You are on page 1of 17
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÖGICAS DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO ELABORAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÖGICAS DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

ELABORAÇÃO DE BASE CARTOGRÁFICA CADASTRAL TRIDIMENSIONAL DE IMÓVEIS (MAQUETE ELETRÔNICA) PARA O MUNICÍPIO DE VIÇOSA - FASE II

NICOLE ALVES VONO Bolsista Jovens Talentos

TÚLIO MÁRCIO DE SALLES TIBÚRCIO Orientador e Coordenador do projeto

DOUGLAS LOPES Orientador

Relatório

Final,

referente

ao

período

de

agosto/2012

a

julho/2013,

apresentado

à

Universidade Federal de Viçosa, como parte das

exigências do Programa Jovens Talentos para a Ciência/CAPES.

VIÇOSA MINAS GERAIS - BRASIL

AGOSTO/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÖGICAS DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

RESUMO

ELABORAÇÃO DE BASE CARTOGRÁFICA CADASTRAL TRIDIMENSIONAL DE IMÓVEIS (MAQUETE ELETRÔNICA) PARA O MUNICÍPIO DE VIÇOSA - FASE II

A pesquisa propõe o estudo de novas tecnologias digitais aplicadas à produção e à representação da arquitetura e do urbanismo. Com foco na área de urbanismo, utilizando ferramentas computacionais de representação gráfica, propõe a elaboração

de uma maquete eletrônica para a cidade de Viçosa-MG, objetivando a criação de um modelo tridimensional, contendo os dados cadastrais dos imóveis do município, que poderá ser disponibilizado e sofrer atualizações tanto por parte do poder público quanto da comunidade local. Iniciou-se o trabalho com o cadastramento de informações sobre os softwares utilizados na elaboração de modelos tridimensionais e com a identificação e escolha daquele mais adequado para elaborar uma maquete eletrônica cadastral. Em

seguida, foi determinada como área de estudo o “Hipercentro” de Viçosa delimitado

pelo IPLAM (Instituto de Planejamento Municipal) e reuniu-se plantas e dados cadastrais da área. Buscando uma maior correspondência do modelo tridimensional com a realidade, foi criado um banco de dados com fotografias de todas as edificações, ruas e praças existentes na área delimitada. Na Fase I desta pesquisa foi elaborada uma maquete eletrônica-base, a partir da qual derivam os demais modelos tridimensionais contendo informações como uso e ocupação do solo, gabarito e metragem quadrada de cada pavimento das edificações da área em estudo, utilizando- se o software SketchUP. Na fase II, a que se refere este relatório, por meio de pesquisa e análise de novos softwares, atualmente disponíveis para representação gráfica de cidades identificou-se que o ArcGIS atenderia melhor aos objetivos da pesquisa. Em seguida, foi importado o modelo tridimensional do hipercentro de Viçosa, produzido na Fase I deste estudo, para o software ArcGIS, para aplicar suas ferramentas na produção de uma base de dados cadastral. Como resultado final, foi obtido um novo modelo tridimensional de uma quadra do hipercentro juntamente com uma tabela de atributos contendo altura dos edifícios, número de pavimentos, área de projeção e tipos de usos das construções.

Data: 12/08/2013

__________________________

___ Prof. TÚLIO MÁRCIO TIBÚRCIO SALLES ORIENTADOR BOLSISTA PJTC/CAPES

___

2

________________________

NICOLE ALVES VONO

ÍNDICE 1.Introdução ....................................................................................................4

  • 2. Objetivos .....................................................................................................5

3.Metodologia

...............................................................................................

5

4Resultados e Discussões ...............................................................................6

5 Conclusão

................................................................................................

16

  • 6. Referências Bibliográficas .........................................................................17

3

1 INTRODUÇÃO

Atualmente, o planejamento urbano vem se tornando uma preocupação recorrente na sociedade, uma vez que este tem a capacidade de melhorar e intensificar as relações sociais. Como primeiro passo para um projeto de melhoria de uma cidade, a representação gráfica tridimensional mostra-se uma ferramenta proveitosa, já que permite visualizar, analisar e simular problemas urbanos.

