AMBIENTES Proprietário

Livre

Windows (98, XP, Vista, 7)
MsOffice (2003, 2007, 2010)

Linux (distros)
BrOffice (3.0, 3.2, LIbreOffice)

O Linux e o BrOffice formam o ambiente livre, porém não possuem vínculo empresarial e nem foram feitos pelo mesmo desenvolvedor. Já o Windows e o MsOffice formam o ambiente proprietário e coincidentemente foram desenvolvidos pela mesma empresa. MsOffice é um conjunto de programas que tem a finalidade de auxiliar atividades de escritório e é do tipo proprietário BrOffice é um grupo de aplicativos paralelo ao MsOffice do tipo livre. Obs.: cuidado com as extensões que acompanham os arquivos gerados por esses programas. Código fonte: é a parte do programa que possui todas as informações necessárias para que ele exista. É por meio desse recurso que são feitas as alterações estruturais no programa.

WINDOWS 7 Versões

Starter Home Basic Home Premium Professional Enterprise Ultimate Edições para uso corporativo Edições para uso doméstico

Principais recursos/ alterações

São recursos de pouca proporção visual que normalmente visam informar. Não são janelas, logo, não podem ser maximizados, minimizados ou restaurados. Obs.: no vista estão agrupados com a barra lateral; no 7 estão na área de trabalho. AEROSNAP - É um recursos de redimensionamento de janelas utilizado ao arrasta-las para as extremidades (direita, esquerda, superior) com projeção/redimensionamento (50%, 50% e 100% respectivamente). Atalho: winkey+direcionais (para baixo fecha a janela). AEROSHAKE - Minimiza todas as janelas de segundo plano, mantendo visível apenas a ativa ao realizar movimentos sequenciais e multilaterais. Atalho: winkey + home AEROPEEK - Exibe as janelas transparentes, mostrando apenas as bordas ao posicionar o cursor no botão área de trabalho. Atalho: winkey + barra de espaço PREVIEW - Exibe uma pré-visualização das janelas abertas. Com muitas janelas teremos uma lista com os respectivos rótulos e ao posicionar o cursor no rótulo ou no preview a referida janela será mostrada na posição atual e no tamanho real DOCUMENTOS RECENTES - Foi organizado por categorias/gêneros com limite de 10 itens que podem ser incluídos na lista de fixos no limite de 10. PAINEL DE CONTROLE - Pode ser exibido de duas maneiras: em categorias ou nomes/itens. Em categorias os recursos são organizados/agrupados em 8 grupos e os itens podem se repetir entre eles. O painel de controle possui recursos de configuração de itens físicos e lógicos. Obs.: Índice de experiência do Windows: avalia 5 componentes do sistema e atribui uma nota de 1,0 a 7,9 a cada um dos componentes. Processador, RAM, elementos gráficos, gráficos de jogos, disco rígido. Obs.: Alternando entre janelas Com Flip ALT + TAB Sem Flip ALT + ESC Com Flip 3D WINKEY + TAB

GADGET

FERRAMENTAS DO SISTEMA DESFRAGMENTADOR SCANDISC LIMPEZA DE DISCO

-

Reorganiza os dados do HD eliminando os espaços em branco e deixando-os de forma contígua. Efetua uma verificação na superfície do disco em busca de possíveis erros e ao encontra-los inutilizará a área defeituosa. Sugere a exclusão de itens da máquina que estão em desuso.

numeral: IP dinâmico Obs. Chave pública: Cifra os dados Protocolo de segurança que interpreta página de conteúdo criptografado. numeral: IP fixo End. Dividem a informação em pacotes (datagramas). Obs.: O FTP não se relaciona com correio eletrônico.: não se pode omitir simultaneamente o “COM” e o “BR” no registro do domínio. Obs. GERENCIADORES DE EMAIL MsOffice Outlook – é completo Outlook Express – é básico.PROCESSO DE CONEXÃO/IDENTIFICAÇÃO PADRÃO COM A INTERNET UPLOAD DOWNLOAD USUÁRIO End. Mozilla Thunderbird PROTOCOLOS DE GERENCIADORES POP Protocolo de recebimento de mensagens. Obs. HTTPS SSL FTP ASSIMÉTRICA Chave privada/ secreta: Decodifica os dados da mensagem. Efetua uma cópia pra a máquina do usuário SMTP Protocolo de envio CRIPITOGRAFIA Aplica-se um processo algorítmico para embaralhar.: “WWW2” simula uma troca de dados de forma privada num ambiente público. TCP e UDP São protocolos que atuam no transporte. Protocolo de transferência de arquivos utilizado no processo UP e DOWN. Designa segurança de criptográfica simétrica. criptografar os dados de uma mensagem. É um recurso de segurança utilizado em certificações digitais. . Tipifica quanto ao gênero BR Origem do domínio OBS.: Banda larga: conexão dedicada. Tipifica o endereço URL como endereço público GRUPOIMPACTOWEB. Nome do domínio COM.: Digitar o “http” é dispensável. Existem diversos protocolos com finalidades específicas que atuam concomitantemente. agilidade e não burocrático Obs. / Banda estreita: conexão discada. adicionam dados de endereçamento e conduzem a informação ao destino. TIPOS DE CRIPTOGRAFIA SIMÉTRICA Chave privada/ secreta: Codifica dados da mensagem e os desembaralha. Efetua uma transferência da mensagem do servidor para o computador do usuário. DNS Converte o endereço URL em IP e vice-versa. Obs. Protocolo de criptografia utilizado por servidores web.: IP e TCP/UDP mantêm relação de dependência. É um atribuidor de nomes que trabalha de forma hierárquica com natureza distribuída. cifrar.: o “www” Pode ser exigido ou não a depender do sitio. codificar. PÁGINA WEB/ SERVIDOR WEB End. PROTOCOLO São conjuntos de regras e normas que foram criadas para padronizar e promover a comunicação na internet. nominal: URL ENDEREÇO NOMINAL HTTP: // Interpreta/monta/ organiza os dados recebidos do servidor web no navegador do usuário WWW. que impede o acesso às informações por terceiros não autorizados. TCP UDP Garantia confiabilidade e credibilidade Velocidade. IMAP Protocolo de recebimento de mensagens.

PHISHING . SPYWARE - Obs. PROXY: filtro de rede. instituições bancárias e empresas de nome nacional. Ao receber um trojan a máquina receberá todas as alterações necessárias para viabilizar uma eventual invasão. FIREWALL: é um sistema de segurança que aceita a existência em software e/ou hardware. PHARMING (URL .Caracteriza-se pelo auto envio. CACHEPOISONING) Obs. HOAX . registrador e limitador.: COOKIES são as informações inseridas na máquina do usuário pelo servidor web para agilizar o processo ou conexão e identificar a máquina do usuário posteriormente. Os fraudadores se passam pela polícia federal.: o antispyware padrão do Windows é o Windows Defender. É o administrador do fluxo de entrada e saída de dados que controla informações de uma máquina ou de uma rede de computadores. É um programa invasor espião e possui um terceiro no controle.: todo HOAX é um SPAM. Um derivado do keylogger denominado screelogger ou keyloggerscreen captura frames para monitorar a atividade visual da máquina. Obs. Obs. Obs.Direciona a correta URL a outro endereço IP não correspondente ao original caracterizando o envenenamento do banco de URLs. receita. porem as formas de atuação são distintas. O firewall administra as informações internas e externas de dados. Obs. registra dados de acesso a sítios. .Técnica utilizada pelo fraudador para pescar dados da vítima. Obs. SPAM . Ex. mas nem todo spam é um hoax. mas nem todo SPAM é um HOAX.É um programa publicitário que gera propagandas e pode se manifestar de diversas formas: WORM . É o programa genericamente espião que monitora os hábitos de navegação da vítima para tipifica-lo posteriormente como um potencial consumidor.: o adware além da função publicitária também realiza o monitoramento dos hábitos de navegação e utilização da máquina. evitando a entrada de um dado indesejado e/ou um acesso não autorizado. Normalmente são arquivos de texto que concentram as informações dos usuários.: o phishing e o pharming possuem o mesmo objetivo.MNEMÔNICO IP (endereço) TCP (transmissão) UDP (transferência) HTTP (acesso) DNS (conversão) HTTPS (segurança) POP3 (recebimento) IMAP (recebimento) SMTP (envio) SSL (criptografia) FTP (arquivo) PRAGAS VIRTUAIS VÍRUS TROJAN KEYLOGGER É um programa que entra na máquina sem autorização ou consentimento do usuário e suas ações atrapalham o bom funcionamento do sistema.(lendas urbanas/ boatos) mensagens que induzem o usuário a encaminha-las ao máximo de destinatários. ADWARE .: todo hoax é um spam. geração de réplicas de portas e seu principal foco são as redes locais. É o programa que captura as informações inseridas via teclado armazenando-as em um logo (arquivo de registro). o Trojan também é capaz de capturar as informações inseridas via teclado e seus derivados.: bloqueia acesso a sítios.: sem perder as características invasivas.É o processo de envio de mensagens em massa.

EXTENSÃO DE ARQUIVO: é a parte do arquivo que o identifica. MODELO COMPATIBILIDADE ENTRE WORD E WRITER WORD WRITER Abrir DOC/DOCX Sim Sim Salvar DOC/DOCX Sim Sim Abrir ODT Não Sim Salvar ODT Não Sim Abrir PDF Não* Não Salvar Não Sim * o Word não salva arquivos no formato PDF. A extensão para arquivos web. salvo na versão 2007/2010 que é condicionada a instalação de um plugin (assistente). . OUTRAS EXTENSÕES RELACIONADAS A TEXTO: RTF TXT PDF XPS HTML/HTM - Extensão padrão do WordPad (arquivo sem formatação). Extensão padrão do bloco de notas (somente texto). LIBRE OFFICE/ BR OFFICE MS OFFICE PADRÃO MODELO PADRÃO PROCESSADOR DE TEXTO WORD 2003 DOC DOT Writer ODT OTT WORD 2007 DOCX DOTX PLANILHAS ELETRÔNICAS WORD 2003 XLS XLT Calc ODS OTS WORD 2007 XLSX XLTX APRESENTAÇÃO DE SLIDES WORD 2003 PPT PPT Impress ODP OTP WORD 2007 PPTX PPTX Obs.: padrão é a extensão dada ao arquivo pelo programa quando o usuário não a define. diz o tipo e designa qual o programa irá executá-lo. Extensão da Microsoft paralela ao PDF. Formato de documento portátil (não fácil edição).

A4 = 4 = A1 + A2 + A3 + A4 .Exibe o menor valor de acordo com a grandeza indicada pelo usuário. FUNÇÕES ESTATÍSTICAS MÁXIMO . salvo o botão “estilo porcentagem”.35 Ao iniciar uma fórmula com “-”. . “REPROVADO”. B2 = $A6 + E$11 / $J$1 – 3 * K7 ^ B$9 D3 = $A7 + G$11 / $J$1 – 3 * M8 ^ D$9 Sendo: A1 = 67 e A2= 87 A1&A2 = 6787 - & CONCATENADOR (OPERADOR DE TEXTO) - Obs: quando uma formula é copiada. = SE (D2 < 5.Retorna ao número de valor mínimo. o primeiro valor será negativado. Botões exclusivos Obs. (2) Quantidade de números ímpar: organiza-se os números na ordem crescente ou decrescente exibindo o valor central mediano.Retorna ao número de valor máximo MÍNIMO . FUNÇÃO . ela não é alterada.+ = @ ABRIR A FUNÇÃO @ SOMA CÉLULA INÍCIO (A1 ATÉ CÉLULA FIM A4) : AÇÃO DA ALVO DA FUNÇÃO FUNÇÃO Obs. A2 = 2. MÉDIA . MENOR .É a soma dos valores dividida pela quantidade de valores somados. Maneira de inserir a fórmula/função na célula. Em caso de várias modas com mesmo número de repetições.G11 Fixa o que está imediatamente à direita.EXCEL Arquivo: pasta  planilhas  células: ponto de encontro de uma linha com uma coluna. ela é alterada.Exibe o maior valor de acordo com a grandeza indicada pelo usuário. “APROVADO”) TESTE LÓGICO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO DE FÓRMULAS E FUNÇOES FIXADOR VERDADEIRO FALSO MODO FUNÇÃO SE - A1 = B7 * D8 ^ K1 / 13 + F4 – C9 E3 = F9 * H10 ^ O3 / 13 + J6 . Abrir fórmula (simples + função) Exponenciação Divisão OPERAÇÕES BÁSICAS Multiplicação Adição Subtração FÓRMULA (simples) . será exibida a moda que aparecer primeiro. MED Ocorre em duas situações: (1) Quantidade de números par: organiza-se os números na ordem crescente ou decrescente. quando é movida (recortada). Representação de célula é aquilo que se vê na célula. A3 = 3.: ao iniciar uma função com o sinal “-” o resultado da função será negativado.: alteram apenas a representação da célula.A3 ^ A2 * A4 – A1 2 3 x4–1 9x4–1 . Conteúdo de célula encontra-se na “barra de fórmulas”. Alça de preenchimento.A1 + A2 + A3 + A4 1+2+3+4 -1 + 2 + 3 + 4 10 8 =-+@ “^” “/” “*” “+” “-” + A3 ^ A2 * A4 – A1 2 3 x4–1 9x4–1 35 . Exibe o numero que mais se repete. tirando a média aritmética simples dos dois valores centrais. MAIOR .+ = Sendo: A1 = 1.

Em dois aspectos: redes e contas. Interpretador de comandos do Linux. Sistema de 32/64 bits É o núcleo do sistema operacional. Obs. VAR – variáveis.: o KDE CONTROL CENTER é um centro de opções configurativas que permite configurar itens de software e hardware. Recebe o comando pelo usuário e analisa a existência do comando para filtrar a ação e encaminha-la para o responsável pensante/executante (KERNEL). MNT – temporários do usuário.: PROMPT DO DOS – leitor de comandos do Windows. LIB – biblioteca de linguagens. BOOT – inicialização. ETC – configurações locais. È um espaço de memória predeterminado na instalação do Linux que armazenará um dado específico. DEV – devices (dispositivos físicos). mas não pode ser vendido). Sistema livre – GPL (licença publica geral: permite ao usuário a livre utilização.: no Windows. HOME – pessoais do utilizador. Sistema operacional MULTIUSUÁRIO. GNOME WINDOWMAKER Gerenciador de NAUTILUS pastas/arquivos KONQUEROR. equivale ao painel de controle do Windows.: Modular é o mesmo que mono tarefa. TMP – temporários do sistema USR – usuários personalizáveis. Sistema operacional MULTITAREFA. PROC – processo e RAM. Obs. diretório é o mesmo que pasta. Obs.: Embora o NAUTILUS e o WINDOWS EXPLORER permitam o acesso à páginas na internet. SBIN – binários do sistema. não podem ser chamados de navegadores. Obs. gerente de dispositivos lógicos e físicos e parte baixa do sistema (física).: o KONQUEROR é um gerenciador de pastas e arquivos que possui recursos de navegação e pode aparecer nas provas como browser. livre edição.LINUX HISTÓRIA PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS - Foi desenvolvido incialmente por Linus Torvalds que atuava na universidade Helsinki na Finlândia e utilizou um sistema já existente chamado Unix que atuava em máquinas de grande porte. pois tem recursos para tanto. livre distribuição. Interface gráfica: KDE Obs. O diretório raiz do Windows é o D:\ . já o konqueror é gerenciador e navegador. Obs. cérebro. É a parte pensante do sistema. ROOT – pessoais do administrador. KERNEL SHELL - DIRETÓRIO DIRETÓRIO RAIZ "/" BIN BOOT DEV ETC HOME MNT LIB PROC ROOT SBIN TMP USR VAR BIN – binário.

outro local. Ø CLIQUES NA EXTREMIDADE DA MARGEM ESQUERDA DO WORD 1 CLIQUE . 5º quadrante Possui 4 modos de seleção: PADRÃO .: DROPBOX.outro nome. CLIQUES NO WORD 1 CLIQUE 2 CLIQUES 3 CLIQUES 4 CLIQUES - posiciona o PI no local clicado. CLIQUES NO WRITER: 1 CLIQUE 2 CLIQUES 3 CLIQUES 4 CLIQUES - posiciona o PI no local clicado. O ARMAZENAMENTO EM NUVEM: Permite acessar.Salva todas as alterações correntes em seus respectivos documentos em um único procedimento. RECARREGAR . 3 CLIQUES .seleciona o parágrafo. Ao ser acionado com um duplo clique mostrará a caixa de diálogo do navegador. 3º quadrante Exibe o idioma/região que está configurado o corretor ortográfico. editar.mantem nome. BLOCO – não tem a obrigatoriedade de selecionar os inicios e os finais das linhas. O “sobre” excluirá o caracter e pré-selecionado. 6º quadrante * indica que o documento em edição possui informações ainda salvas. EX.BARRA DE STATUS DO WRITER (PARTE INFERIOR) 1º quadrante Exibe a página atual/ total de páginas. salvar e compartilhar o referido arquivo sem a necessidade da realização de download. seleciona a palavra. EXIT – estende a seleção a partir do PI até o novo local clicado. 1 BIT 1 BYTE 1 KILOBYTE 1 MEGABYTE 1 GIGABYTE 1 TERABYTE 1 PETABYTE → → → → → → 8 BITS 1024 BYTES 1024 KILOBYTES 1024 MEGABYTES 1024 GIGABYTES 1024 TERABYTES → → → → → MIL (MILHARES) MILHOES BILHÕES TRILHÕES QUADRILHOES BYTES BYTES BYTES BYTES BYTES . Ao ser acionado com um duplo clique mostrará a caixa de diálogo com as opções de configuração da página (padrão). É acionado com um clique simples permitindo a troca do idioma. seleciona o parágrafo. SALVAR . GOOGLEDRIVE. CLOUD COMPUTING CLOUD STORAGE: ARMAZENAMENTO CLOUD PROCESS: PROCESSAMENTO COMPUTAÇÃO EM NUVEM: resume-se em uma plataforma online que sustenta serviços de armazenamento e processamento. seleciona o período.Seleciona todo o texto OPÇÕES DE SALVAR NO LINUX SALVAR TUDO . extensão. Realizando a seleção em blocos.Restaura o documento ao ponto inicial em que foi aberto independentemente de que tenha sido utilizado os recursos de salvamento. 2º quadrante Exibe o estilo da página em que está o ponto de inserção. seleciona a palavra. seleciona o parágrafo. ADIC – é igual ao padrão. 2 CLIQUES .seleciona a linha. porém não desfaz as seleções anteriores. 4º quadrante Altera entre “inser” e “sobre” e nesse último os caracteres são inseridos de forma sobrescrita. SALVAR COMO . SKYDRIVE.é a forma convencional de selecionar onde o botão esquerdo do mouse e mantido selecionando as linhas por onde o cursos passar. outra extensão. local.

BECAPE NORMAL DIFERENCIAL INCREMENTAL - . pois geralmente esta já está no sistema operacional (ex. não precisa instalar o driver. desempenho e todas as informações necessárias ao seu funcionamento.: pendrive).DRIVER PLUGINPLAY DRIVE – – – são as informações relativas aos dispositivos físicos. DISPOSITIVO FÍSICO. manual de instrução do dispositivo para que o sistema operacional o reconheça . capacidade.: devem ser utilizados com letras maiúsculas. é o programa para utilizar o software do hardware. modelo. OPERADORES BOOLEANOS AND OR NOT + “” Limita Obs. Informam marca.