-feira

10

ao Martinho da Arcada, onde tomou o seu último café. Guiados pela obra, pelos amigos, pelos locais e pelos estabelecimentos que frequentou, traça-se um itinerário literário e artístico da cidade. ITINERÁRIOS DE LISBOA Câmara Municipal de Lisboa | Direção Municipal de Cultura | Departamento de Ação Cultural DIVISÃO DE PROMOÇÃO E COMUNICAÇÃO CULTURAL Palácio do Machadinho | Rua do Machadinho, 20, 1249-150 Lisboa Telefone: 21 817 07 42 E-mail: lisboa.cultural@cm-lisboa.pt

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful