You are on page 1of 10

Contabilidade Geral

Professora: Glenda Soprane

Temas 4: Demonstração do Resultado do Exercício
Palavras Chave Lucro, Prejuízo, Posição econômica

1

Capítulo 5 Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) Objetivos desse capítulo:
Identificar as Contas de Resultado que compõem a demonstração do resultado do exercício.

2

Elaborar a demonstração do resultado do exercício. Analisar a demonstração do resultado do exercício.

3

1

reconhecidos e apropriados no período de apuração. 6 2 . 4 Faz a comparação das receitas com os custos e despesas. 5 DRE . sempre quando se correlacionarem.Regime de Competência: Estabelece que as receitas e as despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do exercício quando forem geradas.DRE É através da DRE que se consegue evidenciar os componentes que provocam alterações no patrimônio líquido da empresa. independente do recebimento ou pagamento. tendo como base o regime de competência. se ela obteve lucro ou prejuízo. ou seja.

A DRE é um fato econômico (relacionado a riqueza) e não financeiro (relacionado a dinheiro). 7 A legislação prevê a obrigatoriedade da elaboração da DRE e também estabelece as informações mínimas que devem estar contidas na DRE. ficando cada empresa livre para elaborar o modelo que melhor espelhe o resultado de suas atividade. Segue um modelo: 8 Demonstração do Resultado do Exercício Empresa X Receita Operacional Bruta (-) Deduções da receita bruta (=) Receitas operacionais líquidas (-) CPV ou CMV ou CSP (=) Lucro Bruto (-) Despesas operacionais (continua) 31/12/ 2010 9 3 .

caracterizado pela saída dos bens vendidos a terceiros. 12 4 . PIS e Cofins).(continuação) Demonstração do Resultado do Exercício Empresa X (=) Lucro ou Prejuízo Operacional (-/+) Despesas e/ou Receitas não-operac. IPI. ISSQN. devoluções ou cancelamento de vendas e ainda aos impostos incidentes sobre as vendas (ICMS. todas as receitas das vendas e/ou prestação de serviços. 11 As deduções das vendas são referentes a descontos concedidos (abatimentos). (=) Resultados antes do imposto de renda (-) Provisão p/IR e CSLL (=) Resultado depois do imposto de renda (=) Lucro ou Prejuízo líquido do Exercício 31/12/ 2010 10 Receita Operacional Bruta Representa todo o faturamento da empresa.

E final 13 CMV CMV= E inicial+ C.Receita Operacional Líquida Vendas Brutas (-) deduções de vendas brutas.E final E inicial = Estoque inicial de mercadorias C= Compras de mercadorias Líquidas (c/ de vidas deduções) E final = Estoque final de mercadorias no período Daí calcula-se o Lucro Bruto 14 Despesas Operacionais São aquelas relacionadas à atividade principal da empresa 15 5 . Custos das mercadorias vendidas (CMV/CPV ou CSP): CMV= E inicial+ C. é utilizada para análise das receitas efetivamente realizadas pela empresa.

.Aqui se faz a dedução das receitas financeiras como descontos obtidos. Ainda há outras despesas operacionais não relacionadas 18 6 . depreciação de móveis e utensílios. Ex: juros pagos. rendimentos de aplicações 17 Gerais administrativas: são referentes à gestão da empresa. juros recebidos. propaganda. Ex: marketing.Podem ser: De vendas: relacionadas com a comercialização dos produtos. garantia. despesas legais e judiciais. Ex: honorários da administração. provisão para devedores duvidosos 16 Financeiras: decorrentes da necessidade de capital de giro ou do financiamento do ativo. despesas bancárias. comissão. descontos concedidos. material de escritório. salários e encargos da adm.

calculado no LALUR (livro de apuração do lucro real). 21 7 .Resultado antes do IR É a base de cálculo para a provisão do imposto de renda e também para a contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL). de debêntures (títulos de crédito). Se houver prejuízo. não haverá incidência de IR nem CSLL 19 A base do IR é o Lucro Real. com adaptações da legislação. 20 Participações e Contribuições Devem-se ser deduzidas as participações dos empregados. dos administradores e das partes beneficiárias títulos negociados). E ainda as contribuições para instituições ou fundos de assistência ou previdência dos empregados.

24 8 . após a apuração do lucro ou prejuízo líquido do exercício. Se o resultado for prejuízo. 23 Lucro por Ação Há uma prerrogativa na Lei das Sociedades por Ações que. 22 O lucro integrará a conta lucros acumulados e será distribuído como dividendos (parte a ser distribuída aos acionistas) e destinados para reservas constantes no PL. será registrado no PL no Balanço Patrimonial.Lucro ou prejuízo líquido do exercício Corresponde ao resultado final à disposição dos proprietários (sócios ou acionistas) que determinarão a aplicação desse resultado. reduzindo esse PL. permite apurar se houve ou não valorização de suas ações.

000 600. prestados Custo das mercadorias vendidas Dividendos Propostos Receitas de serviços prestados Provisão para imposto de renda Saldos 30.000 30.000 600.4000 Exercício Estruture a DRE 27 9 .000 180.000 80.000 100.000 150.Informa para os acionistas e investidores (de companhias abertas principalmente) a evolução do desempenho operacional da empresa. 25 Lucro por Ação Lucro por ação = Lucro líquido do exercício número de ações * númer o de ações em cir culação do capital social 26 Contas Imposto sobre serviços ICMS sobre vendas Despesas financeiras Despesas admin. Custos serv.000 204.

Resolução do Exercício 28 OBRIGADA! 29 Centro de Educação a Distância Universidade Anhanguera Uniderp 30 10 .