Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 1 of 53

Blog Culpados Busca Procurar por:

Google Search

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II
08 mai 2008 | por Marcelo del Debbio em Teoria da Conspiração às 17:52 • editar

Olá crianças, Os mais sensíveis devem ter tremido nas bases apenas com a mera menção destes nomes. Isto mostra como a lavagem cerebral a que somos submetidos todos os dias desde criança é poderosa. Continuando nossa pequena série de como os Deuses da Antiguidade foram transformados em “demônios” pela nossa grande amiga Igreja Católica, hoje o tio Marcelo explicará sobre a origem dos nomes da famosa “Trindade Satânica”. começaremos este post com uma das armas mais importantes do adversário: o Tridente! Afinal de contas, diabo que se preze não pode ser visto sem ele. Para quem chegou agora, recomendo que leia estes posts AQUI e AQUI antes, para se inteirar a respeito dos pés de bode, chifres e dos Exus. Trishula, o Tridente de Shiva Para estudar a história das religiões, devemos mergulhar o mais fundo que pudermos e depois analisar cada passo historicamente, assim conhecemos direito a origem de cada coisa e entendemos como elas foram manipuladas pela Igreja. Começaremos com a Índia: Na tradição hindu, Shiva é o destruidor (ao lado de Brahma, o criador e Vishnu, o mantenedor). Na verdade Shiva destrói para construir algo novo, assim, prefiro chamá-lo de “renovador” ou “transformador”. Suas primeiras representações surgiram no neolítico (4.000 a.C.) na forma de Pashupati, o Senhor dos Animais. Assim como Kali, Shiva é o destruidor do Ego, dos defeitos e das podridões que precisam ser limpas em nossas almas para que possamos nos desenvolver. O tridente mais antigo que se tem registo é o Trishula, a arma principal de Shiva, retratado aproximadamente 6.000 anos atrás. É com essa arma que ele destrói a ignorância nos seres humanos. Suas três pontas representam as três qualidades da matéria: tamas (a inércia), rajas (o movimento) e sattva (o equilíbrio). Eles também representam os três Nadis (Ida, Pingala e Sushumna) que correm ao lado da coluna e que são muito importantes no processo de circular a energia através dos chakras e pela Kundalini. Portanto, para os Indianos e durante mais de 4.500 anos, o tridente foi o símbolo de sabedoria; uma arma sagrada que todos nós devemos sempre lembrar de carregar conosco. O Mudra deTrishula Uma das armas mágicas mais simples e eficazes que um magista pode carregar consigo são os chamados “mudras”. Mudras são posições de mãos aliadas a respirações, que ajudam a direcionar e canalizar a energia dentro de nós e ao nosso redor para determinadas ações, através de eletromagnetismo. O chamado “Mudra de Trishula” é formado unindo nossos polegares aos dedos mínimos e deixando os outros três dedos levemente afastados, na forma de um tridente. A posição de “Trishula” é a 28. As outras eu não vou falar o nome nem dizer para que servem (pelo menos não agora… nos próximos posts eu falo). Você pode fazer suas meditações com as mãos nesta posição sempre que quiser destruir algum sentimento ruim que esteja dentro de você.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 2 of 53

Mahakal Mahakal é um deus que se originou dos cultos a Shiva e ficou famoso em toda a Indonésia. Ele é considerado o senhor da Morte e da Ressurreição, aquele que destrói toda a ignorância e todos os defeitos para que as pessoas possam renascer e desenvolver suas qualidades. Ele também carregava um tridente em uma de suas mãos e uma serpente na outra. A serpente, como já vimos em matérias anteriores, é o símbolo da Kundalini e do despertar de nossa consciência cósmica. Ou seja, antes de começarmos a querer despertar nossa consciência cósmica e nossos poderes de X-men, temos primeiro de destruir nosso Ego e nossos defeitos cardinais. Onde já ouvimos algo semelhante? - JESUS JESUS JESUS… Isso mesmo, crianças… Yeshua disse em uma de suas parábolas: “Não se põe vinho velho em odres novos; do contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho, e os odres se perdem. Mas põe-se vinho novo em odres novos, e ambos se conservam” (MT 9,17). E o que este ensinamento quer dizer? Que a Morte é necessária. Devemos SACRIFICAR nossos defeitos e nossos pensamentos malignos, mesmo que eles tenham acabado de nascer, no ALTAR de nossos pensamentos, para que, somente limpos de nosso ego e de nossos defeitos, possamos desenvolver a Serpente/dragão (Kundalini, a consciência cósmica) que existe dentro de nós. - Epa! Sacrificar? Nascidos? Altar? Dragão? Tridentes? Hummmm podemos ver que muitas das coisas que foram distorcidas pela Igreja Católica a respeito de outras religiões começam a fazer sentido. Poseidon Dos três deuses principais da mitologia grega (Zeus, Poseidon e Hades), Poseidon era o senhor dos grandes mares. A ele cabiam os domínios de todos os mares e, consequentemente, de todo o entorno nas quais o mundo estava contido (simbolicamente, os grandes mares do Abismo envolvem as sete esferas inferiores dentro da Árvore da Vida). Poseidon, portanto, representava o senhor dos limites, aquele que domina as águas do abismo, com um poder que originalmente era até superior ao de seu irmão Zeus. Simbolicamente, enquanto Zeus possuía o Raio como arma principal (novamente uma referência à Kabbalah e à Árvore da Vida e uma das mais importantes de todas), Poseidon era o detentor do Tridente, a chave para a libertação da Roda de Sansara. A arma mais importante de todas, pois era através dela que o ser humano consegue dominar os quatro elementos e se tornar senhor do seu Destino. Como símbolo, o tridente era usado por todas as pessoas como símbolo de proteção. Talvez apenas ficasse no mesmo plano de popularidade que o Falo de Pan/Fauno ou do Pentagrama de Vênus/Astarte/Afrodite (desnecessário dizer o que aconteceu com esses outros símbolos, certo?). E assim permaneceu, como um dos símbolos mais poderosos e importantes da antiguidade, até a chegada de Constantino, o picareta, e da criação da Igreja Católica Apostólica Romana, quando o tridente passou a fazer parte do arsenal de badulaques para assustar os fiéis. ————– Deus de um é o demônio do outro… Retornemos no tempo até cerca de 4.000 AC. A uma determinada altura na história dos antigos habitantes da zona da mesopotâmia, começou a existir uma confusão relativa à identificação dos deuses. Cada lugar adorava um mesmo deus, mas com um nome diferente, e isto tudo fomentou a dificuldade de hoje em identificarmos a diferença entre os deuses. Quando uma região entrava em guerra com a outra, os deuses de uma se tornavam os “Adversários” (Shaitans) da outra religião e, quando o povo era absorvido, estes deuses também eram absorvidos e transformados em deuses menores OU demônios, conforme a necessidade (como podemos ver, esta não é uma prática original do cristianismo de Roma e já existe desde sempre). Vou usar como exemplo fácil dois tipos de entidades: Devas e Asuras. Se você procurar pelo panteão hindu, os Daevas e os Asuras eram tipos diferentes de divindades. Alguns Asuras eram bons e alguns eram malvados. Os Devas, por outro lado, eram divindades equivalentes aos Anjos católicos, mensageiros dos deuses e auxiliadores da humanidade.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 3 of 53

Por outro lado, se fomos observar a mitologia Persa (e depois o Zoroastrismo), nos quais foram aplicados o conceito de Bem x Mal, veremos que os Devas acabaram se tornando “A personificação de todo o mal imaginável” e os Ahuras (Asuras) são a personificação das divindades e os servos dos deuses do bem. Ou seja, os anjos dos hindus são os demônios dos Persas e vice-versa. BAAL Na Mesopotâmia existia um deus chamado BAAL. Baal possuía os mesmos atributos de Zeus ou Odin. Era o pai celestial, senhor cósmico que vigiava a Terra e fulminava as pessoas com relâmpagos se fosse necessário. Era o deus da fartura e da fertilidade, em cuja morada ficava a cornucópia (aquele chifre que brotava comida em abundância) e assim por diante… O nome Baal deu origem a Beliel o qual vem referido até no novo testamento. Este personagem teve a sua origem muito anteriormente como o príncipe do mundo, título que lhe garantia uma superioridade em relação aos outros componentes da divindade desta época. Este deus era conhecido também por Enki - O Senhor da Terra Existem inúmeras referências a ele na Bíblia: Números 22:41 (Os Hebreus tinha Altares a Baal) Juízes 2:13 (o povo de Israel serviram Baal e Asterath) Juízes 6:25 (Deus manda destruir o Altar de Baal) 1 Reis 16:31 (Jeroboão adora Baal) 1 Reis 18:19 (Desafio entre Yahweh, Baal e Asterath) 1 Reis 22:54 (Acazias adora Baal) 2 Reis 10:19-28 (Jeú arma uma cilada aos sacerdotes de Baal) 2 Reis 11:18 (Destruição do Templo de Baal) 2 Reis 17:16 (Novamente adoração a Baal) 2 Reis 23:05 (Referência aos adoradores de Baal, da Lua, do Sol e de outros planetas.) 2 Crónicas 23:17 (A morte de Matã o sacerdote de Baal) Jeremias 2:8 (O profeta questiona o poder dos sacerdotes de Baal e outros deuses) Jeremias 7:9 (Adoração a Baal entre pecados como o furto e o assassinio?) Jeremias 11 Jeremias 12:16 (Juras por Baal) Jeremias 19:05 (Sacrificios de Crianças a Baal) Jeremias 23:13 (Samaritanos Loucos profetas de Baal) Jeremias 32:29 (Os caldeus adoraram Baal) Jeremias 32:35 (Outra referência ao sacrificio de Crianças) Sacrifício de crianças Naquele tempo, existia um costume de sacrificar crianças para garantir a colheita de uma vila. Normalmente o primogênito. Não apenas os mesopotâmicos, mas também os cartagineses, rivais dos romanos no controle do Mediterrâneo e derrotados por Roma nas Guerras Púnicas, costumavam sacrificar crianças para oferecer aos deuses. Na bíblia, vemos isso no sacrifício que Abraão vai fazer de Isaac e é impedido pelo anjo, indicando alegoricamente que a humanidade não necessitava mais deste tipo de sacrifício. Existia em Cartago uma estatua de Baal de proporções imensas. A imagem tinha as mãos voltadas para a frente e ligeiramente inclinadas em direção à terra, sobre as quais eram colocadas as crianças escolhidas para o sacrifício: sem apoio, as crianças escorregavam e caíam em uma grande fogueira, acesa aos pés da estátua. Para o povo cartaginês, os seres imolados tornavam-se divindades. Músicos tocavam flautas e tambores durante o ritual, e as próprias mães entregavam seus filhos para os sacerdotes. A palavra “Baal” significa “Senhor” e cada cidade ou aldeia fenícia contava com seu Baal, e o mais importante era o de Tiro, chamado pelos seguidores de Baal Afelkart (este nome deu origem mais tarde ao “demônio” chamado Belfegor, que consta dos bestiários medievais que eu falarei mais para a frente). Muitos fenícios (assim os gregos chamavam os cananeus), durante períodos de guerra, de seca ou de outras pragas ofereciam o primeiro filho ao deus. O nome deste sacrifício é “Moloch” e o termo acabou se tornando sinônimo do deus cananeu. No Antigo Testamento, o livro do Levítico adverte os fiéis: “Não darás teu filho em oferenda a Moloch, nem profanarás o nome do teu Deus”. Baal + Zebub = Belzebu Zebub é o nome hebreu para “As coisas que podem voar” ou, no sentido mais específico, os gênios do ar, silfos ou outras entidades astrais do ar e dos céus. Baal, como já vimos, significa “Senhor”. Desta maneira, Baal-Zebub significa “Aquele que é o senhor dos gênios elementais do ar”. Belzebu como “Senhor das Moscas” surge da interpretação distorcida da bíblia do Rei James que chama Baal-Zebub de “Lord of the things that can fly” sendo que, em inglês, “fly” também quer dizer “mosca”. Então para justificar a aura “maléfica” de Belzebu, nada mais conveniente do que associá-lo a coisas repugnantes… em 1863, Collin de Plancy escreve o “dicionário infernal” e reinventa Belzebub como uma mosca gigante. O dicionário infernal foi um dos inúmeros livros que pesquisei em minha Enciclopédia de Mitologia. Você pode visualizar esta obra de domínio público AQUI. Daemons Os Daemon são os anjos da guarda das pessoas. Esta palavra grega significa “Espíritos” e representam os espíritos guias ou Mentores (o nome dado no Kardecismo) que cuidam de cada pessoa durante sua encarnação. Segundo os ocultistas, toda pessoa possuía seu próprio Daemon, responsável por acompanhá-la e protegê-la em caso de perigo, na medida do possível. De seu nome surgiu a palavra Daemonium, ou mais tarde “Demônio”, para designar os seres malignos e tocar o terror nas cabecinhas dos pobres fiéis que, morrendo de medo do tinhoso, se afastariam dos ensinamentos de qualquer outra religião que não fosse a deles (e tem sido assim até os dias de hoje). Satanás

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 4 of 53

A origem deste nome vem da tradução de Shaitan. Shaitan (hebraico), Satanas (aramaico), significa “Adversário” e pode ser usado até mesmo para designar seu oponente no xadrez ou videogame. Para um time de futebol, os torcedores dos outros times podem ser chamados de shaitans… É uma palavra como qualquer outra, usada pelos povos antigos para designar qualquer povo que fosse oponente ao seu durante uma batalha e, mais tarde, estendido aos deuses destes povos. Na bíblia, costumam dizer que a palavra está associada a um ente misterioso que teria se rebelado e deixado de servir a Deus e que aparece em Ezequiel 28: 12 a 19. Satanás também aparece no livro de Jó, como o “adversário” que disputa com Deus para ver até quanto conseguiriam torrar a paciência do pobre do servo. Vocês podem ver com seus próprios olhos que não aparece nada sobre chifres, patas de bode ou tridentes relacionados com o tal “adversário” na Bíblia. Apenas referências isoladas a deuses fenícios, babilônicos, touros de ouro e outras divindades… com o tempo (1.600 anos, para ser mais exato), foi construída toda uma salada de frutas envolvendo deuses das religiões adversárias (ou “satânicas”, usando a etimologia correta da palavra) para gerar todo este folclore demoníaco que temos hoje em dia. Lúcifer e Prometeus Lúcifer (em hebraico, heilel ben-shachar, em grego heosphoros), representa a estrela da manhã (a estrela matutina), a estrela D’Alva, o planeta Vênus. A palavra “Lúcifer” significa “o que leva a luz”, representando a estrela da manhã, o planeta vênus, que é visível antes do alvorecer. A designação descritiva de Isaias 14:4, 12, provém duma raiz que significa “brilhar” (Jó 29:3), e aplicava-se a uma metáfora aplicada aos excessos de um rei de Babilônia, filho do rei Shachar, não a uma entidade em si. Os usos desta palavra no Velho testamento e no Novo Testamento são COMPLETAMENTE DIFERENTES. Basta ler a bíblia com atenção para perceber que Isaías não estava falando do “Diabo” (aquela criatura tradicional que os evangélicos se borram de medo), mas usando imagens retiradas de um antigo mito cananeu, nos quais Isaías referia-se aos excessos de um ambicioso rei babilônico (o pecado associado a Vênus é a Luxúria e o rei ambicioso deixou-se levar pela luxúria e caiu dos céus de onde estava). Na religião romana, Lúcifer ou Lucifurgo tinha as mesmas atribuições de Prometeus. Responsável por ter trazido a Luz (inspiração) dos deuses para os humanos, estaria condenado a permanecer com eles, sendo visto apenas durante a manhã ou ao cair da noite (tal qual o planeta que representava). “Portador da Luz”, “Estrela da manhã”, “Estrela da alva”, “Estrela Matutina” e todas estas denominações querem dizer “aquele que nos traz a Iluminação”. Lembrem-se que Vênus sempre esteve conectado ao AMOR (esfera 7 da Kabbalah, Netzach) e, através do Caminho 24 (Nun, o sacrifício pela Humanidade) podemos seguir os passos de Yeshua através da bondade, do amor e do sacrifício pela humanidade e chegar a Tiferet (esfera do SOL crístico, que representa os seres iluminados como Buda, Jesus, Krishna, etc). É interessante que o Novo Testamento fale sobre a “estrela da alva” (2 Pedro 1:19) e a “estrela da manhã” (Apocalipse 2:28; 22:16). Em todas estas passagens, fica bem claro que a estrela da manhã também não é “Satanás” ou qualquer outra criatura blasfema. Lendo com calma, fica muito fácil perceber de quem Pedro está falando: O próprio Jesus é a brilhante estrela da manhã que abençoa seus servos fiéis, conforme vocês mesmos podem ler na bíblia online. Simples e direto: Jesus é aquele que traz a luz, Jesus é aquele que traz a iluminação, Jesus é o “portador da luz divina” ou seja: JESUS É LÚCIFER. Ok… ok… eu sei que agora deve ter muita gente babando diante dos monitores, incrédulos, com os olhos arregalados e pensando “como assim!?!?” Releiam todo o texto, respirem fundo… Esqueçam por um minuto a imagem falsa e o jogo de palavras que foi colocado na cabeça de vocês durante toda a sua vida. Pense historicamente e racionalmente. Siga as palavras de acordo com sua ORIGEM e o que elas realmente significavam. esqueçam historinhas de anjos caídos e afins… existe toda uma metáfora para essa “Queda” (e ela envolve Capela, Algol, teosofia e outras coisas que são advanced Teoria da Conspiração e que explicarei no devido tempo). Por enquanto, vamos ficar no século IV quando Yeshua se torna o adversário do Jesus-Apolo da Igreja Romana. Para haver uma unificação dos fiéis ao redor da Igreja de Roma, era necessário haver um “Nós contra Eles”. Para justificar o Cristo-Apolo de Constantino, eles precisavam de adversários (Shaitans) e, assim sendo, transformaram todos os deuses de todas as outras religiões em demônios. Mas prestem atenção: isto não foi feito pela Igreja do dia para a noite… isto foi um processo que levou anos, décadas, séculos… e muitos “adversários” (shaitanistas) queimando na fogueira… E para quem acha que isso é algo medieval e que faz parte do passado, podemos citar o processo de demonização das religiões afro que ocorre nas Igrejas evangélicas nos dias de hoje, onde transformaram babalorixás em “pais de encosto”, Exús em “demônios”, Bombo-Gira em “prostitutas” e outras barbaridades dízimicas (acho que inventei esta palavra, mas tudo bem). Continuaremos semana que vem com Maniqueístas, Luciferianos, Setitas, Cainitas, Bogomilos, Cátaros e as divisões do Cristianismo primitivo… E, claro, Constantino, o picareta! — Novidades - O tio Del Debbio web2.0 acaba de se cadastrar no Twitter. Então, para quem quer acompanhar as novidades da coluna ou já usa este serviço, é só me adicionar (valeu Kelly e Thahy). - Cursos do mês: Dia 10/05 – Kabbalah (recomendado para quem quer estudar mais a fundo a história dos deuses e todo o processo ocultista. Talvez seja o curso

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 5 of 53

mais importante dos que eu ministro) Dia 17/05 – Astrologia Hermética Dia 18/05 – Tarot (Arcanos Menores) Dia 31/05 – Runas (tem Kabbalah como pré-requisito) Dia 01/06 – Tarot (Arcanos Maiores) Maiores informações sobre os cursos AQUI e na nossa comunidade do Orkut ou pelo email marcelo@daemon.com.br Om Namah Shivaya. 162 Protestos Compartilhe

Comentários

1.

thahy 08 de maio • Editar muito bom… sempre comento que o ‘adversário’ serve como uma valvula de escape pros defeitos que nao somos capazes de assumir a responsabilidade. assim como é facil para alguns, acostumar-se a uma situação ruim de vida pq ‘deus quis assim’, é fácil culpar satanás pelo que existe de vergonhoso em nós…

2.

Valney 08 de maio • Editar UI! to excitado por aprender tanta coisa! e que coisas! *tentando postar antes da thahy*

3.

eduardo 08 de maio • Editar Tio Marcelo como sempre postando mtas coisas legais, interessante como as coisas foram distorcidas atraves dos tempos, sou católico (não mto praticante) e ja tinha estudado sobre as farsas da igreja, se eu fosse uma pessoa bitolada, eu ia ficar maluco com a frase JESUS É LUCIFER, rsrsrs, to loko p ler a terceira parte, abraço!

4.

TH13 08 de maio • Editar Opa! Nenhuma menção à estrela da manhã do apocalipse?

5.

TH13 08 de maio • Editar Esquece, já vi, falha minha, estou cansado…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 6 of 53

6.

Campanaro 08 de maio • Editar parabéns Del Debbio, obrigado por mais esse texto, abraço.

7.

Rafael 08 de maio • Editar Melhor coluna “Teoria da conspiracao” ate hoje! Muito bom “Tio Marcelo”! Eu tenho vontade de escrever sobre estes assuntos, mas nunca me achei “gabaritado” o suficiente para tal, por isso, me prendo apenas aos meus estudos! Bom termos por ai pessoas capacitadas e dispostas para essa tarefa ardua!

8.

Petri 08 de maio • Editar Burn Burn Burn!!! Ótima coluna como sempre tio! Acho que não tenho nenhuma dúvida, afinal, já tinha ouvido algumas coisas antes. Estou passando mais para dar os parabéns por mais um texto. Fortuna.

9.

Across 08 de maio • Editar Del Debbio, Existe algum tipo de “trava” que a Igreja nos coloca? Além do catecismo do medo, eu quero dizer. Uma trava que nos impeça de evoluir mentalmente, de questionar a verdade que eles nos impõe? Se há, existe alguma forma de rompê-la?

10.

RobertoR 08 de maio • Editar DD Muito legal mesmo a coluna. Dei uma passada no Sedentario ano passado e a vi, mas sem tempo nem li nada e toqueia vida . No ultimo feriado feriado cai no nada nela (estava procurando algo do God of War II para PS2) e achei animal. Muito legal mesmo.Li todo os posts ( e relendo alguns pra assimilar tudo ) e vou comecando com os exercicios (pena que nao cheguei a tempo do Sefirat ha Omer, fica pro ano que vem ). Continue com ela que é muito esclarecedora e ajuda a abrir nossa mente. @MDD – Começa agora domingo, na 4a semana mesmo. Não é a mesma coisa, mas vai te dar uma boa idéia de como estas egrégoras mexem com você.

11.

PATRICIA 08 de maio • Editar Então você está afirmando que o “Mal” não existe? Não existe uma força contra o que é bom? E essas manifestações de espíritos que afirmam serem demônios, e que até mesmo dizem seus nomes ao conversarem com um pastor, por exemplo? Por que esses espíritos

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 7 of 53

temem o nome de Jesus? @MDD – calma… o mal existe SIM… ele está DENTRO de cada pessoa. As trevas nada mais são do que a ausência de luz. Espíritos que afirmam ser demônios EXISTEM sim… aos montes… chamamos eles de “espíritos zombeteiros” porque normalmente não tem poder nenhum. Funciona assim: um espírito porcaria assusta uma pessoa fazendo-se passar por “demônio”, ai a pessoa fica assustada e libera EMOÇÔES, ai o ser astral se alimenta destas emoções e fica mais forte. Ou simplesmente está se divertindo às custas da incredulidade alheia. Basta lembrar que não existem “fantasmas”… existem pessoas IGUAIS a nós que estão em outro padrão vibratório. Do mesmo jeito que existem pessoas que jogam o filho pela janela, colocam fogo em mendigos, assaltam, matam, mentem, torturam no plano material, existem pessoas que fazem as maiores barbaridades no plano Astral. E da mesma maneira que bandidos usam artifícios para intimidar as pessoas no plano material, seres astrais usam artifícios para intimidar as suas vítimas no plano astral. Simples assim. Certas palavras possuem efeitos mântricos (mas vou fazer um posto só sobre isso, provavelmente o 5o desta série, quando falarei de exorcismos) que ressoam no astral e afetam estas pessoas. Yeshua/Jesus é um deles. Lembra quando disse que Yeshua significa Yod-he-shin-vav-he ? O tetragramaton.

12.

Paulo "kruger" 08 de maio • Editar lindo. jesus=lúcifer simplesmente maravilhoso o post. história manda! ah, sobre a palavra dízimicas: a grafia seria dizÍmicas, com acento no 2º “i”. sim, adoro caçar erros de pontuação até

13.

hahaha 08 de maio • Editar Então eh Bombo-Gira xD sempre ouvi o gado ( e me incluo nisso MÙUUUUUUUUU) falarem ”Pomba-Gira”,massa saber disso , + um belo post p/ desmistificar o inominavél =Ð Parabens por mais esse texto. Abçs a todos ^^ @MDD – Bombo-Gira é o termo correto. “Pomba-gira” é uma ridicularização do nome. Mas acredite que tem muito pai-de-santo hoje em dia que não sabe disso… O candomblé tem tantas similaridades com a bruxaria celta e nórdica que com certeza farei um post sobre isso no futuro.

14.

Isiba 08 de maio • Editar Mais uma vez, excelente !! Paz e Saude

15.

gustavo 08 de maio • Editar porra mto bom

16.

Élder 08 de maio • Editar Oi Marcelo. Parabéns pela coluna. No meu ver não teve muita novidade pra quem já vem acompanhando os posts. Já dava para chegar e essa dedução. E como a vida fica melhor sem um “diabo” pra encher o saco… acho o Karma muito mais interessante e justo…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 8 of 53

Bom, por falar em Karma, tenho uma questão existencial que a muito vem me incomodando. Vamos lá: Supõe-se que ICAR, os “caras maus” do Zeitgeist, Hitlers da vida,etc… tenham um conhecimento aprofundado de como o universo funciona, suas leis, como usá-las e das conseqüências desse uso e do que seus atos acarretam para si mesmos no futuro, o que leva e eles jogarem contra seu próprio Karma fazendo com que suas ações afetem de forma negativa os demais? Outra coisa, num outro post, tu disseste que devemos parar de reclamar como o mundo é, que uma pessoa que nasceu na África passando sede e fome, precisa estar lá pra aprender. Daí surge a questão: lugares assim SEMPRE existirão pois são necessários, ou supondo um cenário onde a humanidade evolua no coletivo, a ponto de não existirem mais lugares assim, para onde os ruins iriam? Outro planeta? Ou seriamos poupados visto a evolução do coletivo? Ainda de acordo com a 1a. questão, às vezes tenho a impressão que esse “povo do mal” conhece caminhos alternativos para escapar do Karma, manter-se no topo do mundo sempre, que não tem medo da morte e da vida que vão ter depois dela. Estou certo ou eles realmente são ignorantes e acham que o que vale é ser o “bam-bam-bam agora e azar dos outros que matei para ser o que sou por que quando eu morrer será o fim mesmo” ? Ficaria muito grato de ver sua opinião a respeito disso, mesmo não sendo ela conclusiva a respeito desta dúvida existencial: por quê gente como sabedoria, conhecimento não estão nem ai para o tão respeitável Karma? Mais uma vez, muito obrigado por mostrar que Lúcifer é a luz do mundo! @MDD – a maioria é ignorante mesmo, e muitas vezes temos relatos dos problemas que enfrentaram no “depois” quando se passam para o outro plano. Mas existem ocultistas que conhecem maneiras de burlar o karma em algumas situações. Não são muitas e exigem alguns truques complicados, mas eventualmente dá para fazer.

17.

Renato 08 de maio • Editar Nossa! Muito boa a coluna de hoje, desde cedo eu estava esperando. Agora a coluna entrou na melhor e mais interessante parte. Parabens

18.

marcello 08 de maio • Editar woow… agora o circo vai pegar fogo!

19.

Bojorque 08 de maio • Editar Muito bom o texto pra variar!!! Meus parabéns! Só queria uma informação se for possivel Marcelo , sobre as cruzes suásticas ; se não for sair muito do tema. Abraços e tudo de bom!

20.

Renato 08 de maio • Editar CAMPANHA DIGA NÃO AO CASO ISABELA. http://desktopvirtual.blogspot.com/2008/05/diga-no-ao-caso-isabela.html BOICOTE AO SENSACIONALISMO DA IMPRENSA.

21.

Lvcivs 08 de maio • Editar ahahha Esse post vai fazer muita gente cair dura. É impressionante como a igreja manipula há tanto tempo a cabeça das pessoas, alterando culturas para dar aquilo que elas querem, esse

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 9 of 53

pseudo-conforto espiritual, e pior, colocando as pessoas na posição de mendigos em relação ao mundo, quando seria muito melhor se todos nós ao invés de pedir, fornecêssemos coisas boas ao mundo. Em vez de passar anos e anos rezando, passar anos e anos estudando, se tornando uma pessoa melhor. De grão em grão a galinha enche o papo e a humanidade seria bem mais evoluída, espiritualizada e muito menos egoísta. Quanto mais se conhece da igreja católica apostólica romana, mais nojo me dá. Aquela pompa toda no Vaticano, em catedrais e igrejas ao redor do mundo, às custas da evolução espiritual de grande parte da humanidade. Essa galerinha da pesada deve ter uns papos legais com Shiva/Yama/Hades…. huhuhu

22.

Rafael 08 de maio • Editar primeiro?

23.

Gui Losilla 08 de maio • Editar DD, moro em Brasília, e um tal de Jorge Aguer vai dar um curso sobre Kabala, vc conhece? é bom? Abarço!

24.

thomaZ 08 de maio • Editar DD, Notei que seu raciocínio de Lúcifer, chegando a Jesus, provavelmente irá afetar alguns leitores de todos os cantos, mas notei também que é concluído por um raciocínio lógico, e ajudará muita gente a entender melhor, com outro ponto de vista “isso tudo”, o seu trabalho está ótimo. 1) Em relação aos famosos pactos com o Demo, Coisa Ruim… Pode, o ser humano adquirir poderes extras x-men, ou outras coisas diversas, vendendo sua alma ao Diabo? @MDD – como é que se vende a alma ao diabo? heheheh. Sério, não existe isso… mas as pessoas ACREDITAM nisso, e esta crença as torna prisioneiras no astral. O que PODE acontecer é algum espírito com mais conhecimento das Leis de Karma servir como intermediário para realizar algum trabalho para alguma pessoa, mas nunca vi nenhum “satanista de orkut” com qualquer habilidade que pudesse ser considerada levemente sobrenatural no plano físico. 2)O que representa o pacto com o Capetá? É fundável? qual o simbolismo envolvido? E o “vender a alma”? 3)No meio musical, discute-se muito as letras, bandas e artistas envolvidoas a “adoração ao satan”… sucessos rápidos, mortes trágicas, profanações de todo tipo etc… que conclusões se tiram disso? Me dê alguns exemplos para eu avaliar… músicas “satânicas” com diabinhos feinhos nas capas qualquer zé mané satanista de orkut faz… falar que vai “adorar o capeta” qualquer idiota pode falar… dá cinco minutos na internet e qualquer moleque de 16 anos sai com imagens satanicas “horripilantes”, grava um disco cheio de grunhidos e frases tiradas de grimorios e acha que é malvado porque os crentes se borram de medo de qualquer coisa… e polêmica vende discos. Quanto mais malvadinhos os satanistas de orkut parecerem, mais os outros satanistas de orkut vão achar o cara o máximo.

25.

Avaf 08 de maio • Editar um, legal, bom saber uma duvida, o satan n tem a ver com uma contra inteligencia, um inimigo que esta dentro de nos e que devemos superar? @MDD – sim e uma uqe n tem nada a ver com esse post, as coisas que eu uso (como roupas) podem se impregnar com minhas energias ,e entrar em conflitos com energia de pessoas que vibram em energias diferentes da minha? só isso, valeu @MDD – Sim, também… TUDO o que você toca fica impregnado com um pouco do seu padrão vibratório. Impressões maiores ou menores de acordo com suas emoções no momento. Sim, coisas emprestadas que ficam em contato com seu corpo absorvem parte da sua energia. Este é um dos motivos pelos quais iniciados usam roupas, trajes, paramentos ou uniformes específicos para rituais que não são usados em nenhuma outra ocasião. Alguém aqui treina artes marciais? o professor de vocês nunca disse que

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 10 of 53

não se deve andar com a roupa de treino (quimono) na rua? Nas escolas sérias existe todo um ritual para se vestir antes do treino, que envolve meditação e um “desligamento” do mundo profano antes de entrar na arte marcial, e vice-versa… o mesmo vale para práticas de meditação, ocultistas ou religiosas.

26.

Adriano França 08 de maio • Editar gostaria de dizer que comecei a ler desde do primeiro capitulo e ate agora so me fez bem, tenho que adimitir que você escreve bem e é muito boa a leitura e a dinâmica. eu acordei pra essas coisas de deus e o diabo desde de quando eu tinha 16 anos e brincando com o pessoal do trabalho, perguntei a eles o que Jesus era para sua mãe se nós estivessemos em Portugal, desde desse dia venho lendo sobre tudo que se trata de religião até o codigo da vinci eu li, e li por ultimo agora A TUMBA DA FÁMILIA DE JESUS, por Charler Pellegrino e Shimsha Jacobovici. adorei o livro pelo o que eu acho de jesus, um homem que realmente fez a diferença a época dele e que iria salvar seu povo (o povo de lá e só), mas que ele foi um cara de cunhão foi sim, homem com “H” para ter enfrentado o romanos na base de reuniões as escondidas falando só em parábolas (para que os romanos não descobrissem nada) e mantendo sua fámilia a salvo. precisamos que suma de vez essa estória (com “E” mesmo) sobre o diabo que ta em todo lugar. se não… eu fico sem entender o que DEUS faz pelo seu povo. obrigado.

27.

kakarotoBR 08 de maio • Editar Não entendi a parte sobre Lúcifer. Vc falou q a história de anjo caído era falsa? Sempre ouvi falar de que ele era o anjo preferido, o mais talentoso etc e que caiu em soberba e foi expulso. É verdade q na bíblia não fala nada disso, mas de que fontes vem essas histórias? @MDD – Alguns textos posteriores, especialmente “A Divina Comédia” (Dante era um iniciado, mas vocês verão que toda a alegoria do Inferno está relacionada com os 49 portais e os 7 defeitos capitais da Kabbalah) e “Paraíso Perdido” de John Milton, que fala da queda. Também é uma alegoria para um paraíso que foi perdido, mas estaremos entrando em advanced Teoria da Conspiração.É importante lembrar que toda esta polêmica de Lúcifer só acontece mesmo a partir do século XVIII com o renascimento do ocultismo na Europa. A Inquisição estava mais preocupada com um ser chamado “Leonardo” e “Baphomet” (falaremos deles ainda nesta série).

28.

thibas 08 de maio • Editar um mudra em cada post ia ser muito bom né.. abraços a todos

29.

Cassidy 08 de maio • Editar Ótimo texto, DD. Significa que nossa querida Igreja Católica Apostólica Romana pegou a própria imagem VERDADEIRA de Jesus e a transformou num Shaitan????? Muito bom saber disso! @MDD – chegaremos nisso no próximo post, quando falarei das “Seitas Heréticas”. Mas você está no caminho…

30.

Alagacone 08 de maio • Editar Oi Marcelo.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 11 of 53

Sem querer exigir nada: acho que faltou a explicação para aquela cena de jesus no deserto sendo tentado pelo demônio (ou vai sair na próxima coluna, sei lá…) De resto ÓTIMA coluna! Valeu! Alagacone

31.

Patch 08 de maio • Editar A cobra de Mahakal tem alguma relação com o cajado de Moisés o Caduceu de Hermes e a cobra enrolada no pescoço de Shiva? Seriam todos símbolos da destruição necessária de algo ruim? @MDD – Serpentes são símbolo de conhecimento, do despertar do mago interior, da ativação dos chakras e da kundalini. Leia os posts anteriores que eu explico sobre isso (não lembro agora em qual post… acho que foi no da kundalini… mas leia todos por via das dúvidas). ______________________________________________ Como Prometeu e Afrodite (Venus) eram o mesmo corpo celeste? E Jesus, como Lúcifer, seria o equivalente da Venus pagã? @MDD – Prometeu, Afrodite, Lúcifer, Vênus, Hathor, Ísis, Ishtar, Astarte, Iemanjá, Bridgit, Freyia, Chuang-Mu, Ixchel, Erzuli… todos estes deuses e suas histórias, assim como o próprio planeta Vênus e seu ciclo na astrologia, representam as mesmas forças da natureza e da consciência humana. Releia o post de Afrodite que acho que deve ajudar… Isso está me deixando meio confuso…

32.

Fábio Castro 08 de maio • Editar Otimo DD, Bom já que você citou sobre Capela, por acaso você já leu a Saga dos Capelinos do Albert Paul Dahoui? Apenas li o primeiro livro A Queda dos anjos, e achei otimo. Um abraço.

33.

Papael 08 de maio • Editar Por isso que o nome da vossa editora é Daemon…

34.

Paulo Figueiredo 08 de maio • Editar sobre a Mudra de Trishula, ela se parece muito (se nao for igual) ao gesto que se faz no juramento escoteiro. Eles estao relacionados ou é coincidencia (coisa que duvido)?? e como sempre, ótima coluna!! @MDD – Sim, estão relacionados, mas isto é meio óbvio, certo? afinal de contas, vocês estão destruindo seus defeitos para construir uma pessoa melhor, uma boa ação por dia. É só lembrar da relação com a historia que vocês estudam, e não posso falar mais do que isso… quem for escoteiro vai entender.

35.

Janio 08 de maio • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 12 of 53

Como o próprio nome da série sugere, creio que tudo isso não passe de teoria da conspiração mesmo. É como acreditar que as pirâmides foram construídas por ETS e que as notas de dolares ocultam mistérios maçons, ou qualquer coisa do tipo. Abraços

36.

Papael 08 de maio • Editar Ta agora que tomei umas cervejas e meus sentidos ficaram alterados, percebi algo. A igreja católica então, trazendo lúcifer como um demônio, eu deduzo que ela não quer que seus seguidores encontrem a verdadeira luz… to viajando demais ou o propósito da igreja católica é esse mesmo? Sei que tu não vai responder, mas tá feito o questionamento. @MDD – se você encontrar sua própria luz, você vai dar dinheiro para a Igreja? vai obedecer a tudo o que eles falarem sem questionar? Respondi a pergunta?

37.

thibas 08 de maio • Editar uhauhahua rolou uma correção “semi-”automática no meu comentário..uhauhauha DD, quando eu disse ‘mantra’ eu tava me referindo ao ‘on namah shivaya’ mas um mudra e um mantra fica melhor ainda rs.. abraços

38.

Élder 08 de maio • Editar Eu de novo, A história do paraíso, Eva e a maçã, tem a ver com a caixa de Pandora? Se sim, qual veio antes? Abraço.

39.

Petch 08 de maio • Editar Acho que eu me expressei mal, a minha duvida é quanto as figuras em si, não quanto aos seus atributos… Esses são os atributos da serpente, mas pelo fato do Cajado de Moisés (que se transforma em cobra) e a cobra de Mahakal serem tão parecidos, existe alguma relação entre Moisés, Hermes e Mahakal (não só entre as cobras) do mesmo jeito que existe entre Apolo e Jesus. ______________________________________________________ Eu entendi os atributos de Venus, Afrodite, Ísis, Ishtar, Bridgit, etc… Mas a minha duvida é quanto ao fato de em uma mesma cultura(grego-romana) um corpo celeste representar duas divindades diferentes (Venus e Prometeu), se fossem em duas culturas separadas, isso não me deixaria confuso, pois os nomes e representações sempre mudam um pouco. Enfim, se dessa vez eu fui mais claro e você puder responder outra vez^^ Obrigado desde já. obs: essa coluna ficou muito bem escrita

40.

Itu 08 de maio • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 13 of 53

interessante notar como as historias de fantasia tem muitos aspectos ocultistas. Na trilogia “As Fronteiras do Universo” de Philip Pullman, da qual faz parte a Bussola Dourada, as pessoas tem seus Daemons (e eles tem exatamente esse nome) representados na forma de um animal que acompanha e proteje a pessoa. A obra também é uma forte crítica à igreja católica, que é chamada de Magistério na trilogia.

41.

Natanael Rabelo 08 de maio • Editar Texto muito bem produzido, parabéns!

42.

Vivian 08 de maio • Editar Oi Tio! Fantasmas são “como nós”??? E os anjos???Anjos na (imagem de bons e DIVINOS)…tb são como nós??? Eu mesma sempre acreditei que essas coisas só vinham a nós por sintonia,talvez por isso a velha frase “só acontece pra quem acredita”.Mas existem relatos de poltergeist pelo mundo,vc atribui isso a criação de nossa propria mente,ou mesmo “a convite” ou eles podem simplesmente acontecer ainda que vc não acredite em NADA disso?

43.

Papael 08 de maio • Editar Respondeu claro! pela primeira vez, mas respondeu. Me sinto agraciado, obrigado!

44.

Evangeliun 08 de maio • Editar Nossa tio, agradeço de coração oq vc faz por nós…. estou aprendendo mt com a contagem do Ômer. Todos os dias eu me esforço o mácimo possível para realizar os exercícios propostos para cada dia, porém tem dias que não consigo realizá-lo… Mas a grande maioria dos exercícios até agora eu consegui realizar, e o mais imprescionante é que tem dias (por incrível que pareça, os q eu acho mais defeitos em mim e penso que não vou conseguir realizar o exercício…) que a tarefa acaba caindo de paraquedas no meu colo, como se fosse para eu realizá-lo… entende?! Mais uma vez, o meu mais sincero agradecimento e um grande abraço!

45.

João 08 de maio • Editar @MDD – se você encontrar sua própria luz, você vai dar dinheiro para a Igreja?` Então queando “brinquei” com o Albert Pike, dizendo que a própria Igreja Católica é Satanista (Shaitan dos verdadeiros ensinamentos de Cristo) eu até que tava no caminho certo??? rsrsrsrssrsrs TFA

46.

Gustavo 08 de maio • Editar Prece de Ismael “Bendita estrela D’Alva, farol das imortais falanges, purifica-nos com Teus raios divinos, lava-nos

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 14 of 53

de todas as culpas, atrai-nos para junto do Teu seio, santuário bendito de todos os amores !”

47.

Thiago Habib 08 de maio • Editar Eh, eu já esperava esse corolário… rs. Já que me identifiquei tanto com ele, o comentário ficou um pouco grante… lá vai: Até aqui eu entendi: Primeiro, Lúcifer (Prometeu, Hermes, ou como queira chamar) – o melhor amigo da humanidade – é personificado no próprio Yeshua, como aquele que se sacrificou por nós para que tivéssemos a salvação (iluminação) através de sua mensagem de AMOR incondicinal… certo, até aí parece lógico (recebemos através da mensagem de Jesus o shin (fogo) que é o amor). Segundo: Jesus, como Mensageiro de Deus, se identifica com a personalidade de Hermes. Ele portaria então a serpente no caduceu (aquele mesmo que foi erguido por Moisés no deserto para curar quem olhasse para a serpente de cobre). De uma certa forma, essa serpente representa até um protótipo do próprio Cristo, que seria depois pregado num madeiro, servindo de cura para as nações – O ANTIGO TESTAMENTO É COMO UMA SOMBRA DO QUE SE CUMPRIU NO NOVO (”as above so below”) – certo? Concluindo… uma peça não se encaixa no meu quebra-cabeças bíblico e gostaria de saber o porquê: Se a missão de Yeshua – cordeiro de Deus que tira, DESTRÓI o pecado do mundo (com o tridente? rs)- é trazer a humanidade de volta para o Éden através de seu sacrifício… QUEM FOI a serpente que ofereceu o fruto da “árvore do conhecimento do bem e do mal” que se configurou como o motivo da expulsão do homem do Éden??? Para a segunda pergunta (que tem tudo a ver com a primeira), vou usar os termos mais abrangentes possíveis: Porque o ETERNO se irou tanto a ponto de expulsar a humanidade do REINO SUPERIOR quando O MENSAGEIRO compartilhou com ela o fogo do CONHECIMENTO superior? O ETERNO desejaria então a ignorância à humanidade? O posterior castigo de Jesus no Gólgota (equivalente ao monte Cáucaso) – devido a ele ter feito aquilo no Éden seria a cruz ou eu já estou viajando de mais??? Meu pastor me mata se ler esse post! HUAEHUEAUAEHEAUH…

48.

Augusto 08 de maio • Editar Marcelo, parabéns por divulgar seus conhecimentos aos leigos. Com certeza, você está fazendo algo importante para que cada um de nós se torne uma pessoa melhor. Porém há uma importante peça desse quebra-cabeça que eu ainda nao consegui entender. O por que da maioria das religioes insistirem na existência do céu x inferno. As tres maiores religioes do mundo [catolicismo, judaismo e islamismo] apesar de muitas diferenças tem um discurso unificado quanto à questão do céu x inferno, deus x diabo… Por quê? Não acredito que seja apenas para angariar mais dinheiro ou ter um grande rebanho para massa de manobra. Dificultar a evoluçao espiritual de pessoas apenas por dinheiro, ao meu ver é muito pequeno, não tem sentido! Talvez haja alguma outra explicaçao mais plausível como elas acreditarem que de alguma forma estão fazendo o bem em induzir seus fiéis a acreditarem em céu x inferno pois a maioria das pessoas lidaria melhor com essa historia do que com a história do Karma. Eu sei que o que estou falando não tem muito sentido, mas é que impedir a evoluçao das pessoas apenas por dinheiro pra mim tem menos sentido ainda.

49.

edujanu 08 de maio • Editar Marcelo, assim eu não entendo mt bem tudo isso entendo em partes cara sobre os mudras se sabe que alguns são perigosos né, num é necessário eu falar isso outra coisa, pensamentos influencia em tudo, vc disse que onde tocamos estamos deixando nosso rastro energitico, tipo uma digital astral tá, eu pensando em algo eu faço isso tb faça um post sobre sonhos e como ter uma projeção astral eu já vi mt coisa em sonho, conversei com as pessoas em sonhos e elas me contam as coisas, vou conversar cara a cara e pergunto se lembra do seu sonho, a pessoa fala não. Eu faço uma pergunta que eu fiz no sonho e ela me diz a resposta e sempre bate. estranho

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 15 of 53

50.

rodrigo rauta 09 de maio • Editar Muito boa a coluna titio!!! sei que ainda ta cedo , mas falta muito sobre a coluna do Rei Arthur? E o senhor tb vai falar sobre os Cavaleiros Templários?? Abraço!!

51.

Pedro 09 de maio • Editar Bom, primeiro quero lhe parabenizar quanto a coluna, sempre acessava o sedentário, mas apenas como diversão e nunca li essa coluna. Até que semana retrasada(se não me engano) vi o primeiro post falando sobre o “diabo” e achei muito interessante e comecei a ler tudo do começo. Iria perguntar sobre o sefirat haOmer, pois fiquei em duvida quanto a começar atrasado, ou não começar, mas você já respondeu ali em cima. Outra duvida, apesar de não ter nada haver com este post é sobre projeção astral, quando você disse que se projeta com a ajuda de alguem. Isso porque somente algumas pessoas tem a capacidade de fazer sozinhos, ou por outros motivos? Quanto a capacidade nata, ou desenvolvida, mediunidade entraria em que ramo, apesar de ser um assunto controverso. Vou deixar as outras dúvidas para perguntar depois, pro comentário não ficar muito grande. Abraço e mais uma vez parabéns

52.

luhst 09 de maio • Editar Acho que é o momento de me manifestar. Por uma dessas felizes coincidências do caminho, neste ano conheci primeiro o Evel, figura ilustríssima, pra conhecer o sedentário e conhecer você e seus excelentes artigos. Acho que a internet permite o encontro com mestres e orientações mais facilmente. Parabéns por ser mestre de muitas mentes inquietas buscando a quietude. Bom, a atividade prática parece ficar um tanto complexa na prática individual e sem orientação. O que você pode me dizer sobre o grupo Pró-vida? É uma entidade séria e aberta a uma real participação e até questionamentos? Qual bibliografia você recomendaria para o bom entendimento da Kabbalah e da prática meditativa? Desculpe pela intromissão, estou apenas descobrindo. Grande abraço Del Debbio, parabéns pela coragem e iniciativa.

53.

Marcos Ganine 09 de maio • Editar Excelente! Essa serie de posts sobre os inimigos da igreja. (6) Muito interessante também a dúvida do Élder da qual eu compartilhava, e foi respondida com certa clareza, apesar de ainda não entender muito bem como se poderia bular o karma.. mas provavelmente nada muito simples Agora, cursos em BH alguma perspectiva? hehe No mais, parabéns e que venha a enciclopédia. (:

54.

Nico 09 de maio • Editar Se o propósito da Igreja é abscurecer a consciência do ser e levá-lo a doar seu pressssciossssssso dinheiro como se justifica as esperiências de fé vividas em meio católico? Ou todo o rito religioso existente não gera uma ressonância astral sequer? (me lembrei dos fantasmas de Ravenloft agora…) É uma experiência de fé enganosa?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 16 of 53

@MDD – Não… eles tem experiências de fé… mas não exatamente do jeito que acham que tem. Vamos falar sobre isso quando chegarmos em TIFERET – o Sol. Outra dúvida: como pode a experiencia de fé dentro das Igrejas ser tão semelhante, no sentido de completude do ser e sentido de consciência indiferente a existência física, ao rito sexual pagão sendo ambos mutuamente exclusivos? @MDD – pois é… eles NÃO são mutuamente exclusivos.. mas vou manter o suspense. Um pouco mais de paciência, padawan. Não existe meios diversos para a iluminação? Não é possível um método introspectivo sendo ensinado pela Igreja? Não a missa de cada domingo, mas toda a filosofia católica de igualdade, perdão e amor ao próximo, com todas suas restrições e abstinências…

55.

Gustavo 09 de maio • Editar “Responsável por ter trazido a Luz (inspiração) dos deuses para os humanos, estaria condenado a permanecer com eles, sendo visto apenas durante a manhã ou ao cair da noite (tal qual o planeta que representava).” Lembro de ter lido que os melhores horários pra praticar exercícios relacionados com a aura é de manhã e no final da tarde. Foi no livro A Profecia Celestina, eu acho… Tem alguma relação com o trecho do texto que eu selecionei ali em cima? Parabéns pela coluna, gosto muito e leio sempre. Posso dizer que mudou minha vida =) Vi Veri Veniversum Vivus Vici ~

56.

Yuri (Frodo) 09 de maio • Editar Muito Bom! Nenhuma dúvida! Só minha gratidão pela informação contida na coluna desde o começo e meus parabéns mais uma vez! É sempre mais fácil culpar o Capeta, né? Abraço

57.

JD 09 de maio • Editar Marcelo, quando tu vais falar sobre as igrejas evangelicas? tenho algumas duvidas, e acho que com um post teu, iria me esclarecer algumas coisas… como tenho mãe evangelica (da IURD), desde que era criança, frequentava com ela por obrigação.. mas depois que fiquei maior, deixei de ir, mas ficava com aquele “peso” na consciência, aquele medo que me foi implantado na mente… Só depois que comecei a ler a tua coluna que fui abrindo mais a mente e me livrando desse peso. mas então.. queria fazer algumas perguntas sobre as igrejas evangelicas, mas como sei que teu tempo é pouco, vou querer tirar só uma das duvidas… Tipo, o dizimo.. uma vez vi tu comentar sobre o Trigueirinho, que tinha coisas interessantes sobre ele. Fiquei curioso e entrei no site dele e ouvi um trecho de estudo sobre o dizimo: http://www.trigueirinho.org.br/web/php/estudos.php (segundo tópico).. Como ele explicou, o dizimo é algo útil para pessoas que não são evoluidas espiritualmente, para não acumular karma negativo, pois recebe muito e às vezes esquece de dar. mas espiritos evoluidos fazem isso naturalmente, então é coisa que nao precisam fazer… então, seguindo essa linha de raciocínio (se é que ela é plausível), tu não achas que algumas (ou a maioria) das pessoas que frequentam as igrejas evangélicas (ou qualquer outra que manipula o gado), não são tão evoluidas, e por isso pagando dizimo, assim, equilibram o seu karma? pois uma pessoa mais evoluida, creio eu, não se deixa influenciar por certas mentiras implantadas nas mentes dos fiéis pelas igrejas. Óbvio, que há muita exploração de gente pobre, os que falam na obrigatoriedade do dizimo e ofertas, fogueira santa, sacrificios absurdos – onde há gente que chega a vender casa, carro, etc., para “ofertar no altar”… Mas do ponto de vista do dizimo como meio de equilibrio karmico, ele realmente funciona?? Um fiel, uma pessoa não evoluida, doando o dizimo a uma igreja, seja ela qual for (evangelicas, catolicas, sei lá o que mais) estaria fazendo algo em beneficio a si proprio? Claro que há outros meios de não acumular karma negativo e de evoluir espiritualmente, mas como o gado é controlado pelas religiões dominadoras, ficando estagnado espiritual e mentalmente com tanta distorção de coisas, como tu citaste nesse post, não seria o dízimo uma opção que lhe resta, mesmo sem saber, de equilibrio karmico?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 17 of 53

@MDD – A unica maneira delas equilibrarem o Karma através do dizimo é quando doam de coração, em sua inocência, acreditando realmente que aquele dinheiro irá para alguma obra de caridade (chama-se isso de Lei de Amra). Neste caso, o karma negativo vai para o pastor que embolsa a grana ao invés de destiná-la ao que deveria ser. ah e mais uma coisinha.. como falei antes, minha mãe é evangelica.. e como todo bom evangelico ela diz que a maçonaria é coisa do diabo, heuehe! pois bem, eu fui convidado pra ordem DeMolay e tenho grandes chances de ser aceito (meu sogro maçom que indicou, por iss,o diz ele, que as chances sao boas). Supondo que eu seja aceito, como vou lidar com minha mãe em casa? apesar da ordem ser apenas “patrocinada” pela maçonaria, não da pra explicar pra ela que uma coisa nao tem muito a ver com a outra.. Devo desistir da ordem, ou talvez, quem sabe, decepcionar minha mãe por ela achar que estou mechendo com coisas do “lado negro da força” heuhe… Ela tem a cabeça realmente muito fechada, nao vai conseguir compreender do que realmente a ordem se trata… Foi assim quando eu tentei explicar pra ela que a maçonaria nao tem nada a ver com o “diabo”.. @MDD – voce provavelmente não será aceito, porque há uma sindicância antes e alguns Demolays vão até sua casa conversar com seus irmãos e com seus pais… se nessa entrevista sua mãe não aprovar sua entrada na Ordem, nada feito. Eles irão conversar com sua mãe, explicar o que é a Demolay, etc, mas se ela se sentir desconfortável e não aceitar, não há nada que eles possam fazer, infelizmente. bom era isso, desculpa pela pergunta gigante. se tu conseguir responder vou ficar feliz, porque deu trabalho pra tentar colocar em palavras o que eu quero saber, heuhe! so péssimo nisso um abraço, Marcelo!

58.

LM 09 de maio • Editar Ótimo post Tio DD, realmente era um dos que eu mais esperava. E quantos ao Inferno? Sei que foi mais uma criação da IC para fazer as pessoas serem submissas, mas refiro-me aos infernos quentes e frios dos textos budistas.

59.

Marcell" 09 de maio • Editar O mais legal de tudo é que no capítulo de hoje da novela “acordando os adormecidos” eu me senti um pouco menos enganado/desinformado… uma fração de toda a conspiração de que já entendia. Vamos às dúvidas: 1. Desculpe insistir na Advanced Conspiration Theory, mas com isso você quis dizer que Yeashua veio de capela? Mas ele não deveria ser… ahn… o espírito que guarda a Terra? (hora de tirar meu Exilados da Capela do armário…) 2. Sacrifico de bebes…? Eu até entendo o que isso representava na cultura dos povos antigos, mas ainda não sei por que raios isso se encaixa nesses divindades que deveriam ser supostamente responsáveis pela luz? Ou eram sacrificadas para qualquer entidade meia boca por ali e eu me pedi no meio da história? 3. Saindo do tema do post, eis que eu gostaria de uma palavra de esclarecimento sobre uma dúvida razoável (com o perdão do trocadilho) que surgiu em uma conversa do gênero: Yeshua e os outros avatares responsáveis por nossas vizinhanças cósmicas são, por assim dizer, “espíritos perfeitos” (não pude encontrar um termo melhor…) abaixo, na hierarquia celeste, apenas do Pai Celestial ou seriam eles os “professores do jardim de infancia que ainda são submissos aos diretores da escola, às pessoas do ministério da educação, etc…”? Se eu não fui bem claro ou se falei alguma (ou muita) bobeira, é só me dar um toque… Por fim, muito bom entender finalmente sobre o nome Daemon!

60.

Thiago Mangia 09 de maio • Editar Oi Marcelo, td bem? Este é o meu primeiro post e não tem muito a ver com o seu texto aqui. Quero ter meus sentidos espiritualmente mais aguçados. Já fiz Yoga (Rhatta – é assim q escreve??) por um bom tempo, Reiki e 2 sessões de cromoterapia. Como me mudei de cidade, ainda não sei qm faz essas coisas. Quais tipos de meditações vc me recomendaria? Se vc recomendar Yoga, qual ramo dela especificamente? Vc medita? Quais meditações vc pratica? Um abraço!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 18 of 53

61.

Danilo 09 de maio • Editar Curiosidade: Lendo tudo isso, pesquisando por fora, estudando. Vivendo sem medo e fazendo a diferença na vida dos outros já posso já me considerar “acordado”?(não-ruminante) Pode uma pessoa desenvolver poderes x-men? Ver auras, ler impressões deixadas por outras pessoas, psicografar, curar e etc? O mundo vai acabar, literalmente, ou é só zuera? ô duvidas crueis! ^^

62.

julio 09 de maio • Editar Parabens pela coluna grande abraço

63.

Danilo 09 de maio • Editar Mais uma vez: Como funcionam os mudras? Eu sei que eles são bem difundidos na cultura oriental, principalemte nos desenhos(os jutsus do anime Naruto, as posições do ninja Jiraya, e etc) Duvida final: O Simbolo do heavy metal é um mudra?

64.

petd 09 de maio • Editar Marcelo Excelente coluna, como sempre. Parabéns pela caminho aberto por você para todos nós. Me perdoe se eu estou sendo repetitivo e essa pergunta já lhe foi feita, mas onde entra o dito “anticristo” nessa história toda? Afinal de contas, várias passagens da bíblia citam tal “figura”, seria mais uma alegoria?http://www.myspace.com/gothicanlis Gostaria de conversar com você sobre alguns dúvidas pessoas de experiências vividas (projeções e afins), como posso fazer? Abraços e mais uma vez obrigado

65.

Albert Pike 09 de maio • Editar Sr DD, Agora eu realmente entendo o porque o senhor nunca negou minhas afirmações de que a maçonaria defende o culto de lucifer. O Sr. se manteve calado, nem confirmou e nem desconfirmou porque justamente estava esperando chegar até aqui. @MDD – Exato. Eu não precisava perder o meu tempo refutando as baboseiras de “templáros veneram baphomet”, “maçonaria venera lúcifer”, “bandas de rock são satânicas” e outras justamente porque chegaria neste post onde explico calmamente da onde

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 19 of 53

a Igreja distorceu estes nomes. 1. O Sr concluiu que Jesus=Lucifer porque Ele mesmo declara ser a “Estrela da Manhã”. Gostaria que os leitores soubessem que Lúcifer nunca foi nome de algúm anjo caído, mas se trata de um TÍTULO DADO dado ao primeiro anjo de Deus. Lucifer origem no LATIM, LUX FERRE, ou seja, o portador da luz. O portador da Luz, estrela matutina, era um título. Sería o mesmo que eu te chamar de “Eminência” ou “Elu of the Nine” que são também títulos. Em seu texto, Isaías o chamava de “Helel ben Sahar” ou, Filho da Aurora. Na época de Isaías não existia o Latim, então a palavra Lucifer foi usada pela primeira vez por São Jerônimo. Lux Ferre também era o nome dado a um deus menor da mitologia grega chamado Eósforo (ou Fósforo), que coincidia com o planeta Vênus. @MDD – Exatamente como eu disse acima… Lúcifer é um TÍTULO, não uma entidade. Jesus (Yeshua) é a “Estrela da manhã”, “portador da luz”, “filho da aurora”… todos estes são títulos dados aos iluminados do passado. Quem o associou com o capeta foi justamente a Igreja, em um período posterior. 2. O Sr. espalha confusão e uma falsa associação entre Jesus e Lucifer, ou Luzbel, porque muitos cristãos com o passar dos séculos desejavam atribuir um nome ao desconhecido , o que provavelmente nunca saberemos qual foi. É por isso que a ICAR o prefere chamar de Satanás (adversario em hebraico), ou o Diabo (que também é adversário, do grego diabolos) como Jesus o fez em sua única menção ao adversário na Bíblia: “Voltaram alegres os setenta e dois, dizendo: Senhor, até os demônios se nos submetem em teu nome! Jesus disselhes: Vi Satanás cair do céu como um raio.” (Lc,10: 17-18)”. E Jesus fala no passado e em terceira pessoa. Ou seja, Ele não é a entidade representada por Lúcifer a qual o senhor quer relacioná-lo e ao mesmo tempo tentar separá-lo dizendo que o Jesus da Igreja é diferente do jesus da maçonaria. Ao contrário, Jesus diz ao mundo que Ele sim é a Estrela Matutina verdadeira que traz a luz do mundo referindo-se ao Titulo de Prestígio dado por Deus; @MDD – Exato. Jesus é a “estrela matutina”. E os 72 a que se refere são justamente os espíritos da Goécia, que se submetem `a vontade dos magistas, que falaremos em materias futuras; e não preciso explicar de novo o que a simbologia do raio significa, basta meu texto acima para entender. E novamente, você tenta associar a palavra “adversário” a uma entidade chifruda e com cheiro de enxofre que não existe!!! E, para quem acompanha a coluna, todos nós já sabemos que o Jesus-Apolo fabricado pela Igreja é bem diferente do Yeshua real e de suas pregações espiritualistas. 4- O Sr. continua sua enganação ao dizer para o povo que Prometeus, que segundo a mitologia grega trouxe o fogo dos deuses ao homem, ensinou as artes, e criava homens a partir do barro (que coincidência né?), etc, ao atribuir-lhe o nome Lucifurgo, numa comparação com Lucifer. Essa foi apenas mais uma de suas afirmações forçadas, as quais alguns leitores já estão começando a perceber. Primeiro porque a etimologia de Lucifugo (e não Lucifurgo) é justamente “aquele que foje da luz”. Eu já mencionei sobre o Eósforo grego acima. Ele e Prometeus não eram a mesma “pessoa”, sinto muito corrigí-lo. @MDD – errado… ninguém associou o nome “lucifurgo” a Prometeu, só você. o titulo correto e que todo mundo conhece é LUCIFER, ou LUZBEL, ou seja, aquele que TRAZ a luz. Lucifurgo é um termo que foi inventado pela Igreja muitos séculos depois justamente durante a campanha de desinformação. E você não me “corrigiu”, apenas bradou a mesma ladainha que a Igreja tem dito o tempo todo. De fato, se os leitores forem procurar o nome romano para Prometeu, nunca o vão encontrar porque não havia um nome romano para ele, assim como não havia para muitas das divindades gregas como Aeolus, Hygea, Nemesis, Morpheus, Triton, Nereus, Iris, Hebe, Hespera, Poena, entre tantas outras. Isso porque Prometeu nem sequer era considerado uma divindade já que ele era um Titã. O Lúcifer que o senhor procura na mitologia greco/romana é o Eósforo. @MDD – Foi exatamente o que eu disse no meu texto!!! Você realmente Lê alguma coisa do que eu escrevo ou simplesmente começa a teclar sem nem saber do que está discutindo?!?!? 5. Sobre o verdadeiro nome de Lucifer, meu criativo Sr. DD, esse é um dos enigmas que nunca vamos desvendar. Há muito pouca referencia na Bíblia da ICAR ou de outras Igrejas Cristão e também no Talmud. O sr. que gosta de espalhar a bravata de que a Igreja manipula os textos se esquece ou finge que esquece que muitos dos Livros Apócrifos que não são considerados pelos cristãos e NEM pelos judeus, contém informações sobre o “Anjo Caido”, a Rebelião, o Inferno, os Demonios, etc… Coisa que o Sr. não menciona aqui, já que iria invalidar as arminhas de papel que usa contra as igrejas cristãs. Pois saiba, Sr. Marcelo, que essas arminhas tem lâmina dupla, ainda que sejam de papel. O Livro de Enoch menciona que 200 anjos, chamados Grigori, se rebelaram contra Deus e foram expulsos do paraiso. Enoch só menciona os nomes dos anjos líderes, cujo chefão se chamava Semyazza. @MDD – porque meus textos seguem uma ordem lógica. Não tem como existir “apócrifos” antes de Constantino determinar os livros “oficiais”, o que só vai acontecer em 325 DC. Claro que falarei de Enoch, dos 200 “anjos caídos”, de Samyaza e do que eles significam, mas tudo a seu tempo… não coloque a carroça na frente dos bois nem a espada antes do espírito. A seu tempo, todas as manipulações da Igreja serão desveladas… Convém também dizer que o judaismo não identificava a Satanás como tendo o nome de Lúcifer, já que expliquei que se trata de um título, eles dão o nome de Azazel. Porém segundo Enoch, este era um dos chefes Grigori, subalterno de Semyazza. Já nos textos do Antigo Textamento, geralmente se referem a Satanás como Belial ou Baal. @MDD – justamente porque a palavra “shaitan” significa ADVERSÁRIO… não uma entidade real chifruda e com cheiro de enxofre como vocês querem enfiar goela abaixo das pessoas… TODOS os deuses de TODAS as outras religiões se encaixam nesse apelido de “adversário”… daí a confusão (proposital) que a sua Igreja cria. Porque a ICAR não colocou essas passagens na Bíblia para gerar mais medo ainda, como o Sr. propõem? Iria ajudar muito para que eles mantivessem sua versão sobre a existência do diabo e do inferno. Mas não fazem isso. Porque será? Esses manipuladores (e de manipulação o Sr. entende), deveriam ter usado e abusado desses textos! Eles não fazem isso Sr. Marcelo, porque nem eles e nem os judeus julgam esses livros inspirados por Deus. Por favor, não confira com um padre essas informações, consulte um rabino. @MDD – mesmo porque nós dois sabemos que padres e pastores de hoje em dia não entendem nada de ritualística e magia cerimonial, não é mesmo? O Livro de Enoch ensina de maneira velada a construir estruturas de pedra monoliticas como

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 20 of 53

Stonehenge. Ele é um livro iniciático que pertencia a uma ordem “herege” e por isso foi banido. Falarei sobre ele em colunas próximas. Mas recomendo que você leia “A Máquina de Uriel”. 5- Quem se referiu a Satanás pela primeira vez como “Estrela da Manhã”, foi Isaías, como o Sr. mesmo disse. Embora hajam eruditos que digam que ele estava se referindo ao rei da babilônia, há outros eruditos que sustentam que ele estava se referindo ao objeto de adoração dos Cananeus, Baal, que tinha o seu trono numa elevada montanha do norte, segundo os Escritos de Ugarit (alguma semelhança com a frase de Isaías?). Os Escritos de Ugarit foram encontrados por aqueólogos entre 1930 e 1933 e contam o “ciclo de Baal”. Ou seja, quem se estabeleceu na alta montanha do norte não foi o rei Nabucodonossor II e sim Baal que desejava ser adorado acima do Deus Todo Poderoso. @MDD – Mais uma vez… vamos escrever devagar para ver se você entende… Shaitan, ou “satanás” é um APELIDO… Portanto QUALQUER deus que pertença a QUALQUER povo adversário está apto a levar este título, portanto, Isaías NÃO estava se referindo a um diabo chifrudo com cheiro de enxofre inventado pela Igreja… Seja o príncipe da babilônia, seja o deus Baal, seja a Chapeuzinho Vermelho, era apenas uma pessoa/divindade que estava em posição oposta à do povo de Isaías e, portanto, recebe a denominação de “shaitan”. Entendeu agora ou vou precisar desenhar? Por último 6 – O Sr. pode perfeitamente separar o Jesus cristão do jesus maçônico. Porque desde esse post seu texto vai concluir exatamente o que proclama o Albert Pike (o real) e que eu denunciei desde o começo: que Jesus é o deus das trevas e o Lucifer, o iniciado, o X-Man, é o deus verdadeiro. Oras, Sr. Marcelo, enfim os maçons se mostram bem fundamentalistas e dogmáticos. E sua lavagem cerebral anda muito bem! O Nós contra Eles bem explicado pelo Sr. acima finalmente se mostra também uma prática da maçonaria. Mas é importante deixar muito bem claro e registrado, a idéia do Bem contra o Mal não começou com a ICAR ja que ela segue a tradição judaica nesse sentido. @MDD – Para quem acompanha a coluna, já ficou claro faz algum tempo que o Jesus-Apolo inventado pela Igreja não é o Yeshua real. Você quer fazer isso parecer “satânico”, mas é apenas a mesma ladainha da sua Igreja ao longo dos séculos… que só Jesus-Apolo salva e que todos que pensam diferente irão para o Inferno… apenas faz o mesmo discurso em um tom erudito para tentar me impressionar e a meus leitores, o que não conseguiu. Está muito claro Sr. Marcelo! Vamos ver qual dos Jesus ou Lucifers possuem melhor doutrina e ensinamentos, porque o Jesus dos cristãos nada ensinou em oculto e nada ocultou de todas as pessoas a quem o Sr. chama de gado. Espero também ansioso seus proximos posts onde começará a diferenciar a doutrina do seu Jesus. @MDD – Jesus nada ocultou… quem ocultou foi a Igreja. Muito bem dito!

66.

Cláudio Castro 09 de maio • Editar Parabens tio! Ta excelente as postagens hehe

67.

José Irineu 09 de maio • Editar O exú 7 caveiras, tranca rua e afins, que os pais de santo incorporam é o mesmo que vc mencionou na parte 1? Vender a alma ao diabo pode ser uma alegoria aos trabalhos que eles prestam, e que depois cobram que vc trabalhe pra eles no astral?

68.

Ulisses 09 de maio • Editar Olá achei interessante seu post e gostaria de saber como faço pra entrar numa dessas ordens iniciaticas. grato.

69.

TH13 09 de maio • Editar @MDD: “Na bíblia, costumam dizer que a palavra está associada a um ente misterioso que teria se rebelado e deixado de servir a Deus e que aparece em Ezequiel 28: 12 a 19.” @Kakaroto:”Vc falou q a história de anjo caído era falsa?” “@MDD – Alguns textos posteriores, especialmente “A Divina Comédia” (Dante era um iniciado, mas vocês verão que toda a alegoria do Inferno está relacionada com os 49 portais e os 7 defeitos capitais da Kabbalah) e “Paraíso Perdido” de John Milton, que fala da queda”

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 21 of 53

Não falando especificamente sobre lúcifer, mas o “ente misterioso” que aparece em Ezequiel, ao menos na tradução citada, é expressamente designado como um “querubim”, ou seja, anjo caído (não Lúcifer) existe anteriormente aos textos posteriores. Me parece que a associação desse querubim caído com Lúcifer é que é posterior. Considerando-se, claro, que a denominação “querubim” implica em anjo ou em ser celeste – que inclusive está na Arca, conforme já visto em posts anteriores.

70.

Sepher Maha-Deva 09 de maio • Editar Corasojo heim, muitos espiritualistas não curtem usar o Om Namah Shivaya….haha É sério, uma energia tremenda de mudança que muitos não estão afim de aceitar no momento… Hum, teremos assustos sobre a Corte dos Dragões de Capela no advanced? Legal. Quero conhecer outras fontes sobre o assunto (só conheço pelo umbandista Robson Pinheiro)

71.

Shurubaca 09 de maio • Editar Então os Daemons do Fronteiras do Universo (His Dark Materials) são representados corretamente? Você vai falar alguma coisa sobre esses livros? Eles tem bastante a ver com algumas coisas que você fala por aqui. abraços

72.

kratos 09 de maio • Editar “…um ente misterioso que teria se rebelado e deixado de servir a Deus e que aparece em Ezequiel 28: 12 a 19.” Mas eu li essa parte e parece q o tal “ente misterioso” é apenas o principe de Tiro, do qual fala o capítulo em questão. Ou vc estaria se referindo a mais outro alguém? por favor, explique estou confuso. @MDD – exato… príncipe de Tiro ou a divindade Baal, os estudiosos não tem certeza ainda… mas definitivamente não é um chifrudo com cheiro de enxofre hehehe

73.

Looky 09 de maio • Editar Nussa uma das poucas vezes que eu li um texto onde o autor realmente sabia o significado e sentido de Lúcifer. Não costumo ler essa coluna, como não tenho exatamente um direito de resposta fico angustiado por não poder discutir diretamente com o autor sobre os pontos que discordo. Ainda assim pelo menos pela parte de hoje está de parabéns. @MDD – claro que tem… basta postar as suas duvidas e eu tento responder, na medida do meu conhecimento.

74.

Diego 09 de maio • Editar Nao é aquele símbolo com a mão do tridente que a shiva faz? representada nas imagens?

75.

thahy 09 de maio • Editar tanto conhecimento… e qto ego…

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 22 of 53

@Albert Pike releia o texto

76.

Cláudio Castro 09 de maio • Editar Albert Pike has been Owned. DD 1 x 0 Crente Mala

77.

Frideberth 09 de maio • Editar Caro Marcelo não vejo nenhum Tridente na maçonaria (pelo menos a figura). Por que, já que significa sabedoria?

78.

Luiz Fernando 09 de maio • Editar Marcelo, obrigado por difundir sabedoria, a sua missão neste plano está sendo cumprida. Parabéns! 11:11 Aprender e para ensinar, SEMPRE.

79.

Rafael 09 de maio • Editar Ae DD Vendo o texto de Albert Pike fica claro o quanto essa gente esta com medo do seus textos, agora ele quer comparar os Jesus para ver quem eh mais bonzão. Jah vi isso em algum lugar :p Parabens DD

80.

Warin 09 de maio • Editar Tio Marcelo, tenho várias dúvidas, mas sobre diferentes assuntos, porém o que está sendo tratado agora me permite fazer essa pergunta sem sair do tema. A dúvida em questão é em relação a um fato que ocorreu comigo a algum tempo. Na época eu namorava uma menina, gostava dela e tudo mais, certo dia criei um clima, usando incensos e velas, pouca luz, vodka, maconha e ouvindo música eletrônica (Prodgy). Enfim, a relação sexual foi muito boa, intensa, uma das melhores experiências que tive sexualmente falando. Muito suor, saliva e esperma. Mas em certo momento, enquanto eu chegava ao orgasmo. Tudo ficou escuro, muito escuro, e no meio da escuridão eu vi o rosto de um demônio, a imagem era muito real e ainda me lembro muito bem, fechando o olho eu consigo ver de novo. Esse rosto do demônio se parecia mais como uma máscara ou carranca e com feições dos demônios retratados na China e Japão. No momento que isso aconteceu, fiquei muiiiito assustado, mas encaro isso de uma forma melhor hoje em dia. Essa é a experiência, mas gostaria de saber o motivo disso, foi por que eu estava sob efeito de álcool e maconha e foi um “efeito colateral” ou por causa de todo o clima, velas, incenso, drogas, sexo e música eu tive a tal visão. O que na sua opinião significaria tal coisa? Outra coisa. Isso aconteceu no fim de semana. Eu sempre tento desligar a minha mente objetiva, me desligar do racional. Com alguns exercícios adaptados e tal. No meio de um exercício desses fiquei por alguns segundos surdo, e comecei a ouvir sons, como se várias pessoas falavam ao mesmo tempo, e uma música tocava ao fundo.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 23 of 53

A música era esquisita, sons estranhos, mas com uma melodia harmoniosa e as vozes eram em um idioma que não identifiquei, dava a impressão das vozes estarem discutindo algo em uma reunião, o som tinha muita reverberação, parecendo vir de um lugar fechado e grande. Tudo foi muito rápido, mas parece que durou muito tempo, a sensação foi estranha. Não poderia ser vizinho nem nada do tipo ouvindo música por que onde eu moro não tem como isso acontecer. Os sons parece que estavam dentro de minha cabeça, e a experiência visual era de cores, muitas luzes e cores abstratas. Detalhe, hoje em dia eu não consumo mais droga de espécie alguma e não bebo nada alcoólico. A coluna esta muito boa, dando caminhos para outras pesquisas mais aprofundadas sobre os assuntos. abraço

81.

Tiryx 09 de maio • Editar Massa esse post!! Vc já leu os livros do Castañeda??? vlw!!

82.

Call me GUsh 09 de maio • Editar Quando vc disse que jesus é lucifer vc quis dizer que jesus tem como função lúcifer, não é? “lucifer” não seria algo que todos buscamos ser, que é ser alguem para levar a luz? o que l´cifer tem haver diana e dionísio (casal lucifero, ou algo assim)? abraços!

