Centro de Ciências Agrárias Ambientais e biológicas

DIFERENCIAÇÃO SEXUAL E ANOMALIAS DA DIFERENCIAÇÃO
Dra. Larissa Pires

Diferenciação Sexual

Sexo Cromossômico
Braço curto do Cromossoma Y Gen SRY (sex-determining region on the Y chromosome) Proteína TDF (Fator determinante de testículo)

Diferenciação Sexual Sexo Gonadal Presença do Cromossoma Y TDF – Diferenciação para testículo da gônada indiferenciada: inicialmente pela diferenciação das células de Sertoli .

sinus urogenital (uretra. DHT (5α-redutase) 10x mais afinidade com os receptores da T . tubérculo genital (pênis) e prega genital (escroto) . ducto deferente e glândulas vesiculares).Diferenciação Sexual Sexo Fenotípico ou Somático Hormônio Inibidor dos Ductos de Muller – células de Sertoli Fator semelhante a insulina tipo 3 e Testosterona – células de Leydig – descida do testículo Testosterona – ductos de Wolff (epidídimo. próstata e bulbouretral).

Diferenciação Sexual Sexo Comportamental Os andrógenos são convertidos a estrógenos pela aromatase no SNC .

Estruturas Embrionárias .

.

Desenvolvimento das Estruturas Embrionárias .

Diferenciação Sexual Macho – Dependente de hormônio – Ocorre de forma ativa Ocorre mais precocemente que a fêmea Fêmea – Independente de hormônio – Ocorre de forma passiva Ocorre mais tardiamente que o macho .

Intersexos Alteração no desenvolvimento anatômico e fisiológico reprodutivo do animal Sexo fenotípico contrapõe ao sexo cromossômico Características marcantes de ambos os sexos .Intersexualidade .

Hermafroditismo Hermafrodita verdadeiro Pseudo-hermafrodita Macho Pseudo-hermafrodita Fêmea .

testículos e ovotestes •Variadas alterações no sistema tubular •Normalmente é XX •Mais frequente em suínos e caprinos .Hermafrodita verdadeiro •Apresentam graus variados de combinações de ovários.

podem ser XX ou XY (mais frequente XX em suínos e caprinos •Pseudo-hermafrodita fêmea: Possuem ovários e genitália interna de macho •Mais comuns verdadeiro que o hermafrodita .Pseudo-hermafrodida Macho/Fêmea •Pseudo-hermafrodita macho: Possuem testículos e genitália externa de fêmeas.

Freemartinismo .

raro nas outras espécies .XX-XY •Frequente em bovinos.Freemartin •Parto gemelar (2%) •Um feto fêmea e um feto macho (1:200) •Feto macho influencia por meio hormonal e celular a diferenciação sexual do feto fêmea •Anastomose de vasos coriônicos (40 dias de gestação) •Feto fêmea: quimera 60.

Freemartin •O feto macho não apresenta fertilidade reduzida •Fêmea é infertil (95%) •Quimera •Ovários atrofiados com pouca secreção hormonal •Vulva infantil em fundo de saco cego •Glândulas mamárias infantis .

Alterações no SR: Intersexo •Hipertrofia de clitores com presença de grande quantidade de pêlos •Pseudobolsa escrotal com presença ou não de conteúdo •Testículos atrofiados. com presença de epidídimo. útero e vagina •Vagina com fundo de saco cego •Aparelho genital infantil .

bolsa escrotal direita com testículo e ausência de prepúcio. sem epidídimo. . O testículo direito apresentou hipoplásico. uterinos. Ao exame histopatológico dos cornos observou-se formações glandulares e revestimento epitelial cilíndrico.Hermafroditismo: Suíno Os autores relatam a ocorrência de um caso de intersexualidade em um suíno de 6 meses de idade. À cariotipia observou-se cromossoma X e Y. Ao exame do testículo esquerdo não observou-se túbulos seminíferos. testículo direito intra-abdominal degenerado. cédulas de sertoli e demais células sexuais. sendo geneticamente o animal do sexo masculino. Ao exame pós-mortem observou-se cornos. O animal apresentava caracteres femininos com clitóris. fenda vulvar.

Síndrome de Turner Equina (63. X0) Síndrome da Insensibilidade Androgênica .

Defeitos no cromossoma sexual Sexo Cromossômico Cromossoma Y Gen SRY (sex-determining region on the Y chromosome) Proteína TDF Machos XX – defeitos na meiose do macho Fêmeas XY – defeitos na meiose do macho Fêmeas XO – Perda do cromossoma X .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful