De repente, uma pele quente é tocada por minhas mão.

Meus dedos passeiam lenta e suavemente em seu corpo. Cada passo delineando mais seus contornos belos, sua epiderme sensível, macia e, acima de tudo, quente. Não sei quanto tempo durou tão sublime ritual, mas a cada vez que acontecia, mais e mais surpeendente cada reação de cada indivíduo se tornava. não haviam palavravas, não era preciso. todo o seu corpo falava em sequências de leves espamos. O máximo que seus lábios poderiam, e conseguiriam executar nada mais era do que uma mordiscada em meu pescoço, orelha e lábios, um suspiro quase inocente de pleno prazer. E então, começa o segundo ato. Seus lábios agora, quentes como os de todos os indivíduos que me procuram, retribue todo o prazer preliminar... Quentes, húmidos... Uma suave dentada, não para morder...Apenas massacrar e torturar a mim, mal sabendo que seria sua a tortura... É dada a sequência ao terceiro e último ato... Minhas mãos não mais passeiam, mas exploram cada lacuna da anatomia de seu corpo. Suas coxas, trêmulas, desobedecem o receio que abarcam pensamentos e arrependimentos. Seu corpo gera espasmos de maior selvageria: O devir, o prazer, todo o gozo daquele momento em uma singela flor-de-lótus... Dois corpos...um corpo...corpo algum... Suas mão, encostadas na porta, um ato triste de um adeus, seja lá de quem for... A textura daquelas notas. As coloco no bolso, saio daquele lugar...Amanhã terei mais um belo serviço e um bom pagamento.

bom, você tem um espírito crítico muito forte. isso é muito bom hahaha... vou levar como elogio, obrigada mas há um contraponto eu sou realmente muito critica, as vezes critico do modo errado, mas sempre procuro melhorar eu não diria q vc critica errado. desde literatura "acessível à criança" eu via seus comentários, e não vejo modo errado em nenhum deles, mas há um mínimo detalhe pelo qual você escorrega algumas vezes... humm quando você afirma algo...isso se torna uma grande armadilha, e uma ou outra vez eu já a ouvi afirmar... é, normalmente o que acontece que é que durante o debate eu acabo absorvendo opinioes dos outros e mudando minha propria opinião. eu acho que os debates academicos sao para isso, para aprender e nao para ter uma opiniao formada e engessada. se você fala algo eu me sinto a vontade para absorver a nova informação.

.hauhauiha kkkkk.eu. ele finge que sabe algo. ele usa muitas referencias a toa pronto para dar aquele texto um toque de sei de tudo.... comos e houvesse estudado aquilo durante anos. borges fala sobre todas as coisas como se tivesse uma real propriedade sobre elas.Justo e mudar minha opinião é um processo educativo. vc faz essa ultima fala.. mas ele nao estudou de outra forma hum.preciso repetir? Ñ. ok. pq eu estou ali aprendendo não falei sobre isso..vamos fingir que vc está numa banca de mestrado.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk certo. ok? Ok. ok?? Ok..leia esse comentário agora para si mesma ja li se eu pedisse que vc interpretasse agora mesmo. oq vc interpretária? trace um comentário "miojo". algo assim. pode ser? vc estará defendendo esse posicionamento sobre borges e eu serei um dos professores da banca. esclarecendo melhor.. como um dos membros da banca diria o seguinte: . mas nao acho isso ruim. entao durante os debates isso é falho pq eu acabo perdendo meu ponto discussivo.. mas não sabe na verdade.? interpretando.. posso usar um exemplo? Pode vc se lembra do seu comentário sobre Borges? Lembro vc poderia reproduzí-lo aqui e agora? eu disse que borges era o maior fingidor da historia.... né? Isso.......

