You are on page 1of 3

INSTITUTO TECNOLÓGICO DO SUDOESTE PAULISTA

Avenida Rui Barbosa – 540 – Centro – Ipaussu – CEP: 18.950-000


Fones: (14) 3344-1157 e 3344-1177 / e-mail – intesp-eletrica@cednet.com.br

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS DE
COMBATE A INCÊNDIO NAS
EDIFICAÇÕES
Hidrantes, Mangotinhos e Chuveiros Automáticos

Palestrante
José Augusto Coeve Florino

E-mail: joseacf@feb.unesp.br; augusto.florino@hotmail.com


Telefone: (14) 9735-2375 / (43) 9114-1714
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1925644029636481
Site: http://augustoflorino.blogspot.com

Técnico em Manutenção de Sistemas Eletro-mecânicos (2007, SENAI Bauru)


Engenheiro Eletricista (2007, UNIP Bauru)
Engenheiro de Produção Mecânica (2008 UNIP Bauru)
Especialista em Qualidade na Energia Elétrica (2008, UNESP Bauru)
MBA Gerenciamento de Projetos (2009 UNIP Bauru)
Especialista em Máquinas Elétricas (2009, UNESP Bauru)
Especialista em Motores Elétricos com Velocidades Variáveis (2009, UNESP Bauru)
Mestrando de Engenharia Elétrica (UEL Londrina)

Promoção
Instituto Tecnológico do Sudoeste Paulista

Carga Horária: 10 Horas/Aula


INSTITUTO TECNOLÓGICO DO SUDOESTE PAULISTA
Avenida Rui Barbosa – 540 – Centro – Ipaussu – CEP: 18.950-000
Fones: (14) 3344-1157 e 3344-1177 / e-mail – intesp-eletrica@cednet.com.br

Objetivo
O curso proposto tem como objetivo preparar os profissionais para a elaboração de projetos
de instalações hidráulicas de combate a incêndios em edificações, bem como laudos técnicos,
perícias, consultorias, etc., conforme as normas brasileiras NBR 10.897/1990 e a NBR 13.714/2000,
as normas americanas NFPA 13, 14, 20, 22, 24 e 25 - edições de 2002 e 2003, a Legislação
Estadual do Estado SP e as Instruções Técnicas nos 02, 03, 14, 16,17, 22 e 23 - edição de 2005, do
Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo.
A engenharia de segurança contra incêndio, ciência que tem como objetivo máximo
salvaguardar vidas e bens através do estabelecimento de condições passivas e ativas que permitam
minimizar ao extremo as possibilidades de ocorrência de um incêndio ou que possam controlar o fogo
na fase mais incipiente considerando a melhor relação custo x benefício possível é uma área que
apresenta um enorme potencial de expansão no Brasil, que, no entanto, ainda carece de muitos
investimentos, sobretudo no tocante à educação.
Nas décadas de 70 e 80 do século passado houve grandes incêndios em edifícios altos e lojas
de departamentos no Brasil. Esses eventos demarcaram um novo período com a preocupação com a
segurança sobre os incêndios nas edificações. Foram incêndios em que centenas de pessoas
perderam a vida, danos materiais incalculáveis, perda de documentos importantes e geraram uma
fobia coletiva do fogo nas grandes edificações. Por sua vez, geraram também, uma preocupação,
embora tardiamente, por parte dos governos e membros da sociedade.

Público alvo
Engenheiros, Arquitetos, Urbanistas, Professores, Técnicos de Segurança do Trabalho, Estudantes
de Engenharia e Arquitetura e Bombeiros Civis e Militares.

PROGRAMA
MÓDULO 1 – O FOGO

• Origem
• Classes de incêndio
• Propagação do fogo
• Métodos de extinção
• Agentes extintores
• Sistemas de combate a incêndios

MÓDULO II – SISTEMAS DE HIDRANTES E DE MANGOTINHOS

• Classificação das edificações


• Detalhamento dos elementos constituintes dos sistemas
• Abastecimento de água
• Requisitos de instalação
• Inspeção
• Testes e manutenção dos sistemas
INSTITUTO TECNOLÓGICO DO SUDOESTE PAULISTA
Avenida Rui Barbosa – 540 – Centro – Ipaussu – CEP: 18.950-000
Fones: (14) 3344-1157 e 3344-1177 / e-mail – intesp-eletrica@cednet.com.br

MÓDULO III – SISTEMAS DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS

• Tipos de chuveiros automáticos ("sprinklers")


• Tipos de sistemas de chuveiros automáticos
• Equipamentos
• Dispositivos
• Acessórios e materiais
• Requisitos de instalação
• Inspeção
• Testes e manutenção dos sistemas

MÓDULO IV – SISTEMAS DE BOMBAS DE INCÊNDIO

• Bombas centrífugas
• Perdas de carga
• Pressões nas tomadas de incêndio
• Altura manométrica
• Seleção de bombas de incêndio

MÓDULO V – DIMENSIONAMENTO, PASSO A PASSO, DE DOIS (2)


PROJETOS DE SISTEMAS DE HIDRANTES.

• A partir de reservatório inferior, com sistema de bombas


• A partir de reservatório superior, por gravidade e/ou sistema de bombas de esforço

MÓDULO VI – DIMENSIONAMENTO, PASSO A PASSO, DE DOIS (2)


PROJETOS DE SISTEMAS DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS ("sprinklers")

• Um fazendo o cálculo com tabelas


• Outro com cálculo hidráulico