Esta pesquisa, coordenada pelo Prof. Túlio Tibúrcio, em sua primeira fase, e desenvolvida com outros alunos bolsistas e voluntários buscou usar da representação gráfica tridimensional para criar um modelo digital de parte da cidade de Viçosa, visando ao seu aproveitamento no processo de administração do município. Como produto, foi concebida uma maquete no software Google SketchUP de uma região da cidade, denominada pelo órgão de planejamento do município IPLAM, como Hipercentro de Viçosa.

Essa primeira maquete permitiu a visualização dos edifícios segundo seu tipo de uso e número de pavimentos, diferenciados por cores identificadas em legendas, e ainda observar a insolação e sombreamentos nesta parte da cidade..

Na Fase II do projeto, a que se refere este relatório, uma nova equipe foi montada com dois alunos, sob coordenação do Prof. Túlio Tibúrcio e orientação do Prof. Douglas Lopes. Tendo em vista a revolução tecnologia digital, que inclui novos softwares de representação gráfica, percebeu-se a necessidade de atualizar métodos desse modelo tridimensional (3D) desenvolvido na etapa inicial. Pretendia-se encontrar uma nova plataforma que permitisse a importação do modelo criado e o armazenamento de informações quantitativas e qualitativas dentro deste arquivo, procedimento manual e limitado no Google SketchUP.

A atualização do trabalho realizado anteriormente persiste na criação de um banco de dados para o município de Viçosa na tentativa de evitar que os proventos obtidos não sejam aproveitados e não tornem obsoletos diante da modernização da informática.

4

2.

OBJETIVO

  • 2.1 Objetivo geral

Elaborar uma maquete eletrônica cadastral tridimensional para a cidade de Viçosa, permitindo a atualização de informações das construções da cidade para que, posteriormente, possam ser utilizadas na estruturação de intervenções urbanas. Além de realizar o cadastramento, busca-se por uma forma de compartilhar essas informações cadastradas de maneira que os dados sejam de fácil acesso.

  • 2.2 Objetivos específicos

  • - Revisar métodos usados na primeira fase da pesquisa;

  • - Pesquisar novos softwares disponíveis para a representação de cidades;

  • - Identificar aquele que mais atende ao objetivo da pesquisa e que seja mais amigável para acesso de profissionais e leigos;

  • - Verificar a interação entre o software selecionado e o utilizado anteriormente, na primeira fase desse estudo;

  • - Importar a maquete feita no novo software inserindo dados;

  • - Desenvolver a maquete utilizando o novo software.

    • 3. METODOLOGIA

A metodologia desta pesquisa inclui revisão de literatura, onde investigou-se os softwares disponíveis para elaboração de maquetes eletrônicas; pesquisa da aplicabilidade de novos softwares e sua adequação ao objetivo deste estudo; coleta de dados cadastrais relacionados com a área de estudos e treinamento do software selecionado para elaboração da maquete e , a produção de um modelo tridimensional da cidade que contenha dados cadastrais.

5

4. RESULTADOS E DISCUSSÕES

Durante a pesquisa sobre softwares foram analisados os seguintes programas:

City GML

CityZOOM

ArcGIS

Esses novos softwares trabalham com uma linguagem

de informações

georeferenciadas (Sistema de Informações Geográficas -SIG ou Geographic Information System -GIS que integra hardware, software e dados para capturar, manusear, analisar e disponibilizar informações geograficamente referenciadas.

4.1 Análise sobre CityGML :

CityGML é um programa de informação comum e de codificação baseado em XML para a representação, armazenamento e troca de cidade virtual em 3D e modelos de paisagem como ilustra a Figura 1. Ele permite que usuários possam compartilhar modelos virtuais 3D. Sua integração com Google SketchUP se dá através de um plug-in SketchUp for CityGML, como ilustra a Figura 1.

4. RESULTADOS E DISCUSSÕES Durante a pesquisa sobre softwares foram analisados os seguintes programas:  City

Figura1. Imagem exemplo do CityZoom

Fonte: http://mundogeo.com/blog/2012/04/26/ogc-aprova-padrao-para-modelagem-3d-de-cidades

6

4.2 Análise CityZOOM

CityZoom é um software de apoio ao planejamento urbano concebido para simular rapidamente diferentes impactos de projetos. Comparado ao SketchUp , o CityZoom é mais prático e eficiente na representação de cidades (ver Figura 2). Possibilita a exportação de arquivos para compartilhamento virtual e detalhamento de fachadas, permite o cadastro de dados para análise e comparação e detalhamento de objetos 3D no SketchUp. Além disso, associa bancos cadastrais compatíveis com ArcGIS.

4.2 Análise CityZOOM CityZoom é um software de apoio ao planejamento urbano concebido para simular rapidamente

Figura 2. Imagem exemplo do software CityZoom Fonte: www.simmlab.ufrgs.br/software/software.html

7

4.3 Análise ArcGIS

Arc GIS é um conjunto de aplicativos que usa o Sistema de Informação Geográfica para operar informações geográficas. Suas principais funções são criar, manejar, visualizar, analisar, contribuir, apresentar e publicar mapas através de seus membros ArcScene - visualização tridimensional- e ArcMap - manuseio bidimensional.

  • 4.3.1 Integração ArcGIS e SketchUP

É possível detalhar modelos tridimensionais no SketchUP a partir de arquivos do ArcGIS. Através da tabela de atributos é possível a inserção de informações de

construção, como o uso do solo, de endereço, imagens e níveis de ocupação, e a criação de mapas base.

  • 4.3.2 ArcScene

Permite produção e visualização de modelos tridimensionais como mostrado na Figura 3

4.3 Análise ArcGIS Arc GIS é um conjunto de aplicativos que usa o Sistema de Informação

Figura 3. Visualização de modelo tridimensional no ArcScene

8

4.3.3 ArcMap

Permite a criação de mapas e a interação com o material criado como mostra a Figura 4. As informações geográficas são visualizadas, editadas, analisadas e consultadas de forma interativa.

4.3.3 ArcMap Permite a criação de mapas e a interação com o material criado como mostra

Figura 4. Exercício do curso ArcGIS: análise de dados dos bairros de Viçosa feita no ArcMap

4.3.4 ArcGIS Online

Baseado em nuvem de dados, o ArcGIS online permite o compartilhamento (ver Figura 5) , edição e visualização de mapas, adição de informações em arquivos e planilhas. A interface permite a visualização de mapas e modelos tridimensionais por suas principais camadas e exibe as informações da tabela de atributos.

9

Figura 3. Modelo tridimensional da cidade da Philadélphia pode ser visualizado no ArcGIS Online . Fonte:

Figura 3. Modelo tridimensional da cidade da Philadélphia pode ser visualizado no ArcGIS Online. Fonte: http://mundogeo.com/blog/2012/10/17/esri-disponibiliza-visualizacao-3d-no-arcgis-online.

4.3.5 City Engine

O software City Engine é um software de modelagem e design 3D de cidades integrado ao ArcGIS (ver Figura 6). Os modelos podem ser disponibilizados também no ArcGISOnline. Apresenta a possibilidade de especificar, visualizar, analisar e armazenar zoneamento em 3D.

10

Figura 6. Imagem exemplo do City Engine. Fonte: http://digitalurban.blogspot.com.br/2012/02/cityengine-esri-and-lumion-first-look.html. 4.4PROCEDIMENTOS ARCGIS : DE PRODUÇÃO DO MODELO

Figura 6. Imagem exemplo do City Engine. Fonte: http://digitalurban.blogspot.com.br/2012/02/cityengine-esri-and-lumion-first-look.html.

