Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 1 of 25

Blog Culpados Busca Procurar por:

Google Search

Referências Ocultistas em Watchmen
09 mar 2009 | por Marcelo del Debbio em Teoria da Conspiração às 2:47 • editar

Olá crianças, Eu sei que esta coluna deveria ser sobre Merlin e José de Arimatéia, mas com a estréia de Watchmen, filme baseado na maior, melhor e mais fodástica história em quadrinhos de todos os tempos, escrita pelo deus dos quadrinhos Alan Moore, tive de fazer uma pequena mudança de planos. Acredito que poucos de seus leitores sabem que Alan Moore é um ocultista, magista e profundo conhecedor das ciências herméticas, e que recheia todos os seus trabalhos com referências à Ordens Iniciáticas, Poemas alquímicos e magistas famosos. O tio Marcelo releu Watchmen semana passada e separou as anotações e passagens mais interessantes da HQ, sob o ponto de vista ocultista do Alan Moore. Também recomendo que assistam The Mindscape of Alan Moore antes de continuar. Cuidado: Contém Spoilers da HQ! OBS: Eu só tenho a Watchmen em inglês, por isso usei os termos no original, se alguém puder ajudar e traduzir os termos que eu usei nos comentários, eu agradeço. O Comediante – O nome do comediante, Edward Morgan Blake, é formado pela junção de três grandes ocultistas: Edward Crowley (mais popularmente conhecido como Aleister Crowley), Evan Morgan (discípulo favorito de Crowley) e William Blake (alegadamente a encarnação anterior de Crowley), cujos trabalhos são citados vezes durante o HQ. Gunga Dinner – O nome do restaurante vem do poema “Gunga Din”, considerado um dos mais famosos poemas do escritor maçônico Rudyard Kipling (também autor da história “O Homem que queria ser rei”, repleta de simbolismo maçônico). Neste poema, Kipling conta, sob o ponto de vista de um soldado britânico, a história de um carregador de água bhisti que acaba salvando a vida do soldado, mas morre durante o processo. A própria história do Comediante e sua morte estão relacionadas ao poema. Os taxis, durante toda a HQ e em momentos significativos, têm desenhado em sua lateral o trigrama do Iching TUI, cuja tirada em um jogo significa “estar atento, quando tudo mais parece estar tranqüilo, pois a complacência poderá levá-lo a ser enganado”. A primeira vez que ele aparece na HQ é entre os detetives investigando a morte do comediante e a primeira aparição de Rorschach. A companhia de taxis é chamada “Promethean” e seu lema é “trazendo luz para o mundo”. Uma referência óbvia a Prometeus e sua comparação com Lúcifer romano. O sujeito que sempre conserta a porta do Dreiberg trabalha para a companhia “Nó Górdio”, que também é uma referência a Alexandre, o Grande. A companhia “Triangle” também faz referências ao Egito. “Who Watches the Watchmen” uma pichação que aparece constantemente na HQ, vem de uma citação latina “Quis Custodiet ipsos custodes”, das obras do poeta romano Juvenal, em provocação à obra de Sócrates que colocava a classe dos guardiões como responsável pela proteção das cidades. “E quem nos protegerá dos guardiões?”. Platão responde que eles nos guardarão deles mesmos, com uma mentira nobre. “Diremos a eles que eles são melhores do que eles realmente são e, por causa disso,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 2 of 25

eles deverão proteger aqueles que são desprotegidos”. Sweet Chariot – O nome dos cubinhos de açúcar que o Rorshach come durante toda a HQ são baseados na música “Swing low, Sweet Chariot”, que tem referências bíblicas a respeito da carruagem de Elias (também conhecida como arcano 7 do tarot) e tem como significado alguém que trafega por debaixo das rotas conhecidas para enfrentar um mal maior (esta música foi usada por escravos como símbolo de rotas conhecidas como “Túneis subterrâneos” que usavam para escapar para o Canadá, organizadas por maçons abolicionistas). Todas estas referências têm enorme similaridade com o caminho subterrâneo que Rorshach faz para enfrentar Veidt durante toda a trama. Krystallnacht e Pale Horse – O nome das bandas que se apresentam durante o final da HQ são referências a duas operações realizadas pelos nazistas no começo da II Guerra. A primeira consistiu na destruição de cerca de 200 sinagogas e mais de 1.000 lojas judias, que foram incendiadas. Os judeus ainda foram acusados de terem causado a destruição e condenados a pagar pesadas multas aos nazistas. Pale Horse foi uma operação semelhante destinada a prender e usar homossexuais em experimentos em campos de concentração. O nome vem da bíblia (revelações 6:8) Note que o casal lésbico que aparece paralelamente à trama principal faz diversas referências a esta banda. Outra banda mencionada é “Pink Triangle”, que é uma referência ao triângulo rosa que os nazistas faziam os homossexuais usarem em braçadeiras nos campos de concentração. O nome do cantor principal de uma destas bandas, Red D´eath, é baseado em um conto de Edgar Alan

Poe, “Red Death”.

A revista “Nova Express”, que aparece ao longo da HQ, é o título de um livro de William S. Burroughs, cuja história é muito complexa e bizarra para ser descrita em poucas palavras, mas que tem muito a ver com a idéia do monstro usada por Veidt. O nome do asilo onde a mãe de Laurie fica internada é “Nephente Gardens”. Nephente é uma droga enteógena usada para diminuir a dor e o sofrimento, usada na Antiga Grécia. Os dois troféus guardados pelos minutemen são o “Moloch solar mirror weapon” e o “king Mobs ape mask”. Moloch é um deus amonita conhecido por seus altares onde se atiravam crianças ao fogo e king Mob é uma referência às revoltas inglesas de Junho de 1780, onde os revoltosos diziam que serviam a “sua majestade, o rei turba” (“your majesty, King Mob”). Grant Morrison, outro ocultista autor de HQs, também utilizou esta referência para criar o personagem principal da série “Invisibles”, também repleta de referências ocultistas. O nome Rorscharch vem do teste de manchas criado por Hermann Rorscharch em 1921, que são explicados durante todo o capítulo 6. O estupro da garota Kitty Genovese aconteceu na vida real. O nome do Dr. Manhattan é baseado no “Projeto Manhattan”, que desenvolveu a bomba atômica. O design do dr. Manhattan, azul com o símbolo esculpido em sua testa, é inspirado nos deuses hindus criadores do universo, Brahma, Vishnu e Shiva, que possuem poderes ilimitados, assim como ele. O painel na base de Gila Flats, onde o dr. Manhattan foi criado, tem a frase “Per dolorem, ad Astra”, que significa “pela dor se chega às estrelas”. Um mote alquimista e, ao mesmo tempo, reflete a situação do dr. Manhattan durante a HQ e sua fuga para marte. Ozymandias – vem de um poema de Percy Bysse Shelley, chamado Ozymandias, que retrata o Rei dos Reis. Percy foi membro da Golden Dawn e esposo de Mary Shelley, a escritora de Frankenstein. Seus textos principais foram “A Rainha Mab” e “ A necessidade do ateísmo” (que lhe rendeu a expulsão da universidade de Oxford). O poema Ozymandias tem tudo a ver com a função desempenhada por Adrian Veidt. Já o próprio nome Adrian Veidt foi inspirado no ator alemão Conrad Veidt, nascido em 1893, que ficou imortalizado por sua atuação no filme mudo “O homem que ri”, adaptação do poema ocultista de mesmo nome, de Victor Hugo, cujo personagem principal mais tarde inspiraria Bob Kane a criar ninguém menos que o Curinga. Várias vezes durante a HQ é mostrado a obsessão de Veidt com diversas TVs ligadas ao mesmo tempo em canais diferentes. Isto reflete o método do escritor William S. Burroughs de trabalhar (ele escreveu “The Naked Lunch “ e “Nova Express” desta maneira e, diz a lenda, que ele escrevia os textos e depois jogava aleatoriamente todos os papéis no chão para que sua mente conseguisse sair do modo racional e traçar linhas mais subconscientes nos trechos dos textos. Observar múltiplas imagens aleatórias é um dos métodos de adivinhação semelhantes aos oráculos de borra de café, bola de cristal ou ler entranhas de animais (acho que o próprio Veidt menciona isso em algum dos capítulos). O dr. Manhattan e sua conexão passad-presente-futuro também reflete esta multiplicidade de “canais”. Karnak, o nome da base de Veidt, é o nome do principal templo dedicado ao faraó Ramsés II, o Ozymandias real. A nave de Nightowl, Archie, é um diminutivo de Archimedes, o nome da coruja do desenho da Disney “The Sword in the Stone”, que conta a infância do Rei Arthur. Corujas, a lua e superfícies ovaladas estão presentes em todo o capítulo 7, representando os atributos de Atenas. Até mesmo os calendários dentro da casa de Dreiberg começam na segunda-feira (moon-day) ao invés de domingo. O capítulo 5, “Fearful Simmetry”, é desenhado como um espelho, com a página 1 refletindo a página 28, a 2 refletindo a 27, e assim por diante, com as páginas 14-15 sendo a borda do espelho. O símbolo do crânio e caveira aparece bastante neste capítulo. Tanto a questão da simetria, do poema e do símbolo aludem a um grau maçônico que, infelizmente, não poderei comentar. Além destas, existem outras referências à maçonaria e seus símbolos neste capítulo, que é o meu favorito. O Capítulo X é repleto de referência a duplas, ao número dois, aos pares e a “dois cavaleiros” (pessoas aparecem várias vezes dirigindo, cavalgando ou andando lado a lado nesta HQ). Referências ao símbolo da Ordem dos Templários. Walt Feinberg, o autor fictício do conto dos piratas que acompanha paralelamente a narrativa, é uma homenagem a Walt Disney e Joel Feinberg. O tio Disney dispensa apresentações, e Feinberg foi um filósofo americano famoso e um dos primeiros escritores a discursar sobre os direitos individuais versus a autoridade do estado (tema constante em Watchmen). Referências dos títulos Capítulo I – “At midnight, all the agents” é uma referência a música de Bob Dilan chamada “Desolation Row”

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 3 of 25

Capítulo II – “Absent Friends” é uma referência a Elvis Costello na música “The Comediants” Capítulo III – “The Judge of all the Earth” vem da bíblia, é uma referência a Gênesis 18:25 e tem tudo a ver com o Dr. Manhattan. Capítulo IV – “the watchmaker’ é uma referência a uma frase de Einstein em relação à existência de Deus, que depois foi parafraseada por Dawkins como uma negativa da existência de Deus. Capítulo V – “Fearful Simmetry” pertence a um dos poemas mais famosos de William Blake, “Tyger”, que trata novamente de maneira sutil de toda a trama de Watchmen. Capítulo VI – “The abyss gazes also” é uma referência a Nietzche. Capítulo VII – “A brother to Dragons” é uma referência bíblica. Vem do livro de Jó, 30:29 Capítulo VIII – “Old Ghosts” é uma referência à escritora inglesa Eleanor Farjeon, famosa por suas histórias para crianças. O título vem do livro “Hallowe´en” onde diz “no Halloween os velhos fantasmas saem…” Capítulo IX – “Darkness of mere Being” vem de um livro muito legal do Carl Jung, chamado “Memories, Dreams, Reflections”. Recomendo a leitura. Capítulo X – “Two Riders were approaching” eu não sabia de onde ele tirou esta, mas um leitor me escreveu dizendo que a referência vem da música do Bob Dylan “All along the Watchtower” Capítulo XI – “Look at my works, Ye Mighty” – também vem do poema Ozymandias, de Percy Shelley, já mencionado acima. Capítulo XII – “A stronger, Loving World” vem da música “Santies”, de John Cale. Semana que vem, programação normal. PS: parece que os negritos e itálicos continuam zoados… Marcelo Del Debbio ————————————Textos novos no blog Teoria da Conspiração e a estréia do Blog de RPG da Daemon: - O que são Sigilos Pessoais? - O Tarot, a Kabbalah e a Alquimia - Os Illuminati - A História de Gilgamesh - Belém institui o “Dia do Dizimista” - História da Umbanda - O Círculo Mágico - Raul Seixas, Paulo Coelho e a Sociedade Alternativa - Arcano 13 – a Morte - Pai Nosso em Aramaico - o Bode na Maçonaria —————————————— Datas dos próximos cursos: Março 28/03 – Tarot (Arcanos Menores) 29/03 – Runas Abril 18/04 – Kabbalah 19/04 – Astrologia Hermética 20/04 – Tarot (Arcanos Maiores) 21/04 – Chakras, Kundalini e Magia Sexual Informações: marcelo@daemon.com.br PS: Pessoal de Recife, tem uma galera com local tentando organizar dois cursos para os dias 4 e 5 de Abril (Astrologia Hermética e Kabbalah). Interessados, favor entrar em contato com arsmagna.9@gmail.com 100 Protestos Compartilhe

Comentários

1.

luiz_heavymetal 09 de março • Editar só digo que watchmen não bate os invísiveis @MDD – Em matéria de referências ocultistas não… Mas experimente ler PROMETHEA do Alan Moore. Promethea é o suprasumo do ocultismo retratado nas HQs.

2.

Marcelo 09 de março • Editar *SPOILERS* Houveram muitas críticas pelo uso da música “All Along The Watchtower”, versão de Jimmy Hendrix, em uma das cenas do filme. Exatamente como acontece no final do capítulo X, “two riders were approaching” verso final da musica, faz referência aos dois heróis (Rorschach e Coruja) chegando à fortaleza de Veidt para o confronto final. Achei estranho ao ouvir a música, mas depois me lembrei que

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 4 of 25

era a frase que termina o capítulo na Graphic Novel e entendi o contexto. Talvez faria mais sentido se Zack Snyder tivesse usado a versão original de Bob Dylan.

3.

Fabio 09 de março • Editar Marcelo… Houveram não existe… Houve, ok? E quanto à versão do Hendrix, ela é mais conhecida, e o próprio Dylan falou que acha essa gravação melhor até que a dele

4.

Planeta Automotivo 09 de março • Editar Independe do sentido óbvio…

5.

Tarcizo Ferreira 09 de março • Editar Legal saber que o senhor também lê HQs. Já leu Planetary, do Warren Ellis? Mas assim, da tua chuva de referências… tinha muita coisa que eu nunca tinha visto, mas muita coisa que já tinha visto e muito pouco de referências ocultistas (mas pode ter certeza que eu, quando chegar em casa hoje, vou correr para ler o capítulo cinco de novo =D) No mais, se um dia quiser continuar a fazer essas referências cruzadas nas HQs eu não vou ligar =P Ps.: achar referência ocultista em Alan Moore é como procurar agulhas num agulheiro hauahauhauaha

6.

Azhariel 09 de março • Editar Se eu não me engano, a Desolation Row toca no filme também.. Aliás, achei toda trilha sonora realmente muito boa! O poema/inscrição do Ozy eu já conhecia pelo jogo Civilization IV, ele aparece como “flavor text” depois que se pesquisa uma tecnologia (que eu não consigo lembrar por nada nesse mundo).. “I am Ozymandias, King of Kings. Look at my works, ye mighty, And despair.” Muito tri. Boa coluna, vou olhar mais a fundo nas referências.. (:

7.

Cayo 09 de março • Editar Talvez faria mais sentido se Zack Snyder tivesse usado a versão original de Bob Dylan. Tudo uma questão de direitos autorais. Apesar de todo o ocultismo, o capitalismo esta nas cabeças…

8.

Diggs 09 de março • Editar Só pra corrigir um equívoco. Não é “Nightowl” é “Nite Owl” que em português ficou, o Coruja. Bom artigo.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 5 of 25

9.

Zé 09 de março • Editar Mandou bem demais Debbio. Na edição que li de Watchmen pouca coisa foi traduzida, não lembro da companhia de taxi, mas a única coisa que me lembro é da “Triangle”, que passou a se chamar “Pirâmide”.

10.

caca 09 de março • Editar lixo em cima de lixo….cultura inutil

11.

Rick 09 de março • Editar DD, com relação ao “Pink Triangle”, vi em um vídeo muito antigo das testemunhas de Jeová que esse triangulo era usado justamente para marcá-las, isso procede? Como o vídeo é produzido por eles, sempre achei que tinha algo manipulado ali. Um abraço.

12.

EC 09 de março • Editar Isso mostra que as vezes as igrejas estão cercas ao procurar cabelo em ovo, basta ver como numa simples HQ existem tantos simbolos do ocultimos inseridos de forma quase subliminar, é realmente uma pena.

13.

Fernando Martin 09 de março • Editar Ótimo filme. Assistam.

14.

portela 09 de março • Editar Ei Tarcizo Ferreira, se eu fosse voce, eu dava um a olhada no curriculum do cara..

15.

Arnaldo 09 de março • Editar “(…) Alan Moore é um ocultista, magista e profundo conhecedor das ciências herméticas, e que recheia todos os seus trabalhos com referências à Ordens Iniciáticas, Poemas alquímicos e magistas famosos.” Esqueceu de mencionar velho gagá, portador da síndrome de Malcom e professor sênior da Escola Arnaldo Jabor de Crítica.

16.

Rodrigo 09 de março • Editar Sobre “O estupro da garota Kitty Genovese aconteceu na vida real.”

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 6 of 25

Na realidade ela foi esfaqueada, e enorme foi a repercusão deste evento. Só para resumir: As 3:15 da manhã ela estava chegando em casa e foi abordada por um home que a esfaqueou. Ela gritou por socorro (”Oh my God, he stabbed me! Please help me! Please help me!”) e as luzes dos vizinhos se acenderam. Alguém gritou para que deixasse a mulher em paz. O homem saiu com seu carro. Voltou logo em seguida e esfaqueou-a novamente. Novos pedidos de socorro. Novas luzes acesas. Novamente ele sai. Pela terceira vez ele volta e a mata. Somente as 3:50 é que um vizinho liga para a lolícia, que chega ao local em menos de 5 minutos. Mas antes de nos revoltarmos com a atitude das pessoas é bom verificar os estudos realizados a partir do caso: http://www.objectivistcenter.org/cth–25-Why_Did_Kitty_Genovese_Die.aspx http://www.newsday.com/community/guide/lihistory/ny-history-hs818a,0,7944135.story

17.

Gabi* 09 de março • Editar Deu até vontatde de ler os quadrinhos, muito mais do que depois de ver o filme. Agora eu proponho um post (ou mais quem sabe…) sobre William Blake. Encontrei muito pouco sobre os significados de suas obras e nenhum outro autor me intriga mais. Não acho que seja coincidência que o capitulo “Fearful Simmetry” seja justamente o que você menos pode comentar. Faz um post sobre ele… vaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai?? =)

18.

chicken nipples 09 de março • Editar Remember, Remember the Fifth of November

19.

Caio Bonatti 09 de março • Editar Alan Moore é genial, ponto.

20.

Tarcizo Ferreira 09 de março • Editar “Ei Portela”, porque exatamente?

21.

Raphael Fernandes 09 de março • Editar Olá Marcelo, Acho que as nossas colunas são complementares e fico feliz de estar trabalhando com um dos caras que me influenciaram bastante na adolescência. Sou grande fã dos teus livros de RPG! Adorei a coluna, meus parabéns! Com estas informações, eu tou quase apto a escrever uma tese sobre a obra! eheheheh

22.

Anarcoplayba 09 de março • Editar DD, se vc escreve no word os textos e depois recorta e cola no editor do blog, pode ser isso que está zuando os itálicos e negritos.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 7 of 25

@MDD – Não não… eu uso os strong da vida na codificação… no meu blog funciona e aqui não. Eu já perguntei pro eightbits e ele me respondeu que é algum pau do CSS do Sedentário. Mas de qualquer maneira, uma vez que ele resolva este problema, a diagramação volta ao normal, porque os códigos do wordpress estão OK.

23.

Anon 09 de março • Editar a questão da simetria, do poema e do símbolo aludem a um grau maçônico que, infelizmente, não poderei comentar. AHHHHHHHHHHH VSF!

24.

PV 09 de março • Editar Muito legal mesmo a HQ, li semana passada tb!!! Abração!

25.

Zephyr 09 de março • Editar “lixo em cima de lixo….cultura inutil”….o unico lixo em cima de lixo aqui deve ser a tua cabeça sobre o corpo.E “CC” deve ser o cheiro que sai da tua boca!

26.

Zephyr 09 de março • Editar Muito bom esse post.Alías, todos que li até agora são bons.Parabéns….

27.

Karkaju 09 de março • Editar Cara, muuuito inspirador este texto.. Me deu vontade de jogar tudo pra cima e ir pra casa reler watchman. Cara, parabéns ao SH e ao Marcelo Del Debbio

28.

planos de saude 09 de março • Editar muito bom !

29.

Azul84 09 de março • Editar @Fabio Apesar do All Along The Watchtower do Hendrix ser muito melhor sozinha, eu acredito que a original do Dylan funcionaria muito melhor em um filme. É extremamente difícil encaixar uma música mais pesada como a versão do Hendrix em um filme e o Snyder, na minha opinião, não foi bem sucedido nisso.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 8 of 25

30.

Gustavo Camargo 09 de março • Editar Capítulo I – “At midnight, all the agents” é uma referência a música de Bob Dilan chamada “Desolation Row” corrige aí *DYLAN*

31.

Castro 09 de março • Editar Legal, nada demais, todas as HQs tem referencias, vide Superman Legado das Estrelas. Lotado de referencias biblicas. Agora faça uma análise do real significado de Watchmen e da crítica que ele faz a Era de Ouro dos quadrinhos. Não considero Watchmen a melhor HQ de super herois que existe, ao contrário, tenho um pé atrás com ela, em muitos pontos ela desrespeita o gênero. E isso me ofende. Ao meu ver Cavaleiro das Trevas foi um soco mais violento do que Watchmen no que ele pretendia. Por mostrar um herói conhecido com seus valores deturpados. Miller mostrou que o mundo não era mais o mesmo da déaca de 30. Ai você vai me dizer, mas Watchmen ganhou prêmios literários é ovacionado como um dos grandes romances do século XX. Sim a história não é ruim, é ótima, mas repito: não é a melhor HQ de super heróis de todos os tempos. Eu a considero um bom livro de ficcão cientifica. Só. Melhor do século XX? Duvido muito. Incal tá ai pra provar o que é ficcão cientifica boa. Se for analisar artisticamente então, Gibbons é um nada perto do lendário Moebius. Os que conheceram a Era de Ouro dos quadrinhos tornar-se Era de Prata, ver a Guerra Fria nas páginas coloridas, presenciaram os anos 70, a onda hippie, sabem a diferença das abordagens que o termo heroi tiveram neste meio tempo. Muito Antes de Alan Moore um tal de Stan Lee já havia com sucesso mostrado como seria um mundo real com heróis superpoderosos, aproximando os heróis do leitor comum. Não importa se o zé ali da esquina leu Watchmen a dois meses indo na hype do filme e já se acha um conhecedor da nona arte, não vê a hora de sair uma camiseta com o smile manchado de sangue pra comprar e exibir por ai posando de cultzinho. Ele não faz nem idéia do peso de Watchmen ele não tem menor noção do que é história em quadrinhos. Watchmen nunca será a obra definitva sobre super herois. Tal obra não existe. Não interessa o que os fãs de Watchmen digam, conhecço muita gente e muitos fãs de Watchmen. E me atrevo a dizer os fãs (aqueles que idolatram) de Watchmen não conhecem a fundo a mitologia das histórias em quadrinhos de super herois. Quer saber o real significado de ser herói? Leia O Herói de Mil Faces de Joseph Campbell. Nçao me levem a mal, Alan Moore é um escritor muito bom fez histórias geniais. “Para o homem que tem tudo” e “O que houve com o homem de aço?” são histórias incriveis do Superman. “Piada Mortal” mudou minha maneira de ver o Coringa. Antes que me crucifiquem. Vou alertando, sou fã (não dos que idolatram cegamente) de Watchmen, li a versão da Abril que vinha com os relógios parados. Porém como tudo na vida não é perfeito, ao contrário do que muita gente diz. Ah só um adendo, da onda de roteirstas britãnicos que explodiram anos 80, Grant morrison é o meu favorito. Quem leu Homem Animal viu como um bom roterista pode recriar um personagem respeitando suas origens e atualizando os pontos necessarios. Não li Os invisveis inteiro, mas a série possui camadas tão complexas quanto Watchmen. Quanto a adaptação de Watchmen, ela será esquecida em pouco tempo. Para tristeza dos fãs xiitas. No cinema a obra teve muito de sua essência esvaziada.

32.

Wit 09 de março • Editar Só de brincadeira… Comediante = Áries Coruja II = Câncer Ozymandias = Leão Rorschach = Escorpião Espectral = Sagitário Dr. Manhattan = Aquário

33.

lucas 09 de março • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 9 of 25

Faltou falar da referência do relógio que indica meia-noite, quando os planos de Veidt se concretizam.

34.

portela 09 de março • Editar Oi Tarcizo Ferreira! Entao, seria exatamente porque voce se sorpreende que o Marcelo seja um “senhor (que) também lê HQs” e o cara é um dos maiores escritores de Role Playing Games do Brasil. Imagina o que uma pessoa que já escreveu uma porrada de títulos de RPG nao deve ter lido de HQ.. Bom , também tem que eu já li uma entrevista com o cara que ele conta que já leu muuuuuita HQ, mas claro, iso voce nao é obrigado a saber. Mas só de dar uma olhada no curriculum do cara, dá pra sacar. Enfim, é isso. Um abraço para tio Marcelo e outro abraço para Tarcizo Ferreira.

35.

Claudio 09 de março • Editar Ótimo texto, como sempre. Adorei Watchmen (li pela primeira vez através de scans… uma pena, mas agora vou comprar a edição definitiva!!), o filme é muito bom também, claro que muita coisa ficou fora e outras mudaram, mas como FILME é muito bom mesmo, especialmente os créditos iniciais que mostram os Minutemen, com a música do Bob Dylan no fundo. Tomara que você tenha tempo de fazer mais textos sobre quadrinhos e suas ligações ocultistas, não me importaria nenhum pouco também!!

36.

Tarcizo Ferreira 09 de março • Editar Ah valeu Portela, pelo “esclarecimento”. Se eu morresse hoje sem saber disso tudo eu provavelmente não morreria em paz ¬¬

37.

hernane 09 de março • Editar Eu gostaria de parabeniza-lo por mais uma ótima coluna e gostaria de comentar uma coisa que acabei de ler aqui no site do terra mesmo fujindo muito do assunto mais eu não aguentei e posto ai o link: http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI3622557-EI238,00-Cranio+de+possivel+vampiro+do+seculo+XVI+e+descoberto.html a notícia é sobre um ‘’suposto” cranio de vampiro do sec XVI encontrado na itália. brigadão por mais uma ótima coluna e esperarei ancioso para a próxima sobre sobre Merlin. abraços.

38.

AD&D 09 de março • Editar aHH Acabei de ler agora,antes de entrar aqui, a segunda revista! vi sobre watchman na nova coluna “sargeta dos quadrinhos” achei que ja tinha visto ‘por aqui’ o nome “Alan Moore” dei uma checada rápida no site do DD, confirmei, e já fui atrás do documentário e da HQ.. Quero terminar de ler para depois ver o filme.. (para não estragar a HQ rsrs..)

39.

corel 09 de março • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 10 of 25

@off del debbio, o que você acha dos ateus e céticos chamarem o ocultismo e todo o resto de pseudociências? @MDD – Não é diferente dos fanáticos evangélicos chamarem o ocultismo e todo o resto de arte do diabo. Cada fanatico precisa arrumar um jeito de diminuir ou destruir aquilo que nao consegue entender.

40.

hehe 09 de março • Editar nem curto hq

41.

Dr Godinho 09 de março • Editar MUITO BOM TEXTO!!!! que venham muitos outros iguais!

42.

Thiago Tietze 09 de março • Editar @CASTRO ……….. Tá… E daí???? Alguém aqui tá falando alguma coisa específicamente sobre qual o melhor quadrinho de todos os tempos?!?!?!?!? Ahhhhhh tamos falando de referencias ocultistas… Tá certo Copia e cola tua critica num blog de quadrinhos Um abraço!

43.

perseu 09 de março • Editar porra portela, tu é babaca..

44.

Papael 09 de março • Editar Marcelo, sei que não tem muito a ver com o post mas tu chegou a ver essa bandeira que estenderam no jogo do Real Madrid? http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Futebol/0,,MUL1034534-9842,00FOTO+TORCIDA+DO+REAL+MADRID+ESTENDE+BANDEIRA+GIGANTE+NO+BERNABEU.html Achei um tanto “diferente” pois normalmente torcidas não fazem isso. Conhece a imagem ou algum significado dela? @MDD – É o Odin retratado na bandeira. E linda a bandeira. Agora não entendo lhufas de futebol ou do time ou de que tipo de relação o time que estendeu a bandeira poderia ter com Odin.

45.

D 09 de março • Editar no final da musica all along the watchtower, bob dylan canta “Lá fora, na distância, um gato selvagem grunhiu

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 11 of 25

dois cavaleiros se aproximavam, o vento começou a uivar” que reflete bem a cena de Busbastis grunhindo para avisar a Veidt dos intrusos e, acho eu, o resto da letra da musica parece mais o dialogo do coruja com o rorscharch

46.

Eduardo Souza 09 de março • Editar Muito bom, Del Debbio. Fico estupefato com essas referências diversas de tantos lugares e acho impressionante quem as entende. Só tenho uma dúvida, mas relacionado a Alan Moore mesmo. No documentário que você recomendou – muito bom, por sinal – quando Moore vai falar sobre ser mago e etc, me corrija se estiver errado, mas ele tentou generalizar, evadir, não sei ao certo. O que eu concluí – provavelmente, errado – foi que ele não era de fato um ocultista, mas sim um estudioso. Outra coisa que me veio à mente, foi que ele não quis se aprofundar no assunto pra não gerar polêmica ou algo assim. Ele foi bem generalista, eu acho, dizendo que qualquer artista é um mago e etc. Por favor, me ilumine essa dúvida. Continue com a ótima coluna. @MDD – Ocultistas de verdade e artistas de verdade tem muito em comum. E todo ocultista, sem exceção, é um estudioso e cético.

47.

Ragono 09 de março • Editar Ainda sobre a canção All Along The Watchtower eu me lembrei que ela é tocada no fim da terceira temporada da série Battlestar Gallactica. Estou mencionando isso pois essa série coloca muitos questionamentos morais assim como acredito que ocorra com Watchmen (que não conheço profundamente). Eu só não sei qual a versão da música que é tocada na série.

48.

ch 09 de março • Editar O símbolo do crânio e caveira aparece bastante neste capítulo. Tanto a questão da simetria, do poema e do símbolo aludem a um grau maçônico que, infelizmente, não poderei comentar. po fiquei curioso nao da pra falar nada aqui nos comentarios MDD ?

49.

diogo 09 de março • Editar DD, tô indo pra SP em férias na primeira semana de Maio, e gostaria de aproveitar a oportunindade e fazer um ou dois cursos seus, já tem um cronograma pré-definido? Grato desde já Diogo Gomez ‘.’

50.

Gabriel Pendragon 09 de março • Editar pena que o filme não é tão bom assim…

51.

hub 10 de março • Editar Ei, o nome do escritor do Contos do Cargueiro Negro não é Max Shea?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 12 of 25

52.

luiz_heavymetal 10 de março • Editar Comediante = Áries Coruja II = Câncer Ozymandias = Leão Rorschach = Escorpião Espectral = Sagitário Dr. Manhattan = Aquário legal só mudaria a Espectral, colocaria ela como touro

53.

Bananeira 10 de março • Editar O que é cultura util para você CACA? Nos dê um exemplo!!!!

54.

DIEGO 10 de março • Editar Ah porra, agora tudo é ocultismo… @MDD – legal, nao?

55.

varlei 10 de março • Editar Frater Marcelo, qdo der assista também o anime Neon Genesis Evangelion. Tem muitas citações ocultistas. Um dia comente para nós… Paz Profunda… @MDD – Ah, não tem não! Já assisti e fiquei revoltado. Tem uma árvore da Vida chutada que eles nem sabem a que veio e nada tem a ver com nada naquele anime… os “anjos” saõ só nomes sem nenhum significado, não tem referencia nenhuma, nem ligação, nem lógica nenhuma… tudo é tosco naquele anime. Só se salvam as lutas de robo gigante.

56.

Tranca 10 de março • Editar duas palavras… Alan Moore

57.

Junior/RO 10 de março • Editar Teve uma coisa que sempre me incomodou com o Dr. Manhattan. No gibi ele fala que uma pessoa morta e uma pessoa viva possuem o mesmo número de partículas. Isso é quando Jon começa a demonstrar sinais avançados de alienação. Mais tarde, ele acaba demonstrando desinteresse pela vida em geral. Pois bem, eu não esperava isso de Alan Moore. Esperava que o Dr. Manhattan considerasse o Prana, Ki ou Chi do indivíduo vivo e que esse fosse um ingrediente forte o suficiente para diferenciar um ser vivo de um morto. Também esperava que Manhattan, conectado ao cósmico, dissesse que não se interessava pela vida de um indivíduo, mas sim pela vida de toda uma espécie. Uma visão mais cósmica. Lamentei isso.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 13 of 25

58.

perseu 10 de março • Editar @ DIEGO “Ah porra, agora tudo é ocultismo… @MDD – legal, nao?” hahahahahahahahahahahehehehe

59.

Gilmar 10 de março • Editar Cara, como que tem gente que esta indo assistir este filme sem ler a hq??? Apesar de possuir uma semelhança visual maravilhosa, o roteiro de Snyder (diretor) é mais corrido e pobre do que o original de Alan Moore. Snyder começa muito bem o filme, porem ele passa a ser mais corrido da metade até o fim, deixando informações de bandeija pro expectador, não deixando espaço para especulações que se faz ao ler a hq (um exemplo disso é que na hq o comediante apenas deixa a entender que matou o kenedy, sem deixando uma duvida, mas no filme existe uma cena pra isso…) Quem não leu a hq ou não assistiu o filme pare aqui pois tem SPOLIERS: Mas o que me deixou mais insatisfeito (bem como a uma grande legião de fãs) foram as pequenas mudanças no roteiro que acabam deixando o final meio vazio sem o mesmo significado original. Snyder resolveu mudar o final que era a criação de um monstro em laboratorio financiada por Ozimandias a fim de destruir metade da cidade por um ataque simulando os poderes do Dr. Manhattan. Na hq Ozimandias cria o monstro para simular uma invasão alien na terra, fazendo com que EUA e URSS se juntem para acabar com o problema e deixarem as ameaças de armas nucleares de lado, A troca pelos poderes do Manhattan seria a mesma coisa que os EUA iniciassem a guerra. Eu daria uma nota 6 para o filme Marcelão, parabens pelo post. Pretendo reler a hq no final do ano, e farei isso usando este post para encontrar as referencias. Grande abraço

60.

Acid 10 de março • Editar Junior, o Dr. Manhattan tinha o poder total sobre a matéria, e talvez por se envolver tanto com as interações físicas ficou justamente afastado das coisas imateriais, como sentimento, alma, etc. Achei perfeitamente plausível, pra um Deus não-metafísico.

61.

Gilmar 10 de março • Editar Ah, ja ia me esquecendo… Quando voce vai ministrar um curso aqui no interior paulista, marcelo? Eu pensei em conversar na loja maçônica da minha cidade (Birigui), mas como não conheço ninguem, resolvi não fazer. Espero que venha pelo menos até Rio Preto ou Presidente Prudente.

62.

Alef 10 de março • Editar Desculpe, mais um coment. fora do tópico. Qto ao edificante debate com o E T, quando este falou algo como “nada é real”, lembrei de uma frase de Nietzsche, quando este disse taxativamente que “a verdade não existe”. O ET disse que a realidade pode não ser tão real assim. O que eu acho é que existe um pacto milenar entre as mentes, que faz o objeto existir para o sujeito, tão somente pela conentração das idéias, sua cristalização por meio da reafirmação copiosa através do tempo, a realização de movimentos tradutores e reafirmadores da vontade (ritual), etc, que faz com que a formaçao da imagem (mental) passe pelo

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 14 of 25

processo todo até ganhar status de “realidade”. Assim, Maya é ilusão, mas ilusão real, pois quem se machuca na “matrix” sofre os efeitos efetivos de tal ferimento. Assim, magia(prática) e ciência(técnica) são posicionamentos ativos acerca da realidade. Formas de repor a realidade. Por isso que os sistemas de magia, sempre requerem um certo trinamento mental, cujo beabá sempre consiste de: concentração, vacuidade, visualização, ect. Isso, para que se tenha acesso ao “mundo das idéias” (Bardon), onde não há lógica-tempo-espaçopensamento-linear (Spare), de onde tudo nasce e apartir de onde (quase) tudo pode acontecer. Isso é a relação do homem com algo que ele nunca saberá explicar, mas como o E. T. falou que os cientistas apenas sabem que há uma série de técnicas que funcionam, e as usam; eu digo que os magistas também (vide todos os tipos de magia, notadamente a cerimonial) Mas pode não ser nada disso. É só uma teoria. “Nada é verdadeiro. Tudo é permitido” A propósito, DD, o que você acha de chaos magick?

63.

Marcos F. 10 de março • Editar O interesse de Alan Moore por magia começou lá pelos seus 40 anos de idade, por volta de 1993. Watchmen foi lançada entre 1986 e 1987. Watchmen tem milhares de referências sim, mas não pelos motivos que você imaginou Del Debbio. Seria melhor se você tivesse feito um post sobre Promethea, que realmente tem referências diretas e indiretas ao mundo ocustista. Mas já que você considerou até mesmo Simetria (capítulo 5) e o caso de Kitty Genovese como “referências ocultistas”, então acho que a coisa era só pra divetir mesmo. @MDD – Alan Moore já estudava ocultismo desde jovem. Constantine (Hellblaser) foi criado em 1985, e já continha várias referências… Quando completou 40 anos é que ele resolveu “sair do armário”, isso sim, e declarar-se abertamente como magista. Promethea tem dezenas de referências ocultistas por página (não é exagero… quem já leu TOP TEN e viu as anotações na net pode imaginar que o que TOP TEN tem para super-heróis, Promethea tem para o ocultismo) mas não é tão conhecida quanto Watchmen e não sei se muita gente iria ler. Vamos ver… manifestem-se nos comentários para eu ter uma noção de fãs da série.

64.

Ramon Ramos 10 de março • Editar Eu li recentemente a História, e hoje em dia não sou muito fã de HQs ja fui mais à uns 15 anos atrás. A história é boa, já imaginei que existiam várias coisas na história tinham seus significados ocultistas, entretanto como HQ eu não gostei muito, como filme com certeza ficaria melhor, eu se comprasse essa revista na época nao tinha passado do volume 3.

65.

PeX 10 de março • Editar OMG!!! Nós temos um comentário do prefeito do jogo Sim City! XD

66.

Tarcizo Ferreira 10 de março • Editar CARAAAAAL*O!!! Você conhece TOP TEN HUAHAUAHAUAH Ok ok, de um “interesse respeitável por quadrinhos” passou para “OMG LOL”. CLARO que leu Planetary. E se Promethea tem tanta coisa assim, eu nem vou ler. Eu li TOP TEN e fiquei frustrado por não achar TUDO (mas achei BASTANTE COISA) lendo Promethea eu vou me sentir um idiota \o E, btw… @MDD – Ah, não tem não! Já assisti e fiquei revoltado. Tem uma árvore da Vida chutada que eles nem sabem a que veio e nada tem a ver com nada naquele anime… os “anjos” saõ só nomes sem nenhum significado, não tem referencia nenhuma, nem ligação, nem lógica nenhuma… tudo é tosco naquele anime. Só se salvam as lutas de robo gigante. Alguém aqui parece um fanboy… que viu a adaptação do que é fã e ficou revoltadinho porque não entendeu o que significa a palavra ADAPTAR =P Legal saber que apesar de maçom, ninja kanin kung-fu, magista e amante do cramunhão, o senhor é bem mais ADOLESCENTE do que eu pensava ^ ^

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 15 of 25

@MDD – “Adaptação” pressupõe um mínimo de adaptação, não “vamos pegar unss nomes por ai e jogar umas coisas nada a ver em cima e por uns robos gigantes que tá tudo bom”. Pior que isso, só os “cavaleiros do Zodíaco” que de zodíaco só tem o nome. Os únicos animes que eu gostei foram Cowboy Bebop, Ghost in the Shell, Full Metal Alchemist, Monster e Trigun (e as fábulas da Gibly, que são fodas). Não esqueçam que eu fui casado 6 anos com a Luka Chan, a redatora do Azul-Calcinha que é uma das maiores conhecedoras de mangá/anime do Brasil. acreditem, eu já fui forçado a assistir muito lixo nipônico em nome do amor hehehehe… Um dia coloco minha lista de Animes favoritos por aqui.

67.

Zé 10 de março • Editar O que é Watchmen? O que é isso? É um videogayme? É fiume de sacanage?

68.

Patrícia 10 de março • Editar Humm… Foi ótimo esse texto interferir na ordem dos textos. Tenho que assistir esse filme, daí aproveito e procuro encontrar alguns desses aspectos nele. =*

69.

Zephyr 10 de março • Editar Ja li Promethea.De fato ha muitos icones de magia e ocultismo.No entanto não ha como comparar as historias tendo como medição o grau de ocultimo contido nelas.Uma vez que Promethea surge como uma fabula repleta de satiras e criticas a sociedade petriarcal.Em contrapartida Watchmen tem toda essa simbologia e artificios visuais buscando demonstrar o quanto as aparencias enganam e como estamos cercados de misterio e não nos damos conta.Watchmen busca construir uma realidade tão violenta e chocante quanto aa real.Conspiração,mistério e mortes funcionam como plano de fundo pra mostrar o quanto é perturbador tomar para si o poder de “vigiar” e salvar o homem do homem.Lendo a historia,Da pra sentir a falta de esperança de More nas relações humanas.Não é atoa seu destaque e cuidado com Rorschach.Existe certa indignação na historia,assim como em “V”,é quase como se ele dissesse;”Hei!Ninguém vai descer e salvar voces….então pare de esperar e façam algo que preste por si mesmos…”

70.

Marcos F. 10 de março • Editar Del Debbio, o próprio Moore admite que se tornou um mago depois de seu aniversário de 40 anos. E sim, é claro que ele pesquisou sobre o assunto antes… porque ele escrevia “Monstro do Pântano”, uma HQ de terror que lidou bastante com o tema magia. O que não faz sentido é que todas as referências “ocultistas” que você listou tem que fazer uma volta enorme pra serem ocultistas ou simplesmente não tem nada a ver com o tema. Muitas referências “ocultistas” que você “achou” são simplesmente referências, como letras de músicas, nomes de artistas e escritores etc.

71.

Lucifer Sam 10 de março • Editar Marcelo…pô tira um tempo ai e faz um post desse sobre Promethea plz. E o que você define como um “artista de verdade”?

72.

SMgemas 11 de março • Editar DD, estou lendo as HQ´s HellBlazer, acho bem legal, valeu pela dica de Promethea vou ler também. Gostaria de saber se possível, se Neil Gaiman, também e magista e pertence alguma Ordem. Meu amigo é fã dele e vai me emprestar as HQ´s do Sandman entre outras escritas por Neil Gaiman para eu ler.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 16 of 25

Paz!

73.

Thiago Paulino Dantas 11 de março • Editar Gostei muito do post, tá de parabéns, já quanto à questão “Quem vigia a adaptação de Watchmen” eu vou esperar pra ver o filme primeiro, mas as HQs são indiscutivelmente revolucionárias no gênero.

74.

Nilton 11 de março • Editar Cara, eu imaginava que tivessem muitas, mas caaaaaaara, tem muitas!!! Tu podia fazer isso com todas as deles né tio Marcelo? *.* Desde Liga Extraordinária a V de Vingança! Eu tenho a maioria no computador, mas ler no computador é triste pra caralho…perde toda perspectiva da leitura, cansa e ainda por cima em português perde muitos trocadilhos e etc… Li V de Vingança em inglês e vi A diferença -.-. Isso sem contar que moro no interior… então esqueça comprar as Hqs mesmo em português -.-². Enfim! Mandou bem como sempre DD! \o

75.

123gogogo 11 de março • Editar Muito boa essa listagem de referências, me lembra V de Vingança; ainda não assisti ao filme, mas tenho certeza de que não devo esperar muito dele, assim como com a maioria das adaptações de quadrinhos (novamente lembro de V de Vingança). Agora um desabafo: apesar de compreender que Hollywood possui outras motivaçõe$ além da Arte, é triste saber que adaptações NÃO são voltadas paras os fãs, que são o público fiel, e os curiosos acabam ficando confusos, pois “caem de paraquedas” em filmes que não conseguem exprimir a essência da história – ninguém fica satisfeito, com execeção de Hollywood. Portanto, espalhem a Palavra: se você viu o filme, leia o quadrinho; se você leu o quadrinho, não veja o filme (ora bolas, quem estou querendo enganar?! Eu VOU ver o filme… afinal, eu sou fã!).

76.

TH13 11 de março • Editar Três coisas, rápidas: 1) não é de quadrinhos mesmo. Não acredito que alguém esperava algo do tipo o Coruja é inspirado em tal personagem, e o Questão inspirou outro… menos, gente! 2) mas, apesar disso, só para informar, Marcelo – se é que você não sabe, é só falar com o Cassaro – Cavaleiros do Zodíaco não tem esse nome no original. E se tem uma coisa que a série original trabalhou bem é a questão do karma e a superação individualista através de reencarnação. 3) por último: @MDD – Não é diferente dos fanáticos evangélicos chamarem o ocultismo e todo o resto de arte do diabo. Cada fanatico precisa arrumar um jeito de diminuir ou destruir aquilo que nao consegue entender. Por isso que você mete o pau nas igreja católica e caça níqueis por aí, seu fanático? @MDD – Não. Eu meto o pau na Igreja Católica, evangélica e outras caça níqueis porque elas usam da boa fé do povo para roubar descaradamente o dinheiro deles, indo para o bolso dos pastores em troca de, digamos, reformas no teto da Igreja. Pode ter certeza que se um dia a Monja Coen começar a vender “terra do monte Fuji” na TV ou se os sacerdotes sufis começarem a vender “pedaços da pedra negra”, ou o teto de uma loja maçônica regular desabar, vou atacá-los com a mesma intensidade. Não sou contra nenhuma religião, sou contra pastores picaretas que abusam da boa fé dos seguidores. Os fanáticos são justamente os que acham que “sabem tudo” ou acham que determinada filosofia é simples demais e não há nada mais a ser descoberto. Tenho certeza que você concorda comigo nisso. Generalizar é sempre um erro. Abs!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 17 of 25

77. Watchmen - Muito Além do Pensamento « - Pump Fortaleza 12 de março • Editar [...] Créditos: http://www.sedentario.org/colunas/teoria-d…-watchmen-13570 [...]

78.

Emy 12 de março • Editar Pode ser viagem minha, mas o Dylan Tem uma música chamada Ballad of Hollis Brown, “Você rezou para o Senhor acima, por favor mande um amigo”. Eu acho que é a paranóia minha afinal a letra não tem nada a ver com o Hollis Mason, mas sei lá uhsahuasuhasuha

79.

John 12 de março • Editar marcelo, por favor faz um post de promethea , nem que seja no blog! Li a revista ao mesmo tempo q acompanhava o teoria da conspiração, e tem MUITA coisa parecida…Mas tem tanta referencia que muita coisa passa batida. Destaco o volume #12(do tarot), que é sensacional, merecia um post só pra ele. Pena que a pixel lançou a série pela metade aqui no brasil… quem quiser ler tudo, só em ingles…no 4shared la tem todos volumes no mais, post foda como sempre

80.

Rnadell 12 de março • Editar Promethea Rules! Eu li e confesso que fiquei desconcertado com tamanha informação visual na HQ (até demais axo…). Parece até aqueles quadros renascentistas (e ocultistas) que vc já falou por aqui, MDD. De Goécia até Fausto… ali tem de tudo!

81.

Jonas 13 de março • Editar Bom dia!! Pra começar, pro favor, um post sobre Promethea urgente!!! Aliás, talvez mais de um… principalmente quando ela começa a explorar a Kaballah tem muitas referências…. voce podia usar a história pra explicar um pouco a Kaballah. Com relação a Watchmen, eu li a historia quando saiu no Brasil pela primeira vez, pela editora Abril em seis edições. Faz muuuito tempo e ainda gosto da história. Não vou nem entrar no debate sobre cultura inútil porque o mesmo pode ser dito sobre 90% dos filmes e a televisão então…. Sou leitor de quadrinhos a 25 anos e não considero nada adolescente essa mídia, que me levou a ler livros e aprender inglês num nível melhor que muita gente que estudou vários anos. O que Alan Moore fez com Watchmen já foi descrito em vários lugares, não é um “soco na cara” dos heróis perfeitos e certinhos, isso ele fez com Miracleman, uma história que ele fez antes. Em Watchmen ele tinha uma história em 6 edições que ele foi liberado pra fazer 12, então resolveu colocar referências a física quântica, magia, ( que ele já conhecia mas não se considerava adepto na época) e quadrinhos antigos de pirata, ( os contos do cargueiro negro) , pulps dos anos 50 e muitas outras. Outras histórias interessantes dele, pra quem se interessar por Watchmen, são: - Do Inferno. Ele ficou 10 anos estudando Jack, o Estripador e escreveu a história. Tem as primeiras referências formais à magia. - Promethea. Nem vou falar a respeito. Tio Marcelo vai fazer uma coluna pra gente, né??? - Liga Extraordinária. Esqueçe o filme ridículo e lê a história, muito boa. Esse ano tem uma nova história com Aleister Crowley participando. ( Na última tinha Próspero, um mago de Shakespeare inspirado em John Dee).

82.

sagalística 13 de março • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 18 of 25

Tio, comecei a ler Llost Girls. Acabei o primeiro livro agora mesmo, faz 10 minutos. Esta HQ tem referencias ocultistas também? Eu sei que o lance desta história é bem diferente dos outros trabalhos do Alan Moore, mas resolvi perguntar mesmo assim.. vai saber, né? Abraçao!

83.

Kefomak 14 de março • Editar Olá Marcelo Infelizmente fui conhecer esse teu espaço há pouco tempo, mas quero te parabenizar pelo conteúdo. Sou pesquisador desta área “esotérica” também, há décadas, e fico realmente gratificado de encontrar uma pessoa que pensa de um modo tão semelhante ao meu. Gostaria de saber se você já teve acesso aos “TERRA PAPERS”, e o que pensa sobre esta versão criacionista dos índios norteamericanos. Grande abraço

84.

Felipe Galvão 14 de março • Editar Parabéns pelo artigo Ir.

85.

chatobacarái 14 de março • Editar hehe. como sempre, “o” é ocultista, “a” é ocultista, teorias mirablantes e achismos que não podem ser contrariados, afinal, não podem nem serem provados. nesse teu balaio de ocultistas e o escambau só vi pessoas importantes de alguma forma na história, ops, acho que a grande maioria das pessoas relevantes na história deve ser ocultista. hehehehe. simples assim para vocês né. vamos ver se na próxima estorieta haverá um josé da silva que é da tchurma. abraço. @MDD – verdade. E você é tão burro que nem teve capacidade para googar o que escrevi e ver como o próprio Alan Moore se define como mago. Depois tem gente que reclama quando eu chamo esse tipo de leitor de gado…

86.

BKR 15 de março • Editar @MDD – Ocultistas de verdade e artistas de verdade tem muito em comum. E todo ocultista, sem exceção, é um estudioso e cético. – Pow, eu imaginei que um “bom” ocultista antes de tudo precisa ter a mente aberta para não ignorar o que não parece óbvio, ou seja, (para o meu ponto de vista) um cético! Por que para mim um “bom” cético, ou seja, alguém que lê e estuda as coisas antes de dizer “não acredito”(~Kentaro), acredita em muuuuuito mais coisas do que um cético cabeça fechada como se vê por aí. E sendo um ocultista, ou seja, lendo e estudando muitas coisas não-óbvias e, digamos, acreditando nelas, não poderia ser um cético. Realmente estou na dúvida, agradeço se comentar. Grande Abraço.

87.

David Fernandes 15 de março • Editar Oi Marcelo, ao invés de usar o <strong>, use o <b>. Dei uma olhada no css da página, e eles ferraram o comando strong mesmo. Mas pelo que vi vc pode usar o <b> sem problema algum, que dá o mesmo efeito de negrito. Esse b é de bold.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 19 of 25

88.

David Fernandes 15 de março • Editar Tá vendo, consigo escrever em negrito usando o <b> Testa aí… Grande abraço e parabéns pelo post!!

89.

corel 15 de março • Editar Oi MDD. Só mais uma perguntinha fora de contexto, acredito que você já deve ter respondido várias vezes, porém é difícil de procurar… Segundo sua crença, existe um deus exterior? Ou “nós somos deuses” ? @MDD – Acredito que todos somos deuses, e que sim, existe um Deus exterior… um por universo, pelo menos.

90.

Rafael G. 15 de março • Editar Marcelo, quando você comentou a respeito de Neon Genesis Evangelion, você foi irônico, certo? Nada que preste a não ser ‘lutas de robôs gigantes’? Essa é a parte mais ínfima do anime-mangá… Era irônico, certo? @MDD – Não. Neo Genesis Evangelion é uma bosta. A única coisa que presta ali são as lutas de robôs. Abraço

91.

Jacques Menezes 16 de março • Editar FILME: lixo. HQ: trás boas reflexões. Referências mil: só servem pra masturbar o ego daqueles que seguem a magia. Lixo. Alan Moore: narrativas e originalidade sem precedentes. Phoda!

92.

Luiz 16 de março • Editar RAPAZ, QUANDO ABRI SEU LINK ACHEI QUE VC IA FAZER UMA CRÍTICA DO FILME. O QUE ME DEIXOU DECEPCIONADO, DE QUALQUER MODO VC LEVANTOU ELEMENTOS QUE ESTÃO DENTRO DO FILME, MAS DE MANEIRA SUPERFICIAL, O QUE ME DEIXOU MAIS DECEPCIONADO AINDA. ABRAÇOS!

93.

Joaquim 17 de março • Editar Marcelo, por que não pode comentar o grau maçonico de Fearful Simmetry? Se Moore colocou na obra/comentou…? É um segredo da ordem/grupo?

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 20 of 25

94.

SHIKO 17 de março • Editar MDD, como vc comentou sobre HELLBLAZER( q na minha apinião é um dos melhopres se não o melhor HQ do mundo)o q dizer sobre o MONSTRO DO PANTANO, tem alguma coisa la ou foi so imginação minha ?? ABRAÇO

95.

HoundDog 31 de março • Editar HUAUAHUA Tem + gente q fica procurando signos nos personagens!?!?! Eu faço isso direto!!! AEW Wit e luiz_heavymetal, bacana a ligação personagem/signo q vcs fizeram mas… na minha opinião, com base no filme (ainda n li a HQ) seria: Comediante = Sagitário Coruja II = Libra Ozymandias = Virgem Rorschach = Escorpião Espectral = Leão Dr. Manhattan = Aquário Ah sim! Aew DD! ÓTIMO POST! HAHA! ;D

96.

Emy 04 de abril • Editar Ozymandias é capricorniano, com certeza ;O

97.

Fernando Silva 10 de abril • Editar Estou procurando a HQ em inglês pra comprar. É sempre bom ter acesso ao texto original, hehe. Quanto as simbologias, realmente eu achei que não houvessem, pois Moore se declarou mago aos 40, porém, vendo o vídeo percebi que ele “se declarou”, ou seja, não quer dizer que ele não tenha sido iniciado bem antes. Outra coisa, notei que tem voltado o número de céticos e religiosos sem conteúdo aos comentários, será um evento cíclico? No demais, adorando o curso semanal de Kabbalah e ansioso pelos próximos. @MDD – Moore apenas “se declarou” mago… mas quem já leu Monstro do Pantano e Constantine, dele, da década de 80, já viu que há trocentas referências muito bem embasadas de ocultismo e magia ali. Deixa passar esta correria da Páscoa e eu faço um post sobre outras obras dele.

98. DICAS PARA MOTORISTAS (1) « Alterego Virtual 13 de abril • Editar [...] Referências Ocultistas em Watchmen [...]

99.

gustavo 15 de abril • Editar desculpe-me, mas wathcmen ou qualquer outra revista em quadrinhos não chega nem aos pés de Sandman.

100.

{Yusuke}

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 21 of 25

18 de abril • Editar como graphic novel unica é complicado alguma coisa superar agora como obra completa talvez nenhuma supere sandman (existe o mundo de tolkien e akira pra rivalizar mas é complexo) MDD se você puder me indique algum lugar pra achar Nova Express do Burroughs que eu fiquei muito interessado e lugares pra obter fabulas, contos, poemas e cantos sobre mitologias antigas (fora do padrão nordica, grega e romana) eu fiquei encantado desde que li seu post sobre gilgamesh mas achei pouca coisa, desde já agradeço pela a atenção e belo texto. ps. só uma coisa sobre evangelium aquilo é uma versão mal feita de gundam original, com um personagens mais simples pra uma mais simples identificação com o publico…

Participe
Faça seu protesto

1. Deixe seu comentário

(obrigatório)

Enviar

cforms contact form by delicious:days

Colunas

Ocioso

Cúmplices

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 22 of 25

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 23 of 25

Orkut

info

BlogBlogs.Com.Br

Adicione o S&H:
<a href="http://ww w.sedentario.or g" target="_blank" alt="Sedentário

total de visitantes

Contato
Comercial Parcerias Dicas de Post

feed

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 24 of 25

Blogs Hiperativos

Recebi por e-mail Acidez Mental Asttro Smelly Cat OMEdi Copi-Cola Siriloko Curto e Grosso Jogos Gratis Pilândia Preguiza Degraça é mais gostoso Interney Procurando Vagas Megabalaio Dormiu Wiki Doido Jogos Buscar Jogos Kibe Loco Sac Divino

Categorias
animações Arte/Design artigos Cinema/séries/TV colunas comics addicted Dúvida Razoável delicinhas Dicionário das Marcas diversos Galeria games HQ humor imagens Informe Publicitário Internet inutíl lógica mente músicas O Comedor de Lixo publicidade Sarjeta dos Quadrinhos tecnologia Teoria da Conspiração Tosco / Bizarro toys utilitários vídeos

Tema por Tropus Comunicação na Internet • Design por Evel Ryu Monetização otimizada por Gestão Ativa WebDesign Monetize o seu blog com HOTWords utilizando o plugin WP-HOTWords 4.4.1.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009

Referências Ocultistas em Watchmen | Sedentário & Hiperativo

Page 25 of 25

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/referencias-ocultistas-em-wa... 06/08/2009