TESOURO MATERIAL, TESOURO ESPIRITUAL (A RESPONSABILIDADE DO PAI É FAZER O FUTURO DO FILHO) 2 CORÍNTIOS 12.

14,15 “Pois não vou atrás dos vossos bens, mas procuro a vós outros. Não devem os filhos entesourar para os pais, mas os pais, para os filhos. Eu de boa vontade me gastarei e ainda me deixarei gastar em prol da vossa alma”.

I – A RESPONSABILIDADE DO TESOURO MATERIAL 1. A grande maioria das pessoas não consegue prover seus filhos dos melhores bens, mas nem por isso deixamos de nos preocupar com o futuro deles.
2. Muitos pais que não tiveram oportunidade de freqüentar a escola fazem

de tudo para qualificar os seus filhos para o mercado de trabalho; seja a faculdade ou mesmo um curso técnico.
3. Quando Paulo diz que a obrigação dos pais é fazer tesouros para os

filhos, está dizendo que temos responsabilidade do bem estar deles. Qualquer coisa fora disso é negligenciar a boa mordomia dos filhos. Temos que prover-lhes do mínimo necessário.
4. Muitos pais mais abastados abrem uma caderneta de poupança ou

fazem previdência privada, com a finalidade de verem os seus filhos na faculdade.
5. No caso do apóstolo, ele não tinha necessidade de ser sustentado

financeiramente pelos coríntios, não lhes dando este peso. O que ele deixava de receber dos coríntios podia ser investido em suas próprias necessidades.

1

II – A RESPONSABILIDADE DO TESOURO ESPIRITUAL
1. Se Paulo não atribui responsabilidade financeira aos coríntios, fez dele

mesmo e dos seus recursos a provisão em favor deles. Disse ele: “Gastarei e me deixarei gastar”.
2. Paulo gastaria a sua vida, porque tinha a responsabilidade de lhes deixar

uma herança espiritual; sendo esta a melhor coisa que podemos deixar para os filhos: “Que adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”.
3. Tendo em vista a herança espiritual, Paulo escreve aos efésios: “Criai

os vossos filhos na disciplina e instrução do Senhor” (Ef 6.4). A diferença do pai cristão do que não é cristão está justamente aí. A maior alegria do meu chefe, em uma empresa que trabalhei, foi quando o seu filho falou o primeiro palavrão. A pior coisa para um pai cristão é o seu filho falar um palavrão.
4. Timóteo recebeu a melhor herança; Paulo diz a respeito dele: “Desde a

infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus” (2 Tm 3.15). CONCLUSÃO Como pais, que tipo de herança temos preparado para os nossos filhos? Como dica para os crentes, Jesus nos instrui a não ficarmos tão estressados: “Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração” (Mateus 6.19-21). PR. Eli da Rocha Silva 09/08/2009

Igreja Batista em Jardim Helena – Itaquera – São Paulo - SP

2