Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 1 of 12

Blog Culpados Busca Procurar por:

Google Search

Se Maomé não vai até a Montanha…
25 jun 2009 | por Marcelo del Debbio em Teoria da Conspiração às 1:24 • editar

“Diz: Ele é Deus, o Único! Deus, O Eterno Refúgio! Que não gerou nem foi gerado! E nada é igual a Ele!” [Alcorão 112:1-4] Olá crianças, Sei que estou em falta com vocês, mas o período de Solstícios ou Equinócios é realmente complicado em termos de rituais e compromisso para quem faz parte de tantas Ordens e Fraternidades Esotéricas. Eu já havia avisado boa parte dos leitores pelo meu Twitter (se você não acompanha ainda, follow me) e semana que vem tudo deve se normalizar. Fica faltando um post sobre o Rei Arthur e os Cavaleiros e em seguida darei continuidade com as cruzadas e principalmente as histórias secretas dos Templários. Esta semana, peguei um texto histórico sobre Maomé escrito pelo irmão Wagner Veneziani, para completar o quadro sobre o Islamismo e preparar o terreno para as Cruzadas. Não tem muito de ocultismo nele, mas vale a pena ler em conjunto com os outros posts para aquecer. Para quem sente falta dos textos ocultistas, tem alguns links legais no final deste post. Acredita-se que Maomé nasceu no ano 570 d.C. em Meca, uma cidade da atual Arábia Saudita. Seu pai, que morreu antes do seu nascimento, era membro do clã Hashim da poderosa tribo Quraysh. A mãe de Maomé, Amina, morreu quando ele tinha apenas 06 anos. Ele foi morar então com o seu avô, que era o guardião da Ka’aba, templo nacional do povo árabe. Infelizmente, dois anos mais tarde seu avô também morreu, e desde a idade de 08 anos, Maomé passou a ser criado por seu tio, Abu Talib, que era um negociante junto às grandes rotas de comércio em camelos. Passou grande parte da juventude num tempo de agitação econômica e descontentamento concernente a vasta diferença entre os ricos e os pobres. Historiadoes muçulmanos afirmam que mesmo quando menino, Maomé já detestava a adoração a ídolos, e que levava uma vida moralmente pura. Maomé foi empregado por Khadija, uma viúva rica, para administrar a caravana mercante. Ficou conhecido como “Al-Amin”, o “Digno de Confiança”, e foi proeminente membro da associação mercante de Meca. Aos 25 anos casou-se com Khadija, com quem teve 6 filhos – todos mortos,exceto a filha caçula, Fátima. Maomé e Khadija foram casados durante 25 anos. Mais tarde depois da morte de Khadija, Maomé adotou a poligamia, casando-se com várias mulheres. Aos 40 anos, ficou muito preocupado com a situação de seus compatriotas e gastou muito de seu tempo em meditação sobre assuntos religiosos. Durante sua vida Maomé conheceu muitos cristãos, sacerdotes e judeus. Muitas vezes buscou conselho de um monge jacobino que lhe ensinou vários aspectos dos costumes religiosos judaicos. Durante o mês de Ramadan, que é o nono mês no calendário lunar muçulmano, Maomé retirava-se para uma caverna na encosta do Monte Hira,