como uma crítica literária.. seja no texto literário...melhor..Inclusive esse foi um dos capítulos de seu trabalho que mais me chamou a atenção.. e compartilhando de produções críticas a respeito do autor. como membro dessa banca..” e também algumas resenhas sobre o autor “compreendo.. "Mas.. minha opiniao é formada com base nas proprias entrevistas de borgues lidas por mim "E todas essas entrevistas documentam 100% da vida dele?" em nenhuma entrevista se docuementa 100% da vida de outra pessoa.." principalmente uma posiçao tao controversa sobre um autor tao renomado "Mais do que isso. eu porém . a colega se importaria em responder uma questão que anotei e gostaria de fazer?" Sim. "Diante de tamanha. e por isso se atém a pontos documentados tanto da obra quanto da vida de Borges. como crítico.... tão perigosa afirmação.. poderia sugerir algo.. Em literatura.. a única coisa que ia pontuar em seu tópico sobre borges diz respeito apenas a uma mudança lexical” . como você encontrou. eu sei que na critica literária é esperado que eu tenha algum embasamento teórico que sustente minha informação."Bom. ou na teoria..” e a partir disso passei a acreditar que ele é um ótimo fingidor "Excelente!" Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk "E sinceramente.que Borges nada estudou sobre alguns assuntos dos quais trata em suas obras?" bom. posso e tenho o direito de com base no que é dito por outra pessoa ter uma opinião sobre ela eu li inúmeras entrevistas “Sim..Porém.muito interessante seu posicionamento a respeito dos conhecimentos enciclopédicos de Borges.. ou mesmo na critica literária não há lugar para certezas axiomáticas. senhorita Camila.... ou pelo menos a certeza de sua declaração. posso dizer que nunca vi uma proposição tão interessante sobre ele" caro professor..onde você encontrou dados que afirmem com tamanha certeza.. e poderia dizer. minha cara... que me parece ser a natureza de seu trabalho.

mas ate aonde eu me entendo como leitora. minha cara. ao contrário das demais manifestações de linguagem.. sem base em nada que já foi dito.. minha cara....apesar de seu corpo coberto por jóias e da beleza escultural de seu corpo. ou no seu caso. encaro seu trabalho como uma dama a dançar com 7 véus.. "Fico muito feliz em ver e ouvir sua voz. e se você... eu acredito que posso levantar um questionamento novo e a partir dele tecer uma pesquisa minha.... a minha opinião sobre algo é importante mesmo que seja discrepante da maioria respeitada e tudo o mais. do mesmo modo.Mas se ela deixa desvelado seu belo corpo...Não é o que está claro.. como leitora tanto quanto como pesquisadora consegue desvendar um pequeno segredo nos intrincados labirintos de Borges. pois ngm ainda falou dessa forma sobre esse autor. Mas posso apenar pontuar a unica correção em seu tópico?” Sim. “compreendo." Por fim ele terminaria a fala assim. algo já certo e apontado não se torna atrativo.. mais do que afirmar..eis a chave das mais belas análises. seu belo corpus. . não é um lugar de certezas. sugerir. mas justamente de sugestões..... diga-me. É como uma odalisca árabe que realiza a dança do véu.. eu tenho direito de interpretar um texto como me convier.......eis a única certeza da literatura.se é que alguma certeza exista. Assim sendo...." Humm "Não é tão interessante apresentar este segredo como algo a ser sugerido ao invés de afirmado? Por acaso isso não atrairia mais ainda o leitor de sua critica do que uma simples informação dada?.. Dentro da academia é sempre preciso ter alguem que tenha defendido isso antes mas para mim. o que realmente perturba aquela que a assiste são as partes que ela esconde com seu véu. e não a de outros autores em seu trabalho..A literatura. mas o que está sugerido por trás do véu que atraente a todos. você tem sua voz a sussurrar nas paginas de seu texto?" "A incerteza..mas um detalhe se faz importante quando se trata de literatura... E o melhor de tudo..isso não se torna ainda mais atrativo quando ao invés de meia dúzia de teóricos quaisquer que sejam.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful