You are on page 1of 11

Lição 1

Introdução

Sobre este curso


A intenção deste curso é ensiná-lo a usar a automação de projeto mecânico do SolidWorks
para construir modelos paramétricos de peças e montagens e como fazer o detalhamento (2D)
destas peças e montagens.
O SolidWorks é um modelador tão poderoso que não é prático tentar prestar atenção em
cada aspecto ou detalhe do software. Entretanto, o foco deste curso está nos conceitos e bases
fundamentais para o uso deste software com o maior sucesso possível. Você deveria ver o
manual do curso de treinamento como um suplemento, não uma substituição, para a
documentação do sistema e ajuda on-line. Uma vez que você desenvolveu bons fundamentos
nos conceitos básicos você pode partir para o guia do usuário e a ajuda on-line, para as
informações sobre opções de comando de uso menos freqüentes.
Pré-requisitos
Espera-se que os alunos deste curso tenham os seguintes pré-requisitos:
• Experiência em projeto mecânico.
• Experiência com o sistema operacional Windows.
• Ter completado o tutorial SolidWorks 2003 Getting Started que está incluído na sua
licença.
Filosofia de Desenvolvimento do Curso
Este curso é concebido sobre um processo ou tarefas que se aproximam do treinamento.
Mais que focar as características e funções individuais, um curso de treinamento baseado no
processo enfatiza o processo e os procedimentos que você segue para completar uma tarefa
particular. Utilizando estudos de caso para ilustrar estes processos, você aprende os comandos,
opções e menus necessários no contexto para completar a tarefa do projeto.
Usando este livro
Este manual de treinamento é concebido para ser usado em uma sala de aula sob a
monitoração de um instrutor com experiência no Solidworks. Não é recomendável para ser um
tutorial de auto-aprendizagem. Os exemplos e estudos de caso são feitos pra serem
demonstrados “ao vivo” pelo instrutor.
Exercícios de Laboratório
Estes exercícios dão a você a oportunidade de aplicar e praticar o material que foi visto
durante a parte de leitura/demonstração do curso. Eles representam situações típicas de
modelagem e projeto, e ao mesmo tempo, sendo suficientes a ponto de serem completos ainda
no tempo de aula. Note que muitos estudantes trabalham em diferentes lugares, contudo, foram
incluídos mais exercícios de laboratório, para concluir ao longo do curso, do que você pode
esperar. Isto garante que mesmo o mais rápido dos estudantes não ficará sem exercícios para
fazer.
Uma Nota Sobre Dimensões
Os desenhos e cotas dados no exercício de laboratório não têm a intenção de refletir
qualquer padrão de desenho mecânico. De fato, alguns dimensionamentos foram feitos em um
estilo que poderão nunca ser aceitos na indústria. A razão para isto é que os desenhos devem
encorajar o aluno a aplicar as técnicas aprendidas, e também reforçar certas técnicas de
modelamento. Como resultado os detalhamentos e dimensionamentos são feitos no sentido de
complementar este objetivo.

7
Lição 1
Introdução

Windows® 2000
Este manual foi feito a partir do SolidWorks 2003 rodando no Windows® 2000. Se você está
rodando uma versão diferente do Windows® você poderá notar pequenas diferenças na
aparência das janelas e menus. Estas diferenças não afetam a performance do software.
Convenções Usadas neste Livro
Este manual usa as seguintes convenções tipográficas:
Convenção Significado
Bold Sans Comandos e opções do SolidWorks aparecem neste estilo. Por exemplo, Insert,
Serif Boss, significa escolher a opção Boss no menu Insert .

Typewriter Nomes de arquivos e entidades aparecem neste estilo. Por exemplo,


Sketch1.
Linhas duplas precedem e seguem as seções de procedimentos. Isto fornece a
17 Do this separação entre os passos de um procedimento e os longos blocos de texto. Os
step passos são numerados em sans serif bold.

O que é o Software SolidWorks?


O software de automação de projeto mecânico SolidWorks é uma ferramenta de projeto, a qual
é muito fácil de ser aprendida, porque usa a interface gráfica Windows. Você pode criar
modelos sólidos 3D totalmente associativos com ou sem relações utilizando relações
automáticas ou definidas pelo usuário para capturar as intenções do projeto.
Os termos em itálico significam:
Baseado em features
Assim como uma montagem (assembly) é feita de um número de peças individuais, um
modelo SolidWorks é também constituído por elementos individuais. Estes elementos são
chamados de features.
Quando você cria um modelo usando o SolidWorks, você trabalha com features geométricas
inteligentes e fáceis de aprender tais como bosses, cuts, holes, ribs, fillets, chamfers e draft.
Assim como as features são criadas elas são aplicadas diretamente ao trabalho.
As features podem ser classificadas tanto em sketched como applied:
Features sketched: aquela que está baseada em sketch 2D. Geralmente este sketch é
transformado em um sólido pelos comandos extrusion, revolution, sweeping ou lofting.
Features applied: criadas diretamente no modelo sólido. Fillets e chamfers são exemplos
deste tipo de feature.
O SolidWorks mostra graficamente a estrutura baseada em feature de seu modelo em uma
janela especial chamada árvore do projeto FeatureManagerTM. A FeatureManagerTM não mostra
somente a seqüência na qual as features foram criadas, mas também dá a você um fácil acesso a
todas as outras informações associadas. Você aprenderá mais sobre a FeatureManager ao longo
deste curso.

8
Lição 1
Introdução

Para ilustrar o conceito de modelamento baseado em entidades, considere a peça abaixo:


Esta peça pode ser visualizada como uma coleção de inúmeras entidades algumas destas
adicionam material, como uma extrusão cilíndrica, e outras removem material como furo cego.
Se nós olharmos para o mapa das entidades e sua
correspondente listagem na FeatureManager, nós veremos algo
como isto.

Paramétrico
As dimensões e relações usadas para criar uma entidade são capturadas e armazenadas no
modelo. Isto permite a você não só capturar a intenção de projeto como também fazer
modificações no modelo de forma rápida e fácil.
• Driving Dimensions: Estas são as dimensões usadas quando criamos uma entidade.
Estas incluem as dimensões associadas com a geometria do sketch, bem como
aquelas associadas com a própria entidade. Um exemplo simples disto pode ser uma
entidade simples como uma saliência cilíndrica. O diâmetro deste cilindro é
controlado pelo diâmetro do círculo no sketch. A altura do cilindro é controlada pela
profundidade a qual o círculo foi extrudado quando a entidade foi feita.

9
Lição 1
Introdução

• Relações geométricas: Estas incluem informações como paralelismo, tangência e


concentricidade. Historicamente, este tipo de informação foi sendo transmitido em
desenhos via símbolos de controle de entidades. Pela captura disto em um sketch, o
SolidWorks habilita você a definir totalmente suas intenções de projeto no modelo.
Modelamento Sólido
Um modelo sólido é o tipo mais completo de modelo geométrico usado em sistemas CAD. Ele
contém todas as linhas de contorno e superfícies geométricas necessárias para descrever
totalmente as arestas e faces de um modelo. Em acréscimo as informações geométricas, ele tem
informações chamadas topológicas que representam a geometria. Um exemplo de topologia
seriam as faces (superfícies) que se encontram na aresta. Esta "inteligência" faz operações como
arredondamento, tão fáceis como selecionar uma aresta e especificar o raio.
Totalmente Associativo
Um modelo SolidWorks é totalmente associativo com os detalhamentos e as montagens a ele
referenciados. Mudanças no modelo são automaticamente repassadas aos detalhamentos e
montagens. Da mesma forma, você pode fazer mudanças no contexto do detalhamento ou
montagem e saber que aquelas mudanças serão repassadas ao modelo.
Restrições
Relações geométricas como paralelismo, perpendicularidade, horizontalidade, verticalidade,
concentricidade e coincidência são só algumas das restrições suportadas pelo SolidWorks. Em
acréscimo, podem ser usadas equações para estabelecer relações matemáticas entre parâmetros.
Pelo uso de restrições e equações, você pode garantir que os conceitos de projeto tais como
furos passantes e raios iguais sejam capturados e mantidos.
Intenções de Projeto
A intenção de projeto é seu plano para saber como um modelo vai se comportar quando ele for
mudado. Por exemplo, se você modela um sólido com um furo do tipo cego e, o furo deve ser
movido quando o sólido é movido. Da mesma forma, se seu modelo tem um padrão circular de
um furo dividido em seis espaços iguais, o ângulo entre os furos pode mudar automaticamente
se você mudar o número de furos para oito. As técnicas que você usa para criar um modelo
determinam como e que tipo de intenções de projeto você captura.

Intenção de Projeto
Para você usar um modelador paramétrico como o SolidWorks eficientemente, você deve
considerar a intenção de projeto antes de modelar. A intenção de projeto é o seu plano para
saber como vai se comportar o modelo quando for alterado.A maneira pela qual o modelo é
criado governa como ele será mudado. Inúmeros fatores contribuem no modo como você
captura as intenções de projeto.

10
Lição 1
Introdução

Relações Automáticas (sketch)


Baseada em como as geometrias são desenhadas no sketch, estas relações podem fornecer
relações geométricas comuns entre objetos, tais como paralelismo, perpendicularidade,
horizontalidade e verticalidade.
Equações
Usadas para relacionar dimensões algebricamente, elas fornecem um caminho externo para
forçar mudanças.
Adicionando Relações
Adicionadas ao modelo quando ele é criado, relações fornecem outras formas de conectar
geometrias relacionadas. Algumas relações comuns são concentricidade, tangência,
coincidência e colinearidade.
Dimensionamento
O modo pelo qual um sketch é cotado terá um impacto sobre as intenções de projeto. Adicione
cotas de modo que reflita como você gostaria de alterá-las depois.
Exemplos de Intenção de Projeto
Alguns exemplos de diferentes intenções de projeto em um sketch
são mostrados a seguir.
Um sketch cotado como este manterá os furos 20mm de cada
aresta sem ligação com a largura da placa, 100mm, quando for
mudado.
Cotas do tipo Baseline como estas manterão os furos posicionados
relativos a aresta esquerda da placa. As posições dos furos não são
afetadas por mudanças na largura da placa..

Cotagem de uma aresta e de um centro a outro, manterá a distância


entre o centro dos furos e permitirá que se mude aquela medida.

Como as entidades afetam as intenções de projeto


As intenções de projeto são afetadas além do modo como um sketch é cotado. A escolha das
entidades e a metodologia de modelamento também são importantes. Por exemplo, considere o
caso deste simples eixo escalonado a direita. Existem vários modos de construir esta peça.
A aproximação "Bolo de Camadas"
A aproximação por camadas constrói a peça uma parte de cada vez,
adicionando cada camada, ou entidade, como na ilustração:

11
Lição 1
Introdução

A mudança da espessura de uma camada causa um efeito em cascata, mudando a posição de


todas as camadas que foram criadas depois.
A Aproximação por Revolução
A aproximação por revolução permite a construção com uma única
entidade, entidade revolucionada. Um único sketch representando a
seção longitudinal inclui todas as informações e cotas necessárias
para fazer a peça como uma única entidade. Enquanto este modo
parece ser muito eficiente, contendo todas as informações em um
único sketch, ele limita a flexibilidade do modelo e pode tornar as
mudanças um pouco mais complicadas.
A aproximação por Fabricação
A aproximação por fabricação imita o modo como ele será fabricado. Por exemplo, se este eixo
escalonado for fabricado em um torno, você começaria a peça com uma barra bruta e removeria
material usando uma série de cortes.

