You are on page 1of 2

EMBRIOLOGIA - ORGANOGÊNESE – 4ª À 8ª SEMANA

Desenvolvimento Embrionário:
 As Principais estruturas internas e externas se desenvolvem entre a 4ª e 8ª semana.
 No final da 8ª semana todos os principais órgãos já se desenvolveram, porém só o sistema
cardiovascular funciona efetivamente.
 A forma do embrião muda, adquirindo um aspecto tipicamente humano.
 Crescimento: divisão celular e elaboração de produtos celulares
 Morfogênese: movimentação das massas celulares e interação das mesmas com a formação
dos tecidos e órgãos.
 Diferenciação: maturação dos processos fisiológicos, com capacitação para executar
funções especializadas.
Dobramento do embrião:
 Dá ao disco trilaminar uma forma cilíndrica.
 Se dá nos planos medianos e horizontal e decorre do rápido crescimento do encéfalo e
medula (SNC).
 O crescimento céfalo-caudal é mais rápido que o lateral, levando ao dobramento das
extremidades.
Prega cefálica:
 4ª semana: espessamento das pregas neurais - primórdio do encéfalo.
 Crescimento do encéfalo, além da membrana buço-faríngea e sobre o coração e o celoma
pericárdico e o septo transverso mesodérmico – deslocamento ventral.
 Incorporação do endoderma do saco vitelino – intestino anterior.
 Membrana buço-faríngea: separa o intestino anterior do estomodeu.
 Há comunicação do celoma intra e extra-embrionário lateralmente.
Prega caudal:
 O dobramento decorre do crescimento caudal do tubo neural-primórdio da medula espinhal.
 Ocorre sobre a membrana cloacal.
 Parte do endoderma é incorporada pelo embrião formando o intestino posterior.
 A dilatação da porção terminal do intestino posterior formará a cloaca.
Dobramento no plano horizontal:
 Resulta do rápido crescimento dos somitos e da medula espinhal.
 As bordas do disco trilaminar dobram-se em direção ao plano mediano.
 Incorporação de parte do endoderma, formando o intestino médio – ligação entre o intestino
médio e o saco vitelino.
 Pedículo vitelino – cordão umbilical.
 A fusão ventral das pregas laterais reduz a comunicação entre as cavidades celômicas intra
e extra embrionárias.
Derivados das camadas germinativas:
 Ectoderma: sistema nervoso central e periférico, epitélios sensoriais do olho, aparelho
auditivo e nariz, epiderme e anexos, glândulas mamárias e subcutâneas, hipófise e esmalte
dos dentes.
 Neuroectoderma: células da crista neural, pares cranianos, gânglios autônomos, bainha do
sistema nervoso, células pigmentares da epiderme, tecidos musculares, conjuntivo, ossos e
medula adrenal.
 Mesoderma: tecido conjuntivo, cartilagem osso, músculo estriado e liso, coração, vasos
sanguíneos e linfáticos, rins ovários e testículos, ductos genitais e membranas que revestem
as cavidades do corpo, baço e córtex adrenal.
 Endoderma: revestimento epitelial dos tratos gastrointestinal e respiratório, tonsilas,
tireóide, paratireóides, timo, fígado e pâncreas, revestimento epitelial da bexiga e maior
parte da uretra, revestimento epitelial da cavidade timpânica, antro do tímpano, tuba
auditiva.