A Ancestralidade: Se você tem sua própria ancestralidade e, portanto raiz, por que cultua somente a dos outros?

Não seria esta a hora de avaliar melhor a questão? O que vem a ser a Ancestralidade e por que a devemos Cultuar? A Ancestralidade é al o concreto, e ao cultuarmos a mesma, a!rimos um leque de possi!ilidades e um constante ciclo de renova"#es de nossas ener ias, uma vez que a mani$esta"ão ener ética do culto se encontra em constante movimento% & 'aiz, portanto caminho% (la nos traz a realiza"ão pessoal e o sucesso) Nada se pode $azer sem a Ancestralidade, pois sendo raiz é ela quem sustenta toda a arvore% (ntão sem Ancestralidade, sem 'A*+) ,odos temos Ancestrais a louvar% -amos a ora de$inir o que se.am os Ancestrais, são todos aqueles que um dia possu/ram sua ener ia vital no Ai0e, e que repassa esta sua ener ia 1 sua descendência, arantindo assim a perpetua"ão da mesma% Ao Cultuarmos 21!3 ( 4n, re$or"amos nossa cren"a na reencarna"ão, e através desse $en5meno evocamos a sua presen"a uma vez que dentro da essência desse culto cremos que todos, a principio sempre voltarão ao A0é, pois nosso (m/ é imortal% 6or mais poderosa que se.a *748o.e !e9alaso9ona:, a mesma não destrói o homem, mas a e apenas como um a ente de trans$orma"ão e renova"ão dos ciclos entre o ;run e o A0é% 6odemos concluir que, enquanto e<istir o homem, tempo e o dese.o, haver3 o Culto a 2a!3 ( 4n% =uem deve Cultuar a Ancestralidade? ,odos temos pai% ,emos mãe% ,emos av5% ,emos avó% ( assim por diante% (ntão por certo ,(>OS Ancestralidade) Compreendido isso, podemos $acilmente deduzir então que não só podemos, como devemos cultuar nossos Ancestrais% ?ma vez que somos o resultado da soma de sa!eres de nossos Antepassados, destes herdamos o inconsciente coletivo e com ele as in$orma"#es le adas nele, e é por esta determinante maior, que os devemos louvar% A di$eren"a é que, nem todos devem se iniciar no Culto% Caso não sai!a qual é o seu caso, e dese.e desco!rir seu caminho, ou se.a, se é Cultuar ou *niciar9 se, !asta consultar seu Ori% *niciar9se ou não no Culto a 21!3 ( 4n, depender3 de e<clusivamente dele8O'*:, pois é ele quem determina o que deve ou não ser $eito% ( a resposta a esta questão nos é dada através do Or3culo, e é um procedimento v3lido para os $ilhos de qualquer ;r@s1% As di$eren"as entre *nicia"ão e Assentamento: A *N*C*AABO: 9 Numa inicia"ão, despertamos nos seres humanos caracter/sticas que .3 se encontram presentes em seu Ori, então deve ser ele iniciado quando assim determinar seu Ori através do Or3culo% Claro que isso só se dar3 se o postulante atender tam!ém aos demais pré9requisitos e<i idos pela ( !é a que $or se su!meter% O ASS(N,A>(N,O: ( =uando devemos possuir o seu Assentamento? 9 O * !3 Ancestral tem a $inalidade de suprir al o que não este.a presente em nossa essência% Assim sendo é necess3rio que o possuamos em nossas Casas de Culto, para

que se possa e$etivamente suprir uma eventual necessidade da Comunidade. e é ele a solu"ão de todas as di$iculdades em minha vida% . não esquece as pessoas que dei<ou para traz. ou até mesmo pessoal% 6ois um ancestral não dorme.

Related Interests