Ícones não Selecionáveis


Às vezes, você notará comandos, ícones e opções de menu na cor cinza e não terá acesso a eles.
Isto porque você pode não estar trabalhando em um ambiente apropriado para acessar aquela
opção. Por exemplo, se você está trabalhando em um sketch (modo Edit Sketch), você terá
acesso a todas as ferramentas de sketch. Entretanto não pode selecionar ícones como fillet ou
chamfer na Barra de ferramentas Feature . Da mesma forma, quando está no modo Edit Part
não pode acessar as ferramentas de sketch, que estão na cor cinza e, portanto, não selecionáveis.
Este modo ajuda o usuário inexperiente pela limitação das escolhas as que são apropriadas,
grifando em cinza as inapropriadas.
Pré-Seleção ou Não?
Como normalmente acontece, no SolidWorks não é preciso que você pré selecione objetos antes
de abrir um menu ou um caixa de diálogo. Por exemplo, se você quer adicionar alguns
arredondamentos às arestas de seu modelo, você está completamente livre pode escolher as
arestas e clicar em Fillet , como também, pode clicar em Fillet e só depois selecionar as arestas.
A escolha é sua.

12
Lição 1
Introdução

A Interface de Usuário do SolidWorks


A interface SolidWorks com o usuário é uma interface nativa Windows, e como tal comporta-se
da mesma maneira como as outras aplicações do Windows. Alguns dos mais importantes
aspectos desta interface estão identificados a seguir:

Menus Janela do Documento

Barra de
Feature Ferramentas
Manager

Área de
Status

Área Gráfica

Menus
Os menus fornecem acesso a todos os comandos do SolidWorks.
Quando um item do menu tem sua seta apontando para a direita, como esta
, significa que há um sub-menu associado a esta opção.
Quando um menu é seguido por uma série de pontos, como este ,
significa que esta opção abre um caixa de diálogo com opções ou
informações adicionais.
Atalhos de Teclado
Alguns itens de menu indicam um atalho de teclado, como este
o SolidWorks comporta convenções do padrão Windows como os atalhos Ctrl+O para File,
Open ; Ctrl+S para File, Save; Ctrl+Z para Edit, Undo , e assim por diante. Você também pode
criar seus próprios atalhos.
Barras de Ferramentas
Os menus tipo barra de ferramenta fornecem acesso aos comandos de uso mais freqüente. As
barras de ferramentas são organizadas de acordo com a função, mas você pode customizá-las
removendo ou reorganizando as ferramentas de acordo com suas preferências. As opções
individuais serão vistas em detalhe durante o curso.

13
Lição 1
Introdução

Exemplo de uma Barra de Ferramentas


Um exemplo de uma barra de ferramentas, no caso barra de ferramentas Standard é mostrado a
seguir. Esta barra de ferramentas contém funções comumente usadas como abrir documentos
novos ou existentes, salvar, imprimir, copiar e colar, desfazer, refazer e ajuda.

Tornando as barras de Ferramentas


Visíveis
Você pode ligar ou desligar uma barra de
ferramentas usando dois métodos:
• Clique Tools, Customize…. Na
página toolbars, clique os check
boxes para selecionar cada barra
de ferramentas que você quer que
seja mostrada. Apagando os
check boxes você as oculta.
Nota: Para ter acesso a Tools,
Customize, é preciso ter um documento
aberto.

• Clique com o BDM na área das barra de ferramentas, no SolidWorks.


Note que as marcas indicam quais barras de ferramentas estão
visíveis. Desmarque as que você quer ocultar.

Arranjando as Barras de Ferramentas


As Barras de Ferramentas podem ser arranjadas de várias maneiras. Elas
podem ser colocadas em todas as quatro bordas da janela do SolidWorks, ou

14
Lição 1
Introdução

movidas na área gráfica ou do FeatureManager. Essas posições são "guardadas" quando você sai
do SolidWorks, assim da próxima vez que você entrar, as barras de ferramentas estarão onde
você as deixou. Um tipo de organização é mostrado a seguir:

Barra de
Ferramentas

Árvore de Projeto FeatureManager


A árvore de projeto FeatureManager é a única parte do SolidWorks que mostra na tela todas as
entidades de uma peça ou montagem. As entidades criadas são adicionadas a árvore de projeto
FeatureManager. Como resultado, a árvore de projeto Feature Manager representa a seqüência
cronológica das operações de modelamento. A árvore de projeto FeatureManager também
fornece acesso a edição das entidades (objetos) que ela contém.
Menus PropertyManager
Muitos comandos do SolidWorks são executados
pelos menus PropertyManager. Os menus
PropertyManager ocupam a mesma posição da tela do
menu FeatureManager, e o substituem quando estão
em uso.
O esquema de cores e aparência do menu
PropertyManager pode ser modificado através de
Tools, Options, Colors . Veja mais informações no
SolidWorks online help.
A linha superior traz os botões padrão OK , Cancel e
Help

15
Lição 1
Introdução

Abaixo aparecem uma ou mais Caixas de Grupo que contém opções relacionadas. Elas podem
ser abertas (expandidas) ou fechadas (contraídas) e em muitos casos ativadas ou desativadas.
Muitos destes comandos também podem ter opções disponíveis no botão direito do mouse. Veja
a seguir:
Botões do Mouse
Os botões esquerdo, central e direito do mouse tem funções diferentes no SolidWorks.
Esquerdo
Seleciona objetos tais como geometrias, menus e objetos na árvore de projeto FeatureManager.
Direito
Ativa diretamente um atalho de menu. Os conteúdos do menu diferem dependendo sobre qual
objeto o cursor está. Estes menus também representam atalhos para comandos usados
freqüentemente.
Central
Rotaciona, move ou aproxima/afasta a peça ou montagem. Somente move em detalhamentos.
Feedback do Sistema
O Feedback é fornecido por um símbolo vinculado à seta do
cursor indicando o que você está selecionando ou o que o
sistema espera que você selecione. Como o cursor flutua Vértice Aresta Face Dimensão
acima do modelo, a resposta virá na forma de um símbolo, aparece próximo ao cursor. A
ilustração mostra alguns destes símbolos: vértices, arestas, faces e cotagens.
Opções
Localizado em Tools , a caixa de diálogo Options deixa você customizar o SolidWorks, para os
padrões de desenho de sua companhia, bem como suas preferências individuais e ambiente de
trabalho.

16
Lição 1
Introdução

Customização
Você tem vários níveis de customização, são eles:
Opções do Sistema
As opções agrupadas sob este título System Options são salvas no sistema e afetam todos os
documentos que você abrir em sua seção do SolidWorks. As configurações do sistema deixam
você controlar e customizar seu ambiente de trabalho.
Propriedades de Documento
Certas configurações são aplicadas a um documento individual. Por exemplo, unidades, padrões
de desenho, e propriedades de material (densidade) são todos propriedades de um documento.
Eles são salvos com o documento e não são modificados, independente do sistema no qual ele
for aberto.
Documentos modelo
Documentos modelo são documentos predefinidos que são carregados com certas configurações
específicas. Por exemplo, você pode querer dois diferentes modelos para peças. Um com
configurações inglesas, tais como padrões de desenho ANSI, e unidades em polegadas; e outro
com configurações do sistema métrico, tais como unidades em milímetros e padrões de desenho
ISO. Você pode configurar vários documentos de acordo com sua necessidade. Eles podem ser
organizados em diferentes pastas para um acesso fácil quando abrimos um novo documento.
Você pode criar documentos modelo para peças, montagens, e detalhamentos.

Objeto
Muitas vezes as propriedades de um objeto individual podem ser mudadas ou editadas. Por
exemplo, você pode mudar o modo que como uma cota é mostrada, para suprimir uma ou ambas
linhas de chamada, ou mudar a cor de uma entidade.

17