4.4PROCEDIMENTOS

ARCGIS:

DE

PRODUÇÃO

DO

MODELO

TRIDIMENSIONAL

NO

Selecionou-se o ArcGIS para a elaboração da maquete, pelo aprofundamento de estudo do software, por este apresentar mais opções de análise e ser mais completo, englobando vários instrumentos.

Primeiramente, tentou-se importar a maquete feita no SkethUP para o ArcGIS. Para isso, foi necessário obter uma imagem de satélite da área trabalhada e georreferenciá- la no ArcGIS. A partir disso, cada edifício da maquete produzida na Fase I foi exportada com extensão COLLADA e importada no ArcScene com a ferramenta 3D Analyst (como mostrado na Figura 7).

11

Figura 7. Processo de importação de arquivos 3D no ArcScene Durante esta etapa, foram consultados fóruns,

Figura 7. Processo de importação de arquivos 3D no ArcScene

Durante esta etapa, foram consultados fóruns, tutoriais e vídeos para auxiliar a execução dos procedimentos. Com o modelo tridimensional do software ArcGIS, prosseguiu-se configurando uma tabela de atributos (Figura 8) que exibisse a altura dos edifícios, sua área de projeção, o tipo de uso e o número de pavimentos.

Figura 7. Processo de importação de arquivos 3D no ArcScene Durante esta etapa, foram consultados fóruns,

Figura 8. Tabela de Atributos do modelo tridimensional de parte do hipercentro de Viçosa

12

Figura 9. Visualização de parte do modelo tridimensional do hipercentro diferenciado por cores de acordo com

Figura 9. Visualização de parte do modelo tridimensional do hipercentro diferenciado por cores de acordo com a altura dos edifícios

Figura 9. Visualização de parte do modelo tridimensional do hipercentro diferenciado por cores de acordo com

Figura 10. Diferenciação de cores por número de pavimentos

13

Figura 11. Diferenciação de cores por tipo de uso dos edifícios. 4.5. Possibilidades Durante a pesquisa

Figura 11. Diferenciação de cores por tipo de uso dos edifícios.

4.5. Possibilidades

Durante a pesquisa foram conhecidas algumas ferramentas de análise de informações a partir de modelos tridimensionais de regiões, como podem ser vistos nas Figuras 12 e 13

Figura 11. Diferenciação de cores por tipo de uso dos edifícios. 4.5. Possibilidades Durante a pesquisa

Figura 12. Screenshot de análise feita no ArcScene da velocidade do crescimento da população em diferentes cidades

14

Figura 12. Screenshot do ArcScene: visualização de dados de um gráfico no modelo tridimensional Fonte :

Figura 12. Screenshot do ArcScene: visualização de dados de um gráfico no modelo tridimensional Fonte : http :// www.esri.com

5. CONCLUSÃO

O produto final deste trabalho, mostra que as possibilidades oferecidas por esse software atendem as expectativas desta pesquisa, e que será necessário um conhecimento mais aprofundado sobre ele para explorar melhor suas caracerísticas ..

O software permite a elaboração da maquete conforme proposto desde a etapa anterior da pesquisa, mostrado pelo modelo experimental do setor da cidade selecionado. Além disso o ArcGIS permite várias análises da cidade. Explorando ferramentas de análise de dados oferecidas por ele, pode-se chegar a estudos sobre a cidade, como a possibilidade de comparar deficiências e propriedades de bairros e regiões. Aplicando essa análise em Viçosa, tem-se uma potente ferramenta de auxílio no planejamento urbano em que as informações podem ser atualizadas rapidamente e visualizadas em um site na internet, o ArcGIS Online. Estas análises e simulações podem ser utilizadas também para várias disciplinas acadêmicas e práticas profissionais.

15

6.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

SCUSSEL, Alexandre.

OGV

aprova

padrão

para

modelagem

3D

de

cidades.MundoGeo. Abr. 2012 Disponível em <http://http://mundogeo.com/blog/

2012/04/26/ogc-aprova-padrao-para-modelagem-3d-de-cidades/>. Acesso em: 17 dez.

