You are on page 1of 3

Resumo do artigo – Analise de Conservação de Energia Elétrica nas Indústrias do Setor Metal-Mecânico do Alto Vale do Itajaí.

Bruno Augusto Quintino Ferreira O desperdício apresenta como um dos principais problemas a serem enfrentados, em uma sociedade que o desenvolvimento visa a sustentabilidade, deve focar no uso racional dos recursos naturais de forma a evitar o desperdício. O trabalho foda a busca pela eficiência energética no setor metalomecânica através da adoção de métodos de diagnósticos e analise de conservação de energia poderá contribuir para o crescimento econômico da região do Alto Vale do Itajaí em Santa Catariana. A região do Alto do Alto Vale do Itajaí possui 3 PCH’s mas essa capacidade de geração de energia não é o suficiente para o abastecimento energético da região. O maior responsável pelo consumo energético é o setor industrial metalomecânico. A metodologia de pesquisa foi a utilização do método de seleção de amostragem intencional, onde são escolhidas casos que representem o bom julgamento da população sob algum aspecto, através de estratégica adequada. Foram escolhidas empresas que apresentavam demanda contratada superior a 1MW. Foi feito um questionário e visitas nas três empresas com demanda contratada superior a 1MW e foi selecionada apenas a empresa que apresentou a maior demanda por apresentar processos de usinagem e fundição, por possuir diversidade de cargas representadas por motores elétricos, sistemas de iluminação, sistemas pneumáticos e etc, por apresentar uma equipe técnica apta a auxiliar no levantamento de dados. Não foram considerados na pesquisa de campo a análise da curva de demanda e a análise do sistema de tarifação das empresas. A conservação de energia é visto como um conjunto de medidas de alcance limitado, visando à eliminação de desperdícios. A conversão de energia não está apenas focado na troca de equipamentos obsoletos por mais modernos, mas sim a mudança de hábito. Um conceito mais abrangente envolve a diminuição da quantidade de energia primaria necessária para propiciar o consumo de um mesmo nível de energia útil. Todos os processos usam energia e quase todos podem usar menos. A eficiência usa da energia elétrica poupa recursos naturais, diminuindo as emissões e é um investimento com retorno financeiro garantido. Para determinar a possibilidade de aumento da eficiência deve quantificar as faixas para ser comparada com outras indústrias do mesmo setor. Podem ser dadas ênfases diferentes na análise e tratamento de cargas especificas. Desta forma alguns setores específicos merecem determinadas considerações. A. Motores elétricos e transformadores. Representam de 50 a 70% das cargas, de modo a terem um grande potencial de conservação. È comum encontrar motores mal dimensionados, operando com fator de carga muito baixo ou acoplados a sistemas de variação de velocidade mecânicos. B. Iluminação

Representam 1% de toda energia elétrica consumida no setor industrial. È comum a iluminação excessiva e deve-se explorar a iluminação natural sempre que possível de forma a reduzir o consumo energético. C. Sistemas de refrigeração e ventilação A refrigeração em especial o ar-condicionado é o maior responsável pelos picos de demanda de energia elétrica em instalações comerciais. D. Sistemas de bombeamento As bombas de fluxos e ventiladores possuem um ponto de melhor funcionamento para determinada vazão, altura e rotação, porém na maiorias das instalações indústrias exige das bombas ou dos ventiladores operações fora deste ponto. E. Caldeiras e fornos indústrias. A utilização eficiente da energia térmica em fornos ou caldeiras promove a redução de custos e uma séria de vantagens ambientais, principalmente que 50% da energia da indústria vem de outros combustíveis e o restante de energia elétrica. F. Controle de demanda Visa manter a demanda de energia elétrica o mais próximo possível dos valores contratados. Assim o consumidor paga apenas pela demanda contratada e contribuindo para a diminuição do desperdício. G. Sistemas pneumáticos. É a principal causa de desperdícios são os vazamentos. Além de mal dimensionamento faz o compressor trabalhar além do necessário o rendimento do sistema é baixo e é necessário compressores acionados por grandes motores elétricos. Resultados Obtidos. A. Setores Administrativos No prédio mais antigo da administração deve substituir, fazer a manutenção ou redimensionar os equipamentos ligados a iluminação, micro computares e aparelhos de ar condicionado. Foi observado também que na maioria dos microcomputadores o sistema de gerenciamento de energia estava desativado e o mesmo causa redução de 28% no consumo e causa uma sobrevida de 39%. B. Iluminação Industrial Foi considerado a substituição integral das luminárias e lâmpadas por um sistema mais eficiente e a instalação de telhas translucidas nos setores produtivos. O resultado final estima um redução equivalente de 31,5% do consumo mensal de energia elétrica. C. Motores elétricos

Os motores elétricos representam 37% do consumo mensal. A substituição dos motores Standard por motores de alto rendimento levaram a redução que chegaram a 8% do consumo mensal. D. Transformadores e cabos de alimentação Foi adotado uma política de adequação dos painéis elétricos a norma NR-10. Não foram encontrados painéis com problemas relacionados a dimensionamento e instalações incorretos. E. Fornos de indução e correção do fator de potencia Células capacitivas distribuídas pontualmente nas maiores cargas (fornos e motores), bem como, bancos automáticos para correção dos fator de potência geral das instalações. Com o intuito de diminuir o consumo especifico dos fornos e promover o aumento da eficiência podem ser tomadas as seguintes medidas: Redução das perdas nos isolamentos térmicos, dos vazamentos na estrutura e perdas pelos gases de exaustão; uniformização do regime de trabalho; minimização das aberturas de entrada e saída de carga nos regimes permanentes; pré-aquecimento da carga com os gases efluentes; otimização na utilização do volume do equipamento; otimização na utilização do volume do equipamento; diminuição da umidade inicial de carga; reduções das correntes convectivas nos locais onde fornos estão instalados; redução do tempo de abertura e fechamento das portas; possibilidade de recuperação de calor entre sistemas de fornos; limpeza periódicas das superfícies de troca de calor dos fornos. F. Rede de ar comprimido. A localização dos compressores não favorecia a captação do ar comprimido e isto arreta um consumo maior de energia por parte do compressor e da unidade de tratamento. Foi elaborado estudo para a verificação da real necessidade de pressão de trabalho e para a melhoria das instalações dos compressores. Considerações finais A energia economizada atua no sistema elétrico como uma usina virtual de forma a atuar como inibidor da necessidade de novos investimentos em geração e distribuição de energia. O trabalho mostra que a eficientização é possível sem a necessidade de alteração na demanda de produção, podendo até obter uma melhor eficiência da planta com aumento de produção, a diminuição de gastos com energia e, através da divulgação de resultados, o maior comprometimento dos funcionários com a empresa.