83.

calvin almeida barreto 09 de maio • Editar er… marcelo… vc podia botar aonde vai ser esses cursos né?! vc podia dar uma pequena introduzida nessa coisa de queda e tal… oq aconteceu pra eles usarem isso? @MDD – Os cursos ocorrem em São Paulo, capital. Por enquanto, fora de SP, só tivemos (e teremos de novo em Julho) cursos em Fortaleza.

84.

Cassidy 09 de maio • Editar Valeu pela resposta. Já conheço um pouco (bem pouco, na verdade) dos Cátaros, e outras ordens que mantiveram a verdadeira mensagem de Jesus (até a Aventuras na História falou deles). Me diga, você pode me indicar um Bíblia com uma tradução BOA mesmo, que não tenha sido deturpada/modificada pelas otoridades? E livros sérios com os textos apócrifos? Abraços e valeu pelos textos! Os futuros Despertos te agradecem PS: Albert Pike: YOU-HAVE-FAILED

85.

Albert Pike 09 de maio • Editar Caro DD,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 24 of 53

Estava ansioso que o Sr. publicasse esse meu texto, estava certo que o Sr. o publicaria quase na integra porque obviamente teria a opção de responder tudo desde o seu ponto de vista, mostrando a sua erudição. Mas pelo menos fazer perguntas baseado no que respondeu: 1- Shaitan é o nome de Satanás Corão, ou seja, em árabe. Em hebraico seria Satanail. Estranho que o Sr. não expresse o seu ódio também pelo Islamismo, que se diz oposto e inimigo dos cristãos e, mesmo assim, compartem a mesmo opinião sobre a existência do Adversário e do inferno. Quando o Sr. começará a destilar o seu ódio contra o Islamismo? @MDD – desculpe… não entendi. O que uma coisa tem a ver com a outra? O Islamismo é uma religião maravilhosa, especialmente na parte esotérica (Sufi). O problema, assim como o cristianismo, são os fanáticos como você. No caso do islã, os fanáticos possuem mais fé do que os católicos. 2- O Sr. brada que o Inferno e o “tinhoso, capeta, exu sete facadas” é uma invenção da Igreja Católica. Como explicar as mesmas referencias no Islamismo e no Judaísmo se referindo ao Adversário? Mais uma vez errou ao explicar o termo “Lucifugo” aos leitores. Então que eles vejam por si mesmo: http://www.thefreedictionary.com/lucifugous @MDD – Eu não expliquei o termo “lucifugo”, expliquei o Termo LUCIFER… Lucifugo não é nem nunca foi sinônimo de Lúcifer, exceto quando a Igreja começou a querer associar Yeshua e seus seguidores com os “adversários”. 3- O Sr. diz que o deus de uma religião é o inimigo da outra, então como explicar que o Deus de Abrão (hebreu) fosse o mesmo que de Melquisedeque, um cananeu e Rei de Salem quando se saúdam en nome de Eli-Elohim (Deus Altíssimo)? Baal era nada mais do que um subordinado que pos seu trono na montanha mais alta do norte, exatamente como diz Isaías… @MDD – Errado novamente. O que eu escrevi foi que quando duas nações entravam em guerra religiosa, uma delas transformava os deuses da outra em demônios. Mas acho legal postar seus comentários para os leitores perceberem como funciona a manipulação do pessoal da Igreja. A primeira parte do seu texto está correta. O Deus de Abraão (Ab-Rama) é o mesmo de Melchisedeque e do rei de Salém. A segunda parte (que não tem conexão alguma com a primeira) está errada. Baal quer dizer “Senhor” e é um título que poderia ser aplicado para QUALQUER deus… 4- O Sr. diz que o livro de Enoch tem conteudo iniciatico. Isso quer dizer que tambem esse livro possui significados ocultos e que ninguem pode “desocultar” esses significados porque só vocês, os iniciados podem. Ora Sr. Marcelo, isso é muito conveniente já que te daria uma larga vantagem para dizer qualquer coisa sem dar nenhuma referência. @MDD – Qualquer pessoa pode ler o livro “A Maquina de Uriel” e ter toda a simbologia dos textos do Livro de Enoch dissecada. Hoje em dia existem poucos segredos realmente bem guardados. Uma das coisas que a Igreja adora fazer, que meus leitores podem acompanhar pelos seus comentários, é tentar manipular a população contra qualquer “segredo” das Ordens Secretas… ora, eram segredos justamente para escaparem da Inquisição. Muita coisa não tem mais necessidade de ser secreta, e a construção dos círculos de pedra é uma delas, coisa que tenho colocado aqui na coluna. O livro de Enoch nada mais trata do que ensinar a maneira como construir círculos astronomicos de pedra. 5- O Sr.diz que Daemons são “anjos” ou “espiritos” de guarda que acompanha as pessoas. No entanto você tem que complementar a informação e dizer que Daemon é uma palavra latina para o original grego “Daimon” ou “Daimonon”. O conceito de que eram entidades que acompanhavam as pessoas para “aconselhá-las” foi introduzido por Platão, que já foi muito mencionado em suas colunas. A palavra grega Daimon ou Daimonon, em sua raiz quer dizer “acusador” ou “caluniador”. Foi o Platão que mudou o seu sentido historicamente. @MDD – assim fica complicado de debater… em tempos de internet onde com um click as pessoas te desmentem, fica impossível para você ter qualquer credibilidade, Pike. Exceto para a Igreja, Daimon sempre significou “Gênio” ou “espírito” ou “mentor”, um ser astral que vocês mesmos depois reinventaram e chamaram de “Anjo da Guarda”, através de manipulação do significado das palavras. Qualquer um pode entrar no “babelfish”, tradutor automático, e ver que Acusador em grego é “Κατ’ηγορος”, Caluniador em grego é “συκοφάντης”. Já daimon se escreve “δαίµων”, ou seja, nada a ver com o que você afirma. 6- Não confunda os leitores dizendo que a ICAR é a minha Igreja e ao mesmo tempo me chamando de “Espada do Espírito” porque o Sr. cai em contradição. Pelo que eu pude ver a “Espada do Espirito” é mantida por um Batista (está em sua home-page) que é protestante, ou seja, nada a ver com a Igreja Católica e vice-versa. Antes de plantar teorias sobre minha pessoa para semear a confusão busque não se contradizer. @MDD – Não cai em contradição, estava tirando um barato da sua cara. Não adianta se esconder atrás dessa erudição vazia, que só impressiona quem não tem o conhecimento. Eu estava colocando você na mesma farinha do saco dos citadores da bíblia sem discernimento, da ICAR, ETI, Opus Dei, Monfort… Muito suspeito um “cristão aleatório indignado” com tantos “conhecimentos” (ou você quer me convencer que um cristão genérico consegue fazer estas citações escolhidas e conhece tão bem detalhes de ritualística maçônicos?) cometendo tantos “erros” (ou melhor dizendo, “manipulações” que nós dois sabemos que são propositais) nos comentários. Por curiosidade, o Sr. pode me dizer como está representada a figura do Diabo nas cartas do Tarot, o arcano 15? Embora o Sr. vá dizer que o significado é outro “oculto” não poderá acusar a ICAR dessa representação pois seria ridículo. Os próprios ocultistas o representam como uma criatura hermafrodita, com cara de bode e chifres e lhe dão o nome de Diabo, ou seja, adversário. @MDD – não só posso como farei no próximo post. Baphomet. Assim, os próprios ocultistas dão o nome de Diabo, adversário, ao baphomet que o Sr. mencionou. Aliás, me poderia explicar porque os ocultistas representaram um anjo de luz, de extrema beleza, com uma figura tão repugnante como essa? @MDD – novamente, você está se atrapalhando todo e colocando a carroça na frente dos bois… “Baphomet” na figura famosa de Eliphas Levi só passou a existir no século XIX. A figura “horrenda” tem seu significado e seu simbolismo. Falarei sobre isso na próxima coluna, mas deixo uma diga aos leitores: Esfinge.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 25 of 53

86.

The V3n0m 09 de maio • Editar Salve DD, Cara vc ainda vai falar dos Incubo e Súcubo ??? (Diz que sim ! O padre Quevedo adora…) —— Como sou fan de Heavy Metal, sei que muitas bandas usam o ocultismo, conscientemente e inconscientemente, talvez por isso que a igreja católica, e os “crentes” rotulam as bandas como satanistas e etc, tudo bem que muitas ate fazem questão disto. O interessante é que sempre digo as meus amigos e colegas próximos que o axé, pagode, funk e etc…, é a musíca do demônio…. isso é transformar o deus de um no demônio do outro… Não sabemos qual é o bem e qual é o mal mas sabemos que são opostos… Que o Deus do Metal te abençoe The V3n0m .’.

87.

Rodrigo 09 de maio • Editar QUERO VER A TEORIA DA CONSPIRAÇÃO SOBRE O FIM DOS TEMPOS EM 2012 SEGUNDO O CALENDÁRIO MAIA!

88.

Aton (poeteiro mode on) 09 de maio • Editar “A vaidade é meu pecado predileto…” Mas o que é pecado senão um suposto erro discriminado? Enquanto a serpente busca um alvo correto Percebemos que não há certo nem errado. Três fortes erguem-se contra o vento De um homem barbado que sopra uma tempestade. No litoral das terras de Bento Vejo apenas as espumas da vaidade. E é aqui que esse fraco poeta repousa Lembrando-me de uma vida que não esta. Forçando um frágil giz contra uma áspera lousa Escrevo o conhecimento de uma forma modesta. ______________________ Nada de intrigante aqui. Coisa de poeta iniciante. Chego até a ficar sem jeito. DD, vou acabar ficando desleixado. Desde que comecei a recomendar seus textos, o pessoal só vêm mais para tirar dúvidas, comentar comigo. Mas que sua coluna está me ajudando a abrir alguns olhos… Ah, está! Não faço parte da maçonaria ou de qualquer outro grupo. Não por falta de interesse, mas tempo e entrega. Considere-se com uma casa aqui em Fortaleza. Um forte abraço.

89.

Caronte 09 de maio • Editar Não tem a ver diretamente com esse post. Muitas pessoas se utilizam de drogas lícitas e ilícitas (de acordo com a legislação vigente) para atingir estados alterados. Gostaria de saber

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 26 of 53

o quão necessários são esses artifícios, se podem ser considerados atalhos, quão e quais são válidos (se houver algum), e se é viavel conseguir o mesmo efeito sem recorrer a estes atalhos/artifícios e ainda se existe diferenças de usar ou não esses atalhos. Att

90.

Eduardo Souza 09 de maio • Editar Muito bom post, Mestre DD Esclarecimentos sensacionais, e vai dar o que falar, hein =P Estou ansioso pra ver o resto dessa série ;D Bem… Divagando por aí, eu vim com umas dúvidas =P 1) O que você pode me dizer de Joana D’Arc? Qual era a boa dela? Ela era de peixes e tinha uma habilidade mediúnica apurada, ou algo assim? 2) Eu vi num documentário do History Channel (aparentemente os documentários deles têm uma certa credibilidade), e uma vertente mostrada nesse documentário dizia que o Tarot foi inventado em 700 e poucos pra a galera feudal ficar passando tempo. Profanação extrema? =P Parabéns de novo!

91.

joão 09 de maio • Editar Segundo o Zeitgeist Jesus seria o sol, e agora você está dizendo que ele é Vênus.Qual está certo?

92.

Bolis 09 de maio • Editar Amo muito tudo isso! ;D gostei do 11:11 que colocaram ai em um comment.. Abração.

93.

Hugo 09 de maio • Editar Citando você mesmo: “Quando uma região entrava em guerra com a outra, os deuses de uma se tornavam os “Adversários” (Shaitans) da outra religião e, quando o povo era absorvido, estes deuses também eram absorvidos e transformados em deuses menores OU demônios, conforme a necessidade (como podemos ver, esta não é uma prática original do cristianismo de Roma e já existe desde sempre).” Agora eu pergunto: Qual a razão de você sempre se referir a esse processo realizado pela igreja católica de forma agressiva, preconceituosa e agressiva? E em situações nas quais não é um processo realizado pela igreja católica você acha normal? Fora isso e a desconsideração que não é só a religião católica que tem influência na história, mas também a filosofia, a política e a geografia, aprecio muito os textos.

94.

Nilton 09 de maio • Editar Tu pediste Marcelo, e aqui está, o documentário que fala dos Mapas de Piri Reis e etc Parte 1:

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 27 of 53

http://www.youtube.com/watch?v=opX5s57MKIk Parte 2: http://www.youtube.com/watch?v=JlaXHi3yPwQ&feature=related Parte 3: http://www.youtube.com/watch?v=8TgBdDMKsgU Parte 4: http://www.youtube.com/watch?v=w53BLnN0REg Parte 5: http://www.youtube.com/watch?v=M6CVHCb5AS8 Foi mal a demora ^^ Se tiver tempo, dê uma olhada, e diga as coisas plausíveis e as não plausíveis, pelo que eu li, esse documentário foi muito polêmico na época, enfiou o dedo na ferida de muita gente, e uma galera saiu da toca pra falar mal \o See ya

95.

Vagner 09 de maio • Editar Olá Marcelo, começei ler sua coluna a pouco tempo… e estou gostando bastante, descobrindo coisas que até então eram obscuras para min. estou muito ancioso para os próxs. post… fiquei muito feliz em saber que virá a fortaleza(moro aqui) para seu curso, e gostaria de saber onde aconteceu da última vez, ja que você disse que esteve aqui, e onde ocorrerá este ano? abraços!

96.

Osmoth 09 de maio • Editar Otimo texto ^^ PS: MDD 6 x 0 Albert Pike

97.

Raphael (-,-) zZ 09 de maio • Editar Olá Esse eh o meu segundo ou terceiro comentário, espero q ao menos esse seja respondido (se possível): 1-Não seria Lúcifer (o anjo caido portador da luz) todos os homens que, possuindo a luz divina no seu interior (espírito), foram movidos da esfera que ocupava o lugar de daath (ou ocupará) e decaíram junto com a própria esfera para malkuth (daath caída)? 2-Os “supostos” espíritos q “incorporam” nos médiuns do culto da jurema sagrada/macumba e nos cultos de umbanda/kimbanda e q se denominam com os vários nomes conhecidos: Exu tranca rua, Exu meia noite, Bombo-gira cigana, Bombo-gira cruzeiro (e por ai vai) são espíritos q se apresentam com os nomes famosos ou são elementais? 3- Pra complementar a segunda pergunta gostaria se possível de uma explicação bem curta sobre como diferenciar um espírito elemental (ou criações elementais) de um espirito elementar (ou espíritos). 4- Afinal o Jesus Histórico seria o verbo encarnado ou um espírito bastante evoluído como muitos q “habitam tiferet”? Previamente Grato! Non nobis!

98.

Marcelo

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 28 of 53

09 de maio • Editar Essa série de Posts está fantástica. Tem “trazido muita luz” a velhos conceitos raramente questionados.

99.

Pedro 09 de maio • Editar Depois de ler todos os textos comecei a reler-los novamente para poder entender melhor as sutilezas. Mas quanto estava lendo o texto sobre as oitavas dos signos, e como sou de gêmeos não pude deixar de ficar com uma curiosidade, tu es geminiano?

100.

Guilherme C. V. B. 10 de maio • Editar esse aqui vai ser polêmico lol, ferver hehehe eita caramba !!! fui bem numa questão de prova por ler as paradas do tio marcelo =p

101.

Rabbony Santos 10 de maio • Editar Parabens tio Marcelo pelo post, muito interessante. Mas gostaria de questionar o seguinte: Realizando as minhas releituras dos posts do tio, em um dos posts só de respostas, o Vitor de algum lugar perguntou o que seria o homem livre na frase “A Maçonaria aceita homens maiores de 21 anos, livres e de bons costume” no qual a resposta dada e que seriam livres pensadores. E então agora pergunto: O que seria ” de bons costumes”? Sem problemas psicologicos, não viciados em drogas licitas ou ilicitas, não homossexuais, ter um salario acima de R$5.000, o que exatamante?

102.

Rafael Behling 10 de maio • Editar @ Sepher Maha-Deva Robson Pinheiro não é umbandista, é espírita (kardecista). Mas ele psicografou vários livros ditados pelo espírito Ângelo Inácio, que estuda sobre a Umbanda. Os livros publicados até agora que tem relação com a Umbanda foram: Tambores de Angola, Aruanda e Legião (que trata sobre os espíritos de baixa vibração, os “demônios”). Já li o primeiro e recomendo, excelente pra desfazer vários preconceitos existentes em relação à Umbanda. Deveria ser leitura obrigatória pra todo umbandista, pra saber bem o que está fazendo (Umbanda é o bem e a caridade, qualquer coisa fora disso NÃO é Umbanda). Também tem bastante coisa relaciona com alguns assuntos postados pelo del Debbio, especialmente esses últimos posts.

103.

Gabriel Bagre 10 de maio • Editar Marcelo, tudo certo? Você disse que o mal/trevas é a ausência do bem/luz… O QUE É um espírito de luz, uma pessoa iluminada, um iluminado, uma pessoa evoluida? O que é? O que faz uma pessoa ser considerada iluminada, evoluida? Abraço.

104.

chicken nipples - o escoteiro curioso rsss 10 de maio • Editar DD primeiro – eu to achando sensacional essa sua nova fase comentando PONTO POR PONTO dos ensandecidos e esfomeados coments! OU

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 29 of 53

vc tah conseguindo investir mais tempo em “vosso rebanho” (joke!) ou então assim como eu, vc ficou meio encucado com a repercursão das pessoas e dos manés qdo vc começou a falar do mal do mundo na primeira coluna sobre o TINHOSO. LEGAL! de qq forma to gostando! e assim sou daqueles q tem uma certa assiduidade no blog – olho o RSS todo dia pra ver se chega mais 1 texto seu e tals – entao posso dizer q dentro dessa conjunCtura posso me dar ao luxo de pedir uma coisa pra vc: CONTA AE!!! depois dessa resposta sobre a posição da mão hindu e os escoteiros vc podia contar de vez: ONDE SEUS CONHECIMENTOS CRUZAM ESSE ASSUNTO?! AFINAL DE CONTAS, VC EH ESCOTEIRO OU NAO EH?!!? sou formado em SCI VEGAS e eu chuto q sim… lol

105.

chicken de novo 10 de maio • Editar al al al esse crente q se auto-intitula albert pike eh um boçal eh impressionante como a linha de raciocinio dele eh tao fraca qto a do meu ex-professor de religiao, do quevedo e de qq outra pessoa despreparada pra ter uma discussão séria sobre este assunto. o cara eh tão ruim q eu fico pensando se ele nao eh o proprio DD espelhando um shaitar pra matar a cobra e mostrar o pau. (tipo o filho do papa do primeiro livro do dan brown) – criou o monstro pq sabia como vence-lo? acho q nao… ae mané continue assim – vc esquenta nossos pés madrugada a fora hauahauhauh vc eh muito ruim nisso! DDD

106.

segundo 10 de maio • Editar DD, você vai falar algo sobre thelema? eles pregam algo que você já falou aqui, sobre o conhecimento dividno que o ser humano não sabe que tem, e não procura … a tal “salvação” .. e já é a terceira vez que posto e não aparece, espero que dessa vez vá ;]

107.

Bolis 10 de maio • Editar JD….será que daqui algum tempo seremos Irmãos…eu tb to nese meio de caminho só esperando ser aceito… ;D ___ Anjos ” “caidos” “… lado de cá lado de lá do universo… virgindade… matéria… afinidades… descendo/demonstrar… fica cada vez melhor…ahuahuauhahuauha É NOZES!!

108.

terugo 10 de maio • Editar postei ontem, mas não apareceu lá vai: O jogo Magic: The Gathering tem referências ocultistas sérias? Ou é tudo comercial somente? Até mais, o/

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 30 of 53

109.

Kalki 10 de maio • Editar Seria DD um lucifer? Já q ele nos ilumina com seus post do Demo.(hahahahahahahahaha) Pergunta rapida. E Hades? Como ele fica? Não encontrei nem um símbolo ligado a ele, a não ser o de riqueza e fertilidade.

110.

Draskler 10 de maio • Editar Parabens pelas colunas e que continuem assim Eu queria saber se vc poderia me responder a algumas perguntas? 1-O que os titas representariam? 2-Qual os significados dos elementos orientais(madeira,fogo,terra,metal e agua)? 3-O que vc poderia falar sobre Cain e Abel? 4-As 7 adagas de Megido representam os Chacras? 5-Os descendetes dos avatares sao mais “evoluidos” q o resto das pessoas? 6-A carne de javali e considerada menos suja q a de porco? Desculpa os erros de digitacao e q o teclado esta desrregulado. Paz

111.

HoundDog 11 de maio • Editar Eaew DD! bom, n tive resposta de minhas questões anteriores, quer dizer algumas n diretamente. Acredito q deve ser pra esperar algum post futuro, então blz ^^ Mas quanto aquele dicionário Infernal… Notei q na pag 6 há a palavra Abracadabra como sendo uma figura para chamar diversas maldades e tal (hauahua se tiver errado desculpe, n falo francês, foi oq eu entendi + ou -) Porém, me lembro de ter lido q essa palavra vem da Cabala e significa “eu crio o q eu falo”. Na internet encontrei uma porrada de significados pra ela, mas afinal, qual seria o mais correto? abraço

112.

Daru 11 de maio • Editar Entendi o seu texto sem ler 2 vezes (milagre) Fiquei confuso com uma coisa que me fez pensar… Se temos um “destino” (é possivel burlar o destino?) e se conseguirmos isso não seria o proprio destino do indivíduo bular o mesmo? @MDD – Provavelmente. ———————Uma pergunta que fiz algum tempo… Animais sentem normalmente melhor as energias? por exemplo: os cavalos? @MDD – Sim, sentem; especialmente os gatos. —————— Em muitos lugares ouvi dizer que os “demonios” (agora já sei que não são) saem as 3 horas da Manhã para aprontar, teria alguma coisa verdadeira nisso? ex: espiritos de outros planos saem para zombar, mas neste horario? @MDD – mas e se for horário de verão?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 31 of 53

Muito boa a coluna por favor responda!

113.

O_cara 12 de maio • Editar Acho importante o que o Albert Pike fala, pois enriquece a discussão e faz o DD acrescentar novos elementos aos textos postados. Por isso viva ao dialógo e ao confronto de idéias. Parabéns pela excelente coluna

114.

Bia 12 de maio • Editar Olá, DD Você disse: “Na bíblia, vemos isso no sacrifício que Abraão vai fazer de Isaac e é impedido pelo anjo, indicando alegoricamente que a humanidade não necessitava mais deste tipo de sacrifício.” A minha pergunta é se alguma vez foi necessária. Qual a necessidade de sacrificar crianças? O que isso pode ter de bom? @MDD – Como eu havia dito em colunas anteriores, sangue traz poder. “De bom” não traz nada, mas fortifica (e muito) o ritual. Como a magia não é nem branca nem negra, o que é “colorido” é a intenção do Magista, a natureza não se importa se você sacrifica uma criança para trazer fertilidade para sua plantação ou para causar uma praga em seus inimigos. Os daevas se alimentam daquele fluido astral e fazem o que o magista mandar, sem julgamento. Agora, as dúvidas inspiradas pelos comentários dos outros. Algumas pessoas podem burlar o Karma eternamente e fica por isso mesmo? @MDD – dificilmente conseguirão fazer isso por muito tempo, mas ai entra o EGO e o achar que nunca serão pegos… Existe problema de usar roupas de brechó? @MDD – Poucos, mas acho melhor tratar sobre isto na coluna que eu falar de Astral. “Diabolos” não significa “o acusador”? O “Albert Pike” disse que significava o adversário. Estou confusa agora. @MDD – confusa porque o tal do Pike errou feio, pra variar. _Diabololo_ significa “Aquilo que separa” e tem origem junto da palavra _Simbolo_, que significa “Aquilo que une”. Quando a Igreja favorita do Pike decidiu transformar tudo o que não era dela em demônios, ela distorceu o sentido da expressão e inventou estas traduções toscas. Eu perguntaria as mesmas coisas que o Thiago Habib, mas como ele se adiantou remeto ao comentário dele. Por fim, poderia falar sobre Baphomet? @MDD – próxima coluna. Obrigado.

115.

mdr1982 12 de maio • Editar MDD, ficaria entao provado os ditados: “Conheceis a verdade, e a verdade vos libertará” e tambem “Conhece-te a ti mesmo…” ???

116.

avontz 12 de maio • Editar Respondendo o danilo.. ” O gesto que simboliza *Heavy Metal* \,,/ é na verdade o Tarjani Mudra (que, ironicamente, é um gesto de proteção contra o mal). Outro exemplo é doss surfistas que fazem o Hang Loose sem saber que este é o Aprakasha mudra. ” –>http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2003/03/mudras.html

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 32 of 53

117.

Padre Judas 12 de maio • Editar Mas o Ronnie James Dio, que introduziu o símbolo entre os headbangers, sabia muito bem do que se tratava. Ele disse que este sinal era comum na região italiana de onde sua família se originava, e era usado para desejar proteção a alguém. Pelo menos, foi o que ele já disse em algumas entrevistas. Se é verdade ou não…

118.

Anarcoplayba 13 de maio • Editar Marcelo, Já leu “O Evangelho Segundo Jesus Cristo” do Saramago? Se sim, pergunta: aquilo tem algum valor além do (enorme) valor artístico/literário? Se não, fica a recomendação.

119.

Reno 13 de maio • Editar Gostaria que vc comentasse sobre 2012, tenho um inquietação sobre esta data e acredito que vc pode me dar muitos esclarecimentos sobre o chamado fim do mundo ou mudança de eixo como prega alguns grupos esotericos

120.

Diego 14 de maio • Editar Quando voce fala sobre que músicos tocavam flautas e tambores durante o ritual e as crianças era entregues a eles, isso tem haver com aquele conto “O flautista de Hamelin” ? A coluna esta cada vez melhor.

121. Zaratustra, Mithra e Baphomet – parte III | Sedentário e Hiperativo - Blog 14 de maio • Editar [...] esta série “desvendando a origem dos demônios”, cujos posts iniciais estão AQUI e AQUI, o tio Marcelo explicará hoje sobre como surgiram os conceitos de Bem x Mal, deturpados na [...]

122.

Danielle 16 de maio • Editar Não acredito que as pessoas conseguem convencer-se com tão pouca coisa. Eu só te desafio a uma coisa, receber uma oração, mesmo você não acreditando e você verá o que você tem na sua alma, você está cego e está sendo usado! Pessoas que querem o bem das outras, falam com amor.. e não que nem você que flw num poste anterior que você mesmo diz: @MDD – Não cai em contradição, “estava tirando um barato da sua cara”. Não adianta se esconder atrás dessa erudição vazia, que só impressiona quem não tem o conhecimento. “Eu estava colocando você na mesma farinha do saco dos citadores da bíblia sem discernimento”. Que Deus tenha misericórdia da sua vida, pois saber muito da história nao basta, se não souber interpretar a verdade! Jesus é jesus, nao é lucífer.. quem está dizendo isso é você, não coloque palavras na Biblia e nem interpretações erradas. Mas o diabo está pelo mundo para isso mesmo, usando e abusando de pessoas inteligentes para o seu próprio poder, mas um dia a verdade vem à tona… por bem ou por mal, todos seremos julgados e você irá ver que foi enganado a vida inteira, porém estava cego. Bom, você pode dizer que sou fissurada, ou o q for, assim como eu te vejo como uma pessoa enganada, mas respeito o seus textos, e a

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 33 of 53

crença de cada um é de livre arbitrio. Mas assim como você está nos compartilhando “as suas” verdades, venho também compartilhar as minhas. Que Deus te abençõe. @MDD – ok… quem foi que postou o link deste texto nos fóruns evangélicos? Eu agradeço. Postem em mais foruns…

123.

Padre Judas 16 de maio • Editar O Albert Pike deve estar espalhando. Seria bom que esse pessoal lesse os posts e estudasse mais ao invés de citar a Bíblia… Nem precisa ser misticismo ou nada disso. Um bom livro de HISTÓRIA (profana mesmo, sem “teorias da conspiração” ) já seria mais que suficiente. Depois eles deveriam ler os livros sagrados de outras religiões, além de textos basilares como Gilgamesh. Com certeza isto abriria a cabeça deles.

124.

abner 17 de maio • Editar Sou estudante de filosofia e seu artigo me chamou a atenção no que sugere uma possivel conspiração em torno da idéia do ‘mal espiritual da humanidade’. Não estou aqui para defender nem o ‘Bem’ ou o ‘Mal’ constato apenas que seus argumentos são bem articulados, no entanto, percebo a falta de fontes bibliográficas confiáveis e estudos mais sólidos. Pois a mera e simples opinião faz do seu texto ou ‘estudo’ equiparar-se aos sermões das igrejas evangélicas.

125.

Padre Judas 19 de maio • Editar Abner: o MDD posta suas fontes no final dos artigos. Quando ele terminar esta parte sobre o demônio no imaginário cristão ele postará a bibliografia.

126.

christian 18 de agosto • Editar Gostaria de dizer que as explicaçoes historicas e etimologicas das palavras sao realmente de grande valia !!! Gostaria ainda de dizer que concordo em genero numero e grau. Na verdade só entrei nesta pag. pois ja tinha essa mesma opiniao e procurava pessoas que compartilhassem desse pensamento. Quero ainda fazer um acrescimo a esta reflexão; em Isaias 14:12, texto comentado sobre a estrela da manha, há a referencia ao rei que cai em virtude de sua ganancia.Se compararmos este capitulo com apocalipse 22:16, em que jesus diz ser a estrela da manha teremos referencia para afirmar que ele realmente é uma “estrela caida” !!! Digo isso, pois se compararmos a historia de Jesus com a do rei, encontraremos semelhança nas ações. Tal qual a vontade de Jesus de se colocar diante de todo homem antes de Deus, como diz em Jo 14 :6; “ninguem vai ao pai senao por mim”. E isto vai contra o primeiro mandamento, comumente conhecido como;AMARAS A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS. Mas que na realidade é um pouco maior e diz “…amaras a Deus de toda a tua alma, de todo o teu espirito e de todo o teu coração e NAO TERAS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM … ” Ora, Deus é Deus, e a ele todos tem acesso direto e irrestrito !!!! Ao se colocar ENTRE o homem e Deus, Jesus esta querendo ser mais que Deus !!!! Logo podemos afirmar qe Jesus é Lucifer e que caiu em virtude de sua ganancia !!! Porem, nao devemos julga-lo como um demonio ou espirito mal, pois como disse Jesus; ” na mesma mdida que jugareis, ambem sereis julgado “. Ou seja, quem poderia condena-lo ?!?!?! Apenas Deus. Consoante a isso ainda temos a velha passagem comumente mal interpretada sobre o fruto no jardim; “Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”- Gen 2 :17 – Isto quer dizer que nao devemos dizer se Jesus esta certo ou errado, devemos apenas te-lo como grande mestre que foie aprender com seus ensinamentos. Porem resguardando-nos o direito de uma ligação direta com o Pai sem sua intermediação !!!!! Se após tudo isso alguem ainda discordar, aqui vai um conselho, procure ver a quantidade de cristaos no mundo. Certamente enontrara; aproximadamente 2,5 bilhoes de pessoas, ou seja, cerca de um terço dos habitantes da terra. A mesma quantidade de anjos que foram expulsos do reino dos ceus com lucifer. Torno a dizer que nao estou condenndo os cristaos nem tampouco querendo “inverter” e dizer que sao os verdadeiro “demonios”. Estou apenas associando fatos e relacinando com passagens da biblia. Deus abençoe e ilumine a todos, um grande abraço !!!!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 34 of 53

127.

DILTON 26 de agosto • Editar liberdade para dentro da cabeça.!querer é poder.

128.

alexandre 27 de agosto • Editar belzebu que poder extraordinario!!!!

129. Goécia, Kiumbas e os demônios de verdade | Sedentário & Hiperativo 03 de setembro • Editar [...] primeiro os textos “O Diabo não é tão feio quanto se pinta”, “Pan, Cernunnus e Exu”, “Belzebu, Satanás e Lúcifer”, “Zaratustra, Mithra e Baphomet” e “666, the Number of the beast”. Nestes textos, eu [...]

130.

francine 05 de setembro • Editar eu nao achei o nome de lucifer em grego eu nao vi nada vcs poden colocar para mim sou mas uma anjo de lucifer que levo os outor para o que nao deve fazer me ajuden queren me levar para a igreja mais eu na vou sou filha so de um anjo o melhor de todos ele é lucifer que fala mau de meu pai eu dou nacara poriso que eu fui espusa da minhas esis escolas porque sempre tem um querendo falar mau do meu pai campada de merda bjx da filha de lucifer so mais ma coiza meu nome nao é francine mais sim ………………………………………………………….. nao posso falar queridos rarararar fiquen com o meu papai lucifer

131.

sal da terra 11 de setembro • Editar Nada contra a religião que vc segue,,, Uma coisa eu te falo: o diabo imundo está te usando para enganar outras pessoas. DEUS perdoa a todos os nossos pecados, mais um ela rejeita: NÃO BLASFEMAR CONTRA O ESPIRITO SANTO DE DEUS. Jesus é jesus, O FILHO UNIGÊNITO DE DEUS. Não é lúcifer nunca foi e nunca vai ser… Que DEUS tenha misericórdia da sua alma e lance no lago de fogo aquele que te usa prara conseguir ganhar almas que por direito é de DEUS! ” vai alta a noite e vem chegando o dia.Deixemos,pois,AS OBRAS DAS TREVAS e revistamo-nos das armas da luz.(romanos 13:12) “se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar e me buscar e se converter dos seus maus caminhos. Então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.” “Eu é que sei que pensamentos que tem sobre vos; diz o senhor…” Ainda não é tarde para se arrepender do seu mal caminho,sei que se sente pesado sujo imundo , por que é exatamente assim que satanás quer que vc se sinta. Ele te trata como um cavalo, e DEUS te taratará como seu filho amado e lindo… JESUS está voltando, já não falta muito tempo,arrependa-se dos teus mals feitos e das imundicies que tem colocado sobre as pessoas que te seguem… DEUS diz a mim que quer te perdoar… ele te amou antes ainda d vc ter nascido e continua te amando e está triste pelo caminho que resolveu seguir… QUANTAS VEZES O SATANÁS DISSE QUE TE AMA??? ele pode te dar riquezas, porém tira a sua paz . pergunte a si mesmo agora: tenho tido paz ultimamente?? sei que não.. Quando nos convertemos dos maus caminhos JESUS desce até o inferno e toma das mãos do diabo, a chave da tua vida. Não deixe que sua alma sofra eternamente. QUANDO deus te perdoar, NÃO temas ao diabo. por que DEUS diz : “AI DAQUELE QUE TOCAR NUM FILHO UNGIDO MEU” POR FAVOR!! salve a tua alma, DEUS está de braços abertos te esperando. E quando DEUS dá, ele dá com as duas mãos e nunca mais te toma. e o diabo imundo te dá com uma mão e tira com as duas. DEUS é tão fiel que quando expulsou lucifer dos céus, ele não tirou nada do que ele tinha dado a ele. Porque DEUS é homem de palavra e nunca volta atras. satanas é mentiroso, trapaceiro, sujo , fedorento e ridiculo. DEUS é juiz justo, ele julgará cada um como aquilo o que tem feito… “NÃO QUEIRA SENTIR A IRA DE DEUS PAI TODO PODEROSO, CAIR SOBRE VOS” ” ENTÃO ME ENVOCAREIS, PASSAREIS A ORAR A MIM E EU VOS OUVIREI. BUSCARME-EIS E ME ENCONTRAREIS QUANDO ME BUSCARDES DE TODO O VOSSO CORAÇÃO” DEUS, O SENHOR DA TERRA E DOS CÉUS; DISSE ATI. ouve pois o que DEUS te diz e viverás pra sempre na luz e na glória de DEUS, ao invés de viver eternamente sendo cavalo do diabo e sofrendo no fogo aguniante e nojento que ele te proporciona… resite ao diabo e ele fugirá de vc… SIGA O QUE EU TE TIGO… DEUS; O SENHO FALOU!!! O DONO DO INFERNO NÃO É O DIABO>> É DEUS O TODO PODEROSO. SE AINDA SSIM O DIABO QUISER PRENDER A TUA ALMA PRA SEMPRE NA IMUNDICI DELE, SE TU SE ARREPENDER DOS TEUS MAUS CAMINHOS. DEUS O TODO PODEROSO, CRIADOR DOS CÉUS E DA TERRA, TOMA DAS MÁOS DO “IMUNDO” A ACHAVE DA TUA ALMA… QUE DEUS, O MEU PAI TODO PODEROSO TENHA PIEDADEDE TI

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 35 of 53

132.

SAL DA ETRRA 11 de setembro • Editar “Simples e direto: Jesus é aquele que traz a luz, Jesus é aquele que traz a iluminação, Jesus é o “portador da luz divina” ou seja: JESUS É LÚCIFER.” não ponha palavras na biblia… não minta contra o filho de DEUS!!!! o satanás é blasfemador nojento imundo hipócrita…” que a desgraça de satanás seja eterna e aguniante no lago de fogo onde DEUS O TODO PODEROSO o jogará juntamente com suas blasfêmias e corrupções sebosas. que vc seja salvo EM NOME DE JESUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

133. Se está na Internet, deve ser verdade! | Sedentário & Hiperativo 18 de setembro • Editar [...] seguintes textos: “O Diabo não é tão feio quanto se pinta”, “Pan, Cernunnus e Exu”, “Belzebu, Satanás e Lúcifer”, “Zaratustra, Mithra e Baphomet” e “666, the Number of the [...]

134.

serafim 24 de setembro • Editar ao sal da terra…aq vc deve ser um crentezinho metido a besta q acha q sabe de tudu aconselho vc ao inves de ir na igreja fazer uma faculdade pra aumentar seu vocabulario pobre e ridiculo…concordo com vc q Deus e grande e unico e muitas outras coisas q vc disse … mas vc fala como uma pessoa q e manipulada por uma instituição q adora mais o diabo q os proprios demonios a ele…acha msm q as igrejas nao sabe da verdade e oq elas fazem nao sao somente tirar vantagem e dinheiro de idiotas como vc, q nem sequer sabe interpretar a biblia de forma correta oq vc disse ai foi simplismente oq algum vagabundo de igreja te ensinou pq vc nao tem capacidade de interpretar nada por si proprio, tenhu pena da sua alma tbm escravo…q Deus tenha piedade da sua alma miseravel pois quando vc morrer veras q nao passou de imbecil controlado por outras pessoas…Falo issu pq possuo mais conhecimento q vc e nao tenho a mente fechada e muito menos sou influenciado por qualquer coisinha q me falam, vc deveria fazer o mesmo seu fraco!

135.

serafim 24 de setembro • Editar outro protesto é aos idiotas q postam coisas nessa pagina adorando o diabo…pqp pra vcs querem contrariar Deus vao dar a bunda, pra mim vcs nao passam de gente querendo aparecer, talvez filhinhos do papai passando por crises existencias…tipico de otarios mimados querendo destaque.. Eu tenhu amor a Deus mas alem disso nao acho q existe alguem na terra abençoado ao ponto de achar q pode me ensinar sobre a biblia ou muito menos sobre Deus, portanto nao me curvo a nenhum vagabundinho de igreja q diz representar Deus e fala como se soubesse de tudu…nao q eu saiba muito mas aprendir a ter senso critico…e avaliar as coisas usando meu cerebro afinal de contas foi Deus q me concedeu ele nao e msm…Deus esta em todos os lugares camaradas esta dentro de vc…nao precisa de um templo de pedra pra conversar diretamente com ele e muito menos um representante de meia tigela de igreja pra falar pra vc como deves viver, issu vc por si só saberás…nao sejais burro…estude aprenda e tenha sua propria opniao sobre as coisas, nao e tao dificil vc ser alguem melhor, basta parar e pensar um pouco…

136.

Azimuth 27 de setembro • Editar Muito boa a coluna… Pena que algumas pessoas interpretem a bíblia mal traduzida, mutilada (pois foram retirados muitos outros textos, considerados apócrifos ou simplesmente inadequados com a política da época) ao pé da letra. O pior de tudo é a doutrinação pra lá de maquiavélica do “pastor”. Prefiro a citação do filósofo grego Sócrates “O Homem sábio segue seu próprio rumo”. E pelo amor de Deus hein.. o cara lê tanto a bíblia e lançou a língua portuguesa no lago de enxofre. Vou até citar a bíblia para o nosso sal da terra e dessa vez com a forma correta de escrever. “Tem cuidado para não pecar pela língua, para não caíres na presença dos inimigos que te espreitam, e para que não venha o teu pecado a ser incurável e mortal.” (Eclesiástico 28,30). E mais uma para que reflita: Mateus 7:1-5 “Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? Hipócrita! tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.” A todos os outros que aqui trocam idéias de mente aberta, meu abraço.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 36 of 53

137.

Paulo Craici 08 de outubro • Editar Muito bom o post esclarecedor e tudo mais ,D Mais fico ainda com uma duvida/questionamento que postei lá atrás em uma das primeiras colunas.. ( na 3º coluna pra ser mais exato) e lógico não espero que alguém tenha a resposta para ela.. “TUDO isso para que fim? passatempo de um ser supremo?! ” Ou seja tudo isso pra que???? (karma, evolução, iluminação, através de vidas, experiências, aprendizados e mais evolução). O “criador do universo” estava entediado e decidiu fazer esse graaaaande circo??? Não que eu não goste rsrs.. Abraços

138.

Erika 29 de outubro • Editar “Tio” Marcelo vc escreve para crianças?? E ao lado dos seus textos elas podem acessar sites pôrnos?? É assim que se ensina? Eu deveria é te denunciar.

139.

PAULO AUGUSTO 02 de novembro • Editar ow eu gostei das suas idéias!!! vo começar a ler com cuidado!!!! Mas to afim mesmo é de me tornar um “satanista” (desculpe se vc os chama de outro nome), tipo aquele que o daniel mastral escreveu (filho do fogo). vc sabe algo sobre isso??? sou um ex-evangélico que se revoltou contra um bando de hipócritas que se dizem crentes e um “deus” que não me ajuda em nada. pra mim são teorias lindas mas que não me ajudam em nada. eles não chegam a um a conclusão comum, cada um fala uma coisa. cara to puto com esse povo redículo!!!! desculpa a raiva mas não dá pra aguentar!!! @MDD – Daniel Mastral é um tremendo charlatão. Só perde para o Tio Chico, o ex-bruxo, ex-travesti, ex-drogado, ex-maçom, ex-aidetico, ex-pai-se-santo…

140.

FAUST 12 de dezembro • Editar HEAVEN SHALL BURN… WHEN WE ARE GATHERED.

141.

doug 05 de janeiro • Editar Oque vc me diz destes textos biblicos:1 tessalonicenses 2.1-12.mateus 24.1-14.1timóteo 4.1-2.2timóteo 4.3.apocalipse21.18.

142.

doug 05 de janeiro • Editar Se vc concorda que cristo Jesus é realmente um ser iluminado,segue seus mandamentos.Joaõ 14.6;21;23;24joão 15.12-14.Porque há um só mediador.1Timóteo 2.5.Há e otra coisa não generalize,nem todos que dizem ser crentes realmente são,e eu não borro de medo do inimigo,a qual vc ”diz não existir”,não somos escravos de igrejas,temos um Senhor, que aliás é Senhor dos senhores e é ele que nos ensina.1joão 2.18-28.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 37 of 53

143.

doug 06 de janeiro • Editar obs:o texto sitado no primeiro protesto é 2 tessalonicenses cp:2.1-12.Desculpe pelo erro.

144.

joao 21 de janeiro • Editar Uzando parte doque PAULO AUGUSTO disse:sou um ex-evangélico que se revoltou contra um bando de hipócritas que se dizem crentes e um “deus” que não me ajuda em nada. pra mim são teorias lindas mas que não me ajudam em nada. eles não chegam a um a conclusão comum, cada um fala uma coisa. cara to puto com esse povo redículo!!!! desculpa a raiva mas não dá pra aguentar!!! Já que vocês sabem tanto sobre esse assunto assim, entâo como é que é, que eu posso fazer um pacto, pessoalmente com lucifer. Em?

145.

Filho da Luz 22 de janeiro • Editar Oi gente, eis um trecho de uma autobiografia. No trecho há uma conversa entre um grupo de pessoas. – O fundamento básico é o que se segue: todo caminho que NÃO leva à Deus é bom. – Instruía-nos Zórdico certa noite. Naquele dia tínhamos saído todos juntos após a aula do “Fire’s Sons” e Zórdico, conhecedor das minhas dúvidas, abordou o assunto. – As Artes Mágicas (quiromancia, tarô, búzios, radiestesia etc.) servem bastante para isso porque é fácil influenciar pessoas vazias e fracas. A única Arte que tem significado para o nosso uso é a numerologia cabalística pois tudo está ligado a ela. As demais servem apenas para fagocitar as pessoas. E por que usar a Numerologia? Porque é fidedigna em dar dados sobre o futuro. Vocês podem se questionar: como pode uma Entidade (ou demônio) acessar o que não ocorreu? Prever o que virá? Mas vejam bem… o homem também é capaz de fazer algo semelhante, não? Um estudo meteorológico pode prever chuva, frio, calor; e o sismógrafo pode adiantar quando um terremoto acontecerá. Um cálculo matemático pode estabelecer o horário exato em que um avião chegará a seu destino. Os astrônomos podem dizer quando ocorrerá o próximo eclipse, ou quando virá o próximo cometa. Bem, se nossa inteligência pode prever certas coisas, o que não pensar de seres que existem antes da fundação do mundo? Mas como isso acontece? Imagine a seguinte seqüência de eventos: um ser qualquer, distante dois mil anos-luz da Terra nos observa com seu potente telescópio. Lá do seu planeta – chamemos planeta “X” – ele tinha uma visão muito ampla e, ao desviar o telescópio noutra direção, viu um gigantesco cometa que se aproximava da Terra. Este estava a quatro mil anos-luz da Terra e a dois mil anos-luz do planeta”X”. Por outro lado, a luz do meteoro levou dois mil anos para chegar até o planeta “X”. Certo? Isto quer dizer que quando o cometa foi visto através do telescópio tanto este quanto o observador estavam a uma distância semelhante da Terra. Dois mil anos-luz! Concordei com a cabeça. – Mas imagine agora: se o observador pudesse viajar a uma velocidade muito superior à da luz… por exemplo, duas vezes a velocidade da luz… ele chegaria aqui na Terra em mil anos antes do choque. E ele diria: “Um cometa está se aproximando da Terra e vai colidir com ela dentro de mil anos.” Ele só pôde afirmar isso porque antecipou a um fato que já existia! E isso foi possível somente porque ele não estava limitado à nossa contagem de tempo e espaço. O futuro só está oculto a nós porque estamos cerceados dentro da nossa dimensão. Mas no mundo espiritual… essas leis que nos cercam e nos aprisionam não existem mais. Passado, presente e futuro caminham de forma paralela uma vez que nas dimensões superiores não existe o fator Tempo: não existe o antes e o depois. Por isso Deus Se intitula “Eu Sou” (Êxodo 2.13-14): sem passado ou futuro, mas existindo sempre, simplesmente. Por isso Ele próprio também diz que as coisas que hão de vir já são agora (João 4.23). Isto é, já existem. Nas dimensões superiores tudo simplesmente “É”. O homem instintivamente sabe disso, afinal toda história de ficção tem início em uma probabilidade: como a viagem à Lua de Júlio Verne. Era ficção na época, mas havia uma probabilidade de ser real. Viagens no Tempo hoje são ainda uma ficção, mas por quanto tempo? Matematicamente os físicos sabem ser possível. Mas não é sobre isso que quero falar, portanto não divaguemos. Zórdico pegou o fio da meada e continuou, retomou a seqüência inicial. – Mas a arte do engano, no entanto, não se restringe às Artes Mágicas. Há um outro quinhão da Sociedade que é muito estratégico nesse sentido. Lembra-se quando falei sobre a cultura de cada povo, que é respaldada por ritos…? Fiz que sim. – Naquela altura isso não foi apresentado como algo de muito mais valor. Não que seja, de fato, mas quer ver como é interessante? Raciocine comigo: o homem é um ser pensante. E como tal, acaba por muitas vezes divagando e com isso cria idéias e conceitos que nada têm a ver com a realidade. É curioso o comportamento humano, não é preciso ensinar nada ao homem: se separarmos um grupo em uma ilha, ainda crianças, com certeza, após algumas décadas já terão desenvolvido uma cultura com linguagem, costumes, crenças e rituais próprios. O homem precisa disso! A maior parte das crendices populares não têm o menor fundamento! Por exemplo, quem disse para o índio que ele tem que fazer aquele totem? Quem disse que máscaras feias espantam maus espíritos? Isso funciona? Tem fundamento? É claro que não, funciona só na cabeça dele. Porque ele quis acreditar que poderia ser assim. As crendices, muito ao contrário das Artes Mágicas, são criadas pelo próprio homem. A mente dele está cheia de lixo e eles podem transformar qualquer besteira em algo “importantíssimo”. – Mas você está falando de índios. Nem precisa ir assim tão longe! É só olhar à nossa volta. – Retruquei. – As pessoas acreditam em cada coisa absurda… que pé de coelho dá sorte, que quebrar espelho dá sete anos de azar, que duende existe, que “santo” morto pode fazer milagre, que defunto se comunica, que defumar a casa espanta mau-olhado, e por aí vai. O povo acredita em cada coisa! Mas isso é no mínimo estratégico, se formos olhar por outro ângulo. – Interveio Marlon. – O povo divaga porque divaga. Faz parte da nossa natureza humana. Algumas crenças têm raiz longínqua que até se perdeu no tempo. Mas até disso Lucifér se utiliza, na sua sabedoria, e é isto que ele tem feito através dos séculos e séculos. Eu escutava com toda a atenção do mundo. Estávamos todos diante de uma janta indescritível e a conversa havia novamente se desviado do corriqueiro para o meu assunto ultimamente predileto: como introduzir o engano não apenas num indivíduo isolado, mas em toda uma cultura! Lembro-me que Marlom me fizera essa pergunta no dia da minha Iniciação na Irmandade (grupo secreto de Satanistas), no carro,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 38 of 53

à caminho do Castelo. – Diferente do que acontece com o indivíduo, para contaminar um povo pode levar séculos e séculos. Mas desde a fundação do mundo Lucifér tem tido todo o tempo necessário. Os povos, como já dissemos, têm crendices – ou mitos. Não é assim? Que povo não tem os seus mitos? Como eles se originam não importa tanto, basta saber que os mitos sempre saem da observação e da vivência humana. A partir daí os demônios começam a trabalhar. Chega um momento na história desse povo que aquela crendice está tão incrustada que passa a ser um rito. O próprio nome já diz: ritual não é aquilo que se faz esporadicamente, mas periodicamente. Quando há uma periodicidade em alguma prática, ela impregna… e vira tradição! E uma vez consolidada a tradição… para derrubar isso depois, meu caro… – Zórdico deu uma risadinha. – Precisa muito! Quebrar tradições individuais, que não têm respaldo na cultura aonde está imerso não é tão difícil. Mas destruir a tradição de um povo é quase impossível. É algo que foi absorvido, introjetado, impregnado de tal forma ao longo de gerações e gerações e gerações… que já não pode ser mudado. A legalidade dada aos demônios nessa cultura é tão grande que praticamente nada pode derrubar essas fortalezas. Pergunto eu… em que fundamento elas foram construídas? Balancei a cabeça: – Um fundamento falso. Que coisa tremenda… – Eu falava reverentemente diante daqueles fatos. – Compreendo, compreendo… Zórdico, diga-me, então… a base das religiões falsas é esta também? Mitos que viraram Ritos e que por fim o povo já não podia mais viver sem elas?!?… – De uma boa parte delas, sim. E eu diria que essa é a melhor parte! Pensam estar caminhando para Deus… mas embasados numa crença estúpida e vazia que, ao contrário, jamais os aproximará do Criador. Mas os sujeitará a um cativeiro árduo, e pavoroso, uma carga duríssima de ser suportada. Desfaleçam antes do fim. E no fim… nada mais os aguarda senão o lago de fogo e enxofre! Não é isto? “Apartai-vos de mim, malditos…”? – O olhar dele era estranho, profundo, quase cruel. – O inferno de sofrimento existe, como você sabe, está destinado aos “órfãos” de toda espécie (não sabem eles que se continuarem neste caminho também vão para o inferno sofrimento). Retruquei novamente, decidido a espremê-lo ao máximo. Queria aprender: – Está certo, deu pra segurar essa. Mas me explica um pouco mais do que vem depois. – Depois do quê? – Bom… você explicou como se cria uma tradição ritualística, ou até mesmo uma religião falsa. Mas, convenhamos… à medida que o tempo passa a gente se cansa de bobeiras sem fundamentos. A tendência natural, ainda mais com o desenrolar da ciência e da tecnologia, não seria que essas coisas acabassem sendo sufocadas e deixassem de existir? Marlom pareceu gostar da pergunta. Ele mesmo respondeu: – Em outras palavras, você está querendo saber como idéias destituídas de lógica podem perpetuar-se ad infinitum, inclusive dentro da Era Moderna? – Mais ou menos por aí. Foi a vez dele responder de uma forma inesperada: – E quem disse, Rillian, que os mitos, os ritos, as idéias e tradições, as religiões… dogmas… crendices… etc… não têm lógica?! – ????!!! – Fiquei mudo por uns instantes. – Ué, não foram vocês mesmos que disseram que tudo isso é história de carochinha? Pare de brincar. – Não é brincadeira. A sua pergunta tem muita lógica e a minha resposta também. É claro que não se pode manter alguém mergulhado na ignorância se isso for absolutamente uma loucura do início ao fim. Eu não te disse que as pessoas que lidam com o que pensam ser uma Arte Mágica têm a sensação ilusória de Poder e conhecimento? Ilusória! Compreende?! Aqui é a mesma coisa. Se o engano não for capaz de enganar, é falho. Mas Lucifér sempre pensa em tudo. E dá todo o respaldo necessário para que a ilusão continue. Eternamente! Afinal, uma meia-verdade é melhor do que uma mentira completa! Ele tomou calmamente uns goles de vinho enquanto eu permanecia com os olhos fitos nele. Marlom teve que rir: – Ilusão, Eduardo! Se funciona com uma pessoa isolada, por que não funcionaria com um povo todo? Se há castas inferiores de demônios capazes de influenciar astrólogos e cartomantes de fundo de quintal… por que não haveria legiões e legiões de exércitos demoníacos, sob o comando de Entidades poderosas, que pudessem dominar legalmente toda uma cultura… e criar nela a ilusão de que os seus mitos idiotas são reais? Da mesma forma que as crendices e os mitos, as falsas religiões também nasceram na própria mente do homem. Ninguém nunca disse que os processos rituais deviam ser feitos assim. Não vieram de Deus… e também não vieram de Lucifér, é claro! Você sabe qual é o culto agradável a Lucifér. O resto, meu amigo… é uma confusão que nasceu da cabeça humana e morrerá do mesmo jeito que nasceu, isto é: sem efeito espiritual nenhum! As religiões falsas não agradam nem a Deus nem a Lucifér, não têm fundamento, lógica, nada de nada. Só existem duas coisas no mundo: Satanismo e Cristianismo. O resto… é só resto! A venda caiu de vez dos meus olhos e meu rosto se iluminou. – Puxa, tem razão. Como estive cego até agora! – É muito fácil manter viva uma crença qualquer se dermos substrato, algo palpável para o povo se apoiar. Os demônios se encarregam disso. Não há ciência e tecnologia que se sobreponha ao insobrepujável. Com certeza este não é o caminho. Nada tem um sabor mais doce do que o inexplicável! – Disse Zórdico. – É deitar e rolar! – Você captou bem o cerne da questão! As próprias Entidades se incumbem de fazer perpetuar as crenças. Quer ver um exemplo simples? Pegue lá uma das suas experiências simples do colégio: uma lata vazia de óleo é esquentada no fogo. O que acontece? O ar quente se expande e vai para fora da lata. Aí você tapa o orifício da lata com um palitinho e imediatamente coloca-a debaixo da torneira. O grande fenômeno: a lata amassa inteirinha. Porque a pressão é maior fora da lata do que dentro. Mas mostra isso para alguém que não entende! “Nossa, como você fez isso?” E você responde: “Eu não fiz nada… foram os espíritos!” Deu para entender? As crendices funcionam na mesma linha. Mas a explicação por trás de toda uma montoeira de fenômenos inexplicáveis é uma só: os demônios armam o palco e as pessoas acreditam. Funciona como a pessoa que não sabe por que a lata amassou. E a partir daí começam uma série de doutrinas falsas. E uma casta específica de demônios fica incumbida de fazer com que o equívoco não se desfaça. A inteligência das Entidades é muito maior do que a inteligência humana! Mas hoje em dia, com a organização da Irmandade, se for necessário podemos ajudar nesse processo. – Sério?! Isso pode acontecer? – Sim, é fácil infiltrar alguém dentro de qualquer doutrina para facilitar o engano e desviar ainda mais da verdade. A verdade de Deus é diferente da verdade suprema de Lucifér! Por exemplo, veja o Ariel: ele trabalha dentro do Espiritismo. Você e eu sabemos que ele não é espírita, é Satanista. Mas ele está propositalmente colocado como um instrumento que atua seguindo as orientações das Entidades (demônios) que o acompanham. Isto é ainda mais palpável e mais poderoso para influenciar pessoas. É interessante ter Satanistas “disfarçados” em quase todos os lugares. Estes estão ali com propósitos específicos. Apenas os líderes mais proeminentes de algumas ramificações próximas a nós poderão – eventualmente – saber a verdade sobre isso. Fiquei pensativo. E depois voltei à questão dos mitos culturais. – Isto me faz lembrar o ritual zumbi de certa tribo africana. A tribo vodu. Eles produzem um pó onde vai de tudo, até raspa de crânio. Tem todo um ritual só para fazer o pó. A substância ativa dele é o tetradoxeno, extraído das vísceras de um tipo de sapo. Esta droga causa um bloqueio da transmissão neuromuscular e uma diminuição drástica da atividade cerebral cortical e de um tal sistema reticular ativador ascendente. Em suma: o indivíduo que entra em contato com o pó fica como morto. A partir daí, em estado cataléptico, só um eletroencefalograma para diagnosticar a vida. “Mortinho” o cara, ele é enterrado, de acordo com o rito. Só que o efeito da droga dura apenas doze horas. Aí o sujeito é desenterrado. E então começa o rito para fazer “reviver” o morto. Como o efeito já está passando, ele volta à vida mesmo. Tem todo um contexto ritualístico aí, o pajé dança com uma serpente, tem fogueira e essas coisas todas. Mas como a

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 39 of 53

pessoa passou muito tempo embaixo da terra sofreu um déficit de oxigenação no cérebro, e ela volta “zumbi”. O cérebro volta lesado. Existe uma explicação científica , mas as tribos acreditam que a alma da pessoa ficou aprisionada dentro de um coco. É a mesma coisa que dissemos até agora, né? – Você está certo. E não se esqueça que os próprios zumbis são manipuláveis e podem passar a ser diretamente usados. É natural que os demônios capacitem pessoas para coisas “especiais”, é assim que funciona. Só que não são elas que dão o comando como ocorre conosco. Nem sabem o que está acontecendo. E estes se queimam, como se queimam! Mas note o principal ponto: para introduzir algo dentro de um povo, e fazer disso uma coisa bem aceita, não podemos ir de encontro às suas raízes. O interessante é simplesmente manter as aparências, isto é, as crendices, as idéias, as doutrinas, as religiões. E introduzir elementos novos, adaptáveis ao modo de pensar e de enxergar o mundo daquela gente. Assim temos certeza de que serão plenamente bem digeridos. Veja as próprias Artes Mágicas, por exemplo: aproveitando-se de elementos e raízes culturais próprias foram introduzidas práticas que se perpetuam até hoje. Se você pensar bem desde milhares de anos antes de Cristo, Deus já tinha dito ao Seu povo: “Não haverá entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou filha, nem adivinhador, prognosticador, agoureiro, feiticeiro, encantador, necromante, mágico, ou quem consulte os mortos…” Sinal de que havia quem fizesse tudo isso! Percebe?! Estas práticas existiam… e continuam existindo! E cada uma delas se originou e perpetuou com a intenção de fagocitar ou, pelo menos, influenciar a fundo uma determinada cultura ou conjunto de culturas. Os elementos falsos que vêm dos Guias (demônios) também têm como base o mesmo objetivo. – Ah, é mesmo. A Verdade plena é um privilégio dos filhos do Fogo. Mas você falou em ramificações próximas da Irmandade?!… Mas o que são essas ramificações? – Doutrinas falsas cuja origem foi direcionada pelos próprios Guias. São como Braços da Irmandade (exemplos: Templários, Pitagóricos, Gnósticos, Golden Dawn, WICCA, Warlock, Maçonaria, AMORC [Antiga Ordem Mística Rosa Cruz], Espiritismo, Budismo, Hinduísmo e Yoga etc.). – Mas desde a origem?! Então quer dizer que nem sempre essas falsas doutrinas partem da ignorância de pessoas que nem sonham com nada disso que comentamos até agora? – Certamente. As doutrinas podem também partir diretamente da mente dos Guias. E difundirem-se da mesma forma que as outras. Mas alegre-se! Você foi eleito. Até Deus elegeu os seus filhos, não é? Está escrito. – É!… Pôxa, legal o que você me ensinou com tudo isso. Como Lucifér sabe infiltrar-se no meio dos povos e plantar o que quer. O que é bem aceito no Oriente ou na África nem sempre, ou melhor, quase nunca tem muito respaldo aqui nas Américas, por exemplo. Mesmo assim ele consegue prevalecer tanto lá como aqui. Mas conte-me mais segredinhos! E, voltando um pouco às Artes Mágicas, como se originaram realmente? – A origem delas, como surgiram e se espalharam, você aprenderá mais tarde. Por enquanto atenha-se ao princípio básico do seu uso. E olhe, você falou de falsas religiões, seitas, falsas crenças, e até citou o ritual zumbi. Mas nem é preciso correr até a África! Há exemplos tão palpáveis bem debaixo dos nossos olhos! Mega-exemplos! – Zórdico saboreava as palavras com o olhar brilhando de satisfação. – Você não sente o mau cheiro que vem sendo exalado de farsas tremendas que têm influenciado a nossa própria cultura brasileira desde há muito, muito tempo? – Olhou-me nos olhos. Eu estava empolgado com o que acabara de ouvir. – Mas, puxa vida, esse negócio é como… como uma doença oportunista! Vocês já ouviram falar de doenças oportunistas? – Aquelas que se desenvolvem em um organismo debilitado, imunodeprimido? Sim, no que você está pensando? – Perguntou Marlom. – As doenças oportunistas aparecem “do nada” e podem virar pragas devastadoras num organismo fraco e sem defesa. Estive aqui fazendo um paralelo entre isso e o que vocês disseram sobre falsas religiões. As pessoas vazias e ignorantes, sem o conhecimento, apoiadas em práticas e conceitos que não têm fundamento, criam culturas vazias. Óbvio que não quero dizer que essas pessoas equivocadas não são inteligentes. Alguém pode ser muito inteligente e estar enganado do mesmo jeito! Certo? Mas a cultura vazia é como um organismo imunodeprimido. Qualquer agente externo pode entrar… e causar estragos profundos! Crescer, alastrar como câncer. – Eu melhoraria um pouco a sua definição. Concordo com o seu exemplo, mas as pessoas são vazias por definição. Não é uma mera questão de “depressão espiritual”. Perante o Reino Espiritual a Humanidade pode ser comparada a montes de “vermes”. Em termos de potencialidade. Só existem duas raças puras, como você sabe. – Os Filhos de Deus e os Filhos de Lucifér. – Isso. O que passar disto entra no contingente dos “imunodeprimidos”. Dos órfãos! Os filhos de Lucifér somos nós, os que fazemos parte da Irmandade e os que estão em posições muito altas nos braços mais próximos. Os Filhos de Deus… – E o semblante de Marlon carregou-se um pouco. – … são os verdadeiros Cristãos. Apenas nós… e eles… temos alguma possibilidade de deixarmos de ser “vermes”! Não me entendam mal! – E riu. – Muitos se dizem Cristãos… – Observou Thalya que escutava quieta até então, entretida com o seu fusilli. – Muitos se dizem, mas não são! – Retruquei, convicto por experiência própria. – A maioria não conhece o Reino e nem o Deus a quem julgam servir. – De fato não são muitos. – Tornou Zórdico. – E Deus lá sabe atrair e manter o Seu Povo?! Nós dominamos a Terra e estes Cristãozinhos que esperem porque em breve serão totalmente esmagados. – O Rillian falou há pouco em coisas que alastram como câncer. – Começou Rúbia, entrando na conversa também. – Eu gostei do exemplo. Você tem razão! O câncer corrói e enfraquece o hospedeiro. Algumas religiões falsas foram tão bem introduzidas que se tornaram como tumores que engolfam tudo o que vêem pela frente, destroem, necrosam, fedem! – Ela deu umas pancadinhas sobre a mesa. – Há culturas e povos completamente necrosados prontos para irem feder na caldeira (inferno, lago de fogo e enxofre)!!! Ela e Thalya deram risada de novo, juntas, falando besteiras sobre como seria fazer churrasco de “órfãos”. – É verdade! Tudo isso é uma verdadeira podridão. – Ariel estava apoiado confortavelmente no espaldar da cadeira, rodando de leve os cubos de gelo do seu whisky. Eu também rodei meus cubos de gelo. A coca-cola borbulhava no copo alto e a película esbranquiçada do limão podia ser vista nas bordas. Aquele desvendar tinha me fascinado completamente. A sabedoria de Lucifér era incomparável, quanta astúcia em enredar o ser humano integralmente. Oferecendo milhares de caminhos diferentes para serem escolhidos, aparentemente todos bons… e todos levando para um só lugar: LONGE DE DEUS! Lucifér tinha provado – e continua provando – que deu de “mil a zero” em Deus! Deus ofereceu apenas um Caminho (Jesus Cristo) para que o Seu povo possa chegar a Ele. Através Daquele que evitávamos até pronunciar o Nome, Daquele que foi pregado na Cruz… Mas meu pai, ah, que sabedoria! Que gosto em falar! Todos os outros caminhos estão a seu serviço, para engrossar as suas fileiras, fazer prevalecer o seu reino. – Estive pesquisando um pouco sobre as origens de algumas religiões brasileiras, como vocês comentaram agora há pouco. Mas realmente, não tive muito tempo… Foi a vez de Zórdico me interromper. – Rillian, você vai aprender tudo isto no devido tempo. Estudar em livros escritos por homens aquilo que Lucifér faz não vai elucidar o seu caminho. Poupe seu esforço e concentre-o por hora em coisas mais urgentes. É admirável o seu desejo de aprender, mas poupe-se de estudar o material errado. – Sim, eu sei que vou aprender. Mas eu queria saber um pouco da origem das principais linhas. Algumas são como os tumores que acabamos de falar… doutrinas tão arraigadas… tão incrustadas!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 40 of 53

– Bem, meu querido… – Zórdico às vezes me tratava assim. – Seja paciente. Por hora, junte as peças do seu quebra-cabeça: a raiz africana veio com os escravos. Foi modificada pela fusão com as culturas indígenas e a herança européia dos colonizadores do novo mundo. O que existe hoje é o produto disto tudo no hospedeiro brasileiro – uma mistura de índios, negros brancos. Que é o povo brasileiro senão a mistura de raças e culturas diferentes? A miscelânea foi total. O hospedeiro foi favorável… e o processo é sempre o mesmo. Que divaguem! Hoje o Brasil está tomado e sabemos que quase todas as religiões e seitas de expressão derivam basicamente de duas linhas. De repente a conversa passou a ficar tão engraçada!… Marlon já não conseguia falar com seriedade e nem nós conseguíamos ouvi-lo sem que sorrisos caçoístas brotassem em nossos lábios. Zórdico não ficava atrás. Thalya e Rúbia riam já às gargalhadas e Ariel não parecia mais tão entretido no whisky: – Como o povo é idiota! O “legado” espírita é um dos melhores! Cada coisa que eu vejo acontecer! – Ele melhor do que ninguém podia saber disso (devido a seu disfarce de espírita). – Deus proibiu e condenou o acesso aos mortos. Mas naturalmente que os “mortos” falam… – Mas não os mortos (pois não há possibilidade de comunicação com mortos [desencarnados] devido à Lei Divina que impede o contato e o trânsito do local em que os mortos com o nosso mundo material) que eles estão pensando! – Exclamei de sopetão. – Sim. – Fez Zórdico. – Os “mortos” a que Deus se refere são os anjos expulsos (demônios) de Sua presença, nossos aliados. É claro que Ele proibiu esta comunicação. Afinal, as Entidades são detentoras de informações que Deus deseja omitir ou ocultar muitas vezes. Deus é contra o conhecimento vindo das Entidades demoníacas espirituais (devido às mentiras ou meias-verdades que esses demônios falam). Aliás, ao que parece Ele é contra todo e qualquer conhecimento que vá além daquilo que a Sua Pessoa determinar. Não fosse assim não teria proibido o homem de comer da árvore do conhecimento! – Mas Lucifér nos dá este conhecimento. – Tornei a exclamar. A partir daí a conversa deixou de ser “cultural” e ficamos apenas terminando o jantar e vomitando nossa indignação contra Deus. E a indigestão parecia não ter fim. Aliás… não tinha fim mesmo! “Se, com a tua boca, você confessar Jesus Cristo Filho de Deus Pai encarnado, morto e ressuscitado, como seu Senhor e, em teu coração, você crer que Deus o ressuscitou dentre os mortos, então você será salvo.” Romanos 10.9

146.

Filho da Luz 22 de janeiro • Editar Oi gente, aqui há outro trecho da mesma autobiografia citada, que complementa o outro trecho. O episódio da Regina serviu muito bem para por em prática meus novos conhecimentos. Isto é, a arte do engano. Coisas assim passaram a acontecer com freqüência. Essa foi também a primeira vez que Abraxas (demônio-Guia de Eduardo ou Rillian) realmente foi enfático em me sinalizar o que queria. Era uma manhã abafada apesar da brisa. Eu estava passando sozinho por uma rua pertinho de casa, no quarteirão de cima, aproveitando a sombra agradável das árvores. Vi, de longe, uma amiga minha sentada na calçada em frente à casa dela. Estava acompanhada por uma outra moça que eu não conhecia. A Bia, minha amiga, me viu e acenou de longe, cumprimentando. Retribuí ao aceno e foi então que senti o já costumeiro formigamento à esquerda, principalmente no rosto. Eu sabia que era uma espécie de “prenúncio”, um sinal de Abraxas. Imediatamente escutei bem claro: – Vá até aquela moça – Disse Abraxas. – O nome dela é Regina. Atravessei a rua em direção às duas. – A mãe dela morreu há uma semana. – Continuou explicando ele na sua voz gravíssima, antes que eu chegasse perto. – Ela está inconformada com isto, está muito abatida. O nome dela é Regina… sabe o que quer dizer isso? Rainha! – E categoricamente: – Você precisa trazê-la para cá! – Oi, Edu! – Exclamou a Bia. – Vem aqui! Bia olhou para a mocinha ao lado e já foi explicando: – Essa aqui é uma amiga minha, ela está passando uns dias comigo e… Não a deixei concluir: – Eu sei. O nome dela é Regina, não é? – Ué?! Vocês dois já se conhecem? A moça olhou para mim meio que desconfiada e pouco disposta a bater papo: – Acho que não. Nunca nos encontramos antes. – Fez ela com ligeiro mau humor. E diretamente para mim: – Você me conhece? – Não te conheço, não. – E entrei de sola, cheio de sorrisos para ela. – Você sabe o quer dizer “Regina”? Quer dizer “Rainha”! E isso torna você uma pessoa muito especial! Ela ainda assim não respondeu e a Bia continuou, tentando salvar a situação: – Pois é, Edu, a gente precisa juntar uma galerinha aí pra sair com Regina esses dias. Ela está passando por uns momentos meio difíceis… Interrompi de novo: – Eu sei, Regina, como você está chateada. Perder alguém que a gente ama é terrível… – Minha entonação de voz demonstrava pesar e eu olhava diretamente para a novata. Dessa vez ela pareceu levar um pequeno choque e ergueu o rosto, franzindo a testa. – Mas… você me conhece?! – Não, eu já te disse isso. Mas eu sei que a sua mãe faleceu há uma semana. Não foi? E você está tremendamente transtornada com a morte dela. Ela emudeceu e ficou me olhando, os olhos tristes demonstrando uma ponta de espanto e respeito.De repente, encheram-se de lágrimas e ela se descontrolou, chorando de dor por ter sido tão subitamente tocada na ferida recém aberta. Eu continuei falando com brandura, ao mesmo tempo em que me inclinava, abraçando-a: – Mas, olhe, não fique triste. A sua mãe está agora num lugar muito bonito… um lugar lindo! E ela pediu que eu viesse aqui hoje e falasse para você que ela está muito bem, e que ela te ama muito. Que você pare de se preocupar com ela porque em breve vão tornar a se encontrar! – Eu improvisei um pouco, esperando dicas do Abraxas. A Bia me olhava com assombro e sem conseguir formular uma frase.E Regina, chorando de soluçar diante de mim, não cessava de questionar: – Mas, como? Como? Como ela falou com você?! Como você soube disto? – Bem, os mortos… eles se comunicam! E escutei novamente a voz poderosa de Abraxas: – Traga ela para cá! – Ribombou no meu ouvido.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 41 of 53

– Você quer conversar com sua mãe? – Perguntei gentilmente. Ela procurou enxugar os olhos com o lencinho do qual certamente não se desvencilhou naqueles dias tão terríveis. E olhava-me com uma expressão estranha, como se eu fosse uma espécie de Buda dos tempo modernos, ou o salvador da pátria. Alguém que podia oferecer-lhe o impossível. – Eu tenho um amigo que psicografa. Ele pode entrar em contato com sua mãe. A Bia se intrometeu, procurando ajudar: – Imagina, Edu! É só depois de um ano que dá para entrar em contato. Retruquei explicitamente e com toda a segurança do mundo: – Não é assim, não! Este meu amigo é super “elevado” espiritualmente. Ele psicografa na hora! Garanto! Eu já vi. Depois depende no nível espiritual da pessoa que partiu, e a mãe dela já estava em um nível bem alto. Ele já tem autorização de imediato para se comunicar! – E olhando para Regina, novamente bati no ponto certo. – E ela está com saudades da filha! Regina baixou a cabeça, pensativa. E Abraxas deu a dica novamente: – Ela marcou um encontro de aconselhamento com um Pastor. – A voz dele transmitia um sentido negativo referindo-se ao Pastor. – Pastor Sálvio. Ela vai aconselhar-se com ele. – Olha… – Meu tom de voz era brando, mas firme. – Não vai atrás de outra coisa, não! Dê ouvidos à sua mãe. Sabe o que você vai escutar daquele Pastor? Ela estremeceu e passou a chorar compulsivamente dessa vez, cobrindo o rosto com as mãos. Nem a Bia entendia mais: – Pastor?!… – Sim. Pastor Sálvio. Você marcou um horário com ele, não foi, Regina? – Perguntei de novo. – Mas a Igreja foi tão boa comigo e com minha família! – Ela quase gritava, querendo justificar-se mais a si mesma do que a mim. – Minha vizinha é evangélica, e quando mamãe… se foi… eles ajudaram tanto… cuidaram de tudo… do velório, do sepultamento!… Ela foi até velada na própria Igreja! Soluçava. Percebi que Regina devia estar a um passo de sua conversão… àquele Deus hipócrita!!! Quebrantada como estava! – Sabe o que aquele Pastor vai falar para você? Ele vai dizer que a sua mãe foi para o inferno. Que você nunca mais vai vê-la! Que não há como se comunicar com ela, que cartas psicografadas são coisas dos demônios!!! Escuta o que eu estou dizendo! Estes Protestantes… eles não acreditam nestas coisas. Eles estão cegos… perdidos! Não dê ouvidos a isso. – E continuei falando com docilidade, com brandura. Volta e meia eu ouvia o sopro de uma ou outra dica. Não demorou muito mais tempo. Abraxas contou-me um detalhe que foi a conta: – Pede para ela olhar na terceira gaveta da cômoda. A sua mãe tinha comprado um presente. O aniversário da Regina é na semana que vem! – Disse-me ele. – Escuta. Na gaveta da cômoda de sua mãe, na terceira gaveta… – A gaveta está trancada à chave e a chave está dentro do guarda-roupa! – Escutei Abraxas dizer, no meio da minha frase. – A gaveta está trancada, e a chave está dentro de um guarda-roupa… – Fui dizendo. – Ah! Eu sei!! Acho que sei onde está! – Completou Regina ansiosa. – Mas o que tem?! O que é? – A sua mãe, antes dela… bem, ela tinha comprado um presente para você, comprou antecipado! É seu aniversário na próxima semana, não é? Regina chorava. E Abraxas esclareceu: – A mãe dela morreu de repente. Morreu atropelada. Estava tudo explicado. E Regina… quase decidida! Ao erguer novamente o rosto para mim seus olhos já diziam que ela faria como eu dissesse. Completei: – Sua mãe me disse que gostaria muito que você abrisse o presente. Ela te ama muito. Não quer ver você sofrendo por causa dela. Não precisa mais estar triste. Que mais eu preciso dizer para que você acredite que falo a verdade? Abraxas continuou: – Olhos claros. Cabelo castanho escuro. Estatura média. Um brinco de pérola com ouro branco. – Olha Regina, eu vi sua mãe. Eu não a conheci e vida, mas eu a vi. Ela tinha olhos claros, grandes, bonitos… um cabelo escuro, castanho escuro! Usava um par de brincos muito delicados… eram de ouro branco e havia uma pérola. Tinha mais ou menos a sua altura. Esta não é a sua mãe?!? – Eu fechava os olhos como se estivesse vendo, mas na realidade estava ouvindo. – Eu estou vendo ela! Ela está bem aí ao seu lado. E quer falar com você! Regina estava profundamente sensibilizada com o que ouvira, abalada até, totalmente quebrantada. – E além disso… sua mãe não quer nenhuma missa de sétimo dia, não! – Falei, mas por falar, apenas para poder acrescentar logo a seguir: – E também não quer que você vá conversar com nenhum Pastor. Ela quer que você fale diretamente com ela! – Tá bom, tá bom! – Gritou Regina. – Eu vou! Como é que eu faço? Aonde eu tenho que ir? Mamãe, querida mamãe! Como é que eu faço? A choradeira continuava, a tristeza estampada no rosto e no olhar. A batalha estava ganha. Sorri intimamente, procurando acalmá-la, sempre com muito carinho e respeito: – Fique tranqüila. Procure se acalmar que tudo vai sair bem! E realmente ela foi comigo, como Abraxas determinara. Levei-a à casa de Ariel. Uma das “ferramentas fortes” dele era o espiritismo. Eu havia ligado para ele durante a semana para marcar um encontro com Regina. – Eu recebi uma ordem de Abraxas para trazê-la para cá. – Expliquei a ele. – Tá bom. Trás ela aí que a gente conversa! Então eu a levei tão logo possível. – Realmente tinha um presente na cômoda… – Disse ela tão logo me viu novamente. – E eu não fui ao encontro com o Pastor Sálvio. Não marquei para outra data também. Ariel disse-lhe um monte de coisas, todas certeiríssimas. Até escreveu-lhe um bilhetinho da “mãe”. Com a letra dela! E Regina saiu de lá encantada com o que vira e ouvira. Ariel havia terminado o encontro com a orientação: – Sua mãe está dizendo que você deve freqüentar tal e tal lugar! Deu-lhe o endereço de um centro espírita Kardecista, conforme foi orientado pelo seu próprio Guia. – Você deve estar lá. Aquele é seu caminho. Você vai preparar-se, desenvolver-se, crescer em mediunidade. E, em breve, você poderá ver sua mãe. Em algum tempo atingirá este potencial e ela poderá aparecer para você. E não haverá mais necessidade de intermediários, como eu! Minha missão estava cumprida. Era tudo tão palpável… tão certeiro… pegou-a no momento certo… e no ponto certo! Pelo que soube depois, por meio da Bia, realmente ela estava freqüentando o tal centro. E largou mão da Igreja Evangélica! “DEUS prova o seu PRÓPRIO AMOR para conosco pelo fato de ter Jesus Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.” “Se, com a tua boca, você confessar Jesus Cristo Filho de Deus Pai encarnado, morto e ressuscitado, como seu Senhor e, em teu coração, você crer que Deus o ressuscitou dentre os mortos, então você será salvo.” Romanos 5.8 e 10.9

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 42 of 53

147.

Filho da Luz 22 de janeiro • Editar Oi gente, eis aí um texto ótimo. Extraído do livro “Prepare-se para a guerra” da doutora Rebecca Brown. Desmascarando os ensinos da Nova Era O maciço movimento da “Nova Era” apresenta uma grande mistura de ensinos, alguns dos quais soam com se fossem cristãos. Muitos dos seus ensinos são apresentados como se fossem científicos e medicinais, quando na realidade são simplesmente práticas hindus. Devemos primeiro discutir os ensinos básicos do hinduísmo antes de podermos compreender o Movimento da Nova Era. Eles são os seguintes. 1. O mundo todo e o universo e tudo o que há nele é Deus. Em outras palavras, Deus é uma força impessoal que trouxe tudo à existência. Não há diferença entre criatura e criador, já que ambos são um. Esta é a realidade última: tudo é parte de uma força sem forma, inexprimível, impossível de se conhecer, que é chamada Brahma. No hemisfério oriental, Brahma é freqüentemente chamada de “a força Deus”. Brahma é tudo e tudo é Brahma. O objetivo de todos os hindus é alcançar a “autoconsciência”. Esta é a conscientização de que eles mesmos são Brahma. A “autoconsciência” é obtida quando a pessoa ganha controle de seu espírito. O espírito humano é considerado Brahma. Os manuais de Ioga freqüentemente referem-se a essa ação de estabelecer contato com o espírito humano a ponto de controlá-lo, como sendo o “estado da consciência de Deus”. Brahma não é um Deus como nós pensamos que os deuses são. Brahma é ao mesmo tempo tudo e, ao mesmo tempo, nada. Como você pode ver, pela própria dificuldade de definir Brahma, o conceito inteiro vai contra toda a lógica e contra tudo em nosso mundo físico. Para compensar isto, o termo maya é utilizado. 2. Maya refere-se ao conceito hindu de que tudo o que vemos, tocamos ou sentimos em nosso mundo físico é de fato apenas uma ilusão, e não existe de verdade. Quando um hindu alcança um estado avançado de “autoconsciência” ele fica tão distante do mundo físico e próximo do mundo espiritual que não tem mais consciência de qualquer coisa no mundo físico. Quando este estado é atingido a pessoa é incapaz de cuidar de si e não pode mais comunicar-se com o mundo físico. No campo médico, no Ocidente, tal pessoa está no que é descrito como um estado permanente de “catatonia”. Essas pessoas são louvadas na Índia e em outros países como grandes deuses, sendo que cada necessidade física de seu corpo é atendida por seus adoradores, como se fossem bebês. Eles nunca falam ou se movem por conta própria. Nós, no Ocidente, consideraríamos tal pessoa totalmente insana; entretanto, milhões de homens e mulheres presentemente estão tentando atingir tal estado. 3. No hinduísmo, a reencarnação é considerada a “roda” da vida. O espírito permanece como ele é, apenas muda de corpo vida após vida num interminável ciclo de reencarnações. Cada pessoa que morre retorna a vida numa forma diferente. O hinduísmo do Oriente ensina que uma pessoa pode voltar como um besouro, como uma ave ou até como uma planta. (A Nova Era ensina que as pessoas somente voltam como pessoas). A única escapatória deste terrível fardo de reencarnações é conseguir unidade com Brahma. Neste ponto, a pessoa, na morte, não mais precisa reencarnar, mas pode continuar a existir em um estado espiritual sem forma. É interessante que, no Oriente, a reencarnação é considerada uma maldição, enquanto no Ocidente ela tornou-se um modismo, e algo desejável. 4. Karma é a lei hindu de causa e efeito. Cada ato, pensamento, ou palavra produz um efeito. Como todos esses “efeitos” não podem ser anulados no tempo de uma vida, então a pessoa precisa reencarnar continuamente para sofrer os efeitos de seus atos de suas vidas passadas. Entretanto, é basicamente impossível viver sem cometer atos que de alguma forma produzam mais karma a ser vivido em vidas futuras. É um ciclo interminável do qual não há escapatória. Portanto, alcançar um estado de total inatividade ou distanciamento do mundo físico ajuda a pôr um fim nesse ciclo vicioso de karma. Não há perdão no karma, e, ao mesmo tempo, a força-deus chamada Brahma é tudo e, portanto, é tanto o bem como o mal. Não há reconhecimento do pecado como tal. 5. Há somente um escape deste terrível ciclo interminável. É entrar no estado de nirvana. Nirvana é similar ao conceito de céu cristão exceto que ele não é em um lugar definido. Ao invés disso, é um estado de ser. É o nada, que é considerado uma ausência abençoada de se sentir tanto o prazer como a dor, através da pura extinção da existência pessoal. Quando este estado é atingido, diz-se que a pessoa foi absorvida pelo Brahma ou pelo Puro Ser, que é um estado de nada total. Somente atingindo o estado de nirvana é que alguém pode escapar finalmente do terrível ciclo de ter que viver o seu karma em intermináveis reencarnações. 6. Há milhares de deuses hindus, naturalmente, pois tudo e todos é deus. Entretanto, alguns recebem mais louvor do que outros. Um dos deuses principais é chamado Shiva. Shiva é um deus de destruição que tem uma esposa chamada Kali, a deusa – mãe do poder, da doença e da morte. Shiva é representado em desenhos com uma enorme cobra enrolada em seu pescoço ou na cabeça. A cobra ou serpente é extensivamente adorada no hinduísmo. Não é raro ouvir vários professores de Ioga referindo-se a Shiva como um “deus da luz”. Eles o apresentam como um deus que é desejável. O estudante ocidental comum de Ioga não tem idéia do que ou de quem é Shiva realmente é. Quem busca a “luz de Shiva”, na verdade está buscando um deus demônio. 7. Várias práticas são fielmente seguidas no hinduísmo para capacitar a pessoa a atingir mais rapidamente o estado de nirvana e escapar da interminável roda da reencarnação. A Ioga e a meditação são dois dos meios mais importantes. A palavra ioga significa literalmente “unir”, ou “atar junto”. O objetivo da Ioga é esvaziar totalmente a mente, parar todos os movimentos do corpo, eliminar toda sensação do mundo físico, e desta forma atingir a união com Brahma num estado de nada. As várias práticas de Ioga são especificamente idealizadas para induzir um estado de transe de mente vazia que supostamente leva a pessoa a uma união com Brahma. O que na verdade acontece é que, enquanto a pessoa medita para esvaziar a mente, ela está abrindo-se à entrada de demônios. Estes demônios então lhe dão toda sorte de sensações no mundo espiritual e a ligação entra sua alma e espírito é forjada. Muitos experimentam projeção astral e contato direto com demônios que se mascaram como sendo deuses hindus. Queira observar que a ioga existe para um só propósito: para a união com Brahma. Ela não pode ser separada da religião demoníaca que a criou. Há diversos tipos diferentes de Ioga, conforme ela é apresentada aqui, no hemisfério ocidental. Há a “Rata Ioga”, que supostamente é apenas exercício físico. A “Kundalini Ioga”, que é extensivamente usada no campo médico, e promete cura da mente e do corpo. “Tantra Ioga” é também usada pelo campo médico e está tornando-se muito popular entre altos executivos de grandes empresas. A Tantra Ioga é Satanismo puro, chegando até a sacrifícios humanos. Os iniciantes de Tantra Ioga usualmente não percebem no que estão se envolvendo. Toda sorte de perversões sexuais é comum neste tipo de Ioga.. Há muitos outros tipos de Ioga. Quatro tipos principais são usados no hinduísmo: Karma Ioga, Bhakti Ioga, Jnana Ioga e Raja Ioga. Cada um destes quatro tipos supostamente deve ser usado por pessoas de diferentes “naturezas”. Entretanto, toda Ioga tem somente um objetivo: “Todos os caminhos (da Ioga) levam em última instância ao mesmo destino – à união com Brahma ou Deus – e as lições de cada uma

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 43 of 53

delas precisam ser integradas para se atingir a verdadeira sabedoria.” (The Sivananda Companion to YOGA [O livro de Consulta de Sivananda para a YOGA], por Lucy Lidell, Fireside Books, 1983, p. 18) Como a Ioga é apresentada em uma multidão de publicações a guisa de ciência, muitos aceitam a terminologia que a acompanha sem nunca pesquisar e procurar saber o verdadeiro significado desses termos. A Ioga é usualmente encontrada em muitos livros nas livrarias comuns nas seções de “cura” e de “bem-estar físico”. Ela deveria ser apresentada na classificação de “religião”. Quero ilustrar com alguns termos e mostrar-lhe o que realmente significam. As posturas ou posições básicas na Ioga são chamadas asanas. Exercícios respiratórios têm uma participação importante na Ioga. A respiração correta para a Ioga é freqüentemente chamada de pranayama. O propósito dos asanas e da pranayama é facilitar o fluxo do prana. O que é prana? Este termo é simplesmente descrito na maioria dos textos de Ioga como sendo uma “energia vital” que deve fluir através do corpo. Esta “energia vital” está, na verdade, falando de um espírito que é, mais especificamente, um espírito demoníaco! Leia a seguinte declaração de um livro de Ioga e analise o que ele realmente significa: “O propósito final dos asanas e da pranayama é purificar os nadis, ou canais nervosos, de forma que o pra possa fluir livremente através deles, e preparar o corpo para o despertar da Kundalini, que conduz o iogue a um estado de consciência de Deus.” (Ibid., p. 29). Dá para perceber o que este diz? Ele diz que as várias posições e a respiração preparam o corpo para que o deus demônio, que chamado de Kundalini, possa de fato entrar no corpo e fluir através dele! A Ioga tem o propósito específico de abrir o praticante à entrada de demônios. Está ilustrado aqui alguns dos asanas (posições de Ioga) comuns e está mostrado o seu verdadeiro propósito e significado. 8. Mantras são usadas, tanto para o louvor direto de deuses como na Ioga e em todas as formas de meditação. (Meditação Transcendental e Zen têm se propagado muito atualmente. Esta mesma técnica é usada nas aulas de auto-aperfeiçoamento e controle da mente da Nova Era e no Budismo). A mantra é a rápida repetição de uma série de palavras ou sons. Ela tem dois propósitos. O primeiro é produzir um estado místico que é na verdade um transe no qual a mente é esvaziada. Isso, por sua vez, coloca a pessoa em direto contato com o mundo espiritual. Em segundo lugar, acredita-se que a mantra realmente “incorpora” um ser espiritual. À medida que as palavras são faladas, o ser vem à existência e entra na pessoa que está recitando a mantra. As mantras são uma porta de entrada direta que abre a pessoa para a entrada de demônios. “Mantras são sílabas, palavras ou frases em Sânscrito, que, quando repetidas em meditação, trazem o indivíduo a um estado superior de consciência (isto é, em contato com o mundo espiritual)… a mantra tem uma certa métrica (ritmo) e uma divindade que a preside [demônio]…” (Ibid., p. 98). As palavras da mantra não são importantes em si, a repetição é que é importante. A repetição rápida ajuda a esvaziar a mente. Quando você entende ente mecanismo, você começa a descobrir a importância das frases e dos refrões freqüentemente repetidos em todas as formas de música rock, e no terço da Igreja Católica. Você entenderá por que Jesus nos disse que orações repetitivas, “como os pagãos fazem”, são inaceitáveis. A música rock dá a incontáveis pessoas mantras que invocam demônios para virem para si e que ao mesmo tempo fazem aberturas para a entrada de demônios através do esvaziamento de suas mentes. As pessoas envolvidas com o hinduísmo ou com o Movimento da Nova Era vêem “Deus” como um nada impessoal que é, ao mesmo tempo, tudo. Para os cristãos, Deus é o Criador que é pessoal e que tem a sua individualidade própria. Entretanto, o que é mais perigoso é que estes ensinos hindus básicos têm sido disfarçados com uma terminologia ocidental e mesmo com termos cristãos. O campo médico em particular foi completamente invadido por práticas hinduístas, ensinadas como “ciência”. Ioga, biofeedback, controle de ondas cerebrais alfa, homeopatia, acupuntura, medicina holística, todas essas são baseadas em práticas hindus e apresentadas ao público como se fossem científicas. Mesmo no campo da oncologia, o ensino do que é chamado “respiração terminal” e várias técnicas de relaxamento estão sendo largamente ensinados a pacientes em ambulatórios de câncer e em hospícios. O objetivo dessa técnica é ensinar o paciente a desacelerar a respiração até o ponto de parar totalmente, trazendo assim a morte muito mais cedo do que ocorreria normalmente. Não se esqueça, o objetivo da Ioga é a morte física. A sutileza é grande! As próprias Escrituras têm sido retiradas de seu contexto e torcidas para apoiar essas doutrinas demoníacas. A seguir têm-se alguns exemplos diretamente dos escritos de seguidores da Nova Era, que rapidamente vão lhe mostrar quão importante é testar os espíritos da Nova Era. Os participantes da Nova Era usam termos tais como “consciência de Cristo”, o “Cristo interior”, a “força divina”, e usam até o termo “nascido de novo”. É reproduzido aqui trechos escritos por alguns dos escritores mais proeminentes desse movimento. À medida que, com atenção, você ler estas passagens, você se deparará com os ensinos hindus ocultos. “Fala-se muito nestes dias em ‘nascer de novo’. No ensino de Jesus, nascer de novo é perceber a nossa própria identidade como um Filho de Deus – como Ele! Ele foi (e é) a Auto-expressão do Poder Infinito do Universo – assim como você é. A única diferença entre você e Jesus é que ele percebeu completamente a Verdade sobre si mesmo e você não a percebeu – ainda. É tudo uma questão de grau. Ele foi um Super-ser em perfeição. Você é um, em potencial. Mas nunca se esqueça de uma de suas mais significativas afirmações: ‘Eu disse, sois deuses’. Como percebemos a nossa divindade? Jesus disse: ‘Vocês devem converter seus corações’. Em termos modernos, ele estava dizendo ‘Mude os padrões em sua mente subconsciente, porque o que o subconsciente acredita é refletido em seu corpo e em suas atitudes.’” (The Super Being [O Super –Ser], por John Randolph Price, Quartus Books 1981, p. 57) Você vê quão enganoso isto é? Você pode andar em círculos sem progredir, tentando conversar com um seguidor da Nova Era, se você não os levar a dar a exata definição de que Jesus e de que Deus eles estão falando. Eles acreditam que nós, seres humanos, somos divinos, assim como os hindus acreditam que cada ser humano é parte do Brahma. A afirmação “sois deuses” está nos Salmos 82. Os seguidores da Nova Era usam-na como um texto que prova que nós, seres humanos, somos divinos e iguais a Deus, nosso Criador. Esta menção em particular traz dificuldade a muitos cristãos quando estão tentando falar com seguidores da Nova Era acerca da necessidade de um Salvador. Examinemos esta passagem da Escritura em seu contexto: “Deus assiste na congregação divina; no meio dos deuses, estabelece o seu julgamento. Até quando julgareis injustamente e tomareis partido pela causa dos ímpios? Fazei justiça ao fraco e ao órfão, procedei retamente para com o aflito e o desamparado…. Eu disse: Sois deuses, sois todos filhos do Altíssimo. Todavia, como homens, morrereis e, como qualquer dos príncipes, haveis de sucumbir..” Salmos 82.1-7 Há dois fatos significativos aqui que os seguidores da Nova Era fazem por ignorar. Primeiro, o único Deus verdadeiro, o Criador, claramente é tão mais poderoso que os seres a que Ele se refere como “deuses”, que Ele realiza julgamento sobre os mesmos e os condena a morrer como homens. Isto por si só mostra uma clara distinção entre os seres referidos como “deuses” e os seres humanos. Em segundo, a palavra hebraica para “deuses” usada neste texto é definida com “magistrados” ou, em outras palavras, como administradores ou governadores, também usada algumas vezes como anjos. (Strong’s Exhaustive Concordance [Concordância Exaustiva de Strong]). Há uma grande diferença entre o Deus infinito, Criador de tudo, e os seres sendo referidos como “deuses”. Estes “deuses” são seres criados assim como nós, humanos, fomos criados. Estes foram, aparentemente, anjos caídos condenados a morrer como homens por causa de sua maldade. Jesus cita esta escritura em João 10.35. Mas em sua citação Ele novamente diferencia claramente entre esses “deuses” criados e o Deus Criador. Paulo finaliza esta questão em Coríntios: “Porque, ainda que há também alguns que se chamem deuses, que no céu ou sobre a terra, como há muitos deuses e muitos senhores, todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as cousas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 44 of 53

todas as cousas, e nós, também, por ele.” 1 Coríntios 8.5-6 De novo, esta passagem claramente mostra que os “deuses” são seres criados, o Criador é o único Deus verdadeiro. Esta seção vai mais além, afirmando que Jesus Cristo é aquele único Deus, porque todas as coisas foram criadas por Jesus. Muitas outras passagens também fazem esta declaração, tais como Colossenses 1.12-18 e João 1.1-5. Portanto, as Escrituras claramente mostram que unicamente Jesus Cristo é divino em natureza, o que nós, seres humanos, jamais poderemos ser. Nós seremos sempre seres criados, e Jesus será sempre o Criador. Examinemos um outro texto que continua com esta mentira de que nós, seres humanos, somos divinos. “Muitos falam pela avenida dos meios de comunicação de massa, a partir da plataforma da religião organizada e da Bíblia, e assim há credibilidade em suas palavras. Mas se eles condenam e julgam outros, se pregam auto-degradação, se atiram as massas contra um determinado segmento da sociedade, se tentam limitar a liberdade individual de escolha com qualquer forma de repressão, e se espalham o medo de Deus e a desconfiança entre os homens; eles não estão ensinando a Verdade… Deus é, e o homem é a Própria-expressão dele. Quando o homem perceber a sua identidade, uma raça de deuses governará o universo como Filhos e Filhas do Altíssimo, o Pai de Todos.” (The Super Beings, [Os Super Seres] pp. 46-47). “Para a maioria das pessoas, a porta para a Presença interior está fechada. ‘Eu estou à porta e bato’, disse o Cristo através de Jesus. Até que aquela porta se abra, cada alma está apenas em treinamento evolucionário, e é aqui que a Lei do Karma entra em jogo. Lembre-se, nós estamos aqui para um propósito somente, e é descobrir o nosso caminho de volta à casa do Pai – para sermos a verdadeira AutoExpressão do Infinito. Se a nossa alma está evoluindo, e cada vez mais luz está entrando em nossa consciência diz-se que estamos no Caminho… se o fundamento [da religião] é baseado em uma Única Presença, em Um Amor Infinito, em Um Poder, em Um Deus, em Um Ser Supremo, em Um Pai, cada indivíduo sendo uma manifestação espiritual do Único, e tendo a Unicidade de Deus e sendo o homem o tema central, então você está se aproximando da Alta Religião ensinada pelos Mestres.” (Ibid., pp. 44-45). Note aqui que esta linha de ensino da Nova Era faz distinção entra “Cristo” e “Jesus”. Em outras palavras, eles negam a divindade única de Jesus, mas dizem que “Cristo” falou através de um homem chamado Jesus. Eles dizem que não há qualquer diferença entre Jesus e os demais seres humanos. Eles declaram que este espírito de “Cristo” também foi Buda, Maomé, Krishna etc. Ensinam que Deus é uma força impessoal que precisa ter uma forma para manifestar-se e experimentar a existência. Ensinam que cada ser humano é uma manifestação de Deus, eliminando assim qualquer diferença entre a criatura e o Criador. Isto conduz à inevitável conclusão: “Estes homens e mulheres não estão correndo por aí brincando de Deus. Eles são Deus”. (Ibid., p 27). “O Espírito de Deus onde você está – dentro, e ao redor, e através de você – é o seu Espírito.” (Ibid., p. 34). E finalmente, o maior erro de todos: “A idéia de ‘pecado original’ é totalmente falsa… A Alta Religião não tem nada a ver com pecado, somente com o desenvolvimento espiritual do homem.” (Ibid., p. 12). Onde não há pecado, não há necessidade de um Salvador. Mas a Bíblia nos diz que todos pecaram. “Pois tos pecaram e carecem da glória de Deus.” Romanos 3.23. “Como está escrito: Não há nenhum justo, nem um sequer.” Romanos 3.10. Tudo remonta à tentação original no jardim do Éden: “Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como deuses, conhecendo o bem e o mal.” Gênesis 3.4-5. O que Satanás não disse a Eva foi que os “deuses” com que ela iria se parecer eram demônios! Este ensino enganoso de que os seres humanos são divinos e de que não há diferença entre criatura e criador é maravilhosamente resumido em Romanos: “Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!” Romanos 1.22-25. Estes ensinos da Nova Era estão varrendo todo o mundo livre. Um grande número de líderes nos altos escalões aceitam estes ensinos. Executivos da maior parte das grandes empresas estão envolvidos em cursos e em atividades que promovem filosofias hinduístas apresentadas como sendo cursos científicos de auto-ajuda. Os sistemas escolares também têm sido saturados com estes conceitos. Alice Bailey, uma das escritoras mais importantes da Nova Era, foi muito explícita em seu ataque à Cristandade; ela coloca a culpa por todos os males do mundo nas crenças cristãs. “Calvino e todos que o seguiram cometeram o mesmo erro, e ao invés de afirmar diante das pessoas… o entendimento de que aqueles que reconheceram a sua divindade essencial o fizeram simbolicamente em favor de todos os filhos encarnados de Deus em desenvolvimento, eles viram a si mesmos como o Povo Escolhido e a todos os que não pensavam como eles, como perdidos. Quando os judeus e os devotos religiosos de mente estreita reconhecerem sua identidade com todas as outras pessoas e expressarem esta identidade através de um relacionamento justo, nós veremos um mundo muito diferente. O problema do mundo é essencialmente um problema religioso e por trás de todo conflito em qualquer setor do mundo hoje encontra-se o elemento religioso.” (The Destiny of Nations [O Destino das Nações], por Alice Bailey, Lucis Publishing Company, New York, 1949, pp. 34-35). Os adeptos da Nova Era referem-se ao seu sistema de crença como “O Plano” e rejeitam qualquer um que não concorde com eles! Alice Bailey torna isto bem claro nesta mesma publicação, proclamando que qualquer cristão que ensina o julgamento de Deus e a divindade de Jesus Cristo, e não do homem, é um inimigo da humanidade e será destruído (Ibid., p. 17). Este ensino também está sendo promovido através de um novo “modismo”, que tem rapidamente se espalhado por todo o mundo, chamado canalização. Um canalizador nada mais é do que o velho médium espírita. Canalizadores são pessoas que usualmente põem-se em transe, ou num estado de inconsciência, permitindo que um demônio fale diretamente através de si. O alto grau de coordenação dentro do reino de Satanás é impressionante. (Os demônios, falando através dos canalizadores, algumas vezes chamados de canalizadores em transe), ao redor do mundo em muitas diferentes línguas e em outros países, estão todos dizendo a mesma coisa. A mensagem deles é bem resumida por um determinado demônio chamado Asher, que é o espírito-guia de John Randolph Price (um dos líderes da Nova Era). Asher faz algumas declarações bastante reveladoras sobre os planos de Satanás para a Terra: “A natureza em breve vai iniciar o seu ciclo de purificação. Aqueles que rejeitarem as mudanças… serão removidos durante as próximas duas décadas. Aqueles que esperam pela mudança e a encaram calmamente com fé vão mover-se através dela virtualmente sem serem tocados e serão os construtores do futuro…” [Price:] “O que eu estou escutando é horrível e ao mesmo tempo esperançoso. Eu sei que um dos mais sérios problemas que temos hoje em dia é a superpopulação, mas eliminar mais de 2 bilhões de pessoas da face da terra é um pouco drástico, você não acha?” “Asher replicou: ‘Eu somente posso dizer-lhe o que eu vejo no tempo presente. Eu devo acrescentar… quem somos nós para dizer que aquelas pessoas não foram voluntárias para tornar-se parte da destruição e regeneração – pelo propósito do crescimento da alma?” (The Super Beings, [Os Super Seres], por Randolph Price, Quartus Books, 1981, pp. 18-19). Os escritos de Alice Bailey e de muitos outros mostram claramente que os cristãos são os primeiros a serem mortos neste “ciclo de purificação”. Parece assustador? Aqueles que viram “Out on a Limb” [Não Caia da Montanha, livro de Shirley MacLaine], parte II, devem recordar-se de David Manning dizendo a Shirley MacLaine: “Não há vítimas neste mundo. Tudo acontece como deve acontecer… Ninguém nunca morre, este é o ponto”. A doutrina da reencarnação ensina que ninguém jamais morre, mas apenas reencarna e entra em um novo estágio de “crescimento da alma”. Um outro importante autor escreveu:

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 45 of 53

“[Quando as pessoas aceitam a verdade da reencarnação] o incômodo medo da morte será eliminado e substituído pela aceitação da oportunidade da transformação. Os médicos que se empenham por prolongar a vida… ver-se-ão como tristes palhaços ostentando sua ignorância da renovação cósmica”. (Case for Reincarnation, [Caso de reencarnação] por Joe Fisher, p. 189). O termo “renovação cósmica” significa a suposta evolução alcançada cada vez que a pessoa é reencarnada em outra vida. No hinduísmo da Nova Era as pessoas são ensinadas que, cada vez que reencarnam, voltam como uma pessoa e crescem mais espiritualmente, até o ponto em que não precisem mais habitar num corpo físico. O assassinato não é entendido como tal neste sistema de pensamento. De que melhor maneira se poderia acabar com toda oposição feita à perseguição dos cristãos? Quando estava escrevendo este livro, tive a interessante experiência de comparecer a uma palestra de Benjamin Creme, um dos mais importantes conferencistas do Movimento Nova Era. Foi ele que, em pelo menos três ocasiões, colocou um anúncio de página inteira no jornal USA Today declarando que “O Cristo está aqui agora”. O nome do seu “Cristo” é senhor Maitreya. A reunião aconteceu numa grande e rica igreja Episcopal em North Hollywood, na Califórnia. Estavam presentes 400 pessoas ou mais. Fui com três outros cristãos. Antes de entrar na igreja gastamos algum tempo em oração pedindo ao Senhor especificamente que amarrasse os demônios de forma que a audiência não pudesse ser hipnotizada ou enganada. O encontro começou com um aviso de que dez minutos de silêncio seriam observados, durante os quais todos deveriam meditar para receber uma “cobertura” e “bênção” do senhor Maitreya através de Benjamin Creme. Benjamin sentou-se numa cadeira bem no centro do palco e rapidamente entrou em transe meditativo. Sua respiração desacelerou-se a tal ponto que sua face, seu pescoço e suas mãos tornaram-se enrugados e azuis por falta de oxigênio. O seu posicionamento e aparência ficaram com uma natureza tal como a de um réptil. Os olhos estavam bem diferentes dos seus, extremamente penetrantes e negros. Sentime como se subitamente estivesse olhando para um cadáver cujo único sinal de vida era os olhos em brasa, do demônio nele. Ele olhava sem piscar para toda a audiência, virando a cabeça bem lentamente de um lado para um outro, isto é, até que olhou para o lado do salão em que nós estávamos. Obviamente ele encontrou algum problema ali! O Senhor deu-nos uma visão momentânea em nosso espírito de sua tentativa de colocar demônios sobre a audiência para obter o controle da mente. Mas isto em grande parte não funcionou, e os supostos 10 minutos viraram 45 minutos, à medida que o esforço para controlar continuava. A audiência ficou muito inquieta, sussurrando, mexendo os pés abanando-se com papéis. Nós ficamos ali sentados em silêncio repreendendo e amarrando os demônios. Entretanto, o poder demoníaco do olhar daquele homem (ou melhor, do olhar do demônio) foi um dos mais poderosos que eu já experimentei. Tivemos que resistir ativamente em nome de Jesus para impedir que as nossas mentes ficassem vazias e caísse no poder daquele olhar demoníaco. Posso entender quão facilmente uma pessoa incauta pode ficar completamente sob tal controle, e quem não tem o poder e autoridade de Jesus disponível para si simplesmente não tem chance. Algumas pessoas que tinham prática em meditação caíram rapidamente em transe e obviamente ficaram completamente alheias a tudo o que se passava a seu redor. Quão triste foi ver tantas pessoas renunciando ao precioso dom de Deus de ter a mente e a vontade livre, ficando sob o poder demoníaco. Após 45 minutos, Benjamin colocou as mãos juntas em uma atitude de obediência e curvou-se, dando louvor e honra ao demônio chamado Maitreya. Então um oficial da igreja levantou-se e fez um aviso de que qualquer um que tentasse questionar, discordar, ou refutar qualquer coisa que Benjamin tivesse a dizer seria detido e removido pela polícia por causar distúrbio. Nenhuma liberdade de expressão ali! Foi muito interessante o fato de Benjamin ter achado necessário gastar os primeiros 30 minutos de sua palestra ridicularizando e tentando provar ser falso o largamente difundido ensino cristão do arrebatamento. Considerando a quantidade de controvérsia nos círculos cristãos com relação ao arrebatamento, fiquei fascinada por Satanás aparentemente considerar este ensino como uma ameaça a ponto de fazer o seu servo gastar tanto tempo opondo-se a ele. Benjamin estava claramente cumprindo a profecia em 2 Pedro: “Tendo em conta, antes de tudo, que, nos últimos dias, virão escarnecedores com os seus escárnios, andando segundo as próprias paixões e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque, desde que os pais dormiram, todas as cousas permanecem como desde o princípio da criação. Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, Ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento. Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas”. 2 Pedro 3.3,4,9,10. Depois de tentar desacreditar qualquer ensino sobre a volta de Jesus Cristo, Benjamin gastou a hora seguinte reinterpretando livremente toda a história, a ciência e a Bíblia, torcendo tudo para adaptar-se à teoria da reencarnação. Durante todo o tempo ele continuamente repetiu o mesmo tema: há dois grandes inimigos da humanidade – os Estados Unidos da América e os cristãos fundamentalistas! Ele afirmou que ambos devem ter um fim para que a raça humana sobreviva no planeta Terra. A audiência bateu palmas em aprovação. Ele afirmou muitas vezes que os Estados Unidos é “o glutão do mundo, usando três quartos da energia e dos recursos naturais do mundo”. Eu estava horrorizada ao ver a cega aceitação de tais declarações pelo auditório. Ali estávamos nós, sentados, em uma igreja supostamente cristã, proibidos de emitir qualquer opinião oposta sob ameaça de ação policial, ouvindo declarações de um homem que quer abolir a liberdade dada por Deus, da qual nós mesmos desfrutamos, e que quer acabar com todos os cristãos, e isso com a completa aprovação de cidadãos que estão se beneficiando destas mesmas liberdades! Não creio que o cristão comum tem alguma idéia de quão longe Satanás já foi em sua meta de estabelecer um Governo Mundial Único! Há um número aparentemente interminável de organizações, grupos, filosofias, cursos de auto-ajuda, fitas subliminares, aulas de Ioga e assim por diante, que estão todos envolvidos nas crenças da Nova Era. Não é possível relacionar todos eles, mas não há necessidade de uma tal lista. David Spangler, outro líder da Nova Era, fez uma declaração muito interessante: “Vejo a nova era não apenas como uma visão, mas como um espírito muito real”. (Emergence, the Rebirth of The Sacred [Emergência, o Renascimento do Sagrado], por David Spangler, Dell Publishing Company, 1984, p. 84). David está certo, o espírito da nova era não é nenhum outro senão o próprio Satanás, o anticristo. “Se, com a tua boca, você confessar Jesus Cristo Filho de Deus Pai encarnado, morto e ressuscitado, como seu Senhor e, com o teu coração, você crer que Deus o ressuscitou dentre os mortos, então você será salvo.” “Jesus diz a você que creu Nele: Se você PERMANECER na minha Palavra (Bíblia Sagrada), VOCÊ É VERDADEIRAMENTE MEU DISCÍPULO; e você conhecerá a VERDADE, e a verdade te libertará.” “Jesus te diz: E SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA; NINGUÉM vem ao Pai SENÃO por mim.” Jesus ora ao Pai por você assim: “Santifica-os na VERDADE; a tua PALAVRA é a VERDADE.” Romanos 10.9; João 8.3132; 14.6; 17.17

148.

beatrix 19 de fevereiro • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 46 of 53

olha gente nauj quero criar nenhum tipo de entriga com ninguem ta bom mais sempre achei e pretendo naum mudar de ideia mais lucifer,padinha,zé pilintra,sete saia,sete facada,e etc…saum demonios naum demonios mais vamos falar na lingua das pessouas que naum conhecem,,, satanas muita coisa gente existe nesse mundo…por isso eu fico de olhor aberto,,,,naum sou contra mais tbm naum vou dizer que sou afavor meu namorado é do canoble eu naum sou mais naum sou contra essa religião…entaum é isso xau xau

149.

Naves 25 de fevereiro • Editar Bom! Muito interessante suas colunas. Você é muito bom pra explanar sobre mitologia e as divindades. Eu queria que vc explanasse tão bem assim, sobre a existência e a origem de Deus! Quem o criou? E se esses deuses que vc defende, se realmente são poderosos assim, porque o nome deles não são usados nos dias de hoje como o de Jesus? Não causam tanto impacto como o nome Jesus, o qual, a história se define antes e depois dele. E se lucifer é Jesus, porque ele proferiria uma profecia contra ele mesmo a qual diz , que ele, lúcifer que depois de ter se rebalado contra o criador se tornou satanaz que significa Acusador, disse que ele, “Nunca mais será para sempre”! E se ele é Jesus, porque ele precisa de vc pra explicar quem ele é ? Jesus o filho de Deus tio marcelo, não se explica ele simplesmente é o caminho , a verdade e a vida e ninguem vai a Deus se não por ele. Enfim , seus argumentos convence aqueles que de alguma forma se decepcionaram com Deus, ou que querem viver uma vida livre da verdade que os corróem. Parabéns pela sua inteligência, pena que está sendo usada em defesa de um deus vencido e derrotado.

150.

franciscodias 13 de março • Editar O último reino da terra:O anticristo e o seu comercio E quarto animal será o quarto reino da terra o qual será diferente de todos os reinos e devorará toda a terra e pisará aos pés e fará em pedaços. Daniel Cap:7 Verc:23 Mas nos dias desses reis o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído e este reino não passará a outro povo esmiuçará e consumirá todos estes reinos e será estabelecido para sempre. Daniel Cap:2 Verc:44 Pela extensão da tua sabedoria no teu comércio aumentaste o teu poder e elevaste o teu coração por causa do teu poder.Na multiplicação do teu comercio se encheu o teu interior de violência e pecaste. Ezequiel Cap:28 Verc:5;6 E faz que a todos pequenos e grandes , ricos e pobres, livres e servoslhe seja posto um sinal na mão direita ou na sua testa para que ninguém possa comprar ou vender se não aquele que tiver o sinal ou o nome da besta ou o número do seu nome. Apocalipse Cap:13 Verc:16;17 Por que será no fim de de setenta anos que o senhor visitará a Tiro e ela tornará a sua ganância de prostituta e terá comércio com todos os reinos que há sobre a face da terra. Isaias Cap:23 Verc:17 Chegou o tempo de o Chip ser colocado no homem. Quanto tempo durará este reino?Só faz negócio quem tem o chip no corpo para comprar ou vender ou qualquel negócio nessa vida quem tem o chip. A imagem da besta é o clone do homem Apocalipse Cap:13 Verc:14;15 Ler também Deuteronômio Cap: 15 Verc:15;17 Leia a Biblía

151.

Claudia 25 de março • Editar Isso é forte Não acreditava que ia dar certo, mas. LEIA SOZINHO Não acreditava que ia dar certo, mas… Vamos Brincar de Magia??? Funciona mesmo!!! Entrei neste site e fiz esta prece. Fiz para ver se ia dar certo e deu, assim que acabei meu amor ligou. A pessoa que eu copiei não acreditava. VEREMOS… Para você mesmo, diga o nome do único rapaz ou moça com quem você gostaria de estar (três vezes)… Pense em algo que queira realizar na próxima semana e repita para você mesmo (seis vezes) … Se você tem um desejo, repita-o para você mesmo (nove vezes) … Pense em algo que queira que aconteça entre você e uma pessoa especial (aquela que você pensou no número 1.) E repita para você mesmo (doze vezes) e agora, esta é a parte mais difícil, escolha um dos desejos que você fez anteriormente e concentre-se nele, somente nele e em nada mais …. Agora faça um último pedido relacionado ao desejo que você escolheu. Depois de ler isto, você tem 1 hora para mandá-lo á 15 pessoas, e o que você pediu irá se tornar realidade em uma semana… Quanto maior o número de pessoas para as quais você mandar, mais forte se tornará seu desejo. Se você ignorar esta carta, o contrário ao seu desejo acontecerá ou ele jamais se realizará. Em tudo que a natureza opera, ela nada faz bruscamente. FAÇA ISSO EM 5 ALTARES E ESPERE O RESULTADO! PENSANDO EM ALGO QUE VOCÊ REALMENTE QUER, PORQUE FUNCIONA… A PESSOA QUE ME MANDOU ESSA MENSAGEM, ME DISSE QUE SEU DESEJO FOI REALIZADO EM 10 MINUTOS E DEPOIS DE LER O E-MAIL ENTÃO PENSEI EM ENVIAR… AS BRUXAS IRÃO LHE CONCEDER 1 PEDIDO!!! FAÇA SEU PEDIDO QUANDO A CONTAGEM REGRESSIVA TERMINAR!!! 10…09…08…07…06…05…04…03…02…01… FAÇA SEU PEDIDO E PUBLIQUE ESTE PEDIDO

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 47 of 53

152.

suelem 26 de março • Editar olá ,Marcelo ! sou evangélica graças a Deus ,e nao costumo me borrar quando falam em satanas,pelo contrário ele é que se borra quando ouve falar de mim,pois, Deus me deu autoridade para reprende-lo em nome de Jesus. CONTINUAREI ORANDO POR VOCÊ!

153.

dany 29 de março • Editar ola,le pela primeira vez seus textos,na verdade procurava resposta para outro assunto e cai aki em seu blog,sou evangelica,porem creio em mtas coisas,comecei a praticar yoga,e uma pessoa influente da mha igreja me disse p/parar,pois a yoga era na verdade um culto de adoração a demonios,ja aqui descubro q na verdade demonios não existem?qual sua religiaõ?fiquei confusa,vc acredita em Deus?a bilblia segundo vc então é uma mentira?

154.

johnatan willan kokovich 10 de abril • Editar gostaria de entender a frase JESU È LUCIFER

155.

Lorran Luiz 19 de abril • Editar Muito bom o post! Olhem só uma resposta que encontrei no Yahoo! Respostas. Achei interessante preferi colocar aqui: “Satanás é uma figura muito controvertida na Bíblia. A palavra ‘Satã’ significa acusador”. “Aparece, pela primeira vez no livro de Jó, sendo como um promotor celestial. A sua intimidade com Deus e o direito de entrar no ‘Céu’, de ir e vir livremente e dialogar com Ele, torna-o uma figura de muito destaque. Veja o livro de Jó 1:6 ‘Um dia em que os filhos de Deus se apresentaram diante do Senhor, veio também Satanás entre eles’”. “O livro de Jó foi escrito depois do Exílio Babilônico. Sabemos que o povo judeu, tendo retornado a Israel com a permissão de Ciro, rei persa, no ano de 538 a.C., assimilou muitos costumes dos persas. Isso ocorreu devido à simpatia e apoio que receberam do rei, que inclusive permitiu a construção do Segundo Templo judaico e ainda devolveu muitos de seus tesouros, que haviam sido roubados”. “A religião dos persas, o Zoroastrismo, influenciou sobremaneira o judaísmo”. “No Zoroastrismo, existe o Deus supremo ‘Ahura-Mazda’ que sofre a oposição de uma outra força poderosa, conhecida como ‘Angra Mainyu, ou Ahriman’, ‘o espírito mau’. Desde o começo da existência, esses dois espíritos antagônicos têm-se combatido mutuamente”. “O Zoroastrismo foi uma das mais antigas religiões a ensinar o triunfo final do bem sobre o mal. No fim, haverá punição para os maus, e recompensa para os bons”. “E foi do Zoroastrismo que os judeus aprenderam a crença em um ‘Ahriman’, um diabo pessoal, que, em hebraico, eles chamaram de ‘Satanás’. Por isso, o seu aparecimento na Bíblia só ocorre no livro de Jó e nos outros livros escritos após o exílio Babilônico, do ano de 538 a.C. para cá. Nestes livros, já aparece a influência do Zoroastrismo persa. Observe ainda que a tentação do Adão e Eva é feita pela serpente e não por Satanás, demonstrando assim, que o escritor do Gênesis não conhecia Satanás. Os sábios judaicos interpretando o Eclesiastes 10:11, afirmam (Pirkei de Rabi Eliezer 13), que na verdade, a cobra que seduziu Adão e Eva era o Anjo Samael que apareceu na terra sob forma de serpente. E que Ele é conhecido como o ‘dono da língua’. A Anjo Samael, que apareceu sob a forma de serpente, usou sua língua, e este poder pode ser usado somente para dominar o sábio. Ele não pode prevalecer sobre um ignorante”. “Uma outra observação interessante é que o livro de Samuel foi escrito antes da influência persa no ano de 622 a.C e, no II livro de Samuel em seu capítulo 24:1, você lê com relação ao Recenseamento de Israêl o seguinte: ‘A cólera de IAHVÉH se inflamou novamente contra Israêl e excitou David contra eles, dizendo-lhe; Vai recensear Israêl e Judá’”. “Agora veja esta mesma passagem no I livro das Crônicas, que foi escrito no começo do ano 300 a.C, portanto, já sob a influência do Zoroastrismo persa, com o já conhecimento de ‘Ahriman’ – ‘Satanás’. No capítulo 21:1 desse livro, está escrito: Recenseamento: ‘e levantou-se Satã contra Israêl, e excitou David a fazer o recenseamento de Israêl’. Portanto, o que era IAHVÉH no livro de Samuel

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 48 of 53

aparece agora no livro das Crônicas como SATANÁS. (Confira em sua Bíblia)”. “Assim, está evidenciado que Satanás não é um conceito original da Bíblia, e sim, introduzido nela, a partir do Zoroastrismo Persa”. “Passa a existir a partir daí, ‘uma lenda’ entre o povo judeu de que Satanás é considerado como o rei dos demônios, que se rebelara contra Deus sendo expulso do céu. Ao exilar-se do céu, levou consigo uma hoste de anjos caídos, e tornou-se seu líder. A rebelião começou quando ele, Satanás, o maior dos anjos, com o dobro de asas, recusou prestar homenagem a Adão. Afirmam ainda que esteve por trás do pecado de Adão e Eva, no Jardim do Éden, mantendo relação sexual com Eva, sendo portanto, pai de Caim. Ajudou Noé a embriagar-se com vinho e tentou persuadir Abraão a não obedecer a deus no episódio do sacrifício do seu filho Isaac”. “Muitas pessoas acreditam no poder de Satanás e até o enaltecem em suas igrejas, razão pela qual, acharmos que seriam fechadas muitas igrejas se os seus dirigentes deixassem de acreditar em Satanás”. Endossamos essas últimas palavras do Dr. Severino. Somente pessoas retrógradas ou de mente fechada é que podem acreditar na existência de duas potências – a do bem e a do mal – a lutar perpetuamente pela “posse” das almas. De duas uma, ou Deus é tudo ou não é nada. Como não admitimos a segunda hipótese, temos convicção que Deus é tudo. E tudo o que existe é criação sua, e como Deus não criaria o mal, pressupomos que o mal é temporário. Por outro lado, não poderia criar um ser perfeito que posteriormente viesse a decair, pois teríamos pressupor que não o teria criado perfeito. Ora, sendo Deus a perfeição absoluta, tudo que faz é perfeito por natureza e origem. Mas o homem ainda não compreendendo a grandeza de Deus vem, infelizmente, perpetuando esse dualismo entre o bem e o mal, principalmente no meio das religiões cristãs tradicionais. Erro teológico, que a nosso ver é grave, pois é com esse pensamento que sustentam uma pedagogia negativa, querendo que seus fiéis façam o bem somente por medo do “tridente de satanás”, ao invés, do que seria obvio e lógico, fazer o bem por amor à Deus. FONTE: http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080618121329AAvplkN

156.

silvio de paula 21 de abril • Editar o que é a verdade? quem morreu e voltou p/ dizer o que ha depois.( só jesus, p/ os que tem fé ). nos vivemos num mundo de ilusão. se a verdade existe, ela só se manifestara do outro lado.agora vemos como que por espelho mas então veremos face á face. A verdade neste mundo é comparado a entrarmos num quarto totalmente escuro, cheio de pedras preciosas e não preciosas. cada um de nós segura a pedra, cuidando ser preciosa, mas só teremos certeza quando a luz se acender. A biblia é p/ o crente um farol que conduz á vida.

157. Jesus, a "Estrela da Manhã"?? « Ebrael Shaddai 26 de maio • Editar [...] Referência: Sedentário & Hiperativo [...]

158.

bruna 04 de junho • Editar sou 100% saber sobre lucífer, os 7 espiritos do fogo e gui quando joguei o jogo do copo adorei saber que lucífer esta do meu lado e pegará meu espirito gostei de saber tambem que quando eu morrer ele será o primeiro a vir me buscar. Isso que dizer quando eu morrer vou para o inferno

159.

Tiago 22 de junho • Editar Gostei muito de seu trabalho, sou estudante de Hermetismo, e admito q seu trabalho e conhecimento são grandes! Porém gostaria de q vc me respondesse uma pequena dúvida! Marcelo DD, vc é ou foi da Maçonaria???

160.

Tiago 22 de junho • Editar O Homem nasceu na Terra para se fazer conhecedor de todas as coisas, mas em primeiro lugar deve ser conhecedor de si mesmo.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 49 of 53

Todas as verdades são meias-verdades! Todos os paradoxos pedem ser conciliados!

161.

eryck 02 de julho • Editar so jesus e o sauvador de suas vidas ,o camino so e 1 so apertado mais largo e o camminho da perdiçao (sua sauvaçao e individual jesus te ama)

162.

MARIA 05 de agosto • Editar OLÁ, ME FALARAMQUE GABRIEL FOI LÚCIFER , PODE ISSO?

Participe
Faça seu protesto

1. Deixe seu comentário

(obrigatório)

Enviar

cforms contact form by delicious:days

Colunas

Ocioso

Cúmplices

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 50 of 53

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 51 of 53

Orkut

info

BlogBlogs.Com.Br

Adicione o S&H:
<a href="http://ww w.sedentario.or g" target="_blank" alt="Sedentário

total de visitantes

Contato
Comercial Parcerias Dicas de Post

feed

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 52 of 53

Blogs Hiperativos

OMEdi Sac Divino Degraça é mais gostoso Jogos Wiki Doido Preguiza Recebi por e-mail Pilândia Curto e Grosso Dormiu Siriloko Acidez Mental Megabalaio Interney Asttro Procurando Vagas Smelly Cat Copi-Cola Jogos Gratis Buscar Jogos Kibe Loco

Categorias
animações Arte/Design artigos Cinema/séries/TV colunas comics addicted Dúvida Razoável delicinhas Dicionário das Marcas diversos Galeria games HQ humor imagens Informe Publicitário Internet inutíl lógica mente músicas O Comedor de Lixo publicidade Sarjeta dos Quadrinhos tecnologia Teoria da Conspiração Tosco / Bizarro toys utilitários vídeos

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009

Belzebu, Satanás e Lúcifer – parte II | Sedentário & Hiperativo

Page 53 of 53

Tema por Tropus Comunicação na Internet • Design por Evel Ryu Monetização otimizada por Gestão Ativa WebDesign Monetize o seu blog com HOTWords utilizando o plugin WP-HOTWords 4.4.1.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/belzebu-satanas-e-lucifer-pa... 06/08/2009