PIONEIRO

SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MARÇO DE 2012

1201 GERAL
MAIS

,"

BOLETIM VERMELHO Especialistas sugerem medidas para diminuir os índices elevados de reprovação e a evasão no Estado

Como recuperar o ensino médio
Rio Grande do 5ullidera
pública estadual, justamente a menos contemplada com recursos. ranking de unidades da - A esfera pública deveria receber federação onde alunos mais maior atenção. Mas ocorre o inverrepetem de ano na Escola so, está sendo desprestigiada - diz o professor da Feevale, especialista em Porto Alegre - A liderança nacio- ensino médio e Educação Técnica nal entre os Estados que mais repro- Profissional. Helena Côrtes, da Faculdade de vam alunos no ensino médio preocupa especialistas em educação do Educação da Pontifícia Universida_ Rio Grande do Sul. Eles consideram de Católica (PUCRS), lembra que o inaceitáveis o índice de 19,9% (refe- ensino médio, se comparado ao funrente a 2010, o último disponível), damental, sempre registrou maior por excluir milhares de jovens da repetência e evasão. Propõe, como sala de aula, gerar desperdícios cal- uma das soluções, tornar o ensino culados em R$ 406 milhões anuais mais atraente, sintonizado com a e comprometer o desenvolvimento vida dos jovens. Recomenda· que uma das providências é equipar as gaúcho. Em sua edição de domingo, o escolas. - O perfil do aluno do ensino méjornal Zero Hora revelou que o Rio Grande do Sul ganhou o campeo- dio é o do adolescente ligado em tecnato de maior reprovado r brasileiro nologias - diz. no ensino médio, num desempenho O baixo desempenho gaúcho não .. que assusta até o secretário estadual surpreende Vera Peroni, da Facul. da Educação, Jose Clovis de Azevedo. dade de Educação da Universidade Para o pesquisador Gabriel Grabo- Federal do Rio Grande do Sul (UFRwski, da Universidade Feevale, um GS). conjunto de fatores se acumulou nos Vera entende que apenas reflete últimos 20 anos, potencializando a o «desmonte" que a escola pública deficiência. vem sofrendo há décadas no país. O mais grave é a faltade investi- Não bastasse a falta de investimenmentos. Grabowski diz que o Brasil tos, Vera aponta que foi sobrecarreaplica somente R$ 1,7 mil anuais gada com a expansão do aumento por estudante, enquanto outros paí- de vagas. ses, de porte econômico semelhante, - Espera-se de tudo da escola, investem cerca de R$ 10 mil. Outro mas sem investimento algum para -.,. motivo é que 85,9% das matrículas que ela possa cumprir suas funções do ensino médio estão com a rede - critica a educadora da UFRGS.

ASSMDAS
Especialistas apontam medidas para reverter os índices de reprovação e evasão nas escolas públicas de ensino médio: Mais investimentos transmitidas de forma independente pelos São necessários investimentos em escolas e professores. O ideal seria um trabalho articulado na qualificação e remuneração de professores. entre elas na classe, aproximando os conteúdos Além de instalações confortáveis, as escolas da realidade dos estudantes. devem oferecer equipamentos tecnológicos Conquistar acomunidade de ponta, que agilizem o aprendizado e O ensino médio deve empolgar a comunidade incentivem os alunos. Educadores devem estar escolar. Não será o governo, nem o professor, capacitados e satisfeitos. isoladamente, que vão garantir um ensino de qualidade. Professores e alunos, principalmente, Atenção ao noturno devem acreditar na escola pública. O curso noturno do ensino médio é o que I mais reprova e o que mais registra evasão, Recuperação preventiva porque boa parte dos alunos trabalha durante Alunos em dificuldades devem ser o dia. Muitos chegam cansados às aulas e acompanhados desde o infcio para que não não dispõem de tempo para aprofundar os cheguem ao final do ano letivo praticamente temas de casa. A situação acaba se refletindo rodados. Em Guaporé, a rede municipal de também nos professores. O desafio é segurar o ensino desenvolveu o método da "recuperação estudante. paralela". No final do último trimestre, os professores apontam os estudantes que Ensino atraente ganharão reforço escolar já no infcio do ano. O tipo expositivo das aulas, que exige atenção Com atenção permanente, a reprovação , e decoreba, pode ser enfadonho. Especialistas despencou. dizem que há muitas disciplinas sendo
fontes: Gabrief Grabowslci, da Feeva/e, Helena C6rtes, da Pontillcia Universidade Católica (PUCRS), e Seco de Educação de Guaporé

Para o lixo

R$ 406 milhões por ano é o que Estado desperdiça com areprovaçãc e a evasão de alunos no Ensino Médio.

, •

21,4% é a repetência no Ensino Médio das escolas públicas do Estado, contra 7,50/0 nas escolas privadas

I PRIORIDADES POR_ESTADO
Baixo investimento
Especialista em Ensino Médio e Educação Técnica Profissional, o pesquisador Gabriel Grabowski, da Feevale, calculou amédia anual de investimentos nas redes de ensino. Aescola pública estadual é a que dispõe de menos recursos: Escolas militares:

• Taxas no país R$14 mil por alunó
Os Estados com os maiores índices de reprovação no Ensino Médio, em 2010: Os Estados com os menores índices de reprovação no Ensino Médio, em 2010:

Evolução Ataxa de reprovação no Ensino Médio vem se mantendo alta no Rio Grande do Sul:

Sistema Senai/Senac:

R$10 mil por aluno
Escola federal:

19,9%

18,9%

18,6% 6,6% 7,2% 8,1%

20%

_

R$ 8 mil por aluno R$1,7 mil por aluno.

I

Escola pública estadual: Rio Grande do Sul Rio de Janeiro

00
Distrito Federal

Rio Grande do Norte

~ Ceará

Amazonas

2007

2008

2009

2010

, ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------