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 2 of 12

a aproximadamente 5 kilômetros de Meca. Foi durante uma destas ocasiões que ele começou a receber revelações e instruções que ele acreditava serem do arcanjo Gabriel. Estes escritos formam a base do Alcorão (do árabe “al-Quram” = “o recitativo” ou “o discurso”). Foi em Meca ele começou a ensinar a nova religião mas fugiu de lá para Medina em 622, quando soube que a tribo Quraysh planejava acabar com a sua vida. O calendário muçulmano inicia no dia desta fuga, conhecida como Hijra (hégira). Nessa altura o Islam afirmou-se não só como religião, mas também como comunidade organizada. Muito embora o próprio Maomé afirmasse que o que ele pregava não era uma nova religião, mas a continuação da revelação que Deus tinha dado aos profetas do Antigo Testamento e a Jesus (que não considerava Filho de Deus, mas um grande profeta que devia ser obedecido). Maomé estabeleceu a constituição Medinense e instituiu o dogma da guerra santa. A idéia da “Jihad” surgiu quando Maomé se encontrava em Medina, depois da fuga de Meca. O profeta precisava de se defender dos habitantes de Meca e para isso precisava de organizar um exército, algo que exigia dinheiro. Mais tarde Maomé entrou triunfante em Meca. Destruiu os ídolos de pedra com excepção da “pedra negra”. Deu depois inicio à sua obra política. As tribos do deserto converteram-se ao credo de Alá unificando e consolidando o novo modelo de religião-estado. Além do Alcorão, há o livro de Hadiths. O Hadiths compreende os ensinos de Maomé, e é tão importante quanto o Alcorão em todas as áreas da vida do muçulmano. Aos poucos, Maomé estruturou sua religião e organizou um exército de seguidores que, em 630, conquistou Meca. A Kaaba foi transformada num centro de orações, mas, como havia dito acima, Maomé proibiu todos os cultos muçulmanos idólatras que antes existiam. A doutrina muçulmana também chamada islâmica ou maometana impõe cinco regras: - Crer em Alá, o único Deus e em Maomé, seu profeta; - Realizar cinco orações diárias; - Ser generoso para com os pobres e dar esmolas; - Obedecer ao jejum religioso durante o ramadã (mês anual do jejum); Ir a peregrinação a Meca pelo menos uma vez durante a vida. Ao contrário do que se imagina, nem todo árabe é muçulmano. De fato, apenas 18% dos Muçulmanos são árabes dentre a estimativa de um bilhão e duzentos milhões de pessoas. A palavra “Islam” significa simplesmente submissão a Deus, e “muçulmano” ou submisso é aquele que segue as leis do Islamismo. A revelação do Islamismo foi dada a Maomé, e este é reverenciado pelos muçulmanos como o maior dentre todos os profetas. De fato “Maomé” não é apenas um nome, mas um título que significa “O louvado” ou ainda “digno de louvor”. Os árabes são de origem semita. Identificados como descendentes de Ismael, filho de Abraão e Agar, não tinham unidade política. Viviam em tribos independentes, governadas por neques. Cada tribo tinha o seu próprio deus, ao qual se rendia culto num santuário comum, a Ka’aba, existente em Meca. Na Ka’aba encontravam-se 360 ídolos. O mais importante era a “pedra negra” um tipo de meteorito adorado pelas tribos. Além disto haviam centenas de profetas conhecidos na época.

Os muçulmanos estão divididos em dois grandes grupos, os sunitas e os xiitas. Essas tendências surgem da disputa pelo direito de sucessão a Maomé. A divergência principal diz respeito à natureza da chefia: para os xiitas, o líder da comunidade (imã) é herdeiro e continuador da missão espiritual do Profeta; para os sunitas, é apenas um chefe civil e político, sem autoridade espiritual, a qual pertence exclusivamente à comunidade como um todo (umma). Sunitas e xiitas fazem juntos os mesmos ritos e seguem as mesmas leis (com diferenças irrelevantes), mas o conflito político é profundo. Sunitas – Os sunitas são os partidários dos califas abássidas, descendentes de all-Abbas, tio do Profeta. Em 749, eles assumem o controle do Islã e transferem a capital para Bagdá. Justificam sua legitimidade apoiados nos juristas (alim, plural ulemás) que sustentam que o califado pertenceria aos que fossem considerados dignos pelo consenso da comunidade. A maior parte dos adeptos do islamismo é sunita (cerca de 85%). No Iraque a maioria da população é xiita.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 3 of 12

Xiitas – Partidários de Ali, casado com Fátima, filha de Maomé, os xiitas não aceitam a direção dos sunitas. Argumentando que só os descendentes do Profeta são os verdadeiros imãs: guias infalíveis em sua interpretação do Corão e do Suna, graças ao conhecimento secreto que lhes fora dado por Deus. São predominantes no Irã e no Iêmen. A rivalidade histórica entre sunitas e xiitas se acentua com a revolução iraniana de 1979 que, sob a liderança do aiatolá Khomeini (xiita), depõe o xá Reza Pahlevi e instaura a República islâmica do Irã. Outros grupos – Além dos sunitas e xiitas, existem outras divisões do islamismo, entre eles os zeiitas, hanafitas, malequitas, chafeitas, bahais, sunitas, hambaditas. Algumas destas linhas surgem no início do Islã e outras são mais recentes. Todos esses grupos aceitam Alá como deus único, reconhecem Maomé como fundador do Islamismo e aceitam o Corão como livro sagrado. As diferenças estão na aceitação ou não da Suna como texto sagrado e no grau de observância das regras do Corão. Maomé declarou que o Alcorão era a revelação final e superior do único e supremo Deus. Ele baniu a adoração aos ídolos e ensinou que a vida do muçulmano deve ser completamente submissa a Alá (Deus, em árabe), com abluções rituais antes das cinco vezes diárias de oração em direção a Meca. Sexta-feira foi o dia estabelecido para adoração coletiva na Mesquita, o templo muçulmano. Maomé morreu em 632 d.C. em Medina na Arábia Saudita, onde se encontram seus restos mortais… Texto original do Wagner Veneziani Costa, do Blog da Madras. ———————– Resultado do Desafio: A – André Dahmer, B – Del Debbio, C – Thahy e D – Kentaro. Compare os mapas com o Resumo dos Termos Astrológicos; nos próximos posts entrarei em detalhes sobre cada um dos mapas. ———————– Cursos em Florianópolis de Kabbalah e Astrologia Hermética Confirmados dias 04 e 05 de Julho. ———————– Textos relacionados no blog Teoria da Conspiração e no Blog da Daemon. E sigam as novidades do blog no Twitter - Teoria das Supercordas - Liber Oz, o Livro sagrado de Aleister Crowley - Grande Oriente do Brasil - Resultados da Hospitalaria – Maio 2009 - As pesquisas de Michel Gauquelin - DMT e a Glândula Pineal - A “Aposta de Pascal” no Richard Dawkins 30 Protestos Compartilhe

Comentários

1.

Drago 25 de junho • Editar MDD,eu não posso deixar passar isso… é a sexta vez que eu entro no sedentario, com a certeza de que tem post novo e tem post novo postado a menos de 2 minutos…. abraço e obrigado Drago

2.

IRR 25 de junho • Editar Apesar de eles falarem de Jesus ser profeta, eu vejo o islamismo muito mais como um antigo-testamento mais incisivo e machista que outra coisa. O judaísmo, antes do patriarca Abraão, era esotérico(tribos hebreias praticantes da kaballa)? Assim também eram as religiões das tribos árabes, antes de Maomé instituir (por puro “interesse lojístico”) essa religião dogmática? Pq sabemos que antes de Constantino mandar varrer do mapa os essênios, o cristianismo era esoterico, não é isso? De onde vem o Islamismo esotérico?

3.

IRR 25 de junho • Editar

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 4 of 12

ps: “Existem lacunas na História da Humanidade que nunca poderemos vir a preencher. Sabemos, por exemplo, que um sacerdote caldeu chamado Berossus terá escrito uma História do Mundo em três volumes, na qual descrevia os acontecimentos desde a Criação até ao Dilúvio (período que ele calculava ser de 432 mil anos, cerca de cem vezes mais do que a cronologia do Antigo Testamento!). Que segredos poderíamos desvendar se pudéssemos ler aqueles rolos de papiro? Que mistérios sobre o passado da humanidade encerrariam os volumes desta biblioteca?” Carl Sagan

4.

F3L1P3 25 de junho • Editar não entendi por que se diz: “a montanha vai à Maomé? se ele é quem visitava o monte Hira.

5.

Hiroshi 25 de junho • Editar Muito legal… Eu acertei o desafio hehe… Outro dia aconteceu uma coisa muito engraçada no meu trabalho. Eu comentei que 80% das pessoas que trabalhavam no mesmo setor que eu no meu trabalho anterior eram do mesmo signo que eu (4/5)… Ao fazer esse comentário, descobri que a pessoa pra quem eu comentei também era do mesmo signo que eu e mais da metade do pessoal que trabalha aqui no mesmo setor que eu também é capricorniano… Achei interessante, mesmo que acredite que só o signo não seja o suficiente pra definir a profissão/área de uma pessoa. @MDD – O signo SOLAR não define muita coisa não. Faça o mapa astral de todo mundo em algum site como http://www.alabe.com ou http://www.astro.com e compare TODOS os planetas. Na somatória dos signos você vai ver esta “semelhança” dos mesmos signos aparecerem com maior intensidade.

6.

FRANGO 25 de junho • Editar SENSACiONAL! Pela primeira vez, consegui entender parte da história do oriente médio. Muito bom o post tio DD.

7.

celucine 25 de junho • Editar Se maomé não vai a montanha, a montanha vem até maomé, isso serve de muitas coisa e também é um otimo exemplo para voce realmente ter as suas propria atitudes, bom post, e mais uma ver parabéns pelo blog.

8.

K-nalha 25 de junho • Editar Gostaria de saber se o senhor falará algo sobre o sufismo que é a linha místico filosófica do islamismo. Aproveito também para alertar que na linha:”Além dos sunitas e xiitas, existem outras divisões do islamismo, entre eles os zeiitas, hanafitas, malequitas, chafeitas, bahais, sunitas, hambaditas.” a segunda vez que a plavra sunita é mencionada se faz desnecessária. Paz profunda

9.

Bernardo 25 de junho • Editar Ah muleke!!!! Acertei o desafio!!! — Eu já sabia que devia ser isso, mas eh sempre bom ter certeza!

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 5 of 12

10.

André 25 de junho • Editar Olá Marcelo, a maioria da população é xiita ou sunita? Acho que ficou o contrário. Pax

11.

Vinicius Lira 25 de junho • Editar O que seria essa tal “pedra negra”? “Outros grupos – Além dos sunitas e xiitas, existem outras divisões do islamismo, entre eles os zeiitas, hanafitas, malequitas, chafeitas, bahais, sunitas, hambaditas.” Tu repetistes “sunitas”. E quanto ao desafio astrológico?

12.

bys 25 de junho • Editar Interessante o texto. Tio, vc ja ouviu alguma coisa sobre as representacoes de Maomé, que n podem mostrar o rosto? Acho que eh como eh mostrado na segunda gravura. Há algum motivo especial pro dia de adoracao ser sexta? Valeu tio!

13. Se Maomé não vai até a Montanha… « LinkTudo.com 25 de junho • Editar [...] complicado em termos de rituais e compromisso para quem faz parte de tantas Ordens … Ver Post Filed under: Sedentario No Comments Comments (0) Trackbacks (0) ( subscribe to comments on this [...]

14.

Glorfindalf 25 de junho • Editar Texto curto e objetivo que nos dá uma pequena dimensão desta religião tão mal compreendida por nós ocidentais e até mesmo pelos próprios maometanos. Grande abraço

15.

Lego! 25 de junho • Editar Outros grupos – Além dos sunitas e xiitas, existem outras divisões do islamismo, entre eles os zeiitas, hanafitas, malequitas, chafeitas, bahais, sunitas, hambaditas. Essa parte mostra novamente os sunitas no final. Gostei do texto, mas gostaria de saber mais sobre a tal “pedra negra”, pq ela não foi destruida como os outros idolos?

16.

Bernardo 25 de junho • Editar Olá Marcelo, falei com você quando esteva em Brasília, não participei das palestras, mas cheguei a convidá-lo para ir a uma sessão de ayahuasca, acho

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 6 of 12

que vc lembra. Interessante a coluna sobre DMT e a pineal, se quiser, me adiocione no MSN para conversarmos mais sobre vários assuntos! lenny_furlong@hotmail.com Abraços! ps.: não sou o mesmo Bernardo que comentou na outra coluna, sobre DMT.

17.

Gabriel Paulino da Silva 25 de junho • Editar Olá Marcelo! Desculpe a ignorancia, você já deve ate ter respondido isso aqui. Porque que os mulçumanos acham um desrespeito ou uma blasfemia a imagem do rosto de Maomé? É besteira religiosa ou realmente tem uma lição? E se for, você não acha que deveria respeitar também? Abraços!

18.

Pacote 25 de junho • Editar Nussa ja tava co saudades!!^^….mto interessante esse post!

19.

Castro 25 de junho • Editar E dai? Micahel Jackson morreu cara!

20.

otávio fróis 25 de junho • Editar velho, sentimos MUITO a sua falta aqui. espero que no solstício de dezembro vc tb não suma tanto assim… por falar nisso… vc viu para qdo está previsto o solstício de 2012? dia 21… ás 11:11 horas.. ééééééé…… saudações, mestre!

21.

Dtricio 26 de junho • Editar Tõ com o Vinicius Lira (acima)… que seria essa tal “Pedra negra” ?

22.

AD&D 26 de junho • Editar humm troquei a Thahy pelo André.. na primeira vez que pensei marquei “C” pra ela, mas dai fui conhecer o blog dela e não vi ela combinando muito com espontâneo, alegre e impulsivo hehehe ..pra quem não conhecia eles estou feliz com 50% de acerto ,p

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 7 of 12

Abraços DD em “Outros grupos” no texto, está repetido sunitas.

23.

Brasileiro 26 de junho • Editar Só mais uma correção: “No Iraque a maioria da população é xiita.” Na verdade é sunita, ao contrário do Irã. No mais, muito bom o texto!

24.

inaya 26 de junho • Editar A pedra negra ( que nam era negra ), nam foi destruida pq acredita-se q seja a prova da existencia do paraíso q Deus enviou para os homens um pedaço e ela se tornou negra pelos pecados das pessoas q as tocaram!. Uma correçao .. a maioria da populaçao no Iraque eh sunita e nam xiita! e soh pra deixar bem claro se ficou alguma duvida pra alguem : ALLAH nam eh uma entidade divina criada pelos muçulmanos, como algumas pessoas pensam e sim a palavra Deus na língua árabe ALLAH = DEUS!

25.

inaya 26 de junho • Editar A questao das pinturas nam permitirem o rosto eh um sinal de respeito e tbm pq nam existem figuras fiéis que mostram como era o profeta de verdade, intam nam se pode reproduzir a imagem d um profeta s nam for a verdadeira face e tbm evita a adoraçao d imagens q eh considerada pecado. Apenas Deus deve ser adorado e os profetas apenas respeitados!

26.

Fábio 26 de junho • Editar Olá DD, eu gosto desses posts mais historicos. Mas vem aqui essa tal “pedra negra” tem alguma coisa de especial mesmo ou é só crendice dos muçulmanos. Você podia falar tambem dos sufis, seria interessante. Parabens e abs.

27.

Felipe 28 de junho • Editar Sei que esse não é o local mais adequado pra pedir isso, mas como esse post incitou minha curiosidade, gostaria de saber mais a respeito de SOHMA. Minha curiosidade aumentou quando fiquei sabendo que em grego soma é corpo, e imaginei a possibilidade de o trecho do novo testamento que diz que Yeshua se refere ao pão que é seu corpo, poderia ser uma tradução equivocada, onde ele se referia ao SOHMA ritualistico. Grato

28.

Ali 29 de junho • Editar Bom post, apesar de alguns erros, mas acei a ideia muito interessante, parabéns. E a respeito do Iraque, os xiitas são maioria lá, assim coo no Irã, Bahrein. No Iemen os xiitas sao cerca da metade da população. Bom e quanto as diferenças entre xiitas e sunitas elas nao sao tao irrelevantes infelizmente, a cisma foi gerada por uma disputa política que com o passar dos séculos se tornou religiosa também, e só para acrescentar os sunitas não gostam tanto assim dos xiitas, considerando-os muitas vezes como infiéis pois deturbaram a religiao.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 8 of 12

29.

Ana Flávia 05 de julho • Editar Uau, eu aprendi isso na aula de geografia, sobre conflitos no Oriente Médio, esse semestre. Claro, não sabia todos os detalhes como nesse texto,tava ótimo. =D

30.

MULÁ JACOB STEIN 15 de julho • Editar POIS É QUEM FOI O MAIOR PEDOFILO , LADRAO DAS MIL E UMA NOITES, VIGARISTA, MENTIROSO, SAFADO, APROVEITADOR DE VELHINHAS, MANÉ, QUE EXISTIU LÁ PELOS LADOS DO SECULO SEXTO DEPOIS DE CRISTO??? QUEM SABE , QUEM SABE QUEM SABE? heheheheheh soi jô kkkkk

Participe
Faça seu protesto

1. Deixe seu comentário

(obrigatório)

Enviar

cforms contact form by delicious:days

Colunas

Ocioso

Cúmplices

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 9 of 12

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 10 of 12

Orkut

info

BlogBlogs.Com.Br

Adicione o S&H:
<a href="http://ww w.sedentario.or g" target="_blank" alt="Sedentário

total de visitantes

Contato
Comercial Parcerias Dicas de Post

feed

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 11 of 12

Blogs Hiperativos

Megabalaio Copi-Cola Acidez Mental Interney Asttro Wiki Doido Smelly Cat Curto e Grosso Jogos Gratis Preguiza Sac Divino Dormiu Siriloko Procurando Vagas Jogos Degraça é mais gostoso Pilândia OMEdi Buscar Jogos Recebi por e-mail Kibe Loco

Categorias
animações Arte/Design artigos Cinema/séries/TV colunas comics addicted Dúvida Razoável delicinhas Dicionário das Marcas diversos Galeria games HQ humor imagens Informe Publicitário Internet inutíl lógica mente músicas O Comedor de Lixo publicidade Sarjeta dos Quadrinhos tecnologia Teoria da Conspiração Tosco / Bizarro toys utilitários vídeos

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Se Maomé não vai até a Montanha… | Sedentário & Hiperativo

Page 12 of 12

Tema por Tropus Comunicação na Internet • Design por Evel Ryu Monetização otimizada por Gestão Ativa WebDesign Monetize o seu blog com HOTWords utilizando o plugin WP-HOTWords 4.4.1.

http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/se-maome-nao-vai-ate-a-mo... 06/08/2009

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful