You are on page 1of 47

Manual Operacional

Sala de Situação

Versão 3.0

Manual Operacional do SIPLAG Atualizações no documento Data 18/01/2011 Proprietário Calandra Versão 1.0 Alteração Efetuada Criação da Apostila de Treinamento do Módulo Monitoramento – 23 páginas Revisão da SUBPL com vistas a adequar o documento às necessidades da SEPLAG; alteração do nome para Manual Operacional do Módulo Monitoramento. Revisão da Introdução; alteração do nome para Manual Operacional do Módulo Sala de Situação. Troca para o novo logo do SIPLAG; e introdução da numeração de capítulos e parágrafos padronizada. Revisão geral do documento.

25/07/2011

Leandro Carneiro Fossá

2.0

31/10/2011

Álvaro Abrantes

2.1

20/03/2012

Leandro Carneiro Fossá

3.0

2

Manual Operacional do SIPLAG

Sumário
Capítulo 1: Introdução ............................................................................................................... 4 1.1. 1.2. Objetivo ........................................................................................................................ 4 Público-Alvo................................................................................................................. 4

Capítulo 2: Módulo Sala de Situação ...................................................................................... 5 2.1. Conceitos Básicos do Módulo ...................................................................................... 5 2.2. Visão Geral do Módulo Sala de Situação ................................................................... 5 2.3. Descrição do Processo de Sala de Situação ............................................................. 6 Capítulo 3: Administração da Sala de Situação .................................................................... 8 3.1. Administração do Sistema – Visão Geral ................................................................... 8 3.2. Administração do Sistema – Manutenção de Usuários............................................ 9 3.3. Administração do Sistema – Manutenção Portfólios: Criar ................................... 11 3.4. Administração do Sistema – Manutenção Portfólios: Editar/Excluir .................... 14 3.5. Administração do Sistema – Manutenção de Ciclo ................................................ 16 3.6. Administração do Sistema – Gerenciamento do Histórico .................................... 17 Capítulo 4: Sala de Situação Seleção de Ações ................................................................. 19 4.1. Seleção de Ações: Visão Geral ................................................................................. 19 4.2. Selecionar Ações.......................................................................................................... 20 4.3. Gerar Relatórios das Ações Selecionadas............................................................... 25 Capítulo 5: Sala de Situação – Contexto Consolidado (Portfólio) .................................... 30 5.1. Contexto Consolidado (Portfólio) – Visão Geral ...................................................... 30 5.2. Contexto Consolidado (Portfólio): Visualizar Portfólio & Gerar Relatório ............ 31 5.3. Contexto Consolidado – Visualizar Portfólio (Detalhes) ........................................ 33 Capítulo 6: Sala de Situação – Contexto Ação.................................................................... 38 6.1. Contexto Ação – Visão Geral ..................................................................................... 38 6.2. Contexto Ação: Visualizar Ação & Gerar Relatório ................................................. 39 6.3. Contexto Ação: Visualizar Ação (Detalhes) ............................................................. 41

3

Manual Operacional do SIPLAG

Capítulo 1: Introdução
1.1. Objetivo Fornecer as informações necessárias para o usuário utilizá-lo não só como um guia para entender e poder navegar pelas funcionalidades, mas, também, para consulta sobre dúvidas pontuais para fazer o melhor uso do Módulo Sala de Situação do Sistema de Inteligência em Planejamento e Gestão (SIPLAG).

1.2.

Público-Alvo

Usuários especiais diretamente envolvidos com a gestão dos portfólios, dos programas e das ações estratégicas do Governo do Estado selecionadas para serem monitoradas pela Sala de Situação do SIPLAG.

4

Quando publicou seus primeiros estudos utilizando o conceito de “Sala de Situação” no planejamento e monitoramento de ações governamentais. Conceitos Básicos do Módulo Ação: projeto. cuja tecnologia contribuirá para a consolidação de uma cultura de gestão mais colaborativa e executiva do Estado. (2) ambiente de cooperação. Matus propunha nova abordagem do planejamento e tinha como pressuposto básico ampliar a capacidade de gestão governamental. para facilitar o gerenciamento e o controle físico-financeiro da execução das ações e permitir atingir os objetivos estratégicos das políticas públicas em harmonia com as estratégias de governo. em 1977. Seus painéis. seja via integração de bases de dados. 2. onde diferentes informações. Contextos: (1) são ambientes web que permitem acesso às informações necessárias para desenvolvimento do processo de monitoramento com foco na atualização das informações e colaboração entre os envolvidos. permitindo uma melhor tomada de decisão. Visão Geral do Módulo Sala de Situação Trata-se de uma ferramenta nova.Manual Operacional do SIPLAG Capítulo 2: Módulo Sala de Situação O módulo de Sala de Situação é um ambiente complexo de gestão de contextos. por Carlos Matus. inclusive do SIAFEM-RJ. alguns em tempo real. gráficos e quadros físico-financeiros permitem uma dinamização do trabalho de gestão e da tomada de decisão num nível mais estratégico de Governo. seja via digitação pelos gestores das ações e dos portfólios. são agrupadas e estruturadas de forma a proporcionar uma visão globalizada de uma determinada realidade. intra ou inter programas.2. técnico em planejamento da Comissão Econômica para a América Latina (Cepal). Uma referência à aplicação do conceito de “Sala de Situação” foi publicada. (2) funciona como um centro de gestão de situações críticas e subsidia a tomada de decisão. intra ou inter setorial. O exemplo mais recente é o seu emprego na gestão do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento pelo Governo Federal.1. com atualização de dados de diversos módulos. 5 . Sala de Situação: (1) é um instrumento de planejamento surgido no campo militar. outros atualizados diariamente. com a finalidade de monitorar situações de perigo em que "o tempo" é a variável fundamental. de diferentes origens. Portfólio: conjunto de ações agrupadas. 2. atividade ou operação especial em que um programa está detalhado.

sem que o usuário necessite redigitá-los. No ciclo em aberto. podendo ser de programas setoriais ou multissetoriais. Descrição do Processo de Sala de Situação 1) Primeiro passo: criar um portfólio. “Olimpíadas 2016”. Quando a ação já consta do PPA e da LOA seus dados cadastrais. destacando questões relevantes e pontos de atenção de cada ação do portfólio e uma visão agregada do conjunto do portfólio.confunde-se com a gestão de programa. o módulo de Sala de Situação do SIPLAG objetiva ser uma ferramenta de gestão de Ações do PPA consideradas como estratégicas pelo Governo do Estado e selecionadas para compor um Portfólio de Ações. como por exemplo. metas físicas e informações financeiras são carregados e atualizados automaticamente no módulo de Sala de Situação. a equipe de gestão de cada ação realiza uma análise crítica das informações disponíveis e as recomendações e orientações do gestor do portfólio sobre a Ação e realiza as atualizações necessárias em relação à:  Situação de execução. só será possível acompanhar seus marcos executivos e informações físico-financeiras digitadas no próprio módulo.3. O conceito de monitoramento utilizado no módulo destaca fatores como a produção de informações físicas e financeiras sintéticas e interpretadas a respeito das ações selecionadas. para a implementação das devidas correções de rumo.  Um portfólio pode conter:    uma única ação – confunde-se com a gestão de projeto. É possível acompanhar uma ação nova que ainda não conste do PPA/LOA. por portfólio de ações: trata de informações consolidadas. 2) Segundo passo: o usuário fará uma seleção das ações com finalidades alinhadas ao objetivo “Olimpíadas 2016” cadastradas no SIPLAG. a qual permite o registro de marcos executivos e da proposição de medidas preventivas e corretivas decididas pelo gestor do portfólio e comunicadas ao gestor de cada ação. 2. neste caso. 3) Terceiro passo: é dar inicio aos ciclos periódicos de monitoramento. por meio do próprio módulo. Além da avaliação situacional da Ação. 6 . O módulo oferece dois contextos de acesso às informações:  por ação: trata das informações individualizadas das ações e do seu monitoramento. um conjunto de ações de vários programas – trata-se de uma gestão de portfólio multiprogramática. um conjunto de ações igual ao de um programa . inclusive das atividades que antecedem a sua execução orçamentária e financeira. que deseja monitorar por meio da Sala de Situação e do portfólio “Olimpíadas 2016”. mas. as quais fazem parte de um portfólio.Manual Operacional do SIPLAG Neste sentido.

painéis e gráficos desencadeia um processo de decisão e procedimentos necessários para superar as eventuais restrições ao sucesso da Ação e permitir que providências sejam realizadas e os resultados planejados sejam alcançados. 7 . ou comitê gestor. criando um histórico sobre a execução de cada ação e do portfólio como um todo. acumular vários ciclos de monitoramento. e 4º Tomada de Decisão e definição de medidas corretivas para o sucesso da ação e. 6º Atualização das informações digitadas pelo gestor da ação relativa aos marcos executivos.Manual Operacional do SIPLAG   Marcos executivos da ação. em conseqüência. 5º Implementação das medidas corretivas pelo gestor da ação. providências e encaminhamentos). de seu objetivo e do perfil de seus atores. A manipulação dos dados e informações é exercida por três atores de diferentes alçadas: desde o responsável primário pelas informações. 3º Análise/atualização das informações das Ações. Esta disponibilização de informações em fotos. O módulo Sala de Situação ainda permite. 2º Escolha das Ações que integrarão o portfólio. ao longo do tempo. do portfólio. Informações gerenciais (restrições. Resumo: o processo de Sala de Situação é composto pelas seguintes atividades: 1º Definição do portfólio. e chegando até um comitê gestor de caráter estratégico. e 7º Volta para o passo 3º. passando pelos monitores. do portfólio pelo gestor.

Manual Operacional do SIPLAG Capítulo 3: Administração da Sala de Situação O módulo Sala de Situação tem o acesso a seu menu controlado por meio de perfil próprio na Camada Transacional. Manutenção de Portfólios: gerenciar os portfólios de ações (criar. O menu “Administração” oferece as seguintes funcionalidades. 3. cuja operação será descrita nas próximas páginas:    Manutenção de usuários: gerenciar as permissões de usuários. editar. Administração 8 . mas o controle da navegação dos usuários pelas suas funcionalidades é feito no submódulo Administração do próprio módulo.1. excluir). Administração do Sistema – Visão Geral Esta opção no menu de Sala de Situação só aparece para os usuários com perfil de Administração do sistema. Manutenção de Ciclos: gerenciar as mudanças de ciclos de Sala de Situação.

A alçada do usuário pode ser identificada no topo da tela no lado direito. Vale lembrar que cada usuário pode ter uma alçada diferente para diversos contextos. A primeira exibe os usuários. 3. 2. Tipo de Alçada 1. 2. responsáveis e observadores. Acessar a Manutenção de Usuários  Clicar no menu Administração  Clicar no sub-menu “Manutenção de Usuários” Resultado esperado: abre a tela de “Manutenção de Usuários” e exibe abas de acesso por portfólio e acesso por UO 3. a segunda mostra as alçadas e a última contempla os Portfólios existentes. Cada um deles terá.2. gestores. diferentes liberdades de navegação no sistema. 4. conforme seu grau de autonomia no processo de Sala de Situação das Ações e Portfólios. O perfil do usuário depende da alçada e do tipo de acesso concedidos a cada um.Manual Operacional do SIPLAG 3. Acessar a Sala de Situação  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”.     Clicar na aba “Acesso por portfólio” Selecionar o usuário na primeira combo-box Selecionar a alçada na segunda combo-box Selecionar o portfólio na terceira combo-box 9 . Definir acesso de usuário por portfólio A operação é bem simples: existem três combo-box. Há quatro tipos de alçadas que têm acesso à aplicação: 1. monitores. Administração do Sistema – Manutenção de Usuários O acesso às diversas informações do sistema depende do perfil de cada usuário.

Definir acesso de usuário por UO A operação é semelhante ao acesso por portfólio: existem três combo-box. A primeira exibe os usuários.      Clicar na aba “Acesso por UO” Selecionar o usuário na primeira combo-box Selecionar a alçada na segunda combo-box Selecionar o UO na terceira combo-box Clicar no botão adicionar Resultado esperado: exibe uma nova linha com o nome do usuário/alçada/UO 10 .Manual Operacional do SIPLAG  Clicar no botão adicionar Resultado esperado: exibe usuário/alçada/portfólio uma nova linha com o nome do Combo-box Usuário 4. a segunda mostra as alçadas e a última contempla as UOs existentes.

Abrir o formulário de criação de novo portfólio  Clicar no botão “Novo Portfólio” Resultado esperado: abre o formulário de criação de novo portfólio 11 .3. Acessar a Manutenção de Portfólios  Clicar no menu Administração Resultado esperado: abre a tela de “Manutenção de Portfólios” e exibe a lista dos portfólios já criados e suas respectivas informações Manutenção de Portfólios Botão Novo Portfólio 3. Sala de Situação 2. Acessar a Sala de Situação  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”.Manual Operacional do SIPLAG 3. Administração do Sistema – Manutenção Portfólios: Criar 1.

   Definir o novo portfólio Digitar o nome desejado para o portfólio (campo livre) Digitar a sigla desejada para o portfólio (campo livre) Selecionar na lista de valores a(s) UO(s) responsáveis pela Ação do PPA Pressionar o CTRL para selecionar mais de uma UO UO´s Selecionadas  Clicar sobre o botão exibir ações Resultado esperado: exibe a lista com todas as ações da(s) UO(s) selecionada(s).Manual Operacional do SIPLAG 4.  Clicar no botão salvar Resultado esperado: sistema exibe mensagem de operação realizada com sucesso e o novo portfólio é exibido na lista de portfólios. as quais poderão ser incluídas no novo portfólio. Lista de Ações da (s) UO(s) Botão de seta dupla   Selecionar na lista de valores as ações que farão parte do portfólio Clicar no botão de seta dupla para incluir a ação no portfólio Resultado esperado: ações aparecerem na coluna UO/Programa/Ações Selecionadas Repetir o procedimento para as ações de outras UOs que farão parte do portfólio. 12 .

será necessário excluir a ação do primeiro portfólio e depois realizar a inclusão. Assim.Manual Operacional do SIPLAG Novo Portfólio INFORMAÇÃO ADICIONAL: AÇÕES & PORTFÓLIOS Uma ação pode fazer parte apenas de um portfólio. 13 . se o usuário desejar mudar o portfólio do qual a ação faz parte.

bastando clicar no nome da mesma. 2. Manutenção de Portfólios Consultar Ações do Portfólio 4. Ordenar lista de portfólios A ordenação da lista pode ser definida por qualquer uma das colunas (sigla. Consultar as ações do portfólio  Clicar no hyperlink da coluna “QTD AÇÕES” Resultado esperado: exibe uma lista com todas as Ações do referido Portfólio.4. 14 .Manual Operacional do SIPLAG 3. Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Administração do Sistema – Manutenção Portfólios: Editar/Excluir 1. Acessar a Manutenção de Portfólios  Clicar no menu Administração Resultado esperado: abre a tela de “Manutenção de Portfólios” e exibe a lista dos portfólios já criados e suas respectivas informações 3. quantidade de ações). nome.  Clicar no botão “Nome” Resultado esperado: a lista de portfólios passa a ser organizada por ordem alfabética.

6. em caso de dúvidas a respeito da edição favor consultar a instrução de “Criação de portfólios”.Manual Operacional do SIPLAG 5. Assim. Excluir portfólio  Clicar no menu Administração para retornar à tela de manutenção de portfólios   Clicar no ícone lápis na linha do portfólio que deseja excluir Resultado esperado: exibe janela de confirmação da exclusão Clicar no botão OK para confirmar a exclusão do portfólio 15 . Editar o portfólio  Clicar no ícone lápis na linha do portfólio que deseja editar Resultado esperado: abre a tela de edição de portfólio para que o usuário execute suas alterações INFORMAÇÕES ADICIONAIS: EDIÇÃO DE PORTFÓLIO Os procedimentos de edição são idênticos aos de criação de portfólios.

2. Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Os dados Importados do SIPLAG obrigatoriamente trocam o ciclo.Manual Operacional do SIPLAG 3. 16 . Realizar a troca do ciclo  Clicar na checkbox “Importar dados SIPLAG”  Clicar no botão “Trocar Ciclo” INFORMAÇÃO ADICIONAL A Manutenção de Ciclo é a funcionalidade que permite trocar de Ciclo no sistema de Sala de Situação e definir se deseja importar dados do Siplag. 3. Acessar a Manutenção de Usuários  Clicar no menu Administração  Clicar no sub-menu “Manutenção de Ciclo” Resultado esperado: abre a tela de “Manutenção de ciclo”.5. Administração do Sistema – Manutenção de Ciclo 1. exibe o ciclo atual e a opção de troca de ciclo.

Título (do empreendimento). Por isso. INFORMAÇÃO ADICIONAL: HISTÓRICO Automaticamente uma tabela com o histórico de alterações realizadas na aplicação aparece na tela com as seguintes informações: o o o o Data/Hora. Acessar o Gerenciamento do Histórico  Clicar no menu Gerenciamento  Clicar no sub-menu “Histórico” Resultado esperado: abre a tela de “Gerenciamento de Histórico”. Ação 17 .Manual Operacional do SIPLAG 3. Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Usuário/Perfil. Administração do Sistema – Gerenciamento do Histórico As informações de monitoramento devem ser tratadas com atenção e suas alterações devem ser analisadas de forma detalhada. está disponível na aplicação um relatório com o histórico de atualizações para os administradores.6. gestores e monitores. 2. 1. exibe o ciclo atual e a opção de troca de ciclo.

o usuário pode filtrar as atualizações que deseja visualizar. Filtrar o histórico de atualizações Para restringir a visualização das atualizações realizadas na aplicação. 18 .Manual Operacional do SIPLAG o o Campo alterado.   Digitar o período início e fim Clicar no botão pesquisar Resultado esperado: tabela com o histórico de alterações realizadas apresenta somente as alterações realizadas no período filtrado. Valor atualizado 3.

Seleção de Ações: Visão Geral Ao acessar a Sala de Situação. Seleção   19 . São disponibilizadas as seguintes funcionalidades:   Acessar diretamente os Portfólios criados.Manual Operacional do SIPLAG Capítulo 4: Sala de Situação Seleção de Ações 4.1. Gerar relatórios sobre as Ações selecionadas. Selecionar/listar as Ações a partir de quatro tipos de filtros o Filtro por Situação o Filtro por Programa o Filtro por UO o Filtro por Portfólio Realizar buscas por ações e palavras-chaves. Esta tela é o primeiro item do Menu principal da aplicação e oferece ao usuário um painel de controle para uma análise rápida das Ações monitoradas. a tela de Seleção de é automaticamente aberta.

3. Acessar a Sala de Situação  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” 20 . Selecionar Ações 1.br/ Resultado esperado: carrega a página de acesso ao SIPLAG 2. Entrar na página do sistema  Digite em seu navegador de internet (Internet Explorer ou Mozilla Firefox) o endereço (URL): http://www.Siplag.Manual Operacional do SIPLAG 4.gov. entrar em contato com o Administrador do sistema. Inserir as informações de acesso ao sistema  Digite no campo “Usuário” seu número de CPF.rj.  no campo “Senha” a senha que foi escolhida Caso seja o primeiro acesso utilizar a senha padrão Siplag  Clique no botão “Login” Resultado esperado: abre a página “Minhas Mensagens” OBS: caso ainda não esteja cadastrado.2.

Manual Operacional do SIPLAG Sala de Situação Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Aplicar filtro para seleção de Ações (por situação)  Clicar no ícone seta na aba “Situação” Resultado esperado: expande caixa com as opções de filtro  Clicar nas checkboxes para a(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) Resultado esperado: as opções selecionadas aparecem na caixa “Opções Marcadas” Seleção de Situações e Estágios  Clicar no botão listar Resultado esperado: lista as ações que se enquadram na(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) são exibidas 21 . Tipos de Filtros 4.

Manual Operacional do SIPLAG INFORMAÇÃO ESTÁGIOS ADICIONAL: DETALHES DE SITUAÇÕES & Situações utilizadas na Monitoramento do SIPLAG:      Adequado Atenção Concluído Não Informado Preocupante Estágios utilizadas no Monitoramento do SIPLAG:         Concluído Em execução Em Licitação da Obra Em licitação Ação Preparatória Sem informação Em Operação Em Obra 5. UO ou Portfólio)  Clicar no ícone seta na aba de Programa. UO ou Portfólio Resultado esperado: expande caixa com a respectiva lista Clicar na lista de valores nos nomes desejados Use o CTRL para selecionar mais de um item da lista Resultado esperado: as opções selecionadas aparecem na caixa “Opções Marcadas”   Clicar no botão listar Resultado esperado: lista as ações que se enquadram na(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) são exibidas 22 . Aplicar filtro para seleção de Ações (por Programa.

Facilitando a priorização e destaque de Ações que estejam com status preocupante ou agrupando aquelas cujos prazos estejam mais próximo de expirar. Analisar Ações Selecionadas (Painel de Controle) A partir do filtro aplicado no passo anterior será gerada uma lista semelhante à lista abaixo. INFORMAÇÃO ADICIONAL: PAINEL DE CONTROLE a) UO/Programa/Cód. as mesmas permanecem até que o usuário clique no botão “Limpar” 6. propiciando.  Clicar no botão seta acima do título da coluna desejada para ordenar a lista Resultado esperado: a lista de ações é reordenada.Manual Operacional do SIPLAG INFORMAÇÃO ADICIONAL: FILTROS   Os filtros podem ser combinados. assim. b) Situação: exibe a situação atual da ação (verificar quadro anterior para detalhes) c) Estágio: exibe o estágio atual da ação (verificar quadro anterior 23 . programa. UO e portfólio ao mesmo tempo Deve-se atentar que ao marcar algumas opções de filtros. assim pode-se filtrar as ações por situação. A lista de Ações pode ser ordenada conforme Situação ou Data Fim. e assim pode-se ter uma visão ampla da situação das Ações. maior destaque para as Ações que precisam de mais atenção. Ação/Título: são as informações cadastradas no SIPLAG e importadas automaticamente pelo SIPLAG.

Detalhes da Ação 24 . O exemplo abaixo apresenta uma ação com situação preocupante e para descobrir o que está acontecendo de forma mais aprofundada o que está acontecendo. e) Valor liquidado: informação importada do SIAFEM e se refere aos valores orçamentários que estão destinados a um fornecedor em função da efetiva entrega de um bem/serviço definido em contrato. de acordo com o cadastrado no SIPLAG.Manual Operacional do SIPLAG para detalhes) d) Data fim: previsão de conclusão da ação. Visualizar detalhes de Ações A partir da análise das ações o usuário pode visualizar os detalhes das ações. f) % Realizado: avanço físico da ação. 7.  Clicar no hyperlink do nome da ação Resultado esperado: abre nova tela que exibe os detalhes da ação.

br/ Resultado esperado: carrega a página de acesso ao SIPLAG 2.Siplag.3.rj. Gerar Relatórios das Ações Selecionadas 1. Inserir as informações de acesso ao sistema  Digite no campo “Usuário” seu número de CPF. Entrar na página do sistema  Digite em seu navegador de internet (Internet Explorer ou Mozilla Firefox) o endereço (URL): http://www.Manual Operacional do SIPLAG 4. Tipos de Filtros 4. Aplicar filtro para seleção de Ações (por situação)  Clicar no ícone seta na aba “Situação” Resultado esperado: expande caixa com as opções de filtro  Clicar nas checkboxes para a(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) Resultado esperado: as opções selecionadas aparecem na caixa “Opções Marcadas” Seleção de Situações e Estágios 25 . Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”.  no campo “Senha” a senha que foi escolhida Caso seja o primeiro acesso utilizar a senha padrão Siplag  Clique no botão “Login” Resultado esperado: abre a página “Minhas Mensagens” 3.gov.

UO ou Portfólio) opcional  Clicar no ícone seta na aba de Programa. Facilitando a priorização e destaque de Ações que estejam com status preocupante ou agrupando aquelas cujos prazos estejam mais próximo de expirar. Analisar Ações Selecionadas (Painel de Controle) A partir do filtro aplicado no passo anterior será gerada uma lista semelhante à lista abaixo. 26 . assim pode-se filtrar as ações por situação. assim. propiciando. maior destaque para as Ações que precisam de mais atenção. Aplicar filtro para seleção de Ações (por Programa.  Clicar no botão seta acima do título da coluna desejada para ordenar a lista Resultado esperado: a lista de ações é reordenada. A lista de Ações pode ser ordenada conforme Situação ou Data Fim. UO e portfólio ao mesmo tempo Deve-se atentar que ao marcar algumas opções de filtros. programa. e assim pode-se ter uma visão ampla da situação das Ações. as mesmas permanecem até que o usuário clique no botão “Limpar” 6. UO ou Portfólio Resultado esperado: expande caixa com a respectiva lista  Clicar na lista de valores nos nomes desejados Use o CTRL para selecionar mais de um item da lista Resultado esperado: as opções selecionadas aparecem na caixa “Opções Marcadas”  Clicar no botão listar Resultado esperado: lista as ações que se enquadram na(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) são exibidas INFORMAÇÃO ADICIONAL: FILTROS   Os filtros podem ser combinados.Manual Operacional do SIPLAG  Clicar no botão listar Resultado esperado: lista as ações que se enquadram na(s) situação(ões) e/ou estágio(s) desejado(s) são exibidas 5.

com as respectivas colunas (UO. etc). % Realizado. contendo alguns dados da mesma. etc) 27 . Programa. Programa.... Gerar Pendências: gera um relatório em PDF que exibe as pendências referentes aos Acompanhamentos das Ações.Manual Operacional do SIPLAG 7. Gerar Apresentações: gera uma apresentação em PPT na qual cada slide representa uma Ação... % Realizado.. Gerar relatório de Ações Selecionadas INFORMAÇÃO ADICIONAL: TIPOS DE RELATÓRIOS  Exportar: gera uma planilha em Excel contendo todas as Ações exibidas na tela.1 Gerar relatório de Ações Selecionadas – Exportar para Planilha  Clicar no botão “Exportar Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK Resultado esperado: gera uma planilha contendo todas as Ações exibidas na tela.   7. com as respectivas colunas (UO...

Manual Operacional do SIPLAG 7. contendo alguns dados da mesma 28 .2 Gerar relatório de Ações Selecionadas – Gerar Apresentações  Clicar no botão “Gerar Apresentação” Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK Resultado esperado: gera uma apresentação em PPT na qual cada slide representa uma Ação.

3 Gerar relatório de Ações Selecionadas – Gerar Pendências  Clicar no botão “Gerar pendências” Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK Resultado esperado: gera um documento PDF com as pendências referentes ao acompanhamento das ações selecionadas 29 .Manual Operacional do SIPLAG 7.

Manual Operacional do SIPLAG Capítulo 5: Sala de Situação – Contexto Consolidado (Portfólio) 5. Evolução do estágio do portfólio. Arquivos anexos. Geração de relatórios em formato PDF e PPT. Lista de envolvidos no portfólio. Nesta tela. Resumo do portfólio. o usuário pode realizar atualizações referentes ao Acompanhamento Gerencial e consultar as seguintes informações a respeito do portfólio selecionado:         Evolução da situação do portfólio. Contexto Consolidado (Portfólio) – Visão Geral A tela de “Contextos” permite a visualização e o acompanhamento consolidado de todas as Ações que fazem parte de um Portfólio. 30 .1. Acompanhamento gerencial. Ações selecionadas no portfólio.

4. Visualizar Portfólio  Clicar no hyperlink do título do portfólio cadastrado Resultado esperado: exibe informações consolidadas e funcionalidades a respeito do portfólio escolhido. Acessar o Contexto Consolidado  Clicar no menu Contexto  Clicar no sub-menu “Consolidado” Resultado esperado: exibe a tela com os portfólios cadastrados e suas informações.rj.gov.2.br/ Resultado esperado: carrega a página de acesso ao SIPLAG 2. Contexto Consolidado (Portfólio): Visualizar Portfólio & Gerar Relatório 1. Gerar Relatório do Portfólio – tipo Básico (PDF)  Clicar no botão Relatório Básico (PDF) Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK  Resultado esperado: gera um relatório com informações consolidadas sobre o portfólio 31 . 6. Inserir as informações de acesso ao sistema  Digite no campo “Usuário” seu número de CPF.  no campo “Senha” a senha que foi escolhida Caso seja o primeiro acesso utilizar a senha padrão Siplag  Clique no botão “Login” Resultado esperado: abre a página “Minhas Mensagens” 3.Siplag.Manual Operacional do SIPLAG 5. Entrar na página do sistema  Digite em seu navegador de internet (Internet Explorer ou Mozilla Firefox) o endereço (URL): http://www. Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento  Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Título dos Portfólios Cadastrados 5.

Manual Operacional do SIPLAG 7. Gerar Relatório do Portfólio – tipo Completo (PDF)  Clicar no botão Relatório Completo (PDF) Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK  Resultado esperado: gera um relatório com informações consolidadas sobre o portfólio Gerar Relatórios 32 .

A aba “Valor” exibe o total do valor financeiro das Ações em determinada situação.Manual Operacional do SIPLAG 5. Contexto Consolidado – Visualizar Portfólio (Detalhes) 1. 2.3. A aba “Quantidade” exibe simplesmente a quantidade de Ações em cada situação. Evolução da Situação Mostra a situação das Ações do Portfólio. 33 . A diferença é que nesse caso são exibidos os estágios das Ações do Portfólio. Evolução do Estágio Similar ao quadro “Evolução da Situação”.

Manual Operacional do SIPLAG 3. 4. aparece um ícone para que o usuário possa escrever um comentário. Lista de Envolvidos Essa região exibe os usuários envolvidos com o Portfólio e a função que cada um deles exerce no Portfólio. Resumo do Portfólio O quadro Resumo do Portfólio exibe informações consolidadas de todas as Ações do Portfólio. aparecerá um “lápis” que permite editar alguns dados do quadro Resumo do Portfólio. ao lado do ícone de comentários.   Clicar no botão “Selecionar Arquivo” Resultado esperado: abre nova janela para seleção do arquivo desejado Selecionar o arquivo e clicar no botão abrir Resultado esperado: arquivo selecionado aparece na lista de arquivos anexos 5. Para os usuários com permissão de editar dados do Portfólio. Arquivos Anexos Essa funcionalidade permite incluir arquivos na tela de acompanhamento Consolidado do Portfólio. No canto inferior direito. 34 .

Por aqui é possível acessar diretamente a tela de acompanhamento da ação. 7. 35 . Acompanhamento Gerencial Esta região possibilita gestão dos itens de acompanhamento relacionados ao portfólio. clicar na ação para que seja aberta a tela de monitoramento da mesma. bastando para isso clicar na unidade a qual a Ação está associada e. após isso. Ações Selecionadas Essa região exibe as Unidades que possuem ações associadas ao Portfólio.Manual Operacional do SIPLAG 6.

estão disponíveis as seguintes funcionalidades e atributos que são representadas pelas seguintes colunas desta região: o Ordenação e Identação . excluir. Usuários com alçada Observador só podem visualizar os acompanhamentos. Todos os usuários com alçada: Gestor. Indicador da alçada – Indica a alçada correspondente ao usuário que incluiu o acompanhamento Descrição do acompanhamento . Após inserção de comentário(s) automaticamente este ícone passa de cinza para azul. O objetivo disso é que não haja interferência e seja mantido o processo de prestação e tratamento de informações desde o responsável até os gestores.Permite que o usuário ordene os acompanhamentos dentro de suas classificações e crie hierarquias visuais entre eles. Estas são fundamentais para o acompanhamento da Ação selecionada por viabilizar o compartilhamento do que deve ser feito.Permite que o usuário insira a descrição do acompanhamento Data/Prazo do acompanhamento – Permite que o usuário insira a data limite para resolução do acompanhamento Comentários – Permite que o usuário insira e visualize comentários e também indica se há comentários. Usuários com alçada igual ou superior a do acompanhamento podem editar. mas sempre podem incluir acompanhamentos ou fazer comentários. o o o o o o o Ao editar um acompanhamento este recebe automaticamente a alçada do usuário que realizou a edição. Para concluir a adição do acompanhamento há que se clicar no ícone concluir (“checkmark”). acompanhamentos. Ao passar o mouse em cima do ícone automaticamente aparece uma caixa escrita comentário(X). Monitor e Responsável podem incluir. mudar identação/ordenação e definir alçada dos acompanhamentos. Para todos os acompanhamentos. podendo atualizar os campos: descrição e prazo. por quem foi feito e quando deve ser feito. Edição – Permite que o usuário edite os acompanhamentos. Os acompanhamentos exibidos são relativos apenas ao ciclo de monitoramento aberto.Manual Operacional do SIPLAG As informações desta região são inseridas durante a sala de situação e sua preparação. sendo X o número de comentários inseridos. Ao finalizar a edição o usuário deve clicar no ícone verde “checkmark” para concluir a edição. Exclusão – Permite que o usuário exclua os acompanhamentos Adição – Permite que o usuário adicione um novo acompanhamento ao clicar no ícone + no canto direito na parte de baixo da região. do que foi feito. Esta região possui duas formas de visualização: 36 . Para verificar a alçada dos acompanhamentos basta passar o mouse em cima do ícone indicador da alçada que aparecerá na tela o nome da alçada.

Acompanhamento Gerencial 2: São exibidos os resultados.Manual Operacional do SIPLAG o Acompanhamento Gerencial 1: São exibidos os resultados. restrições e providências somente das alçadas Gestor e Monitor. monitor e gestor). que aparece automaticamente nesta região. Esta é a visão padrão. restrições e providências de todas as alçadas (responsável. Há que se clicar nesta aba no topo desta região para acessar esta visão. o 37 .

Marcos executivos da Ação. As seguintes informações a respeito da Ação selecionada estão disponíveis:          Resumo da Ação. o usuário pode consultar informações e realizar atualizações na Ação. Contexto Ação – Visão Geral A tela de “Contexto Ação” permite a visualização e o acompanhamento individual das Ações que fazem parte de um Portfólio.1. Acompanhamento gerencial. 38 . Situação da Ação. Nesta tela. Dados cadastrais da Ação e seus produtos. Evolução da situação da Ação.Manual Operacional do SIPLAG Capítulo 6: Sala de Situação – Contexto Ação 6. Geração de relatórios. Dados cadastrais do Programa ao qual a Ação está vinculada. Arquivos anexos.

2.rj. Acessar a Sala de Situação do Monitoramento  Clicar no menu monitoramento > Clicar no sub-menu “Sala de situação” Resultado esperado: abre uma nova aba com a “Sala de Situação”. Contexto Ação: Visualizar Ação & Gerar Relatório 1.br/ Resultado esperado: carrega a página de acesso ao SIPLAG 2.Siplag.  no campo “Senha” a senha que foi escolhida Caso seja o primeiro acesso utilizar a senha padrão Siplag  Clique no botão “Login” Resultado esperado: abre a página “Minhas Mensagens” 3.gov. Acessar o Contexto Consolidado  Clicar no menu Contexto > Clicar no sub-menu “Ação” Resultado esperado: exibe a tela com a primeira Ação cadastrada no Portfólio selecionado e suas informações. Entrar na página do sistema  Digite em seu navegador o endereço (URL): http://www. Mudar a Ação exibida  Clicar no botão “Lista de Ações” Resultado esperado: exibe nova janela com a lista de ações cadastradas no Portfólio 39 . 4. Inserir as informações de acesso ao sistema  Digite no campo “Usuário” seu número de CPF. Botão “Lista de Ações” 5.Manual Operacional do SIPLAG 6.

6. Gerar Relatório do Portfólio – tipo Completo (PDF)  Clicar no botão Relatório Completo (PDF) Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK  Resultado esperado: gera um relatório com informações sobre a Ação Gerar Relatórios 40 .Manual Operacional do SIPLAG Hyperlink da Ação  Clicar no hyperlink com o nome da Ação desejada (Coluna Título) Resultado esperado: exibe as informações relativas à Ação selecionada. Gerar Relatório do Portfólio – tipo Básico (PDF)  Clicar no botão Relatório Básico (PDF) Resultado esperado: aparece nova janela  Selecionar na checkbox a opção “abrir com” >> Botão OK  Resultado esperado: gera um relatório com informações sobre a Ação 7.

Resumo da Ação Essa região exibe um resumo. Evolução da Situação da Ação Esta região exibe a evolução da ação. 2.Manual Operacional do SIPLAG 6. do Programa.3. disponibilizar uma imagem que identifique a Ação. Programa. código da UO. além de permitir a geração de relatórios. Identificação dos Dados Cadastrais Este quadro apresenta a identificação do Portfólio. registrando o histórico das situações. Mostra também o percentual de execução física e financeira 41 . 3. aos quais a Ação está vinculada. além do código da própria Ação e o título da mesma. Contexto Ação: Visualizar Ação (Detalhes) 1. mostra os códigos da Unidade. com opção de gerar uma apresentação PPT.

Arquivos Anexos Essa funcionalidade permite incluir arquivos na tela de acompanhamento Consolidado do Portfólio. Além disso. é possível cadastrar indicadores no Programa clicando no ícone do “lápis”. Dados Cadastrais do Programa Esse quadro mostra alguns dados cadastrais do Programa ao qual a Ação está vinculada.   Clicar no botão “Selecionar Arquivo” Resultado esperado: abre nova janela para seleção do arquivo desejado Selecionar o arquivo e clicar no botão abrir Resultado esperado: arquivo selecionado aparece na lista de arquivos anexos 5.Manual Operacional do SIPLAG 4.     Clicar no botão “Lápis” Clicar no botão “Novo Registro” Resultado esperado: expande caixa para inserção do indicador Selecionar o arquivo e clicar no botão abrir Digitar as informações solicitadas 42 .

basta clicar no ícone verde. meta prevista e região. com seus produtos. Após editar a meta realizada. o ícone na última coluna informará o usuário. data e hora da última modificação. Para cancelar é o ícone vermelho. 43 . O campo de meta realizada ficará habilitado para modificação. ao passar o mouse sobre o mesmo.Manual Operacional do SIPLAG  Clicar no botão confirmar Resultado esperado: arquivo selecionado aparece na lista de arquivos anexos 6. Para salvar a modificação. Dados Cadastrais da Ação Aqui são apresentados os dados da própria Ação. A meta realizada pode ser editada ao clicar no ícone do “lápis”.

Manual Operacional do SIPLAG 7. Investimento da Ação Essa região proporciona informações de cunho mais financeiro e orçamentário. será obrigatório emitir uma justificativa. “Total aplicado pelo parceiro no exercício” e “Justificativa do Saldo”. caso haja uma disparidade grande entre a Execução Física e a Financeira. É possível editar os campos de “Investimento Necessário no Exercício” e “Justificativa do Saldo”. Situação da Ação A região “Situação da Ação” é praticamente toda evitável. com exceção do campo “Execução Financeira”. Vale ressaltar que a situação da Ação definida nesse quadro refletirá no Contexto Consolidado. 44 . Para Ações do Tipo Não Orçamentária é possível editar os campos “Investimento Necessário no Exercício”. Outro ponto importante é que. 8.

onde serão registrados os principais marcos do acompanhamento da ação. Os acompanhamentos exibidos são relativos apenas ao ciclo de monitoramento aberto. Estas são fundamentais para o acompanhamento da Ação selecionada por viabilizar o compartilhamento do que deve ser feito. revista e realizada  Clicar no botão confirmação Resultado esperado: expande caixa para inserção do marco executivo 10. do que foi feito. Também será possível a edição de marcos executivos já existentes. Após o cadastramento desse marco executivo. estão disponíveis as seguintes funcionalidades e atributos que são representadas pelas seguintes colunas desta região: 45 .   Clicar no botão “Lápis” Clicar no botão “Novo Registro” Resultado esperado: expande caixa para inserção do marco executivo  Digitar as informações solicitadas Os campos “Início” e “Término” se referem às datas previstas. por quem foi feito e quando deve ser feito. Acompanhamento Gerencial Esta região possibilita gestão dos itens de acompanhamento relacionados à Ação selecionada. As informações desta região são inseridas durante a sala de situação e sua preparação. será possível cadastrar as datas de início e término prevista. Para isso. Marcos Executivos da Ação Essa funcionalidade permite que o usuário cadastre Marcos Executivos da Ação. Para todos os acompanhamentos. basta clicar no ícone do lápis no canto inferior direito do quadro.Manual Operacional do SIPLAG 9.

Ao finalizar a edição o usuário deve clicar no ícone verde “checkmark” para concluir a edição. Usuários com alçada Observador só podem visualizar os acompanhamentos. monitor e gestor). o Exclusão – Permite que o usuário exclua os acompanhamentos o Adição – Permite que o usuário adicione um novo acompanhamento ao clicar no ícone + no canto direito na parte de baixo da região. O objetivo disso é que não haja interferência e seja mantido o processo de prestação e tratamento de informações desde o responsável até os gestores. podendo atualizar os campos: descrição. Esta é a visão padrão. sendo X o número de comentários inseridos. Todos os usuários com alçada: Gestor. o Marcador de Publicação – Permite que o usuário marque o acompanhamento para publicação ao clicar neste ícone. Após inserção de comentário(s) automaticamente este ícone passa de cinza para azul. mudar identação/ordenação e definir alçada dos acompanhamentos. Esta região possui duas formas de visualização: o Acompanhamento Gerencial 1: São exibidos os resultados.Manual Operacional do SIPLAG Ordenação e Identação . restrições e providências de todas as alçadas (responsável. o Indicador da alçada – Indica a alçada correspondente ao usuário que incluiu o acompanhamento o Descrição do acompanhamento . mas sempre podem incluir acompanhamentos ou fazer comentários. o ícone marcador de visibilidade passa de cinza (não publicado) para verde (publicado) e o acompanhamento passa a ser exibido na região ficha do empreendimento. prazo e responsável. Usuários com alçada igual ou superior a do acompanhamento podem editar.Permite que o usuário insira a descrição do acompanhamento o Data/Prazo do acompanhamento – Permite que o usuário insira a data limite para resolução do acompanhamento o Comentários – Permite que o usuário insira e visualize comentários e também indica se há comentários. Ao passar o mouse em cima do ícone automaticamente aparece uma caixa escrita comentário(X). Despesas com a realização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 o Ao editar um acompanhamento este recebe automaticamente a alçada do usuário que realizou a edição. Monitor e Responsável podem incluir. que aparece automaticamente nesta região. Para verificar a alçada dos acompanhamentos basta passar o mouse em cima do ícone indicador da alçada que aparecerá na tela o nome da alçada. Para concluir a adição do acompanhamento há que se clicar no ícone concluir (“checkmark”). o Edição – Permite que o usuário edite os acompanhamentos. excluir. Após o clique.Permite que o usuário ordene os acompanhamentos dentro de suas classificações e crie hierarquias visuais entre eles. acompanhamentos. 46 .

Manual Operacional do SIPLAG o Acompanhamento Gerencial 2: São exibidos os resultados. restrições e providências somente das alçadas Gestor e Monitor. Há que se clicar nesta aba no topo desta região para acessar esta visão. 47 .