2012. KOLBE, Thomas H. et al. 3D-GEO Database for CityGML: Documentation. Disponível em:< http://opportunity.bv.tu-berlin.de/software/attachments/606/3DCityDB-Documenta tion-v2_0.pdf>. Acesso
2012.
KOLBE, Thomas H. et al. 3D-GEO Database for CityGML: Documentation. Disponível
em:< http://opportunity.bv.tu-berlin.de/software/attachments/606/3DCityDB-Documenta
tion-v2_0.pdf>. Acesso em: 17dez. 2012.P. 10-12.
KOLBE, Thomas H. What is CityGML?.CityGML,Alemahna, Abr. 2012. <http://
http://www.citygml.org/index.php?id=1523>. Acesso em:17 dez. 2012.
CityZoom : A tool for the visualization of the impact of urban regulations.
Disponível em:< http://cumincad.scix.net/data/works/att/sigradi2004_216.content.pdf>
Acesso em: 3 mar. 2013.
CityZoom Apresentação. Disponível em:< http://prezi.com/7vdojklqw23g/cityzoom-
apresentacao/>. Acesso em: 3 mar. 2013.
CityZoom. Disponível em:< http://www.cityzoom.net/>. Acesso em: 3 mar. 2013
Esri: What’s GIS ? Disponível em < http://www.esri.com/what-is- gis/overview
#overview_panel >Acesso em : 20 mar. 2013
ESNARD, A. et al. Interoperable Three-Dimensional GIS: Urban Modeling with
ArcGIS 3D Analyst and SketchUp. Esri News. Disponível em:
<http://www.esri.com/news/arcuser/0207/urban.html>. Acesso em: 13 Jun. 2013
Techlimits
Informática,
Lda.
SketchUp
Plug-in
para
o
ArcGIS.Disponível
em
:
http://www.techlimits.com/newsletters/2006/fevereiro/index.html.
Acesso
em
4
Mai.
2013.

16

SketchUP and ArcGIS:

How

they

work

together.

Disponível

em

:

<http://www.techlimits.com/newsletters/2006/fevereiro/Using%20SketchUp%20and%20

ArcGIS.pdf.> Acesso em 4 Mai. 2013

ArcGIS to SketchUp plugin. Disponível em:< http://courses.be.washington.edu/ LARCH/440/dokuwiki/lib/exe/fetch.php?media=sketchup:arcgistosketchupplugin.pdf > Acesso em 4 Mai. 2013

SZUKALSKI, Bem. A virtual 3d city in your pocket with ArcGIS Explorer Desktop.

Disponível em:<http://blogs.esri.com/esri/arcgis/2012/09/21/3d-arcgis-online-cityengine/ > Acesso em 6 Mai. 2013.

NERI,

Marcelo.

Aprendendo

a

Usar

o

ArcExplorer.Disponível

em

:

<http://www.cps.fgv.br/simulador/midbahia20060906/instala%C3%A7%C3%A3o_do_ar

cexplorer_2.htm.> Acesso em 6 Mai. 2013

SANTOS, Jorge. ArcGIS 10: Exportar Tabela de Atributos para o Excel . Disponível

em<:http://www.processamentodigital.com.br/2011/05/05/arcgis-10-exportar-tabela-de-

atributos-para-o-excel/ > Acesso em 6 Mai. 2013

SANTOS, Renato Prado dos. Introdução ao ArcGIS®: Conceitos e Comandos. Disponível em :< http://xa.yimg.com/kq/groups/17314041/51088737/name

/Apostila+Renato+Prado+Vol+2.pd.> Acesso em 10 Mai.2013

MAREN, Gert van. CityEngine 2012.1 released!.Disponível em:

< http://blogs.esri.com/esri/arcgis/2012/10/03/ cityengine-2012-1-released/> Acesso em 3 Jun. 2013

17